Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Cutting Edge #62 – Regressos Desejados

O artigo desta semana será num registo ligeiramente diferente do habitual. Tendo em conta que nada de especial aconteceu esta semana – apesar de, a meu ver, a Raw ter sido bastante agradável -, farei uma espécie de lista de lutadores que gostaria de ver de regresso à WWE com a Brand Split que se aproxima.

Uns mais prováveis, outros menos, uns mais úteis, outros menos, esta é uma lista de regressos desejados por mim, enquanto fã, e que podem não ir ao encontro do que os demais querem.

Convém referir, também, que não defendo o regresso de todos ao mesmo tempo, ou seja, continuo a acreditar que o plantel atual tem imensa qualidade e estes regressos seriam apenas uns retoques, até porque regressos de estrelas mais antigas sempre aconteceram. Por isso, no caso de uns voltarem, não acho necessário que outros o façam.

São estes, então, os lutadores que gostaria de ver de volta à WWE.

Não sendo especialmente um grande fã de Carlito, não deixo de considerá-lo um bom mid-carder. Não só podia ajudar alguns lutadores menos dotados ao microfone nesse aspeto, como podia ter uma história decente com Primo e Epico.

Esquecendo que já fizeram um combate contra dois jobbers, Primo e Epico podiam voltar com esta nova personagem, garantindo que iam começar a ganhar combates e esquecer que estiveram a fingir ser dois toureiros. Porém, os Rising Stars (não gosto do nome) iam continuar a perder combates, o que os frustaria. Ao fim de algumas semanas, ouviríamos então a música de Carlito e este viria até ao ringue dizer que se sente envergonhado com aquilo que os seus familiares têm feito e que estes estão a esfregar o lendário nome dos Colóns na lama.

De seguida, com Carlito no seu canto, Primo e Epico começariam então a ganhar combates, podendo inclusive ganhar os Títulos de Tag Team, sobretudo se cada brand tiver o seu título de equipas, ou pelo menos lutar por eles.

Como o grupo consistiria em três membros, seria também mais fácil que tivessem rivalidades com os New Day ou os Social Outcats..

Seja como for, mesmo que viesse como lutador individual, Carlito seria um nome perfeitamente capaz de acrescentar qualquer coisa ao mid-card, ajudando a que outros lutadores pudessem subir um pouco no card.

Também nunca fui o maior fã de John Morrison, mas como heel era um nome muito bem-vindo. Tendo em conta que ainda é relativamente novo, quem sabe se não chegaria ao tal Título Mundial que nunca conquistou na WWE?

Os seus tempos na ECW, primeiro a solo e depois como parceiro de Miz, foram sensacionais. Quando virou face perdeu muito interesse (isto, aos meus olhos, claro), mas é um grande wrestler, que tem estado em excelente forma por onde tem passado desde que saiu da WWE. Podia ficar um pouco mais acima no card do que Carlito, sem dúvidas. Mas sempre como heel e nunca como babyface.

Ex-Campeão Mundial, Rey Mysterio podia ser mais um nome a ter em conta. Não só tem uma grande legião de fãs, como acrescentaria algum Star Power ao plantel, sem necessariamente “enterrar” outros talentos, até porque não se tornou conhecido propriamente por ganhar muitos combates.

A grande dúvida seria a sua condição física, tendo em conta o historial de lesões no joelho, mas pelos vistos não tem tido problemas desse género na Lucha Underground e na AAA. Embora já não seja novo, seria sempre bem-vindo e era bem capaz de dar bons combates com a grande maioria do plantel da WWE.

Como equipa, sou um grande fã dos Hardys. Individualmente, gosto muito de Matt Hardy e Jeff é-me indiferente, embora respeite imenso todas as vezes que já colocou o seu corpo em risco para entretenimento dos fãs. Independentemente do que se possa pensar de um lutador, o mínimo que se deve fazer é respeitá-lo quando ele põe tanta coisa em jogo.

Numa primeira fase, gostaria de os ver a reforçar a divisão de equipas. Eventualmente podiam separar-se (talvez no Draft de 2017) e reforçar o mid-card da Raw e da SmackDown a solo. Não os vejo com talento para mais do que essa parte do card, embora considere que Matt Hardy é (muito) melhor wrestler do que o irmão e por isso merecia ter tido pelo menos um Título Mundial, já que Jeff também teve.

Ainda em relação a Jeff Hardy, não nos podemos esquecer de que violou por duas a Welness Policy e, por isso, seria sempre um enorme risco arriscar nele como um main-eventer.

Quanto às possibilidades de voltarem em breve, serão quase nulas. São dois dos nomes mais importantes na TNA e têm atualmente um horário que vai mais ao encontro daquilo que pretendem nesta fase das suas carreiras. Mas seriam sempre uma boa adição à Divisão de Tag Team.

Provavelmente, o melhor performer a nunca ter sido Campeão Mundial. Era fraco no microfone, mas com a personagem e o manager certos Shelton Benjamin podia ter chegado muito longe. Ainda assim, não deixa de ter no currículo todos os títulos de mid-card.

No caso se voltar, não o vejo a ter espaço no topo, sobretudo agora que já está na casa dos quarentas. Porém, tal como no caso de Rey Mysterio, podia dar excelentes combates no mid-card e elevar lutadores a outro nível com as suas habilidades dentro de ringue.

Confesso que não era um grande fã de MVP. Porém, ao ver os programas da WWE mais antigos (comecei em 1999 e vou em 2008) mudei de ideias: trata-se de um lutador bastante subvalorizado.

Nos seus primeiros meses portou-se muito bem contra The Undertaker e, sobretudo, num “Inferno Match” contra Kane. Não é qualquer um que sobrevive a testes destes logo no início da carreira.

Mas o que me chamou mais a atenção foram os seus extraordinários combates com Chris Benoit. É verdade que Benoit está provavelmente no Top 5 de melhores wrestlers de sempre, mas MVP fez um esforço tremendo para acompanhá-lo e conseguiu-o, elevando de seguida o Título dos EUA a outro patamar durante quase um ano e protagonizando grandes combates contra Matt Hardy.

Seria um dos regressos mais saudados da minha parte, visto que, mesmo já não sendo novo, podia dar bons combates no mid-card e, sobretudo, fazer grandes promos, outro dos seus pontos fortes.

Tendo em conta a forma como saiu da WWE, é quase impossível voltar, eu sei. Mas agora que já não faz parte da TNA posso sempre sonhar com o seu regresso. É simplesmente um crime que este homem nunca tenha ganho um Título Mundial na WWE.

Em ringue, cumpre. Não é brilhante, mas cumpre bem o seu papel. Ao microfone, é dos melhores que já passaram pela WWE, já para não falar da sua entrada épica (só podia ter sido ideia de Paul Heyman). Foi de facto uma pena a WWE ter desistido dele depois da sua vitória na WrestleMania 23. As lesões não ajudaram, claro, mas não se esforçaram o suficiente para o levar ao topo.

Caso a WWE e Ken Anderson cheguem a acordo e ponham as divergências de parte, seria uma honra ver este senhor de novo nos ringues da WWE. Primeiro no mid-card; depois, quem sabe, algo mais. Aquilo que nunca atingiu e que tanto merecia.

Para o fim, deixo aquele que é, para mim, o melhor wrestler de sempre (daqueles que já vi). Ric Flair, Shawn Michaels, Bret Hart, Chris Benoit ou Eddie Guerrero também podem ter essa distinção, mas para mim é mesmo Kurt Angle.

Não só conseguia proporcionar-nos constantes hinos ao Wrestling, como era engraçado, sério, bom ao microfone, bom heel e bom babyface. O verdadeiro “total package”.

Falo no passado porque, obviamente, o presente não é a mesma coisa. Já não é o mesmo Kurt Angle, mas confesso que ia “markar” como nunca ao ouvir a sua lendária música num recinto da WWE novamente.

Quanto ao seu uso, a minha ideia seria fazer algo semelhante ao que fez nos seus últimos dias na TNA: uma última maratona de combates com adversários escolhidos por si. Por exemplo, dez combates, com os adversários a serem Cesaro, Seth Rollins, Kevin Owens, Sami Zayn, Finn Bálor, Jack Swagger, Bray Wyatt, Dolph Ziggler, Dean Ambrose e, claro, Rusev. Ganharia uns combates e perderia outros, para ter alguma credibilidade aquando das derrotas e ainda conseguir elevar dois ou três lutadores (há que saber usar as lendas). Um sonho que espero vir a tornar-se realidade um dia.

São estes então os nomes que gostaria de ver de volta à WWE. Como se pode ver, a minha prioridade seria reforçar o mid-card, de forma a permitir que alguns mid-carders atuais possam subir no card sem que a zona intermédia sofra com isso, estando sempre preenchida com nomes minimamente relevantes.

Espero que usem a caixa de comentários para escreverem quem gostariam de ver de volta e cá estaremos na próxima sexta-feira para mais um artigo. Até lá, bom fim de semana e espero que quando vos voltar a escrever Portugal seja um dos finalistas do Euro-2016 (duvido muito, mas sonhar não custa!).

Sobre o Autor

- Autor do espaço "Cutting Edge".

54 Comentários

  1. Tibraco - há 5 meses

    Em primeiro lugar, acho que foi uma excelente escolha de tema. Parabéns.

    Não sei até que ponto são precisas muitas contratações. O roster tem 73 elementos, um número considerável, mais os atletas que irão subir do NXT. Ainda assim, julgo que 2 ou 3 bons nomes ajudariam a criar um certo entusiasmo. Desses que falaste, ficava com o Morrison, com o Angle e, eventualmente, com o Benjamin. Os outros, muito sinceramente, dispensava-os bem.

    • José Sousa - há 5 meses

      Sim concordo Tiago se subirem os tais 10 a 12, que acredito que sim. Ficamos com divisão suficiente para uma divisão feminina forte, e ainda ter dois midcard titles, dois Tags( embora possa ficar só um), e duas divisões principais.

      • Tibraco - há 5 meses

        Não sei se será necessário subir 10 ou 12. Dificilmente dás destaque a mais do que 15 a 20 lutadores simultaneamente, ou seja, continuas com margem para lesões e problemas do género. Acho que se cada brand tiver 30 lutadores é suficiente mas uma coisa é dar um palpite, outra é trabalhar no terreno. Eles, obviamente, lá devem saber do número de lutadores que precisam.

      • José Sousa - há 5 meses

        Sim sim. Digo isto porque conto com o Bálor, Itami, American Alpha, Mojo, Dillinger, Bayley e Nia Jax. Estão são os nomes que vao subir com o Draft.

    • danielLP21 - há 5 meses

      Obrigado.

      Eu escrevi no artigo que não queria estes todos. Dentro deste lote gostava que voltassem Kurt Angle + 2. Não é necessário mais do que isso.

  2. BRUNOju - há 5 meses

    Acho que no fim tudo isso só passou de boatos. Porque a maioria já falou que a WWE nem sequer entrou em contato com eles.

    Também não me interessa vê-los na WWE novamente, com exceção de Rey Misterio e John Morrison.

  3. Era tão bom ver qualquer um deles na WWE novamente… E qual velhos qual quê? Esses é que são bons! Esses é que me fizeram gostar de Wrestling! São muito (mas mesmo muito) melhores do que muitos que estão no plantel atualmente! São sonhos improváveis, mas não impossíveis…

  4. Anónimo - há 5 meses

    Quanto ao Angle, concordo, mas você já disse tudo: ele está velho. O resto me é indiferente.

  5. Rubinho16@ - há 5 meses

    Bom artigo.

    Não me importava de ver nenhum destes nomes a regressar, no entanto, não acho que sejam todos necessários. Acho que de todos os que aí referiste, aquele que menos falta faz neste momento é mesmo Rey Mysterio. Não vejo o que poderia acrescentar como lutador nesta fase da sua carreira e provavelmente a WWE optaria por o colocar envolvido com Sin Cara e Kalisto, como já o fez no passado com o primeiro, sendo que não vejo necessidade nisso.

    Em relação a John Morrison e Shelton Benjamin, sou fã de ambos (principalmente do Shelton), mas duvido que tivesse sequer oportunidades na empresa neste momento. O Shelton não vai para novo e duvido que a WWE fosse investir numa personagem e num manager para um nome já quarentão, principalmente quando têm um Apollo Crews ou um Kofi Kingston, bem mais novos e com característica semelhantes.

    Por sua vez, duvido que a WWE apostasse no Morrison pela mesma razão que não apostou no Breeze. É claro que ambos são incomparáveis e o Morrison poderia facilmente impor-se no mid-card, mas a WWE não sabe tratar as suas personagens cómicas/excêntricas de forma credível, e duvido que o fizessem com alguem com a gimmick do Morrison.

    Por fim, subscrevo totalmente o que escreveste sobre o Carlito e adorava vê-lo junto do Primo e do Epico, assim como adorava ver MVP do lado dos Prime Time Players (caso se voltassem a juntar). Ah, e em relação ao Mr. Anderson, a regressar teria de ser diretamente para o Main-Event, caso contrário não o queria.

    Como já disse foi um bom artigo e é importante que refiras aquela parte do “penso isto enquanto fã” como fizeste, pois nota-se que és um fã de wrestling que adora desfrutar desta indústria, uma vez que hoje em dia as pessoas se preocupam demasiado com os detalhes e com a teoria e tudo mais, em vez de desfrutarem do entretenimento em si. Contudo, se formos a ver de um ponto de vista mais “analista” e não tão sentimental, a WWE não necessita de fazer regressar muitos nomes, devido à imensa qualidade que já dispõe no seu plantel, na minha opinião.

    • danielLP21 - há 5 meses

      Obrigado.

      O John Morrison era narcisista mas tinha uma personagem mais séria que a do Tyler Breeze. Aliás, chegou a lutar pelo Título da WWE, algo que não imagino a acontecer com o Breeze no futuro.

      Temos que vibrar com isto, senão torna-se complicado.

  6. José Sousa - há 5 meses

    Desses todos eu gostava de assistir a um regresso do Angle, MVP, Shelton , Carlito, Kennedy e John Morrison. Sou fã dos seis e tal como referes poderiam ajudar a valorizar alguns wrestlers mais jovens. Dos Hardys já sabes que não gosto muito deles, embora reconheça a sua relevância.

  7. LegendkIller - há 5 meses

    Muitos nomes de grande qualidade sem duvida e que iriam acrescentar imenso ao atual roster da wwe:

    Carlito – confesso que sempre o achei com capacidade para algo mais que o midcard embora nao tenha sido aproveitado nesse sentido. Nesta fase da carreira seria excelente para o Primo e para o Epico e ate para andar com um dos titulos do midcard vejo muito onde o colocar neste momento e seria também interessante uma rivalidade com Del Rio!

    John Morrison – Sinceramente sempre foi dos meus favoritos achava-o brutal quer como heel quer como face embora como vilao tivesse mais chances de atingir o topo. Para este vejo-o ainda bem a tempo de ganhar o titulo mundial pelo menos! Já agora seria interessante vê-lo outra vez com o The Miz mas mais para a frente pois agora este ultimo está bem com a Maryse e claro adoraria ver um The Miz vs Morrison na wrestlemania!

    Rey Mysterio – Nao é preciso dizer mais nada melhor high flyer de sempre! se os problemas nao voltarem vejo-o ainda a poder fazer grandes coisas no midcard da wwe e ter grandes rivalidades. É esperar que o Prince Puma venha para a wwe e teremas um combate 5 estrelas entre eles!

    Hardy Boys – concordo que a voltarem deveria ser para a divisao de tag team para reeditar um classe com os DDboys entre outras grandes rivalidades mas considero que o Jeff tem nome de mais para ficar só por ai. Eu dava-lhe outra oportunidade de ganhar o titulo mundial!

    Shelton – Excelente adição para o midcard e que daria combates fantasticos. Sinceramente nao o vejo como main-event material nem nunca o vi mas seria uma grande adiçao para fortalecer o midcard da wwe.

    MVP – Achava este homem brutalissimo e sempre considerei que tinha qualidade para mais que o midcard! Neste momento nao o vejo a optar a mais que isso mas adoraria ver um regresso dele e mais uns reinados com titulos secundarios e algumas rivalidades mais interessantes pois é um wrestler muito completo.

    Kennedy – Da lista era o unico que pessoalmente nao gostaria que voltasse nunca vi nada de especial nele sinceramente.

    K.Angle – Era epico! Mas o Angle na minha opiniao merece mais um reinado como campeao mundial. Depois sim seria uma ideia interessante fazer aquilo que tem vindo a fazer nos ultimos anos na TNA!

    Já agora acrescentaria ainda:

    RVD – Pode ser de grande ajuda ao midcard da wwe e acrescentar talento e star power ao mesmo
    Christian – Porque nao? Tem talento mais que suficiente para fortalecer o midcard desde que seja bem utilizado
    Goldberg – Clara aposta de main-event e com uma utilização estilo brock lesnar para nao perder a aura
    Gail Kim – seria uma adiçao incrivel diretamente para o main-event do roster feminino
    Eva Torres – Outra excelente adiçao ao roster feminino e que ainda poderia acrescentar qualquer coisa

    Lashley nao pelo simples fato de considerar que neste momento ainda está a ter grande destaque na TNA e nao ser uma prioridade absoluta.

    • danielLP21 - há 5 meses

      Na divisão feminina, preferia a Mickie James.

      O Christian não deve estar em condições de voltar a lutar.

  8. RFBM - há 5 meses

    Bom artigo Daniel, dos que citas-te, apenas não sou grande fã do Carlito e dos Hardyz, pelo que gostaria de ver os restantes a voltar à WWE, principalmente o Angle (o meu preferido de sempre e aquele que considero ser o melhor de todos os tempos), mas também o Kennedy, o Morrison e o Shelton. Já o MVP e o Rey apenas queria que fizessem mais uma meia dúzia de combates na WWE.

  9. 434 Days - há 5 meses

    Bom artigo Daniel.

    Dos que mencionaste eu gostaria de ver Carlito, os Hardys e o Angle de volta pois penso que poderiam ser muito úteis tanto no midcard ou Upper Card/Main Event (talvez um ou dois combates do Angle no ME)

  10. Reigns one versus all - há 5 meses

    Bom artigo,Daniel.

    Eu gostava de ver de volta a WWE o Kurt Angle,seria como part timer e fazer uns combates para elevar pessoal ao main event.
    Isto é um sonho quase impossível,mas gostava de ver o Cm Punk de volta,seria tal como o Angel,um regresso espetacular.
    Para o mid card,gostava de ver o regresso do John Morrisson e do MVP,para acrescentar mais talento a sua respetiva Brand e colocar midcarders mais jovens credibilizados.

    E por mim são so estes,uns mais impossíveis,outros mais possiveis…estes são os que mais gostava de ver

  11. Marques - há 5 meses

    “Individualmente, gosto muito de Matt Hardy e Jeff é-me indiferente”- Até que enfim que alguém diz isto, pensava que era o único.

    “Em ringue, cumpre. Não é brilhante, mas cumpre bem o seu papel. Ao microfone, é dos melhores que já passaram pela WWE”- Parece uma descrição do Miz.

  12. Stream - há 5 meses

    Artigo muito bom Daniel, gostaria que a maioria desses que você citou voltasse também , principalmente para acrescentar coisas no roster

  13. Best in the World - há 5 meses

    Excelente artigo Daniel, concordo com todos os que disseste. Tenho quase a certeza que o Morrison vai regressar à WWE, mas todos os que disseste acho que são possíveis. Queria apenas dizer também que adorava que regressasse o Punk (como é óbvio) mas é extremamente difícil.

    • danielLP21 - há 5 meses

      Obrigado.

      Não falei do Punk porque está longe da indústria neste momento. Todos os outros estão a lutar Wrestling em algum lado e por isso acho um bocadinho mais provável que voltem (uns mais do que outros).

  14. Roode rules - há 5 meses

    mto bom artigo Daniel gosto de praticamente todos os nomes q vc colocou eu acrescentaria cm punk lashley Batista vader as vezes eu fico assistindo vídeos antigos para ver esses caras lutando pq tem alguns nomes q não dá pra entender pq estão na wwe hoje em dia

    • danielLP21 - há 5 meses

      Obrigado.

      Batista só queria para aparições especiais, como aniversários da Raw e da SmackDown e coisas assim.

      Lashley seria uma boa opção. O Vader não me diz nada e está demasiado velho.

      • AwesomeChampion2016 - há 5 meses

        O Vader acho que teve um combate contra o Cody recentemente, eu gostaria de vê-lo, pena que está velho.
        Acho que o Dreamer vai regressar again.

  15. Afonso Quintela - há 5 meses

    Gostei muito do artigo daniel!
    Ja agora, como fazes para ver os programas antigos da WWE que referiste?

    • danielLP21 - há 5 meses

      Obrigado.

      Até 2002, vi no WatchWrestling, mas entretanto os vídeos deixaram de dar (a WWE anda aí a bloquear tudo por causa da Network).

      Agora ponho no google a data do show que quero ver, vejo os resumos em dois sites (Online World of Wrestling e Wrestleview) e depois pesquiso os combates. Algumas coisas não se encontram, mas as mais importantes sim.

  16. Samu_minho_samu - há 5 meses

    KKKKKKKK, Depois me criticam por falar a verdade, olha o artigo do cara ”Regressos desejados” Tem até o Carlito ai, e não vi de maneira alguma uma vez o nome do CM PUNK, depois falam de mim…. Como uma pessoa prefere o regresso do Rey Mysterio do que o do Punk? Esqueceu da ultima passagem do Rey pela WWE vivia lesionado, deve ser mais um daqueles que pegaram raiva do Punk por chutar a WWE e dizer verdades e que se um dia ele regressar vai ser um dos primeiros a ir ”A Loucura” aqui no site, Que agora venham os puxa sacos me criticar

    • danielLP21 - há 5 meses

      Sou um grande fã do Punk. Mas ele tem contrato com a UFC e não vai voltar à WWE tão cedo. Eu escrevi sobre regressos POR CAUSA DA BRAND SPLIT. Achas mesmo que o Punk volta nos próximos meses? Pensa lá um bocadinho.

      • danielLP21 - há 5 meses

        Com isto não quero dizer que os outros vão voltar, mas sempre estão no ramo do Wrestling e é mais fácil irem para a WWE. Tentei ser minimamente realista.

    • danielLP21 - há 5 meses

      “Pronto ja vai o grande Chris Jericho perde para esse, o cara parece um gay japonês, pra mim poderiam pegar esse Shinsuke, finn balor, kevin owens, samoa joe colocarem tudo em um saco bem largo e jogarem para fora da WWE, daqui a pouco vem esses pasmos fãs de indy os defenderem, entandao que a WWE não e como uma dessas empresas de indys pequenas, aonde estao os grandes e bons velhas estrelas como, Batista, Triple H, Undertaker, The Great Khali, Mike Knox, Umaga, Bobby Lashley, Aquilo sim eram estrelas, corpos definidos, altos com tatuagens pelo corpo, não esses magricelos que parecem mais um bando de grilhos, parecem aquelas baratas que voam, aquele Kalisto quando ele luta eu dou até risada, parece uma puga pulando de um lado para o outro, o cara nao tem um golpe de finalização, como que aquela porcaria de Salida del sol termina com um combate? O Batista bomb, aquilo sim terminava com alguma coisa, estou cada vez mais desistindo dessa merda”.

      O Punk veio das indies. Sempre coerente KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  17. Boss - há 5 meses

    Ótimo artigo.

  18. Se estrearem Finn, Roode, Aries e Joe ou Nakamura nos primeiros 2 meses ficaria já bem preenchido o upper midcard e main event
    Raw: Reigns, Orton, Ambrose, Owens, Bray, Rusev, Del Rio, Big E (aposta a solo) + (Roode+Finn)com Jericho e Lesnar part-time
    SD: Cena Seth, AJ, Sami, Cesaro, Miz, Sheamus, Ziggler + (Joe+Aries) com Triple H part-time

    Com um plantel +- assim dividido com 1 ou outra adiçao em cada roster ficava bem preenchido, somando ainda a divisao de tag team. O que acho que vai estragar tudo é a ideia estupida de chegar a pensar ter 2 PPV’s mensais, vai tirar bastante relevancia ao Smackdown que vinha “refrescado” e ao Raw, ficando os combates de algum relevo todos guardados para os PPV’s

  19. Gonçalo "teve best" - há 5 meses

    Bom artigo Daniel.

    Pelo que vi do MVP na TNA não fazia falta nenhuma na WWE. Os combates não são grande coisa e as promos não são assim tão boas. Como é óbvio estou a falar dos últimos tempos porque gostava muito dele na WWE.

    O Morrison era uma adição incrível ao main roster. Ele Lucha Underground está com a personagem que tinha na WWE (como Heel) mas melhor. Às promos estão fixes e o seu trabalho em ringue está cada vez melhor.

    O Kurt Angle gostava muito de o ver com os American Alpha e a ter mais uns combates. Também podia ser GM babyface do Smackdown ou Raw. Mas para mim eles tem um gajo melhor para babyface e esse é o Bryan.

    O Rey Mysterio, o Mr Kennady e os Hardys eram umas aquisições muito boas também.

  20. HHH - há 5 meses

    Nenhum regresso de mulheres ??

  21. HardyBoy77 - há 5 meses

    Mais um excelente artigo.
    A meu ver, tocaste em tudo e concordo em quase tudo menos em três aspectos.
    Primeiramente não acredito que ,se o Ken Anderson voltasse, tivesse lugar no main event. Apesar das suas incríveis promos para mim nunca vai passar de um midcarder.
    O segundo ponto é Matt Hardy. Usar os Hardys na divisão de tag team?Não obrigado.Este homem Matt Hardy (não sei se acompanhas TNA) a meu ver, faz um excelente trabalho como heel.Um regresso como Heel no mid card ou até no main event seria ótimo.
    O ultimo ponto é o jeff hardy (como podes ver é o meu wrestler favorito xD) apesar de não ser o melhor in ring é dos wrestlers que mais cativa e que vende.Por isso vejo-o como um mid/main eventer.
    Mais uma vez excelente artigo.

    • danielLP21 - há 5 meses

      Obrigado.

      Sinceramente, sempre gostei muito do Matt Hardy, mas a verdade é que o seu tempo no topo já passou. Acho que a divisão de equipas precisa mais deles do que as restantes, onde já há muitos wrestlers.

  22. wesley - há 5 meses

    todos que vc falou e acrescentava o goldberg e mickie james gail kim cm punk ted dibiase cryme tyme the great khali heel ec3 lashley drew mcintyre

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador