Cutting Edge #36 – Os meus desejos para 2016

Sejam muito bem-vindos ao primeiro “Cutting Edge” de 2016. Espero que as ressacas não vos impeçam de ler o artigo desta semana, no qual irei expôr aquilo que gostaria de ver acontecer na WWE no ano que agora se inicia.

2015 foi um ano agridoce, tal como escrevi na semana passada. Por um lado, tivemos a construção de vários potenciais main-eventers, como Rusev (que teve um final de ano penoso) e Kevin Owens (este sim, com um booking decente, pelo menos até agora) e de novas estrelas, como Seth Rollins e Roman Reigns; por outro, houve lutadores adorados pelo público que a WWE simplesmente resolveu ignorar e colocar novamente no fim da fila, como Cesaro e Dolph Ziggler (pelo 43º ano consecutivo).

Eis que chega 2016 e novas rivalidades estão em perspetiva. Com o aproximar do Royal Rumble e da WrestleMania, esta é a altura do ano em que se começam a fazer apostar sobre, entre outras coisas, o card do maior evento do ano. Vamos então aos meus desejos para 2016.

Melhor booking

Embora o ano de 2015 (e a parte final de 2014) tenha apresentado claras melhorias em relação a este aspeto, é inegável que a equipa criativa da WWE continua com sérias dificuldades em apresentar histórias coerentes e que tenham razão de ser.

Um dos piores exemplos do ano que ontem terminou foi a história entre Rusev e Dolph Ziggler, com Lana e Summer Rae no meio. Que motivos tinham os fãs para odiar Rusev se era Dolph Ziggler quem se comportava como um canalha? Quando um vilão não é retratado como tal, não só não é odiado, como não se constroem heróis. Ziggler continua a ser apoiado, sim, mas esse apoio prende-se mais com o facto de os fãs saberem que ele é um “eterno injustiçado” do que propriamente com as histórias que protagoniza.

Espero, por isso, que 2016 nos traga histórias coerentes e, já agora, marcantes. Histórias que perdurem na História, o que faltou em 2015 (onde tivemos várias histórias boas, mas nenhuma que nos tenha marcado para sempre).

Mais estrelas criadas

Quando 2015 começou, as estrelas da WWE resumiam-se a John Cena, Daniel Bryan e Randy Orton (sem contar com os part-timers). Nos meses seguintes, assistimos à consolidação de Roman Reigns e Seth Rollins como estrelas de topo. Obviamente que não estão ao nível dos outros, mas com o passar do tempo isso vai concretizar-se.

Dean Ambrose, Bray Wyatt e Kevin Owens são, a meu ver, os próximos ou, pelo menos, aqueles que estão mais perto do topo entre os mid-carders. Espero, também, que Sheamus continue no upper mid-card, juntamente com Alberto Del Rio e, quem sabe, Dolph Ziggler, visto que são três veteranos que podem ajudar a construir estrelas. Isto, claro, desde que o desejo anterior se concretize.

Cesaro, Sami Zayn, Finn Bálor, Neville e Rusev são outros nomes que gostaria de ver melhor colocados no início de 2017 comparando com a situação em que se encontram agora.

Revolução Feminina

Uma verdadeira revolução. Embora 2015 nos tenha trazido um acréscimo de qualidade na divisão feminina, a suposta “revolução” esteve longe de ser uma realidade. Continua a haver um booking incoerente, muitas vezes não se sabe quem é a vilã e quem é a heroína e as lutadoras são retratadas quase todas da mesma forma.

Por exemplo, Paige tinha tudo para ser diferente de todas as outras, mas a WWE optou por torná-la em apenas “mais uma”. E isto também acontece no plantel masculino.

Gostaria de ver Bayley no plantel principal, mas apenas se tiverem planos para ela. Estamos a falar de uma lutadora única, que pode dar à WWE aquilo que tanto deseja: dinheiro. Muito dinheiro. Simplesmente têm que a apresentar como deve ser, caso contrário correm o risco de os fãs acharem que ela só serve para dar abraços e não vale nada. Convinha, de resto, que a sua estreia ocorresse numa arena cheia de fãs do NXT, que a receberiam de braços abertos (literalmente) e podiam influenciar positivamente quem ainda não a conhece.

Regresso da Brand Split

Há uns tempos, dizia que é algo inevitável e que, mais cedo ou mais tarde, vamos voltar a ter plantéis separados. Porém, fui perdendo a esperança. Não me parece que a WWE esteja interessada em voltar a ter Raw’s de duas horas (algo essencial para o regresso da Brand Split). É pena, porque mesmo com lesões começa a haver gente suficiente para “tapar buracos” e o mid-card está recheado de gente com qualidade, sem esquecer quem está no NXT e pode subir a qualquer momento.

Não deixa de ser, ainda assim, um desejo meu para 2016. Quem sabe se a WWE não tira uma carta da manga e surpreende tudo e todos? Sonhar não custa…

Dean Ambrose como Campeão da WWE

Acho que está mais do que na hora. Um talento destes, um diamante em bruto que já está no plantel há mais de três anos e ainda não venceu o título principal, ao contrário dos seus dois ex-parceiros no melhor grupo que apareceu na WWE desde os Evolution (na minha opinião).

Dean Ambrose não é inferior a Reigns e a Rollins e é bom que a WWE não menospreze o talento que tem em mãos como já fez no passado com outros. Não tenho essa impressão, até porque tentam sempre protegê-lo em cada derrota, mas 2016 tem que ter Dean Ambrose no topo.

Espero vê-lo como Campeão Intercontinental pelo menos até à WrestleMania. Podia perder o título nessa noite, desde que na noite seguinte fizesse finalmente o seu heel-turn e entrasse na rota do Título da WWE contra o seu amigo Roman Reigns, até ao SummerSlam, onde Seth Rollins se juntaria a eles para o tão esperado Triple Threat.

No entanto, preferia vê-lo a ter um reinado longo como Campeão Intercontinental e preferia que esse turn acontecesse mais tarde, depois do SummerSlam. Ambrose podia vencer o Título da WWE num dos últimos PPV’s de 2016 e a tal Triple Threat podia ter lugar na WrestleMania, como eu sempre desejei.

WrestleMania com poucos part-timers

Brock Lesnar, Undertaker e Triple H. Por mim chegam muito bem. Sinceramente, julgo que mesmo com as lesões que tivemos em 2015 e com as ausências que teremos no grande evento do ano não é necessário ir buscar mais lendas. Sobretudo se essas lendas incluírem Goldberg, que já admitiu não gostar de Wrestling (isso ajuda a explicar a falta de jeito para a “coisa”) e lutar apenas por dinheiro. Não, obrigado.

Deixo, já agora, o meu dream card para a WrestleMania deste ano:

Roman Reigns vs Brock Lesnar pelo Título da WWE, John Cena vs The Undertaker, Wyatt Family vs League of Nations, Dean Ambrose vs Dolph Ziggler pelo Título Intercontinental, Neville vs The Miz pelo Título dos EUA, Kevin Owens vs Sami Zayn (regressaria no Royal Rumble, onde eliminaria Owens), Charlotte vs Sasha Banks e New Day vs The Usos vs Lucha Dragons pelos Títulos de Tag Team (não é muito original, admito, mas podia resultar e não vejo outras equipas credíveis). Será que com estes oito combates não podíamos ter uma WrestleMania muito boa?

Outra opção seria termos um Roman Reigns vs Triple H, mas neste caso preferia que Reigns perdesse o Título da WWE no Royal Rumble para Brock Lesnar, que na WrestleMania o defenderia contra Kevin Owens. Não me apetece nada ver Triple H no main-event da WrestleMania a lutar pelo Título da WWE.

Aconteça o que acontecer, espero que 2016 seja um ano melhor do que o anterior, não só para a WWE, como para todos nós. Que os nossos desejos se cumpram, com a certeza de que nem sempre tal é possível, e que aprendamos com os erros cometidos no passado. Tanto nós, como a WWE. Boas entradas a todos e até para a semana.

Sobre o Autor

- Autor do espaço "Cutting Edge".

61 Comentários

  1. Reigns one versus all - há 11 meses

    Bom artigo,Daniel.
    Aproveito para desejar a ti e a todos os fãs de wrestling que frequentam o wrestling.pt um bom ano de 2016.

    Indo aos meus desejos para este novo ano:
    Um booking melhor-Espero que este ano a equipa criativa faça valer o seu nome e nos apresente um produto melhor,com histórias decentes e que nos prendam ao ecrã para ver a sua continuação,basicamente,criar interesse nos fãs.

    Criar estrelas:A WWE deve ser que as lendas não duram para sempre,daí espero que pessoal tipo Finn Balor,Bray Wyatt,Kevin Owens,Dean Ambrose,Cesaro e Ziggler sejam elevados este ano,para haver mais estrelas,a juntar a Rollins,Reigns,Cena,Orton,Lesnar,etc.

    Que haja uma maior aposta na divisão feminina:
    Espero que começe a haver melhores historias e que cada uma das divas tenha a sua personagem definida e que hajam melhores combates.

    Por último,espero que a autoridade acabe de vez,visto que não estão a mostrar nada,mais vale os GM’s

    • Reigns one versus all - há 11 meses

      Já agora,não tendo a ver com wrestling, mas outro dos meus desejos é que o Benfica seja tricampeão.

    • danielLP21 - há 11 meses

      Obrigado e igualmente.

      Completamente de acordo em relação à Autoridade. O possível combate entre o Reigns e o Triple H podia ter essa estipulação…

      É muito improvável que o Benfica seja tricampeão, mas eu sou um pessimista por natureza no que toca ao futebol :P Mas também tenho esse desejo, claro!

