A WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a partir do Staples Center em Los Angeles, Califórnia, rumo ao Day 1 do dia 1 de Janeiro de 2022.

Resultados

– WWE Intercontinental Champion Shinsuke Nakamura & Rick Boogs venceram Los Lotharios (Angel & Humberto)
– Drew McIntyre venceu Sheamus
– Toni Storm venceu SmackDown Women’s Champion Charlotte Flair (por desqualificação)
– New Day (Kofi Kingston & King Woods) venceram SmackDown Tag Team Champions The Usos (Jey & Jimmy Uso) e Raw Tag Team Champions RK-Bro (Randy Orton & Riddle)

Report

O SmackDown abriu com Sami Zayn a ser levado numa cadeira de rodas para o ringue e este afirmou ser o lutador mais duro da história da WWE, porque apesar de não querer dizer que é uma conspiração, a verdade é que foram preciso os dois lutadores mais dominantes da história da empresa para lhe roubarem a oportunidade de ser WWE Universal Champion.

Sami Zayn explicou que vai processar todas as pessoas que lhe roubaram a hipótese de ser campeão e foi então que Paul Heyman apareceu para o interromper. O “Great Liberator” irritou-se e até se levantou da cadeira de rodas, mas afirmou que Roman Reigns não está aqui para proteger o manager.

Foi então que tocou a música de Brock Lesnar, que se dirigiu ao ringue, mas de forma inesperada os dois lutadores sentaram-se a conversar e parecia que iam sair dali “amigos”. No entanto, Paul Heyman afirmou que só pode estar louco, porque há 3 anos teríamos visto a “Besta” a destruir Sami Zayn em vez de o convidar a ir à caça ou à pesca.

Brock Lesnar ficou possuído e acabou por atacar os enfermeiros do “Great Liberator” e fez voar a cadeira de rodas, antes de aplicar um F-5 em Sami Zayn.

Nos bastidores, Kayla Braxton tentou entrevistar Brock Lesnar, mas este disse para ela falar com o seu advogado, Paul Heyman.

– WWE Intercontinental Champion Shinsuke Nakamura & Rick Boogs venceram Los Lotharios (Angel & Humberto): Rick Boogs usou a sua força para dominar os primeiros minutos deste opener. Quando parecia que os Los Lotharios iam começar a dominar, Shinsuke Nakamura entrou em ringue e acertou o seu Kinshasa e venceu o combate.

Nos bastidores tivemos Kofi Kingston a apresentar a nova coroa de King Woods, com o rei da WWE a prometer que ele e o parceiro vão vencer o Triple Threat Tag Tam Match desta noite contra os RK-Bro e os The Usos.

No escritório de Adam Pearce tivemos Drew McIntyre a interromper o oficial da WWE, que lhe tentou explicar que ele não poderia levar a sua espada para perto do ringue. Foi então que o escocês decidiu espetá-la na mesa do oficial.

Continuando nos bastidores tivemos Sasha Banks a motivar Toni Storm para o Contender’s Match contra a SmackDown Women’s Champion Charlotte Flair.

– Drew McIntyre venceu Sheamus: Sheamus e Drew McIntyre entraram com tudo um contra o outro, sendo que a agressividade manteve-se tanto dentro como fora do ringue. Acabou por ser o lutador irlandês a ter mais algum controlo e com o passar dos minutos as quase vitórias foram surgindo. Porém e do nada, Drew McIntyre acertou o seu Claymore Kick e venceu mais esta “guerra”.

De seguida tivemos o tributo da WWE a Jack Lanza, que faleceu esta semana.

A seguir vimos Happy Corbin e Madcap Moss a roubar a secretária de Adam Pearce do seu escritório, que continua a espada de Drew McIntyre ainda espetada.

Ainda nos bastidores, Kayla Braxton foi interromper Paul Heyman e como sempre este ficou desorientado com as perguntas da entrevistadora da WWE e acabou por sair de cena sem responder a nada.

Antes do combate entre Naomi e Sonya Deville começar, a oficial da WWE apresentou Natalya e Shayna Baszler que estavam fora do ringue, mas a sua rival viu-se livre das duas lutadoras por alguns momentos. Já quando parecia que íamos ter 3 vs 1, Xia Li fez a sua estreia no SmackDown e veio na ajuda de Naomi. Juntas, despacharam as três lutadoras do ringue, com destaque para um pontapé da chinesa na oficial da WWE.

No backstage tínhamos os Raw Tag Team Champions RK-Bro a conversar e foi quando Riddle apresentou o elenco do filme “Jackass Forever”. Depois de Johnny Knoxville ter mostrado um “golpe”, Randy Orton deixou o seu parceiro a falar com os actores e foi à sua vida.

– Toni Storm venceu SmackDown Women’s Champion Charlotte Flair (por desqualificação): Toni Storm entrou de forma dominante neste combate, sendo que a campeã nunca conseguiu ter o ímpeto a seu favor, isto até estarem a lutar no apron. Foi então que a “Queen” atacou a sua adversária de tal forma que foi desqualificada.

Assim que o combate terminou, Charlotte Flair continuou o ataque a Toni Storm, enviando assim uma mensagem à sua rival rumo a um eventual SmackDown Women’s Championship Match futuro.

No escritório, Brock Lesnar intimidou Adam Pearce e agradeceu-lhe pela multa de 1 milhão de dólares, pois doou o dinheiro à caridade. Além disso, a “Besta” afirmou que aproveitou o tempo livre da suspensão para caçar um alce gigante, a que chamou “Pearce” em homenagem ao oficial.

– New Day (Kofi Kingston & King Woods) venceram SmackDown Tag Team Champions The Usos (Jey & Jimmy Uso) e Raw Tag Team Champions RK-Bro (Randy Orton & Riddle): O main event deste SmackDown abriu de forma caótica, com nenhuma das equipas a conseguir um domínio muito claro, mas foram os SmackDown Tag Team Champions The Usos que conseguiram ficar no controlo depois de fazerem alguma batota.

Depois dos The Usos terem dominado Riddle durante vários minutos, os New Day não deixaram Randy Orton entrar em ringue e passaram a ser eles a dominar o “Original Bro”, mas este conseguiu aguentar tudo e fez o tag ao parceiro. O “Th Viper” meteu a quinta mudança, virou o combate do avesso e quase o venceu sozinho.

No final, a confusão ficou instalada e os New Day aproveitaram. Depois de um golpe de equipa, fizeram o pin em Jey Uso e venceram este embate, podendo agora ser chamados de “Melhor Equipa da WWE”.

A fechar o show foi anunciado que o WWE Universal Champion Roman Reigns vai regressar no próximo SmackDown.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

24 Comentários

  1. Starship of Pain2 meses

    Brock Lesnar, o cara é fod@. Achei esse retorno dele irado, esse add dele no mic é perfeito, é engraçado no microfone kkk, fica bacana as falas dele, quesito que não tínhamos nunca quando ele fazia parceria com o Paul. Por falar em Heyman, essa story line com Tribal Chief, Lesnar e o Heyman é a melhor. Nunca sabemos o que o Psul pode fazer em um futuro próximo.

  2. Breno2 meses

    Deram uma bela cagada nesse segmento da Naomi com a Deona Purazzo da DeepWeb(Sonya).
    Tinha tudo pra ser uma boa luta
    Fazem aquela cena e aparece a Xia gritando.
    Até aí já tava meio ruim mas tive es0ectativa nela batendo na Nat e na Shayna

    HORRÍVEELLLLLLLLL
    Cena Horrivel

    Não sou um critico
    Estava esperando bastante nela
    Foi só o começo, eu sei, mas fiquei triste
    Tava doido pra ver um jogo de pernas e chutes e vi aquilo
    É torcer pra ser melhor semana que vem

    • Oi2 meses

      Adorei a Estreia de Xia Li , a Sonya Estava mais que mereçendo esse chute

  3. joao (diferenciado)2 meses

    Brock babyface é ouro e a entrada da Xia Li foi brutal.

    ps: pequena correção, o barclays center não é em LA, California.

  4. Facebook Profile photo

    2 botches na luta entre a charlotte e a Toni no mesmo move… aquele moonsault duvidoso

  5. joao (diferenciado)2 meses

    Gostava de ver o Lesnar e o Zayn a ganharem os SD Tag Team titles aos Usos só para atrofiar com o Roman, seria incrivel

  6. Rio de Janeiro2 meses

    A melhor parte do SD foi não termos a presença do Roman

  7. Facebook Profile photo

    É impressionante como parece haver dois showa dentro do mesmo smackdown. Tudo o que envolve o Lesnar, Roman e Sami e fantástico. Depois temos o resto que e apenas filler e aborrecido.

  8. Balhote2 meses

    Foi um show nada de especial, tal como o Smackdown nos tem habituado. Foi um show cheio de nada, basicamente. Pouca ou nenhuma progressão de histórias. O segmento inicial foi fantástico, não sei se sou o único a querer a formação de uma tag team entre o Sami e o Brock, acho que seria entretenimento puro. Gostei também da forma como o Paul Heyman “soltou” a besta, o que não deve ter deixado o Tribal Cheif muito satisfeito. De resto, não tivemos nada de jeito. O Ic title é como se não existisse, o Drew está numa rivalidade com o Happy Corbin, houve um combate para determinar a melhor tag team da wwe, o que não fez sentido nenhum e a rivalidade da Charlotte com a Toni não está a correr nada bem na minha opinião. Acho que mais cedo ou mais tarde as ratings do Smackdown vão começar a descer se a WWE continuar a apresentar este produto desinteressante.

    • Starship of Pain2 meses

      O IC Title com o Nakamura é uma das piores runs da história

    • Surf2 meses

      querem pro wrestling ou entretenimento? não percebo, criticam a wwe por não ser supostamente “pro wrestling” agora veem com essa? voces andam bem andam..

    • Balhote2 meses

      Eu quero lógica. Por exemplo no main event tivemos um bom combate mas para mim aquilo não é nada. Eles estavam a lutar porquê? Porque é que os RKBro apareceram do nada no smackdown? Eu coloco sempre a história à frente do combate mas isso é apenas a minha maneira de ver wrestling. Cada um tem a sua. Apesar de termos tido um bom combate aquilo não significou nada. Os New Day são agora a “melhor” tag team da wwe e de que é que isso vale, nada. Tivemos Drew vs Sheamus pela milésima vez este ano, e apesar de eles entregarem sempre boas lutas, não houve nenhuma razão para estarem a lutar foi só porque sim. Depois os Championship contender match para mim também não é nada é apenas uma maneira preguiçosa de darem build a um combate para um PPV . Mas há pessoas que preferem ver um bom combate a uma boa história, mas isso depende da perspectiva de cada um. Já agora parece que o Smackdown teve bons ratings. The Canadian Alpha Males =ratings 😂

    • Facebook Profile photo

      Balhote, concordo com tudo o que disseste, sem tirar nem por. Lutar por lutar para mim nao diz nada, se quisesse ver uma luta qualquer ia para o ufc, nao para uma scripted fight, eu vejo wrestling pelo entretenimento e pela história contada em ringue, se nao ha historia torna-se difícil ficar investido no combate.

  9. Gabriela Paltrova2 meses

    Rick bogs é um merda.

    • Starship of Pain2 meses

      Fraquíssimo Boogs, concordo plenamente

  10. BigMando2 meses

    Cada vez mais acho que a WWE não se está a esforçar na feud da Charlotte com a Toni Storm, não está a beneficiar em nada a Toni, parece que a Charlotte não consegue pôr a Toni over ou então o booking é que também é mau. Outro ponto negativo, foi a Rick Boogs e Nakamura vs Los Lotharios: por favor tirem o titulo ao Nakamura, um campeão que nunca defendeu o seu titulo, não merece ser campeão e porque é que não colocam um bom booking nos Lotharios para serem os próximos tag team champions, é que ver Usos vs New Day quase sempre já enjoa um pouco e necessita-se urgentemente de mais tag teams

  11. Gostei:
    – Começamos com o Sami Zayn numa cadeira de rodas, hehe. É interrompido por Paul Heyman e, mais tarde, Brock Lesnar. A conversa entre Lesnar e Zayn é hilariante. Depois Heyman diz umas quantas coisas e Lesnar ataca Zayn. Este segmento foi brilhante. Adorei tudo o que aconteceu. Foi hilariante e é algo muito bom para começar o show. Vejam este segmento! Logo a seguir, Brock Lesnar é entrevistado e continua muito bem a história sobre a quem Paul Heyman está aliado.
    – King Woods recebe uma nova coroa. Foi algo bom de se ver e os New Day raramente falham em ser engraçados.
    – Segmento entre Drew McIntyre e Adam Pearce. Parece que vamos com uma história da gerência a lixar o Drew. Pode ser interessante. Mais tarde, temos Drew McIntyre vs Sheamus. Estes 2 fazem sempre ótimos combates com muita violência. Raramente desiludem. Ótimo combate.
    – Video package a homenagear Blackjack Lanza. Que descanse em paz.
    – Entrevista a Paul Heyman. Continua a ser um destaque semanal a Kayla Braxton a chateá-lo e eu adoro.
    – Sonya Deville vs Naomi. A Naomi faz uma promo antes do combate e o combate nem chega a acontecer porque isto transforma-se em 3 contra 1, com Shayna e Natalya a ajudar Sonya. Xia Li faz a sua estreia e ajuda a Naomi. Isto combina bem com a nova personagem da Xia, ajudar outros de bully’s e é uma ótima estreia para a chinesa. No entanto, mudem o início da música dela. A música dela começa com o mesmo som que se ouve na do Drew McIntyre, pensei durante momentos que o McIntyre ia salvar a Naomi.
    – Segmento entre os RKBro e o cast do Jackass Forever. Teve piada.
    – Segmento entre Brock Lesnar e Adam Pearce. Eu adoro esta versão do Brock. Já sabia há muito tempo que o gajo é naturalmente cómico mas esta run tem ajudado imenso. Vejam este segmento!
    – RKBro vs The Usos vs The New Day. Era difícil falhar com todos estes 6. O combate é ótimo, com muita ação e uma boa psicologia em ring. Bom trabalho de todos.

    Não Gostei:
    – Los Lotharios vs Nakamura & Boogs. O combate até nem foi mau, mas foi curto e não teve a sua chance de arrancar.
    – Segmento entre Sasha Banks e Toni Storm. Isto foi para meter a Storm over e funcionou em certa parte, mas havia outras formas. Mais tarde, temos Charlotte Flair vs Toni Storm. O combate não foi mau, mas teve os seus problemas. A Charlotte botchou ali um moonsault, mas nada demais; foi um combate curto e acabou numa DQ…

    Overall: 7/10. Gostei imenso deste show. Tudo que envolveu Brock Lesnar foi ouro. Sheamus v Drew vale a pena ver, bem como o main event. No entanto, pede-se melhor na storyline da Toni e Charlotte.

  12. Meh, show a roçar o razoável. Salvou-se o ótimo segmento inicial, a boa estreia de Xia Li no SmackDown e o main event porreiro, apesar de não fazer sentido uma equipa do Raw aparecer na brand azul.

  13. Anónimo2 meses

    Bom início de show com o Lesnar e Sami Zayn. Bom combate entre Drew McIntyre e Shemaus. Boa estreia da Xia Li. Destaco também o main event, foi um bom combate.

  14. Foi um bom Smackdown, aquilo que teve o maior destaque foi o segmento do Sami Zayn e Brock Lesnar, são puro ouro!