Depois do Survivor Series do passado sábado, a WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir da Norfolk Scope Arena em Norfolk, Virgínia.

Resultados

– Rhea Ripley vs Mia Yim (No Contest)
– Judgment Day (Finn Bálor, Damian Priest, Dominik Mysterio & Rhea Ripley) venceram The OC (AJ Styles, Karl Anderson, Luke Gallows & Mia Yim)
– Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) venceram Alpha Academy (Chad Gable & Otis)
– Dexter Lumis venceu The Miz (Anything Goes Match)
– Candice LeRae venceu WWE Women’s Tag Team Champion Dakota Kai
– Kevin Owens venceu Undisputed WWE Tag Team Champion Jey Uso

Report

O Raw começou com Becky Lynch, que regressou no último SmackDown e deu a vitória à sua equipa no Survivor Series.

10 Comentários

  1. Neno2 meses

    Muito bom esse segmento do Judgment Day. Muito boas as lutas, os spots, a Brawl

  2. Neno2 meses

    Amo a Dakota Kai. No ano de 2019, um dos que mais acompanhei o NXT, ela teve o momento mais surpresa do ano com a traição a Tegan Nox. Isso fez eu amar ela. Acho que ela tem um bom jogo de pernas, uma ótima personagem, porém ela está horrivel, Tá lenta, chegar ou atrasada ou adiantada. Tá perdida

    Queria ser enganado falando que é da luta mas desde o campeonato pelo título de Tags que ela tá assim, e sendo carregada pela IYO

    Triste. Não sou Hater e nem crítico pois queria ela como Campeã mas isso só me desanima. Não tem condições

  3. Natan2 meses

    O segmento começou muito bem, especialmente a Becky conversando com o público até a Bayley interromper pra depois resultar na brawl entre a Man e a Damage Control e o Seth Rollins chamando o Austin Theory de kid foi muito hilário

  4. Acho que poderia ser um raw melhor depois de um bom PPV, esperava também o John Cena confrontar o Rollins mas ainda poderá acontecer.
    Alpha Academy deveriam acabar pois esta tag team já não tem nada a acrescentar e Gable deveria ser campeão por esta altura.

  5. Gostei:
    – Promo da Becky Lynch, interrompida e atacada pelas Damage CTRL. Achei um ótimo segmento, com a Becky a ter uma promo muito sólida. A porrada foi igualmente boa, sendo que me incomodou as Damage CTRL terem tido tanta dificuldade em atacá-la.
    – The Judgment Day vs The OC. Bom combate, grande parte graças às mulheres. A malta restante esteve decente. A Rhea merece conquistar o título, tem feito um trabalho inacreditável nestes últimos tempos.
    – Batalha de promos entre a Bloodline e o Kevin Owens. As promos entre o Sami Zayn e o Kevin Owens são douradas e extremamente emocionais e só isso torna este segmento fantástico. Destaque também para o Jey a defender o Sami Zayn. Desde que a era Triple H começou, tudo o que rodeou a Bloodline tem sido belo.
    – The Street Profits vs Alpha Academy. Lindo ver os Profits de volta; o Dawkins perdeu peso. Está numa forma. Ótimo combate, com Montez Ford a fazer o que sabe fazer de melhor.
    – Promo do Austin Theory, interrompido por Seth Rollins. Um ótimo segmento, com o público a ser muito bom neste segmento. Adorei quando o Theory perguntou “Quem parece estúpido agora?” e alguma da malta do público respondeu “Tu”, bem como quando o público começou a cantar a música do Rollins.
    – The Miz vs Dexter Lumis. Uma luta divertida pela arena. Tivemos um bom spot com as mesas. Não ia ser clássico nenhum, mas foi bom.
    – Candice LeRae vs Dakota Kai. Ambas as mulheres tem talento de sobra e tiveram tempo suficiente para entregar um combate bem sólido. É ótimo ver a LeRae a vencer, mas começo a ver demasiadas derrotas para a Sky e Kai.
    – Kevin Owens vs Jey Uso. Um ótimo combate. O Owens é fantástico e o Jey está a ter uma belíssima run. O KO recusa-se a desistir, que começa a ser a sua manobra característica e foi bem contada aqui.

    Não Gostei:
    – Mia Yim vs Rhea Ripley. Isto foi mais um segmento que um combate. Só serviu para dar numa 8-Person Tag.

    Overall: 6.5/10. Um show divertido, sem dúvida alguma, com um card sólido e um bom pós-Survivor Series. Destaco o segmento a envolver Becky Lynch e as Damage CTRL, o segmento entre a Bloodline e Kevin Owens, Profits vs Academy, o segmento entre Theory e Rollins e Owens vs Uso.

    • Cebola2 meses

      Não que eu discorde da sua nota final, mas pela seu resumo elogiando todos os segmentos e somente um mau segmento, a nota final não faz muito sentido kkkk

    • Neno2 meses

      Pensei a mesma coisa. A nota não tem nada haver

    • Boas. O 6.5 por acaso calha de ser um erro. Era para ser 7.5 mas o dedo deve ter escorregado. Mesmo assim, dou entre os 6.5 e 7.5 aos bons shows semanais porque gosto de reservar aquelas pontuações mais altas para os PPV’s (até porque é difícil shows semanais terem pontuações tão altas quanto os eventos especiais).
      De qualquer forma, se fosse 6.5 isso significaria um bom show. A meu ver, um mau show é dos 5 para baixo.

  6. Vader2 meses

    2 observações:
    1. Seth Rollins é muito bom!
    2. Olhando o segmento da “Bloodline” até esqueci que os títulos “principais” estão com eles. Não seria o momento de mudar isso? Afinal são os títulos principais.

  7. Anónimo2 meses

    Ótimo segmento entre a Bloodline e Kevin Owens, destaco também o ótimo combate entre o Kevin Owens vs Jey Uso.