A WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a partir do Bell Centre em Montreal, Canadá, rumo ao Clash at the Castle do dia 3 de Setembro.

Resultados

– Toxic Attraction (Gigi Dolin & Jacy Jayne) venceram Natalya & Sonya Deville (Quartos-de-Final do WWE Women’s Tag Team Championship Tournament)
– Sheamus venceu Ricochet, Happy Corbin, Sami Zayn e Madcap Moss (WWE Intercontinental Championship Fatal 5-Way Nº1 Contender’s Match)
– SmackDown Women’s Champion Liv Morgan venceu Shotzi (Non-Title Match)

Report

O SmackDown abre com Ronda Rousey a aparecer em ringue vindo do público e a ex-campeã pediu a Adam Pearce para vir ao ringue, algo que o oficial fez, apesar de vir acompanhado por vários seguranças. Adam Pearce explicou que não pode levantar a suspensão e pediu a Ronda Rousey para sair do ringue de forma pacífica, tendo a “Baddest Women on the Planet” dito que foi isso que fez na semana passada, mas não o fará esta semana, tendo então atacado os seguranças da arena.

O segmento terminou com Ronda Rousey a ser presa por vários polícias e a ser levada para o parque de estacionamento, isto enquanto o Undisputed WWE Universal Champion Roman Reigns chegava à arena.

– Toxic Attraction (Gigi Dolin & Jacy Jayne) venceram Natalya & Sonya Deville (Quartos-de-Final do WWE Women’s Tag Team Championship Tournament): As Toxic Attraction entraram de forma dominante e desde cedo isolaram Sonya Deville e assim controlaram durante vários minutos. Quando Sonya Deville conseguiu fazer o tag a Natalya, esta virou o ímpeto a favor da sua equipa e até quase venceu este opener sozinha.

Nos minutos finais, as duas equipas tiveram a sua hipótese para vencer, e quando parecia que Natalya ia vencer com um Sharpshooter em Gigi Dolin, Jacy Jayne conseguiu o blind tag e com um pin rápido conquistou a vitória.

A seguir vimos, Sami Zayn à porta do balneário de Roman Reigns, tendo este mandado-o entrar. O “Great Liberator” explicou então como tem representado a Bloodline e que na semana passada até salvou Jey Uso de levar um Claymore Kick e mesmo assim ninguém lhe agradeceu. O “Tribal Chief” concordou que o seu primo deveria ter agradecido e a conversa depois virou para o que irá ainda acontecer neste episódio, com Sami Zayn a dizer que ele pode ganhar o combate pelo lugar de candidato principal ao Intercontinental Championship, tendo também dito que pode dar o apoio que Roman Reigns precisar.

O segmento terminou com Roman Reigns a perguntar se Sami Zayn ainda é amigo de Kevin Owens e para lhe transmitir a mensagem que ele não deve nada ao “Prizefighter”.

A seguir vimos um video package sobre o Intercontinental Champion Gunther.

De regresso ao ringue tivemos a Maximum Male Models, mas estes foram interrompidos pelos Hit Row e estes atacaram o grupo liderado por Max Dupri, tendo o segmento terminado com os Hit Row a fazer rap.

De seguida tivemos Karrion Kross acompanhado de Scarlett que estava a ler o tarot para Drew McIntyre, tendo o lutador afirmado que a WWE errou ao escolher o escocês como o “Chosen One” e irá provar isso.

– Sheamus venceu Ricochet, Happy Corbin, Sami Zayn e Madcap Moss (WWE Intercontinental Championship Fatal 5-Way Nº1 Contender’s Match): Desde os momentos iniciais deste embate tivemos um combate bastante caótico, que foi acontecendo tanto dentro como fora do ringue. A agressividade esteve sempre a um nível bastante elevado e as vitórias foram aparecendo por parte de todos os envolvidos neste embate, sendo que o grande favorito do público, Sami Zayn, sofreu um grande revés quando se lesionou no ombro e teve de ser levado para os bastidores.

Dentro do ringue, os outros quatro lutadores continuaram a dar tudo para terem a hipótese de lutar pelo Intercontinental Championship, e quando parecia que a vitória ia sorrir a Ricochet, Happy Corbin não deixou que isso acontecesse. Foi então que Sami Zayn mesmo lesionado regressou e quase venceu, mas mais uma vez Happy Corbin não deixou que isso acontecesse.

Porém, no final acabou por sofrer um Claymore Kick de Sheamus, que irá assim lutar contra o WWE Intercontinental Champion Gunther, no Clash at the Castle.

A seguir tivemos um video package a promover o combate entre o Undisputed WWE Universal Champion Roman Reigns e Drew McIntyre.

O Funeral Viking foi transmitido em seguida, com os Viking Raiders a dizerem que respeitam os New Day enquanto lutadores e que uma grande batalha se aproxima e que os irão destruir em breve.

No backstage, a SmackDown Women’s Champion Liv Morgan foi entrevistada e explicou que sabe que o seu braço vai ser um alvo, mas que ele não está preocupada com isso e só quer manter o seu título consigo. Também nos bastidores, Shotzi foi entrevistada e afirmou que só irá parar o ataque quando partir o braço a Liv Morgan.

– SmackDown Women’s Champion Liv Morgan venceu Shotzi (Non-Title Match): Liv Morgan tentou vencer rapidamente mas não conseguiu e como seria de esperar, Shotzi fez do braço da campeã o seu alvo preferencial de ataque. O domínio durou alguns minutos, mas Liv Morgan foi começando a equilibrar a contenda e conquistou a vitória após o seu ObLIVion.

Assim que o combate terminou, Shayna Baszler atacou Liv Morgan pelas costas e ameaçou que lhe iria partir o braço, mas só no Clash at the Castle, tendo terminado este ataque com um pontapé na cara da campeã.

Por fim tivemos o Undisputed WWE Universal Champion Roman Reigns em ringue e este não perdeu tempo a dizer que qualquer lutador que diga que é a cara da WWE e que é o main eventer, esse lutador está a mentir, porque ele, é que carrega e ele é que a cara da WWE.

Drew McIntyre não perdeu tempo a vir ao ringue e este afirmou que Roman Reigns não merece ser campeão e que sente medo nos olhos do “Tribal Chief” e que não existe um homem no Mundo, que ele não seja capaz de destruir.

Os dois fartaram-se da conversa e tivemos uma brawl que estava a ser ganha por Drew McIntyre, que acertou um Claymore Kick em Sami Zayn que se colocou no lugar de Roman Reigns. Isso abriu espaço para que o “Tribal Chief” acertasse um Superman Punch no “Scottish Warrior” e quando tentou acertar um Spear acabou por sofrer também ele um Claymore Kick. O SmackDown terminou com Drew McIntyre a pousar com os dois títulos mundiais.


O que achaste deste WWE SmackDown?

20 Comentários

  1. Facebook Profile photo
  2. 19042 meses

    Bom spoiler para o Clash at the Castle…Drew Two Belts

    • Surf2 meses

      Ja andam a virar-se contra o Drew? Fds cedo

    • WWE2 meses

      Não acho que foi isso que ele quis dizer surf.

    • 19042 meses

      Eu nao sou contra o Drew…so quero o fim do reinado do lambe gluteos

  3. Natan2 meses

    Foi ótimo o segmento da SmackDown, destacando pela rivalidade entre Reigns e Mcintyre que pode botar o fim da Bloodline colocando novos planos para o Sami, Morgan e Baszler que prometem fazer um ótimo combate pela SmackDown Women’s, possíveis feuds entre Hit Row e MMM torcendo pra que aconteça o regresso do Swerve se possivelmente perder o título de duplas da Aew e podendo finalmente por o Knight pra lutar, a vitória merecida do Sheamus pela disputa do título Intercontinental, sendo que prevejo a possível rivalidade entre TBB e o Imperium podendo ser dupla ou trio, e por fim um ótimo começo das Toxic Attraction, mas vejo que elas terão rivalidade no futuro contra as Control e só apenas um único segmento que não curti e a Ronda Rousey envolvida com autoridades, chata como sempre, por isso a Becky tira tanta onda com ela

    • The Name2 meses

      O Swerve está na aew à pouco tempo e tu já estás a dizer para ele voltar 😭😭😭
      Ele está numa melhor posição atualmente e o shit row não prestam… Ainda por cima ele não têm boa relação com o Triple H 😂

    • Natan2 meses

      Você leu bem sobre a parte de talvez ele sair da AEW ? Pra mim isso não significa que ele vai ficar um bom tempo por lá pois você viu que este programa vai de mal a pior não é mesmo ? Única parte que concordo contigo é a má relação entre Swerve e o Hunter mas o resto não concordo, nunca sabe o que pode acontecer no futuro do Hit Row, pois pra mim é péssimo sem a presença do líder

  4. Foi um bom SmackDown.

  5. Facebook Profile photo
    DP2 meses

    Bom Smackdown! Excelente promo do Karrion!
    (Apenas um pequeno erro, acredito que Sheamus fez um Brogue Kick e não o Claymore😅)

  6. Kante_Touch_This2 meses

    Aquele 5 way foi muito bom, e o público de Montreal ajuda sempre no espetáculo.

  7. Alex2 meses

    Este Smackdown foi awesome!!!
    Nota-se e bem o envolvimento do Triple H, e a importância que ele dá aos midcard titles.
    Espero bem que continue assim.
    Não voltes nunca mais Vince!

  8. Joelson Ribeiro2 meses

    Drew não ganhar do roman reigns acho, que o karrion kross vai custar a Vitória clash at castle..ainda tem Theory que pode vir fazer cash nesse evento eu não vejo ele falha.

  9. The Name2 meses

    Ainda não vim o show, mas pelas opiniões parece ter sido bom!

    Sheamus vs Gunther vai ser muito bom, pode vir a ser um dos combates do ano e do ppv 🔥🔥🔥

  10. Neno2 meses

    Revendo o show aqui no Star Plus e o Crowd tava ABSURDOOO. Canadá tá muito animado

  11. Anónimo2 meses

    Bom SmackDown. Ótimo segmento entre o Roman e Sami Zayn. Ótimo Fatal 5-way. Boa escolha terem dado a vitória ao Shamus, o combate entre ele o Gunther promete. Ótimo final de show como o Roman, fez uma ótima promo. Dou também destaque a crowd, tanto o Roman como o Sami Zayn tiveram uma grande ovação.

  12. Ricky2 meses

    A única coisa que eu não curti no show foi o angle dos Hit Row, por favor não nos façam aturar aquele rap horrível por mais de 2 minutos, de resto o show foi bom como tem sido habitual

  13. Gostei:
    – Natalya & Deville vs Toxic Attraction. Um combate decente, com a escolha certa de vencedoras. Achei surpreendente a Natalya tomar o pin no seu país natal, mas não é algo que me incomoda muito. O outro ponto positivo deste combate foi voltar a ouvir a Bayley a insultar o Michael Cole. <3
    – Fatal Five-Way para determinar o #1 Contender ao IC Title. Um ótimo combate, com um público quente pelo Sami Zayn. Michael Cole a referir El Generico na WWE? Estamos mesmo no mundo do Triple H! E, Clash at the Castle: vamos ter Sheamus vs Gunther. Como diria Big E: big meaty men slapping meat!
    – Cara-a-cara entre Roman Reigns e Drew McIntyre, porrada e Sami Zayn leva uma bala por Roman. Ótimo segmento para terminar o show, que junta 2 storylines: Roman vs Drew e a saída do Sami da Bloodline, que pode levar a KO & Zayn vs The Usos. É isto que o Triple H também traz: a habilidade de conectar storylines.

    Não Gostei:
    – Promo da Ronda Rousey, que acaba com ela presa. Não achei um mau segmento, mas também não achei bom. Podia ter sido melhor executado e o facto de isto ter sido ignorado o resto do show não ajudou muito.
    – Segmento entre os Maximum Male Models e Hit Row. Ya, os Hit Row sem o Swerve são medíocres. Segmento fraco, nem a Maxxine Dupri a curtir a música dos Hit Row me deixou interessado.
    – Liv Morgan vs Shotzi. Um combate medíocre, mas que dá à campeã uma vitória limpa. O reinado da Liv não tem sido o melhor e acho provável que ela perca o título já neste próximo PPV. Mas perder o título para esta versão da Shayna não é uma má coisa. Aliás, até é uma ideia que me agrada. A forma como a Shayna brincou com a Liv depois do combate foi brutal.

    Overall: 6/10. Uma SmackDown sólida que procurou focar-se mais nas histórias do que nos combates. O show podia ter beneficiado de mais um combate, na minha opinião. Destaco a Fatal Five-Way e o segmento final.

    • Mais uma excelente análise. Do grande fatal 5-way, destaco o sell do ricochet ao longo do combate, simplesmente incrível, e a forma como trabalharam o Sami a jogar em casa. Do main event, concordo com o teu ponto da tag KO & Sami, e estou a gostar da forma que o KO está a entrar nesta story de Roman/Drew/Sami. Penso que um combate de tags em modo Extreme trará spots brutais, com estes intervenientes. Não sei se esta nova dupla tem força para tirar o título aos Usos