A WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a partir do AT&T Center em San Antonio, Texas, rumo ao Day 1 do dia 1 de Janeiro de 2022.

Resultados

– Sasha Banks venceu Shayna Baszler
– Los Lotharios (Angel & Humberto) venceram Viking Raiders (Erik & Ivar)
– King Woods venceu Jey Uso (por desqualificação)
– Sheamus venceu Cesaro
– WWE Universal Champion Roman Reigns venceu Sami Zayn

Report

O SmackDown abriu com o regressado Brock Lesnar a vir ao ringue, que não perdeu tempo a falar do WWE Universal Championship. Já Sami Zayn achou que era boa ideia interromper a “Besta”, tendo dito que eles têm várias parecenças.

Brock Lesnar não achou piada à interrupção e perguntou quem Sami Zayn era, e parecia que os dias do “Great Liberator” estavam contados, mas este lá conseguiu dar a volta à conversa e explicou que vai lutar pelo WWE Universal Championship no WWE Day 1. No entanto, Brock Lesnar insistiu que Sami Zayn deveria lutar pelo título hoje, algo que o candidato principal não queria, mas lá foi convencido à força.

O segmento terminou com Brock Lesnar a dizer que vai estar ao lado de Sami Zayn, sendo que o “Great Liberator” lá ficou convencido que ia conquistar o WWE Universal Championship no SmackDown desta noite.

Nos bastidores, Sami Zayn estava a conversar com Sonya Deville e a tentar explicar que não queria nada disso, mas Brock Lesnar apareceu e lá ficou marcado o combate pelo WWE Universal Championship para esta noite.

– Sasha Banks venceu Shayna Baszler: Sasha Banks usou a sua agilidade para dominar os primeiros momentos deste opener, mas Shayna Baszler usou a sua habitual agressividade para virar o ímpeto a seu favor, mas “The Boss” não se deixou ficar e equilibrou a contenda.

As duas lutadoras tiveram várias oportunidades para vencer nos últimos minutos deste opener e quando parecia que era Shayna Baszler que estava no domínio, a “The Boss” com um pin rápido venceu o combate.

A seguir tivemos Sonya Deville a conversar com Adam Pearce ao telefone, que não estava com grande vontade de aparece no SmackDown por causa do Brock Lesnar. Já depois do oficial da WWE ter desligado, Drew McIntyre interrompeu a “Pridefighter” e perguntou quem foi o responsável por ele não ter estado na Battle Royal da semana passada, e esta disse que é Adam Pearce que fez as escolhas, algo que irritou o escocês.

De regresso ao ringue tivemos mais uma edição do Happy Talk, sendo que Happy Corbin e Madcap Moss começaram a falar da Battle Royal da semana passada, tendo os dois começado insultar Jeff Hardy e Drew McIntyre. Felizmente, o “Scottish Warrior” estava tão farto destes dois como quase todos nós e interrompeu o talk show, e os dois fala-baratos acabaram por ser atacados por ele e também por Jeff Hardy.

Em a seguida tivemos mais um video package sobre Xia Li, onde desta vez foi anunciado que esta se irá estrear no próximo SmackDown.

– Los Lotharios (Angel & Humberto) venceram Viking Raiders (Erik & Ivar): Os Viking Raiders entraram com tudo neste combate de equipas, mas Los Lotharios viraram-no do avesso, sendo que nem a distração causada pelo WWE Intercontinental Champion Shinsuke Nakamura e Rick Boogs fez com que a dupla de primos perdesse o controlo, e assim venceram este embate.

A seguir ao combate, os Viking Raiders ainda foram pedir satisfações, sendo que Rick Boogs mostrou que a música é a resposta para os seus problemas e começou a tocar a de Erik & Ivar, que lá ficaram mais bem dispostos.

Nos bastidores, Toni Storm foi entrevistada e explicou que Charlotte Flair pode tentar humilhá-la quantas vezes quiser, mas que ela só está preocupada em ser SmackDown Women’s Champion.

No ringue, os SmackDown Tag Team Champions The Usos (Jey & Jimmy Uso) começaram a gozar com Sami Zayn por ter sido intimidado por Brock Lesnar e que só existe uma pessoa que todos os outros deveriam ter medo na brand azul, e essa pessoa é o WWE Universal Champion Roman Reigns.

King Woods interrompeu os seus rivais de sempre e explicou que estes podem não gostar de surpresas, mas que ele tem uma para eles, e tivemos o regresso de Kofi Kingston.

– King Woods venceu Jey Uso (por desqualificação): Este combate foi bastante equilibrado desde o primeiro momento, mas quando King Woods parecia estar melhor, Jimmy Uso decidiu atacar o adversário do seu irmão, e assim causar a desqualificação.

Já depois do combate ter terminado, Kofi Kingston ajudou King Woods e estes fizeram os The Usos fugir do ringue.

Nos bastidores, o WWE Universal Champion Roman Reigns ficou irritado por estar a ter tantas surpresas neste SmackDown e afirmou que pretende destruir Sami Zayn e também Brock Lesnar, se este chegar perto dele.

Ainda no backstage, os New Day estavam a conversar com Aliyah, tendo em seguida falado com Kayla Braxton. Kofi Kingston explicou que eles querem lutar pelos SmackDown Tag Team Championships no WWE Day 1 e acabar com o reinado dos The Usos.

De regresso ao ringue, a SmackDown Women’s Champion Charlotte Flair começou a falar de Toni Storm e que por lhe ter enfiado duas tartes na cara, fez com que a neozelandesa-australiana fosse falada, e que depois de considerar o seu desafio, a resposta é não. Quando a “Queen” já estava a sair de cena, Toni Storm apareceu nas costas da campeã e acertou-lhe com uma tarte na cara.

A seguir tivemos um video package a promover o high flying de Ricochet.

– Sheamus venceu Cesaro: Este combate começou de forma bastante agressiva como seria de esperar por parte destes dois, sendo que fora do ringue até foi o suíço que teve melhor.

No entanto e dentro do ringue acabou por ser Sheamus a dominar a maioria do embate e quando Cesaro parecia que ia criar alguma ofensiva, o “Celtic Warrior” acertou um Brogue Kick e arrecadou a vitória.

Nos bastidores tivemos Naomi a interromper Sonya Deville, e a ex-campeã desafiou a oficial da WWE. Esta explicou que quando decidir tirar o fato e vestir a roupa de lutadora, então Naomi terá o seu combate, mas enquanto ela tiver o seu fato vestido, esta não lhe pode tocar, pois ela é a sua patroa. Sonya Deville terminou o segmento dando um estaladão a Naomi, e esta teve de se contar para não fazer o mesmo.

Ainda antes do main event começar, Sami Zayn decidiu insultar o estado do Texas e as pessoas que estavam presentes na arena, antes de chamar ao ringue o seu “anjo da guarda”, Brock Lesnar. O “Great Liberator” ainda tentou convencer a “Besta” a ajudá-lo a vencer, até porque o combate no WWE Day 1 poderia ser mais fácil, visto os maus resultados de Brock Lesnar contra Roman Reigns. Estes comentários de Sami Zayn valeram-lhe uma viagem à “Suplex City”, deixando-o em mau estado para o combate pelo WWE Universal Championship.

– WWE Universal Champion Roman Reigns venceu Sami Zayn: Sami Zayn estava em tantas dificuldades para começar o combate, que os The Usos tiveram de o levantar. Assim que o combate começou, Roman Reigns acertou o seu Spear seguido do seu Guillotine Choke e reteve o título.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

22 Comentários

  1. Brock Lesnar no mic é gold, juro😂

  2. Facebook Profile photo
    Jhonatas Matheus arêas souza9 meses

    Roman vai ganhar ou desclassificaçao por causa do Brock lesnar

  3. TAKER9 meses

    Sasha ganhando da Shayna, estão a preparando pra vencer o Royal Rumble feminino?

  4. Booo9 meses

    Roman vs Sami tinha potencial a ser um dos combates do ano, mas o Vince o como sempre está mais preocupado com esses part timers, triste demais isso.

    Booking mau feito, e desperdício de talentos, como é o custume a varios anos.

    • Surf9 meses

      Agora toca a dormir, vá, ja passa da hora

    • Ricardo9 meses

      Lol, se houve coisa que fez sentido foi o booking por detrás deste combate, ninguém foi enterrado e fez tudo muito sentido

    • Facebook Profile photo
      The Beast9 meses

      O part timer dá 10 a 0 a muitos dos que lá estão. Ter uma lenda por perto como é Brock é um sonho para eles.

    • Facebook Profile photo

      Meu amigo Isso aqui é wwe kkkkk se vc quer combates bons te recomendo assistir NXT ou AEW

  5. Balhote9 meses

    #JusticeforSami

  6. Facebook Profile photo

    Os primeiros 20 minutos foram muito bons😂 lesnar e fantástico. Parece que ha dois shows no mesmo smackdown, o main event que e fantástico e o resto que e uma perda de tempo.

  7. ??9 meses

    Grande Brock.

  8. Fora o segmento inicial que valeu a pena ver, diria que quase tudo o resto foi um grande “enchimento de chouriços”. Incrível como o SmackDown está tão desinteressante nos últimos meses…

    • Kick_Ass9 meses

      Infelizmente o draft afetou o Smackdown, talvez com mais uns meses e alguns reforços do NXT o show se volte a levantar.

    • Broddie griffin9 meses

      Acho que o kick ass falou tudo

  9. BigMando9 meses

    O SmackDown tem estado um pouco abaixo das expetativas, o draft fez mal ao show. O build-up da Charlotte vs Toni está muito fraco, não tenho grande interesse na rivalidade, muito por causa disso. Só o que envolve o Tribal Chief é que é interessante. Sinceramente já podiam colocar um ponto final na rivalidade dos New Day e Usos, podiam usar outras tag teams para lutar com os campeoes

  10. Victor Silva9 meses

    Não entendo😕… o Brock não deveria ter atacado o Roman Reigns em vez do Sami Zayn? Antes da “suspensão” o Brock estava louco para pôr as mãos no Roman, em vez disso ele vem e ajuda o Roman a reter, entendo que o Sami é o intruso da história e o Brock quer ter o mano a mano com o Roman novamente, mas ficou estranho isso… No mínimo deixava o Sami ter a oportunidade dele e semana que vem o Brock fazia o seu regresso

    • Okami9 meses

      Audiência. RR x Lesnar dá mais audiência do que qualquer um contra Zayn.

  11. Anónimo9 meses

    Bom início de show com o Lesnar e Sami Zayn. Gostava que o combate entre o Roman e Sami Zayn tivesse sido de forma diferente.

  12. Ver o Sami Zayn e o Brock Lesnar num segmento foi o melhor que aconteceu, foram fantásticos sem dúvidas!