Cutting Edge #41 – The Awesome Jobber

No início da sua carreira, The Miz era visto como apenas um idiota que vinha de um reality show e não ia durar muito tempo na WWE. E o tempo que lá estivesse seria passado a jobbar.

Porém, em finais de 2007 uma nova luz apareceu-lhe ao fundo do túnel, quando iniciou aquela que, até hoje, é ainda uma das minhas equipas favoritas, ao lado de John Morrison.

Estes dois eram simplesmente a razão pela qual eu via a ECW. Apesar de CM Punk ser outro dos destaques desta terceira brand, a WWE pouco se importava com a mesma e, por isso, o campeão pouco brilhava. Miz e Morrison, no entanto, arranjaram uma maneira de brilhar por eles próprios, criando um talk-show chamado “Dirt Sheet” durante o seu longo reinado como Campeões de Tag Team, escrevendo eles próprios o conteúdo do mesmo.

Foi aqui, porventura, que a WWE percebeu a talento que Miz tinha. Deixou de ser apenas um idiota e ganhou uma personalidade que fazia os fãs detestarem-no, mesmo não sendo exemplar dentro de ringue.

De seguida, fez equipa com Big Show, chegando a andar com três cintos de campeão ao mesmo tempo (Títulos de Tag Team unificados e Título dos EUA), subindo uma montanha que viria a culminar com a conquista do Título da WWE no final de 2010.

Tenho pena de, na altura, não acompanhar a WWE (o produto era horrível) e pouco ter visto do seu reinado. Contudo, conseguiu lutar no main-event da WrestleMania e, contra todas as expectativas, derrotar John Cena no mesmo (ofuscado por The Rock, é certo, mas ganhou). Ficou um pouco óbvio que ia perder o título no PPV seguinte e que aquela vitória serviu para dar um grande momento ao seu reinado, mas estava encontrada, parecia, uma nova estrela, numa altura em que o Star Power começou a cair bastante.

O pior veio depois.

Uma rivalidade com o seu ex-parceiro Alex Riley e uma parceria com R-Truth que podia ter sido muito melhor explorada. No Survivor Series de 2011, Miz e Truth foram considerados culpados pelas fracas vendas do PPV, que ficou marcado pelo primeiro combate de The Rock na WWE desde 2004. No mês seguinte, Miz lutou pelo Título da WWE contra CM Punk e Alberto Del Rio e, a partir daí, nunca mais esteve no main-event.

Pessoalmente, não era fã de Miz nos seus primeiros tempos na WWE. Era apenas um lutador com uma personalidade “goofy” e mais um no plantel. A rivalidade com Boogeyman também não ajudou em nada.

Porém, a partir do momento em que fez equipa com John Morrison tornei-me fã dele. É um daqueles casos em que o lutador em questão prova que eu estava errado, tal como aconteceu, por exemplo, com Daniel Bryan.

Talvez por ser fã dele é que fiquei com boas expectativas quando ele virou face no final de 2012. Via-o como uma espécie de Chris Jericho (não comparando o talento de cada um dentro do ringue), que não mudava muito de personalidade fosse herói ou vilão e andava ali entre o mid-card e o main-event. Com um bom booking, a WWE podia ter feito dele um ótimo babyface.

Infelizmente, tornaram-no em mais um babyface genérico, igual aos outros. E a partir daí, mesmo ganhando várias vezes o Título Intercontinental, a carreira de Miz caiu a pique.

Sinceramente, não percebo porque é que a WWE deixou que isto acontecesse. Vê-se que gostam dele e dão-lhe a responsabilidade de representar muitas vezes a companhia em programas de televisão (o que não acontece com qualquer um), mas enterraram-no demasiado fundo no plantel e não têm planos para ele.

Na última Raw, The Miz fez uma das suas melhores promos em anos. Engraçada, sim, mas séria ao mesmo tempo e, sobretudo, intensa. Muito intensa. Parecia acreditar naquilo que estava a dizer. Parecia estar mesmo furioso pelo facto de os fãs gostarem mais de AJ Styles do que dele, quando o primeiro só chegou agora à WWE e ele já esteve no main-event de uma WrestleMania.

Basicamente, The Miz voltou a fazer aquilo que fez a carreira toda: colocar outras pessoas over através das suas palavras.

John Morrison era medíocre ao microfone e sem Melina ao seu lado. A partir do momento em que se juntou a Miz, a sua carreira melhorou significativamente.

Daniel Bryan ganhou o seu primeiro título contra The Miz depois de este o acusar de não ter qualquer personalidade. O trabalho de Miz como vilão ajudou a que Bryan cimentasse o seu lugar no plantel (tinha sido despedido uns meses antes, voltando no SummerSlam de 2010) e conquistasse mais alguns fãs.

E o que dizer do trabalho que fez com Damien Sandow? O “Intelectual Savior of the Masses” estava completamente no fundo do poço e os meses que passou com The Miz fizeram maravilhas. Se Sandow não foi aposta da WWE depois disso, a culpa não é de The Miz, que fez a sua parte de forma soberba.

Mesmo assim, continua ele próprio no fundo do plantel, sendo utilizado apenas para levar porrada dos outros no MizTV e em segmentos de comédia.

Para se ver o quanto a WWE está interessada em investir nele, basta olhar para a storyline com Neville. “Ó Daniel, que storyline?”, pergunta o leitor. Aquela que começou há uns meses e durou duas ou três semanas, sendo abandonada sem qualquer razão aparente, quando podia ter feito maravilhas por Neville.

Esta semana, Miz fez uma promo fantástica. Podia ter sido o início de uma rivalidade de qualidade com AJ Styles, que sairia naturalmente por cima no Fast Lane, ao mesmo tempo que The Miz voltava a ter um combate minimamente importante em PPV.

Mas não. Ficou tudo resolvido logo na SmackDown desta semana. Enquanto isso, Styles vai lutar novamente com Chris Jericho, que não ganha um combate na WWE há anos: se ganhar, não fica mais credível, visto que já venceu o “Y2J” no seu primeiro combate individual; se perder, torna-se no mais recente membro do grupo 50/50, que, como todos sabem, só tem ajudado a criar estrelas.

Pode não ser dos melhores wrestlers que por aí andam, mas não tenho dúvidas de que The Miz é dos maiores talentos desperdiçados na WWE atualmente. Se há solução? Haver até há, porque no mundo do Wrestling qualquer um pode ser aposta de um momento para o outro (ninguém acreditava que Husky Harris e Bradshaw fossem dar em alguma coisa), mas o futuro não parece nada famoso para o “Awesome One”.

Resta-me acreditar que, no futuro, ele ainda pode ser alvo de uma aposta séria por parte da WWE. Não é velho, apesar de já ser um veterano, e ainda há tempo para se envolver em rivalidades de jeito que ajudem a elevar novos talentos.

Sobre o Autor

- Autor do espaço "Cutting Edge".

80 Comentários

  1. Blappa - há 10 meses

    Excelente artigo Daniel, mais um! Eu também comecei a gostar do Miz desde aquela tag team com o Morrison, aliás nessa altura era a minha tag team preferida.
    Eu acho que ele tem bastante talento e é um heel natural, é pena estar tão enterrado. Eu pessoalmente não acredito que volte a estar sequer perto do Main Event mas posso estar enganado.
    Falando agora de outro assunto, o que achaste da vitória do Ziggler frente ao KO na Raw? Então o gajo perde contra o Slater para depois ganhar ao KO? Na minha opinião ele ficou com a mesma credibilidade e a do KO desceu bastante

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Também verdade seja dita que na altura não havia muito por onde escolher em termos de Tag Teams :P

      Partilho da tua opinião. Começo a perder a vontade de ver a WWE devido a situações dessas. Vi a Raw em direto e depois disso fui logo dormir.

    • Blappa - há 10 meses

      Peço desculpa falar de outros tópicos aqui nos teus artigos mas gosto bastante de saber a tua opinião sobre outros assuntos porque partilho da tua opinião em quase tudo o que escreves

      • danielLP21 - há 10 meses

        Não tem mal nenhum. Podes falar sobre o que quiseres, é para isso que a caixa de comentários serve. Às vezes posso não desenvolver muito por ir abordar esses assuntos em artigos futuros.

  2. Anónimo - há 10 meses

    Bom artigo.

    Concordo com tudo o que escreveste. Para mim, com a saída do Punk, é o melhor que a WWE tem no mic. O Cena estagnou e o Heyman é um caso à parte. O seu trabalho no ringue é bem fraquinho mas, mesmo assim, a posição em que se encontra no card é inacreditável.

    Em relação à história com o Neville, também tive muita pena que acabasse (será que começou?). Acho que podia sair dali algo bom para os dois mas enfim. WWE being WWE.

    • sei lá - há 10 meses

      Acho que a melhor Mic é o Bray, não?

      mas, realmente… ótimo artigo… é um grande mic desperdiçado (e tem talento in ring também), enfim…

    • Tibraco - há 10 meses

      O comentário acima é meu. Esqueci-me de colocar o nome!

      • danielLP21 - há 10 meses

        Obrigado.

        O melhor não sei, visto que o Dean Ambrose e o Bray Wyatt são muito bons também, mas ele é de topo com um microfone na mão.

        No ringue melhorou de há uns tempos para cá, acho que já está num nível bem aceitável, nunca comparável, claro, a Rollins, Cesaro, Owens, etc.

  3. TNA Best Wrestling - há 10 meses

    É só sair da empresa e ir para TNA ou ROH que lá será bem aproveitado.

  4. Vitor Oliveira - há 10 meses

    Excelente artigo, muito bom

  5. Eduardo Marques - há 10 meses

    Não percebo todas as insinuações ao trabalho dele no ringue. Ele até é bastante bom no estilo de combate dele. E tem uma das melhores abilidades de ‘selling’ que já vi. Infelizmente as pessoas estão mais interessadas em ver o Ziggler a rebolar como um bacalhau depois de um estalo na cara lol

    • RybackChampion2015 - há 10 meses

      Não sabia que bacalhau rebolava… obrigado por me ensinar Prof. Girafales.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Não são insinuações. Toda a gente sabe que o trabalho in-ring não é o forte dele. Não sendo mau, não dá para comparar com os Rollins, Nevilles, Owens, Zigglers e Cesaros. Ainda assim, mais cedo colocava o Miz no topo do que o Cesaro, por exemplo.

    • IC. Dolph Ziggler - há 10 meses

      O personagem do ziggler ta ruim, mais dizer que ele nao é bom no ring é complicado né????

  6. Kick_Ass - há 10 meses

    Excelente artigo.

    Eu era grande fã da tag team dele e do John Morrison, para mim uma das melhores naquela altura e das melhores coisas que a ECW tinha para oferecer a par do CM Punk.
    Considero o Miz um grande heel que consegue ser mesmo detestável que é algo que para mim a WWE não tem neste momento.
    Ele não é lá grande coisa em ringue é verdade mas é um excelente talker que merecia mais do que ser o saco de boxe no MizTV, custa me a acreditar que volte ao main event mas quem sabe e com esta maré de lesões e a falta de star power pode ser que lhe voltem a dar alguma credibilidade.

  7. The awesome one - há 10 meses

    Excelente artigo , também comecei a ver a ECW por causa do The MIZ.

    Sinceramente as vezes acho estranho o caso do The Miz por vezes parece que a wwe não quer tratar como um jobber e parece querer fazer alguma coisa com ele como por outro lado não ganho um único combate e perde com todos.

    Por exemplo na royal Rumble não foi retratado muito como jobber(até o Rusev foi pior e o del rio) poderia ter entrado e ser eliminado por o brock em segundos mas não, ficou na mesa de comentadores durante algum tempo (algo mesmo à heel e algo bem esperto) mas depois mal entrou passado um minutos foi eliminado pelo reigns, é estranho tal como parece que querem fazer algo com ele por o facto de este estar frustrado que o estejam sempre a interromper mas passado dois minutos se for preciso é interrompido por alguém tipo um titus e perde em minutos e nada se desenvolve.

    Outro exemplo é a feud com o neville que falaste poderia ser bom para os dois mas não o the miz volta a fazer miz tv para promover Feuds de outros e neville volta a não ter nada para fazer.

    Tenho esperança por ele teve no top e sem contar com o heyman deve ser o melhor no microfone neste momento, sabe por o publico a fazer aquilo que ele quer, sabe elevar talentos e por o publico a torcer por eles como ninguém, quem sabe com um brand split ele consiga recuperar alguma credibilidade ou então numa Tag Team de gajos frustrados com o booking, como chegou-se a falar tipo com o dolph que ta numa situação quase parecida com a dele.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Eu não comecei a ver ECW por causa dele (já via antes), mas era das raras atrações desse programa.

      De acordo.

  8. BRUNOju - há 10 meses

    Excelente artigo. Eu respeito o trabalho dele, acho que cumpre o seu papel, além de ter boas habilidades no microfone e no ringue. Eu até gosto do Miz TV… Quando se tem participantes interessantes.

  9. wellington - há 10 meses

    Top heel já the miz, nesse tempos de desperdiço de talentos e lesões

  10. TNA Best Wrestling - há 10 meses

    BRUNOju com certeza já sei pq acompanha a WWE .
    Mais vale fazer história nas empresas fora e chegar com status na WWE do que simplesmente se Jobber lá como AJ Styles.

  11. Frederico_WWE - há 10 meses

    Mas espera lá… é suposto eu “admirar” um gajo que chega a casa e tem alguém como o Maryse para o consolar? Ahahah estou a brincar… é assim o Miz como heel é exelente e proporcionou muitos momentos relevantes tais como a tag team com o John Morrison que para mim foi a altura em que mais admirei o Miz e fez um muito bom trabalho como Money In The Bank e mais tarde como WWE Champion e até recentemente com o Damien Sandow para mim são os melhores momentos da sua carreira e é um heel óptimo na medida em que ele é daqueles gajos que são odiados quase de uma forma natural…

    Mas… e há sempre um mas devo dizer que ele só foi WWE Champion porque a WWE atravessou uma fase eu diria vergonhosa e com uma falta de qualidade no seu roster e no seu main event inacreditável… se muitos de nós criticamos este ano de 2015 e agora 2016 a WWE em 2009 e 2010 estava na “lama” do ponto de vista qualitativo com o seu epílogo a ser para mim talvez uma das 5 piores WrestleManias de sempre refiro me à WrestleMania 27… pior só mesmo a WrestleMania 2 e a 5 eventualmente…

    Depois o Miz quanto a mim sendo um dos top heels da era moderna ou seja dos últimos anos recentes da companhia e sendo um ex Intercontinental Champion, United States Champion, Tag Team Champion, WWE Champion, Money In The Bank, Triple Crown Champion, Grand Slam Champion e inclusivamente em 2011 foi o melhor da Pro Wrestling Illustrated… também é verdade que na minha opinião ele só tem este “currículo” porque a WWE nos últimos anos tem uma falta de qualidade do ponto de vista de mid card e tag team division gigante.

    Eu arrisco me a dizer que o Miz se estivesse numa Era de há 10 ou 15 anos atrás não tinha 80 % do currículo que tem hoje… e quem diz o Miz diz o Kofi Kingston… ou seja são lutadores que eu considero que têm uma quantidade de títulos ridícula e absurda para aquilo que se calhar deviam ter… por exemplo o Miz tem mais títulos que o Eddie Guerrero ou o Chris Benoit ou o William Regal ou Rob Van Dam ou Kane ou o JBL ou o Booker T (versão WWE) e está próximo de um currículo de Kurt Angle em termos de títulos só para que se tenha ideia disso que tou a dizer… o que mostra bem a falta de qualidade do mid e até upper card dos últimos anos… comparando com outras épocas.

    Resumindo: Como heel o Miz é exelente e como babyface foi demasiado mau e tem todo o crédito pela carreira que tem contruída na WWE… mas beneficou muitas vezes dos contextos dos últimos anos.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Isso de aproveitar contextos faz parte do Wrestling. O The Rock afirmou-se de vez depois da lesão do Stone Cold, por exemplo.

      • Frederico_WWE - há 10 meses

        Sim faz parte do Wrestling, olha do futebol também e da vida em geral mas a meu ver há Wrestlers que chegam a um patamar desproporcional no que toca a títulos/potencial deles e a meu ver o Miz é um exelente exemplo de alguém que tem títulos a mais para o seu valor total… e não digo que ele não tenha muito valor mas para tudo isto que alcançou? Insisto numa outra altura acredito que ele não alcançaria esse patamar.

  12. 434 Days - há 10 meses

    Excelente artigo.

    O Miz é um heel do mais puro que há. Consegue provocar reacções negativas com grande facilidade. Penso que já não deverá a atingir o Main Event novamente, mas não me importava nada de o ver como manager daqui a uns anos, pois o seu talento do mic tem tudo para fazer maravilhas durante muitos anos.

  13. Sorlei Rui Oltramari - há 10 meses

    Grande Daniel! Mais um artigo de luxo e com um tema bastante interessante.

    Quanto ao Miz, o acho um dos melhores da atualidade. O seu carisma e suas mic-skills falam por si, não é necessário me alongar aqui. Tirando uma escorregada que outra, ele consegue levar feuds a outro nível somente com sua fala. Quanto ao seu trabalho em ringue, não acho ruim. Se o derem o oponente certo, ele fará maravilhas. Nos bastidores deve ser uma excelente pessoa para se fazer amizade.

    Adorava a Tag entre ele e o Morrison, pois tinham uma grande química e um complementava o outro muito bem. Gosto também da atitude dele em elevar vários talentos quando ele mesmo merece muito mais do que recebeu até hoje. Lutou no ME da Wrestlemania, mas é como se não tivesse lutado, pois o foco foi todo em Cena e Rock. Me parece que o ódio sofrido pelo Miz por parte de alguns fãs ainda se deve ao fato de este ter vindo de um Reality Show e representar tudo o que a WWE se tornou agora, ou seja, mídia, entretenimento, programas de televisão, etc, em suma, tudo o que alguns dos fãs de wrestling mais ‘old-school’ e fanáticos detestam.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      “Me parece que o ódio sofrido pelo Miz por parte de alguns fãs ainda se deve ao fato de este ter vindo de um Reality Show e representar tudo o que a WWE se tornou agora, ou seja, mídia, entretenimento, programas de televisão, etc, em suma, tudo o que alguns dos fãs de wrestling mais ‘old-school’ e fanáticos detestam.”

      Exatamente, mas ele merece mais crédito.

  14. João Cruz - há 10 meses

    É dos poucos que eu gosto do plantel atual

    • danielLP21 - há 10 meses

      Por acaso gosto de quase todos :P

      Aliás, acho que nunca houve um plantel em que eu gostasse de tanta gente, o problema é que quase nenhum é relevante.

  15. Reigns one versus all - há 10 meses

    Bom artigo,Daniel.

    Pessoalmente acho o Miz um gajo muito bom no mic,consegue colocar over um Baby face com as suas palavras.
    Em ringue,não é nada por aí al em,mas cumpre.

    Eu não acho o Miz um gajo para o Main Event,mas com uma aposta seria da wwe,pode ser um top midcard.

    Opinião pessoal,não sou grande fã dele,tem instinto de Heel muito bom.
    Talvez se o colocassem na divisão tag team poderia ser melhor aproveitado.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Claro, não tem que ser main-eventer, até porque há mais pessoal em “lista de espera” atualmente, mas podia perfeitamente estar envolvido em boas feuds no mid-card.

  16. Galloway - há 10 meses

    Óptimo tema para o artigo.

    O Miz é atualmente o gajo que atrai mais heat, só de aparecer quase, é uma montanha de heat a vir na sua direção.

    Nisso é muito bom, a elevar novos talentos (e antigos também) está na lista dos melhores, mas enfim, desde há muito que a sua função apenas passa por isso e duvido que mude.

    Não que não seja bom, é um bom talent enforcer, mas talvez ainda fosse útil em outras coisas.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Um gajo destes é sempre útil, seja na divisão de Tag Team ou no mid-card a elevar pessoal sem ser um jobber.

  17. Yan_Ribeiro - há 10 meses

    Bom artigo, em um ótimo “timing”, pois esta semana o Miz realmente me fez sentir saudades do tempo dele de WWE Champion.

    Ao decorrer de sua promo na RAW, Miz mostrou mais uma vez porque é (para mim) o maior “natural heel” do roster. A intensidade das suas emoções ali foi uma coisa extraordinária! Ele conseguiu colocar a crowd atrás do AJ em segundos e me fez perceber o quanto ele vem sendo injustiçado.

    Há pouco tempo a WWE esboçou uma breve parceria entre ele e o Neville, o que seria, extremamente, positivo para os dois lados, vendo que os mesmos estavam sem rumo na companhia. Infelizmente, como é de ser esperar dos oficias da equipe criativa, a parceria foi cancelada. Hoje os dois continuam sem rumo na WWE.

    Concordo, quando diz que ali ele poderia ter iniciado uma rivalidade com o AJ, mas já tinha percebido que a WWE ainda estava planejando mais entre o Y2J e o AJ. Discordo quando falas que uma nova vitória sobre o Jericho não vai ser mais credível, realmente, não vai ter mais o mesmo impacto como o de uma primeira vitória, mas ainda pode ser sim credível dependo da forma que isto pode vir a acontecer. Pelo que estou vendo a WWE quer levar a rivalidade dos dois ao Fastlane. Como isso vai acontecer? Vamos esperar, ainda dá para tirar uma boa rivalidade disto.

    Enfim, para não desviar muito do assunto do artigo, volto a dizer que o Miz é um talento desperdiçado com uma mic skill altíssima e um in ring … extraordinário? Não, porém muito longe de ser ruim.

    Espero que com essa amostra do trabalho do Miz na RAW, possa fazer os oficias da WWE olharem para ele novamente.

    Novamente, bom artigo.

  18. Gonçalo"the best" - há 10 meses

    É inacreditável o que a WWE desperdiçou com o The Miz. Muito criticado na IWC mas é um gajo que consegue ser muito bom no microfone , razoável no ringue e muito carismático. Ele é o perfeito “chickenshit champion”. Tenho pena no estado em WWE o deixou…

    “Basicamente, The Miz voltou a fazer aquilo que fez a carreira toda: colocar outras pessoas over através das suas palavras.” Ele e o Ziggler(no ringue) são os melhores a por o pessoal over. Tenho pena que os fãs só darem credito ao Ziggler.

    Grande artigo, Daniel!

  19. FranciscoAP - há 10 meses

    Bom tema!

    Eu gosto do Miz. Até gosto muito. Além das mic skills, que trataste de resumir na perfeição, acho que ele como wrestler é exageradamente subvalorizado. Calma, não estou a dizer que é um wrestler do catano. Mas tem um bom move-set, mais interessante e variado que o da maioria do roster, e é um bom storyteller.

    Por outra palavras, podia ser bem melhor aproveitado. Claro que há muitos assim na WWE, não é segredo nenhum, mas o Miz acaba por ser um caso que se destaca porque, teoricamente, é uma espécie de “total package”. Sim, também o são alguns dos tais que não são aproveitados, mas quantos desses é que já tiveram reais oportunidades para vingar e vingaram como o Miz conseguiu?

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Exatamente: um bom storyteller. Vende bem, foi evoluindo tecnicamente (não esquecer que veio de um reality-show e não de uma Ring of Honor) ao longo dos anos, no microfone é o que se vê…

      Sem dúvida. Como ele tens o Cody Rhodes (melhor em ringue, talvez ligeiramente pior no microfone, mas pesando a balança vai dar ao mesmo) e o Damien Sandow. Depois há aquele pessoal que é muito bom em ringue e não tão bom no microfone, mas que com o booking certo podiam chegar lá (Ziggler, Cesaro, Ryba… esquece).

  20. Anónimo - há 10 meses

    Bom artigo. Parabéns.

  21. Sam - há 10 meses

    Bom artigo danielLP21.
    The Miz é um talento subaproveitado, que poderia ter ido mais longe. Certamente ele ainda pode sair do fundo do poço, mas, é quase invitável a sua bancarrota no momento.
    Miz é bom no microfone, é carismático e é no mínimo razoável em seus combates. Como muitos ele foi da glória ao fracasso e sua breve, estúpida, e sem sentido(não serviu a ninguém) rivalidade com Alex Riley provou que a lama é o que viria a seguir. Miz no Raw fez maravilhas, mas acredito que foi algo como uma noite apenas. Até acredito em um novo combate entre o Mi e o AJ Styles, e pelos dentes quebrados do Miz isso tem de acontecer.
    Foi frustrante a seu angle com o Neville ter terminado sem nenhuma explicação motivo, era algo que poderia ter rendido razoavelmente, visto que nenhum dos dois tem/tinha nada de novo para fazer.
    WWE deveria dar ao Miz esse material dele ser o criado de estrelas que se voltam contra ele, como poderia ter sido com o Neville, ou poderá ser com o Breeze- formariam uma tag team engraçada, com um objetivo, e muito arrogante-, para mais tarde o tornar num ser mais violento. Isso colocaria o Miz em patamar de interesse maior e seria o caminho que eu seguiria/aplicaria ao Miz.
    Como falastes do Miz há uma longa lista de comentáveis sobre esse tema… A WWE não se preocupa com o dia de amanhã até ele chegar, e chegar violento e com muita dificuldade de reversibilidade.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Gostava muito de ver o Miz nessa função de criador de estrelas, como uma espécie de manager. Resultou com o Sandow (não resultou porque a WWE cagou no Sandow), quase de certeza que resultaria com o Neville… Enfim, um desperdício.

  22. TNA Best Wrestling - há 10 meses

    AJ styles não é jobber por enquanto mais no futuro será só mais um lá.

  23. Ryback Rules - há 10 meses

    Infelizmente, acho que não vai sair de cepa torta…

    • Ryback Rules - há 10 meses

      Como comentador ou manager, já tenho uma opinião completamente oposta.

      • danielLP21 - há 10 meses

        Em que sentido? Achas que tem futuro nessas funções ou achas que não se daria bem?

      • Ryback Rules - há 10 meses

        Como comentador ou manager, tem potencial para ser um dos melhores na história da WWE. Falta é saber se a WWE está disposta a investir nele…

        Como wrestler ativo, é que eu acho que não vai ultrapassar o patamar atual em que está… Só tenho esperanças se ele entrar numa stable. Os Social Outcasts eram uma boa opção… Uma stable com este tipo de atitude era a ideal para ele. Tal como os New Day, os Social Outcasts têm de ter aprovação do público para terem sucesso. Na minha opinião o Miz poderia ajudar-los mais facilmente a atingir essa meta. Mas no entanto, se me pedissem para retirar um dos atuais membros para lhe dar o lugar, sinceramente não sabia por qual optar…

      • danielLP21 - há 10 meses

        Sendo assim, concordo. Aliás, ele em 2012 ou 2013 foi comentador no Main Event durante uns meses e foi fantástico nessa função.

  24. Telespectador - há 10 meses

    Também acho o The Miz muito talentoso, e interessante que mesmo com a WWE não o aproveitando ele consegue desempenhar bem seu papel, tem ótimas Mic Skills. Espero ainda vê-lo em uma grande rivalidade em um Main Event, pois ele merece, ele tinha tudo para ser um Top Heel ou até mesmo um Top Baby face, qualidade para isto ele tem e seria uma melhor aposta do muitos wrestlers (Roman Reigns) que a WWE tem apostado. The Miz é fantástico, e a prova disto é que mesmo com um booking ruim e uma gimmick não muito boa ele consegue puxar os holofotes para si e prender nossa atenção quando está no centro do ringue.

  25. Dan Lannister - há 10 meses

    Bom artigo.
    Sinceramente tenho pena ao ver a WWE desperdiçar tantos talentos, é incrível como conseguiram tirar totalmente a credibilidade de alguém que bateu o Cena no Main Event de uma WrestleMania.
    Como foi referido no seu artigo, ele é ótimo em mic skills, razoável em ring, diria que até melhor que alguns que andam a receber um push monstruoso na companhia.
    Não vou dizer que o Miz retorne ao Main Event, é quase impossível que tal aconteça, mas pode ser que ainda ganhe alguns títulos no Mid Card e tenha algumas feuds interessantes, qualquer coisa é melhor do que a situação lastimável em que ele se encontra.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Ele não precisa de ganhar mais títulos de mid-card, até porque quando os ganha os reinados não valem nada (tirando o reinado como Campeão dos EUA em 2010). Precisa é de ser bem utilizado e elevar pessoal sem ser através de squashes, ou seja, em feuds bem construídas e relevantes.

