A WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a partir do ThunderDome no Tropicana Field em São Petersburgo, Flórida, rumo ao Elimination Chamber deste domingo.

Resultados

– Shinsuke Nakamura venceu Apollo Crews
– Tamina & Natalya venceram Riott Squad (Liv Morgan & Ruby Riott)
– SmackDown Women’s Champion Sasha Banks, Bianca Belair & Reginald venceram Bayley & WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler
– Rey Mysterio & Dominik Mysterio venceram Otis & Chad Gable (por desqualificação)
– Daniel Bryan, Kevin Owens & Cesaro venceram Sami Zayn, Jey Uso & King Corbin

Report

O SmackDown abriu com Edge, que falou dos dois combates Elimination Chamber e de como Drew McIntyre tem muito mais hipótese de perder o seu título em comparação a Roman Reigns.

Não foi preciso esperar muito para que o WWE Universal Champion Roman Reigns se dirigisse ao ringue e este fez logo questão de dizer que o “Rated R Superstar” só tem uma escolha. Já este disse que Roman Reigns é inseguro, porque sabe que sem ele o “Head of The Table” não é o main event.

Quando parecia que as coisas iam continuar a escalar, tivemos Sami Zayn a dizer que mais uma vez continua a ser desrespeitado e que ele é que ia ao main event da WrestleMania. Enquanto Sami Zayn continuava a falar, Jey Uso deu-lhe um Superkick.

O segmento terminou com Roman Reigns a dizer algo, que não conseguimos ouvir, ao ouvido de Edge.

Ainda antes do primeiro combate da noite, tivemos Apollo Crews a ser entrevistado e a dizer que Big E nunca o respeitou e que o WWE Intercontinental Champion tem é medo, e que quando vencer Shinsuke Nakamura vai atrás do título.

– Shinsuke Nakamura venceu Apollo Crews: Shinsuke Nakamura entrou melhor, mas Apollo Crews levou este opener para fora do ringue e virou o ímpeto a seu favor, em especial quando atirou o “King of Strong Style” contra Big E, que estava sentado no seu sofá.

Depois de alguns momentos de domínio, Shinsuke Nakamura começou a equilibrar o combate e quando tudo dava a entender que Apollo Crews ia voltar ao controlo do mesmo, o japonês com um pin rápido arrecadou a vitória.

Apollo Crews mostrou mau perder e atacou Shinsuke Nakamura pelas costas, ataque que só parou quando Big E o mandou parar. Pelo menos assim parecia, pois o lutador pegou nas escadas e atacou o WWE Intercontinental Champion. Já dentro do ringue, parecia que o ataque ia parar, mesmo com Big E fora do ringue, mas Apollo Crews atirou as escadas contra o campeão que teve de ser assistido pelos médicos da WWE.

Seth Rollins apareceu enquanto Big E estava a ser levado de maca e disse que o que aconteceu ao WWE Intercontinental Champion foi uma tragédia, tal como o que lhe aconteceu na semana passada, onde foi traído por todos os lutadores, também foi uma tragédia.

Já depois de revermos essas imagens, Seth Rollins afirmou que ele e os seus advogados já estão em contacto com a WWE, porque o seu momento de regresso foi estragado pelos perdedores que são os lutadores do SmackDown. Depois disso que o maior perdedor da brand azul é Cesaro, pelo que o que lhe aconteceu não foi culpa sua, mas sim culpa do lutador suíço, e quem lhe fizer frente vai sofrer o mesmo destino.

Nos bastidores tivemos Edge a falar com Kevin Owens e lembrou o ataque do “Prizefighter” quando este esteve cara a cara com Roman Reigns há umas semanas. Kevin Owens diz que se há alguém que o percebe é Edge, pois este esteve obcecado em regressar aos ringues, enquanto ele neste momento só quer conquistar o WWE Universal Championship. Edge desejou-lhe sorte e disse que seria um prazer enfrentá-lo na WrestleMania.

– Tamina & Natalya venceram Riott Squad (Liv Morgan & Ruby Riott): Tamina usou a sua força para dominar os primeiros minutos, mas quando Natalya entrou em ringue, as Riott Squad viraram o ímpeto a seu favor. Porém, a meio do combate tivemos Billie Kay a vir equipada a rigor com as roupas de Natalya e Tamina, isso causou a distração que abriu espaço para que as veteranas vencessem a Riott Squad.

Depois do combate, Billie Kay tentou festejar com Natalya e Tamina, mas acabou por levar um Superkick desta última.

Nos bastidores, King Corbin foi falar com Edge e depois de se vangloriar do custo das suas roupas e relógio, o “Rated R Superstar” disse-lhe que ele devia comprar um telefone barato, porque diz as horas, tira fotos e faz chamadas. Este gozo de Edge irritou o “Rei”.

Em seguida tivemos mais uma edição do “Ding Dong Hello!”, que teve como convidadas as WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler. As duas começaram logo a insultar a SmackDown Women’s Champion Sasha Banks e Bianca Belair. Por alguma razão, Reginald veio ao ringue e começou a defender a “The Boss” e disse que se as duas lutadoras fizessem equipa, Nia Jax & Shayna Baszler poderiam perder os títulos.

Sasha Banks veio então ao ringue e auto-proclamou-se como “The Boss”, mas acabou por ser interrompida por Bianca Belair, que veio dizer que a divisão anda à volta dela e que quem não é amiga dela, perde contra ela.

Foi então que Reginald lembrou-se de dizer que elas as duas e ele deveriam fazer equipa contra as WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler e Bayley. O segmento terminou com todos aos gritos.

– SmackDown Women’s Champion Sasha Banks, Bianca Belair & Reginald venceram Bayley & WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler: Sasha Banks e Bianca Belair entraram dominantes, mas depois de uma distração causada inadvertidamente por Reginald, o trio de Bayley e das WWE Women’s Tag Team Champions conseguiu isolar a “The Boss” durante vários minutos.

Quando Sasha Banks fez o tag a Reginald, este tentou convencer Nia Jax que não valia a pena lutarem, mas a “Irresistible Force” usou a sua força para dominar o sommelier de Carmela.

Ainda assim, Sasha Banks e Bianca Belair atacaram Shayna Baszler fora do ringue, o que distraiu Nia Jax. Isto fez com que Reginald tentasse um crossbody e só o conseguiu fazer quando as suas companheiras de equipa deram um duplo Dropkick em Nia Jax, que acabou por sofrer o pin de Reginald.

Nos bastidores tivemos uma entrevista a Cesaro, que falou de Seth Rollins e de como todos conhecem o seu potencial e as suas conquistas, mas que quando ele começou a conversa de sempre, todos se foram embora. Cesaro falou em seguida como tenciona conquistar o WWE Universal Championship no Elimination Chamber e acabou por ser interrompido por Edge, que elogiou o “Swiss Superman” e este afirmou que espera que os dois se encontrem no main event da WrestleMania.

– Rey Mysterio & Dominik Mysterio venceram Otis & Chad Gable (por desqualificação): Chad Gable dominou Dominik a nível técnico, mas o jovem lutador conseguiu usar a sua agilidade para ganhar algum ímpeto, o problema foi quando Otis entrou em ringue e este usou toda a sua força e virou o combate do avesso.

Chad Gable decidiu não sair do ringue e a árbitra teve de desqualificar a Alpha Academy. O ataque continuou de forma surpreendente e só terminou quando Otis acertou um Splash da segunda corda em Rey Mysterio.

No backstage, Edge veio falar com Daniel Bryan e agradeceu-lhe, pois quando o “American Dragon” conseguiu recuperar a sua carreira, deu-lhe esperança para ele conseguir fazer o mesmo. Daniel Bryan disse então que havia uma forma de ele lhe retribuir isso, se Daniel Bryan conquistar o WWE Universal Championship, o “Rated R Superstar” escolhe-o para enfrentar na WrestleMania. Os dois terminaram o segmento dizendo que é isto a que se chama um dream match.

Ainda nos bastidores, Daniel Bryan e Cesaro começaram a espicaçar Kevin Owens por este estar a trair os seus parceiros de equipa, sendo que Daniel Bryan até referiu Chris Jericho sem falar o nome do lutador da AEW. Kevin Owens riu-se e disse que percebe os dois, mas que hoje eles não têm de se preocupar com nenhum Stunner, já no Elimination Chamber será diferente.

Continuando no backstage, Reginald serviu um mau vinho a Carmella, que acabou por perder a cabeça e irritar-se com o seu associado, até por este agora andar ao lado de Sasha Banks.

– Daniel Bryan, Kevin Owens & Cesaro venceram Sami Zayn, Jey Uso & King Corbin: Cesaro e Daniel Bryan fizeram questão de dominar sozinhos os primeiros momentos deste main event, em especial por causa da força incrível do “Swiss Superman”, mas o trio de Jey Uso, King Corbin e Sami Zayn conseguiu isolar Cesaro por alguns minutos. Quando Cesaro conseguiu finalmente ganhar algum espaço e fazer o tag em Daniel Bryan, este virou o combate do avesso.

O caos começou a aumentar quando os seis lutadores decidiram que estava na hora de começar a lutar e a entrar em ringue. No final, Daniel Bryan acertou um Double Arm Suplex da terceira corda em Sami Zayn e conseguiu depois transformar este belo golpe no Yes Lock, obrigando-o a desistir.

Assim que o combate terminou, todos os lutadores começaram a acertar os seus finishers e tivemos o momento surpreendente de Edge acertar um Spear em Jey Uso. Porém, mais surpreendente foi quando Roman Reigns vindo do nada também acertou o seu Spear em Edge, no que viria a fechar o SmackDown.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

20 Comentários

  1. Bom SD a todos 🔥

    • Na minha opinião o SD superou todas as espectativas, um verdadeiro show pré Elimination Chamber!! Inclusive deu uma surra no RAW.

      Shinsuke Nakamura venceu Apollo Crews
      Boa match! Estou gostando tanto da postura do Naka, quanto do Apollo (que enfim completou sua heel turn), falando no segundo e a aliança com o Roman? Gostaria que tivesse continuado.

      – Tamina & Natalya venceram Riott Squad Nada a declarar 💤💤

      – SmackDown Women’s Champion Sasha Banks, Bianca Belair & Reginald venceram Bayley & WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler
      Será que o Reginald vai passar mesmo pro lado da Sasha? Ele é meio chatinho, mas acho que seria uma aliança interessante.

      – Rey Mysterio & Dominik Mysterio venceram Otis & Chad Gable (por desqualificação)
      Heel turn do Otis? HAHAHAHAHA não sei consigo levá-lo a sério com aquela de “OHHH YEAAAAH”, mas vamos ver.

      E que Main Event maravilhoso com k Daniel Bryan, Kevin Owens & Cesaro vencendo Sami Zayn, Jey Uso & King Corbin!!! Todos os intervenientes tendo o seu devido destaque.
      No fim foi ainda melhor, aquela brawl foi intensa foi muito bem feita.

      Nota positiva também para o Edge, cada vez mais acho que a escolha do mesmo ter vencido o RR match foi acertada, esse “suspense” em torno da sua escolha, ele indo em cada possível vencedor, cada brand, cria um hype muito maior e apesar de quase já sabermos a escolha (Roman Reigns), a história fica bem contada.

  2. Facebook Profile photo
    Gonçalo Flores7 dias

    Espero que a Nia não lesione ninguém

  3. Victor WWE7 dias

    Incrível este final do SmackDown e tudo leva que poderemos ter Edge vs Roman na WM 37, espero que o Edge revida no ppv ou no próximo show do SD.

  4. Tribal chief7 dias

    Final de show muito bom edge vs roman ja é realidade

  5. Joelson Souza Ribeiro7 dias

    Ja Tou imaginando Edge vs Roman Regins puts, mano! Vai ser uma baita lutar vai ser evento.principal do wrestlemania top top!

  6. Ricardo7 dias

    Aquela referência subtil ao Jericho foi top xD

  7. Pedro7 dias

    billie kay é meu amor queria namorar com ela

  8. Balhote6 dias

    Foi mais um bom smackdown que me deixou com vontade assistur ao elimination chamber ppv. Acho que a 1 hora foi melhor. Gostei bastante do segmento inicial e toda aquela história do Roman precisar do Edge para ser o main event da mania. Gostei também da confirmação da heel turn do Apolo, acho que foi bem feito com aquele ataque com as escadas. Estou curioso para ver o que se segue e acho que estamos a assistir a uma boa storyline á volta do IC title. A promo do Rollins foi boa e deixou claro que o seu próximo alvo é o Cesaro. Depois tivemos alguns combates de tag team que não me disseram muito acho que foi um bocado filler. A única coisa que salta à vista é uma possível heel turn dos Alpha Academy. Por último, gostei do main event, foi o esperado, a vitória dos faces e aquela confusão toda no final com finishers para toda a gente. Acho que foi um bom final para um bom show.

  9. The Phenomenal One6 dias

    Gostei desse go-home show para o Elimination Chamber, meus destaques são:
    • Grandes promos iniciais de Edge, Roman Reigns e Sami Zayn, está cada vez mais certo que teremos o Universal Champion contra o “Rated R Superstar” na WrestleMania 37.
    • Confirmação da heel-turn de Apollo Crews, quem sabe teremos um Triple Threat Match entre o Intercontinental Champion Big E, Apollo Crews e Shinsuke Nakamura no Fastlane.
    • Possível heel-turn de Otis e Chad Gable.
    • Bom Six-Man Tag Team Match e boa brawl após o combate, o que nos deixou muito ansiosos pelo Elimination Chamber deste domingo.

  10. O q acham q o Roman sussurrou ao Edge??

  11. Foi um Smackdown q.b. para preparar os detalhes finais para o PPV.
    Destaques:
    -O heel turn do Apollo,que finalmente se consumou.
    Estava a ser bem desenvolvido ao longo das semanas e foi bem concretizado,tenho expetativas para ver como o vao utilizar daqui para a frente.
    -Toda a situaçao a volta do main event,desde o Edge a falar com cada um dos participantes da Chamber ao combate que fechou o show foi algo bem trabalhado.

    Uma nota negativa para esta gimmick do Rollins,parece algo estagnado e que nao o vai ajudar muito daqui para a frente.

  12. Foi um bom Smackdown que deu boas espetativas para o Elimination Chamber no Domingo!

  13. Eduardo6 dias

    Foi um excelente SD💯

  14. Eduardo6 dias

    Agr tou ainda com mais vontade de Ver O Elimination Chamber de Amanhã. ROMAN REIGNS vs EDGE VAI mesmo Acontecer na WrestleMania pelo K parece vai ser Spear vs Spear! Vai Ser uma Luta incrível tou ansioso para vê La

  15. Eduardo6 dias

    Parece me K O Otis vai virar Hell ahah

  16. Anónimo6 dias

    Foi um bom SmackDown. Destaco a abertura do show, e o main event, foram bons.

  17. Bom Smackdown.
    Destaco:
    – muito bom main event, a cumprir o papel de criar hype para o ppv
    – heel turn do Apollo, gostava que se juntasse ao grupo do Roman agora

  18. Episódio decente por parte do SmackDown, onde se destacaram mais os angles do que os combates propriamente ditos. Gostei do opener, do segmento em que Apollo Crews “enlouquece” e do final do show.