A WWE transmitiu esta sexta-feira uma edição “Supersized” do SmackDown, excepcionalmente no canal FS1 e com mais 30 minutos, a partir da Toyota Arena em Ontário, Califórnia, e a última antes do Crown Jewel de 21 de Outubro.

Resultados

– Finn Bálor venceu Sami Zayn (Semi-final do King of the Ring)
– Sonya Deville & Shayna Baszler venceram Naomi (Handicap Match)
– Zelina Vega venceu Carmella (Semi-final do Queen’s Crown)
– SmackDown Tag Team Champions The Usos (Jey & Jimmy Uso) venceram Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) (Street Fight)
– Sasha Banks venceu SmackDown Women’s Champion Becky Lynch (Non-Title Match)

Report

O SmackDown começou com imagens da rivalidade entre Edge e Seth Rollins e de tudo o que tem acontecido nas últimas semanas. No ringue tivemos o “Rated R Superstar” a relembrar que tudo começou entre eles há 7 anos e que o facto do “Messiah” ter ido a sua casa, foi algo do seu livro de jogadas e que o subestimou, mas isso é como subestimar-se a ele próprio, pois eles são dois lutadores que quando o outro erra, capitalizam nesse erro.

Edge explicou então que Seth Rollins não é “Edge Lite” e que isto tem de acabar até para o bem das suas famílias e que faz sentido que a história entre eles termine no Hell In A Cell, pois ele vai deixar uma cicatriz na alma de Seth Rollins e que este nunca irá recuperar disso.

– Finn Bálor venceu Sami Zayn (Semi-Final do King of the Ring): Sami Zayn entrou de forma bastante agressiva neste opener, sendo que só quando Finn Bálor usou a sua agilidade conseguiu ter alguma ofensiva. O “Great Liberator” acabou por dominar durante vários minutos, mas o “Príncipe” conseguiu equilibrar a contenda, o que frustrou o seu adversário.

No final e já depois de Sami Zayn ter tentado fazer batota sem sucesso, Finn Bálor virou o combate a seu favor e com o seu Coup De Grace venceu este embate, e está na final do King of the Ring.

A seguir tivemos um video package a promover a chegada de Drew McIntyre ao SmackDown na próxima semana.

De seguida vimos imagens do regresso de Brock Lesnar à WWE e de tudo o que tem acontecido entre a “Besta”, Paul Heyman e o WWE Universal Champion Roman Reigns.

Antes do próximo combate começar, Sonya Deville não apareceu vestida para competir e explicou que ela não lhe disse tudo na semana passada, pois o combate será Naomi vs Sonya Deville e… Shayna Baszler.

– Sonya Deville & Shayna Baszler venceram Naomi (Handicap Match): Neste Handicap Match, as três lutadoras estiveram em ringue ao mesmo tempo e como seria de esperar Sonya Deville & Shayna Baszler foram dominando, mas Naomi foi tentando de tudo. Porém, no final a “Queen of Spades” aplicou o seu Kirifuda Clutch até a ex-campeã ficar KO, e assim a oficial da WWE fez o pin e venceu o embate.

O video package que vimos a seguir foi a promover a chegada dos Hit Row ao SmackDown.

Nos bastidores tivemos Sasha Banks a dizer que irá fazer história no Crown Jewel e reconquistar o seu título, e que neste SmackDown irá vencer Becky Lynch e mostrar que é a “The Boss”.

No ringue tivemos Seth Rollins a rir-se porque Edge acha que tem hipótese de o vencer no Crown Jewel. O “Messiah” estava muito feliz também por Edge ter admitido que ele não é “Edge Lite” e como se sabe ele é melhor que Edge em tudo, que conseguiu manipular o “Rated R Superstar” e que não está intimidado por o enfrentar dentro do Hell In A Cell. Seth Rollins explicou que já esteve dentro da jaula mais tempo que Edge e já está marcado por este combate e que irá vencer o seu rival.

– Zelina Vega venceu Carmella (Semi-Final do Queen’s Crown): As duas amigas decidiram fazer um combate limpo e técnico e foi Zelina Vega que levou a melhor, o que fez Carmella perder a estribeiras e bater na cara da sua amiga ao contrário do que tinha dito que ia fazer. “La Muñeca” atacou então a cara de Carmella, que fugiu para fora do ringue para meter a sua máscara, mas Liv Morgan não deixou e Zelina Vega com um pin rápido garantiu o seu lugar na final do torneio Queen’s Crown.

Em seguida tivemos um video package a promover a chegada de Sheamus ao SmackDown.

De regresso ao ringue tivemos mais uma edição do Happy Talk, e Happy Corbin e Madcap Moss fizeram algumas piadas sobre Kevin Owens, entre outros lutadores, até que foram interrompidos pelo WWE Intercontinental Champion Shinsuke Nakamura & Rick Boogs, que assim terminaram esta edição deste talk show.

– SmackDown Tag Team Champions The Usos (Jey & Jimmy Uso) venceram Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) (Street Fight): Esta Street Fight começou caótica, sendo que foram os Street Profits que começaram melhor e fizeram uso de algumas armas. Os SmackDown Tag Team Champions conseguiram virar o ímpeto a seu favor e dominaram durante vários minutos, e mostraram-se bastante agressivos durante este embate.

Com o passar dos minutos, esta Street Fight começou a ficar bastante equilibrada e as duas equipas foram usando várias armas e quase venceram por várias vezes, e até chegou a parecer que íamos ter novos campeões.

No entanto, no final os The Usos conseguiram sobreviver e com um Double Splash em Angelo Dawkins conseguiram reter os SmackDown Tag Team Championships.

Nos bastidores, a SmackDown Women’s Champion Becky Lynch foi entrevistada explicou que reconquistou o título em tempo recorde e o irá reter no Crown Jewel.

– Sasha Banks venceu SmackDown Women’s Champion Becky Lynch (Non-Title Match): As duas lutadoras vieram para este combate com uma estratégia bem definida e ambas tentaram vencer o mais rapidamente possível, mas obviamente que isso não aconteceu. As duas foram trocando o domínio desta contenda e com o passar dos minutos as quase vitórias foram sendo cada vez mais frequentes.

Tanto a “The Man” como a “The Boss” mostraram conhecerem-se bastante bem e vimos vários contra-ataques de parte a parte, e as contagens foram ficando cada vez mais próximas do 3. Perto do final, as duas acabaram a lutar fora do ringue e Becky Lynch atacou Bianca Belair, algo que haveria de se arrepender alguns minutos depois, pois a “EST da WWE” atacou a Smackdown Women’s Champion nas costas do árbitro e isso abriu espaço para que Sasha Banks vencesse o combate.

A terminar tivemos a assinatura de contrato para o combate pelo WWE Universal Championship que irá acontecer no Crown Jewel. O “Tribal Chief” foi o primeiro a assinar o contrato e a seguir vimos a “Besta” a assinar sem sequer ler o contrato. Roman Reigns começou a gozar por Brock Lesnar nem sequer ter lido o contrato, mas a “Besta” começou a rir-se e explicou que já tinha lido o contrato durante esta manhã… ao lado do seu advogado, Paul Heyman. O SmackDown terminou com Brock Lesnar a rir-se fora do ringue, enquanto Roman Reigns mostrava-se bastante irritado e desconfiado.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

32 Comentários

  1. Victor Silva2 meses

    E esse Package do Roman Vs Lesnar hein? Sei não, tá com cara de traição por parte do Heyman… mas acho que apesar de uma traição o Roman sai do Crown Jewel vencedor e mais Over

    • Victor Silva2 meses

      Ou pode haver um plot twist, a WWE querer que pensemos que o Heyman vai trair o Roman sendo que ele pode trair o Lesnar

    • O lesnar fala pouco mas quando fala cala tudo e todos, grande besta!!! Anseio este combate e todo o ppv tem muita coisa boa, pena ser na arabia saudita com plateia de “espantalhos”

    • Victor Silva1 mês

      Verdade Gangrel_Rules! Esse combate promete ser interessante, principalmente devido a storyline que o envolve

  2. Odiei a derrota da Naomi mas agora é a oportunidade perfeita pra meterem ela como uma hell

    • Vejo mais uma team entre a sonya e a shaynna e serem as novas tag champs, é algo interessante, sao duas especialistas em mma e sao ambas carismaticas e boas a promar para alem de boas em ringue, quem sabe nao veremos umas campeãs de verdade que elevem os titulos…

      Mas honestamente tambem queria a shaynna a solo no toponda divisao como foi no nxt

  3. John mit2 meses

    Que ótimo do edge…. Está no top 3 dos melhores lutadores de 2021.

  4. Paul Heyman Guy2 meses

    Impressionante como o Nakamura é irrelevante e consegue levar o título Intercontinental junto

    • Surf2 meses

      80% dos supostos “talentosos” la dentro sao assim.. salva-se o Seth, KO, sami, Roman e mais alguns e porque? CHARISMA > merda do talento que adoram

    • Surf2 meses

      Nakamura é o exemplo perfeito de que talento nao é nada sem charisma, mas pessoal so olha a isso e dps da hate ao Vince 😂 +30 anos de experiência a frente de um colosso e voces é que sabem o que é melhor pro wrestling é..

    • Facebook Profile photo
    • Kay Orton2 meses

      Se o problema fosse o Nakamura tudo bem, eu honestamente tenho uma dúvida muito honesta de quem foram os top 5 melhores campeões intercontinentais nos últimos 8 anos, chuto The Miz como um deles, o resto nem faço ideia. o booking do mic card é uma vergonha, desde 2017 esse titulo IC é aleatório, basicamente igual o titulo de tag team feminino que não existe história ou rivalidade pra troca de campeãs.

    • Goat WK1 mês

      O intercontinental faria mais sentido se fosse um título que pertencesse ao NXT e que fosse disputado por NXT USA x NXT Europe. Eu riaria um novo título para a wwe substituir o Intercontinental. Não sei que nome poderia ser, mas queria algo mais underground.

    • Surf o problema é os writers e os responsaveis meu caro! Queres alguem mais carismático que maverick? Gulak? R-truth? Onde andam eles? Pois

      Ali nao tem carisma? O proprio sami que merecia muito mais??

      E todos que falei sao carismaticos e bons lutadores, sao pacotes complefos mas a wwe nao quer saber deles…

      E esses nao carismaticos, o nakamura no nxt era brilhante porque??? Sabiam fazer um bom trabalho com ele… isso do carisma é desculpas… o lashley sem o mvp tinha poico carisma no entanto esteve na sua melhor fase na carreira aos 40 anos…

    • Ricardo1 mês

      Deixa ver se entendi, se os writers colocassem o título intercontinental no R-truth (exemplo), a maioria iria criticar pois o R-Truth não é “credível” o suficiente para ter um título, e então os writers fazem a personagem do R-Truth ser credível (exemplo: Personagem heel de 2011) e pessoas reclamaram que o R-Truth não merecia estar no ME DO Capitol Punishment a lutar pelo título da WWE, portanto o problema é os writers sim, mas também é dos fãs que querem ver uns a triunfar a todo o custo e criticam tudo e todos se os writers tiverem uma opinião diferente

    • Kay Orton1 mês

      Nakamura, Rusev, Nakamura e depois o R-Truth no começo de 2019 num SD Live venceu o US Title e foi campeão por 35 dias. Se a WWE se importasse teriam feito ele passar pelo Samoa Joe e se manter por pelo menos 5 meses fazendo ele ser um adversário difícil de vencer por ele ser rápido. vc ia teŕ um campeão cada vez mais credível, baby face, engraçado, ia ter a graça do personagem e esse título teria uma relevância quando samoa Joe foi campeão, mas tudo se manteve aleatório. eles não se importam mais com isso, vencer um título ser campeão por 7 meses e ter 1 defesa em ppv e 3 defesas aleatórias pra perder num show semanal diz muita coisa.

    • Irracional1 mês

      Kay Orton de reinados bons ou marcantes pelo IC recentemente tivemos The Miz (mais de uma vez inclusive), Seth Rollins, eu colocaria Dolph Ziggler (mesmo que por um curto período).

  5. Facebook Profile photo

    e bem finn cala o zayn !!!.

  6. Eu só digo isto, o CJ pode muito bem ser o melhor ppv do ano mas porra, pergunto-me porque raio a wwe se dá tanto ao trabalho de dar um show tao bom com boas feuds a uma plateia cheia de “espantalhos”? Por milhoes de $$$? Um show mau dava o mesmo dinheiro a eles naquele país e enquanto isso durante todo ano nao se preocupam com a qualidade dos shows nem na wrestlemania… porquê wwe? Porquê? Façam ppvs desta magnitude durante todo ano, façam ppvs no UK onde existam plateias de verdade e que dá gosto, isso iria fazer-vos voltar a grandes audiencias

    • Balhote1 mês

      Claro que é por dinheiro. Secalhar ganham mais dinheiro neste show na Arábia do que nos outros todos somados durante o ano. Em termos de negócio é uma excelente parceria com os árabes.

    • Tens razao, mas o que eu pergunto é porque so haver esforço neste evento por parte da wwe?? É que mesmo com shows fracos lá eles metem os milhoes na mesma e nonresto do ano apresentam maus shows quando poderiam manter esra qualidade e iriam aumentar audiencias, mais faturavam nas bilheteiras e tudo… será que estou a falar mal e sem sentido? Pelo menos é o que eu sinto e me parece, mas posso estar totalmente errado

    • Balhote1 mês

      Nesse aspeto concordo contigo. Acho que é notório que a WWE se esforçou em promover este evento como deve ser. Edge vs Rollins, Roman vs Lesnar e Sasha vs Becky vs Bianca, foram bem bookados na minha opinião com boas histórias. Acho que estes 3 combates são os maiores deste PPV e a WWE esforçou se para dar a estes combates esse significado. Acho que isso é um problema que a WWE tem há muito tempo, só se esforçam a quando querem ou quando precisam. Acho que o produto podia e devia ser muito melhor.

    • Goldberg vs lashley tambem tem uma historia pessoal minimamente bem construida e uma boa estipulação (no holds barred)

      Esforçam-se para um evento num país que ninguem lhes liga tirando o rei milionario… eles á muito que deveriam de se esforçar e já deixaram passar os maiores eventos do ano teoricamente falando, enfim é a realidade já de á anos

    • Verdade, este evento teve uma construção muito melhor que a Wrestlemania, eu pelo menos tenho grande vontade de ver. Isto é a prova que a WWE ainda sabe promover grandes eventos, mas se não for o ditador a lhe encher os bolsos eles simplesmente não se esforçam, como acontece ao longo do ano

  7. nzo1 mês

    Fin balor está nas finais isso quer dizer que logo ele será o novo King of the ring

  8. Gostei:
    – Promo de Edge. Uma promo fantástica por parte de Edge para começar o show, que continua a contar bem a storyline da feud entre ele e Rollins a caminho do blow-off.
    – Finn Bálor vs Sami Zayn. O Finn fez uma promo decente antes do combate. O combate em si é bom, nada a queixar. O resultado era previsível dado que Zayn não quer lutar na Arábia.
    – Promo de Sasha Banks. É uma boa promo para dar hype ao combate de hoje com Becky.
    – Promo de Seth Rollins. Estou farto de escrever isto, mas isto é, indiscutivelmente, a feud do ano. O trabalho que Edge e Rollins meteram nisto é incrível. Uma ótima promo de Rollins.
    – The Usos vs Street Profits pelos títulos. Um combate muito bom, com os Profits a revelarem um lado mais agressivo que foi algo que gostei imenso. Os Usos acabaram por reter neste excelente combate.
    – Promo de Becky Lynch. Foi curto, mas fez um bom trabalho.
    – Becky Lynch vs Sasha Banks, com Bianca Belair nos comentários. Um main event fantástico, mas não é de surpreender com as 2 mulheres em ring. As 2 deram tudo e foi mesmo um ótimo combate, com Banks a derrotar a campeã graças a Bianca. Vejam este combate!
    – O show termina com Roman Reigns e Brock Lesnar a assinar o contrato. Não tivemos a típica brawl, mas continuamos a progredir na história sobre se Paul Heyman é leal a Reigns ou a Lesnar. Um ótimo segmento aqui.

    Não Gostei:
    – Naomi vs Sonya Deville, que não chega a acontecer e torna-se numa handicap match, com Shayna Baszler a juntar-se a Deville. Fiquei um bocado desiludido pois queria ver Naomi vs Deville, mas esta decisão até não chega a ser horrível. No entanto, espero que o combate entre ambas esteja para breve.
    – Carmella e Zelina Vega fazem uma promo cada uma antes do seu combate. Nada de mais a dizer.
    – Carmella vs Zelina Vega. Isto é o melhor combate do torneio até agora… o que é dizer muito da qualidade do torneio. Zelina vence quando Liv Morgan distrai Carmella, portanto essa feud vai continuar… yey.
    – Happy Talk com Happy Corbin. Moss diz um montão de piadas horríveis até os Profits, Nakamura e Boogs interromperem. Que segmento cheio de nada.

    Overall: 7/10. Cumpriu este go-home show ”especial”. Banks vs Lynch, Bálor vs Zayn foram os destaques. No entanto, a continuação do mau torneio que tem sido o Queen’s Crown e o Happy Talk são os grandes negativos.

  9. Bom show, a meu ver. Destaco: as ótimas promos por parte de Edge e Seth Rollins; o bom combate entre Finn Bálor e Sami Zayn; o muito bom combate entre Sasha Banks e Becky Lynch (pelo menos até à “dirty finish”) e o segmento final de assinatura de contrato a envolver Brock Lesnar, Paul Heyman e Roman Reigns.

  10. Excelente Smackdown, gostei de todos os segmentos e espero que o Finn Balor seja o novo KOTR!
    Em relação á storyline entre Brock and Roman Reigns, como alguns disseram aqui, acredito na possibilidade de um plot twist e do Heyman tramar o Brock Lesnar fazendo o Roman Reigns imparável e mais over ainda!

  11. Anónimo1 mês

    Bom SmackDown. Bom início de show com o Edge. Bom combate entre Finn Bálor e Sami Zayne. Boa promo do Rollins. Bom main envent entre a Becky e Sasha. E boa assinatura de contrato com o Roman e Lesnar.

  12. Leleco1 mês

    Ainda tem gente que reclama Sasha fourHouseWomens na ele. Elas são as melhores e ponto, p destaque é merecido. Sasha e Becky entregaram tudo nesse combate. Lendas!! Queria Sasha campeã no Craw, mas acho que becky retém e troca de título com a Charlotte.

    • A malta reclama porque só elas tem destaque, sim merecem principalmente a charlote que é a melhor wrestler de sempre, mas tens mais malta de grande talento desaproveitado, olha a toni storm, caso nao vejas nxt uk aconselho te a ires ver os combates dela lá, a rypley merece muito mais do que estar com um titulo descredibilizado e com uma parceira com uma gimmick ridicula, a shaynna é brutal, zelina tambem é completa em tudo e é mera jober… liv morgan é jovem e tem evoluido… é natural tanta reclamação e a asuka que ja nem a vemos á meio ano ou mais