      • Dan Lannister - há 10 meses

        É verdade, ele não precisa de títulos, mas se estiver envolvido em alguma rivalidade interessante com algum campeão de mid card e estiverem dispostos a lhe dar um reinado minimamente descente, por que não?
        Mas concordo, a prioridade é que Miz fique elevando o pessoal, mas para isso ele precisa de um minimo de credibilidade, coisa que não tem no momento.

  26. TomasMiz - há 10 meses

    Apesar não gostar de ti nem das tuas opiniões devo confessar que esta até acertas-te em cheio como todos sabem o Miz é aquela cena para mim ou seja o meu wrestler favorito e de resto concordo com tudo o que está escrito e ainda vão bem a tempo de colocá-lo com o melhor heel da empresa BECAUSE THE MIZ IS AWESOMEEEEEE!!!!!!

  27. Half man half amazing - há 10 meses

    Eu sou suspeito para falar do The Miz pois é o meu wrestler favorito atualmente. Comecei a virar grande fa dele quando se tornou wwe champion que foi numa altura em que voltei a ver wwe depois de alguns anos. Acho-o o melhor talker da empresa se lhe derem liberdade para isso e acho-o um heel de excelência sempre fui fã de grandes heels como hhh, edge e randy orton e para mim o miz representa o ultimo grande heel que a wwe revelou. Nao desgosto desta nova gimmick porque inexplicavelmente tudo o que o miz faz eu gosto de assistir mas preferia a antiga como é logico. contudo com outro aproveitamento considero que esta tinha igualmente tudo para ter mais sucesso. Chegou a haver fases em que as raws estavam tao más que eu só assistia aos segmentos do miz no dia seguinte. De fato existem muitos fãs que nao gostam dele porque no ringue ele não é nada de extraordinário e agora virou modinha só olhar para as ringue skills mas nao tem como negar que o miz é um grande wrestler e marcara certamente presença no hall of fame um dia por tudo aquilo que conquistou na sua carreira. Neste momento vejo a sua credibilidade demasiado arrasada para ser elevado ao main-event da mesma forma que vejo o main event muito preenchido mas ja que a wwe esta em conversações com a lucha que tal trazer o morrison de volta e reviver esses bons velhos tempos de forma a restaurar a credibilidade do miz e a dar uma segunda oportunidade ao John (eu sei que ele nao saiu pela porta grande mas ja teve outros casos como del rio por exemplo e a wwe conseguiu chegar a um acordo com ele!)

    • danielLP21 - há 10 meses

      Também gostava de os voltar a ver juntos. Acho que o Morrison mais dia menos dia vai voltar à WWE, seja ou não para fazer equipa com o Miz.

  28. RFBM - há 10 meses

    Bom artigo Daniel, a minha opinião à cerca do Miz é positiva, tem boas mic-skills e no ringue, apesar de roçar apenas os limites do razoável, cumpre quando é preciso. Não o vejo como main-event, e possivelmente nem como nº1 Contender ao título da WWE, mas como top-midcarder não vejo problema nenhum. A equipa entre Miz e o Morrison também é uma das minhas preferidas.

  29. LCS - há 10 meses

    Eu falei praticamente a mesma coisa resumidamente em um comentário aqui no site.Não tenho muito a acrescentar.Ótimo artigo!!!

  30. Seth "Freaking" Rollins - há 10 meses

    Alguns personagens perdem o apelo ao main event depois que o alcançam, como o Del Rio, que em seu personagem dizia ser o destino dele vencer o WHC, etc. Depois disso, o personagem não fazia mais sentido.

    Com o Miz foi exatamente igual, as promos em que ele se vangloriava e jogava na cara de todo mundo que finalmente chegou ao topo foram sensacionais porque fazia todo o sentido. Foi um grande run, de fato, mas, depois disso, passou. Ele tentou um face turn e não deu certo, logo depois veio com esse personagem de Hollywood Guy que, apesar de divertido, não tem calibre para o main event de maneira nenhuma. O Miz que a gente viu no auge dificilmente vamos ver novamente.

    Obs.: revendo a promo dele que ele anuncia estar na capa da revista, é a melhor da carreira dele na minha opinião.

  31. winchester - há 10 meses

    maior injustiça de sempre o modo como o miz é tratado

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador