Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Get Ready To Fly #1 – Mr. Botchmania

Olá a todos. O meu nome é Francisco Dias e costumo usar o nick FranciscoAP aqui no Wrestling.PT. Já acompanho a TNA há uns 4 anos, sendo que no último ano tenho sido um espectador mais atento pelo que tento não perder nenhum Impact ou PPV. Esta nova rubrica semanal é um espaço de comentário à actualidade da TNA, uma companhia que vai sendo a principal razão para ir continuando a gostar de ver este espectáculo que é o wrestling. O nome do artigo é o meu pequeno tributo a uma das caras da TNA e um dos melhores de sempre no que toca a in-ring skills, AJ Styles. Dito isto, vamos então para a primeira edição do “Get Ready To Fly”!

14 de Outubro, 2012 | PPV Bound For Glory – Rob Van Dam conquista o título da X-Division ao antigo campeão, Zemma Ion.

Arrisco-me a dizer que algumas pessoas quando viram este combate, e principalmente o desfecho, sentiram um certo “déjà-vu” de quando o Abyss também se tornou o campeão da X-Division. Claro que são casos diferentes, no caso do Abyss este punha em perigo o estilo da divisão que se tornou famosa pela espetacularidade acrobática e perigo dos golpes usados pelos lutadores; já o RVD, um veterano dos ringues com um estilo high-flyer, pôs em perigo a filosofia da divisão que até então era dedicada a novas caras e futuras estrelas. Por essa razão, para muitos fans da TNA ver um veterano que já traz pouca novidade para os seus combates como campeão deixou muita gente preocupada e frustrada. Frustração essa que foi aumentado à medida que víamos o RVD ir mantendo o seu título combate após combate, PPV após PPV. Entretanto iam-se destacando na divisão algumas caras como Christian York ou Kenny King que não faziam muito mais que somar aparições em combates, mas também derrotas pois muitos desses combates foram contra RVD cujo reinado como campeão parecia não ter fim à vista. E foi esta a realidade da X-Division até o dia 28 de Fevereiro de 2013.

De volta à Impact Zone, após uma tour pelo Reino Unido onde a TNA gravou 4 fantásticos episódios, temos o fim dessa frustração que se já vinha a acumular. RVD perde o seu título. Reparem como nem disse quem o ganhou, apenas que o RVD deixou de ser campeão e arrisco-me a dizer que foi isto o principal que passou pela cabeça de muitos fãs no fim do combate. Eu pelo menos sei que foi isso que aconteceu comigo. Mas agora falemos do vencedor do combate que, como já perceberam, pouco importava quem era – já tinha o direito a festejo por parte dos fãs só pelo facto de ter tirado, finalmente, o título ao veterano. Kenny King ou como lhe gosto de chamar, Mr. Botchmania, é o nome desse lutador. O novo, e actual, campeão da X-Division.

Todos sabemos que os “botchs” são uma realidade e principalmente numa divisão como a X-Division, em que a complexidade e risco dos golpes é superior, é normal acontecerem mais vezes esses “botchs” do que na maioria dos combates. Contudo, temos que também ter capacidade de perceber quando passa a linha do que é normal e razoável acontecer e passa a ser uma falha técnica do lutador. E nesse sentido, o actual campeão da X-Division comete muitas falhas, constantemente. E numa divisão em que muitos dos lutadores são, praticamente, “rookies” que têm pouca experiência e, em consequência, uma baixa capacidade de improvisação (salvo raras exceções), esses erros e “falhas na rotina” são facilmente denunciados. Isto além de comprometer a credibilidade do combate, muitas vezes põe em risco a segurança dos próprios lutadores.

O King não está pronto para ser campeão ainda, precisa de ganhar mais experiência e, principalmente, confiança. Tem problemas a nível da execução dos golpes e timing, mas olhando para o percurso que ele tem, onde conta por uma passagem pelo ROH, na minha opinião neste momento o que o está a impedir de fazer melhores combates e ser mais assertivo nos golpes é a confiança do próprio que me parece estar em baixo. Seja isso resultante dos tais erros que tem vindo acumular ou da sua ascensão rápida, que não foi propriamente recheada de vitórias ou grandes prestações (de todo), ao que se junta a conquista do título de campeão algo forçada devido ao fim de contrato do RVD, o King não tem sabido lidar com isso e corresponder às expectativas.

Apesar de ser um dos que estava algo cansado do RVD, a experiência deste último revelou ser fulcral nos combates com os lutadores mais novos pois em muitos momentos foi quem carregou os combates e disfarçou os erros dos outros. A TNA, numa altura em que está a dar um passo importantíssimo na sua história precisa de ter uma X-Division na sua força máxima e isso significa reforçar o plantel com valores seguros e que já tenham provado que são capazes de representar a marca X-Division como ela se tem definido desde que foi criada. A TNA precisa de um campeão à altura do desafio. E o que o King precisa é que lhe tirem alguma pressão dos ombros para que possa ganhar confiança e deixar de lado a imagem de Mr. Botchamania.

* Para terminar, todas as semanas vou-vos convidar que façam o vosso TOP 3 de um determinado tema que esteja ligado ao artigo.

TOP 3 da Semana – Esta semana proponho-vos que façam um TOP 3 dos lutadores que gostavam de ver na X-Division, sejam regressos ou lutadores das Indys que ainda não tenham tido uma oportunidade de ingressar na mesma.

Até para a semana e que a TNA esteja convosco!

Sobre o Autor

14 Comentários

  1. GJD - há 4 anos

    Muito bom artigo
    Acho difícil fazer um top 3 , já que não conheço o peso dos lutadores e não vi muitas lutas deles mas seriam boas opções a Tna :Jigsaw , AR Fox,Ricochet, Samuray de sol

  2. Vince It Factor - há 4 anos

    Antes de mais, gostava de expressar o meu agrado por ver mais uma pessoa com conhecimento e da qual aprecio os comentários acerca da TNA, a abrir um novo espaço dedicado à companhia, desta feita aqui no Universo. Ah e belo nome !

    Quanto ao artigo não há muito a acrescentar ou dizer pois concordo com tudo o que disses-te, na altura em que o RVD perdeu o título nem nos importamos com quem era o novo campeão, apenas com o final do RVD. Quanto ao Kenny King, ele está claramente em baixo, ele quando chegou à TNA não botchava tanto, não sei se te lembras, mas tinha muito melhores combates do que está a ter agora e eu não entendo o porquê.

    Já falei no chat no Impact e volto a referir aqui, que um tempo na OVW não lhe ia fazer mal, apesar de saber que ele tem potencial e apenas está em baixo. Era importante termos um campeão bom e experiente neste momento, e diga-se que o cenário, não é favorável.. O meu favorito era o Zema Ion, mas esse apesar de melhor que o Kenny King está igualmente verde, mas convém lembrar que estava a ter um ótimo reinado antes do RVD e merecia a oportunidade..

    Quanto ao top 3 que falas, é complicado… Gostava de ver nomes como PAC, Jay Lethal, Chris Sabin, Davey Richards, Eddie Edwards, Adam Cole, Roderick Strong, Petey Williams ou mesmo Tyson Kidd, Seth Rollins, El Generico, porque não ? …

    Mas escolher 3 para não fugir ao tema, Chris Sabin, Pettey Williams e Eddie e Davey Richards ! Mas qualquer um dos que falei seria do meu agrado entre muitos outros…

  3. Jorge Rebelo - há 4 anos

    Francisco os meus parabéns pela primeira edição e deixa-me dizer que o nome do espaço é desde logo fantástico.

    Escolhe um tema que é muito importante na actualidade da TNA – a X Division, que está a iniciar uma nova era e começa com uma nova cara a defender o seu titulo – Kenny King.

    Como várias vezes conversamos no Chat, concordo com a avaliação que fazes do momento actual do Kenny King. Apesar de compreender que os combates na X Division serem mais propensos a erros, não fosse a TNA apelidar os lutadores de highflyers, risk takers and daredevils, a verdade é que os últimos combates do King têm sido demasiados e demasiado óbvios. O problema dá-se sobretudo pelo erro no timing e parece-me que ele se retrai na hora de aplicar um golpe.

    A grande questão é porquê? Motivação? desconcentração? falta de experiência? Eu até arriscaria colocar as últimas lesões do Jesse Sorensen e do Chris Sabin na lista de factores que podem levar os lutadores da X Division a retirar o “pé do acelarador”. Seja como for, o King mostrou enorme potencial na sua passagem pela ROH, mas é mais que evidente que ainda não está preparado para carregar o ouro da X Division.

    Dai, parece-me que a TNA deveria claramente apostar em lutadores mais experientes para segurar a divisão nesta fase. Para ligar esta ideia ao TOP 3 e assim, entre muitas e muitas possibilidades, menciono três regressos:

    1- Petey Williams
    2- Low Ki
    3- TJ Perkins

    Obrigado por este óptimo espaço Francisco e que continues por muitas mais edições.

  4. RuiFerreira222 - há 4 anos

    Meu top 3: Justin Gabriel
    Tyson Kid
    Bryan Danielson

    Eu sei que são os 3 da WWE, mas eu os queria ver a lutar pelo X Division Championship. Sinto que dariam um grande combate e seriam melhor aproveitados…

    • danielLP21 - há 4 anos

      Daniel Bryan? Não concordo. Está muito bem na WWE. Foi das poucas coisas realmente boas que a WWE fez nos últimos anos.

  5. danielLP21 - há 4 anos

    Excelente 1º artigo Francisco! É muito bom ver que há mais alguém sem ser o Jorge Rebelo a escrever sobre a TNA aqui neste site.

    Sabes que concordo contigo, até pelas conversas que temos no chat às quintas-feiras. Por isso, não tenho muito a acrescentar. O Kenny King não está pronto para ser campeão. E não podias estar mais certo quando dizes que os fãs festejaram mais a derrota do RVD so que a vitória do King. Pelo menos, foi esse o nosso caso xD

    3 lutadores que eu gostava de ver na X- Division? Ui, é difícil… Mas cá vai:

    1- Petey Williams
    2- Roderick Strong
    3- Jay Lethal/Adam Cole ( não consigo mesmo decidir xD)

  6. Roberto Barros - há 4 anos

    Grande artigo Francisco fico feliz em ver mais uma pessoa escrevendo sobre TNA. sobre os 3 nomes que gostaria de ver na X-division eu votaria em

    1- Petey Williams

    2- PAC

    3- Jason Lyte

  7. Enigma - há 4 anos

    Grande novidade.

    Desde já, parabéns Francisco, mais um espaço dedicado á TNA e a escolha do nome foi espetacular, adoro esta theme song… “I am, I am!” xD

    A ideia do Top 3 é muito boa.

    1º Tyson Kidd, sem dúvida alguma este é o primeiro da minha lista.
    2º Ricochet

    E por último a volta permanente do Brian Kendrick.

    Ja cheguei á pensar em começar um artigo aqui no Universo mas desisti.

    E pra quem não conhece a “Botchamania”, recomendo assistir algum episódio no Youtube, é sensacional xD

  8. thegreatestmanthateverlived - há 4 anos

    Não sei porque raios o kenny king é o mr.botchamania quando RVD contra o Roode quase arrebentou a própria perna numa escada e ainda há pouco tempo desmaiou depois de um 450 mal feito contra o kenny, obrigando o “rookie” a improvisar como veterano.

    Mas na x division sempre houve botches por causa do ritmo dos combates, nem todos podem ser “fenomenais” e até o próprio AJ também já fez os seus erros. Discordo contigo quando dizes que o kenny king não está pronto para ser campeão, mas gostos são gostos.

    Falando em talento que queria ver na x division:

    – Tem que haver um representante dos aces&eights, sabin não era mau.
    – Prince Devitt
    – TJP (ouvi dizer que lutou no xtravaganza)
    – Gargano
    – KENTA
    – Ricochet

  9. FranciscoAP - há 4 anos

    Não me levem a mal não responder a todos os comentários individualmente mas quero agradecer o apoio e as simpáticas palavras. Vou tentar trazer todas as semanas a minha modesta opinião sobre a TNA, umas vezes vamos concordar, outras não – mas também é aí que está a piada.

    Não achei oportuno deixar o meu Top 3 no artigo mas aproveito agora:
    – Low Ki
    – Amazing Red
    – Suicide

    E já agora, temos aqui já sugestões muito interessantes para regressos. Agora é mandar uma carta à TNA :D relativamente aos das Indys é ver se estão no Gut Check

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador