A WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a partir do ThunderDome no Tropicana Field em São Petersburgo, Flórida, e rumo ao Elimination Chamber de dia 21 de Fevereiro.

Resultados

– Sami Zayn & King Corbin venceram Rey Mysterio & Dominik Mysterio (Qualifying Match para o Elimination Chamber Match)
– WWE Intercontinental Champion Big E venceu Shinsuke Nakamura (por desqualificação)
Bayley venceu Liv Morgan
– Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) venceram Chad Gable & Otis
Cesaro & Daniel Bryan venceram SmackDown Tag Team Champions Dolph Ziggler & Robert Roode (Non-Title Match) (Qualifying Match para o Elimination Chamber Match)

Report

O SmackDown abriu com o WWE Universal Champion Roman Reigns, acompanhado por Jey Uso e Paul Heyman, e também com Adam Pearce no ringue. O “Tribal Chief” fez logo questão de a insultar o oficial da WWE e a seguir foi a vez de Edge ser insultado, dizendo que se lutar contra o “Rated R Superstar” este vai voltar para a reforma.

Já Adam Pearce afirmou que o WWE Universal Championship teria de ser defendido no Elimination Chamber, mas Paul Heyman disse que deveria haver um Elimination Chamber Match, mas sim para ver quem lutaria logo de seguida contra o “Tribal Chief”, no mesmo pay-per-view.

Adam Pearce anunciou assim então que há dois lutadores que não precisam de se qualificar, Jey Uso e Kevin Owens. Este anúncio fez Roman Reigns ficar irritadíssimo e quase atacou o oficial da WWE.

Nos bastidores, Sonya Deville disse que Adam Pearce deveria ter cuidado para não fazer frente a Roman Reigns e que ela teve uma ideia em fazer um Tag Team Match em que a equipa vencedora se qualificaria para o Elimination Chamber Match.

Antes do combate entre os Mysterio e a equipa de Sami Zayn & King Corbin, o “Great Liberator” fez logo questão de dizer que ele não deveria ter de se qualificar e que está tudo contra ele, até porque ele e King Corbin nem sempre se dão bem. A conversa de Sami Zayn durou até Rey e Dominik Mysterio se fartarem e o atacarem.

– Sami Zayn & King Corbin venceram Rey Mysterio & Dominik Mysterio (Qualifying Match para o Elimination Chamber Match): O combate começou a cem à hora por parte dos Mysterio, em especial quando Dominik Mysterio usou toda a sua agilidade para quase vencer Sami Zayn.

Porém, o maior engenho por parte do “Great Liberator” e do “Rei” fez com que Sami Zayn conseguisse ganhar ímpeto para acertar o seu Helluva Kick em Dominik Mysterio. Assim sendo, Sami Zayn e King Corbin já estão qualificados para o Elimination Chamber Match.

Nos bastidores, os SmackDown Tag Team Champions Dolph Ziggler & Robert Roode tentaram qualificar-se diretamente para o Elimination Chamber Match, mas Sonya Deville disse que se eles poderiam qualificar-se caso vençam a dupla de Daniel Bryan e Cesaro.

Noutra zona do backstage, Reginald tentou oferecer um copo de champanhe à SmackDown Women’s Champion Sasha Banks, e depois de algumas palavras a “The Boss” lá aceitou a bebida para felicidade de Reignald.

De regresso ao ringue tivemos o WWE Intercontinental Champion Big E a falar da sua vitória sobre Apollo Crews e Sami Zayn no último SmackDown e que iria continuar a lutar para manter o título. Apollo Crews interrompeu e disse já que Big E ia fazer um open challenge, ele aceitava. Big E disse então que queria defrontar um novo adversário e depois de um troca de palavras, onde Big E disse que não fazia caridade, tocou a música de Shinsuke Nakamura.

– WWE Intercontinental Champion Big E venceu Shinsuke Nakamura (por desqualificação): Shinsuke Nakamura tentou entrar melhor neste combate contra o WWE Intercontinental Champion, mas Big E usou a sua força e só perdeu o controlo quando Apollo Crews o distraiu. Depois de um curto domínio do “King of Strong Style”, Big E voltou ao comando do combate e quando parecia que ia vencer, Apollo Crews atacou-o e estragou a hipótese pelo WWE Intercontinental Championship ao lutador japonês.

De seguida tivemos o regresso de Seth Rollins e o ringue estava rodeado de lutadores do roster do SmackDown. A primeira novidade foi Seth Rollins não ter usado a música do “Messiah”, mas o seu discurso foi similar.

Seth Rollins disse que muito mudou desde o Survivor Series, em especial ele mudou por causa da sua filha. Só que quando parecia que tinha mudado, este começou a dizer que ele pode ser o líder do SmackDown que tem um dos melhores rosters da história . Os lutadores começaram a ir-se todos embora enquanto Seth Rollins falava e este disse que se todos queriam o melhor para o SmackDown tinham de abraçar a visão dele.

Só Cesaro ficou perto do ringue e Seth Rollins pensava que este seria seu aliado, mas o “Swiss Superman” não estava para aí virado. Foi então que o “Messiah” saiu do ringue e atacou Cesaro, mas só até Daniel Bryan vir em auxílio do seu atual parceiro de equipa.

Em seguida tivemos um video package a promover os perigos e riscos do Elimination Chamber.

– Bayley venceu Liv Morgan: Liv Morgan entrou de forma dominante contra Bayley, mas fora do ringue a maior experiência da ex-campeã virou o ímpeto a seu favor.

Depois de alguns minutos de domínio, Liv Morgan conseguiu equilibrar contenda e até quase venceu, no que seria um resultado surpreendente.

Billie Kay veio então tentar oferecer um postal de desculpa a Ruby Riott, mas esta irritou-se com a australiana e esta confusão distraiu o árbitro, o que deu espaço para Bayley fazer batota e assim vencer este combate.

Nos bastidores, Cesaro e Daniel Bryan foram entrevistadas, com o “Swiss Superman” a dizer que Seth Rollins lhes fez perder tempo e que ele vai usar o seu tempo para se qualificar para o Elimination Chamber Match. Daniel Bryan pouco falou e só disse que Cesaro era alguém bastante duro.

– Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) venceram Chad Gable & Otis: Este combate de equipas começou de forma bastante técnica, com Angelo Dawkins a dar mais luta do que seria esperado a Chad Gable.

Já quando Montez Ford entrou em ringue, Chad Gable começou a levar a melhor mas parecia que os Street Profits iam usar a sua melhor química de equipa. Todavia, controlar a força de Otis não é fácil e este ia virando o combate do avesso.

No final, os Street Profits mostraram porque já foram campeões durante tanto tempo e, depois de Angelo Dawkins acertar o seu Sky High, Montez Ford acertou mais um Frogsplash surreal, e assim os ex-campeões venceram este seu combate de regresso.

Em seguida tivemos a SmackDown Women’s Champion Sasha Banks em ringue, que falou logo de como gosta de Bianca Belair e de como esta a deveria escolher para enfrentar na WrestleMania 37. Bianca Belair veio ao ringue e disse que Sasha Banks não mandava nela.

Foi então que tivemos a surpresa de ver as WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler e depois de as duas falarem da sua vitória no Royal Rumble, mas Sasha Banks e Bianca Belair aproveitaram o momento para gozar com Nia Jax, pelo momento “My hole!” do Raw.

Tudo isto acabou em brawl, com Nia Jax outra vez a cair de cu no apron, mas desta vez a “Irresistible Force” conseguiu aguentar a dor e infelizmente não voltou a gritar “My hole!”.

– Cesaro & Daniel Bryan venceram SmackDown Tag Team Champions Dolph Ziggler & Robert Roode (Qualifying Match para o Elimination Chamber Match): Este main event não começou bem para Daniel Bryan e Cesaro, pois os Dirty Dawg usaram a sua melhor capacidade de lutar em equipa para dominar desde cedo. Os SmackDown Tag Team Champions conseguiram isolar Daniel Bryan durante vários minutos, mas quando o “American Dragon” finalmente conseguiu fazer o tag, Cesaro entrou com tudo e virou o combate por completo com vários uppercuts.

Nos minutos finais tivemos várias false finishes por parte das duas equipas, mas Cesaro mais uma vez usou a sua força incrível e com um Backbreaker, seguido do Giant Swing e do seu Sharpshooter, fez Dolph Ziggler desistir.

No final, Jey Uso atacou Cesaro com uma cadeira e os seis lutadores que irão participar no Elimination Chamber Match envolveram-se numa brawl que foi ganha por Kevin Owens, que entrou no ringue e acertou uma série de Stunners nos seus adversários.

O SmackDown terminou com Kevin Owens a falar para a câmara e a dizer a Roman Reigns que eles ainda não terminaram e ele não se vai embora.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

28 Comentários

  1. Facebook Profile photo
    Gonçalo Flores2 semanas

    BURN IT DOWN!!!

  2. 19042 semanas

    Burn it down…mas ainda ficou heel

  3. GONÇALOsethRollins2 semanas

    Assim que eu ouvi a música do BURN IT DOWN eu quase que chorava mas assim que o Seth Rollins disse que podia ser o líder do SmackDown fiquei triste mas eu estou sempre no lado dele mesmo que ele seja o ” MESSIAH”.

  4. Joelson Souza Ribeiro2 semanas

    Pra mim cesaro ta merecendo uma chance, pelo título universal dessa vez mesmo sabendo que vai ser difícil pra ele ganhar mais daria essa oportunidade.

  5. Rollins McIntyre fan2 semanas

    Epa nao sou muito de manifestar mas quando ouvi Burn It Down gritei como tivesse no pavilhão ahahah adorei o main event grande distribuição de stunners do Kevin 😅

  6. BigMando2 semanas

    Foi um SmackDown razoável.
    -Quando ouvi a Burn it Down fiquei emocionado, mas isso tudo acabou quando ele voltou com a cena de Messiah.
    -Não gostei de ver a Bayley a vencer a Liv Morgan, parece que estão a tirar algum prestigio às Riott Squad, parece que apostam sempre no mesmo (é por isso que há falta de Superstars no roster feminino e personagens mal construidas). E continuo sem perceber porque o árbitro distaiu-se na cena da Riott e da Billie, só para a Bayley fazer o que quisesse.
    – Adorava ver o Chad Gable noutra posição, nem que lutasse pelo titulo intercontinental. Cada vez que o vejo a lutar, lembra-me o Kurt Angle.
    – A WWE parece estar interessada em colocar o Cesaro noutro patamar, finalmente.

    • Riot squad tem 0 pretigio, depois queixam se da divisao tag quando a unica equipa de verdade atualmente só serve para isto… só mais uma borrada da wwe, ultimamente trngo criticado muito a empresa mas devido aonque tenho visto não dá para outra coisa…

    • BigMando2 semanas

      Gangrel_Rules outra coisa que não percebo é: a Liv Morgan fez um Enziguri e um Codebreaker na Bayley e não conseguiu vencer e a Bayley com aquele finisher, que no minimo é ridiculo, venceu o combate, onde o combate foi dominado pela Liv, praticamente.

    • Isso tira a credibilidade do wrestling… mas neste combate a bailey se perdesse era quase como uma cruz nesta personagem… tem vindo a cair muito desde que perdeu o titulo, quanto a liv teve mudança de gimmick com video promo e tudk e no final??? Era lesbica e ex da lana… so a i foi derrubar a rapariga de novo, depois lá a juntam a ruby mas para que? Para nada, para perderem só

    • BigMando2 semanas

      Sim, nesse aspeto tens razão. Ela enquanto fez a sua run a solo, até teve dois bons combates contra a Asuka e a Charlotte Flair, apesar de ter perdidos os dois. Desde que se juntou outra vez à Ruby, já tiveram dois combates pelos Tag Team Titles e perderam, mas a Shayna e a Nia, que não são propriamente uma Tag Team na minha opinião, já ganharam duas vezes. É estes pormenores que me irritam e que não fazem sentido nenhum.

    • E assim vai continuar

    • Litos2 semanas

      Infelizmente esta mudança do Cesaro deve ser para ele renovar contrato, que está quase a acabar.

  7. McIntyre👊2 semanas

    Na minha opinião. O Seth vai mudar a cada smackdown. Até ele fazer o face turn.

    Cesar está ganhando mais destaque, ao fazer equipe com DB

  8. Balhote2 semanas

    Mais um bom smackdown. Gostei dos desenvolvimentos rumo ao Elimination chamber porque ao menos tivemos combates de qualificação. Acho que, em função dos combates, os vencedores foram os acertados e ambos os combates foram agradáveis de assistir. É claro que gostava que o Rollins e o Nakamura estivessem no combate, mas pronto, mesmo assim acho que os participantes são interessantes e tenho dúvidas em quem vai vencer ( acho que vai ficar entre Owens, Bryan e Cesaro). Gostei também do regresso do Rollins, ao que parece vem com uma personagem parecida à que tinha e gostei que tivessem dado o “tease” da rivalidade Bryan vs Rollins rumo à wrestlemania.

  9. Show decente por parte do SmackDown. Destaco o bom segmento inicial, a promo de Seth Rollins com aquele swerve de vir com a theme song antiga mas continuar com a mais recente personagem, o combate entre Street Profits e Chad Gable & Otis e o ótimo main event e angle final (qual Stone Cold Steve Austin, Kevin Owens parecia um badass a mandar Stunners a quase toda a gente).

  10. Foi um bom Smackdown, bom regresso por parte do Rollins com música antiga que gosto imenso, bons envolvimentos em torno do Elimination Chamber, temos tudo para ter grandes combates e bom ainda é que o Cesaro está a ter a relevância em que precisava e pode ter um grande push em volta do título universal!

  11. Bom Smackdown
    Destaco:
    – boa abertura, preferia que o Roman defendesse o título na luta EC em si, mas realçar as boas promos
    – bom regresso do Seth Rollins, mas a manter a personagem gostava que continuasse com a música que estava a usar, a não ser que venha uma face turn num futuro próximo
    – bom main event, que serviu para criar um certo hype para a luta com o momento final

  12. Rui jesus messias2 semanas

    Os mysterios podiam lutar pelos SD tag team champions. Estão um pouco perdidos neste momento

  13. SD mantendo o bom nível.
    O Roman a abrir o show (como de costume ultimamente) foi muito bem na promo e o segmento de anúncio para o Elimination Chamber também agradou.

    O combate entre Sami Zayn & King Corbin vs Rey & Dominik Mysterio foi bom e como foi até citado, o pai com o filho poderiam entrar na rota do título tag. E os vencedores vem fazendo um bom trabalho e terão os seus respectivos momentos no PPV.

    – Apollo concretizando o heel turn, pena que é justo contra o Big E, que tende a ter um reinado longo e consistente.

    – Street Profits venceram Chad Gable & Otis
    Nada muito a declarar.

    O retorno no Rollins foi muito bem feito, ainda mais nos dias de hoje quando praticamente se sabe tudo antes de acontecer, a antiga theme song já dá um refresh ao personagem (eu gostava da theme do Messiah também) e uma possível feud com o Cesaro tem tudo para ser boa, porém pode pausar o possível punsh do suíço… Veremos.

    E o Main Event foi muito bom, muita qualidade de ambas as equipes e o K.O fazendo jus a sua t-shirt, foi brutal “STUN THE WORLD”.
    Apesar das derrotas, eu estou gostando bastante do tratamento que ele vem recebendo desde que entrou na rota do título, por isso digo e repito, espero que ainda esse ano ele se torne World Champion!

  14. Litos2 semanas

    Não faço ideia porque é que a WWE tem títulos femininos de tag team se apenas os vai envolver com os títulos singulares.

  15. Foi um bom Smackdown.
    Destaques:
    -Bom segmento inicial.
    -Feud cada vez mais interessante entre o Big E e o Apollo,e gosto de ver o Nakamura a ser colocado à volta deste titulo.
    -Bom regresso do Rollins e da sua antiga musica,pena que continue com a mesma personagem que vinha a trazer até se ausentar.
    -Bom main event.

  16. Anónimo2 semanas

    Mais um bom SmackDown. Boa abertura do show com o Roman e boa promo. Gostava que o Roman defende-se o título dentro da chamber. Bom regresso do Rollins, foi bom ver que voltou com antiga música. E bom main event, é bom ver o Cesaro a ganhar.

  17. Anonimo2 semanas

    tou farto deste gordo nem sei como é wrestler