Cutting Edge #43 – Motivação abaixo de zero

Daqui a pouco mais de dois dias, a WWE vai apresentar o último PPV antes da WrestleMania. Pessoalmente, devo confessar que neste momento a minha motivação está abaixo de zero. Comparada com a do ano passado, esta Road To WrestleMania está a ser fraquíssima.

Apesar de ter gostado da última Raw, continua a não haver nada que me faça ansiar pelo Fast Lane. Pior do que isso, não vejo como as coisas podem melhorar daqui até à WrestleMania.

Histórias sem sal, combates repetidos e derrotas inexplicáveis de lutadores que vinham sendo protegidos. É isto que está a acontecer neste momento na WWE. O mais irónico de tudo é que, pelo menos para mim, a Divisão mais coerente e em melhor estado atualmente é a Feminina, a tal Divisão que ao longo dos anos esteve na lama. E mesmo hoje em dia não está nada de especial, simplesmente o resto está ainda pior.

Vou então começar a minha antevisão do Fastlane de domingo.

Alberto Del Rio e Kalisto vão defrontar-se pela enésima vez no espaço de um mês e meio. A  WWE optou finalmente por criar uma estipulação, mas mesmo assim o meu interesse por isto é nulo.

No espaço de meses, a WWE conseguiu destruir o trabalho que fez com o Título dos EUA desde que Rusev o conquistou, provando que o que importava eram os nomes que detinham o cinto e não o título em si. Rusev foi um bom campeão, protegido e credível, mas apenas para perder o título, como já se esperava, para John Cena.

Ou seja, toda aquela proteção serviu para dar mais uma “grande” vitória a Cena e não para fazer de Rusev um lutador de topo. Prova disso é o seu rumo desde essa rivalidade.

Com John Cena na posse do Título dos EUA, este parecia ter ganho nova vida. Os “Open Challenges” foram uma lufada de ar fresco nas Raws e a qualidade dos combates foi fantástica. No meio dos dois reinados de Cena, Seth Rollins fez História ao tornar-se no primeiro lutador a deter o Título da WWE e o Título dos EUA em simultâneo. Esse pequeno reinado serviu apenas para isso e, por mim, não houve problema, já que Cena o recuperou de seguida e voltou aos seus “Open Challenges”.

No Hell In A Cell, porém, começou a queda deste título. Alberto Del Rio voltou com Zeb Colter ao seu lado, não saiu nada de jeito dessa união que entretanto terminou de forma apressada e às três tabelas, o título foi ficando para segundo plano com a formação da League of Nations e Del Rio acabou por perdê-lo para Kalisto numa Raw, recuperando-o no dia seguinte. Aqui, a WWE podia ter decidido começar do zero com Del Rio e dar-lhe um segundo reinado mais decente, mas no Royal Rumble Kalisto voltou a vencer o título.

Ou seja, neste momento tanto Alberto Del Rio como Kalisto são Campeões dos EUA por duas vezes sem que o título tenha ganho algo com isso. Serão apenas estatísticas para quando um dia forem, eventualmente, homenageados no Hall Of Fame ou fizerem um regresso surpresa.

Quanto ao resultado de domingo, não faço a mínima ideia de quem vai vencer, até porque não tenho estado muito atento a esta espécie de rivalidade, tal como não tenho ideia do papel que este título terá na WrestleMania. Basicamente, no espaço de um ano este título deixou de ser uma das principais atrações da WWE para voltar ao esquecimento, lembrando os tempos de Cesaro ou Dean Ambrose como campeões.

Aposto em Kalisto, apenas porque acho que não vão rodar mais uma vez o título e talvez ele o defenda num Combate de Escadote na WrestleMania, usando o mesmo spot do TLC, embora possa estar no combate sem entrar como campeão. Aliás, não me admirava nada que o título nem sequer fosse defendido no maior evento do ano.

Como estão os dois na miséria, não interessa muito quem vai sair do Fastlane como campeão. Prova disso é o facto de o combate ter lugar no kick-off.

Como sabem, Edge é o meu lutador favorito de sempre e Christian também está na minha lista de preferências. Por isso, não me importo minimamente que tenham um segmento neste PPV, sobretudo quando esse segmento terá como protagonistas os New Day, ainda uma das principais atrações da WWE.

No entanto, isto serve para mostrar a falta de adversários credíveis para os campeões. Chegamos ao ponto em que eles não defendem os títulos porque já derrotaram a divisão de equipas toda, no que a babyfaces diz respeito.

Não espero muito mais deste segmento a não ser uns minutos de risota e, eventualmente, a estreia dos SAWFT, hipótese que vem sendo rumorada. Pessoalmente, não me aquecem nem me arrefecem. As minhas equipas favoritas do NXT são os American Alpha e os Vaudevillains. As restantes não me dizem nada.

Vão-me desculpar, mas não há absolutamente nada para dizer sobre isto a não ser que este combate é o espelho da WWE: falta de empolgamento, repetitividade e completa alienação daquilo que é a vontade dos fãs ou, em alternativa, muita lata para brincarem com eles.

Braun Strowman vs Big Show no main-event de uma Raw? Eu percebo que queiram dar algum destaque à Wyatt Family, mas Braun Strowman vs Big Show no main-event de uma Raw?! A WWE acha mesmo que, em 2016, os fãs ficam ansiosos por ver um combate destes?

Quanto ao Fastlane, o resultado é óbvio. Tão obvio que não vai credibilizar a Wyatt Family em nada. O número de vezes que Kane já os defrontou é proporcional ao número de turns já realizados por Big Show. Além disso, Ryback teve uma rivalidade com Bray Wyatt há uns meses. Isto não trouxe nada de novo ao produto da WWE e não vai deixar saudades a ninguém. Talvez a Vince McMahon, vá. Não me admirava nada que no dia seguinte tivéssemos uma desforra na Raw.

Finalmente uma história nesta divisão com cabeça, tronco e membros. Ao contrário do que acontece na esmagadora maioria das vezes, em que equipas se separam porque sim, desta vez feita tivemos uma separação gradual e lógica da Team B.A.D. Além disso, Sasha Banks não está a ser retratada como uma babyface a 100%, quer simplesmente vingar-se do que Tamina e Naomi lhe fizeram, ao passo que Becky Lynch, sim, é a heroína e conseguiu entrar nesta história sem ser de para-quedas e apenas para fazer número.

Becky e Sasha vencerão, Naomi e Tamina terão um combate em PPV. Tudo ótimo. Depois do combate até podemos ver Sasha a atacar Becky, mas o mais provável é isso acontecer numa Raw.

E a razão pela qual acho que Sasha Banks e Becky Lycnh continuarão a ter problemas é o mais que provável Triple Threat em que estarão envolvidas na WrestleMania, com o Título de Divas (detesto usar esta definição e, por isso, vou escrever “Título Feminino” nos meus artigos daqui em diante) em jogo.

Obviamente que a campeão à entrada para esse combate será Charlotte e o combate entre esta e Brie Bella servirá apenas para lhe dar mais uma defesa de título bem-sucedida neste reinado que, até agora, tem sido positivo.

Pela primeira vez na minha vida vou dizer isto: gostei da promo de Brie Bella na Raw! É verdade que continua a estar abaixo do nível apresentado por outras lutadoras ao microfone, mas comparando com o seu registo habitual, foi uma agradável surpresa. Caso se confirme a sua reforma em breve, espero que seja feliz com Daniel Bryan e que se saia melhor como mãe do que como lutadora, o que não deverá ser difícil… Talentosa ou não, é uma veterana e é bom ver que vai sair elevando quem fica a carregar a Divisão nos próximos anos.

Quanto a Charlotte, está a ser uma heel muito boa. Melhorou ao microfone, o que está associado ao facto de ser vilã, papel em que se sente muito mais confortável, e o próprio guião tem sido um fator positivo. Na última Raw, já se esperava que usasse a reforma de Daniel Bryan e, a meu ver, isso não tem mal nenhum, até porque não disse nada de ofensivo ou polémico.

Apesar de não ter sido perfeito (não gostei do facto de Brie Bella desistir para Natalya em segundos e umas semanas depois vencer Charlotte de forma limpa apenas para garantir um combate pelo título), o booking desta rivalidade não foi o terror a que nos habituaram. Espero que esta Divisão assim continue, pelo menos, até à WrestleMania.

Na última Raw, fomos surpreendidos com a mudança de Campeão Intercontinental. Kevin Owens recuperou o título dois meses depois de o perder (e depois de perder todas as desforras, incluindo um Last Man Standing) e, sinceramente, não sei o que pensar.

Nas semanas anteriores a esta conquista, Owens esteve envolvido com Dolph Ziggler na já famosa lenga-lenga dos 50/50. De repente, ganha o título apenas para que se pense que Dean Ambrose terá mais hipóteses de sair do seu combate como campeão (já lá vamos…). Não gostei. Ou será que isto foi apenas para que o título fosse defendido no PPV?

Seja como for, não gostei. Kevin Owens e Dolph Ziggler podiam muito bem lutar pela 874356ª vez em oito ou nove meses sem o título em jogo. Além disso, que será do título de seguida? Owens vai chegar à WrestleMania com ele? Defendê-lo-á contra AJ Styles ou num combate com várias pessoas? Ou será que Dean Ambrose o recupera daqui a poucos dias?

É certo que Owens vai ganhar o combate no Fastlane, mas não estou a gostar do rumo que a sua personagem está a levar. Basicamente, está a ficar ao nível do restante mid-card e isso só pode ser mau.

Mais um combate já visto há pouco tempo, ainda que menos vezes do que o anterior. Como disse no artigo sobre The Miz, acho que este devia ser o adversário de AJ Styles no Fastlane. Sim, é sempre bom ver um AJ Styles vs Chris Jericho em PPV, mas esse combate já teve lugar numa Raw e numa SmackDown. Já perdeu “aquela” magia.

São dois lutadores que precisam de vencer a rivalidade, e só um o poderá fazer. Obviamente que a prioridade é AJ Styles e será este a levar de vencida, mas Chris Jericho não ganha uma rivalidade há anos. Se ele vier a lutar na WrestleMania, quem é que acredita que ele elevará o seu adversário? Infelizmente, neste momento encontra-se na mesma posição que Kane e Big Show: não eleva ninguém, se bem que no caso do “Y2J” ainda haja cura, não só pelas suas qualidades ao microfone (parecendo que não, a capacidade de vender combates à partida previsíveis sempre disfarça o número de derrotas) mas também por não ter a imagem desgastada como as de Kane e Big Show.

Gostava de ver Jericho a lutar pelo Título Intercontinental na WrestleMania, como vilão (a sua última grande rivalidade foi como vilão, contra CM Punk, e foi fantástica) e contra Dean Ambrose, mas infelizmente não me parece que tal vá acontecer. O que é certo é que, no próximo domingo, Jericho vai somar mais uma derrota, enquanto AJ Styles vencerá, de forma natural, a sua primeira rivalidade na WWE.

Por fim, o main-event mais desinteressante dos últimos tempos. A WWE tinha aqui uma oportunidade para surpreender, colocando Dean Ambrose no main-event da WrestleMania contra Triple H e Roman Reigns a enfrentar The Undertaker, perdendo e virando heel na noite seguinte contra o seu irmão.

Mas como não faz grande sentido acabar com uma história que vai a meio, Roman Reigns vai vencer este combate. O mais provável é ser Dean Ambrose a sofrer o “pin”, justificando a sua aparição de para-quedas neste combate. Quanto a Brock Lesnar, pode ser atacado pela Wyatt Family, mas não sei se isso acontecerá no PPV ou na Raw.

Só não queria ver Dean Ambrose a sair prejudicado desta situação. Ele perdeu o Título Intercontinental para que as pessoas acreditassem que teria mais hipóteses de vencer. Erro crasso.

Porque é que a WWE não olha para a sua própria História quando tem dúvidas sobre como escrever alguma coisa? Em 2005, John Cena venceu no último PPV antes da WrestleMania, ganhando a oportunidade de lutar pelo Título da WWE na WrestleMania, e era Campeão dos EUA. O que é que a WWE fez a seguir? Pegou num dos capangas de JBL (o Campeão da WWE), Orlando Jordan, e deu-lhe o Título dos EUA de uma forma que não descredibilizou Cena no seu caminho rumo ao topo.

Ora, Dean Ambrose podia perfeitamente vencer no domingo sendo Campeão Intercontinental! Claro que isso nunca aconteceria, pelas razões que se sabem, mas o facto de perder o título não torna a sua vitória mais ou menos provável! Faria todo o sentido ele vencer e ser tramado pela Autoridade na Raw do dia a seguir da mesma forma que foi na última Raw.

Assim, Ambrose perderá no domingo e, em princípio, ficará sem o seu Título Intercontinental (não quero ver Kevin Owens com um reinado de dias). O que é que ele vai fazer na WrestleMania? Estar envolvido num combate com vários lutadores só para ocupar espaço? É esse o papel que lhe está reservado daqui a umas semanas quando agora anda a lutar em main-events?

A minha última esperança é que seja ele o escolhido para defrontar The Undertaker, mas nem isso vejo a acontecer. Tendo em conta a sua enorme qualidade ao microfone, podia fazer o mesmo que Bray Wyatt no ano passado e carregar a rivalidade sozinho, mas não estou mesmo a ver a WWE a seguir esse caminho.

Enfim, não estou nada entusiasmado com o panorama atual da WWE e as lesões não servem de desculpa para tudo. Ainda estou para saber qual é a lógica de um campeão com o poder para marcar os combates que quiser criar um Triple Threat com a besta que ninguém, supostamente, quer enfrentar, e com dois lutadores de que não gosta, sendo que um deles está em rivalidade consigo, dando aos três uma oportunidade de ouro. Desejo-vos um bom PPV (dentro do possível) e um ótimo fim de semana. Na próxima sexta-feira cá estarei novamente.

Sobre o Autor

- Autor do espaço "Cutting Edge".

66 Comentários

  1. Tibraco - há 10 meses

    Por mim, acabava com o PPV entre o Royal Rumble e a WM. Andamos a engonhar, a repetir combates, tudo para não desenvolver as rivalidades que, teoricamente, terão o seu desfecho na WM. Reigns/HHH e Lesnar/Bray são bons exemplos. Depois, claro, resulta neste card que tem dois combates minimamente interessantes. Ainda assim, é justo dizer que o main event até foi razoavelmente promovido.

    Del Rio vs Kalisto. Concordo contigo. Acho que dá Kalisto e não me surpreenderia se o Título não fosse defendido na WM. Mesmo que o seja deverá ser num combate curto.

    O segmento dos New Day é desnecessário. Pá, façam isso numa Raw, têm mais do que tempo. No entanto, não deixas de ter razão. É patética a ausência de equipas faces no roster. Com tantos lutadores sem rumo, como o Neville, isso só acontece por desleixo.

    Combate de TT. Ya, no dia seguinte temos desforra. Isso é certinho. De resto, concordo com tudo. O Kane leva o pin.

    KO vs Ziggler. Também acho que vence o KO. Há cerca de mês e meio, estava confiante de que o gajo podia ganhar o Rumble. Ou que lutaria com o Brock na WM. Apostei até que teria mais destaque do que o Ambrose ao longo de 2016. De repente, metem-no numa situação destas. Não dá para entender estas flutuações.

    AJ vs Y2J. Interessante. É repetido mas tem uma história por trás. Até agora tenho gostado muito do AJ e espero, obviamente, que vença no domingo.

    Main event. A marcação do combate foi patética. Uma das decisões mais ridículas que vi nos últimos tempos. A partir daí, acho que se safaram a promover o combate. Em relação aos Wyatt’s, espero que NÃO ataquem o Brock. Por que raio o fariam? Quanto muito deveria ser o Brock a atacá-los! Além de que não consigo esquecer o “Anyone but you Roman”. Então o Bray vai, ainda que involuntariamente, ajudar o Reigns?

    Também acho que vence o Reigns. Gostava muito que fosse o Dean mas não me iludo. Na WM, aposto em Reigns/HHH, Brock/Wyatt (sem a porra do ataque no PPV!), KO/AJ e Ambrose/Taker.

    Boa antevisão e um bom PPV também para ti.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      O segmento dos New Day podia ser na mesma no domingo, mas no kick-off, em vez do combate pelo Título dos EUA, mas a WWE tem noção de que os fãs preferem ver os New Day (assim como Edge e Christian) em vez do Del Rio/Kalisto nº 350.

      AJ/Y2J é sempre interessante. Simplesmente já não há aquele sentimento de ansiedade pelo combate.

      Sinceramente, prestei pouca atenção à promoção do main-event. Ok, focaram-se na amizade Ambrose/Reigns, mas já o tinham feito em novembro. Isto é um filler não filler que não me despertou qualquer interesse.

      Ambrose vs Taker? Achas? Era tão bom…

      • Tibraco - há 10 meses

        A parte da amizade foi mais do mesmo. Mas curti o papel do Brock, excepto aquele primeiro segmento em que ficou a rir na cara do Dean. Eu também sou um bocado suspeito para falar porque qualquer combate do Brock me interessa, portanto posso estar a sobrevalorizar esta questão.

        Por acaso, estou bastante confiante. É uma questão de encaixar as peças. A não ser que o Cena regresse (ou o Sting) o Ambrose é o candidato mais credível. Um pouco como fizeram com o Punk há 2 (?) anos. Se não for o Dean, quem é que eles vão por com o Taker?

      • danielLP21 - há 10 meses

        Foi há 3.

        Pois, realmente não há mais ninguém. A não ser que optem pelo AJ Styles. Mas os rumores (vale o que vale) dizem que é alguém de fora do plantel.

  2. TNA Best Wrestling - há 10 meses

    Vai ser um PPV 5 estrelas para alguns fãns , por que para alguns a WWE tem o melhor booking do mundo.

  3. Sam - há 10 meses

    Bom artigo danielLP21.
    O FastLane como um todo está a gerar pouco ou nenhum interesse, é um card no mínimo fraco, e neste ano um dos PPV’s menos promovidos, supostamente era para ser um ponto de parada importante mas nada. Depois da unificação dos títulos mundiais tornou-se desnecessário um evento em fevereiro.
    Para domingo guardo pequenas, improváveis e porque não infantis expectativas de ser surpreendido, em especial, no main event.
    Kalisto vs Del Rio, é um combate com dois bons trabalhadores mas vazio de interesse, a estipulação ajuda porém, talvez, tenha vindo tarde de mais, e é provável que no Royal Rumble essa estipulação fosse mais bem-vinda. Kalisto vence e para o Alberto seria bom que ele voltasse um pouco a sua personagem de mexicano rico, era personagem enjoativa mas melhor que a sua atual, ele poderia começar a liderar a League of Nations e cooptar o Sin Cara para fazer parte da mesma levando a uma mask vs mask title match na Wrestlemania.
    Segmento com os New Day servirá para apresentar os Enzo e Cass. Só fará sentido se isso acontecer, além do fato de promover o show do Edge e do Christian no WWE Network.
    AJ Styles vs Jericho é o combate que faria mais sentido a 2-Out-of-3 Falls. AJ precisa mais da vitória, depois de domingo não vejo que caminho sobra para ele.
    Divas Title não tenho interesse nenhum no combate.
    Concordo com o que dissestes em relação ao título intercontinental e aos dois envolvidos. Que dessa vez Owens tenha um reinado sério, e uma maldita estipulação faria bem a esse combate. Não tenho interesse no mesmo. Owens vence e parta para coisas maiores e mais interessantes.
    Wyatt Family vai vencer. Depois que o Bray perder na Wrestlemania ele poderia ficar um tempo fora da TV talvez até o SummerSlam ou HITC, para refrescar sua gimmick e possivelmente introduzir a irmã Abgail. Nesse tempo os Wyatt dominam e soltam teaser’s do retorno do Bray, além, de ganharem os títulos de tag team, e no seu retorno ele voltava totalmente diferente em visual, gimmick e muito mais dominante, imparável por um longo tempo.
    Estou interessado no combate de duplas feminino e no que virá a seguir.
    Main event. Não vou comentar, só depois do PPV. Pode ser a chance de ouro quanto uma vala cheia de lama jogada sobre os fãs.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Já fizeram isso com o Wyatt uma vez… Não podem andar sempre a tirá-lo de tv quando veem que fizeram porcaria com ele.

      Gostei da ideia em relação ao Del Rio/Sín Cara.

  4. Anónimo - há 10 meses

    Bom artigo.

  5. Blappa - há 10 meses

    Concordo com tudo Daniel, excelente artigo como sempre.
    O titulo dos USA está tão com tão pouca credibilidade que até mete dó. A WWE tem um roster tão grande mas não o aproveita, quantos combates já teve o Kalisto com o Del Rio?
    Então o KO andou a perder os combates todos em que participou e agora ganha o titulo IC? E o Dean, perdendo no Fast Lane o que vai fazer a seguir? Voltar a lutar pelo IC?
    A autoridade é uma estupidez, têm um ódio tão grande ao Reigns que lhe estão sempre a dar oportunidades pelo titulo. Já quando o Vince foi atacado pelo Reigns, qual foi o castigo? Combate pelo titulo!!!!
    Este PPV não tem nada de interessante, so devo ver o combate do KO por ser o meu lutador preferido e possivelmente o main event se o vencedor não for o Reigns com o Ambrose a sofrer o pin.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Quando o Vince deu essa oportunidade ao Reigns, este tinha tudo a perder: não só não vencia o título caso perdesse, como seria despedido. Aí não me fez confusão. Agora dar-lhe uma oportunidade de lutar pelo título na WrestleMania sem que ele tenha, sequer, algo a perder (o pior que lhe podia acontecer era perder o combate) é ridículo e insulta a inteligência de quem olha para isto com dois dedos de testa.

  6. Lucas Murilo - há 10 meses

    Esse é o tipo de PPV que com certeza não vamos ter gritos de “this is awesome”

    • danielLP21 - há 10 meses

      Eu acho que teremos. Há combates que têm potencial para ser muito bons e, além disso, hoje em dia gritam “this is awesome” por tudo e por nada. Esse cântico já está banalizado.

  7. Anónimo - há 10 meses

    Bom artigo.
    FastLane está desinteressante.

  8. Anónimo - há 10 meses

    Assino embaixo, só discordo quanto ao IC, acho que KO nem deveria ter perdido o título e o reinado de Ambrose só teve algum destaque por causa justamente do Owens, que é superior ao Ambrose em praticamente tudo e foi o mais prejudicado na história. Acho Ambrose meio overrated, pois seu moveset é muito chato e ruim, embora o carisma seja inegável.
    Quanto ao Edge, concordo totalmente.
    https://www.youtube.com/watch?v=pjTqNPWg1pY

    • danielLP21 - há 10 meses

      Discordo em relação ao Dean Ambrose. Tem muito potencial e aos poucos a WWE vai deixando que ele o mostre.

      Edge :D

  9. JL Paes - há 10 meses

    Como já é habitual, ótimo artigo! Concordo com você em quase tudo, quase.
    Diferente de você, não achei a rivalidade Charlotte vs Brie Bella bem feita, a promo do Raw foi boa sim, mas não tem nenhum sentido colocar a Brie Bella pelo título. De resto minha opinião é basicamente a sua, apesar de acreditar que AJ vs Y2J e KO vs Ziggler irão ser grandes combates.
    Quanto ao main event da noite, eu gostaria que Dean Ambrose ganhasse e Reigns fizesse um heel turn em cima do Ambrose, faria sentido já que este poderia dizer que já estava cansado de ser perseguido e se sentia injustiçado pois não tivera a revanche que lhe é de direito, desta forma, poderíamos ter um Triple Threat na Wrestlemania. Tenho certeza que isso não vai acontecer, tenho certeza que Roman Reigns ganhará a luta e recuperará o cinturão na Mania, e é uma pena que eu tenha tanta certeza disso.
    Grande abraço.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      É verdade que a Brie foi uma escolha questionável, mas é uma forma de dar mais uma vitória à Charlotte sem que ela precise de vencer as lutadoras que vão ser prioridade daqui para a frente. Deviam usar essa fórmula na Divisão Masculina.

      Um Triple Threat com Reigns e HHH a heels? Não me parece…

  10. #WeWantTables - há 10 meses

    Uma pena o US Title estar dessa forma. Lembro-me do reinado de MVP com mais de 300 dias, época boa.

    Parabéns, ótimo artigo!

  11. Lucas - há 10 meses

    Pelo destaque que a WWE deu para o Ambrose, nessa rivalidade, pode ser também pelo seu mic, eu acho alguma coisa importante acontecerá com ele, o heel turn é eminente,ainda mais no SD o reigns o atacando e no raw, ele deu indícios de um possível turn.
    O turn do Ambrose está no mesmo nível da probabilidade do reigns vencer o combate.
    Falando do taker, tomate que a WWE não o coloque para enfrentar o Goldberg,

    • danielLP21 - há 10 meses

      Sim, é uma questão de tempo até ele virar heel, mas acho que isso só vai acontecer depois da WrestleMania.

  12. Andretaker - há 10 meses

    Excelente artigo.

    Eu não costumo comentar, mas vi todos os teu artigos e este é o meu espaço favorito do site.
    Praticamente 100% das vezes concordo contigo, mas hoje não concordo contigo num aspecto.
    O KO/DZ não andaram num 50/50 na minha opinião. Na última RAW foi a 11a vez que eles partilharam o mesmo ringue e o KO está 9-2 contra ele. Penso que o DZ venceu os dois últimos combates singulares contra KO para este ficar minimamente credibilizado para enfrentar o KO no Fast Lane, já que penso que já se tinham decidido a tirar o campeonato ao Ambrose e precisavam de alguém para enfrentar KO no PPV. E quem poderia ser? Tyler? Stardust? Goldust? R-Truth? Rusev? King Barrett? Sheamus? Não acho que seriam boas escolhas, ou porque são heels ou porque têm a credibilidade de uma batata.

    De resto, concordo contigo e quero muito acreditar que Ambrose ganha e Reigns enfrenta Taker.

    • RybackChampion2016(#THANKYOUBRYAN) - há 10 meses

      Qual é o problema de termos lutas entre heels? No NXT é bastante frequente e recentemente tivemos Rusev vs Kevin Owens, O Fatal 5 Way que envolvia 3 heels e 2 faces, New Day vs Social Outcasts, O 16 mans tag team da Raw, Sasha Banks vs Naomi( Sasha Banks continua heel, pois como foi dito ela só quer se vingar das ex amigas e não alterou em nada o rumo da feud). Também ocorre frequentemente faces vs faces…
      Concordo com o restante de seu comentário.

      • Andretaker - há 10 meses

        Eu não tenho problema nenhum com isso. O problema é que o Vince tem. Raramente vê-se um face vs face ou heel vs heel num PPV do Main Roster. Eu sei que escrevi “Não acho que seriam boas escolhas”, mas estava a comentar tendo em conta o que costuma ir na cabeça do Vince & companhia. :)

      • RybackChampion2016(#THANKYOUBRYAN) - há 10 meses

        Entendi, desculpas pela mal interpretação.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Se queriam fazer um Owens vs Ziggler no PPV, não os punham a lutar nos programas semanais. Havia outras formas de o Ziggler mostrar que o podia vencer no PPV sem ser… vencendo-o na Raw.

      Quando eu falo em booking 50/50, não estou a dizer que as vitórias e derrotas estão distribuídas de forma igual e proporcional. Refiro-me, apenas, ao booking de troca de vitórias em programas semanais que não acrescentam nada ao produto nem valorizam ninguém.

  13. Marques - há 10 meses

    Bom artigo.
    Eles que metam o Scott Steiner a fazer uma promo com o Iron Sheyck que o ppv melhora logo.

  14. The awesome one - há 10 meses

    Bom artigo concordo quase a 100% mas há uma coisa que muita gente se tem queixado que é previsibilidade deste ppv e do WM32 mas atenção este ppv está bastante previsível mas sempre o foi, mas por outro lado a WM32 não está, ninguém sabe ao certo quais serão os outros combates(sem contar com o main event e brock vs Bray) que vão acontecer o que até é bom.

    Impressionante também é que combate menos previsível deste ppv ser o do kalisto mas também um dos menos interessante.

    Quanto ao main event aqui é a parte que não concordo os 100% não é o mais desinteressante dos últimos tempos, (os Sheumus vs orton e Sheumus vs Reigns , randy vs big show SS2013, é melhor não ir mais longe :D)

    Pode-se dizer que a primeira vista será dos mais previsíveis dos últimos tempos,pois a vitoria do Roman é o mais esperado mas o combate em si sabe-se que será muito bom(todos do brock tem aquele fator de estar lá o brock) o build tem sido bom e ainda existe a possibilidade de surpreender, pois sinceramente ou o Dean luta num combate com muitos lutadores no WM32 o que seria péssimo para este, ou não tou a ver muitas mais opções.

    E se o Dean surpreender tudo e ganhar? Quem sabe temos 3way no main event do WM32 com o Roman a lembrar-se que tem a sua rematch o que daria um interesse extra a este combate, poderia haver turn de qualquer um poderia nem haver na WM32 e haver e feud imediata na RAW depois do WM tantas opções se optassem em pôr o Dean a lutar pelo titulo.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Sim, há alguma imprevisibilidade, mas qual é a pessoa que está ansiosa por saber o que vão fazer com o Sheamus, o Del Rio e todos os outros que lá andam? Devia haver uma imprevisibilidade aliada a interesse por parte dos fãs, mas falta esta segunda parte.

      Últimos tempos e falas de 2013? :P

      Estou um bocado farto de Triple Threats na WrestleMania. O único que me interessava era um Rollins vs Reigns vs Ambrose, mas já que esse não é possível, prefiro um one on one.

      • The awesome one - há 10 meses

        Sim o que vai fazer o sheumus e del rio realmente não interessa,mas por exemplo ainda não sabemos quem vai enfrentar o undertaker , o aj styles , se o Dean perder também não sei bem o que lhe vão fazer, e depois ainda temos o titulo intercontinetal e dos estados unidos para fazer alguma coisa e mesmo os tag team é uma incógnita era mais a estes que queria chegar.

        Mas a verdade é que este deve ser o ppv mais previsível(resultados) dos últimos tempos mas para o WM32 só sabemos de 3 possíveis combates : Roman vs Triple, Brock vs waytt e o feminino falasse no combate Triple Threat.

        Atenção eu sei que as coisas não estão como deviam estou apenas a tentar ver o lado positivo :)

  15. sobrinho do fofinho kevin owens - há 10 meses

    Excelente artigo Daniel

  16. Breninhosf10 - há 10 meses

    Pena que o US Title chegou nessa situação (não menosprezando o Kalisto e Del Rio) mas hoje em dia a storyline que envolve o cinturão quase ninguém liga..
    Brie Bella vai credibilizar a Charlotte que deve ser campeã até a WrestleMania
    Acho que AJ Styles vence o Jericho sendo assim pode até ganhar push para algum cinturão no caso,pra mim o IC Title
    No IC Title temos KO vs DZ,óbvio que não é legal ver eles se enfrentarem toda hora mas fazem grandes combates,torço pro Ziggler (pois é meu wrestler favorito) mas o Owens deve ganhar..como tem muito lutador bom e merecendo push no roster,se o booking for esperto,faz um ladder match na WrestleMania por esse título
    No Main-Event,a vitória do Roman é quase certa,Ambrose perdeu seu título quase que para iludir os fãs,talvez ele volte e peça sua revanche pelo IC Title na WrestleMania. Brock provável que rivalize com a família Wyatt na WM e Roman,será campeão sobre triple H no evento que vem..

  17. Gabriel taker - há 10 meses

    No ME do FastLane eu gostaria que o Ambrose vencesse, Lesnar domina o combate e ai a WF interfere, depois Reigns da um Spear em Ambrose para todos pensarem que acabou, ai Ambrose faz o Kick Out e da um Dirty Deeds no Reigns e vence, ai o Raw começaria com Lesnar e Heyman a falarem ate que Bray Wyatt sozinho aparece e depois de um tempo aparece Reigns e ai os três começam a brigar e ai da inicio a uma Feud entre os três, ai na WM32 teríamos HHH vs Ambrose e Lesnar vs Reigns vs Wyatt

  18. Half man half amazing - há 10 meses

    Por mim foi uma grande treta terem acabado (ou tirado ou lá o que fizeram!) com o PPV Elimination chamber entre o royal rumble e a wrestlemania pois para alem de ser um PPV muito mais empolgante e entusiasmante que o Fastline pela estipulação presente no mesmo era a tradição e uma verdadeira provação para o campeão ou desafiante (depende!) antes de defender o titulo no maior palco de todos. De igual modo dava destaque a mais wwe superstars e tornava de alguma forma a road to wrestlemania mais interessante. Acho ridiculo a desculpa que deram para o fim do PPV e sinceramente custa-me a acreditar na sua veracidade quando no ano seguinte, salvo erro, organizam o mismissimo ppv. Nao era assim tão dificil considerar HHH como o campeao com entrada direta na wrestlemania e fazer uma Elimination chamber pelo lugar de number one contender com lesnar, reigns, ambrose, chris jericho, aj styles e bray wyatt digo eu (por exemplo!).

    De resto concordo com praticamente tudo aquilo que foi referido: nao me recordo a 100% de como foi a road to wrestlemania do ano passado mas do que me lembro foi horrivel e só o ppv em si a conseguiu salvar um pouco. Mas nao estou a achar a deste ano pior. Acho ambas horriveis sinceramente em termos de construçao e de tão más não consigo escolher uma apesar de estar por agora a privilegiar a deste ano tendo em conta que o booking do royal rumble foi infinitamente superior ao do ano passado.

    Subscrevo tudo o que dizes exceptuando talvez a divisão feminina e o genero de booking destinado a wrestlemania: é certo que a rivalidade pelo titulo das divas tem alguma coerencia mas não vi sentido algum em sasha banks atacar becky no royal rumble e agora formar equipa com ela porque simplesmente isso nao tem sentido tal como nao faz sentido brie bella virar contender ao titulo quando passou os ultimos meses a ser jobber.

    Em relação ao booking da wrestlemania eu sinceramente nao gostaria nada de ver roman reigns vs undertaker. Porque nao fazer roman reigns vs hhh vs ambrose no main event e deixar o undertaker para um grande nome de forma a despedir-se em grande? Preferiria esse cenario. Ambrose podia vencer o titulo na mesma e reigns virar heel atacando-o!

    • danielLP21 - há 10 meses

      Repara que a Sasha e a Becky não são amigas. Aliás, ainda na última Raw a Sasha não a ajudou: demorou imenso a entrar no ringue e isso fez com que a Becky continuasse a ser atacada pela Naomi, incluindo levando com o finisher desta. Além disso, mostram sempre alguma tensão entre elas. Sinceramente, gostei.

      O Reigns e o Ambrose agora vão passar a vida a lutar em triple threats?

  19. tinder - há 10 meses

    cara… você devia escrever as feuds da wwe.. que idéia brilhante para main event…

    • danielLP21 - há 10 meses

      Não é uma ideia brilhante. Se virmos bem, é algo que faria todo o sentido e nem seria muito “revolucionário”. Porém, há uma história entre Reigns e Triple H e eles não vão ignorar isso.

      Eu faria aquilo que disse no artigo: Ambrose vencia o HHH na WM, Reigns perdia com o Taker e no dia seguinte traía o Ambrose e juntava-se à Autoridade, numa perspetiva de “se não os podes vencer, junta-te a eles”. Além disso, faria-nos recordar quando o Austin se juntou ao Vince e ao Triple H depois de estes lhe infernizarem a vida, se bem que aí foi muito mais chocante porque o Austin e o Vince estiveram anos em feud.

    • Dr.MAnia - há 10 meses

      Se achas que ele tem ideias brilhantes, devias ver o Whatculture Wrestling no youtube.(Não tiro o mérito ao Daniel)

  20. Frederico_WWE - há 10 meses

    Muito muito bom… isto sim é que é ter vontade de dar o melhor em prol do W.PT e de todos os que visitam esta casa todos os dias que gostam de ser informados com qualidade.

    Claramente um “must-see” os teus artigos.

    • fã numero 1 - há 10 meses

      Concordo com o Frederico_WWE ;) aqui nota-se que há vontade de informar e vontade de estar cá.

    • Anónimo - há 10 meses

      Muito melhor do que artigos e videos feitos por umas crianças grandes que habitam esse site.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Por acaso a motivação já foi maior, visto que a vontade de ver os programas da WWE roça o zero, mas como tenho o artigo lá me vou esforçando.

      • Frederico_WWE - há 10 meses

        Ahah a motivação volta no dia da WrestleMania e na RAW do dia seguinte… que é sempre uma loucura e que tem sempre um público frenético e entusiasmante… depois o Samoa Joe é capaz de se estrear como uma verdadeira “ameaça” e cheira me que vai ter umas rivalidades de topo que podem ir abalando o panorama e além disso alguns lesionados vão regressar… mas enfim isto até ao momento em que a WWE volta ao seu típico “over and over and over and over and over and over again” hello Cesaro i’m here e voltamos à SOS (Same Old Shit).

    • Dr.MAnia - há 10 meses

      Estas indiretas ao joaop

  21. K.O - há 10 meses

    Esse Road to Wrestlemania está tão monótono, ruim mesmo. E ao contrário do que você falou no artigo, penso que as lesões tem peso crucial nesse mal booking e consequente desinteresse de nós fãs.

    A confirmação da aposentadoria do Daniel Bryan me deixa conturbado, não temos mais esse “plano B” para salvar a qualidade do maior evento de todos. Fora as lesões do Sting, Cesaro, Orton, Cena e Rollins, principalmente destes dois últimos. A ausência do Cena e do Rollins nessa Wrestlemania é deplorável, dois nomes que dominaram 2015, e que criamos expectativas em cima para Wrestlemania desse ano, me referindo especialmente ao Rollins, pela quantidade absurda de inimigos que criou, e as várias possibilidades de caminho que ele poderia tomar pra esse grande evento. Eu realmente conseguia ver ele enfrentando HHH, contra os antigos parceiros de The Shield, contra o Chris Jericho, contra o Undertaker, contra qualquer um.

    Entretanto tenho que reconhecer que a WWE acabou com o KO. Ele facilmente poderia ser o grande destaque dessa WM. Mas fora ele, não vejo mais ninguém que poderia ter esse boom de credibilidade para ser main eventer da WM. O Ambrose ainda não foi bookado coerentemente pra tal, o Bray Wyatt diferente dos anos anteriores não representa uma verdadeira ameaça (falhou inúmeras vezes no seu objetivo, no Royal Rumble, mesmo com outros três monstros a lhe ajudarem e sendo dos últimos a entrar, não conseguiu apresentar perigo algum). O Sheamus é um grande problema que os bookers tem em construir algo interessante, e o Rusev esta em uma situação turbulenta com os oficias da empresa, e a tendência é que vai cada vez mais descer no card.

    É simplesmente frustrante que tenhamos perdido tanto Star Power (quem sabe até o Cena ou o Orton consigam retornar a tempo), e das lutas possíveis a que mais me interessa é a que envolve o Taker, pois não temos a mínima pista de quem será seu adversário. A luta pelo título só por envolver o Triple H não me chama atenção, e não estou nem aí pro que o Brock vai fazer nessa Mania. E por mais que eu apoie o Reigns, não me dá vontade de vê-lo com um título que ele já venceu 2 vezes. Por isso espero que no domingo o Ambrose vença, apesar de toda a história até agora ter sido construida com base numa HHH vs Reigns.

    • danielLP21 - há 10 meses

      “E por mais que eu apoie o Reigns, não me dá vontade de vê-lo com um título que ele já venceu 2 vezes”.

      Exatamente! Isto foi o que disse há umas semanas. Ele já esteve no topo da empresa, mais uma vitória em tão pouco tempo não o vai ajudar em nada.

      Claro que as lesões contribuíram para esta situação, mas a WWE tem a obrigação de fazer muito melhor do que isto.

  22. Foto de perfil de Facebook

    Rui0606 - há 10 meses

    Excelente artigo.
    Como o resultado é muito previsível, acho que a WWE pode trocar-nos as voltas e colocar o Ambrose a enfrentar o HHH na WrestleMania, mas isto sou só eu a delirar….

  23. RFBM - há 10 meses

    Bom artigo, concordo com tudo, apenas discordo quando referes que foi uma má decisão dar o título Intercontinental ao KO. Se o cenário fosse o Ambrose vencer no Fastlane, teria visto a decisão como péssima, visto que o Ambrose poderia perder o título numa das Raws ou então sagra-se campeão da WWE enquanto campeão Intercontinental na Mania. Mas o cenário é óbvio e a vitória do Reigns com o pin no Ambrose também, não iria gostar de ver o campeão Intercontinental a sofrer o pin, na minha opinião, um campeão apenas deve sofrer um pin em situação excepcionais.

  24. Miguel Carlos - há 10 meses

    Muito bom artigo. Embora não esteja tão desmotivado como tu, também vejo falhas nesta Road to WrestleMania, e espero que a WWE nos compense com bons combates no domingo e com um bom booking até à WM. E bem que podiam pôr o Taker contra o Ambrose, mas vamos lá ver quem será o adversário do Dead Man.

  25. Filipe Santos - há 10 meses

    É mais do que óbvio que o Roman Reigns irá vencer no Fast Lane e irá lutar pelo título da wwe na Wrestlemania. De novo Brock vs Triple H não seria tão cativante para os fãs. E em relação ao Dean Ambrose penso que não tem gabarito,não tem tanto nome assim para estar no combate mais esperado do ano na WM 32.
    Pelo IC title penso que o kevin owens vence e irá como campeão para a WM.
    Kalisto irá vencer o Alberto Del Rio outra vez na minha opinião.E já está na altura de meter alguém além do Alberto Del rio a combater pelo título pois já se torna repetitivo os championships.
    O título das divas penso que teria sentido mudar de mãos na WM 32 .Pois Brie Bella já não é aquela Diva com o nome que já teve e inclusive já perdeu para a Charlotte quando era a sua irmã a campeã.Acho que na linha da frente estão Sasha e Becky e uma delas será a nova campeã na WM 32.
    Não tenho duvidas que a Sasha e becky venceram no Fast Lane o combate tag team que teem.
    A minha maior dúvida é o vencer do combate Aj vs Y2J sinceramente. Mas acho que estes dois a história não acaba no Fast Lane.E pode até estender-se até á WM.
    Para finalizar falando da Wyatt Family que já chateia um pouco de ve-los em ação.Vencerá o combate no Fast Lane e poderá interferir no combate do roman vs dean vs brock nessa mesma noite.Continuando então a chatear e querer impor-se ao Brock como fez na Royal Rumble. brock lesnar vs bray na WM penso que é o plano da wwe o que acho que não é um grande combate assim.
    A wwe podia desfazer a Wyatt Family e dar visão e opurtunidade somente ao bray porque é o único que se pode pegar no quarteto e fazer algo com ele no futuro.

  26. The Cobra 619 (#ThankYouBryan) - há 10 meses

    Mais um ótimo artigo Daniel.

    1- Kalisto (c) vs. Alberto Del Rio United States champion – Kalisto. Sinceramente não estou interessado em ver combates pelo título dos USA, pelo simples fatos que estragaram o título. Há um ano atrás Rusev estava a ter um excelente reinado. Ai depois veio o John Cena que teve um grande reinado e teve excelentes combates de defesas de título (principalmente contra Cesaro, Sami Zayn, Kevin Owens e Dean Ambrose). Ai depois veio o Del Rio como campeão, que não proporcionou nenhuma boa feud e nenhum grande combate. Pouco tempo depois Kalisto ganha o título, ai 1 dia depois vem o Del Rio recupera o título e 12 dias depois Kalisto recupera. Foi a pior coisa que fizeram com o título, desvalorizando o título totalmente. Bom sobre a Mania, acho que não haverá defesa de título.
    2- Charlotte (c) (com Ric Flair) vs. Brie Bella WWE Divas Champion – Charlotte. Não tenho muito a dizer, só não sei o motivo pra ter esse combate, só porque a Brie ganha um combate contra a campeã já ganha oportunidade pelo título? Bom isso é só para dizer que defendeu o título.
    3- Becky Lynch e Sasha Banks vs. Naomi e Tamina – Lynch e Banks. Espero um combate meio bom. Acho que depois da luta Banks atacará Lynch ou como disse pode ser que o ataque seja na Raw.
    4- Kevin Owens (c) vs. Dolph Ziggler Intercontinental Champion – Kevin Owens. Não sei porque tiraram o título do Ambrose. Para que? Só para aumentar em 0,0001% a chance do Ambrose ganhar? Bom já que fizeram isso que não façam o Owens perder o título em alguns dias, senão será outro título que ficará sem graça mudando de mãos toda hora.
    5- Ryback, Big Show e Kane vs. The Wyatt Family (Luke Harper, Erick Rowan e Braun Strowman) (com Bray Wyatt) – Wyatt Family. Resultado óbvio que não irá valorizar os Wyatts, turn número 891270473070717 do Big Show, e Kane pela 26463693 vez enfrentando e perdendo dos Wyatts.
    6- AJ Styles vs. Chris Jericho – AJ Styles. Acho que será um bom combate. Só quero ver o que Y2J vai fazer depois disso. Queria muito ele combatendo contra Dean na Mania pelo título, porém não vai acontecer.
    7- Dean Ambrose vs. Roman Reigns vs. Brock Lesnar (com Paul Heyman) – Roman Reigns. Estou torcendo para que aconteça um milagre e Ambrose ganhe compensando a perda do título, porém acho muito improvável.

    PPV totalmente desinteressante.

  27. Jorge - há 10 meses

    Bom artigo. Infelizmente concordo contigo em tudo. Sem ofensa claro, pois o infelizmente é pelo facto de concordar contigo no facto de este ser um PPV desinteressante. Mas como a esperança é a última a morrer, por isso rezo por algumas surpresas que melhorem o estado da WWE e do produto atualmente.

  28. o combate que eu sempre quis ver era a wyatt family contra os new day mesmo sabendo que ambas as equipas sao heels este de certeza que era um combate de topo

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador