Depois do Survivor Series deste domingo, a WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, ainda a partir do ThunderDome no Amway Center, rumo ao TLC de 20 de Dezembro.

Resultados

– Raw Tag Team Champions New Day (Xavier Woods & Kofi Kingston) venceram Hurt Business (Shelton Benjamin & Cedric Alexander)
– Riddle venceu Sheamus
– Raw Women’s Champion Asuka venceu Lana (por desqualificação)
– Raw Women’s Champion Asuka & Lana venceram WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler (Non-Title Match)
– Keith Lee venceu WWE United States Champion Bobby Lashley (por desqualificação)
– Alexa Bliss venceu Nikki Cross
– AJ Styles venceu Randy Orton

Report

O show abriu com a Team Raw, que venceu o Survivor Series Elimination Match, e com Adam Pearce a pedir aos cinco lutadores que dissessem porque eles deveriam ser o próximo adversário do WWE Champion Drew McIntyre. Quatro dos lutadores disseram porque deveriam ser os próximos adversários do escocês, já quando chegou a vez de Braun Strowman, este perdeu as estribeiras e deu uma cabeçada em Adam Pearce.

A seguir tivemos imagens de um confronto entre os Raw Tag Team Champions New Day e os Hurt Business, onde Cedric Alexander afirmou que o foco deveria estar em si e desafiou Xavier Woods para mais um combate pelos títulos, desafio esse que foi aceite.

– Raw Tag Team Champions New Day (Xavier Woods & Kofi Kingston) venceram Hurt Business (Shelton Benjamin & Cedric Alexander): Shelton Benjamin abriu o combate com o pé no acelerador e isolou rapidamente Xavier Woods, tendo dado assim início ao domínio da Hurt Business.

Depois de minutos de domínio, Kofi Kingston entrou e parecia que ia virar o ímpeto do combate, mas Cedric Alexander atacou o ex-WWE Champion nas costas do árbitro. Isso acabou por ser prejudicial para o Hurt Business, pois Kofi Kingston não conseguiu responder à contagem de 10.

MVP pegou então no microfone e provocou os New Day de forma a que Xavier Woods & Kofi Kingston aceitaram recomeçar o combate. O Hurt Business manteve o ímpeto a seu favor, isolando Kofi Kingston durante vários minutos, tendo feito da perna esquerda do ex-WWE Champion o alvo preferencial de ataque, mas só até Xavier Woods finalmente entrar em combate e virar o rumo do combate.

O lutador dos New Day virou o combate do avesso, mas o Hurt Business estava com vontade de conquistar os Raw Tag Team Championships, e até pareciam que o iam fazer, mas Xavier Woods com um pin rápido fez com que os New Day vencessem e mantivessem assim os seus títulos.

No backstage, Adam Pearce foi entrevistado e disse que se fosse ele a mandar teria despedido Braun Strowman, e quando ia fazer um anúncio importante, o WWE United States Champion Bobby Lashley explicou que foi o único campeão do Raw a vencer no Survivor Series e que precisa de discutir negócios com o agente. Logo de seguida parecia que Adam Pearce ia finalmente fazer o seu anúncio, mas foi interrompido por Randy Orton.

A seguir tivemos uma entrevista nos bastidores a Lana, que falou que a vitória no Survivor Series foi o melhor momento da sua carreira e que é um sonho do qual não quer acordar.

Finalmente Adam Pearce fez o seu anúncio e explicou que os 4 lutadores da Team Raw, mais Randy Orton e o WWE United States Champion Bobby Lashley irão enfrentar-se em três combates singulares e os vencedores desses combates irão defrontar-se num Triple Threat Match no próximo Raw, em que o vencedor será considerado novo candidato principal ao WWE Championship de Drew McIntyre.

– Riddle venceu Sheamus: O combate entre Sheamus e Matt Riddle foi agressivo desde o primeiro segundo, com o “Celtic Warrior” de forma surpreendente a levar vantagem no jogo de submissões. A agressividade neste embate foi incrível, em especial quando os dois lutadores começaram a distribuir socos, cotoveladas e pontapés um no outro como se não houvesse amanhã.

Com o passar dos minutos, as quase vitórias foram se começando a suceder, em especial com Sheamus a puxar dos galões de submissões nunca antes vistas pelo lutador irlandês. Riddle também quase venceu, mas de forma incrível vimos o “Original Bro” a fazer kickout do White Noise da 2ª corda.

O final chegou depois de uma sequência incrível em que Riddle conseguiu contra atacar um Texas Cloverleaf com um pin rápido, e assim venceu Sheamus, naquele que foi um excelente combate.

Nos bastidores, Lana foi interrompida pela Raw Women’s Champion Asuka, que disse que aceitava um combate contra a “Ravishing Russian” pelo título.