  2. Sam - há 11 meses

    Bom artigo DanielLP21.
    O ano de 2015 foi um dos melhores da WWE, poderia ter sido melhor, mas, dentro da realidade da empresa foi bom.
    Concordo com a maioria das coisas que dissestes. Acho pouco provável(impossível) termos o retorno da Brand Split, o que talvez poderíamos ter é um ensaio de retorno(embora ache que Brand Split só na próxima década) fixando mais superstars na SmackDown, com um plantel grande e pouco aproveitado nada melhor do que prendê-los mais a um sítio, agora com os shows na USA é possível. Dolph Ziggler, Breeze, Ambrose e muitos outros, poderiam render mais ficando mais tempo no SmackDown, a Syfy que limitava isso já não o faz mais.
    Em relação ao booking acredito que teremos uma melhora significativa(pelo menos até o Money in the Bank/SummerSlam). Em relação a divisão feminina só um booking um pouquinho melhor já estarei satisfeito, mas nem tanto, no main roster é das coisas que ninguém sente falta(infelizmente).
    Como referistes este ano mostrou a fragilidade da WWE em criar e manter estrelas, o produto sofreu com as lesões e falta de star power, em especial o segundo. O ano de 2016 para Bray, Owens e Ambrose, terá de ser de afirmação total, com pelo menos um ascendendo ao main event(acredito que o Ambrose, embora o Bray mereça isso desde 2014), Owens deve subir um pouco mais e até ter uma chance pelo título máximo, Ambrose deve subir ao main event(espero), mas acredito só com o heel turn, e o Bray é o que mais merece se vai ou não, são outros quinhentos, tudo dependerá do seu adversário na Wrestlemania- ele precisa disso mais do que nunca que é vencer no grande evento- até porque o Taker deve urgentemente passar o bastão para o Bray ” a nova cara do medo nunca afirmada em definitivo” Wyatt. Espero ver os Wyatt’s como tag team champions.
    A revolução feminina é o ano dela provar a que veio. Como apontastes é preciso ter clareza quem é o heel ou face, destacar mais as personalidades destas raparigas, e pelo amor de Deus chega, já deu estes combates repetidos, chega de Charlotte vs Brie, vs Paige, Sasha vs Becky, vs Team Bella, já deu, saturou tudo até mais rápido do que deveria(como mostra as reações do último Raw. Que não concordo totalmente), usem mais o plantel que tem, são sempre as mesmas a lutar, e façam logo o turn da Charlotte.
    Como já disse em outro comentário, o Ambrose deverá ter um longo reinado para justificar sua ausência na peleja pelo título principal, mas não é impossível, principalmente, depois do Money in the Bank(se já tiver perdido o título no Payback, ele é o principal candidato a pegar a mala). No mais só espero um ano com mais brilho para ele.
    Concordo inteiramente com o que dissestes em relação aos part-timers no card da Wrestlemania(Goldberg, não precisamos de te, além da idade avançada, a hipocrisia e o cinismo seriam totais se retornasse; com a conjectura atual ainda não é impossível dele retornar, espero que não).
    No mais bom artigo.

    • danielLP21 - há 11 meses

      Obrigado.

      Olha, nem tinha pensado no Money In The Bank. De facto, seria excelente o Ambrose ganhar a mala e fazer o cash-in no Roman Reigns. virando heel. Simples, eficaz e ao mesmo tempo o início de uma grande história.

      Concordo em relação ao Kevin Owens e ao Bray Wyatt e à divisão feminina.

  3. #MrMoneyInTheBank - há 11 meses

    Excelente artigo.

    Feliz 2016 para todos do WPT.

  4. BRRM - há 11 meses

    Ótimo artigo.

    Os meus desejos são basicamente os mesmos que os teus e, se estes se concretizarem, 2016 vai ser um ano fantástico.

    Sobre o teu card para a WrestleMania, não tinha pensado num combate entre League of Nations e Wyatt’s mas tendo em conta o confronto que tiveram há umas semanas atrás, até faz sentido. De resto o meu “card de sonho” seria como o teu, só ainda não sei se preferia ver o Roman contra o Lesnar ou contra o Triple H. Seja qual for, não acredito que o outro ficasse sem combate portanto o mais provável é metê-lo contra o Rock (neste momento, não tenho muito interesse em ver este último a lutar mas sempre é melhor do que o Goldberg).

    Já agora, quais seriam as tuas escolhas para vencedores dos combates do teu card?

    • danielLP21 - há 11 meses

      Obrigado.

      – Roman Reigns vs Triple H- Roman Reigns
      – Roman Reigns vs Brock Lesnar- Roman Reigns
      – Kevin Owens vs Brock Lesnar- Kevin Owens
      – Kevin Owens vs Sami Zayn- Kevin Owens
      – The Undertaker vs John Cena- The Undertaker (com o Cena a virar heel de seguida ou na Raw da noite seguinte eheh)
      – Wyatt Family vs League of Nations- Wyatt Family
      – Neville vs The Miz- Neville
      – Dean Ambrose vs Dolph Ziggler- Dean Ambrose
      – Charlotte vs Sasha Banks- Sasha Banks
      – New Day vs Lucha Dragons vs Usos- New Day, com os Lucha a ganharem os títulos na Raw pós-WrestleMania num 2 out of 3 falls

  5. Marques - há 11 meses

    Esses desejos são um bocado ambiciosos de mais…

  6. Eugen3 - há 11 meses

    Se pudesses escolher um evento, uma estipulação e 2 superstars, independentemente da sua geração, e se estão vivas ou não, que combate farias em 2016?

    • danielLP21 - há 11 meses

      The Rock vs Shawn Michaels, WrestleMania, IronMan de uma hora.

    • danielLP21 - há 11 meses

      Outras opções, todos na WrestleMania:

      Dean Ambrose vs Mick Foley- Hardcore
      Chris Benoit vs Daniel Bryan- Submission
      Kurt Angle vs Seth Rollins- Two out of Three Falls

      • Patrick - há 11 meses

        Undertaker vs Sting-Hell in a Cell Match na Wrestlemania

  7. Tibraco - há 11 meses

    Foram desejos um pouco “gerais”. Por exemplo, todos nós queremos um melhor booking e melhores histórias. Perdoa-me a crítica, mas gostava que tivesses sido mais específico.

