Frank casino

A WWE realizou esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a segunda do ano e com os olhos bem postos no Royal Rumble, que se realiza já no final deste mês de Janeiro.

Ver combates marcados para o WWE Royal Rumble

Resultados

– The Miz venceu Kofi Kingston
– Mandy Rose venceu Alexa Bliss
– Braun Strowman venceu WWE Intercontinental Champion Shinsuke Nakamura (Non-Title Match)
– King Corbin & Dolph Ziggler venceram The Usos (por desqualificação)

Report

O SmackDown desta semana começou com uma edição especial da “Miz TV”, mas antes de The Miz chamar o seu convidado, falou de tudo o que aconteceu na semana anterior e pediu desculpa pelo seu comportamento. Em seguida tivemos sim, a chegada de John Morrison ao ringue e a esta edição da “Miz TV”. Depois de se ver um pequeno vídeo onde mostravam alguns dos melhores momentos da carreira de John Morrison, este explicou que tinha uma estreia pensada para o Royal Rumble, mas que preferiu estar ao lado de um dos seus melhores amigos, The Miz. E depois tivemos algo inesperado, com John Morrison a insultar os fãs por estes não terem apoiado The Miz. O duo acabou por ser interrompido pelos New Day, o que nos levou ao primeiro combate da noite.

The Miz venceu Kofi Kingston. Este combate, tal como o da semana passada, foi bastante equilibrado, com dois lutadores com estratégias distintas. The Miz a querer atacar a perna de Kofi Kingston para o fazer desistir com o Figure Four Leg Lock e Kofi Kingston a querer empregar maior velocidade no combate para conseguir surpreender O “A Lister”. Porém, o equilíbrio continuou até aos últimos momentos do combate, que tiveram a interferência de John Morrison a atacar Big E. Isto distraiu Kofi Kingston tempo suficiente para The Miz aplicar o seu Skull Crushing Finale e vencer o combate, vingando a derrota da semana passada.

A seguir tivemos mais uma edição da Firefly Fun House, onde Bray Wyatt relembrou a história de 2014 entre ele e Daniel Bryan, e que no Royal Rumble, o seu adversário não terá qualquer hipótese contra ele.

Já no backstage tivemos um pequeno segmento onde Sonya Deville tentava incentivar Mandy Rose para o seu combate, mas esta só estava preocupada com uma prenda que tinha de dar a alguém.

De novo no ringue tivemos mais um concerto de Elias, onde cantou como todos os outros lutadores iriam perder o Royal Rumble. Elias também insultou Brock Lesnar, dizendo que o WWE Champion não tem personalidade e que ele lhe vai conquistar o WWE Championship.

Outra vez no backstage tínhamos Tucker, a explicar a Otis que deveria esquecer Mandy Rose. Só que foi precisamente Mandy Rose que apareceu e pediu desculpa a Otis, por ter deixado Dolph Ziggler estragar o bolo que a mãe de Otis tinha feito para lhe dar. Mandy Rose acabou por dar um bolo feito por si a Otis, onde se podia ler “I’m sorry”, ou seja “Desculpa-me”.

Mandy Rose venceu Alexa Bliss. No confronto entre as duas belas lutadoras, a força de Mandy Rose foi determinante para o domínio do combate. Porém, Alexa Bliss mostrou toda a sua experiência e equilibrou o mesmo. Quando parecia que Alexa Bliss iria mesmo vencer, tivemos Otis e Tucker a marcar presença, o que causou uma distração que permitiu a Mandy Rose, com um pin rápido, arrecadar a vitória.

Já depois do combate, Otis continuou a comer o bolo de Mandy Rose enquanto fazia contacto visual com a lutadora.

Outra vez no ringue era para ter acontecido o combate entre Lacey Evans e Sasha Banks, mas “The Boss” não esteve presente na arena. Quem estava presente era a SmackDown Women’s Champion Bayley, que através do titantron insultou Lacey Evans e rejeitou um desafio para um combate pelo título no SmackDown. Só que Bayley insultou depois a filha de Lacey Evans, o que fez a lutadora ir ao backstage e tivemos este segmento a acabar em brawl.

A seguir tivemos Kayla Braxton a entrevistar Daniel Bryan, onde este afirmou que se lembra de tudo o que aconteceu entre os dois em 2014 e que “The Fiend” o mudou para melhor, que ele agora sabe que não o vai conseguir vencer e que por isso ele vai-se tornar o próximo WWE Universal Champion. A entrevista de Daniel Bryan foi interrompida pelo Ramblin’ Rabbit, que ia dizer a Daniel Bryan qual o segredo para vencer “The Fiend”. No entanto, Bray Wyatt calou a marioneta antes desta contar o segredo do WWE Universal Champion.

Braun Strowman venceu WWE Intercontinental Champion Shinsuke Nakamura num Non-Title Match. A seguir tivemos a força de Braun Strowman contra o engenho de Shinsuke Nakamura, que teve a ajuda de Sami Zayn e Cesaro para dominar boa parte do combate. Porém, a força do “Monster Among Men” virou o combate a seu favor.

Nos momentos finais, Cesaro e Sami Zayn tentaram uma nova interferência, mas Braun Strowman conseguiu superar isso tudo e com um Powerslam venceu o WWE Intercontinental Champion. O “gigante” posicionou-se assim como o provável novo candidato ao título do lutador japonês.

Foi transmitida mais uma vignette de Sheamus, onde este falou do ataque na semana passada a Shorty G, e afirmou que iria provocar o caos quando regressasse.

No balneário, Daniel Bryan encontrou um presente perto da sua roupa e dentro do embrulho estava o Ramblin’ Rabbit, que tinha uma parte da cabeça desfeita.

Outra vez no ringue tivemos uma promo de Roman Reigns, onde este explicou que 2019 não foi um ano fácil, mas que 2020 será o seu ano e que já está farto de ser atacado e humilhado por King Corbin e o seu grupo, e por isso chamou os seus primos The Usos para o ajudarem. The Usos também fizeram uma pequena promo onde explicaram que humilhar Roman Reigns era desrespeitar a família e que King Corbin e Dolph Ziggler iriam pagar por isso. Os três acabaram por ser interrompidos por King Corbin e Dolph Ziggler, o que nos levou ao main event da noite.

King Corbin & Dolph Ziggler venceram The Usos por desqualificação. O último combate da noite começou de forma intensa, como seria de esperar, em especial com os Usos a mostrarem toda a sua ofensiva em equipa. Só que King Corbin e & Dolph Ziggler ganharam o domínio do combate quando os Revival distraíram os irmãos. No entanto, esta distração não iria sair impune, pois Roman Reigns apareceu e despachou os Revival com um Superman Punch.

A ação descambou para fora do ringue nos minutos finais do combate e levou Roman Reigns a perder a cabeça, que atacou King Corbin com um Spear, causando a desqualificação dos seus primos no combate.

Quando parecia que a mesa de comentadores iria ser usada por Roman Reigns, tivemos o regresso surpresa de Robert Roode regressado de “lesão” (esteve suspenso 30 dias por ter violado a Wellness Policy da WWE), que atacou o “Big Dog”.

O trio de King Corbin, Dolph Ziggler & Robert Roode acabou este episódio do Smackdown a fazer Roman Reigns atravessar a mesa de comentadores, continuando assim o domínio perante o “Big Dog”.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

12 Comentários

  1. Yves9 meses

    Este roman ja parece o cena, sempre a levar nas trombas.
    E as tantas e para o pessoal ter pena e ainda ganha a rumble match

    • igor9 meses

      Não me diga

    • Anónimo9 meses

      O senhor percebe tanto de lutas como eu ir os Figos

    • Hunter9 meses

      “Senhor”, Anónimo ? mas Yves não é nome feminino ? acho que ela sabe tanto de wrestling como você entende nomes de pessoas 😉

  2. Rollins9 meses

    Muito bom smackdown está interessante ! Gostei do regresso do roode só acrescenta mais qualidade ao plantel

  3. Daniele B9 meses

    Achei uma porcaria to comecando achar um saco esse smackdown

  4. Excelente regresso do Morrison 😂😂
    O SmackDown está um lixo…

  5. Showstealer9 meses

    Não gostei assim tanto deste SmackDown, mas destaco o bom combate inicial e o match entre Braun Strowman e Shinsuke Nakamura.
    Espero que o triunfo de Strowman seja um prenúncio de que haja combate marcado e um novo campeão no Royal Rumble PPV. Seria uma mudança refrescante, a meu ver.

  6. Marcos9 meses

    Esse título intercontinental está muito feio, estragaram ele,só faltam acabar com o dos EUA,falta de respeito com os títulos secundários

    • Hunter9 meses

      Olha a uma grande possibilidade de isso acontecer no próximo raw.

  7. Cristiano Ronaldo9 meses

    Crowd lixo meu Deus, coitado do Morrison.

  8. Anónimo9 meses

    Talvez no próximo Smackdown quem saiba, tenhamos um combate de trios entre o Roman Reigns e os Uso contra o King Corbin, Dolph Ziggler e o Robert Roode. A crowd não foi nada entusiasmante a receber o John Morrison, podia ter sido melhor.