De seguida tivemos mais uma edição da Firefly Fun House, com Bray Wyatt e Alexa Bliss a falarem sobre amizade e de como amizades não são boas, pois todos os amigos acabam por trair. Alexa Bliss acabou por atacar o novo personagem Friendship Frog com um martelo gigante, antes do programa ter terminado.

Depois foi promovido o WWE Tribute To The Troops que irá ser transmitido no dia 6 de Dezembro.

– Raw Women’s Champion Asuka venceu Lana (por desqualificação): Lana começou melhor, mas Asuka estava a começar a dominar o combate quando as WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler atacaram a “Empress of Tomorrow”, e assim causaram a desqualificação e terminaram o combate.

O ataque à Raw Women’s Champion continuou até que Lana veio em auxílio da sua adversária. As WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler irritadas pelo que aconteceram desafiaram então Asuka e Lana para um Tag Team Match, que aconteceu de seguida.

– Raw Women’s Champion Asuka & Lana venceram WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler (Non-Title Match): As WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler conseguiram isolar Lana e assim dominaram durante vários minutos, tentando humilhar ao máximo da “Ravishing Russian”. Quando a Raw Women’s Champion Asuka entrou em ringue provou porque é uma das melhores lutadoras do mundo e virou o combate totalmente do avesso com a sua ofensiva.

Fora do ringue, Nia Jax tentou levar Lana ao castigo mais uma vez, mas desta vez a “Ravishing Russian” conseguiu fugir. Shayna Baszler acabou por se distrair do combate ao tentar atacar Lana, o que abriu espaço a Asuka para vencer a “Queen of Spades” com um pin rápido.

Nos bastidores, Riddle foi falar com MVP e estava com vontade de trocar ideias com o homem do Hurt Business, tendo-lhe dado a ideia de negócio de fazer uma pizza de iogurte. MVP tentou manter a calma perante as ideias do “Original Bro” e disse-lhe para este juntar todas as suas ideias e que se o Hurt Business gostasse das mesmas eles fariam negócio. Matt Riddle ainda desejou sorte para Bobby Lashley no combate contra Keith Lee.

– Keith Lee venceu WWE United States Champion Bobby Lashley (por desqualificação): A luta entre estes dois grandalhões começou de forma lenta, mas Bobby Lashley tentou usar a sua habitual tática da sua força, mas o campeão ficou confuso quando Keith Lee nem sequer caía com os seus strikes. A luta continuou equilibrada até que fora do ringue o “All Mighty” conseguiu atirar Keith Lee contra o poste. Bobby Lashley até parecia que ia vencer quando conseguiu finalmente meter a sua força em jogo, quando aplicou um Suplex impressionante.

Só que já se sabe que Keith Lee não desiste e até estava a virar o ímpeto a seu favor, mas nas costas do árbitro acabou por ser atacado por MVP. Quando parecia que Keith Lee ia novamente virar o ímpeto do combate, MVP perdeu a cabeça e atacou o “Limitless” e assim causou a desqualificação.

De seguida tivemos um video package a relembrar a amizade de Alexa Bliss e Nikki Cross e também do efeito de “The Fiend” na “Goddess da WWE”. Logo a seguir, Nikki Cross foi entrevistada e disse que só quer uma coisa deste combate: tirar o “The Fiend” de dentro de Alexa Bliss.

– Alexa Bliss venceu Nikki Cross: Alexa Bliss começou a gozar com Nikki Cross, o que fez a lutadora escocesa ficar ainda mais de cabeça perdida do que já estava. Esta começou então a dar uma tareia das antigas à sua ex-amiga, que de repente começou a chorar como se realmente o “The Fiend” estivesse a sair de dentro de si. Porém, tudo não passava de uma armadilha e Alexa Bliss aplicou o Sister Abigail para a vitória.

De seguida tivemos um video package de homenagem a Undertaker, que terminou a sua carreira no Survivor Series.

– AJ Styles venceu Randy Orton: O main event deste Raw começou com AJ Styles no controlo do combate, usando a sua agilidade para contrariar Randy Orton. No entanto, quando o “The Viper” usou a sua matreirice, só não ficou no domínio por causa do guarda-costas do adversário, que foi distração suficiente para o “Phenomenal One” voltar ao controlo desta contenda.

De regresso ao ringue, AJ Styles começou a atacar a perna esquerda de Randy Orton, numa estratégia pensada para aplicar o Calf Crusher mais tarde. Já o “The Viper” começou a equilibrar a luta, mas foi aí que o “Phenomenal One” aplicou o Claf Crusher e deixou-o em maus lençóis.

Nos minutos finais, tivemos a presença de “The Fiend” Bray Wyatt, que distraiu Randy Orton por duas vezes quando este estava no domínio do combate. Quem aproveitou foi AJ Styles, que aplicou o seu Phenomenal Forearm e assim venceu este main event do Raw.

Assim sendo, para a semana teremos um Triple Threat Match entre Matt Riddle, Keith Lee e AJ Styles para definir o próximo candidato principal ao WWE Championship de Drew McIntyre.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

13 Comentários

  1. Boa edição do Raw. E no próximo teremos Styles/Riddle/Lee 🤤

  2. Facebook Profile photo

    Raw razoável. 7.5 de 0 a 10

  3. The Phenomenal One2 meses

    Foi uma boa edição do Raw a meu ver, destaques:
    • Nos combates classificatórios, venceram os “menos cotados” pra vencer, mas msm assim, vitórias justas d aj Riddle e Lee
    • Outra vitória dos New Day contra os Hurt Business
    • Alexa fingindo voltar ao normal e ataca sua ex-amiga
    • the Fiend distraindo Orton, quem sabe uma feud?

  4. manguitos2 meses

    hurt business precisam d mais titulos para mais credibilidade do grupo e do trabalho manager de mvp

  5. Foi um bom RAW!

  6. Foi um bom RAW pos-PPV.
    Destaques:
    -Ganda match do Riddle e do Sheamus,deram bastante tempo a eles e nao falharam…foi um match bem conseguido.
    -Bom match entre o Lee e o Lashley,clash interessante entre dois autenticos monstros em termos fisicos,penso que deverão entrar em rivalidade pelo titulo dos EUA que bem precisa de estar em destaque e Lashley vs Lee parece-me um bom programa para ambos.
    -Bom episodio da FFFH,gosto imenso de ver a Bliss e o Bray estao com uma quimica cada vez melhor um com o outro.
    Mencionar tambem o combate entre a Nikki e a Alexa.
    -Main event bom entre o AJ e o Orton,mas mais do que o combate à que ser mencionada a presença do Fiend e este ir atras do Orton,o que deixa o “Viper” fora da rota do titulo e vem ai uma feud bem interessante.

    Notas finais para o ataque do Strowman ao Pearce,curioso para ver o que pode sair dai.

  7. Doughc2 meses

    Bom raw
    Gostei que fizeram as vitórias n SS ter significado.

  8. Anônimo2 meses

    e o campeão mundial não deu as caras, deve está envergonhado com a derrota sofrida no survivor série.

  9. Balhote2 meses

    Na minha opinião o Raw está a começar a ser bom outra vez. Já na semana passada gostei e o de ontem também foi bastante agradável, gostei imenso. Todos os combates tiveram tempo e todos foram bons ou muito bons( para mim o melhor Sheamus vs Riddle). Espero que o Smackdown consiga recuperar o nível que tinha porque nas últimas semanas tem perdido qualidade. Gostei dos vencedores dos combates de qualificação, todos ao contrário do que eu previa, o que é bom para haver alguma imprevisibilidade. Este Raw deixou no ar o começo de feuds interessantes ( Lashley vs Lee e Orton vs The Fiend). Quanto ao combate da próxima semana prevejo a vitória do Styles mas acho que este não será o combate que teremos no TLC. Talvez o Strowman ataque o Styles uma semana antes do PPV e o “lesione” para termos Strowman vs Drew no TLC e Drew vs Styles no Rumble. Também não sei se a WWE vai ja ter um Orton vs Fiend no TLC ou se vai guardar esse combate para o Rumble.,tal como está a planear fazer com o Reigns vs Bryan.

  10. Litos2 meses

    Alguém me explique qual é a lógica do MVP ter interferido no combate do Lee vs Lashley. Havia algum mal do Lee ganhar limpo? O Lashley é campeão, pode perder alguns combates sem ser pelo título (especialmente se forem referentes a posições mais altas do card) e especialmente o Lee pode ganhar alguns combates limpo dado que não o vão fazer estrela nem ganhar big matches.

  11. Bom RAW.
    Destaco:
    – boa abertura, tiverem todos bem
    – boa luta do Riddle e do Sheamus, bem também a protegerem o Lashley, para o Lee não ganhar limpo e deixar em aberto uma possível luta no Survivor Series pelo título, bom main event também, com a presença do The Fiend
    – boa FFH e combate ok da Alexa Bliss e da Nikki
    – combate de tags foi bom, vamos ver se vão até ao TLC com esta feud

  12. Anónimo2 meses

    Bom Raw. Destaco todos os combates de qualificação pela oportunidade de lutar pelo título Mundial.

  13. Mais um Raw decente, o nível felizmente tem subido desde há um par de semanas para cá. Gostei bastante do combate entre Riddle e Sheamus (match of the night, a meu ver) e de tudo o que envolveu Bray Wyatt e Alexa Bliss (continuam excelentes nos seus papéis). Só diria, pela negativa, que houve poucos finishes “limpos” neste show: houve distrações, DQ’s, count-outs e roll-ups, o que torna as coisas menos atrativas.