    Ambrose como WWE Champion. Também gostava, embora ache que não vá acontecer. Acredito mais no KO em 2016 do que propriamente no Ambrose.

    Um feliz 2016!

    • danielLP21 - há 11 meses

      Não tem mal nenhum fazeres uma crítica. Eu sei que é algo geral, mas não deixam de ser desejos meus. E com esses desejos os outros ficam mais perto de se concretizarem.

      Eu acho que é o ano do Ambrose. Aliás, já devia ter sido…

      Obrigado e igualmente ;)

    • Marco Rodrigues - há 11 meses

      Por acaso tive a mesma sensação do que a do Tribaco mas não deixou de ser interessante.

      Também gostaria de ver uma Wrestlemania sem tantos part-timers, sendo que a esses nomes apontados há que acrescentar o Rock. O meu desejo é vê-lo enfrentar o primo mas o mais previsível parece ser Reigns vs HHH e Rock vs Lesnar. Neville e Miz ao dia de hoje não me parecem credíveis para lutar por um título na Mania, não obstante o talento que lhes reconheça. Para tags, andei a pensar no regresso dos Rhodes Scholars – honestamente, não estou a ver algo melhor (ah, o regresso do Cody é um dos meus grandes desejos).

      Quanto às divas, já perdi as esperanças. Basta pegar no caso da Emma e percebe-se que está tudo mal e jamais apresentarão a consistência nesse setor que o NXT apresenta, desde que este último continue a contar com wrestlers femininas de qualidade no seu roster.

      Já o Cena vs Taker, apimentava aquilo com um Carrer’s Match.

      • danielLP21 - há 11 meses

        Rock vs Lesnar… que porcaria lol

        O Neville podia tirar o título ao Del Rio com ajuda do Miz (sem que o Neville a quisesse) e o Miz podia insistir em como o Neville não era nada sem ele, bla bla bla, e tinham um combate na WrestleMania pelo título. Podem não estar credíveis agora, mas até lá podiam ser credibilizados, até porque com tantas lesões teremos sempre pessoal que se calhar não ia ter tanto destaque a tê-lo.

  8. Miguel Carlos - há 11 meses

    Excelente artigo, concordo com todos os pontos mencionados. Gostava que este ano a WWE contasse com o Seth Rollins, o Dean Ambrose e o Seth Rollins para o main-event e ainda que apostasse mais no Ziggler, League of Nations, Stardust (tragam o Cody Rhodes de volta), Cesaro e Neville. Para além disso, espero que continuem a aposta no Kevin Owens, que dêm um booking mais consistente no Bray Wyatt e que subam o Finn Bálor, Sami Zayn e a Bayley, com muito cuidado. Para a WrestleMania, fico de pé atrás com o Lesnar voltar a ganhar o título mundial. O card que gostava de ver era:
    Undertaker-John Cena
    Roman Reigns-Triple H (WWE World Heavyweight Championship)
    Brock Lesnar-Bray Wyatt
    Kevin Owens-Sami Zayn (Intercontinental Championship)
    Charlotte-Sasha Banks (Divas Championship)
    New Day-Lucha Dragons (WWE Tag Team Championships)
    Alberto del Rio-Neville (United States Championship)
    Dean Ambrose-Dolph Ziggler

    • danielLP21 - há 11 meses

      Obrigado.

      Eh lá, dois Seth Rollins? :P Calculo que um deles seja o Roman Reigns.

      • Miguel Carlos - há 11 meses

        Exato. O Reigns xD
        No card, estava a pensar em devolverem o Intercontinental Championship ao Kevin Owens, mas pensando bem não fazia muito sentido. Preferia ver Ambrose-Ziggler pelo título e Owens-Zayn num combate normal.

      • danielLP21 - há 11 meses

        Sim, faria mais sentido esse último cenário.

  9. gabriel taker - há 11 meses

    Em relação a WM32 analisem meu card:
    Andre the Giant BR:( Kick off ): Kalisto ou Neville.
    Lucha Dragons vs New day vs Usos vs Ascension (Tag Team Champ): Lucha Dragons ou Ascension.
    Sasha Banks vs Charlotte vs Naomi vs Paige (Divas Champ): Sasha Banks.
    The Rock vs HHH (Special Referee Shawn Michaels): HHH.
    KO vs Neville (IC Champ): KO.
    Alberto del Rio vs Cesaro (US Champ) : Cesaro.
    Bray Wyatt vs Randy Orton : Bray Wyatt.
    Brock Lesnar vs Brawn Stromman, Luke Harper and Erick Rowan (Handicap Match) : Brock Lesnar.
    Undertaker vs John Cena (I quit Match) : Undertaker by Hell’s Gate.
    Roman Reigns vs Dean Ambrose (WWE WHC) Ambrose Heel.

    • danielLP21 - há 11 meses

      Lesnar a destruir a Wyatt Family toda? O que é que se ganhava com isso?

      O Randy Orton e o Cesaro estão lesionados e não vão voltar a tempo do PPV, pelo menos o Orton é garantido.

      Reigns vs Ambrose vimos há pouquíssimo tempo e normalmente o main-event da WM é algo nunca antes visto, visto raramente ou que já não acontece há muito tempo.

  10. Half man half amazing - há 11 meses

    São bons aspectos os mencionados mas creio que foste só pelos coerentes e que tem uma minima hipotese de se concretizarem caso contrario pedes pouco face aquilo que eu pediria ao produto. Mas sendo realista acabo por concordar com alguns aspetos mencionados:

    Booking – Sem duvida que é um desejo meu que melhore e que melhore muito principalmente no midcard onde essas trocas de derrotas e vitorias tem de acabar e tem de se começar a ter prioridades e apostas por alguns talentos pois se olharmos ao passado e ao seu sucesso podemos observar a quantidade de talentos que existiam no midcard e que estavam na maioria das vezes prontos para dar salto coisa que agora nao acontece nem mesmo com a mala do mitb precisamente por culpa do booking da wwe. Precisam de ser mais criativos, de criarem melhores historias e rivalidades e acima de tudo de nao destruirem a credibilidade dos superstars como costumam fazer.

    Mais estrelas – Sem duvidas esse é um problema gritante da empresa que simplesmente nao se esforça para o fazer quando até teve nestes ultimos anos oportunidades de ouro para tal. A situação chegou a tal ponto que agora os part-timmers sao a meu ver necessarios na wrestlemania para dar um card digno do nome tendo em conta o pobre tratamento que a grande maioria dos potenciais futuros main-eventers tem tido da parte da wwe.

    Revolução Feminina – Sinceramente é divisao que nunca me disse nem dira muito. Compreendo o ponto mas como o proprio nome o diz para mim sao divas e estao ali so para uns minutos de descontraçao e para os fãs masculinos.

    Brand Split – Aqui acho que a minha vontade de ver este regresso é até maior do que a propria necessidade ate porque o smackdown esta num nivel deploravel atualmente. Se regressa-se até vou mais longe e gostaria que voltassemos a ter dois titulos principais novamente e uma smackdown a peitar a raw como nos bons velhos tempos e isso passaria pela ida de John Cena para a smackdown até porque colocar os main-eventers na raw e os melhores midcarders na smackdown nao elevaria o patamar da brand azul tanto como isso, aliás a sua decadencia começou precisamente por causa disso.

    Dean Ambrose campeão da wwe – sem duvidas que ele merece ser campeao da wwe pois é a meu ver o elemento mais completo dos The Shield. Discordo quando afirmas que ele é protegido pois são incontaveis as vezes que perde (limpo ou sujo são derrotas!), nunca vence rivalidades importantes, fica sempre em segundo plano como o amigo do reigns e a wwe transmite claramente a ideia de que ele nunca é a prioridade da rivalidade e sim os seus adversários. Além disso a caracteristica que cada vez mais se está a ligar a ele é o fato de falhar sempre quando não o pode fazer e nao é com titulos intercontinentais e a credibilidade que o mesmo tem atualmente que constato qualquer tipo de push para ele.

    Menos part-timers – sem duvidas desde que se criem talentos à altura que trabalhem o ano inteiro para estarem no topo da empresa. Discordo em relaçao ao Goldberg sempre foi um dos meus lutadores favoritos. Nem todos os lutadores precisam de andar aos saltos e a fazer acrobacias para serem bons do meu ponto de vista. Goldberg tem outros carateristicas e vi-o a fazer muitas coisas positivas num ringue de wrestling e se estava tao over nao podia ser tão ruim assim.

    quanto ao dream card este seria o meu (ja sei que vai tudo cair em cima por ter muitos part-timers mas se nao os tiver nao vai haver star power suficiente! A culpa não é minha e sim da wwe que nao criou os talentos que deveria e agora está dependente das lendas a meu ver!)

    John Cena vs Undertaker I quit match – se fosse eu a mandar seria com Cena heel ou a virar heel depois de desistir no fim do combate

    The Rock vs Brock Lesnar C/Paul Heyman Hell in a Cell

    HHH vs Goldberg No Hold Barred match para por fim de vez na autoridade

    Roman Reigns vs Dean Ambrose pelo titulo da wwe comigo seria roman reigns o heel obviamente

    Sting vs Randy Orton

    Nikki Bella vs T.Stratus

    Andre The Giant Memorial battle royal (preferia acabar com essa treta que cada vez tem menos valor e fazer um mitb na wm mas como isso nao vai acontecer la teria de ser) – dava a vitoria ao The Miz porque sou grande fã dele e acho que ta muito mal aproveitado na wwe. Nao que lhe valesse de muito mas seria sempre bom vê-lo vencer.

    K.Owens vs S.Zayn para os fanboys das indies ficarem contentes pelo titulo IC

    Lucha dragons vs rowan and harper vs usos vs new day tornado tag

    Cody Rhodes vs Goldust pelo titulo dos USA – sem stardust e com um cody heel

    • Anónimo - há 11 meses

      Parei de ler no “Dean Ambrose é o elemento mais completo dos The Shield”. Seth Rollins é um monstro e é de longe o mais completo, DA é realmente muito carismático e tudo mais, mas é um brawler e não tem um moveset muito elaborado. O mais fraco com certeza é o Reigns.

  11. Meu card para a wm:

    Roman reings vs brock lesnar vs danyel bryan (wwewhc)

    Dean ambrose vs samy zain vs kevin owens (ictitle)

    New day vs wyatt famyli (tagteam)

    jonh cena vs cesaro (ustitle)

    Undertaker vs sting

    Charlotte vs beck linch vs sasha banks (divaschampion)

    HHH vs the rock

    • danielLP21 - há 11 meses

      Acho que o Cesaro não recupera a tempo.

      Não gosto da ideia do HHH vs Rock, mas são opiniões e cada um tem a sua.

  12. BRUNOju - há 11 meses

    Excelente artigo Daniel, desejo-lhe um feliz 2016 (atrasado). Quanto aos seus desejos os meus são basicamente os mesmos. Isto da melhora no booking é URGENTE, chega de storylines sem sentido, personagens sem papel definido e combates só para encher linguiça.

    A divisão feminina parece melhorar aos poucos, erram aqui e ali, mas a verdade é que possui mais talentos em seu Roster. Mas já chega dessa história de times, separem a Alicia Fox das Bellas e lhe deem aquela personagem louca de 2014, eu pelo menos gostava. Na minha opinião, está na hora da WWE separar Sasha Banks de Tamina e Naomi e fazer uma Feud entre elas, aí depois ela luta na WrestleMania contra Charlotte pelo título.

  13. BRUNOju - há 11 meses

    Excelente artigo Daniel, e feliz 2016 (atrasado). Quanto às tuas previsões eu concordo com todas, principalmente em relação ao booking. A revolução feminina espero que aconteça, um Roster talentoso eles possuem e tempo também, só falta vontade.

    Acho pouco provável o retorno da Brand Split, na minha opinião o que pode acontecer é algo semelhante ao que ocorreu após a WrestleMania, com alguns superstars em destaque na SmackDown e outros no RAW.

    • danielLP21 - há 11 meses

      Obrigado e igualmente.

      Isso aconteceu depois da WrestleMania ou antes? Tenho ideia de que foi antes.

      • BRUNOju - há 11 meses

        Foi depois, com o Daniel Bryan campeão intercontinental.

  14. Tony Tender - há 11 meses

    Excelente artigo Daniel o meu desejo para 2016 e que o Cody Rhodes volte

  15. Jorge - há 11 meses

    Bom artigo. Parabéns.
    Em relação a desejos improváveis que viriam a proporcionar grandes combates e rivalidades, e perceber uem serão os próximos main-eventers, no meu entende não seria a brand split, mas sim o regresso do World Heavyweight Championship. Por este titulo lutariam as superstars mais talentosas e promissoras, tais como o Cesaro, Dolph Ziggler, o Ryback, o Samy Zayn, o Kevin Owens, o Neville. Isto seria o melhor. Pelo WWE Championship, lutariam o Reigns, o Rollins, o Ambrose, o Cena, os outros sobre quem já falei, quando já estivessem preparados.
    Um à parte em relação aos melhores top heels, que para mim são o Bray Wyatt e respetivos membros da Wyatt Family, o Kevin Owens, talvez o top heel mais promissor a seguir ao Seth Rollins, e o Reigns que se tivesse feito o heel turn, seria excelente devido às suas características, que deveriam ser aproveitadas: falar pouco e muita violência.
    Mais uma vez parabéns pelos teus artigos onde se vê que percebes de wresting.

    • danielLP21 - há 11 meses

      Obrigado.

      Eu acho que o WHC só deve voltar caso haja Brand Split ou, pelo menos, uma mini-Brand Split, em que o da WWE ficava na Raw e o WHC na SmackDown e os campeões só apareciam nos respetivos programas, porque caso contrário o WHC seria sempre visto como apenas mais um título de mid-card e poderia não ajudar tanto esses tais lutadores.

      • Jorge - há 11 meses

        Mesmo sem a brande split, a meu ver, o main event do Smackdown envolveria sempre o detentor do titulo WHC contra possíveis candidatos. A meu ver (mas apenas nos meus sonhos de wrestling) tudo começaria com o Reigns heel (pois na minha opinião para resultar este teria de ser heel) e para se valorizar separava os títulos e lutava no main event de ambos os shows (é claro que no ppv este só teria um combate, possíveis triple threats que funcionariam da seguinte maneira: Reigns vs Rollins vs Cena – por exemplo, se Reigns vencer fica com os dois títulos; se Rollins vencer ganha o WWEC; se Cena vencer ganha o WHC). Neste meu “sonho” o Reigns perderia o WHC para o Cena, assim o Cena batia o recorde de títulos mundiais, ao ser main event do Smackdown, valorizava o show uma vez que fãs investiriam neste show, pois o facto de o Cena ser o main event desse show todas as semanas, significaria uma grande aposta da WWE nesse show, e após perder de forma limpa para uma superstar em ascensão, para mim a melhor escolha seria Cesaro, valoriza e catapultava o Cesaro para um nível de main event (que este tanto merece) uma vez que este venceria o Cena de forma limpa em dois ppv seguidos (uma vez que o Cena teria direito à sua desforra). Desta maneira teríamos os combates tanto desejados pelos fãs para termos os possíveis candidatos ao titulo (Samy Zayn, Kevin Owens, Neville, Ziggler, Ryback, etc).
        Este texto todo tem lógica (uma vez que acho que percebo de wrestling), mas não passa de um “sonho” de um grande fã deste desporto.

    • Anónimo - há 11 meses

      Colocar o Ryback no mesmo nível dos outros que citaste chega a ser uma ofensa.

  16. Vinícius Nunes - há 11 meses

    Bom artigo Daniel e feliz 2016 pra ti!

    Bem, eu acho que há muito que se melhorar na WWE, eu achei que tirando um evento ou outro, a segunda metade de 2015 foi algo penoso, tanto que eu até deixei de ver e acho que só voltarei a fazer isso na semana que vem, pois não teremos mais Monday Night Footballs, por isso espero que 2016 seja um ano de melhor booking, de consolidação de lutadores que sabemos que podem ser grandes estrelas (Dean Ambrose, Kevin Owens, Bray Wyatt, principalmente, como referiste) e a confirmação de Roman Reigns que é o que se pede, além de um bom retorno de Seth Rollins… Enfim, espero mais coerência da E em suas decisões e que as divas realmente tenham a sua revolução.

    E claro, pelo amor de Deus, que o Dean Ambrose, meu favorito atualmente, seja o campeão da WWE, já fiquei aziado quando ele perdeu esta oportunidade de maneira fácil no Survivor Series, por isso quero que esse ano ele consiga o ouro, de preferência após um heel turn.

  17. Torres - há 11 meses

    Gostei do artigo, principalmente da parte do Dean Ambrose WWE champion, está mais que não hora para ele.
    Bom ano de 2016, e continua com o bom trabalho (;

  18. Frederico_WWE - há 11 meses

    Bom 2016!

    Continuo a discordar digamos assim da velha questão da brand split… xD acho uma impossibilidade… aquela “hora extra” dá dinheiro a ganhar à WWE e o USA Network deve estar satisfeito também… além disso considero que não há “star power” de nível suficientemente elevado… é uma opinião pessoal para se fazerem RAW’s e SmackDowns interessantes durante várias semanas e meses… porque o grande desafio era apresentar qualidade de forma regular e não vejo competência para isso… desculpem porque sei que muitos não concordam… por exemplo não vejo uma SmackDown inteira talvez desde o reinado do Mark Henry como WWE World Heavyweight Champion e já nessa altura só o brilhante trabalho de heel dele safava o show.

    A culpa foi da WWE que não criou nestes anos GRANDES estrelas capazes de vender muito… embora tenha criado algumas de nível muito alto mas por isso recorre a estrelas do passado que lhe dão garantias de lucro… na altura da WrestleMania e temos que ser racionais e entender isso.

    Para a brand split fazia sentido o regresso do Cruiserweigh Title para por exemplo superstars como o Neville que para mim é pouco carismático embora sempre com excelentes performances no ringue… e para equilibrar o roster era ir ao NXT buscar os 4 ou 5 melhores que lá estão desde que fossem bem usados mas depois havia muita perca de qualidade da brand “amarela”… enfim quando se está bem não faz sentido mudar e a WWE sente se confortável como está por isso não vai mudar nada tão cedo.

    O meu dream card da WrestleMania 32

    Roman Reigns VS Triple H (carreira do Triple H em jogo)

    Kevin Owens VS Brock Lesnar (WWE World Heavyweight Championship)

    Dean Ambrose VS Dolph Ziggler VS Daniel Bryan (Intercontinental Championship)

    The Undertaker VS John Cena

    Alberto Del Rio VS James Storm (debut) ou Sami Zayn (debut) (United States Championship)

    Bray Wyatt (tweener) VS Sheamus (LON)

    The New Day VS Barrett & Rusev VS Strowman & Luke Harper VS The Dudley Boyz (Fatal 4 Way Ladder Match pelos títulos de Tag Team) e heel turn de Bubba Ray Dudley

    Charlotte w/ Ric Flair VS Becky Linch ou Charlotte w/ Ric Flair VS Natalya w/Bret Hart (Divas Championship)

    Andre The Giant Memorial Battle Royal (Kane, Big Show, Mark Henry, Titus, Stardust, Eric Rowan, R-Truth, The Miz, Ryback, Neville, Baron Corbin, Darren Young, Zack Ryder, Tyler Breeze, Heath Slater, Sin Cara, Kalisto, etc)

    O que eu acho que realmente vai acontecer na WrestleMania 32:

    – The Rock VS Brock Lesnar

    – TLC Match – The New Day VS Dudley Boyz VS The Usos

    – Finn Balor ou quiçá Baron Corbin a participarem no Andre The Giant Memorial Battle Royal e até 1 deles ganhar

    – Roman Reigns VS Triple H

    – Ladder Match pelo titulo Intercontinental – Ambrose VS Ziggler VS Ryback VS Neville VS Breeze VS Kevin Owens VS The Miz por exemplo

    – Charlotte VS Becky Lynch

    – Bray Wyatt VS Randy Orton? (se recuperar) ou Bray Wyatt VS Sheamus

    – The Undertaker VS John Cena

    – Alberto Del Rio VS Cesaro? (se recuperar a tempo)

    Em alguns casos curiosamente aquilo que eu quero que aconteça é também aquilo que eu acho que vai acontecer… xD tirando isso estou bastante convicto que esta WrestleMania será a última do Undertaker ou seja vai ser a sua despedida e também não me admirava que fosse a última do Triple H embora este último já com muitas dúvidas… porque sabemos como é que ele é… e além disso 2 lendas a retirarem se no mesmo dia era demais.

  19. ricardo - há 11 meses

    esse ano vai ser mais uma edição do royal rumble jogada fora se o triple h vencer

  20. Anónimo - há 11 meses

    Bom artigo.

  21. Gustavo - há 11 meses

    Acho que o andre the giant match já tem dono : mark henry ganha e aposenta,seria uma bela homenagem a henry
    WWE WHC Roman(c/ the rock) x HHH
    IC : Ambrose x Dolph x Del rio
    Cena x taker
    Owens x sami

  22. ricardo - há 11 meses

    acho dificil do the rock lutar na wrestlemania 32

  23. RFBM - há 11 meses

    Bom artigo, faço meus os teus desejos para 2016, apenas discordo um pouco com o teu dream card para a Mania, mas é normal, visto que um combate pode ter interesse para uma pessoa e para outra não.

    • danielLP21 - há 11 meses

      Obrigado.

      Discordas em que combates?

      • RFBM - há 11 meses

        Discordo com os combates:

        – Wyatts vs League of Nations: não que não fosse má ideia, mas não creio que neste momento alguma destas stables sofresse um face turn.

        – Ambrose vs Ziggler: é um combate que, na minha opinião, não terá muito interesse num palco como a Mania, não por culpa destes dois, mas a forma como, principalmente o Ziggler foi tratado este ano faz com que este combate perca um pouco de star power.

        – Neville vs Miz: não penso que nenhum destes vença o título dos EUA nos próximos tempos, o Neville tem tido pouco destaque e em 2015 e o Miz em poucos combates, perdeu quase todos, limitando-se a segmento do MizTV, mais uma vez, seria um bom combate, mas não tão “grande” que pudesse ocorrer num palco como a Mania, pelo menos este ano.

        – New Day vs Usos vs Lucha Dragons: concordo com este, mas juntaria-lhe os Dudleyz numa Quadrilha Fatal, de forma a que este combate ganha-se mais interesse, visto que estas equipas já se enfrentaram no TLC.

  24. RybackChampion2015 - há 11 meses

    Meu dream card:
    – Andre The Giant Memorial Battle Royal: Mark Henry
    – Charlotte vs Sasha Banks vs Bayley vs Nikki Bella(Divas Championship): Sasha Banks
    – The Usos vs New Day vs Rowan&Harper vs SAWFT(Fatal 4 Way Ladder Match pelos títulos de Tag Team): Rowan&Harper.
    – Bray Wyatt vs Dolph Ziggler ou Daniel Bryan: Bray Wyatt
    – Del Rio vs Kevin Owens(United States Championship): Kevin Owens
    – Undertaker vs Sting: Sting
    – Dean Ambrose vs Kane vs Neville vs Rusev vs Ryback vs Sheamus vs Tyler Breeze(Ladder Match pelo titulo Intercontinental): Neville
    – Roman Reigns vs Seth Rollins vs Brock Lesnar(WWE World Heavyweight Championship): Roman Reigns
    – Triple HHH vs The Rock: The Rock

    • RybackChampion2015 - há 11 meses

      Gostei do artigo, mas quanto a divisão feminina essa só irá melhorar com a subida de Bayley e se a Charlotte perder o belt, além disso Naomi e Tamina tem que se separarem de Sasha, Summer e Natalya tem que voltarem a serem usadas e o booking tem que melhorar eficazmente. Só não sei o que será da Becky, diante de tantas divas.

  25. Vitor Oliveira - há 11 meses

    Ótimo artigo. Tenho uma sugestão de artigo para as próximas edições que poderia ser o Dream Card para a Mania 32

  26. The Cobra 619 - há 11 meses

    Ótimo artigo Daniel. O que eu mais quero que aconteça em 2016 é a volta da Brand Split e Ambrose como campeão da WWE. Sobre o seu Dream Card da Wrestlemania, gostei bastante e acho que teria de tudo para ser o melhor PPV de 2016.

  27. Breninhosf10 - há 11 meses

    O meu card para a WrestleMania seria:
    #1 Andre The Giant:Com alguns lutadores de primeira linha e alguns subindo do NXT. Seria interessante Mark Henry vencer ou algum talento do Nxt como o Finn Balor ou Apolo Crews

    #2 Divas Championship:Triple Threat Match entre
    Charlotte VS Becky Lynch VS Sasha Banks
    vencedora: Sasha Banks

    #3 Tag Team Championship: TLC Match entre: New Day VS Dudley Boyz VS The Usos
    Vencedores:Dudley Boyz (pra sacramentar a história da dupla que seria pela décima vez campeã das duplas)

    #4 Combate individual: Bray Wyatt VS Chris Jericho vencedor: Bray Wyatt

    #5 United States Championship: Ladder match entre: Alberto Del Rio,Kalisto,Dolph Ziggler,Jack Swagger,Ryback,Rusev,Breeze,Luke Harper,Neville
    Vencedor: Dolph Ziggler

    #6 combate individual: Brawn Strowman VS The Undertaker vencedor: The Undertaker

    #7 Intercontinental Championship: 4 fatal-way match entre: Dean Ambrose,Kevin Owens,Sami Zayn,Daniel Bryan vencedor: Ambrose ou Owens

    #8 WWE World Heavyweight Championship: Roman Reigns VS Brock Lesnar vencedor:Brock Lesnar

    Ao longo do ano queria ver como campeões:
    TTC: Dudley Boyz,Usos,New Day e Luke Harper e Erick Rowan
    US Title: Dolph Ziggler,Rusev,Neville e Samoa Joe
    IC Title: Ambrose,Owens,Cesaro,Sami Zayn e Daniel Bryan
    WWHC: Roman,Brock Lesnar,Seth Rollins
    Mr.Money in The Bank: Ambrose,Alberto Del Rio ou Dolph Ziggler

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador