Long Horn Peep Show #29 – See you at BattleGround?

Continuando a tentar diversificar ao máximo este espaço, o tema desta semana é o BattleGround, mas não quanto ao que normalmente é escrito antes de um PPV: antevisões ou previsões. Até porque o cartaz ainda não está definido e esse é exatamente o motivo que me leva a esta edição de hoje: a importância do que falta definir do cartaz.

Importância que não poderia ser maior, uma vez que se verificou uma queda de vendas do último SummerSlam, conforme foi noticiado aqui no wrestling.pt. Tendo em conta que o próximo PPV a seguir ao BattleGround é outro PPV com pouco impacto (Hell In A Cell), convém não voltar a perder assistência. Isto, porque o Night of Champions foi um dos PPV’s menos entusiasmantes do ano e esteve abaixo das expectativas, pelo que me arrisco a afirmar que as vendas não devem ter sido propriamente as melhores para o negócio.

Porém, não é nada que deva surpreender ninguém, pois a WWE tem apenas duas rivalidades de destaque na atualidade (Paul Heyman vs CM Punk e Randy Orton vs Daniel Bryan) e tudo o resto está a ser esquecido ou relegado para um demasiado notório plano secundário. A própria rivalidade ADR vs RVD, embora vá ter a segunda parte no BattleGround, teima em não exaltar a atenção dos espetadores.

Por isso, interessa decifrar quais seriam os melhores combates que deveriam acontecer no BattleGround para que as vendas não voltassem a cair e o panorama geral da WWE ficasse mais interessante de acompanhar já a pensar no Hell In Cell e isso, senhoras e senhores, é o meu propósito de hoje.

Começando por abordar o que já está definido para o BattleGround, estes são os combates até agora marcados:

Randy Orton vs Daniel Bryan – WWE Championship
Alberto Del Rio (C) vs Rob Van Dam – World Heavyweight Championship
CM Punk vs Ryback (with Paul Heyman)

Começando pelo Main Event da noite, Orton e Bryan vão-se novamente encontrar para definir um WWE Champion, que idealmente terá Orton como vencedor graças a uma vitória suja, que permita lançar um confronto ainda maior num combate Hell In A Cell e assim dar continuidade à história de maior relevo da WWE.

Infelizmente, o mesmo não se prevê tão saudável para nenhum dos dois restantes combates. O ADR vs RVD mantém o interesse quanto à indefinição sobre quem vai ser o próximo Campeão, mas não graças a RVD que tem em si todas as atenções pela indefinição das condições do seu contrato. Esta rivalidade não tem sido a melhor para o World Heavyweight Championship, porque o único verdadeiro interessado nele aparenta ser Del Rio. Ainda não repararam que RVD parece mais interessado em humilhar Del Rio do que no título em si? Para efeitos desta storyline, estão-se a notar os efeitos negativos do Mr. Monday Night continuar acompanhado por Ricardo Rodríguez (combinação que simplesmente não funciona). A única forma destes dois resolverem tudo dentro da Satan’s Structure é com a vitória de RVD ou outro (improvável) desfecho inconclusivo como uma DQ.

Por outro lado, uma combinação que naturalmente dá frutos é de Heyman contra Punk, embora não se esperem milagres quando se atira Ryback lá para o meio. O combate entre o novo Paul Heyman Guy e o Best In The World no BattleGround não é aguardado com grande ansiedade, a não ser por um final conclusivo que tenha finalmente CM Punk como vencedor. Caso se pretenda que Heyman e Punk devem terminar tudo no Hell In A Cell, então a interferência de Curtis Axel será a estrada mais curta rumo a esse destino. Aliás, neste último caso não seria de excluir juntar alguém a CM Punk para tudo culminar num Tag Team Tornado Hell In A Cell Match. Resta saber quem (Christian, Dolph Ziggler?) e se Punk aceitaria ter um parceiro durante uma noite.

Partindo para o que falta definir para o BattleGround, passo a indicar quais os combates que tornariam o cartaz mais apelativo. A começar pelo KickOff:

The Wyatt Family vs PTP – Tag Team Match

A Wyatt Family, por enquanto, ainda é motivo de interesse e coloca-los no KickOff não só evitaria que ficassem de fora do PPV, como garantia algumas vendas extras. Como particularidade teríamos o facto de ser a primeira vez em que Luke Harper e Eric Rowan estariam envolvidos num combate mais “a sério” e seriam testados em PPV.

Os Prime Time Players vão prosseguir a ser uma aposta da WWE para a divisão tag-team e ainda bem, já que tal só resulta no fortalecimento desta divisão que conta igualmente com o aproximar da estreia de Los Matadores.

Este combate poderia muito bem funcionar como rampa de lançamento para a definição dos próximos candidatos aos títulos tag-team, para além de permitir avaliar melhor a performance de Luke Harper e Erick Rowan, que têm estado imparáveis, contra uma equipa talentosa.

The Shield (C) vs The Usos – Tag Team Championship

Eu sei que para muitos o que vou dizer a seguir pode ser um choque, mas os Usos são os oficiais candidatos aos títulos de Roman Reigns e Seth Rollins. Recordo-vos que tal ficou definido num Three Way Elimination Tag-Team Match que aconteceu no Raw seguinte ao Night of Champions.

Incrivelmente este combate ainda não foi anunciado para o BattleGround, o que me leva a questionar se realmente vai acontecer. O motivo para tal deve andar à volta da situação dos Rhodes, que muita especulação tem gerado quanto a altura ideal para voltarem. Quanto a mim, deveriam ficar afastados de ação até à noite a seguir ao BattleGround.

Os Usos conquistaram esta oportunidade em direto no Raw e têm de enfrentar os Shield, por muito que tal não seja o mais desejado, ou as pessoas começarão a questionar a validade de tudo que acontece (já chegou aqueles que pediram um reembolso pelo NOC). Podem não ter tanto impacto como ver o regresso em definitivo de Cody, mas certamente que ninguém se importa de ver mais um combate de excelente qualidade como o que produziram no Money In The Bank a abrir o BattleGround.

Dean Ambrose (C) vs Dolph Ziggler – United States Championship

Confesso que para este dava jeito ter lido os spoilers e saber o que vai acontecer no próximo Friday Night SmackDown, quando estes dois lutarem pelo título. Esta é uma das situações mais delicadas que a WWE tem e um dos maiores quebra-cabeças do momento, por uma complexidade de motivos.

Se é verdade que Dolph precisa de vitórias e de voltar a ter algum destaque depois de ter passado um período algo obscuro, não é menos verdade que conquistar o título menos significativo da companhia não será a melhor forma de o fazer. Para um lutador que há bem pouco tempo procurava a sua afirmação enquanto main-eventer ao protagonizar a luta da sua vida pelo World Heavyweight Championship, ver Dolph baixar outra vez ao nível de mid-carder será sempre uma má notícia.

Para todos os efeitos, Ambrose poderá estar a lutar individualmente, mas uma perda de um título dos Shield poderia ter efeitos negativos no resto do grupo. Convenhamos, os Shield ganharam uma nova vida desde que se juntaram à dita Corporation, pelo que devem continuar repletos de ouro à volta das cinturas – até porque o contrário significaria um precoce sinal de fraqueza por parte da Corporation que eles defendem.

É certo que os Shield, a cada PPV, estão mais próximos de perder os títulos, mas ainda não será desta. Tanto os Usos como Dolph devem protagonizar dois combates de qualidade acima da média e aumentar ainda mais a resistência e força dos Hounds of Justice.

AJ Lee (C) vs Natalya vs Brie Bella – Triple Threat Match for the Divas Championship

Quando tudo apontava para que Natalya fosse ter a sua tão desejada oportunidade pelo Divas Championship contra AJ num mano a mano feminino, eis que a vitória de Brie Bella no último Raw sobre AJ aparece para complicar as contas.

Num combate onde esteve muita gente à volta do ringue, mas poucas efetivamente combateram, Brie Bella derrotou a Campeã sem espinhas, o que a coloca naturalmente na rota do Divas Championship. Será que estas três vão colidir no BattleGround?

Seja contra uma ou contra duas, o reinado de AJ parece estar cada vez mais com os dias contados. O que não se compreende, pois para além de ter defendido com sucesso inúmeras vezes o título, AJ tem sido a melhor Divas Champion em anos!

Caso se concretize a Triple Threat e o título se mantenha nas mãos da pequena genial Campeã, será mais uma vitória rumo à sua afirmação enquanto a melhor Diva que a WWE tem para oferecer. Caso tenhamos uma nova campeã (seja Natalya ou Brie), devem esperar igualmente que AJ volte a conquistar o título dentro de pouco tempo. Ela é simplesmente demasiado boa para ser desaproveitada em rivalidades que giram à volta do Total Divas e permanecerá na rota do título.

The Miz vs Damien Sandow – Special Guest Referee: Big Show

Este combate, caso se verificasse, tinha potencial para ser um dos mais falados da noite e uma das surpresas positivas. Miz tem sido uma das mais recentes vítimas da Corporation e precisa de se manter em TV, pelo que falhar um PPV não será certamente uma jogada inteligente. Damien Sandow é o Mr. Money In The Bank que perde para Santino Marella e R-Truth, sendo que uma vitória sobre um ex-WWE Champion seria uma excelente novidade.

Como conseguir isto sem que nenhum dos lutadores saia com a imagem descredibilizada? Obrigar Big Show a ser o árbitro desse combate, reforçando a história entre o gigante e os McMahon. Eventualmente Miz iria confrontar Big Show durante o combate quanto ao que aconteceu no último Raw, questionando as suas verdadeiras intenções. Poderia acabar por levar um novo KO como resposta ou então tal constituir uma fonte de distração suficiente para Damien tirar vantagem do sucedido. Ou seja, duas alternativas para o mesmo desfecho: Sandow aproveita para somar uma vitória fácil, mas importante.

Como devem ter reparado, o Intercontinental Championship não entra neste meu cartaz para o BattleGround, porque Curtis Axel tem estado demasiado envolvido na rivalidade de Paul Heyman para abandonar agora o barco. Certamente não faltarão oportunidades entre PPV’s para Curtis voltar a defender o seu título, conforme sucederá no episódio de hoje do SmackDown com Dean Ambrose. Verdade seja dita: pode não estar a ter um reinado memorável como Intercontinental Champion, mas não há um único candidato credível ao seu título. A não ser que queiram dar outro triste reinado a Kingston…

Sobre o Autor

- Já escrevi no espaço “Long Horn Peep Show”. Atualmente publico notícias, sou moderador do chat e ajudo no que puder o WPT a ficar cada vez melhor.

12 Comentários

  1. ThaGr8One - há 3 anos

    Um formato diferente do normal mas que primou pela excelência da mesma forma que o outro formato faz. Foi uma boa ideia tocar neste assunto antes que alguém o fizesse, e abrir as portas a novos combates que poderiam trazer uma lufada de ar fresco ao PPV.

    Relativamente aos combates já marcados, torna-se óbvio que o combate pelo WWE Title vai ser o main-event e que vai ser o combate para onde todas as atenções estarão viradas por toda a imprevisibilidade que se lhe pode associar. No entanto, acho que há mais probabilidade de ser Orton a sair vencedor do que Daniel Bryan, por uma panóplia de motivos que muito provavelmente são os mesmos que te levam a afirmar a mesma coisa. O combate Punk vs Ryback será também um combate a ter em conta, mas não prevejo nada de brilhante a sair deste combate, por muito que me custe dizê-lo. Acredito que acabe em DQ, com a tal interferência do Axel ou mesmo com um ataque do Ryback com uma mesa, já que este parece ter uma grande inclinação para as usar… No entanto, não é de descartar a hipótese de ser Punk a usar um objecto e ser ele o desclassificado pois isso significaria que este não saía por baixo no combate, e consequentemente não perderia mais um combate em PPV. São hipóteses, temos de esperar para ver o que acontece (Isto tudo que disse se, e só se, ao combate não for atribuído qualquer estipulação). O combate RVD vs ADR pelo que ouvi dizer (ainda não vi a SmackDown) foi-lhe acrescentado uma esipulação, passando este a ser um combate Hardcore. Se eu achava que este era o momento em que RVD iria sair por cima do combate e vencer o título, então agora ainda acho mais. Alberto Del Rio, por muito bom lutador que seja, não está a conseguir trazer o interesse necessário ao título e isso está-se a reflectir (o booking também não tem ajudado em nada). Acho que é a melhor altura para RVD vencer o título e Sandow efectuar o cash-in pois esta onda de derrotas/humilhação a que ele está sujeito à muito tempo começa a tornar-se vergonhosa. Tirando ADR, todos ficariam a ganhar. Até nós, fãs.

    Boa ideia para o Kick-Off pois assim matariam dois coelhos de uma cajadada só. Davam visibilidade à Family e punham-nos à prova, e continuariam a aposta nos PTP que se mostraram dignos de tal aposta nos últimos tempos.

    Acho que não há dúvidas de que serão os Usos que, mais cedo ou mais tarde, tirarão os títulos aos Shield. No entanto, esta ainda não é a altura para isso. Os Shield com esta associação com a Corporation precisam de ser “a força maior”, a “guarda de honra”, e se alguém os derrotar seja pelos títulos de Tag Team seja pelo US Title (abordando já aqui os dois combates) seria uma brecha que se abria na história dos Shield serem uma força imparável. O que, nos dias de hoje, precisa de ser a imagem defendida.

    Há pouco a dizer sobre o combate pelo Título das Divas. Apenas que espero que a AJ continue a campeã pois não há Diva nenhuma que lhe chegue aos calcanhares. Mais uma vez espero que não lhe tirem o título devido ao Total Divas pois seria um autêntico desastre e iria de instalar-se de novo o desinteresse nesta divisão que ainda hoje vive ligado às “máquinas” que lhe permitem continuar (AJ).

    O último combate que propões seria, sem dúvida alguma, um combate interessante. Seria uma vitória importante para Sandow e que poderia dar-lhe embalo para que este fizesse o cash-in na mesma noite. Da mesma forma que um desentendimento entre Miz e Big Show poderia dar em desentendimento entre os dois e poderia fazer com que surgisse o turn de Miz para enfrentar um Big Show face no Hell In A Cell.

    O Axel pode não defender neste PPV que não tem problema algum pois se é para combater um R-Truth ou um Kofi mais vale ficar-se pelo combate Punk vs Ryback e ter um papel activo (ou não) nesse combate.

    Mais um bom Long Horn Peep Show, parabéns :)

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Como tocaste nalguns pontos interessantes, vou só responder ao que não concordo… Para debater :)
      Se o Punk tiver um ataque de raiva e provocar a sua desqualificar no combate contra o Ryback, sai por cima e liberta as suas frustrações… Mas para todos os efeitos volta a perder um combate em PPV (still Best In The World? Always).
      O Del Rio nas últimas semanas tem estado cada vez mais agressivo, pode ainda não ser o heel que é vaiado por tudo e todos, mas está melhor e francamente merece manter o título contra o RVD. Parece-me que seria um pouco cortar-lhe as pernas tirar-lhe o título agora, ainda para mais com o Sandow tão descredibilizado e com um ponto de interrogação à frente do futuro do RVD em termos de obrigações contratuais. Se fosse eu a mandar, Del Rio mantinha e no Hell In A Cell fazia uma Fatal 4-Way com ele, RVD, Dolph e Christian. Aí seria a altura perfeita para termos um novo Campeão Mundial, fosse quem fosse. Ou até termos o Del Rio a vencer o combate e o Sandow a fazer o cash-in nessa noite.
      “Acho que não há dúvidas de que serão os Usos que, mais cedo ou mais tarde, tirarão os títulos aos Shield.” Discordo a 100%. Acho que eles vão-se tornar Campeões, mas não vão ser eles a roubar os títulos aos Shield. Quem será? Não fosse Henry ter-se lesionado e seria Show e Henry. Assim sendo, não estou a ver. Mas ficaria chocado caso os Usos vencessem os Shield.
      Há talento nas Divas, têm é de o saber aproveitar. Uma rivalidade em larga escala entre Natalya e AJ merece o meu aplauso, mas precisa de ser melhor construída do que o que tem sido. Gostava muito de ver um IronMan Match entre estas duas durante uns 15min, assim mais para o final do ano (TLC) ou mesmo na Rumble.

      • ThaGr8One - há 3 anos

        Primeiro, obrigado pela resposta, é complicado por vezes conseguir uma resposta tua portanto mission accomplished ahahah ;)

        Eu compreendo onde queres chegar, mas a questão aqui é que eu simplesmente não consigo pensar num cenário em que o Punk ganhe, simplesmente não consigo. Essa ideia foi a única que consegui arranjar para justificar uma possível derrota e consequente continuação da feud. Eu sei que mesmo assim ele perde, mas não é descredibilizado como em todos os outros cenários de desfecho. Se achas que há um cenário de vitória para ele, então explica-me pois eu não consigo ver nenhum…

        Eu sou um apoiante de Del Rio, eu sou dos que defende que este tem sido até um bom reinado para ele e que ele é um dos 5 melhores executantes do roster actual. É, sem dúvida alguma, um atleta excepcional. Mas por muito que isso seja verdade, o atleticismo de alguém não chega se a esse factor não for associado um bom booking. Caso disso é também o Ziggler. Se não há bom booking, então um atleta como Del Rio simplesmente não se consegue afirmar mais ainda do que tem feito neste reinado. Tenho pena que assim seja pois ele tem estado bem, mas as hipóteses que ele teve de mostrar que consegue criar uma boa história são poucas porque praticamente todo o tempo dos shows é tomado como refém pelas histórias principais que, infelizmente, não são as que envolvem o título que lhe pertencem. O facto do RVD estar em fim de contracto era uma das razões pelas quais eu defendia um cash-in do Sandow. A minha linha de pensamento era que RVD vencia, dava-se o cash-in e na SmackDown ou Raw a seguir acontecia o combate de desforra e o assunto ficava arrumado. A questão é que depois de perder tanta vez para o RVD, Sandow nunca teria credibilidade suficiente para o vencer duas vezes seguidas de forma limpa… Neste ponto, tens razão. Se bem que também se pode dar outro acontecimento pós-combate que seria uma “destruição” do ADR por parte do RVD e o Sandow aparecer, mas isso já é especular demais e seria um déjà vu do que se passou no NOC.

        Concordo contigo quando dizes que seriam Show e Henry a tirar os títulos aos Shield, mas lá está, depois da lesão do Henry poucas opções realmente credíveis ficaram para fazer frente aos Shield. Os Usos foram os únicos que estiveram realmente perto de o fazer, e pelo trabalho que têm feito durante este tempo todo acho que num futuro próximo (após o fim da história da Corporation) deveriam ser eles a ficar com os títulos.

        Sem dúvida que Natalya é talentosa, nem é isso que está em causa. Se fosse uma coisa bem trabalhada, uma feud “à la” Kaitlyn vs AJ isso sim seria de louvar. Mas é fazendo combates como o da Raw que isso vai acontecer? Não, muito longe disso, especialmente quando voltam a pôr Brie Bella no assunto. Além disso, outro ponto negativo daquele combate (além do rídiculamente óbvio) foi Natalya na mesa de comentadores. O que foi aquilo? Foi para ali fazer figuras! Dizer que a AJ ganhou o título de forma suja quando na verdade ela fez uma submissão limpíssima à Kaitlyn? Ela não sabia o que dizer e inventou uma coisa qualquer que nem sequer está perto da verdade. Não é assim que se vai conseguir uma boa feud, não é mesmo… Por mim, e pelo rumo que as coisas estão a tomar, a AJ deveria reter. A única que eu penso que lhe poderá fazer realmente frente e retirar-lhe o título será a Kharma(se realmente voltar, o que é quase certo). Mas sim, um Iron Man (neste caso Women xD) Match entre as duas seria algo a ter em conta, mas apenas e só se for bem construído, porque o combate em si não chega para colmatar a falta de cuidado com a feud.

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Eu sou “seletivo” nos comentários que respondo, porque não vejo o interesse de responder com “obrigado pelo teu comentário e concordo com a tua opinião, bla bla bla”, semana após semana. Não é por mal nem muito menos pelo nome de quem comenta… Toda a gente daqui já sabe (ou devia saber) que o melhor pagamento que nos podem dar é comentando os nossos artigos :)

        O cenário de vitória que eu queria era ver o Punk a esmagar o Cryback e sair finalmente com uma vitória, mas o Heyman fugia sem apanhar a tareia da vida dele. Como isso é improvável, contentava-me com uma vitória por DQ devido à intereferência do Axel / Heyman. De qualquer forma, acho importante que o Punk não volte a “sair por baixo” de mais um PPV.

        Quanto ao Del Rio vs RVD, já concordo plenamente com o que dizes. Só acho que podia acontecer o mesmo ao ADR que no NOC, ou seja, manter o título mas sofrer a vingança do RVD nessa noite e cash-in. Mas se o RVD ganhar e perder na mesma noite, não me importo nada. Mas cá está, acho que tudo devia ser cozinhado para o Hell In A Cell, para mim essa sim seria a altura ideal para novo campeão.

        Como dizes, não tiro nada aos Usos. Eles vão ser Campeões. Simplesmente não serão eles a tirar os títulos aos Shield, não têm “força” para tal. Mas a incógnita continua quanto a que equipa vai conseguir tal proeza.

        Por acaso também acho que a Natalya meteu os pés pelas mãos quando teve a comentar, foi algo que me surpreendeu pela negativa. Por isso é que, para já, creio ser melhor esta Triple Threat e só depois passar para um nível mais pessoal entre AJ e Natalya. Ideia seria (muito difícil), AJ mantém o título no BattleGround, luta contra a Natalya no Hell In A Cell e mantém apenas por DQ, vai com o título até ao Survivor Series e perde um típico combate de SS para a “Team Natalya”, perdendo o título no PPV a seguir para a Natalya. A AJ ficava com um grande reinado, que não é nada menos do que aquilo que ela merece.

      • ThaGr8One - há 3 anos

        Lá isso é verdade, estar sempre a dizer “obrigado” ou “muito obrigado” torna-se algo repetitivo semana após semana, daí eu gostar das respostas com conteúdo, para poder debater. Eu, por uma questão de principios, faço-o, respondo a todos, porque é a minha maneira de agradecer o facto de terem lido e para que as pessoas tenham a sensação que eu realmente me importo com aquilo que elas pensam. Mas compreendo totalmente aquilo que queres dizer e concordo contigo.

        Isso também eu queria, o problema é que eu não estou a ver isso a acontecer de maneira nenhuma… Mas lá está, a interferência do Axel causaria a vitória do Punk mas será que ele conseguia lidar com os dois (ou três, se incluirmos o Heyman) e sair por cima? A minha questão é essa. Mas se for para acontecer, então que assim seja, porque o Punk -como dizes- não pode sair por baixo em mais um PPV.

        Agora é esperar para ver, mas sim, o Hell In a Cell seria o PPV ideal para acontecer esta mudança. Mas deixo aqui uma pergunta: Se realmente acontecer um “Screwjob” no main-event, isso vai levar a um combate Hell In a Cell no PPV com o mesmo nome, não será uma má altura para mudar pois o foco vai estar bem longe desse combate em particular? São tantos factores externos que uma pessoa até fica baralhada..

        Tendo em conta o que dizes, e concordando com isso, acho que apenas uma Tag Team composta pelo Bryan e Big Show é que conseguiria tirar os títulos visto que Bryan já os derrotou mais que uma vez. Mas como isso ainda é mais improvável que a vitória de Punk no PPV, a incógnita de quem serão os próximos campeões continua. Quem diria que a divisão de equipas teria um foco tão grande nela como tem hoje à um ano atrás?

        Isso seria uma excelente ideia, mas achas mesmo que a WWE ia fazer um combate típico de Survivor Series só para as Divas? É que pelo que vimos nesta última Raw, isso não correu lá muito bem… Mas lá está, mais uma vez é esperar para ver.

        O produto está bom porque cria imensas dúvidas quanto a futuros campeões e oponentes, o que é sempre bom de ver.

  2. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Boas opções e sugestões, gostei muito do combate entre Sandow vs MIZ, como dizes era uma vitoria sobre um ex WWE Champion…depois das derrotas contra…bem…

    Mais um belo artigo!

    Façam LIKE na pagina do universo e no artigo do Ricardo!

  3. gui - há 3 anos

    otimo assunto:
    orton vs bryan acho que a vitoria devera ficar com o orton e só perde para bryan no Royal rumble
    ADR VS RVD qualquer que seja o vencedor eu acho que vai ser a hora do cashi do sandow
    punk vs ryback como fã do punk ja se pode espera um bom combate,ja do ryback?alguma coisa vai acontece para os dois não terminarem descredibilizados
    AJ VS total divas(modelos),só espero que a wwe não terem o titulo da GRANDE E FANTÁSTICA AJ
    enquanto aos shield acho que só perdem perto do fim da corporation

  4. The Mentalist - há 3 anos

    O artigo em si foi bom, só achei um tanto estranho a maneira como você acabou o texto abruptamente.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Confesso que poderia ter terminado com uma conclusão (como sempre faço), mas neste caso não considerei relevante, tendo em conta que estava a indicar os combates que deviam acontecer ou não no PPV. Mas seria algo como: caso fosse de facto este o cartaz, poderia afirmar “see you at BattleGround”? :)
      De qualquer forma, obrigado pelo reparo The Mentalist.

  5. GJD - há 3 anos

    Daniel Bryan vs Randy Orton : Espero ser surpreendido de verdade com um novo membro do Coorporation, um screwjob, alguém que entre na feud ao lado do Bryan.
    Rvd vs Del Rio: Concordo que a combinação Rvd e Rr não combina,acho que Rvd não sai do Battleground como campeão, vejo 3 possibilidades :1 traição do Ricardo, 2. Novo segurança ou anunciador do Del Rio 3 Cash in do Sandow no Rvd.
    Ryback vs Cm Punk: Dependerá de onde acaba a feud se for até a Mania igual li boatos Ryback vence, se for até o Survivor igual acredito Cm Punk vence , sou contra o Punk se aliar a alguém para uma tag team match.
    Shield vs Uso: Shield deve reter para ocorrer no Survivor Series Shield vs Rhodes
    Ambrose vs Ziggler: Retém pelo mesmo motivo acima.
    Aj Lee: Acho que retem nesse ppv ainda, acho que só perderá quando for em uma one vs one match.
    Acho que teremos Big Show vs Miz ou Show vs algum face relacionado ao save.
    Wyatt family vs PTP pode ocorrer , também não descarto Wyatts vs PTP e Kofi ou outro face do save.
    No pré-show acho que poderá ter Curtis Axel vs Alguém(r-Truth , Kofi, Santino), Fandango vs Santino ou Los Matadores vs Real Americans.

  6. Pedrinho Ziggler - há 3 anos

    colocaram no battleground

    WORLD HEAVYWEIGHT CHAMPION ALBERTO DEL RIO VS. ROB VAN DAM (BATTLEGROUND HARDCORE RULES MATCH)

  7. Rubinho16@ - há 3 anos

    Excelente artigo Ricardo!

    Apenas vou referir a luta entre o Sandow e o Miz que mencionaste pois achei o ponto mais interessante do artigo, e como não me quero iludir com o resto dos combates, vou tentar criar o máximo de hype.

    Eu acho que o Miz sério e agressivo que vimos durante esta semana foi uma versão teste ou uma preparação para o heel-turn do Miz.

    Sinceramente, não gostava de ver o Show a atacar novamente o Miz, isso poderia originar um suposto heel-turn do Show, e isso já eu estou farto de ver. Acho que uma distração do Show e uma vitória do Sandow por finisher ou roll-up é mais credível do que um pin no Miz KO.

    Por mim o Show custava o combate ao Miz e para o HIAC tinhamos uma luta entre ambos. O Trips podia distrair o Show para ajudar o Miz a vencer. Isso iria aumentar o ódio do Show ao HHH, e o Miz executava o heel-turn para se aliar à Corporation. Assim tínhamos o quinto membro para combater no SS, pois não estou a ver o Trips a combater, contra o Rhodes, o Goldust, o Bryan, o Ziggler e o Show.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador