Frank casino

A WWE realizou esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, numa altura em que já só falta pouco mais de uma semana para o primeiro grande evento do ano, o Royal Rumble, que se realiza no dia 26 de Janeiro.

Ver combates marcados para o WWE Royal Rumble

Resultados

– John Morrison venceu Big E
– The Usos venceram The Revival
– Lacey Evans venceu Smackdown Women’s Champion Bayley (Non-Title Match)
– Alexa Bliss venceu Sonya Deville
– Roman Reigns venceu Robert Roode (Tables Match)

Report

A edição desta semana começa com Kane no ringue, que falou de como o Royal Rumble é o seu evento favorito do ano e que é um evento onde a história pode mudar para qualquer Superstar, e que ele como o lutador com mais eliminações, sempre que eliminava alguém, via a esperança a desvanecer dos seus olhos.

No entanto, tivemos uma interrupção por parte de Bray Wyatt, com mais uma edição do Firefly Fun House. Este acusou Kane de ser um bully e também o avisou que poderia não ser boa ideia vencer o Royal Rumble deste ano, especialmente se escolher defrontar o WWE Universal Champion.

De volta ao ringue, as luzes da arena ficaram vermelhas, sinalizando a presença do “The Fiend”.

No entanto, o que o “The Fiend” não esperava era que Daniel Bryan viesse a correr ao ringue e o atacasse, salvando assim o seu amigo Kane. O segmento terminou com o “monstro” a fugir para debaixo do ringue, e Daniel Bryan a conseguir arrancar-lhe um pequeno pedaço de “cabelo”.

Já no backstage, Daniel Bryan em entrevista a Kayla Braxton, desafiou o WWE Universal Champion para um Strap Match no Royal Rumble.

John Morrison venceu Big E. No primeiro combate da noite tivemos o combate de regresso de John Morrison. Este dominou grande parte do combate, utilizando a sua agilidade para levar a melhor contra Big E. Porém, o homem forte dos New Day conseguiu equilibrar e esteve mesmo perto de o vencer, mas The Miz, que acompanhou John Morrison, ajudou o seu parceiro, tal com este o tinha ajudado na semana passada. Então John Morrison venceu Big E com o seu Starship Pain, para garantir a vitória no seu combate de regresso.

No backstage tivemos The Usos a dar quase uma palestra motivacional a Roman Reigns para o seu Tables Match contra Robert Roode, que aconteceria mais tarde neste SmackDown. The Usos aproveitaram também para desafiar os Revival para um combate.

The Usos venceram The Revival. O segundo combate da noite até começou com o domínio dos Revival, que por alguns segundos esqueceram-se do seu lema e até tiveram alguma ofensiva, mais do estilo high-flyer.

Porém, nos minutos finais do combate, os Usos ganhariam o controlo do mesmo e no final, com um Splash da terceira corda cheio de estilo, Jimmy Uso arrecadou a vitória para a sua equipa.

Já no backstage, os Revival fizeram uma pequena promo frustrados com a sua derrota, dizendo algo vai ter de mudar no futuro. Porém, a entrevista não acabou, pois perto do local vimos que havia uma brawl a acontecer entre Lacey Evans e Bayley, enquanto Sasha Banks estava sentada no chão agarrada ao seu tornozelo. As duas lutadoras tiveram de ser separadas por vários árbitros.

Noutra zona do backstage tivemos Sonya Deville a pedir a Mandy Rose para que esta peça a Otis para este estar perto do ringue para o seu combate. Mandy Rose estranhou o interesse de Sonya Deville em Otis, mas disse que iria falar com ele.

Na sala da equipa médica, o produtor de backstage anunciou que se Sasha Banks não pode lutar, então Bayley vai lutar no seu lugar contra Lacey Evans.

Lacey Evans venceu SmackDown Women’s Champion Bayley num Non-Title Match. Apesar de só saber que iria lutar alguns minutos antes, Bayley teve o domínio do combate durante grande parte do tempo, não deixando a sua adversária ganhar ímpeto. Mesmo quando Lacey Evans tentava dominar, Bayley impunha-se e contra-atacava.

Porém, a frustração de Bayley foi aumentando com o passar do tempo, pois por mais pins que fizesse, Lacey Evans continuava em combate. Foi assim até que Bayley falhou um Crossbody da terceira corda, o que deu abertura a Lacey Evans de acertar o seu Woman’s Right e vencer assim a campeã.

Outra vez no backstage tivemos a nova entrevistadora da WWE, Alyse Ashton, em entrevista a Shorty G, que explicou que Sheamus ao atacá-lo estava somente a expor as suas inseguranças. O próprio Sheamus interrompeu a entrevista para insultar Shorty G, mas fez um erro, ficou demasiado perto de alguém que tem como background a luta greco-romana. Shorty G não teve problemas em atirar Sheamus para o chão e atacá-lo com vários strikes, antes de ser parado por vários árbitros.

Ainda no backstage, Braun Strowman foi entrevistado e anunciou que vai lutar no Royal Rumble, mas que continua atento ao Intercontinental Championship de Shinsuke Nakamura.

Agora no ringue, Elias estava a fazer um concerto, mas foi interrompido pelo trio de Sami Zayn, Cesaro e o WWE Intercontinental Champion Shinsuke Nakamura. Sami Zayn não perdeu tempo e começou a insultar Braun Strowman, a cidade onde aconteceu o SmackDown e também Elias. Este por sua vez esperou e no final começou a cantar uma canção que insultava o lutador japonês, mas isso acabou por ser uma má ideia. O trio de lutadores acabou por o atacar, um ataque que só foi interrompido por Braun Strowman, que veio ao ringue em auxílio de Elias.

Alexa Bliss venceu Sonya Deville. Sonya Deville que teve o seu desejo ao ter Otis perto do ringue, até começou a dominar o combate. Só que quando Nikki Cross atirou Mandy Rose diretamente para os braços de Otis, a ex-lutadora de MMA distraiu-se, o que possibilitou a vitória a Alexa Bliss.

No final do combate, Sonya Deville mostrava-se visivelmente frustrada com a derrota. Enquanto isso acontecia, Otis estava em êxtase fora do ringue, por ter tido Mandy Rose nos seus braços. Quem não ficaria…

De regresso ao backstage, tivemos um segmento com Robert Roode no seu balneário, até que King Corbin e Dolph Ziggler interromperam o seu aquecimento e os três congratularam-se pelo ataque a Roman Reigns na semana passada, falando do combate que aconteceria em seguida.

Roman Reigns venceu Robert Roode num Tables Match. Robert Roode aproveitou a entrada de Roman Reigns e atacou o “Big Dog” pelas costas, o que nos levaria a vários minutos de domínio do “Glorious”. Apesar de toda a luta que Roman Reigns foi dando, Robert Roode mostrou-se bastante bem preparado para o seu adversário. Já com alguns minutos de combate decorridos, Roman Reigns tentou atingir Robert Roode com um Spear, mas acabou por destruir sozinho a barreira.

Como seria expectável, este combate não se resolveu apenas entre os seus dois intervenientes. King Corbin e Dolph Ziggler tentaram ajudar Robert Roode a vencer, para poderem escolher a estipulação do combate do Royal Rumble.

Os dois prenderam o “Big Dog” na mesa de comentadores, para o “Glorious” saltar da 3ª corda com um gole aéreo, mas Roman Reigns foi salvo a tempo pelo auxílio dos The Usos, que vieram ao ringue equilibrar as contas. A dupla chegou mesmo a despachar Dolph Ziggler na mesa de comentadores.

Os momentos finais viram então Roman Reigns a fazer um Spear em Robert Roode, que o fez atravessar uma mesa e assim ganhar o combate. o “Big Dog” teve então o direito de escolher a estipulação para o combate contra King Corbin no Royal Rumble e não perdeu tempo. Roman Reigns anunciou que no Royal Rumble os dois iriam lutar num Falls Count Anywhere Match.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

18 Comentários

  1. Bom SmackDown!
    -Num mundo dos sonhos o Kane podia ganhar o Rumble e o Undertaker entrar na storyline e fazer um combate a três entre The Fiend, Kane e Undertaker pelo título na W36.Vamos ver em que dá esta estipulação do combate do Daniel contra o Bray.
    -Bom retorno aos ringues do Morrison, o cabelo loiro do Kofi ficou lindo ahah,
    -A volta dos Usos fez bem para a divisão de duplas, boa vitória!
    -Boa vitória da Lacey, mas preferia que fosse Lacey x Sasha, acho que a Lacey não ganha no RR, já que a Bayley deve ter uma rivalidade com a Sasha pelo título até a WrestleMania. (Pode é a Bayley perder para a Lacey no RR e a Sasha depois ganhar o titulo no Fastlane ou Elimination Chamber e depois entrarem em rivalidade com a Bayley a trair a Sasha)
    -Gable e Sheamus não deve ser nada de mais
    -Elias anda meio perdidão nos shows, o Braun deve ganhar o titulo intercontinental em breve, este seguemento só veio reforçar isso
    -Otis e Mandy Rose amor incondicional ahah. Falando a sério a divisão de duplas femininas tem de sofrer uma reformulação ou permitem que as lutadoras de duplas apareçam em ambos os shows (Raw, SmackDown e NXT, sim porque o titulo é de todas as brands) ou criam títulos de equipas femininas para todos os shows. Nada a dizer do combate que foi só para cumprir o tempo
    -Roman e Robert foi um bom combate porém o Glorious podia ter feito a sua entrada gloriosa, estes combates do Roman e do Corbin têm sido muito repetitivos com muitas interferências. O combate no RR ser Last Man Standing só vem reforçar a ideia que vai ser cheio de interferências.
    Para terminar o Alli anda meio sumido alguém sabe se ele está lesionado?

    • Anónimo8 meses

      Respondendo a tua pergunta sobre o Ali, pelo que sei não está lesionado. Ele menciona que aparece nos combates antes do Smackdown começar.

  2. kiko8 meses

    the miz e morrison vao ser campeoes de equipa dentro de pouco tempo ja ta chato new day

  3. L26MC8 meses

    SmackDown mais ou menos. Valeu ali a vitória da Lacey e o regresso do Morrison aos ringues, de resto, os combates foram todos previsíveis e os segmentos foram mais para cultivar as rivalidades para o Royal Rumble. Adorava que houvesse mais investimento nos shows semanais por parte do Raw e do SmackDown, porque WWE não é só os PPV’s.

  4. Showstealer8 meses

    Um SmackDown razoável, com destaque para o segmento inicial onde a WWE poderá ter começado a preparar The Fiend vs Kane para o evento na Arábia Saudita (já vi um gráfico a promover esse combate por aí)…
    Também curti bastante de voltar a ver John Morrison em competição, continua com fluidez nos seus movimentos e o moveset espectacular deixou saudades. Parece que ele e The Miz estão lançados para, mais tarde ou mais cedo, conquistarem os títulos de tag team.
    Por falar em títulos, Lacey Evans também tem uma boa hipótese no Royal Rumble PPV contra Bayley. O combate entre as duas foi muito agradável para o meu gosto, talvez o melhor da noite a par de Roman Reigns vs Robert Roode.
    Quanto ao resto, tudo relativamente normal em termos de continuação de histórias. Só não concordo em termos no card de um grande evento como o Royal Rumble um combate como Sheamus vs Shorty G em vez de, por exemplo, Braun Strowman vs Shinsuke Nakamura pelo título Intercontinental.

  5. Rooben8 meses

    Que estipulaçao e essa do strap match ?
    Tantos anos fã de pro-wrestling e penso que nunca a vi

    • Showstealer8 meses

      Basicamente acho que ambos estão presos com uma mão a uma corda e depois ganha o primeiro que conseguir o pin ou submissão tal como num combate normal.

    • Luta Strap
      Uma luta individual sem desqualificação. Os dois lutadores são amarrados por uma corrente ou cinto, o que os força a lutar ao invés de fugir. Em uma outra versão, a luta pode apenas ser vencida se um lutador encostar em sequência nos quatro córneres do ringue.
      Rooben a luta strap é basicamente o que o Showstealer disse
      Eles devem fazer a luta normal.
      *Tirei isto da Wikipédia.

    • Rooben8 meses

      Ah ok é uma variaçao do Texas Bull rope match .
      Obrigado pelo esclarecimento ☺

  6. El Cuebro8 meses

    Nada contra, mas vão usar o Otis para separar Mandy e Sonya?

    • Showstealer8 meses

      É uma possibilidade bem real pelo que se viu no pós-combate, El Cuebro.

    • Anónimo8 meses

      Podem fazer isso, mas acho que o melhor para elas, é manterem-se juntas, espero que a WWE não as separe.

    • El Cuebro8 meses

      Também quero muito que elas fiquem juntas, se separarem elas seria bom que voltassem ao NXT talvez!

  7. Marcos8 meses

    Só eu acho que a aquela juíz do SmackDown parece com a ronda? Kkk

  8. Anónimo8 meses

    No geral foi um bom show. É bom ver os Uso de volta, deu outro ar a divisão tag team.

  9. O Show começou bem e foi piorando até ao fim, isto na minha opinião.
    Gostei bastante do regresso aos ringues do Morrison é um excelente reforço à secção de duplas.

  10. Rayan Alonso Chagas Dias8 meses

    Confesso que gostei do SmackDown o Main Event foi como deveria ser. (Roman vai vencer o RR )