A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir da UBS Arena em Elmont, Nova Iorque, rumo ao Day 1 do dia 1 de Janeiro de 2022.

Resultados

– Seth Rollins venceu Finn Bálor
– Raw Tag Team Champions RK-Bro (Randy Orton & Riddle) venceram Dirty Dawgs (Dolph Ziggler & Robert Roode)
– Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) venceram Alpha Academy (Chad Gable & Otis)
– WWE United States Champion Damian Priest venceu Apollo Crews
– Rey & Dominik Mysterio venceram Cedric Alexander & Shelton Benjamin
– Team Liv (Liv Morgan, Bianca Belair, Dana Brooke, Rhea Ripley & Nikki ASH) venceu Team Becks (Becky Lynch, Carmella, Queen Zelina, Doudrop & Tamina) (10-Woman Tag Team Match)
– Kevin Owens venceu WWE Champion Big E (por desqualificação)

Report

O Raw abriu com Seth Rollins particularmente bem disposto, a explicar que era oficial que no WWE Day 1 ele irá enfrentar o WWE Champion Big E, e que esse combate irá marcar o início do seu próximo reinado como campeão e de uma nova era para a brand vermelha.

No entanto, Finn Bálor interrompeu o “Visionary” e partiu ao ataque, querendo vingar-se do que aconteceu na semana passada, e tivemos então uma brawl bastante agressiva que nos levou até ao início do primeiro combate da noite.

– Seth Rollins venceu Finn Bálor: O “Prince” manteve o pé no acelerador e entrou com tudo, e dominou durante vários minutos, isto até Seth Rollins fazer batota. O nível de agressividade nunca baixou e as quase vitórias foram surgindo rapidamente, sendo que os dois lutadores mostraram conhecer-se bastante bem. No final, Seth Rollins acertou uma Rolling Elbow na nuca do adversário, antes de acertar o seu Stomp e assim venceu este opener.

A seguir vimos Austin Theory a entrar no escritório de Vince McMahon e este explicou que o jovem vai ficar ao seu lado para ver o que acontece no Raw desta noite, e se irão existir surpresas. O presidente da WWE terminou dizendo que se Austin Theory mais alguma vez lhe rouba alguma coisa, ele o irá matar.

De regresso ao ringue tivemos a assinatura de contrato para o combate pelo Raw Women’s Championship entre a campeã Becky Lynch e Liv Morgan. A “The Man” não perdeu tempo em criticar a postura de Liv Morgan, dizendo que esta não tem capacidade de a vencer. Já depois de Sonya Deville anunciar que o combate será no próximo Raw, Becky Lynch continuou a falar até que Liv Morgan a interrompeu. Esta explicou que a campeã mudou e que agora é uma bully e que lhe irá tirar o título e mostrar que a “The Man” tornou-se em tudo o que odeia.

Becky Lynch explicou que antes de ser interrompida que ia dar uma oportunidade a Liv Morgan e que hoje iremos ter um 10-Woman Tag Team Match entre a Team Liv e a Team Becks.

Nos bastidores, Riddle ficou triste por Randy Orton não estar vestido como ele, mas o “The Viper” explicou que eles não têm de se vestir de forma igual para serem campeões, só têm de ser implacáveis e estarem vários passos à frente dos seus adversários. Ainda assim, o “Original Bro” pediu a Randy Orton para fechar os olhos, algo que este incrivelmente fez, e tivemos Riddle a colocar uma peruca loira na cabeça do “The Viper”, que ficou visivelmente irritado com a brincadeira.

– Raw Tag Team Champions RK-Bro (Randy Orton & Riddle) venceram Dirty Dawgs (Dolph Ziggler & Robert Roode): Os Dirty Dawgs entraram de forma muito agressiva e dominaram Riddle durante alguns minutos, mas este conseguiu fazer o tag a Randy Orton, que virou o combate a seu favor, mas fora do ringue o duo de Dolph Ziggler & Robert Roode voltou ao controlo do combate.

Os Dirty Dawgs conseguiram isolar o “The Viper” durante alguns minutos, mas aguentou a ofensiva e fez o tag a Riddle, que entrou a 100 à hora no ringue e virou o combate do avesso. Ainda assim, a primeira quase vitória pertenceu a Dolph Ziggler, quando acertou o Zig Zag em Randy Orton. No entanto, o “The Viper” do nada acertou o seu RKO e assim os RK-Bro continuam como Raw Tag Team Champions.

Nos bastidores, Seth Rollins ia feliz da vida, até que foi interrompido por Kevin Owens. Este explicou-lhe que Adam Pearce lhe disse que se vencer o WWE Champion Big E no Raw de hoje, então o WWE Championship Match no Day 1 passará a ser um Triple Threat Match.

Seth Rollins foi logo falar com Adam Pearce e este desmentiu Kevin Owens, o que deixou o “Visionary” bastante feliz. No entanto, quando Sonya Deville chegou, os dois oficiais da WWE até concordaram que a ideia do “Prizefighter” nem era má…

De volta ao ringue tivemos o regresso de Edge, que disse que está no Raw e tem vários lutadores que quer enfrentar, como AJ Styles, Finn Bálor, o WWE Champion Big E, entre outros. No entanto, o “Rated R Superstar” foi interrompido pelo regresso de The Miz, que veio acompanhado da sua esposa Maryse.

The Miz explicou que ele faz tudo pela WWE e nunca tem o regresso triunfal que merece, mas que Edge sempre que está afastado recebe tudo por parte da empresa. O “Rated R Superstar” começou a gozar com a prestação de The Miz no Dancing With The Stars, tendo também dito que este só o interrompeu para se colocar diretamente no main event.

O “A-Lister” afirmou que Edge deveria retirar-se e o Hall of Famer irritou-se, e afirmou que apesar de tudo o que The Miz conquistou quer no Wrestling quer na vida, apesar de ninguém acreditar que isso seria possível, ele não é respeitado pelo seu comportamento.

O segmento parecia que ia terminar em brawl, mas The Miz preferiu sair do ringue em vez de lutar contra Edge.

Nos bastidores, AJ Styles, que pelos vistos está cego, foi entrevistado e explicou que a culpa de tudo isto é dos Street Profits e que apesar de não saber se irá recuperar, os Street Profits vão perceber onde há fumo também há fogo.

– Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) venceram Alpha Academy (Chad Gable & Otis): O combate teve um ritmo alucinante desde o primeiro segundo, sendo que ambas equipas tiveram a sua hipótese para ganhar. AJ Styles, que já não estava cego, ainda tentou distrair Montez Ford, mas este não se deixou distrair e depois do seu Frog Splash venceu este embate.

No escritório de Vince McMahon tivemos novamente o dono da WWE a conversar com Austin Theory, com o jovem a receber ordens para sempre que falar com ele, para o olhar nos olhos.

Seth Rollins foi então chatear Kevin Owens por este estar a mentir, mas o “Prizefighter” explicou que estava a dizer a verdade e que se vencer Big E então vai fazer parte do combate pelo WWE Championship no Day 1. O “Visionary” não acreditou e continuou a rir-se do seu rival.

– WW United Stats Champion Damian Priest venceu Apollo Crews: O combate pelo WWE United States Championship foi bastante equilibrado desde o primeiro segundo, sendo que Apollo Crews acabou por dominar durante alguns minutos, isto até o Comandante Azeez ser expulso do embate.

Com isto, Damian Priest acabou por virar a boneca e do nada colocou-se no controlo do combate, e depois do The Reckoning reteve o WWE United States Championship.

De novo na sala dos oficiais da WWE, Seth Rollins foi dizer que Kevin Owens mentir faz a WWE parecer mal e foi então que Adam Pearce explicou que a ideia do “Prizefigher” até foi boa, algo que fez o “Visionary” perder a cabeça.

– Rey & Dominik Mysterio venceram Cedric Alexander & Shelton Benjamin: Cedric Alexander & Shelton Benjamin dominaram Dominik durante os primeiros momentos do combate, sendo que só quando Rey Mysterio entrou em ringue é que o combate virou. Ainda assim, Dominik voltou a entrar e a dupla de pai e filho conquistou a vitória depois de um Frog Splash do jovem em Cedric Alexander.

– Team Liv (Liv Morgan, Bianca Belair, Dana Brooke, Rhea Ripley & Nikki ASH) venceu Team Becks (Becky Lynch, Carmella, Queen Zelina, Doudrop & Tamina) (10-Woman Tag Team Match): Este combate foi caótico desde o início, sendo que a equipa liderada por Liv Morgan até começou melhor, mas a equipa liderada pela Raw Women’s Champion Becky Lynch conseguiu isolar Nikki ASH e assim controlaram durante vários minutos.

Nikki ASH conseguiu sobreviver e fez o tag à sua parceira Rhea Ripley, que virou o combate do avesso. Com isto tudo o caos ficou mais que instalado, pois as 10 lutadoras decidiram que estava na hora de irem para o ringue quer fossem a lutadora legal ou não. A partir daqui as quase vitórias foram-se sucedendo e no final Liv Morgan venceu Tamina.

O final do combate ainda assim não significou o fim do caos, com as 10 lutadoras a continuarem a lutar, sendo que tudo terminou com Liv Morgan a fugir do Mandhandle Slam de Becky Lynch, antes de aplicar o seu Flatliner.

No escritório de Vince McMahon, o presidente da WWE explicou a Austin Theory o que era uma surpresa, isto enquanto continuava irritado por o jovem continuar a não olhá-lo nos olhos.

Em seguida tivemos um video package sobre Bobby Lashley e com todos os feitos que este já alcançou na carreira.

Nos bastidores, o WWE Champion Big E foi entrevistado e explicou que não sente mais pressão e que hoje vai vencer Kevin Owens e no Day 1 irá vencer Seth Rollins.

A seguir foi transmitido mais um video package a anunciar a chegada da Veer Mahaan.

Quando parecia que a reunião entre Mr. McMahon e Austin Theory ia terminar, o presidente da WWE deu um estalo ao jovem e explicou-lhe que este ainda tem muito que aprender.

– Kevin Owens venceu WWE Champion Big E (por desqualificação): O main event do Raw foi bastante duro desde o primeiro segundo, com Kevin Owens a fazer da perna esquerda do WWE Champion o seu alvo preferencial de ataque, tendo o “Prizefighter” ainda dado um estalo a Seth Rollins, tentando que este causasse a desqualificação do combate para poder rumar ao Day 1, algo que abriu espaço para que Big E tivesse alguma ofensiva.

Porém, o domínio de Kevin Owens durou vários minutos, isto até Big E conseguir usar a sua força para virar o embate a seu favor e com o passar do tempo as quase vitórias foram sendo cada vez mais frequentes. Ainda assim, o “Prizefighter” teve tempo para atacar Seth Rollins e este fartou-se de vez e atacou o seu rival, causando a desqualificação.

Seth Rollins aproveitou e também atacou o WWE Champion Big E, mas quando percebeu que Kevin Owens também faz agora parte do WWE Championship Match do Day 1, perdeu a cabeça e terminou o show.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

14 Comentários

  1. JOHM MIT9 meses

    edge é espetacular, meu deus do céu…. arrepio que homem superior

  2. Starship of Pain9 meses

    Miz e Marise fazem um baita duo..

  3. Sincero9 meses

    Quem RAW é esseeeeeee
    Estão começando a acertar e o programa volta a ser bom
    Usando uma grande parte do balneario
    Isso é WWE

  4. Starship of Pain9 meses

    Push forte na liv nesse raw, nunca vi ela ter tanto destaque, irado.

  5. joao (diferenciado)9 meses

    foi um dos melhores do RAW desde o inicio da pandemia, para mim. praticamente todos os combates e segmentos foram bons. mais uma prova de que quando a WWE quer, consegue entregar um grande, se nao o melhor, produto de wrestling. Edge vs Miz terá promos excelentes, Liv Morgan ficará estabelecida como estrela, Big E vs KO vs SR será sem dúvida um grande combate, Priest vs Apollo, se tiverem tempo, também será um grande combate, parece que estão a construir Balor vs SR e todos sabemos o que estes meninos fazem, um grande episódio.

  6. BigMando9 meses

    Edge vs Miz, interessante, dois mestres das mic skills, promete bastante. Espero que depois disto, o Edge vá atrás do AJ Styles. A Liv está cada vez melhor e sabendo que ela possivelmente não ganha para a semana, fica logo colocada como uma das favoritas a ganhar o Rumble

  7. L26MC9 meses

    Edge vs Miz, deixa de ser interessante quando o Miz volta como um heel que já todos estão cansados de ver, um heel que se gaba de tudo, que têm aqueles vestimentos ridículos, medroso e que acaba por não chegar a lado nenhum no main event.
    Se o Miz voltasse como um heel mais sério e fosse protegido com várias sequências de vitórias, tendo ele uma capacidade incrível com o mic, não tenho dúvidas que facilmente estava no main eventer e conquistava facilmente um título mundial.

  8. Gostei:
    – Promo de Seth Rollins, interrompida por Finn Bálor. Uma boa transição para… Seth Rollins vs Finn Bálor. O Finn ataca o Seth antes do combate, e o combate em si é um bom combate. Esperava-se melhor, dado o talento, mas também não me queixo.
    – Becky Lynch e Liv Morgan assinam o contrato. As 2 tiveram ótimas promos, com Liv a ter, talvez, a melhor promo da sua carreira. Quando diz que o contrato de Becky é a razão pela qual Ruby e Sarah foram despedidas… Muito bom. Ótimo.
    – RKBro vs Dirty Dawgs. Um bom combate aqui, fizeram o que sabem fazer de melhor.
    – Segmento entre Seth Rollins e Kevin Owens. Aqui, descobrimos que se Kevin Owens vencer no main event, passa a ser uma triple threat no Day 1. Uma triple threat entre estes 3 vai ser brutal.
    – Edge regressa ao Raw! Ele dá hype a algum talento e The Miz regressa! Juntamente com Maryse! Que festa de regressos! Os 2 tiveram um segmento excelente. Há 2 referências do Edge que adorei: ‘’abandonas os teus amigos para serem despedidos’’ (John Morrison) e ‘’outras pessoas dizem o teu nome noutros shows para terem destaque’’ (CM Punk no Dynamite). Este é um segmento que adorei e recomendo a verem!
    – Damian Priest vs Apollo Crews. Foi um bom combate, na sua maioridade. Há alguns spots em que Priest falha um bocado, mas de resto é um bom combate.
    – Team Liv vs Team Becky. É um bom combate que cumpriu o seu objetivo: aumentar a credibilidade da Liv Morgan para o combate pelo título. Ela consegue a vitória para a sua equipa e ainda consegue acertar o Oblivion na Becky pós-combate.
    – O segmento final entre Vince e Theory. Theory tenta apertar a mão mas o Vince dá-lhe uma chapada enorme e diz-lhe que pouco aprendeu! Mandei uma risada valente!
    – Kevin Owens vs Big E. Um bom combate, Seth estava nos comentários a apoiar Big E (como devia). Owens vence por DQ, mas é uma boa decisão. Owens insultou e atacou Rollins de modo a que Rollins o atacasse para a vitória. Rollins ataca também Big E, mas depois fica furioso sabendo o que aconteceu e as implicações que vai ter no Day 1. Excelente storytelling.

    Não Gostei:
    – Segmento entre Vince McMahon e Austin Theory. Estes segmentos são recorrentes ao longo do show e, excetuando o último, não tem nada de interessante.
    – Entrevista com AJ Styles & Omos. Nada demais, mas que esta coisa do Styles dizer que está cego fique por aqui. Que felizmente fica, como podemos ver em Street Profits vs Alpha Academy. O combate até nem foi mau, mas o destaque foi todo para AJ Styles. Estaria a mentir se não dissesse que ri imenso com o Corey Graves a tentar explicar o combate a um AJ ‘’cego’’. O AJ acaba por recuperar a sua visão e tenta ajudar a Academy a vencer, mas falha. Tudo isto foi algo medíocre.
    – The Mysterios vs The Hurt Business. Não foi bom, nem foi mau.

    Overall: 6/10. Seth v Finn, Team Liv vs Becky, RKBro vs Dirty Dawgs, a assinatura de contrato e o confronto entre Miz e Edge valem a pena ver. No entanto, a 2ª hora foi algo aborrecida. Foi melhor que a semana passada, mas nada demais.

  9. Rui Jesus Messias9 meses

    Para quem gosta de promos: the miz vs egde e Cm Punk vs MJF vai ser bom estes próximos tempos ver estas rivalidades

  10. Facebook Profile photo

    Ja nao via um raw há bastante tempo mas decidi deitar um olho hoje e tenho a dizer que foi bastante interessante. Segmentos bastante interessantes e bons combates.

  11. Episódio sólido, realmente o Raw está bem acima do SmackDown desde o Draft. Destaco a promo de Seth Rollins a abrir o show, o bom segmento de assinatura de contrato entre Becky Lynch e Liv Morgan, o combate de equipas feminino e o main event.

  12. Anónimo9 meses

    Bom Raw. Bom início de show entre o Rollins e Finn Bálor. Boa assinatura de contrato entre a Becky e Liv Morgan. Muito bom segmento entre o Edge e Miz. Bom combate de equipas feminino. E destaco também o main event, foi um bom combate.

  13. Foi um RAW interessante até!

  14. rulqi rugas9 meses

    Algumas pessoas que comentar por aqui, tem dificuldades em admitir que o RAW dessa semana foi bom. Tipo aquelas pessoas que não conseguem pedir desculpas. Tem gente que ainda acha que a WWE não da push pro Miz. O cara é 2x Grand Slam, tem um reality com a mulher, representou a WWE no programa de dança e atua em Hollywood. Nem o Roman Reigns tem toda essa moral