A WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a partir do Ford Center em Evansville, Indiana, rumo ao Survivor Series do próximo dia 21 de Novembro.

Resultados

– Shayna Baszler venceu Naomi
– Los Lotharios (Humberto Carrillo & Angel Garza) venceram Cesaro & Mansoor
– Drew McIntyre venceu Ricochet
– Viking Raiders (Erik & Ivar) venceram Happy Corbin & Madcap Moss (por count-out)
– King Woods venceu Jimmy Uso

Report

O SmackDown abriu com a Bloodline em ringue e o WWE Universal Champion Roman Reigns explicou que depois de ter dado uma tareia a Brock Lesnar tirou uma semana de férias para celebrar. O “Tribal Chief” disse que teve uma semana excelente, ao contrário de Brock Lesnar que foi multado e suspenso, e a seguir perguntou a Paul Heyman o que mais aconteceu na semana passada, fazendo referência à derrota dos The Usos contra os New Day.

Roman Reigns afirmou que os New Day são bons, mas não são melhores que a Bloodline e foi então questionar como é que Jimmy Uso vai resolver este problema, e este explicou que ia fazer os New Day reconhecer o WWE Universal Champion Roman Reigns como o seu chefe tribal.

Como seria de esperar, os New Day interromperam a Bloodline e King Woods fez questão de perguntar onde está a mesa dele, porque por norma o rei senta-se à cabeceira da mesa, e os dois lutadores dos New Day continuaram a gozar com Roman Reigns.

Foi então que King Woods lançou um desafio: se ele perder para Jimmy Uso, ele reconhece Roman Reigns como o seu “Tribal Chief”, mas se Jimmy Uso perder, então ele terá de se ajoelhar perante King Woods.

Os The Usos começaram aos gritos com os seus rivais, dizendo que eles não se ajoelham perante ninguém, mas o WWE Universal Champion Roman Reigns aceitou o desafio em nome do seu primo.

 

Nos bastidores, Sonya Deville foi entrevistada e explicou que nunca vimos Naomi com tanta vontade e vejamos se consegue vencer este novo combate contra Shayna Baszler.

– Shayna Baszler venceu Naomi: Naomi entrou de forma bastante agressiva, tendo até quase vencido Shayna Baszler em poucos minutos, mas fora do ringue a “Queen of Spades” virou o combate a seu favor.

O domínio durou alguns minutos, mas Naomi usou a sua agilidade e conseguiu contra-atacar o Kirifuda Clutch para com um pin rápido e vencer este opener.

Assim que o combate terminou, Sonya Deville apareceu e explicou que Naomi agarrou as cordas para fugir ao Kirifuda Clutch e que deveria ter havido uma quebra da submissão, o que isso não aconteceu, por isso o combate vai ter de recomeçar.

Assim que o combate recomeçou, Shayna Baszler aplicou o Kirifuda Clutch e venceu o combate.

No balneário, Roman Reigns estava irritado por ter tirado uma semana de férias e os The Usos terem perdido, e que bastou estar uma semana fora para o programa ser uma porcaria. Estas palavras fizeram Jimmy Uso rir-se, o que irritou o WWE Universal Champion, que ficou cara a cara com o seu primo, uma situação que foi acalmada por Jey Uso.

A seguir foi transmitida mais uma vignette a promover a chegada de Xia Li ao SmackDown.

Nos bastidores, Ridge Holland foi entrevistado e explicou que Sheamus é o seu ídolo e que ele e os seus amigos adoram o “Celtic Warrior”, e que o facto dele querer imitar a forma do irlandês lutar é um mau presságio para todos no SmackDown.

Ainda no backstage tivemos Shotzi a justificar que na semana passada perdeu o combate mais importante da sua carreira e que odiou a forma como Sasha Banks a tratou, mas que a “The Boss” é agora o seu alvo e que ela e qualquer outra lutadora que lhe faça frente vai ser atropelada, e nem vai precisar do seu tanque para isso.

– Los Lotharios (Humberto Carrillo & Angel Garza) venceram Cesaro & Mansoor: Humberto Carrillo & Angel Garza isolaram e dominaram Mansoor desde o primeiro segundo, mas este conseguiu sobreviver e fez o tag a Cesaro, que entrou a 100 à hora, tendo deitado por terra os seus dois adversários.

No entanto e já no final, a maior química de equipa dos Los Lotharios fez com que os dois primos vencessem o combate depois de fazerem o pin em Cesaro.

Nos bastidores, Jeff Hardy estava a conversar com Aliyah e ia ser entrevistado, mas preferiu ir em auxílio da nova lutadora do SmackDown, que estava a ouvir “conselhos de moda” de Sami Zayn.

De regresso ao ringue tivemos Drew McIntyre a lançar mais um open challenge, que desta vez foi respondido por Ricochet. O “One and Only” explicou que o escocês está a brincar com o fogo, pois um dia vai chegar alguém ao ringue que não vai ter medo dele e vai dar-lhe um estalo na cara, e foi exatamente isso que Ricochet fez.

– Drew McIntyre venceu Ricochet: O “Scottish Warrior” usou a sua agressividade para destruir Ricochet durante vários minutos, mas o “One and Only” conseguiu usar a sua velocidade quando menos se esperava para ganhar algum ímpeto no combate.

O final acabou por ser mais equilibrado do que se esperava, mas Ricochet tentou acertar um Moonsault e Drew McIntyre apanhou-o com o Claymore Kick, vencendo o combate.

Nos bastidores, os New Day foram entrevistados e King Woods explicou que é bom que Jimmy Uso esteja a aquecer os seus joelhos para não se lesionar quando tiver de ajoelhar-se à sua frente.

No balneário, Mustafa Ali estava a tentar convencer Ricochet que os dois deveriam fazer equipa, mas o “One and Only” explicou que não quer, pois Mustafa Ali só se queixa quando perde e não é boa pessoa.

De regresso ao ringue tivemos mais uma edição do Happy Talk, que teve os Viking Raiders como convidados, que não perderam tempo a dizer que o talk show não presta. O segmento terminou com Madcap Moss a fazer uma “piada” e com os Viking Raiders a destruírem o set do Happy Talk.

– Viking Raiders (Erik & Ivar) venceram Happy Corbin & Madcap Moss (por count-out): Os Viking Raiders entraram melhor neste embate, mas Happy Corbin & Madcap Moss conseguiram isolar Erik e dominar durante alguns minutos, que ainda assim conseguiu fazer o tag a Ivar, que virou o combate do avesso com a sua força.

No final, os Viking Raiders tinham o ímpeto do seu lado e iam vencer em ringue, mas os seus adversários preferiram fugir e ir à vida deles e perder por contagem.

Nos bastidores, os Hit Row foram interrompidos por Sami Zayn, que lhes explicou que o grupo pode ter sucesso no SmackDown, mas precisa de melhorar em algumas coisas, como por exemplo a sua entrada. Os Hit Row lá convenceram Sami Zayn a mostrar-lhes o que deveriam fazer e o líder do balneário assim o fez.

Sami Zayn fez então uma entrada cheia de energia e explicou que é este tipo de energia que é preciso ter para se ter sucesso no seu balneário. Os Hit Row entraram e insultaram Sami Zayn e parecia que o grupo ia atacar o “Great Liberator”, mas deixaram-no ir sem atacar o líder do balneário.

Antes do main event da noite houve ainda tempo para mais um aviso do WWE Universal Champion Roman Reigns a Jimmy Uso.

– King Woods venceu Jimmy Uso: King Woods começou melhor neste main event, mas Jimmy Uso usou a sua raiva para dominar o rei durante vários minutos. King Woods com o passar do tempo começou a equilibrar a contenda e como seria de esperar a agressividade esteve sempre em alta.

Nos minutos finais, os dois lutadores quase venceram por várias vezes, mas depois dos The Usos terem feito batota e o árbitro os ter apanhado, King Woods com um School Boy agarrando as calças de Jimmy Uso venceu o combate.

Depois do combate terminar, os The Usos tentaram sair de ringue, mas Jimmy Uso foi obrigado a ajoelhar-se. No entanto, acabou por não o fazer, pois o WWE Universal Champion apareceu e com um Superman Punch deitou King Woods por terra. A Bloodline destruiu os New Day, com os The Usos a focarem o seu ataque no joelho de Kofi Kingston.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

17 Comentários

  1. BigMando4 semanas

    Quando é o Survivor Series? É que faltam 2 semanas e ainda não se viu nenhum desenvolvimentos quanto a isso. Quase aprece que estão à espera da última semana para o fazerem

  2. nzo4 semanas

    Quando é que a wwe vai anunciar as lutas do survivor series , eu sei que o tema é raw vs smackdow mais até agora a wwe não mostrou mais nada do survivor series

  3. Facebook Profile photo
    Jhonatas4 semanas

    Idiota o Roman logo logo tomara uma surra bem feito o Roman vai ajoelhar perante king Woods bitch e os usos também

    • Tiago XAVIER4 semanas

      eu prefiro que n o new dey nos dois titulos mundiais que bosta

  4. The Name4 semanas

    Sinceramente este foi mais um smackdown fraco comparado com o que era há umas semanas atrás…
    O raw por incrível que pareça foi melhor, só queria que a wwe acordasse de uma vez por todas e fizesse melhores shows e não se concentra-se tanto no dinheiro e no Roman, mas isto já é pedir demasiado para eles…

    • Surf4 semanas

      Nao deves ter visto o da semana passada

    • The Name4 semanas

      Eu vejo sempre a não ser que não esteja em casa por algum motivo, e foi fraco, o Roman não apareceu e o sd foi tão mau como o raw costuma ser, esta semana nem ele conseguiu salvar o show.

  5. Lisa Ann4 semanas

    Para termos Xavier Woods e Kofi Kingston no ME do SmackDown é porque a coisa tá feia para a WWE

    • MC4 semanas

      Não acho que seja assim tão chocante provavelmente a melhor Team de todos os tempos (pelo menos a nível do que ganharam) andar pelo Main Event.

  6. Gostei:
    – Promo da Bloodline, interrompida pelos New Day. Fica confirmado Xavier Woods vs Jimmy Uso para o main event. Um ótimo segmento para começar o show. Soltei uma valente gargalhada quando Paul Heyman começou a stressar com o Jey.
    – Segmento com a Bloodline. Um bom segmento aqui, com Reigns a meter Jimmy na linha após alguma risota deste.
    – Entrevista com Ridge Holland. Ele dá hype ao Sheamus. Pode ser uma parceria interessante…
    – Entrevista com Shotzi. Gostei que a WWE fez a promo dela realista. Ela realmente foi injustiçada na sua tag team com Tegan Nox e que agora não vai aceitar mais dessa injustiça. Bom trabalho aqui.
    – Los Lotharios (Garza & Carrillo) vs Cesaro & Mansoor. Foi curto, mas ainda foi bom.
    – Open challenge do Drew McIntyre. Ricochet responde, faz uma pequena promo antes. Um bom combate aqui, com Ricochet a dar uma boa impressão (claro.). Durante o combate, Mustafa Ali teve uma entrevista a falar de Drew. Não me importava de uma feud entre ambos.
    – Segmento com os New Day, com Woods a dizer que não tem medo da Bloodline. Honestamente, gostava de uma feud entre King Woods e Roman Reigns pelo título, nem que fosse só pelo propósito de queimar tempo.
    – King Woods vs Jimmy Uso. Que ótimo main event! O árbitro viu os Usos a fazerem batota e Woods aproveitou isso para vencer. Pós combate, Jimmy ia dobrar-se a Woods, mas a Bloodline acaba por atacar os New Day. Kofi Kingston fica em mau estado após este ataque. Que forma fantástica de terminar o show. Vejam este segmento!

    Não Gostei:
    – Naomi vs Shayna Baszler. Sonya Deville dá uma entrevista antes do combate. O combate não é nada demais. A Naomi vence, mas a Sonya aparece, manda recomeçar e Shayna vence. Apesar do recomeço fazer sentido, não é algo de que seja fã.
    – Segmento com Jeff Hardy, Aliyah e Sami Zayn. Sami Zayn dá alguns conselhos a Aliyah de como sobreviver na SmackDown. Nada demais aqui, realmente.
    – Segmento entre Ali e Ricochet, com Ali a propor uma tag team. Então o homem acabou de terminar a sua tag team e vai tentar meter-se noutra? Felizmente, Ricochet utilizou essa lógica. Mesmo assim, não bastou.
    – Happy Talk com os Viking Raiders, com os Raiders a destruir isto tudo, levando a um combate entre os 2. O combate até foi melhor do que esperava, mas o fim… Os Raiders vencem por count-out. Ao menos os Vikings deixam uma boa imagem.
    – Segmento entre Sami Zayn e Hit Row. Podemos ter aqui uma parceria interessante… Continuo desiludido pelo despedimento da B-Fab. A possível parceria é atirada pela janela fora logo de seguida. Bom desperdício de tempo.
    – Segmento com a Bloodline. Nada demais aqui, não adicionou hype ao main event.

    Overall: 7/10. Episódio misto. Roman, Usos, New Day e McIntyre vs Ricochet são os destaques. De resto, nada demais. Já se viu melhor da SmackDown este ano.

  7. Beatriz Lynch4 semanas

    Mais um SD fraco.

  8. Miguel4 semanas

    Roman do bloodline nao é ninguem sem os usos

  9. Meh, episódio fraquinho tal como o da semana transata. Só gostei mesmo do segmento inicial e do main event, praticamente tudo o resto não teve grande significado.

  10. Rio de Janeiro4 semanas

    A WWE levou o draft tão a sério que até o marco de “show ruim” e “bom show” foi trocado entre o SD e o Raw

  11. Anónimo4 semanas

    Bons segmentos a volta da Bloodline. Destaco também o main event, foi um ótimo combate.

  12. Kick_Ass4 semanas

    Outro show fraco… valeu apena só mesmo o segmento inicial e o main event.

  13. Foi um Smackdown razoável, a feud entre New Day e Bloodline promete!