A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do Fiserv Forum em Milwaukee, Wisconsin, rumo ao Day 1 do dia 1 de Janeiro de 2022.

Resultados

– Bianca Belair venceu Doudrop
– Finn Bálor venceu Austin Theory
– Rey & Dominik Mysterio venceram AJ Styles & Omos
– Raw Tag Team Champion Randy Orton venceu Chad Gable
– Dolph Ziggler venceu WW United States Champion Damian Priest (por count-out)
– Rhea Ripley venceu WWE Women’s Tag Team Champion Queen Zelina
– WWE Champion Big E & Bobby Lashley venceram Seth Rollins & Kevin Owens

Report

O Raw abriu com Bobby Lashley e MVP no ringue e o último não perdeu tempo a elogiar as três vitórias do “All Mighty” no programa da semana passada. Os dois foram rapidamente interrompidos pelo WWE Champion Big E, que deu os parabéns pelo feito de Bobby Lashley, mas afirmou que o “All Mighty” que ele se lembra não precisava de ajuda.

Bobby Lashley explicou que não precisa de ajuda de ninguém para vencer e que MVP agiu por sua conta e que sabe que este acha que consegue vencer Big E sozinho, então vai-lhe dar aqui uma hipótese para isto acontecer.

Quando parecia que íamos ter uma luta entre o WWE Champion e MVP, Seth Rollins e Kevin Owens apareceram e atacaram o “All Mighty” pelas costas, e acabámos por ter uma brawl que acabou por ser ganha pelo improvável duo de Big E e do Bobby Lashley.

Nos bastidores, Bianca Belair foi entrevistada e afirmou que este último capítulo contra Doudrop vai acabar tal como os outros em que ela saiu vencedora, para provar mais uma vez que é a “EST da WWE”.

Ainda no backstage, Kevin Owens e Seth Rollins estavam a discutir, mas foram interrompidos por Adam Pearce e Sonya Deville, que anunciaram que os dois vão enfrentar o WWE Champion Big E e Bobby Lashley num Tag Team Match.

– Bianca Belair venceu Doudrop: Doudrop usou a sua força e agressividade para dominar este opener desde os primeiros segundos, sendo que foi tendo resposta para tudo o que Bianca Belair ia fazendo. Com o passar do tempo, a frustração de Doudrop fez que com esta perdesse o foco e isso abriu espaço para a “EST da WWE” começar a virar o ímpeto a seu favor. No final, até parecia que Doudrop estava por cima, mas esta falhou uma Vader Bomb, o que permitiu a Bianca Belair fazer um KOD impressionante para assim garantir a vitória.

A seguir tivemos Austin Theory a ser entrevistado nos bastidores, que explicou que é a Superstar mais sortuda do mundo por ter Vince McMahon como mentor e acredita que este último olha para ele como um futuro WWE Champion.

– Finn Bálor venceu Austin Theory: O combate começou de forma bastante agressiva, sendo que Austin Theory acabou por estar no controlo durante vários minutos. No entanto, quando Finn Bálor meteu o pé no acelerador, virou o combate a seu favor. Nos minutos finais, as quase vitórias foram aparecendo a favor de Austin Theory, algo que deixou o jovem com a “taxa de bazófia” elevada.

Isso foi um problema, pois do nada Finn Bálor virou o combate e venceu com o Coup de Grace.

Nos bastidores, The Miz estava a conversar com Omos, mas saiu de cena quando AJ Styles apareceu. O “Phenomenal One” estava entusiasmado por ele e o “gigante” estarem novamente na mesma página, mas este estava algo enigmático.

A edição desta semana da Miz TV começou com The Miz a pedir desculpa a Maryse e com um pedido à sua esposa para esta não ir ao Cutting Edge.

Já com AJ Styles & Omos no ringue, o primeiro não perdeu tempo a provocar The Miz, antes de falar da sua equipa com o “gigante” e de como estão na mesma página. O “A-Lister” começou a dizer que não foi isso que Omos lhe disse, dizendo que este já não respeita o “Phenomenal One” e que não quer saber dele.

Antes que Omos pudesse responder, Rey & Dominik Mysterio apareceram e tivemos o próximo combate da noite.

– Rey & Dominik Mysterio venceram AJ Styles & Omos: Os Mysterios entraram melhor neste combate, tendo até quase vencido, mas quando AJ Styles o virou a seu favor, tentou fazer o tag a Omos e este rejeitou.

Isto abriu espaço para que Rey Mysterio vencesse com um pin rápido.

Assim que o combate terminou, AJ Styles foi pedir explicações a Omos e tivemos uma pequena brawl que acabou por ser ganha pelo “gigante”. Este pegou depois no microfone e explicou que a próxima vez que se virem será num combate.

– Raw Tag Team Champion Randy Orton venceu Chad Gable: O combate começou de forma bastante técnica e foi Chad Gable que dominou Randy Orton sem problemas, mas ainda antes de deixar o lutador da Alpha Academy ganhar ímpeto, o “The Viper” evitou um arm drag e do nada acertou o seu RKO para vencer este embate.

Assim que o combate terminou, Randy Orton tentou acertar o RKO em Otis por três vezes, mas em todas elas o poderoso lutador conseguiu evitar o golpe característico do “The Viper”.

No balneário, Bobby Lashley e MVP estavam a conversar, com o “All Mighty” a assegurar que sabe que não pode confiar em Big E, mas só quer destruir Seth Rollins e Kevin Owens. MVP questionou se o que aconteceu no início do Raw tinha sido só uma armadilha pensada, mas Bobby Lashley não deu uma resposta concreta.

A seguir tivemos imagens do que pareceu ser mais um encontro entre a WWE 24/7 Champion Dana Brooke e Reggie, mas Akira Tozawa, R-Truth e Tamina estragaram-o. Ainda assim, a campeã e Reggie conseguiram fugir com o título.

Dolph Ziggler venceu WWE United States Champion Damian Priest (por count-out): Damian Priest entrou melhor neste combate, tendo usado a sua maior força para dominar, mas Dolph Ziggler virou-o a seu favor com um grande Superplex. O “Show-Off” dominou durante vários minutos, mas o campeão conseguiu reequilibrar o confronto. Porém, Robert Roode interferiu e isso fez com que o WWE United States Champion perdesse a cabeça e atacasse “Big Bob”, tendo acabado por perder este combate por count-out.

Já depois do combate ter terminado, Dolph Ziggler conseguiu fugir, tendo deixado Robert Roode à mercê do Reckoning do WWE United States Champion.

Nos bastidores, Finn Bálor estava a ser entrevistado, mas foi atacado pelas costas por Austin Theory, que assim vingou-se da sua derrota e aproveitou para tirar mais uma selfie.

A seguir tivemos Austin Theory finalmente a entrar no escritório de Vince McMahon, tentando justificar as suas ações, mas o presidente da WWE relembrou que ele perdeu o seu combate e que se calhar ele enganou-se em tentar ajudá-lo. Austin Theory afirmou que não e que pode provar o seu valor. Foi então que Vince McMahon anunciou que Austin Theory irá novamente enfrentar Finn Bálor, no Raw da próxima semana.

No ringue tivemos o Cutting Edge com Maryse como convidada e esta não perdeu tempo a refilar da personalidade de The Miz e que ela é que faz tudo na família, começando até a chorar. Edge viu logo o filme todo e explicou que ninguém acredita nessa conversa, por isso pediu a The Miz para sair do seu esconderijo.

O que tivemos foi uma pequena brawl que acabou por ser ganha por The Miz, depois de Maryse ter atacado o “Rated R Superstar” pelas costas e lhe dado um estalo. O Cutting Edge terminou com o “A-Lister” e a sua mulher a beijaram-se, dando assim razão ao que o “Rated R Superstar” estava a dizer.

A seguir foi transmitida mais uma vignette a promover a chegada de Veer Mahaan ao Raw.

– Rhea Ripley venceu WWE Women’s Tag Team Champion Queen Zelina: O combate foi bastante equilibrado desde o primeiro segundo, mas a força de Rhea Ripley foi um factor decisivo, com a “Nightmare” a aplicar o seu Riptide e assim a vencer este combate.

Nos bastidores, o WWE Champion Big E foi entrevistado e explicou que hoje não interessa se ele e Bobby Lashley são ou não a melhor equipa de sempre, o que interessa é vencerem Seth Rollins e Kevin Owens. O “All Mighty” interrompeu Big E e explicou que no Day 1 vai ser WWE Champion, mas que hoje só quer destruir os dois adversários, e precisa de saber se pode ou não confiar no campeão, algo que este disse que sim.

No ringue tivemos Liv Morgan a explicar que quer vingar-se de Becky Lynch e que esta até pode ter percebido o seu plano, mas que no Day 1 vai finalmente vencê-la e tornar-se a próxima Raw Women’s Champion. Becky Lynch acabou por interromper a sua rival e explicou que esta até subiu mais a parada do que ela estava à espera, mas que no Day 1 vai ser destruída. Liv Morgan ainda ofereceu o seu kendo stick para Becky Lynch vir ao ringue, mas a campeã explicou que tinha um avião privado para apanhar e que não lhe apetecia lutar.

Nos bastidores, apesar das suas divergências, Kevin Owens e Seth Rollins mostraram-se preparados para o main event da noite.

– WWE Champion Big E & Bobby Lashley venceram Seth Rollins & Kevin Owens: A força de Big E e Bobby Lashley fez com que este duo improvável dominasse os primeiros momentos deste main event, mas Seth Rollins & Kevin Owens conseguiram isolar o WWE Champion durante alguns minutos, até que este conseguiu fazer o tag ao “All Mighty”, que virou o combate do avesso. Os minutos finais acabaram por ser algo caóticos, com Bobby Lashley de forma involuntária a acertar um Spear em Big E, tendo fechado o combate depois de um Spear em Kevin Owens.

Depois do combate, Seth Rollins atacou Bobby Lashley e juntamente com Kevin Owens destruiu tanto este como o WWE Champion Big E, tendo fechado o ataque com um Stomp no “All Mighty”, que foi de cabeça contra as escadas.

De forma inesperada, o Raw acabou com Seth Rollins e Kevin Owens abraçados a festejar o ataque aos adversários.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

6 Comentários

  1. 19045 meses

    Curioso para ver o omos sozinho agora como lutador

  2. Best5 meses

    Eu disse que depois da luta o Styles iria encerrar essa dupla

  3. Gostei:
    – Promo de Bobby Lashley e MVP. Big E interrompe, depois Rollins e KO atacam Lashley até Big E o salvar. Foi um bom segmento para começar o show. Aquela parte do Big E poder lutar contra o Big E foi um bocado desnecessária, mas pronto.
    – Entrevista a Bianca Belair. É uma boa promo da ex-campeã. Mais tarde, temos Bianca Belair vs Doudrop. Mais um bom combate entre estas 2, com a Bianca a conseguir uma grande vitória para, esperemos, terminar esta mini-feud.
    – Austin Theory vs Finn Balor. Um bom combate aqui. Theory deixou boas impressões e gosto da decisão dele perder por causa da sua atitude à campeão.
    – Miz TV com AJ Styles & Omos. Dá-se mais teases à separação entre a tag team, com AJ a evitar isso ao máximo. Acaba por ser um bom segmento. Já estava um bocado saturado desta tag team portanto ainda bem que se vão separar. Após o combate destes com os Mysterios, os 2 finalmente separam-se. Vamos ter um singles match para breve e finalmente! Já tinha saudades do AJ Styles a solo e será como face, ainda bem.
    – Após Orton vs Gable, Randy Orton tenta fazer o RKO em Otis 3 vezes, mas falha-as todas. Uma boa forma de meter Otis over.
    – Cutting Edge com Maryse. Mais um ótimo segmento. Edge sabia desde o início que era um plano entre Maryse e Miz mas, mesmo assim, não consegue evitar que Miz leve a melhor sobre o Hall of Famer. Ótimo trabalho aqui.
    – Promo de Liv Morgan, que fala do ataque que fez a Becky Lynch durante o fim de semana. A campeã interrompe e Liv acaba por lhe dar um kendo stick, a dizer que ela precisa dele. Foi um bom segmento. Acho que uma porrada teria feito mais sentido, dado a intensidade da feud, mas não me importo com isto.
    – Big E & Bobby Lashley vs Seth Rollins & Kevin Owens. Um ótimo main event. Pena o erro no fim, com Lashley a conseguir a vitória por pinfall sobre o homem errado. Após o combate, Seth e KO atacam brutalmente Bobby Lashley, um ótimo fim.

    Não Gostei:
    – Segmento entre Seth Rollins e Kevin Owens, que serão uma tag team contra Big E e Bobby Lashley mais tarde. Uma dupla storyline de ‘’será que conseguem coexistir?’’?! Por amor da Santa…
    – Segmento entre The Miz, Omos e AJ Styles. Nada a dizer sobre isto. Mais tarde, temos The Mysterios vs AJ & Omos. Só se destaca o fim neste combate, com AJ a perder por causa de Omos. De resto, pouco a dizer, já vimos melhor.
    – Randy Orton vs Chad Gable. Não vou mentir, fiquei um bocado desiludido. Estava à espera de melhor entre estes 2. Mesmo assim, destaco o sell ao RKO do Gable.
    – Damian Priest vs Dolph Ziggler. Foi ok, na melhor das hipóteses. Priest perde por countout quando se passa e ataca Roode.
    – Entrevista a Finn Bálor, que é atacado por Austin Theory. Não achei isto necessário para a feud. De seguida, Theory tem um segmento com Vince McMahon com pouco a dizer, mais uma vez.
    – Rhea Ripley vs Queen Zelina. Nada a dizer sobre este combate, mas ainda bem que a Rhea recuperou a vitória.

    Overall: 6/10. Um show misto. Finn v Theory e Bianca v Doudrop são os destaques. O resto pareceu que aconteceu só para dizer que os lutadores fizeram algo no show.

  4. Anonimo5 meses

    Ou o Vince é, de fato, um racista safado, ou não tem como a Bianca não ser a cara da divisão feminina por muito tempo. Ela tem tudo que a Charllote e a Becky possuem. É um pouco pior no mick mas melhor in ring. É a figura dominante (que buscavam na Nia por exemplo) perfeita! Que atleta! Ela é a Droudop fizeram uma feud “comum” ser a segunda melhor da divisão feminina (só perde pra Becky e Morgan)

  5. Anónimo5 meses

    Bom combate entre Finn Bálor e Austin Theory. Bons desenvolvimento a volta do Edge e Miz.

  6. Foi um bom RAW com os segmentos de Miz e Edge e um bom combate entre Austin vs Finn Balor!