Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Impacto! #98 – TNA Hall of Famer: Kurt Angle

Quando estamos prestes a chegar ao Bound For Glory e à cerimónia do TNA Hall Of Fame, este impacto! vai recordar os melhores melhores momentos de Kurt Angle, que será o segundo induzido no TNA HOF.

Tenho alguma convicção que iremos contar esta semana com algumas antevisões do TNA Bound For Glory aqui no WPT. Assim optei por me focar na cerimónia que pretende homenagear pessoas que contribuíram para o sucesso da TNA e da indústria do wrestling.

A pessoa que será induzida este ano é Kurt Angle, figura que chegou à TNA em 2006 e é um dos raros exemplos de como um atleta pode perfeitamente ter uma carreira consolidada noutra promoção e mesmo assim consegue ser uma mais-valia na TNA. Penso que as maiores virtudes de Kurt Angle passam pelo seu incrível trabalho dentro do ringue, onde é certamente um talento raro naquilo que consegue colocar em cada combate, em cada manobra. O que é verdadeiramente impressionante em Kurt Angle é que eu não acredito que ele seja capaz de dar um mau combate. Não tenho memória de uma prestação fraca da sua parte, até quando lutou lesionado em combates que tiveram que durar poucos segundos (recordo-me quando perdeu o titulo mundial para James Storm). Esta sua capacidade de entrega é uma mais-valia para quem luta contra ele, pois tem toda a certeza que não fará má-figura, aliás, é praticamente impossível alguém sair mal-visto depois de um combate contra Kurt Angle. Mas estas qualidades poderiam tornar Angle numa figura difícil, em alguém demasiado seguro de si próprio e incapaz de ceder o seu espaço debaixo dos holofotes, para deixar um talento mais novo brilhar. Com Kurt Angle, mesmo os talentos mais novos conseguiam ter a sua bênção e quantas vezes não vimos Angle a elevar nomes da TNA como AJ Styles, Samoa Joe, Jay Lethal, Amazing Red, Bobby Roode ou James Storm? Esta humildade apesar do seu enorme talento, mostram a paixão e, sobretudo, o respeito por esta indústria. Da minha parte, fica o meu agradecimento a Kurt Angle por estes 7 anos.

A minha homenagem fica feita com esta selecção dos 10 melhores momentos de Kurt Angle na TNA.

10- Kurt Angle vs. Jeff Jarrett (Genesis 2009)

http://youtu.be/LRqNNRBZsQw

Para começar esta lista tinha de encontrar uma forma de fazer referência à ligação entre Kurt Angle e Jeff Jarrett. Foram muitas as vezes na história da TNA em que Jarrett e Angle ocuparam os main-events, mas esta rivalidade também passou muito além daquilo que o público vê na televisão e a nível pessoal, foram muitos os problemas com que Angle e Jarrett tiveram de lidar. No plano pessoal destes dois atletas, não irei falar mais que isto. Escolhi aquele que para mim terá sido o melhor combate entre ambos, de forma a ter representada esta rivalidade. Com Jarrett afastado da televisão há algum tempo e como Angle tão bem disse “Jeff, enquanto tu estavas a sair, eu estava a subir”. Angle lutava pelo titulo mundial, quando Jarrett decidiu regressar para interferir no combate de Angle, custando-lhe o titulo. A vingança veio no PPV Genesis 2009 e a tensão entre estes dois ainda hoje quase que se consegue tocar.

9- Kurt Angle vs. Jay Lethal (No Surrender 2007)

http://youtu.be/vrkG0sYB3IU

Que combate! Esta escolha não é inocente. Quando revejo a carreira de Kurt Angle na TNA não posso de deixar ficar maravilhado pela forma como ele se entregou de corpo e alma a esta organização e a forma mais visível dessa sua entrega e do homem que Kurt Angle é, está patente na forma como consegue ajudar os mais novos. Neste combate podem ver Jay Lethal a incorporar o seu personagem “Black Machismo” e a dar um grande combate aos fãs, num final que não irei revelar, mas que deixo para reflexão…

8- Kurt Angle vs. AJ Styles (Slammiversary 2013)

Este combate é muito recente e como tal, estará presente na memória de quem segue a TNA actualmente. Para explicar o contexto deste combate, AJ Styles estava em plena transformação da sua gimmick, assumindo-se como alguém que não escolhia partidos, que lutava sozinho e lutava por ele. Ele lado sombrio de AJ Styles levou a alguma confusão no meio da guerra TNA vs Aces and 8s. Com Sting e Kurt Angle a pedir a ajuda de AJ e com os Aces and 8s a oferecer igualmente no grupo para o Phenomenal One. Angle ficou cansado de esperar a decisão de AJ Styles e precipitou um confronto entre os dois, com Angle a apelar à lealdade e à honra. AJ não gostou de ser pressionado e o resultado foi este combate realizado em Junho deste ano. Há certamente outros confrontos entre Styles e Angle que podiam estar nesta lista, mas é importante perceber o quanto Angle consegue, ao fim de 7 anos, ter a mesma frescura e competência no ringue e que a química com AJ Styles continua a ser inegável. Um excelente combate para relembrar!

7- Kurt Angle vs. Desmond Wolfe (Final Resolution 2009)

https://vimeo.com/76967417
https://vimeo.com/76967418

Primeiro o contexto. Desmond Wolfe tinha acabado de chegar à TNA e inteligentemente o seu primeiro alvo foi Kurt Angle. Num primeiro combate entre os dois, Angle venceu, mas Wolfe contestou afirmando que a manobra que Angle usou era ilegal e além disso ganhar um combate era que uma decisão do árbitro, era derrotar o adversário física e psicologicamente e Angle não o tinha feito. Para o fazer, o Final Resolution viu 3 Degrees of Pain Match, em que para ganhar é necessário derrotar o adversário por submissão, pinfall e por último saindo da jaula. Este combate não só permite verificar a versatilidade de Angle, capaz de participar num combate com regras mais “hardcore” enquanto pelo caminho eleva Desmond Wolfe como um talento em que a TNA deveria apostar.

6- Kurt Angle vs. Samoa Joe (Lockdown 2008)

http://youtu.be/_I-4Bmhdadk

Os confrontos entre Samoa Joe e Kurt Angle não são menos que épicos na história da TNA. Desde a estreia de Angle em 2006, em que estes dois fenomenais atletas chocaram de cabeça (litaralmente!), que de quando em vez os caminhos de Joe e Angle se cruzam. No Lockdown 2008 foi a quinta vez que Joe e Angle se enfrentaram e o medalhado olimpico e agora TNA Hall of Famer Kurt Angle já tinha vencido 3 dos 4 combates anteriores e como tal, não hesitou em colocar o titulo mundial em jogo se Samoa Joe aceitasse se retirar do wrestling em caso de derrota. Joe aceitou o desafio, num combate que trouxe elementos de MMA à TNA e que muitos consideraram um Pro Wrestling vs MMA match. Destaco igualmente a capacidade de Angle se reinventar.

5- Kurt Angle vs. Mr. Anderson (Lockdown 2010)

http://youtu.be/OxfDI3-FhVs

Chegamos ao Top 5 dos melhores momentos de Kurt Angle na TNA. Em 2010, Mr. Anderson apontou armas a Kurt Angle e em modo heel decidiu ridicularizar Angle em diferentes segmentos cómicos e até se aventurou em alguns ataques, que Angle teve dificuldade em responder. Que melhor forma de segurar um adversário dentro do ringue, que num cage match? Foi exatamente isso que Angle e Anderson fizeram e após alguns meses de construção, estes dois iriam resolver as suas diferenças num dos melhores cage matches na história da TNA. Não só o combate resultou de uma história bem contada, como Anderson e Angle estiveram impecáveis no ringue e o final é simplesmente brutal!

4- Kurt Angle vs. Samoa Joe (Turning Point 2006)

http://youtu.be/U5FEiAGSUO8

É inevitável nesta lista que surja o nome de Samoa Joe mencionado mais que uma vez. A rivalidade entre Joe a Angle é das melhores histórias criadas pela TNA, construída de forma perfeita fora dos ringues e executada brilhantemente no ringue. Provavelmente neste top 10 apenas ficará de fora o 30 minute Iron Man Match realizado no Final Resolution em 2007 e que encerrou uma capitulo importante na feud Angle/Joe. Não fiz referência a esse combate para não se tornar demasiado repetitivo, mas recomendo que visitem esse momento. No entanto, tinha de fazer referência ao Turning Point em 2006, este foi o segundo combate entre Kurt Angle e Samoa Joe, um verdadeiro Dream Match, o qual não irei revelar muito mais para não estragar a história para quem não a conhece, mas talvez seja bom verem primeiro o combate que está na segunda posição antes de se deliciarem com este.

3- King of The Mountain (Slammiversary 2007)

http://youtu.be/eGHhv724SM8

Escolha óbvia para estar no pódio. Kurt Angle sagrou-se em 2007 no primeiro TNA World Heavyweight Champion. Recordo que até este combate o Titulo Mundial era uma herança com a marca NWA, mas em 2007 a TNA criou o seu próprio titulo e num dos mais característicos gimmick matches da TNA, Angle consegue ganhar a AJ Styles, Samoa Joe, Christian Cage e Chris Harris. Este combate tem alguns dos spots que até hoje surgem nos vídeos promocionais da TNA e já isso deve ser um bom incentivo para rever toda a acção, com um final emocionante!

2- Kurt Angle vs. Samoa Joe (Genesis 2006)

http://youtu.be/gcDCIrgGCig

Este é de longe o meu combate preferido de Kurt Angle na TNA, pois tem exatamente a combinação perfeita entre uma história bem construída e um combate bem executado e a prova disso mesmo é que ainda hoje este é recordado como o combate mais aguardado na história da TNA. Angle e Joe entraram em rota de colisão desde o momento em que o medalhado olímpico pisou a Impact Zone. Até esta altura Joe estava invicto desde que chegou à TNA em 2005 e a grande questão deste combate era perceber se Angle seria capaz de finalmente infligir uma derrota a Joe. Este é provavelmente um dos combates mais brutais na carreira destes dois enormes atletas e é um marco na história da TNA e arrisco dizer, do wrestling.

1-  A Estreia de Kurt Angle

O momento número 1 não podia deixar de ser o inicio. Corriam rumores que a Kurt Angle poderia rumar à TNA, algo que muitos não acreditavam dada a importância que o nome de Angle tinha na maior promoção mundial de wrestling. Mas vamos começar a história, não por Angle, mas sim por Samoa Joe. Em Junho de 2005, o Samoan Submission Machine estreou-se na TNA e de forma arrasadora, iniciou uma série de vitórias consecutivas que muito cedo o levaram ao titulo da X Division. Essa streak continuou até 2006, quando uma lesão o afastou no titulo. Assim que Joe recuperou ele sabia que estava na hora de voar mais alto e apontou armas ao NWA World Heavyweight Title. Em Junho de 2006, o ainda invicto Samoa Joe defrontou o campeão mundial Jeff Jarrett no No Surrender em 2006, vencendo o combate e no final roubou o titulo (o combate não era pelo titulo mundial). Joe ficou com o cinturão e no TNA Impact! de dia 12 de Outubro decidiu negociar com Sting e Jeff Jarrett, que devolveria o titulo a eles se lhe dessem um title shot. A proposta foi recusada e em vez disso, Joe foi forçado a decidir entre devolver o titulo ou ser despedido. No Impact! de dia 19 de Outubro de 2006, Samoa Joe foi chamado a revelar a sua decisão. É neste Impact! que se confirmou a estreia de Kurt Angle na TNA e que se daria inicio a uma das melhores feuds da história da organização. Naquele dia, o primeiro confronto entre estes dois gladiadores fica para a história como um dos momentos mais intensos e é uma tremenda lição de como contar uma boa história.

A não perdia, dia 20 de Outubro aqui no WPT – Bound For Glory!

Até ao próximo impacto!

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

12 Comentários

  1. FranciscoAP - há 3 anos

    Excelente artigo, Jorge. Já esperava há algo tempo que te dedicasses ao HOF deste ano, até porque na altura do anúncio no Slammi eu tive vontade de fazer um artigo do género mas como não acompanhei parte do percurso do Angle na TNA, achei melhor deixar o tema para alguém mais informado que eu.

    Quanto à entrada do Angle no HOF, nada a dizer. Mais que merecido.

    Acho que a TNA esteve muito bem ao perceber que provavelmente era a última oportunidade que iam ter de o homenagear como o Kurt merece antes que ele acabe por sair da companhia. Acho que talvez tivessem outro tipo de pessoa em mente – visto que o contributo do Angle é muito semelhante ao do Sting – mas o facto de terem deixado uns eventuais planos originais de lado, de forma a homenagear um nome histórico como o Angle, mostra bem o quanto o homem fez pela TNA.

    Só resta dizer “Thank You Angle”.

    • Jorge Rebelo - há 3 anos

      Que as escolhas do Angle e do Sting para o Hall of Fame são incostestáveis eu não tenho dúvidas, mas desde a conference call com o AJ Styles que fiquei a pensar na questão de a TNA estar a induzir pessoas que ainda estão no activo. O AJ tem um bom argumento quando refere que se estas pessoas já merecem lá estar hoje, imaginem se ainda juntarmos aquilo que vão dar à TNA no futuro.

      Outra reflexão é sobre o permanente adiamento do óbvio – Jeff Jarrett. Por todas as razões e mais algumas, o Double J deveria ter sido a primeira figura a constar no TNA Hall Of Fame.

      Mas reflexões à parte, só posso agradecer o Angle por tudo o que deu à TNA, sendo provavelmente a transição mais bem sucedida da WWE para a TNA (a par do Jeff Hardy) e estes 10 momentos são apenas uma amostra de tudo o que ele fez ao longo de 7 anos.

  2. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Angle um mito vivo…

    Grande artigo Jorge, especialmente quando colocas o link dos combates…Caramba! hoje tenho que ver alguns combates, mais lá para noite…culpa tua e do Mário…ainda bem!

    Angle é talvez o wrestler que deu aquele “click” para a TNA ter sido projectada para o sucesso…porque a TNA tem sucesso meus amigos!

    A minha rivalidade preferida…sem duvida contra Samoa Joe!!!!Épico!
    Combates de deixar o pessoal a mais ou menos 2 cm do ecrâ…pronto ok 3cm…

    • Jorge Rebelo - há 3 anos

      A rivalidade Angle/Joe foi muito bem construida e também é das minhas preferidas, há simplesmente algo de mágico quando estes dois se defrontam e é daquelas feuds que é dificil repetir a fórmula e que acontecem (infelizmente) poucas vezes ao longo dos anos.

  3. Cathphrase - há 3 anos

    Muito bom José!este artigo e dos que gosto mais,já sabia que as falar do TNA HOF e visto que sou novo nestas andanças (vejo a 4meses) e bom ver os momentos de um dos melhores wrestlers técnicos de sempre nota artigo 8.5/10

  4. Silveira9 - há 3 anos

    O Agle estreou se n meu dia de ano XD
    Muito bom artigo Jorge…Kurt Angle uma lenda viva!

  5. danielLP21 - há 3 anos

    Wow!!! Estive a ver alguns dos combates, e o que o Kurt Angle e o Samoa Joe fazem juntos é magia pura! É mais do que isso! This is Wrestling! C’um caraças… Os últimos minutos do combate que esta no 2º lugar são arrepiantes, electrizantes… Aquele público ajuda e de que maneira!

    Não percebi algumas coisas: no combate entre o JJ e o Angle, quem era o “heel” e quem era o “face”? Ao início, o Jarrett pareceu-me o vilão, mas no final do combate já me pareceu o Angle.

    Também não percebi se o Joe era “heel” antes do primeiro combate entre eles ou se era apenas um “tweener”. Dois combates soberbos ( os de 2006), de cortar a respiração, principalmente o do Turning Point.

    O reacção do público, do Angle e do Lethal à vitória deste último são brutais xD

    O “Moonsault” aplicado ao Anderson é incrível. É que aquilo nem foi muito bem executado, mas deu para criar um momento fabulástico. Yap, quando faltam adjectivos, temos que os inventar.

    Thank you Jorge! *clap clap clap* Thank you Jorge! :D

    • Jorge Rebelo - há 3 anos

      Daniel no caso do combate contra o Jeff Jarrett, o Angle ainda estava na versão original dos MEM e por isso era heel, mas digamos que sendo os MEM uma stable popular é daqueles casos que o público adora o vilão. Contudo, regra geral nos duelos Angle/Jarrett sempre foi o Jarrett o mau da fita.

      No primeiro embate entre o Joe e o Angle, o Joe era heel (invicto, muito cheio de si mesmo, roubou o cinturão à força…).

      Só para acrescentar um pequeno detalhe no combate com o Jay Lethal, estávamos em 2007 como o Angle a fazer 1 ano de TNA e sofrer um derrota limpa. Agora vamos recordar, por exemplo, o RVD. Detalhes…

      • danielLP21 - há 3 anos

        Mesmo… O facto de o Angle não se importar de perder com lutadores muito mais jovens e que não são main-eventers diz muito sobre o seu amor à indústria.

        Já que falaste desse combate, tenho outra dúvida: quando o Angle perdeu com o Lethal, o Mike Tenay disse “é o segundo combate seguido em que o Angle perde um título”. Qual era o outro título que ele tinha perdido antes deste combate?

      • Jorge Rebelo - há 3 anos

        Daniel nessa fase o Angle tinha os titulos todos da TNA ao mesmo tempo (tag-team, X Division e World Champion). Não tenho bem a certeza das datas, mas penso que o Tenay se estava a referir aos titulos de tag-team que ele e o Sting perderam para o Pacman Jones e para o Ron Killings. Se não foi esse, então foi mesmo o titulo mundial para o AJ…mas penso que era os de tag-team.

      • danielLP21 - há 3 anos

        Ah pois foi, estava a esquecer-me dessa altura em que o Angle teve os títulos todos. Não associei uma coisa à outra. Então pronto, está explicado.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador