Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Impacto! #65 – A “Atleta Perfeita” Shanna

Esta semana iremos colocar o foco na divisão feminina da TNA, sobretudo porque na recente digressão pelo Reino Unido tivemos um lutadora Portuguesa a participar no Gut Check. A “Portugal’s Perfect Athlete” Shanna teve uma oportunidade de mostrar aos responsáveis da TNA que tem valor para ser uma Knockout. Será que vamos ter Portugal no mapa do wrestling?

Mais uma vez, no final deste Impacto! temos uma surpresa para a família TNA.

A divisão feminina da TNA sempre foi um diamante na coroa da organização. Ao longo dos anos, nomes como as Beautiful People, Gail Kim, Tara e Awesome Kong mostraram que o wrestling no feminino se faz com muito mais que uma cara bonita. Contudo, recentemente a divisão feminina da TNA entrou num impasse. Ao longo de 2012 e até já durante 2013, a divisão passou por uma limpeza no roster.  Nomes menos utilizados como Winter, Sarita ou Rosita deixaram a organização. Também talentos consolidados como Angelina Love ou Velvet Sky seguiram o seu caminho (apesar de Sky ter regressado à organização já este ano). Por outro lado, a divisão consolidou a presença regular de Tara, Tessmacher, ODB e Mickie James e fez regressar Gail Kim em 2012. A juntar a estes nomes acresce Madison Rayne e a vencedora do TNA Gut Check Taelor Hendrix.

Apesar de considerar que a divisão feminina está bem servida de talento, face às saídas o número de atletas parece algo reduzido e sobretudo as rivalidades tornam-se repetidas, uma vez que praticamente todas as atletas já lutaram entre si dezenas de vezes nos últimos 2 anos (excluindo Taelor Hendrix). Claramente, faltam caras novas que possam criar novas histórias e novos focos de interesse para esta divisão.

Apesar de este impasse a TNA parece estar a voltar o foco novamente para a remodelação desta divisão. As britânicas Blossom Twins, que participaram no TNA British Boot Camp parecem destinadas a vir a lutar na TNA, da mesma forma que gradualmente Taelor Hendrix começa a surgir em combates no Impact Wrestling. Estas três lutadores estão ainda no território de desenvolvimento da TNA (Ohio Valley Wrestling), mas são uma aposta para o futuro. Até lá, a TNA precisa de abanar a divisão e porque não o fazer com novos talentos que possam já integrar o roster?

Na última digressão da TNA pelo Reino Unido as reacções aos talentos femininos, que estiveram presentes num tryout (Gut Check) promovido pela organização, foram extremamente encorajadoras.

No dia 24 de Janeiro em Notthingham estiveram presentes duas lutadoras do melhor que o wrestling europeu tem para oferecer. Um dos road agents da TNA – D’Lo Brown classificou as atletas femininas como o melhor grupo de talentos (lutadoras entenda-se) que já estiveram num tryout da TNA. Irei deixar o melhor (na minha opinião) para o fim.

Se há algo que todas as promoções de wrestling procuram para a sua divisão feminina são atletas com uma estatura física imponente. Porquê? Porque sobressaem entre lutadoras que geralmente primam pela estética. A Alemã Alpha Female  impressiona desde logo. Durante o Gut Check, D’lo Brown chegou a olhar Alpha Female nos olhos e afirmar: “Não imaginas a quantidade de e-mails que recebo por tua causa. Espero que me mostres o porquê”. A Alpha Female já teve um dark match na TNA e trabalhou em alguns house shows da promoção, pelo que está certamente no radar da TNA. Particularmente admiro a sua estatura, que de certa forma pode trazer algo de totalmente diferente à divisão. A sua robustez cativa rapidamente a atenção de quem está a assistir a um evento e dos combates que já tive oportunidade de assistir online, é uma lutadora com boas capacidades no ringue. Vejo-a a ter uma feud muito equilibrada com a Gail Kim ao estilo da Awesome Kong.

Mas o meu grande destaque é Português. Com muito trabalho a “Portugal’s Perfect Athlete” Shanna conseguiu impor-se no mapa do wrestling europeu e o seu nome navegou o Oceano Atlântico até à TNA. Shanna tem um percurso fascinante no mundo do wrestling, mas irei deixar isso mais para o final. O que mais impressiona na Shanna é a sua capacidade atlética. Basta passar os olhos por um par de combates dela, para perceber o enorme talento que respira quando arrisca suicide dives, executa um cross body do topo das cordas ou um hurricanrana. Nas promos é formidável mostrando confiança e expressividade, conseguindo passar de um discurso doce para um tom agressivo com uma enorme naturalidade. Para a TNA, Shanna seria uma aposta ganha, pois vem já com a sua gimmick construída, tendo desenvolvido alguns maneirismos e rotinas de apresentação ao público que a destacam. Recordo por exemplo a entrada para um combate, numa corrida energética que terminou ajoelhada no centro do ringue, com os braços abertos, olhando para o céu. Épico. A Shanna será aquilo que podemos chamar de “pacote completo”. A TNA não necessita de perder tempo a prepará-la para a televisão, pois ela já teve o trabalho e o mérito de desenvolver um personagem “pronto a usar”. Que mais se pode pedir? Vejo-a preparada para atacar o titulo principal da KO division ou num ângulo interessante, a TNA pode usar a sua gimmick actual para uma nova geração das The Beautiful People (Sky, Rayne e Shanna). No primeiro episódio do TNA Backstage Pass, Shanna fala do que espera do Gut Check e promete pôr Portugal no mapa da indústria do Wrestling. Os elogios de D’lo Brown e de outros participantes do Gut Check foram muito positivos e nas redes sociais não pára de crescer o reconhecimento do talento da Perfeição Portuguesa.

Ficam aqui algumas imagens de Shanna (calções amarelos) no Gut Check de Nothingham.

Qualquer uma destas duas atletas pode chegar, ver e vencer, sem necessidade de passar pela OVW. Mas a grande questão é saber se Shanna terá realmente uma hipótese na TNA, ou seja, se há abertura para novas contratações. Recentemente, a presidente da TNA Dixie Carter foi questionada sobre o futuro da divisão feminina. Carter afirmou: “Eu espero ver uma nova cara ou duas. Penso que o nosso roster actual é o melhor, mas podemos sempre agitar um pouco as coisas”.

Para mim, Promete!

Termino esta edição do Impacto! com mais uma novidade para a família TNA. Depois da entrevista exclusiva ao AJ Styles, o Wrestling.pt está em condições de vos trazer mais uma entrevista muito especial. Graças à enorme disponibilidade e simpatia da Shanna, a Portugal’s Perfect Athlete concedeu-nos a oportunidade de lhe colocar algumas questões. Assim, peço a todos que deixem nos comentários algumas questões para colocar à Shanna e posteriormente serão divulgadas as respostas aqui no Impacto!

É uma excelente oportunidade de perceber o wrestling visto no feminino, em português, de alguém que tem uma carreira fascinante e está em plena ascenção e a lutar por um lugar numa das maiores organizações mundiais de wrestling.

Até ao próximo Impacto!

Facebook da Shanna: http://facebook.com/PerfectAthleteOfficial


http://youtu.be/ZYX1jnk45RU

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

35 Comentários

  1. Theory - há 4 anos

    AJ + Pro Wrestling = Shanna

  2. AustinAries - há 4 anos

    excelente artigo sobre as KO. Sobre a Shanna gostava de saber o que a fez começar a praticar wrestling e como reagiram os amigos e a familia á escolha de carreira.

    • cristiano torres - há 4 anos

      eu sou igual tambem quero ser mas eles estao sempre a gozar comigo e a minha familia disse que um dia podia mas primeiro tenho que arranjar trabalho :(

  3. valugi - há 4 anos

    Poderia perguntar a Shanna qual a Knockout da TNA que ela mais gosta de ver lutar na atualidade? Outra pergunta poderia ser como ela se interessou a praticar wrestling?

  4. Jorge Rebelo - há 4 anos

    Eu não referi no artigo mas quem tiver twitter pode seguir a Shanna em https://twitter.com/Shanna_WP

    Numa noticia anterior já tinha referido mas volto a afirmar: o apoio dos fãs é muito importante. A TNA tem prestado muita atenção a tudo o que é dito nas redes sociais e a comunidade de pessoas que falam a lingua portuguesa por esse mundo fora são 200 milhões. É um mercado tremendo, onde a TNA ainda não investiu (continua a faltar programação em Portugal e no Brasil, por exemplo). Sem querer parecer muito dramático, mas o sucesso da Shanna é uma janela de oportunidades para nós todos que vibramos em lingua portuguesa por esta indústria.
    Pessoalmente, o que poder fazer para apoiar a Shanna junto da TNA vou fazer, seja pelo twitter, facebook ou por e-mail.

  5. Diogo - há 4 anos

    Gostaria de saber qual foi o combate mais memorável que ela já teve e qual o seu dream-match. Se puder colocar outra pergunta, quem são os seus wrestlers favoritos?

  6. Anónimo - há 4 anos

    Esse combate está mm mt bom, mas a Shanna levou uma tareia lol

    1 pergunta para ela…Como é ser wrestler em pt? Dá para viver disso? ambições para o futuro?

    Portugal!!! :P

  7. Really? - há 4 anos

    Tens alguma lutadora que vês como ídolo?

  8. MR Perfection Andre Santos - há 4 anos

    Atleta fantastica!

    • MR Perfection Andre Santos - há 4 anos

      A pergunta que eu faziaera a seguinte:

      Aos olhos dos fás o que te torna diferente das outras lutadoras?
      Opinião pessoal:

      adorei o teu Look mas mais ainda as tuas ring skills.

  9. FábioVaz - há 4 anos

    Só eu que vi a Emi aplicar um Cross Rhodes ali? kkkkkkk

    Queria saber da Shanna, se ela se baseia no treinamento de wrestling masculino pra ficar superior em seu estilo.

  10. Wagner Matheus - há 4 anos

    Realmente, ambas teem muito potencial, e podem muito bem, ingressar no Roster da TNA, sim senhor. Bem, és verdade que a Knockouts Division já passou por dias melhores, mas eu acho que algumas mudanças poderiam reerguer a divisão, que não está nada de terrível, mas também nada de espetácular. Acho que deveria haver algumas idéias interessantes, e atrativas, como por exemplo; Fazer um torneio por Number One Contender ao KC, ou então fazer uma Triple Threat Match, Fatal 4-Way, ou Battle Royal, enfim, somente um Singles Match em um combate bom de 10 minutos já estás a ficar enjuativo. Mas é claro que também tendo uma divisão composta por 7 mulheres, as coisas ficam mais difíceis.

    Outro fator que me irrita bastante, é o Knockout’s Tag Team Championship. Um título que aliás, eu defendo-o para que seja extinto. Se tens um título, somente para uma dupla feminina, porque diabos temos um homem sendo detentor de tal título, acompanhado da ODB? Aliás, para piorar as coisas, raramente este título é defendido e quando está em jogo é um combate ruim de no máximo 10 minutos, e depois, só daqui a 2 para 3 meses para termos novamente um combate com o title em jogo. Pode-se dizer que o Knockouts Tag Team Championship, perdeu todo o seu valor no ínicio do ano passado, quando Young e OBD, se consagraram os novos campeões. (Era pra ser campeãs). xD

    Bem, agora a falar das Knockouts que poderam ingressar na Knockouts Division da TNA em breve. Primeiro; Alpha Female; Esta tem um grande potencial. Bastante robusta, e sólida no ringue. Bastante técnica e ágil. Confesso que adorei a ver em ringue. (Aliás, no final do meu comentário deixarei uma combate dela). Imagino que ela deve atuar muito bem como heel. Agora; A ‘’Atetla Perfeita’’, Shanna. Oras, pelo pouco que vi, ela parece ser uma Wrestler bastante talentosa. Rápida e àgil. Acho que estamos muito perto, de termos uma portugues (a) no ‘’mapa do Wrestling’’. Oras, para terminar meu comentário. Eu gostaria que até o final do ano, as Blossom Twins ingressasem ao Roster Principal.

    A minha pergunta, para Shanne é:

    Com quantos anos você começou a assistir Wrestling? E qual era a lutadora que você via como ídolo quando criança?

    Vídeo de um combate da Alpha Female:
    https://www.youtube.com/watch?v=CbhLmv99S4o

    • Wagner Matheus - há 4 anos

      Arrumando o erro, ao invés de: ”A minha pergunta, para Shanne é:”, bem arrumando é Shanna. Novamente equivoquei-me aqui. xD

      • Jorge Rebelo - há 4 anos

        Sem qualquer problema Wagner. Concordo contigo em relação titulo de Tag-team da KO division e acredito que a TNA informalmente também concorde, pois apesar de continuar a existir há muito tempo que nem sequer é referido. Vai acabar por desaparecer a menos que a TNA crie um segundo show e preencha a divisão feminina com mais talentos.

  11. André_THEROCK_1992 - há 4 anos

    Para Shanna:

    Costumas acompanhar pro-wrestling na tv/internet?Se sim, quais as companhias que preferes?

  12. FranciscoAP - há 4 anos

    Grande artigo Jorge, muito interessante mesmo. Olha a minha pergunta confesso que pode não ter lógica mas isto sou eu a supor que a Shanna iria usar a gimmick da “Portugal’s Perfect Athlete”

    “Shanna, no caso de teres oportunidade de actuar na TNA como “Portugal’s Perfect Athlete” não tens receio de teres uma gimmick que te possa cortar oportunidades de teres sucesso junto do público, visto que de alguma forma realça um país que certamente muitos americanos mal conhecem ou não lhes diz nada?”

  13. Vinícius Nunes - há 4 anos

    A TNA é a única empresa que me desperta uma certa curiosidade para o wrestling feminino, e se a Shanna conseguir ir para lá será muito bom, pois vejo que nessa CIA ela poderá mostrar todo o seu talento, e mostrar que Portugal tem capacidade de produzir grandes wrestlers.

    Parabéns para o Jorge, porque é um artigo muito bom, e espero que a Shanna tenha sucesso nessa empreitada.

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      Vamos certamente estar atentos ao futuro :)

      Quero só sublinhar que tantas e tantas vezes surge no “Perguntas e Respostas” a questão sobre se vamos ter um wrestler português ou brasileiro na WWE ou na TNA. Pois bem, a Shanna pode estar a fazer esse caminho e conseguir vencer numa industria dominada por homens, cujo motor é de longe o continente Norte-Americano é extraordinário.

  14. SobralNation - há 4 anos

    Eu não conheço a Shanna. Em que empresas lutou? Quais são os teus finishers?

    • E que tal te ires informar em vez de perguntares? É mais fácil perguntar não é? –‘

      Ela tem Facebook, tem lá várias informações. É só ir lá, procurar e consultar.

  15. Y2Roode_PT - há 4 anos

    Bem a TNA aqui no site não pára de surpreender. Mais uma entrevista, muitos parabéns!

    tenho 1 pergunta espero que dê para entender…é dificil para 1 mulher ser wrestler? Tipo será que os homens não acabam por não levar muito a sério as wrestlers ou os comentários vão mais para a beleza que para o talento…

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      Agradeço o elogio e parece-me uma pergunta excelente.

    • FranciscoAP - há 4 anos

      Concordo com o Jorge, uma bela pergunta e confesso que (a ser feita) estou curioso para ver a resposta da Shanna. Afinal é esse o grande paradigma do wrestling feminino, a questão da beleza/talento

  16. Paradox"The Game" - há 4 anos

    Infelizmente Portugal não tem muita tradição em desportos de luta muito menos wrestling, e cá em Portugal o pessoal que gosta de wrestling só assiste WWE, e mesmo assim agora já não se vê muitas pessoas que assistam WWE como em 2006 que era uma grande quantidade de pessoal que assistia wrestling, mas espero que a Shanna entre na TNA(pelo vídeo ela parece ter qualidade) e espero que mostre que Portugal não é só futebol.

  17. danielLP21 - há 4 anos

    Excelente artigo Jorge!

    Eu acho muito difícil a Shanna entrar na TNA… Não estou a dizer que é impossível e muito menos a agoirar, mas acho que as gémeas são a prioridade da TNA. Se entrarem 4 ou 5, então as probabilidades de vermos a Shanna na TNA são muitas.

    Apesa da pequena dimensão do nosso país, quem sabe se a TNA não quer apostar no mercado Português? Afinal de contas, uma lutadora portuguesa pode levar algumas pessoas a começarem a acompanhar a TNA nem que seja apenas pela curiosidade e a ver. Não sei, digo eu… Claro que nem se pode comparar à influência e ao tamanho do Reino Unido, mas pior do que está ( em termos de acompanhamento da TNA) não era de certeza.

    Esperemos que a sorte acompane a Shanna. E a sorte também se faz.

    • Vince It Factor - há 4 anos

      Daniel mas não te esqueças que além do mercado português, a Shanna por falar a língua de Camões, também poderá despertar interesse nos países que falam a nossa língua, inclusive o Brasil que são 200 milhões e é um leque de países e uma cultura em que a TNA nunca apostou, e que estando em crescendo, caso do Brasil, seria muito interessante.

      E se perguntares se não seria muito mais fácil arranjar uma brasileira, possivelmente seria, mas a Shanna neste momento é quem tem a oportunidade e talento não lhe falta. Talvez no Brasil não haja alguém como ela e já que podem ter a Shanna, porque não apostar ?

      • danielLP21 - há 4 anos

        Sim… Bem visto! Limitei-me apenas a Portugal mas vendo as coisas desse prisma, tens toda a razão. Pode ser que daqui a uns meses tenhamos a Shanna na TNA :D

      • DanielBR - há 4 anos

        Se eu nao me engano a Bia ,lutadora da BWF,teve uma tryout match na tna,mas nao passou pq nao sabia falar ingles ,alguma coisa do genero,ja faz um tempo q isto ocorreu.Shanna luta bem ,espero q ela entre na tna!Bom dia a todos!!

  18. Luiz Punk - há 4 anos

    Otimo Artigo Jorge imagino o orgulho q a Shanna deve sentir em representar seu pais de origem numa das maiores empresas de Pro Wrestling atualmente enfim parabens a ela e tbm a vc Jorge pela grande divulgacao da TNA q vc nos proporciona nesse site enfim desejo toda a sorte do mundo pra Shanna e q alcance o topo na TNA.

  19. Vince It Factor - há 4 anos

    Excelente artigo Jorge.

    Como já referi no comentário em que respondi ao Daniel, penso que a Shanna poderia trazer, além de talento, inúmeros benefícios à TNA, assim como uma aposta num mercado que ainda não foi explorado.

    Boa sorte para a Shanna !

    Uma pergunta para ela.. Apesar de não estar inspirado, aqui vai. Como vês o panorama do wrestling feminino nos dias de hoje ? Será que poderás vir a mudar algo no panorama que se apresenta, neste caso, na grande empresa que é a TNA ?

  20. Vitor Matheus - há 4 anos

    Queria saber da Shanna,quando começou a ver o Pro-Wrestling e o que a fez se interessar pela modalidade,visto que muitos a vêem como “Fake”.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador