Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Impacto! #1 – Será que “eles” vieram para ficar?

Olá a todos! Sem tempo para apresentações vamos então à crónica! Estou no PTW para falar da TNA

Não gosto de misturar WWE e TNA. Mas por vezes tal se torna obrigatório. Quando o Kevin Nash e Booker T apareceram no Royal Rumble 2011, muitos fãs especularam sobre a forma como a TNA poderia reescrever o ângulo “eles” (“They”), anunciado para o iMPACT de 3 de Fevereiro, uma vez que “eles” deveriam ser o retorno da Main Event Mafia. Essa dica foi lançada com a presença de Scott Steiner em pleno iMPACT mostrando-se em trajes MEM clássico.

O regresso da Main Event Mafia (recorde-se constituída por Steiner, Nash, Booker T, Sting e Angle) foi uma proposta da Spike TV tentando trazer de volta o stable que mais audiência trouxe para a TNA. Sem Nash e sem Booker (e mesmo sem Sting que ainda não renovou contrato com a TNA), Russo e parceiros reescreveram a história. Tudo o que restava da máfia era Angle e Steiner, longe do poder de fogo para derrubar os Imortais. No início do iMPACT em que tudo seria revelado, Steiner e Angle continuaram a insistir que “eles” iam lá estar. Bischoff descartou essa possibilidade, lançando até algumas farpas a Booker e Nash.

Como um aparte desse iMPACT, também deveria saber-se o destino do processo judicial contra Hogan, interposto por Dixie Carter, mas eles usaram a desculpa de que o caso foi mantido até Março. Na verdade Hogan continua em recuperação da operação á coluna. Agora vem o problema. Porque razão a TNA insistiu em publicitar o iMPACT de 3 de Fevereiro, para o regresso da MEM sem ter os lutadores originais sob contrato? Erro de amador e o resultado só poderia vir sob pressão.

Ora semana antes do iMPACT de 3 de Fevereiro, Fortune e Immortal lutavam lado a lado, sem nada que os dividisse. No final do episódio de 3 de Fevereiro, ficamos a saber que AJ Styles, Kazarian e Beer Money são “eles”. Embora me agrade este final e penso que os Fortune são uma melhoria, face á hipótese de regresso da MEM como salvadores (pois eles são jovens e são o futuro da empresa) a sua separação dos Immortal deixa estes últimos um pouco impotentes. Que os lutadores ficam para os immortal? Jeff Hardy, Jeff Jarrett, Matt Hardy, Gunner, Murphy, Abyss and Rob Terry? Isso parece uma piada de mau gosto.

A história é coerente? Nem por isso. Desta vez, Russo e a equipa criativa nada tem a haver com a pouca lógica de tudo isto. A verdade é que se a Spike TV quer a MEM, então é bom que Dixie Carter tenha toda a gente sob a sua folha de pagamentos antes de criar uma história. Uma incoerência de exemplo: AJ Styles foi atacado por Crimson, há algumas semanas antes. Por que fazer isso se ambos estavam do mesmo lado?

Quer seja por culpa da equipa criativa ou da direcção, a TNA dá tiros nos pés que torna difícil o seu crescimento. Aliás é a minha opinião sincera, que a TNA é a empresa que neste momento tem os melhores talentos e ao mesmo tempo a pior equipa criativa (que não sabe o que fazer com tantos lutadores extraordinários).

Mas em nota positiva, o final do iMPACT de 3 de Fevereiro, confirma AJ como a grande figura da TNA. Resta saber, se esta é uma porta aberta para AJ se afirmar como o mais sério candidato a TNA World Champion e a que os talentos originais da TNA se imponham ou se novamente o “tempo de antena” vai recair para talentos vindos da WWE, perdidos em histórias pouco coerentes.

Será 2011 o ano do sangue original na TNA?

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

18 Comentários

  1. Suicide - há 6 anos

    Para mim a empresa de wrestling perfeita era:
    – Os grandes talentos da TNA (e alguns da WWE, claro)
    – A equipa criativa da WWE
    – E totalmente livre de PG

    • Jorge Rebelo - há 6 anos

      Suicide, concordo contigo, mas não sei se a equipa criativa da WWE é melhor. Quando deixei de ver a WWE as coisas estavam muito más e pelas noticias que vou lendo, as storylines continuam a ser aborrecidas e previsíveis.

      • Paulo Silva - há 6 anos

        Melhor que a da TNA é de certeza. Claro que às vezes é previsível.. Na TNA, quando não é previsível é porque nem eles mesmos sabiam ainda!

      • Jorge Rebelo - há 6 anos

        Paulo a TNA é imprevisível, aliás é caracteristica do Vince Russo inventar swerves e combates especiais que não lembram a ninguém. Assim de repetende, lembro-me do viagra in a pole match (ainda na wcw)…o problema é a falta de coerência, lógica e o pouco build-up das storylines. Resultado? pouca mobilização dos fãs e muitos talentos desaproveitados.

      • Don Jordan - há 6 anos

        Uma vénia a estas palavras, porque representam o que vai na TNA nestes últimos meses/anos.

      • Paulo Silva - há 6 anos

        Eu acho que a impresibilidade (não sei se está bem escrito) da TNA, deve-se ao facto de que nem mesmo eles tem certezas quanto aos seus planos. Não quero ofender nenhum fan de TNA nem deitar abaixo. O Russo até pode ter sido o melhor booker do mundo mas neste momento o booking da TNA anda muito mal. De quem é a culpa não sei…

  2. RJ Wild - há 6 anos

    Antes demais parabens por te juntares à equipa do PTWrestling. Uma critica muito boa e muito dura que certamente se percebe o quanto és fã da TNA e te encontras desgastado das politiquices de bastidores da TNA. Muito bom trabalho, continua.

    • Jorge Rebelo - há 6 anos

      RJ obrigado pelas tuas palavras de incentivo. Para mim todo o que a TNA tem de bom, tem sido eclipsado por decisões erradas. Como diria Shakespeare – há algo podre no reino da Dinamarca – que no caso da TNA passa certamente pela equipa criativa e por falta de coragem na direcção.

      • RJ Wild - há 6 anos

        Exacto, mas contando uma coisa que acontece neste mundo e não só no wrestling. Acho que devia ser cada macaco no seu galho. Jeff Jarrett fundou a TNA, e numa altura em que precisavam de marcar impacto no mundo desta modalidade que tanto adoramos, devia ser outro elemento de força. De facto, a TNA procurou isso e foi buscar Hogan. O problema não foi buscá-lo, mas sim manter quem já estava antes de Hogan. Se as coisas já estavam mal, há que apurar. Eu sou a favor de Hogan não se ir embora, ele consegue muita coisa que muitos não conseguem. Ele é o mitico. E de facto, acho que deviam deixar Hogan escolher o macaco certo para cada galho.

  3. Bruno Silva - há 6 anos

    “Uma incoerência de exemplo: AJ Styles foi atacado por Crimson, há algumas semanas antes. Por que fazer isso se ambos estavam do mesmo lado?” Ya tambem me lembrei disso nao faz mesmo sentido a TNA tem que ter cuidado com estes “promenores”

  4. mandathai - há 6 anos

    Só há um homem capaz de transformar a TNA em algo muito grande e espectacular e esse não está interessado. É o grande Paul Heyman. Mas a Dixie quando o quis contratar não quis ceder às exigências dele (que eram bem grandes). Eu se fosse a Dixie dava-lhe tudo o que ele quisesse e um pontapé na bunda do Russo. Aí sim a TNA voava.

    • RJ Wild - há 6 anos

      Acho que Paul Heyman, poderia dar uma ajuda. Mas com o orçamento de hoje em dia e repara que estamos em crise, não podemos comprar um Ferrari e termos para nós um ordenado minimo. A TNA sofre de problemas estruturais, acho que há gente a mais e a explorar bem a imagem da TNA. Só que acho que devia ser um wrestler, ou um até mesmo já retirado a ocupar o galho certo, não se trata de tachos, mas sim de experiência. Para que queres um gajo que percebe mais de economia quando precisas de alguém que sabe criar ratings e dar que falar? Acho que é o que a TNA peca em não ter.

    • Jorge Rebelo - há 6 anos

      por acaso o meu próximo aborda um pouco esse assunto. Sem me alongar muito por agora, eu nunca daria o controlo total o heyman pela razão que quando ele teve o livro de cheques na mão a ECW afundou-se. Agora que ele é excelente a desenvolver talentos e como booker isso é e tem uma capacidade óptima de promover o negócio. O papel de Heyman teria de ser uma espécie de Director-geral mas sem autoridade sobre as contas da TNA (que aliás é financiada pelo Bob Carter).

  5. Tiago Silva - há 6 anos

    Parabens por te juntares á equipa.
    Sem duvida foi das coisas que ja pensei muito, quem e que promete um regresso de uma stable sem ter ja as condições acertadas com esse wrestler, grande falha sem duvida.
    E os Fortune são grandes têm talento, juventude e o futuro.
    Continua com artigos como este ;)

  6. Cláudio - há 6 anos

    Bom artigo, continua assim ;)

  7. Felipeccs - há 6 anos

    pelo visto a tna nao vai desistir de alcançar a wwe, ao menos eles tem fé

    • Tiago Silva - há 6 anos

      Se a TNA se deixa-se de coisas para tentar alcançar a WWE, tudo podia correr muito melhor la dentro bastava preocuparem-se em fazer os papeis deles sem rivalidades.

      • Jorge Rebelo - há 6 anos

        O wrestling em geral (e falo do mercado norte-americano sobretudo) está a passar por uma fase má. Os fãs são muito menos que nos anos 90 e isso representa menos olhos no produto, menos interessados em apoiar e patrocinar, menos dinheiro a entrar…

        Organizações como a TNA têm que perceber que não adianta tentar lutar por um osso que está cada vez menor. Há que inovar. A própria WWE deve desejar boa sorte á TNA pois a concorrência pode fazer o mercado crescer.

        Não foi por acaso que a época dourada do wrestling surgiu quando a WCW se assumiu como a organização número 1, relegando a WWF para segundo lugar.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador