Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Long Horn Peep Show #44 – Let’s get ready to Rumble!

Como todos vocês sabem, no seguimento do que vos contei na semana passada, voltei a assistir regularmente à WWE aquando da famosa pipebomb de CM Punk que ocorreu dois dias depois do meu aniversário. Portanto, tratou-se de uma espécie de prenda de anos atrasada que recebi em 2011, precisamente o ano em que o vencedor da Rumble foi Alberto Del Rio.

Desde que voltei, acompanhei em direto mais duas edições da Royal Rumble, ainda e para sempre um dos combates que mais entusiasma quem aprecia esta modalidade. O problema reside exatamente nos vencedores desses dois anos: Sheamus e John Cena. Alguns de vós dirão que são bons vencedores e que são bons lutadores, sendo Cena por muitos apontado como um dos melhores de sempre.

Ora, se alguns que estão a ler este texto partilham dessa opinião, aconselho-vos a fechar a janela… Porque não vão gostar do que vão ler a seguir. Pessoalmente, as duas passadas edições da Rumble, foram duas tristes réplicas de aquilo que deve ser feito e do que pode ser atingido com este tipo de combate. Ambas culminaram em dois vencedores completamente desinteressantes e que ninguém honestamente levou a sério.

Efetivamente, quando verificamos o histórico de vencedores da Rumble e o comparamos com os dos últimos três anos, não é complicado concluir que os planos não estão a ser bem cozinhados. Sim, incluindo o Del Rio, que falhou em se afirmar como um top heel conforme a WWE idealizou. Sheamus tornou-se um face completamente aborrecido de acompanhar, que por demasiadas vezes parece invencível. Invencível, algo que me leva a falar de John Cena. Pronto, já falei.

De facto, ninguém se vai lembrar destes dois últimos vencedores. Os fãs lembram-se mais depressa de Del Rio, porque foi a primeira edição com 40 lutadores. Felizmente, a primeira vez foi também a última. Sheamus é a definição do tipo de wrestler que não deve vencer a Rumble, sendo que somente os poucos dos seus fãs é que se vão recordar desse momento provavelmente graças à história dos 18 seconds. E a vitória de Cena… Não foi nada mais do que uma desculpa para a reedição do Rock vs Cena que ninguém queria ver.

Por outras palavras, desde Edge em 2010 que não temos um vencedor digno da reputação e da história que advém da Royal Rumble: um dos verdadeiros fenómenos deste negócio. Alguns de vós até dirão que, apesar dos vencedores, foram boas edições em termos de combate. Não, nem isso foi. Não tivemos rivalidades construídas, não tivemos traições nem alianças inesperadas, não tivemos surpresas com impacto, não tivemos um regresso triunfal como o caso de Edge, ou seja, nada de realmente palpável ou produtivo a resultar das últimas edições da Rumble.

Desta forma, depois de ter ficado por duas vezes com um sabor amargo no canto da boca, espero que à terceira seja mesmo de vez e possa acompanhar uma Rumble clássica. Se formos a ver, não faltam condimentos para isso. Seja pelo número de eliminações, por um grande regresso, pelas rivalidades que se podem construir, pelos nomes que podem colidir, pela incerteza que ainda rodeia esta edição da Rumble, a equipa criativa da WWE não se pode queixar de falta de material – embora seja nestas alturas que mais costumam falhar.

Mesmo assim, uma Rumble clássica tem de culminar num grande vencedor que dê uma nova dose de encanto, beleza e algum prestígio a este combate que, sem margem para dúvidas, perdeu algum brilho. Por todos estes motivos, a edição número 44 deste espaço é dedicada aos 4 nomes que realisticamente podem vir a vencer a Rumble e conseguir devolver exatamente esse valor a este histórico combate.

Começando pelo nome mais óbvio, Daniel Bryan é ainda um desses possíveis vencedores. Apesar de se ter juntado à Wyatt Family, nada nos garante que esta aliança pode vir a durar alguns meses. Aliás, ela pode vir a terminar muito cedo, quiçá na noite de 26 de Janeiro, dando início à trajetória de Bryan até à WrestleMania30.

Durante o combate, caso os quatro elementos da Wyatt Family participem, podemos vir a assistir a uma traição de Bryan ao seu agora líder e mentor Bray Wyatt, depois de Rowan e Harper terem sido eliminados, para vencer a Rumble. Tudo culminaria entre ambos num combate a ter lugar no Elimination Chamber ou até mais cedo, numa qualquer segunda-feira próxima de si. A partir daí, Bryan podia-se focar a 100% no WWE Championship e verdadeiramente começar a sua Road To WrestleMania.

No entanto, esta ligação ao lado mais sombrio pode servir como construção para uma rivalidade ainda maior do que esta com Bray Wyatt. Assim que Daniel Bryan se tiver tornado no monster prometido e separar-se da família, pode muito bem servir como adversário para Undertaker. Imaginem só um Daniel Bryan heel, a solo, determinado a mostrar que o lado sombrio é a escolha certa ao tentar derrotar o mestre da escuridão e quebrar a Streak. Certamente seria uma rivalidade original e com panos para mangas.

Claro que estas não passam de algumas das muitas ideias que estão em cima da mesa quanto à situação do lutador, neste momento, mais over em toda a WWE. A generalidade dos fãs não está satisfeita quanto à forma como o goat tem sido utilizado e esperam realmente que esta aliança aos Wyatt vá resultar em algo palpável, que sirva para Bryan progredir e não regredir. Vencer a Rumble, com um novo face turn pelo meio, seria certamente um progresso que iria satisfazer as massas.

Contudo, as massas têm sido progressivamente levadas a apoiar mais e mais outro nome que figura na lista de possíveis vencedores da Rumble de 2014: CM Punk. Ao longo das últimas semanas, a WWE tem virado grande parte dos holofotes para o Best In The World não em termos de vitórias, rivalidades ou tempo ao microfone, mas sim quanto à forma que tem sido utilizado para recolher sempre o máximo apoio do Universe.

Ainda no passado episódio do Raw tivemos um perfeito exemplo disso mesmo, quando vimos CM Punk num segmento com os New Age Outlaws e o Hot Rod, três lendas pelas quais o público tem muito carinho. O facto de CM Punk ter sido derrotado por Reigns é mais um perfeito exemplo disso mesmo, já que separa definitivamente a imagem de super-herói de CM Punk, que podia ser negativamente estampada por alguns.

Especialmente depois de ter sido o primeiro e único homem a derrotar, sozinho, todos os membros dos Shield, caso Punk voltasse a repetir a façanha em combates individuais, bem que iriam começar a chover algumas comparações indesejáveis com Cena. Com a vitória de Reigns, Punk não só volta a ser humano, como aproveita para meter over um novo talento e aina recolhe o respect dos fãs mais maduros.

Este trabalho de reunir o máximo apoio possível para Punk, deve-se ao facto de Orton se apresentar como o top heel da WWE, enquanto o top face e top guy continua a ser Cena, que não tem obtido o mesmo tipo de destaque que tanto incomoda e aborrece a maioria dos fãs. Os oficiais da WWE percebem alguma coisa de matemática e excluindo Orton e Cena da equação dos favoritos da multidão, considerando que Bryan adotou uma nova religião, sobra apenas um nome como aquilo que resta de esperança para o que é descrito na Bíblia como “o que os fãs querem ver”.

Não esquecendo o facto de o sonho de carreira de CM Punk estar por ainda por atingir (main-event da WrestleMania), esta pode ser a forma de voltar a inserir CM Punk na rota do título principal da WWE, reatando uma rivalidade antiga com quem quer que seja o vencedor do Orton vs Cena pelo único World Heavyweight Championship e concretizando o seu sonho. Algo que indiscutivelmente Punk merece, pelos seus últimos anos.

No entanto, Janeiro é sinónimo de regressos na WWE. Nem que seja pela data da Rumble, esta é uma das alturas ideias para muitos nomes voltarem aos ringues, pois a partir do Rumble começa a Road to WrestleMania e aí já não há muito espaço para manobras. Daí Batista ter escolhido exatamente a noite da Rumble para fazer o seu regresso.

Levando em consideração a extensão do contrato que o Animal assinou (dois anos), começam imediatamente a surgir mil e um rumores quanto ao que vai ser feito em primeira mão com o regresso deste grande nome à casa onde foi feliz. As previsões neste momento, pelo que vimos no Raw, apontam para que o primeiro oponente de Batista seja Alberto Del Rio.

Uma vez que Batista e Del Rio vão oficialmente entrar no Rumble, tudo indica que veremos uma dança entre ambos que culminará com um a eliminar o outro para depois seguirem numa grande rivalidade a terminar na WM30. Porém, nem tudo o que parece é. Batista pode muito bem passar por cima de ADR na Rumble e vencer o combate.

Improvável? Sim. Se eu acredito que o Batista vai vencer a Rumble? Não. Se é um dos candidatos a tal? Sim. Nem que seja pelo muito simples motivo de ser o regresso de um top guy habituado a ter ouro à volta da cintura. Rumores são rumores, a maioria dos quais não passa de pura especulação, mas existe um que se fala mais do que qualquer outro: Batista vs Orton na WM30.

Não é propriamente um dream match, mas não deixa de ser um combate que pode nos dar uma grande rivalidade, desde que convenientemente explorada. Por outro lado, nem sequer temos a certeza se Batista vai voltar como face, embora tudo indica como tal. Não podemos tomar nada como garantido e isso é o que me agrada este ano: imprevisibilidade.

Outro grande nome que, tal como Batista, aproveitou esta altura da Rumble para fazer o seu regresso foi Brock Lesnar. Como sempre, tendo como sua voz o mestre Paul Heyman, declarou as suas legítimas intenções de ter uma oportunidade pelo World Heavyweight Championship. Tal não significa que isso irá acontecer, por muito que Rock tenha feito o mesmo o ano passado e tenha resultado em pleno.

Quando Mark Henry aparentemente se afigurava como novo adversário do Beast, um Kimura Lock que partiu o braço do World’s Strongest Man mudou o panorama. O esquecido Big Show encontra em Lesnar uma nova forma de continuar a aparecer no ecrã do povo. Resta saber se Henry está legitimamente lesionado mais uma vez e se Show não foi um plano de recurso.

Independentemente de quem enfrente, prevê-se que tudo culmine com uma vitória de Lesnar e o coloque mais perto da tal oportunidade pelo título mais importante da WWE. Todavia, tal poderá acontecer de igual forma durante o Rumble, caso Lesnar elimine Big Show e vença o combate para ter a oportunidade na WM pelo título que deseja.

Ainda não temos a confirmação oficial de que o homem que se intitulou como Number One Contender vai ou não entrar no Rumble ou se irá ter um combate à parte contra Big Show, mas se havia forma de Lesnar conquistar – em todos os sentidos da palavra – a oportunidade que afirma já possuir seria voltar a vencer a Rumble.

Algo que necessariamente indicaria que o campeão teria de ser um face, pelo que teríamos uma mudança até à Elimination Chamber ou então na WM30 teríamos um Triple Threat entre Orton, Cena e Lesnar. Seja como for, caso o cliente de Paul Heyman tenha mesmo uma oportunidade pelo título, o panorama de imprevisibilidade mantém-se.

Estes são os quatro nomes mais fortes a vencer a Rumble de 2014, por muito que estejam em cima da mesa alguns regressos como de Jericho ou Sheamus, por muito que Reigns seja claramente uma das maiores apostas da WWE nos últimos tempos e por muito que Bray Wyatt tenha sido reportado como possível adversário de John Cena na WM30.

Se o vencedor efetivamente, porque na WWE nunca podem tomar nada como garantido, for um dos elementos do ilustre quarteto fantástico que foi apontado, voltaremos a ter um vencedor ao nível das expetativas elevadas que rodeiam todos os anos este PPV e o consequente main-event da WM. Independentemente do nome escolhido, este ano volta a existir aquele verdadeiro feeling que nos faz todos ansiar pelo clássico… Let’s get ready to Rumble!

Sobre o Autor

- Já escrevi no espaço “Long Horn Peep Show”. Atualmente publico notícias, sou moderador do chat e ajudo no que puder o WPT a ficar cada vez melhor.

91 Comentários

  1. Chicago Made Punk - há 3 anos

    os ultimos 6 serao wyatt family ( os 4 ) CM Punk e Roman Reigns ( O gajo spear elimina o Batista)

    os 4 wyatts e roman reigns aliam-se e vao atacar Punk quando de repente

    Spear em Luke Harper

    GTS em Rowan

    aquela joelhada do Bryan no seu antigo mentor Bray Wyatt

    a wyatt family eh eliminada
    Roman Reigns faz o seu FACE-TURN

    e os ultimos 3

    Punk vs Bryan vs Reigns

    Reigns eh eliminado dps Bryan and THE BEST IN THE WORLD WINS

    • Fandangooo!! - há 3 anos

      Como a sua mente trabalha…

      • Chicago Made Punk - há 3 anos

        O Punk tenta dar ao Bryan aquele seu pontape no queixo
        O Bryan Escapa e o Reigns vem atraz para o Spear e o Punk desvia
        o reigns cai la foraa

        Bryan vem a correr e vai para a joelhada no Punk
        o Punk da um Dropick
        sobe as cordas
        Leg Drop
        anuncia GTS
        GTS para fora do Ringue

        Punk go to WrestleMania face Randy Orton

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        pontapé no queixo xD em Portugal vão começar a chamar ao GTS pontapé no queixo xD

        Se o Reigns ia para o spear, na melhor das hipóteses saía do ringue pela segunda corda, logo não era eliminado xD

        GTS para fora do ringue era coisa que eu gostava mesmo de ver tipo ChokeSlam xD

        Obrigado por essa imaginação xD

  2. Bad News Barrett - há 3 anos

    Nao estou de acordo com o que dizes relativamente à vitoria do Del Rio ser interessante!! Naqueles tempos ele possuía imenso destaque e se nao teve sucesso como top heel foi pelo booking que sofreu da parte da wwe e nao por culpa dele e os reinados mediocres dele sao a prova disso!!

    Quanto ao Sheamus concordo na parte em que ele é aborrecido como face mas na altura em que conquistou o Royal Rumble ainda nao se sabia no que Sheamus ía dar como face ao certo e acabaou por ser uma aposta arriscada mas nao julgo a wwe por isso porque Sheamus era e é sem qualquer duvidas um superstar de topo na wwe e um digno vencedor de tal combate embora o preferia muito mais como heel!

    Nao compreendo também a classificação de um Orton VS Batista na mania como nao sendo um dream match. Dois ex membros de uma se nao mesmo a stable mais dominante da historia da wwe, um punhado de titulos entre os dois, o que cada um representa na wwe… vejo isso muito mais como um dream match do que um Undertaker VS Daniel Bryan (que ainda nao ganhou nada que o coloque com o prestigio nem longe disso de Orton ou Batista!!)

    Desses tais quatro favoritos a unica opção que realmente me agrada é sem duvidas Lesnar mas infelizmente já é hoje sabido que ele nao participará no combate. Eu gostaria bem mais que Lesnar lutasse com o Undertaker nesse ano e deixassem o titulo com Orton, Batista… mas pelos vistos parece que isso nao vai acontecer.

    Quanto a Batista, Bryan e CM Punk reconheço o seu admiravel trabalho e esforço na wwe mas nao sou grande fã de nenhum daí nao torcer para a vitoria de nenhum deles mesmo sendo que o nome do vencedor saíra daqui ou de um regresso de Shemus, nome que também coloco na lista de favoritos. No entanto tendo que escolher alguém sem duvidas que fico com Batista por todo que o nome dele representa na wwe ou do Sheamus caso regresse como heel (no seu territorio natural!).

    E claro que há um superstar que eu gostava que ganhasse mais que ninguem nem que nao conquiste o titulo na wrestlemania, pois é algo que espero há imensos anos! Sei que isso jamais acontecerá e para mim será sempre uma das maiores injustiças da historia da wwe que é o facto do enorme Y2J nunca ter conquistado este combate.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Eu não disse que a vitória do Del Rio era interessante…

      Não concordo quanto ao Sheamus ser um superstar de topo. Se ele hoje é um main-eventer é graças ao enorme push que teve, não por ter merecido ou conquistado o público com as suas performances. Para mim, o Sheamus está ao mesmo nível que o Del Rio, dois main-eventers consolidados porque a WWE assim quer. No entanto, o ADR dentro do ringue tem melhores performances do que o Sheamus.

      Tenho quase a certeza absoluta que o Sheamus não ganha a Rumble, seria um atentado à modalidade ele vencer duas vezes este combate, mas já vi coisas piores.

      Quanto ao Jericho, é sempre bem-vindo.

      Obrigado por comentares :)

  3. fã numero 1 - há 3 anos

    Quero que ganhe o CM Punk! se não for o CM Punk que seja o Daniel Bryan

  4. Cadu Ito - há 3 anos

    Minhas apostas vão para Undertaker… já que ainda não começou sua feud com ninguém pro WM… seria muito bom ver sobrar apenas 1 lutador no ringue e o 30º a entrar ser o Deadman, começando aí a rivalidade.

    Creio que Bryan vai até o WM junto dos Wyatt Family, Punk e The Shield tem grandes chances de se eliminarem… mas acho que vem o face-turn de Reigns no Royal Rumble, tendo uma tag-team match no WM.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      O Taker já está arrumado dessas andanças. No máximo vai ter mais dois combates na WM e vai para a reforma.

      Quanto ao Reigns, não creio que ele vá vencer. Prevejo um grande número de eliminações, mas vai acabar eliminado provavelmente pelo Ambrose.

      Obrigado por comentares :)

      • Chicago Made Punk - há 3 anos

        Mais 4 pq tem q lutar
        com o Cena ” I QUIT MATCH”
        com o Lesnar este ano pelos rumores e aquela historia de troca de olhares
        com o Bryan quando ele eh garantidamente UM MAIN EVENT DE TOPO
        com o Kane o combate termina em empate
        luz paga
        undertaker e kane bye bye

  5. José Sousa - há 3 anos

    Sem dúvida este ano estou mesmo entusiasmado para o Rumble, é verdadeiramente um dos ano mais imprevisíveis que me lembre. Temos 3 candidatos(o Show vai lutar com o Lesnar mesmo, e depois Sheamus e o Reigns são os outsiders nesta corrida. Mas acho que tudo se decide com os nomes que dizes, e tenho ideia definida sobre tudo isto, mas revelarei com pormenor na minha antevisão do Rumble.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Exatamente José, por isso é que este ano estou com expetativas elevadas para a Rumble. Fico à espera da tua visão da Rumble para debater :)

  6. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Ora, 4 nomes sem duvida a ter em conta.

    Vamos lá “opinar” e depois digo quem acho que vai vencer…

    Daniel Bryan: Talvez, mas acredito que ainda não vai ser ele a ter essa honra, que ilumina os vencedores. Bryan estará na minha opinião na wrestlemania, mas como adversário de Bray Wyatt, devido a rivalidade ter iniciado agora, e talvez caminhará até ao “Maior palco de todos!”

    Batista: Bem, não sei se estás entusiasmado com o regresso de Batista?Eu não mas, posso mudar rapidamente a minha opinião, vou aguardar pelo impacto e força do seu regresso.Tenho receio que seja aquilo que estávamos habituados, um lutador com pouco requinte dentro de ringue.Sim a sua ausência foi longa, mas não é nenhum Y2J. Y2J esta de fora uma semana e já sinto saudades. Para mim vai ser Batista vs Triple H . “I Got that Feeling!”

    Lesnar…as minhas duvidas…terá o seu combate na wrestlemania, mas sinceramente não vejo contra quem…talvez- Undertaker, mas acredito noutro adversário para este.Explico mais abaixo.

    Resta CM Punk.E agora digo, para mim será o vencedor, apesar de dizerem que Triple H está “guardado” para ele. Punk ainda não venceu um Rumble e será sem duvida a melhor altura para acontecer.Não faltará muito para a rivalidade de Punk contra os shield terminar e estes últimos, vão virar-se para Taker, pois foram eles que “arrumaram” o dead man .

    Portanto acredito num combate entre Punk vs Orton na wrestlemania

    Eu sei sou um lunático….

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Quanto ao Bryan, essa é apenas mais uma das muitas possibilidades do que fazer com ele. Para já, concordo com a sua aliança à Wyatt Family, a maioria dos fãs dele não se apercebem, mas isto vai lhe ser muito útil à sua personagem no futuro.

      Estou muito entusiasmado com o regresso do Batista, especialmente pela duração do contrato dele. Demonstra que está aplicado neste regresso e isso é o que se quer. Francamente, não concordo nada quanto a essa sombra que paira relativamente ao Batista ser um fraco in-ring performer, considero-o completamente competente naquilo que faz.

      Se bem que acredite que o Punk vai ser o vencedor, é a minha aposta para este ano, não acredito que os Shield vão atacar o Morto. Para mim na Rumble vamos ter, infelizmente, o início do fim desta grande stable.

      Esperemos para ver e obrigado por comentares :)

  7. Joao No Cena - há 3 anos

    Bom artigo Ricardo.
    Só não concordo com a parte do Daniel Bryan trair os Wyatts e começar logo o Road to Wrestlemania assim. Se isso acontecer (espero eu) ele ainda deve ser muito atacado no ring e na backstage embora essa história já durar há muito tempo. E para se focar no título tinha de haver uma desunificação, porque Randy Orton, John Cena, Daniel Bryan, Batista, Brock Lesnar e CM Punk para um titulo nao dá. E a WWE seria burra em manter os títulos unificados porque só havia uma história que tinha muita atenção por parte dos fans em vez de duas histórias, também com grande importância. Quando é que os títulos se vão desunificar, isso não sei, mas deve ser no Road to Wrestlemania. Espero também que o vencedor do Royal Rumble seja um de top que precise de um clik final para se afirmar no main event, não necessariamente os que já lá estiveram, como o Miz e o Ziggler. Acho que a história Cena-Orton vai continuar, muito provavelmente até à Wrestlemania, sempre a mudar de mãos. O Brock Lesnar vs Big Show deve ser mais uma feud que a WWE vai apostar, embora eu ache que é só para dar mais importância ao Brock. O título de tag team não deve mudar, porque as tag teams que mais se evidenciam são os shield e is wyatts e ambas estão envolvidas em feus com CM Punk e Daniel Bryan, respetivamente.Não acho que o Royal Rumble vá alteram muita coisa nas feuds, a não ser, se calhar, o fim dos shield.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Acho que entendeste mal o meu artigo, ou seja, aquilo que eu pretendi transmitir com os nomes que indiquei. O que eu queria dizer é que temos quatro fortes candidatos, nomes de topo, a vencer o Rumble e quatro fortes possibilidades para o WHC Title. Porém, só uma delas vai acontecer. Mediante o vencedor, os restantes vão estar envolvidos em rivalidades que devem acabar na WM30.

      Creio que o Rumble vai ser deveras importante e recheado em novidades, mas normalmente é nestes momentos em que a WWE me desilude. Obrigado por comentares :)

  8. Nathan95 - há 3 anos

    Dúvido que Brock Lesnar vensa, até por que a WWE não vai fazer uma WM 30, e botar Lesnar no main event , se esse já está afastado a tempos,e também não seria um adversário que o povo iria gostar de ver em uma WM 30, por tanto acredito que teremos Batista vs Lesnar na WM 30, e provavelmente Cm Punk ou Bryan vence a Rumble , se por acaso Punk vencer , a possibilidade de Bryan enfrentar Taker é alta, se acaso Bryan venha a vencer, Punk provavelmente lutará contra o HHH, ou quem sabe ninguem imaginava , Lesnar vs Punk em uma rematch

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Eu referi o Brock porque no último Raw ouvimos o Michael Cole a dar muito valor à facilidade com que o Show atirou o Lesnar de uma ponta do ringue à outra. Por outras palavras, deu a entender que o Show podia facilmente eliminar o Lesnar da Rumble. Foi isso que eu li nas entrelinhas do comentário dele.

      Como tu referiste no teu comentário, não faltam é possibilidades quanto ao que pode vir a acontecer e isso é positivo, desde que não tomem decisões erradas. Obrigado por comentares :)

  9. The Mentalist - há 3 anos

    Grande artigo Ricardo, apesar de ter gostado do Sheamus ter vencido o Rumble, não fechei a janela como você sugeriu. Não é porque discordamos de alguma coisa que o artigo vai perder qualidade :D

    Daniel Bryan pra mim deve enfrentar o Bray Wyatt na Wrestlemania para acabar com essa storyline.

    Brock Lesnar se vencer o WHHC deve ser na Elimination Chamber match

    Na minha opinião a vitória deve ficar com CM Punk ou Batista.

    E possíveis surpresas : The Rock, Sheamus, Roman Reingns, Dean Ambrose e algum outro retornado

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Podes me tratar por “tu”, o senhor está no céu :)

      Ainda bem que não fechaste a janela, a ideia era mesmo essa. O LHPS vale sempre a pena ler! eheh

      Francamente, também acho essa alternativa algo que pode vir a acontecer: o Lesnar vencer na Elimination Chamber e ter um reinado curto até à WM30.

      Obrigado por comentares :)

  10. JoãoRkNO - há 3 anos

    Estou espectante para a edição deste ano do Royal Rumble. Os 4 nomes que referiste são, sem margem para dúvida, os reais candidatos a vencer o Rumble Match, embora possam acontecer milagres, mas não estou muito para aí virado. De resto, teremos um card ” apetitoso”, nada de muito extenso, visto a duração do ME, mas com poucos mas bons matches.
    Já agora, excelente edição Ricardo.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Veremos quem ganha, se for um destes é bom sinal. Concordo quanto ao card do PPV, esperam-se bons combates à parte do Rumble. Obrigado por comentares :)

  11. danielLP21 - há 3 anos

    Um dos meus objectivos de vida passou a ser tentar compreender o porquê de este “hate” todo pelo Sheamus. Acordem, já não está na moda. Já passou mais de um ano desde que ele foi campeão pela última vez. Teve um “push” enorme muito cedo? E então? O Lesnar também não o teve (aliás, ainda maior)? Ninguém é obrigado a gostar de outra pessoa, mas dizer que o Sheamus tem poucos fãs é irrealista, pelo simples facto de isso não corresponder à verdade. Que regresse o mais rápido possível e, de preferência, como “face”.

    O Alberto Del Rio é um atleta fenomenal e é pena que a WWE lhe tenha dado o tratamento que deu ao longo do seu percurso na WWE. Depois acontece isto, temos adeptos da modalidade que não sabem distinguir o tratamento que um lutador recebe (e que é fulcral para a sua credibilidade, ou falta dela) do seu real talento.

    Em relação ao vencedor do Royal Rumble deste mês, vejo dois grandes favoritos: CM Punk e Daniel Bryan. Em terceiro lugar, o Roman Reigns. De resto, ficaria surpreendido se fosse o Batista e chocado se fosse outro nome qualquer. E há que ter sempre em conta o John Cena, claro.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      A maioria dos pops que o Sheamus tem são editados. Tens como exemplo disso a Raw a seguir à WM29, em que o Sheamus faz a sua entrada e no one gives a fuck. O Sheamus é mais um daqueles casos em que a WWE nos esfrega com ele na cara até alguns começarem a gostar dele. Exemplo atual disso é o Big-E.

      Quanto ao ADR, já o disse há muito tempo, para mim é um dos cinco melhores in-ring performers que a WWE tem. Se calhar agora com Punk, Orton, Bryan, os Shield, Batista e Brock, baixa um pouco para o top 10, mas não deixa de ser muito bom. Sempre gostei dele como atleta. E também a sua personagem, quando era um heel mais respeitável do que é agora.

      O Cena vai lutar contra o Orton, portanto não vai entrar na Rumble. Suponho eu que não e espero que não. Se o Reigns ganhasse esta Rumble, que tem tudo para ser das melhores dos últimos anos, ia ficar irritado. Já chega de tentar criar main-eventers com este combate. O Reigns não precisa disso para lá chegar, é preciso não meter a carroça à frente dos bois. O estatuto de main-eventer vai chegar, mas ainda vai ter de ser construído devidamente com rivalidades que o ajudem a afirmar-se individualmente.

      • Tibraco - há 3 anos

        A maioria dos Rumbles são ganhos por gajos com estatuto de main event. Nos últimos anos apenas o Del Rio não tinha esse mesmo estatuto mas estava a ser super promovido. Portanto não entendi essa do “Já chega de tentar criar main-eventers com este combate”.

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        O Sheamus já era main-eventer? Lá por ser um ex-WWE Champion não faz dele automaticamente main-eventer. Ou o Miz para ti é main-eventer?

        Outro exemplo da frase “Já chega de tentar criar main-eventers com este combate”: Rey Mysterio. Ele quando ganhou a Rumble era main-eventer? Não me parece…

      • danielLP21 - há 3 anos

        O Rey Mysterio ganhou este combate há 8 anos… O tempo passa Ricardo, ou ainda não deste por isso? Daí para cá tiveste Undertaker, John Cena, Randy Orton, Edge, Alberto Del Rio, Sheamus e outra vez o John Cena! Ou seja, apenas dois não eram “main-eventers” consolidados, mas o Sheamus era um antigo campeão da WWE por duas vezes e o “King Of The Ring”. Não era um lutador qualquer. O que a WWE fez depois já é outra história, mas o Sheamus é dos melhores lutadores que lá andam, independentemente de ser “face” ou “heel”. Já sei, pronto, ele não veio da ROH… Já sei como é.

        O Del Rio não era “main-eventer”, é verdade, mas quem é que ia ganhar o combate nesse ano? Outra vez o Triple H? A opção da WWE foi mais do que boa. Foi óptima! Mais uma vez, o que fizeram depois com ele já é outra história…

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Independentemente do tempo, o Rey não deixa de ser um válido exemplo daquilo que falei.

        Não tem nada a ver com a ROH, eu não vejo indies. Nem sequer está relacionado com aquilo que ele faz dentro do ringue. Eu apenas falei da personagem dele, mantenho o que disse porque é verdade. Eu não coloquei em causa a capacidade dele dentro do ringue, embora tu e outros tenham sentido a necessidade de o vir defender. Sem motivos para tal.

        Com isto tudo acabaste por me dar razão quanto a lutadores que não eram main-eventers consolidados e que venceram a Rumble. Já são alguns e tendo em conta os nomes que já venceram a Rumble no passado, já chega. Está na altura de termos um vencedor ao nível que se exige… Na minha mais modesta e humilde opinião claro :)

      • danielLP21 - há 3 anos

        O Daniel Bryan é “main-eventer”? Ou não é tão “main-eventer” como era o Sheamus em 2011?

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        O Bryan pode não ser um main-eventer há muito tempo, mas está infinitamente mais over do que o Sheamus alguma vez já esteve e, acima disso, merece esta conquista, caso efetivamente venha a ganhar a Rumble. Está perfeitamente à altura deste acontecimento, para além de ser um ‘prémio’ mais do que justo para o que ele tem feito. O Bryan certamente não vai flopar…

      • danielLP21 - há 3 anos

        Não vai “flopar” se lhe derem um “booking” decente… Caso isso não aconteça, vai “flopar” como qualquer outro “floparia”… Ah, e falas em mérito? O Sheamus é dos “wrestlers” que mais trabalha na WWE. Isso sabe-se. E volto a perguntar: poucos fãs? Só se for no Luxemburgo…

      • Tibraco - há 3 anos

        Bem, como o Daniel e o José já disseram, o Sheamus já era um main-eventer. Se formos muito rigorosos com essa qualificação, só o Cena, Orton e o Punk serão considerados main-eventers. E o Sheamus nunca esteve como o Miz está agora.

        Mas tu queres um vencedor ao nível que se exige? O Cena, o Edge, o Orton e o Taker não estão nesse nível? Se em 10 anos só por duas vezes não ganha um main-eventer é porque isso não acontece muitas vezes…

        Ah, mas para que fique registado, também prefiro que os Rumbles sejam vencidos, na sua maioria, por uma estrela de topo. Por mim ficava entre o Bryan e o Punk. Btw, excelente artigo e continuação de bom trabalho!

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Se tu o dizes… Eu já li que desde a altura em que ele se tornou campeão mundial que se desleixou e foi mantendo o título e, depois de o perder, foi mantendo o estatuto de main-eventer (a dada altura chegou a ter mais vitórias que o Cena, aliás chegou a ser o wrestler com mais vitórias em todo o plantel antes de se lesionar) graças a ser um dos favoritos do HHH. Se isto é verdade ou não, não sei.

        Achas que tem assim tantos fãs Daniel? Por favor, o Dolph tem mais fãs do que ele. Os fãs que ele tem são fãs de plástico. Até podem ser “muitos”, mas gostam dele porque a WWE o tornou no super mega babyface do SmackDown, no Cena das sextas-feiras. Quanto queres apostar comigo que ele se virar heel, deixa de ter fãs?

        O Bryan tá heel, um heel assim ainda meio manhoso, mas juntou-se às trevas e ouves o people a gritar ainda por ele no combate que teve no Raw. Acontece o mesmo com o Punk.

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        O Sheamus ao inicio era extremamente bem apoiado e tinha imensos fãs… há que admitir mas já para o fim notava se claramente que ele já começava a ter pops algo “banais” tipo Big E… pelo menos é o que eu acho mas respeito se não concordares com isso.

      • José Sousa - há 3 anos

        O Sheamus quando vence não é um top star mas já é de facto um main-eventer. Apenas não era um top face, mas já tinha dois reinados como campeão da WWE nos ombros. Não era o favorito principal, mas tinha que ser visto como outsider, pelo menos eu via.

      • Diogo_67 - há 3 anos

        O Batista melhor em ring que o Del Rio? Desculpa mas não.

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Diogo, não sei onde leste isso, mas não fui eu que o disse.

      • Diogo_67 - há 3 anos

        In-ring performers não é o mesmo que wrestlers?

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Não Diogo. In-ring performers diz respeito apenas à capacidade in-ring de um lutador. Mesmo assim a tua interpretação não deixa de estar errada, porque eu não disse que o ADR era melhor dentro do ringue do que o Batista ou qualquer outro dos nomes que apontei. Apenas pretendi dizer, volto a repetir por outras palavras, que neste momento não faltam atletas que sejam bons dentro do ringue.

        Um perfeito exemplo contrário do que eu estou a dizer é o Miz. É muito melhor ao microfone do que dentro do ringue.

      • Arthur - há 3 anos

        Cara,vc é um hater do Sheamus,ta na cara?Em que planeta o orton e batista são melhores do que o Sheamus in ring?Poucos fãs?Ele era ótimo enquanto heeel!

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Sim, podia ser bom enquanto heel, mas eu não falei disso. Falei dele enquanto face. Ao menos sê coerente com as tuas críticas.

      • akujy - há 3 anos

        Has-de-me dizer, Arthur, em que planeta é que o Sheamus é melhor que o Orton no ringue. xD

      • MR Perfection André Santos - há 3 anos

        XD

  12. Anónimo - há 3 anos

    Acho que pra min os dois favoritos que irão enfretar possivelmente Randy orton na WM são Punk e Batista

  13. akujy - há 3 anos

    “Quanto ao ADR, já o disse há muito tempo, para mim é um dos cinco melhores in-ring performers que a WWE tem. Se calhar agora com Punk, Orton, Bryan, os Shield, Batista e Brock, baixa um pouco para o top 10, mas não deixa de ser muito bom.”

    Tas a brincar, nao? Quem fala tão mal do Sheamus e elogia o Batista ao ponto de dizer que ele é melhor que o Del Rio só pode tar a gozar com a minha cara!!! O batista não tem qualquer in-ring skills. Por amor da Santa. Nem qualquer talento em nada. Apenas tem look e carisma. O facto de ter tido uma grande ausencia deixa-me um pouco nostáligico pelo seu regresso, mas será algo que me passará depressa se ele n tiver melhorado. E espero q ele n ganhe a rumble.

    Agora um gajo que me vem falar mal do Cena e do Sheamus e elogia o Batista?? Há que fazer a distinção entre o que tu gostas e o que realmente é um lutador tecnicamente bom. (E o Batista não é tecnicamente bom)

    Eu depois comento o resto do artigo, mas para já fiquei chocado com isto! Mark Mode Alert!!!! Crianças de 5 anos não deviam ter crónicas no universo! xD

    And just like in the old days…You have been Pipe Bombed! You’re Welcome!!!

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Kuj kuj… Quer me parecer que vieste comentar com má vontade :)

      Onde é que eu falei assim tão mal do Sheamus? Não disse mentira nenhuma, ele face está completamente estagnado, desinteressante e é boring. São factos.

      Onde é que eu disse que o Batista é melhor que o Del Rio? Eu disse apenas que neste momento a WWE tem vários bons lutadores. Seguindo a tua interpretação da minha citação, também afirmei que o Ambrose é melhor in-ring performer que o ADR. E também não o é.

      Repara que eu comecei a frase com “se calhar”. Não estava a dizer que todos os nomes que apontei são melhores in-ring performers que o ADR, até porque não o são. Simplesmente estava a dizer que são bons in-ring performers e eu já vi vários combates do Batista que me levam a dizer que ele é um competente in-ring performer.

      Eu francamente não entendo todo este hate ao desbarato ao Batista. Não entendo. Parece a nova moda dos “entendidos da internet”. Ele não é um primor técnico (nem eu nunca disse que ele era tecnicamente bom como tu erradamente insinuaste), mas é competente dentro do ringue, tal como é o Cena e eu nem gosto dele. Se ter referido o Batista te incomoda assim tanto, risca o Batista da lista e vê se para ti já faz mais sentido.

      Isto de mark não teve absolutamente nada e se esta foi mais uma das tuas belas pipebombs, então estás a perder qualidades meu velho.

      PS: não comentaste o artigo, apenas uma parte de um comentário meu. Fico à espera do comentário ao artigo ;)

      • akujy - há 3 anos

        Eu vim só lançar o caos, como antigamente, para matar saudades. xD A seguir vou comentar tudo.

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Lá está a questão técnica dos lutadores… é legitimo que se aprecie isso mas eu prefiro 1000 vezes um Batista com look, carisma e basicamente com conteúdo e com algo para oferecer e sem grandes in ring skills do que epá sei lá um primor técnico como o Alberto Del Rio ou um Swagger… que até têm personagens interessantes e são bons no ringue mas falta lhes o “it factor” tipo as melhores fases do Wrestling caracterizaram se sobretudo pela qualidade de feuds e pelas personagens extremamente carismáticas… confesso que não percebo porque dão tanta importância ao Wrestler ser ou não bom tecnicamente… isto hoje em dia é completamente o factor secundário ou terciário no chamado “business”… mas epá respeito como é evidente.

        O Sheamus tem qualidades exelentes… o mal dele é que foi um “face” construído à lá John Cena e as pessoas estão FARTAS destes moldes de construção :) como heel ele pode estar no topo da empresa.

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Sem te querer deixar sem resposta, eu também aprecio lutadores técnicos como o Bryan, Angle e outros. São a essência do wrestling. Agora, não é isso que está em causa, nem foi disso que eu falei. A conversa é que deu uma volta de 180 graus tudo por causa do meu suposto “hate” ao Sheamus, quando me limitei a constatar factos. Era o mesmo que me dizerem que um dos problemas do Christian é estar sempre lesionado. Não me custava nada admitir isso, porque é verdade.

        A construção de super-homens é algo completamente ridículo e precisa de parar o quanto antes. Por isso mesmo é que fiquei muito contente com a vitória do Reigns sobre o Punk. Se forem a ver bem a frio, o que eu disse tem sequência lógica e é coerente.

        Se alguma vez me virem a gostar de um super-homem aí é que me podem dar um “par de estalos para acordar para a vida”. Eu até agradeço.

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Calma… xD eu adoro Guerrero, Benoit, Angle, Bryan… e outros tipo Bret Hart ou William Regal ou Dean Malenko agora oiço muitas vezes no geral dar uma importância tremenda à parte técnica quando a questão de fundo é completamente outra… isto tudo para dizer que isto não vai lá apenas com o facto do lutador ser bom em ringue… e o Batista por exemplo não traz isso mas o que ele traz é bem mais valioso do que neste momento o Del Rio (óptimo tecnicamente) pode dar… era nesse sentido não sei se me fiz perceber xD

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Eu percebi, não te tava a “atacar” xD Tens razão no que dizes.

        Não quero discutir, entre ADR e Batista, quem é que é mais valioso para a WWE neste momento, mas percebo o teu ponto de vista :)

  14. Sting "ooooooo ICONEEEEE" - há 3 anos

    para min fica os possiveis vencedores do royal rumble:
    CM Punk
    Batista
    Daniel Bryan
    Roman Reigns

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Como já disse antes, é preciso ter calma com o Reigns. Ele com este push tem tudo para chegar ao topo, mas é preciso não exagerar. Ele tem tempo para ganhar a Rumble, ainda tem muitos anos à frente dele.

      • Sting "ooooooo ICONEEEEE" - há 3 anos

        Sim mais o Del rio Também ganho o Royal Rumble cedo demais não acha?

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Talvez, nessa altura não acompanhava a WWE para poder ter perfeita noção das alternativas legítimas que existiam ou não ao Del Rio. Isto, embora essa vitória do ADR tenha sido efetivamente discutida e levantado alguma polémica quanto ao que falaste.

        Mas exatamente para evitar esse tipo de discussão é que o Reigns não deve vencer a Rumble.

  15. Miguel Carlos - há 3 anos

    “Bryan adotou uma nova religião” ri-me
    Excelente artigo. Os potênciais candidatos a vencer o Rumble são o Punk, o Bryan e o Batista, não deixando de fora o Reigns, o Lesnar ou até alguma surpresa como o Sheamus, algo que não acredito muito. No caso do Punk, se não vencer o Rumble então deve lutar com o Trips na ‘Mania. Já o Bryan, é o candidato que mais desejo que vença a Rumble, ainda para mais estando envolvido com os Wyatt, coisa que acaba até à WrestleMania. Só tenho medo que a WWE invente que o vencedor do Royal Rumble tem de enfrentar o Undertaker, só para pôr o Lesnar a lutar com o Cena pelo título sem que tenha de vencer o Rumble. Quanto ao Batista, eu preferia que ele tivesse uma fued com o Sheamus, por exemplo, mas se a WWE optar por ele vencer o Rumble, só justifica essa decisão se criar uma boa fued pelo título quer contra o Orton, quer contra o Cena.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Obrigado pelos elogios e por comentares Migual :)

      Partilho do mesmo medo que tu: a WWE tem tendência nestes momentos a inventar, não o teria dito de melhor forma, e podemos ter um vencedor da Rumble com pouco sentido. Esperemos que seja Punk ou Bryan para ir à WM30 vencer o título. Para mim, um desses dois seria o Best 4 Business.

      • Miguel Carlos - há 3 anos

        Gosto mutio da maneira como escreves e os teus artigos têm sido muito interessantes, estás-te a encaminhar para o meu 2º artigo preferido (sorry José Sousa).

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        “Perder” para o S&M não é nada que me envergonhe xD

        Obrigado mais uma vez Miguel :)

      • Miguel Carlos - há 3 anos

        Sim, se eu não gostasse do artigo também não dizia o contrário, mas eu admito mesmo que o José agora tem “concorrência forte” xD

  16. fã numero 1 - há 3 anos

    Ricardo Silva, gostei bastante do teu artigo, concordo com os possíveis vencedores ao Royal Rumble e não ligues ao comentários de certos moços aqui… Muitos comentam e percebem tanto disto como os meus tomates, ou seja 0. Bom artigo, parabéns :)

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      O problema é que alguns dos que “criticaram” são vozes que sabem o que dizem e são vozes que eu respeito, desde que façam críticas com nexo.

      De qualquer forma, obrigado pelos elogios e por comentares ;)

  17. akujy - há 3 anos

    Mais um excelente LHPS Ricardo. Não tenho hate nem ao sheamus, nem ao Batista, ao contrário do que dizias mais acima sobre muita gente. Simplesmente não são nada de especial. E o Batista em ringue sempre foi pobre. Esperemos q tenha melhorado. Mas como já disse, tenho alguma nostalgia com este seu regresso e até fico satisfeito que ele volte, dsd q n ganhe a rumble nem o titulo na WM.

    De resto concordo com tudo ou quase tudo o q disseste. A rumble não teve vencedores à altura nos ultimos anos. Ou pq n eram grande coisa, ou pq n havia construção suficiente, etc. Tal como tu, recordo com saudade a vitória do Edge. E espero que este ano seja o inicio do caminho para voltar a dar prestigio a este combate, pois ele bem merece. Não discordo muito das tuas previsões, mas também não me vou alongar muito nisso pq acho que vou fazer uma antevisão ao PPV daqui a 2 semanas e como tal irei guardar as minhas previsões até lá.

    De resto voltei a gostar do conteúdo. Mais um artigo à Ricardo Silva, com toda a intensidade de sempre, e com as mesmas papas na língua que eu, ou seja nenhumas. xD And for that my friend, I salute you! Keep them coming!

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      ‘Tás a ver, mesmo não concordando por inteiro daquilo que eu disse, fizeste um comentário “à homem” e por isso sou eu que te “saluto”.

      Ao que parece, existe uma onda ENORME de hate ao “Botchista” – eu nem tinha sequer noção que lhe chamavam isto. É uma nova moda à qual eu me recuso a entrar, porque sei do que ele é capaz. Aposto contigo que quem diz isto e quem odeia o Batista são os mesmos que dizem coisas como “o problema do Ziggler é não ter mic-skills” (Looool).

      “A rumble não teve vencedores à altura nos ultimos anos. Ou pq n eram grande coisa, ou pq n havia construção suficiente, etc.” Exatamente. Custa assim tanto entender isto? Eu acho que falei português…

      Obrigado por esse comentário digno do nome :)

      • Tibraco - há 3 anos

        Epá desculpa lá insistir no assunto mas acabas a conversa a dizer “eu acho que falei português” como se os argumentos que leste não valessem nada.

        Isto é, queres ter razão à força. Tu dizes que os vencedores do Rumble não têm sido main-eventers. Tens mais do que uma pessoa a lembrar-te que nos últimos 10 anos houve 2 lutadores que não tinham esse estatuto. Ou seja, 80% dos lutadores nos últimos 10 anos são, de facto, main-eventers. A conclusão que retiras disto é que tu tens razão, sabe-se lá porquê, e que os outros é que têm dificuldade em entender-te. Tudo bem.

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Estás à vontade para insistir, gosto de discussões saudáveis :)

        Mas repara Tribaco, eu não falei nos últimos dez anos e aí é que falha a tua interpretação!

        “Desde que voltei, acompanhei em direto mais duas edições da Royal Rumble, ainda e para sempre um dos combates que mais entusiasma quem aprecia esta modalidade. O problema reside exatamente nos vencedores desses dois anos: Sheamus e John Cena.”

        Por exemplo, o Cena é um main-eventer mas não está ao nível da Rumble. Não pelo seu estatuto intocável, mas pela construção da mesma que serviu apenas para o Rock vs Cena II. Ou seja, uma Rumble desaproveitada.

        E só depois, alonguei o meu raciocínio ao ano anterior do Del Rio (também não está ao nível da Rumble), para recordar o ano em que ganhou o Edge (2010), verdadeiramente a última Rumble ao nível da Rumble.

        Não é ter razão à força. É o que está escrito. Graças a Deus já há mais que uma pessoa que me entendeu: “A rumble não teve vencedores à altura nos ultimos anos. Ou pq n eram grande coisa, ou pq n havia construção suficiente, etc.”

        Espero que tenhas compreendido o meu ponto de vista.

      • Tibraco - há 3 anos

        Desculpa só ter respondido agora mas a porra dos exames tem ocupado muito tempo.

        Oh, se avaliares APENAS pelas duas últimas Rumbles, posso-te dar razão. A última, então, foi fraquinha. O que quis dizer é que, por norma, os vencedores são bem escolhidos e já são main-eventers estabelecidos.

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Não há qualquer problema, I feel your pain bro, tou na mesma situação que tu.

        Sim, por norma são bem escolhidos, mas eu é que tive o azar de acompanhar em direto duas Rumbles fracas, por isso mesmo é que fiz este texto: sinto uma mudança nos ventos, como diria o Capt Jack Sparrow.

        Já agora, espero que te corram bem os exames ;)

      • Tibraco - há 3 anos

        Obrigado e igualmente! ;)

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Ou seja, para concluir, tu até podes alargar essa percentagem até à primeira edição da Rumble e a percentagem dos lutadores que venceram e que não eram main-eventers provavelmente até baixa.
        A questão é que eu infelizmente acompanhei duas Rumbles fracas. Tens de ver a questão do meu ponto de vista pessoal, não dos anos todos anteriores, alguns dos quais em que eu nem sequer acompanhava a WWE.

      • José Sousa - há 3 anos

        Talvez. Mas o facto concreto é que este ano tens star power, e este ano vais ter um Rumble ao nível do evento. Pelo menos o Rumble Match promete ser dos mais emotivos dos últimos anos. Cada um de nós tem um favorito. Isto vai dividir-se por três facções: Os do Punk, os Yes! Guys!, e os Batista Guys!. Depois um menor pelo Reigns e pelo Sheamus. Mas a emoção deste Rumble Match vai ser brutal.

      • José Sousa - há 3 anos

        Depois tanta discussão porque? Ele pode ganhar Rumble? Pode. Mas não vai ganhar, quando vejo a WWE a colocar no site oficial uma votação a perguntar se o Batista vai ganhar o Rumble, e nem coloca outros candidatos. Ou está a tornar tudo claro demais, ou está a deitar fumo para iludir sobre a identidade do vencedor.

        O que quero dizer é que acho que a própria WWE quer que pensemos que é o Batista que volta e vence num género “Eat, Sleep, conquer, Repeat”(Desculpa Heyman!) Acho que esse trabalho de ilusão está a ser feito na perfeição. Este Rumble desde do Summerslam é entre duas pessoas, e vai ser entre essas duas que está o Rumble Winner.

      • Ricardo Silva - há 3 anos

        Exatamente José, isso era algo que eu também queria dizer, a Rumble deste ano promete. Esperemos que a WWE não nos desiluda.

        Vamos a ver o que fazem quanto ao Batista, mas partilho da tua opinião, tal como disse no texto. Não me acredito que o Batista vá vencer a Rumble, embora tenha de ser encarado como um possível vencedor.

  18. The Mentalist - há 3 anos

    O Batista não é nem um Daniel Bryan oou Chris Jericho, o que faz sentido já que ele é um Powerhouse e o estilo dele é outro. Mas dai a falar que não tem qualidade in-ring …

    E se ele não é esse “primor” tecnicamente, pelo menos nos outros quesitos ele se saía muito bem. Não é atoa que teve feuds memoráveis

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Subscrevo esse ponto de vista. O Batista não é um talker como o Punk nem enche o ringue (em carisma) como o Jericho, mas safa-se bem em ambas.

  19. FAlmeida_10 - há 3 anos

    Bom Artigo Ricardo! Contudo acho que este artigo aparece demasiado cedo. Faltam 2 semanas para o Rumble não estava á espera já deste artigo.

    O Del Rio falhou em se afirmar em Top Heel (porque é uma lutador com muita dificuldade em criar interesse por si só), já que não correspondeu ás expetativas altíssimas que se lhe tinham, contudo esse Rumble até foi bem decidido em termos de vencedor. Os últimos Rumbles sim têm sido discutíveis, mas são em cenários diferentes que surgem. No caso do Sheamus, podiam ter feito algo decente com ele na Wrestlemania (prova disso foi o Extreme Rules seguinte), contudo aqueles 18 segundos traçaram-lhe a sentença. No caso do Cena, era previsível quem ia vencer o Rumble, e estava na cara que íamos (infelizmente) ter um “Rock vs Cena II”.

    Este Rumble temos uma coisa essencial nos Rumble Match. Imprevisibilidade, até porque a ultima edição fica manchada pela falta de imprevisibilidade. Mas deste ano os principais candidatos acabam mesmo por ser o Bryan e o Punk e depois temos os outros dois como outsiders. O Bryan pode acabar por virar-se contra o Wyatt durante o Rumble, contudo não seria muito fiável, porque teriam de arrumar a situação do Wyatt com o Bryan muito rapidamente, porque teriam de preparar o Bryan para a Mania, e a historia da traição do Bryan ao Wyatt vai ter de ser contada com calma. A opção mais fiável seria mesmo o Punk, só fica um bocado em dúvida por causa dos rumores de “Punk vs Triple H”. Apesar de não o ver como principal vencedor do RUmble, vai ser um perigo ver o Batista no Rumble, até porque tenho receio de que acabe por ser o vencedor. Ele vai voltar como face, tenho quase a certeza (se o trouxeram é para delícia dos fãs, para vender PPVs, e Merchandise em parte…Isto acontece maioritariamente se ele vier como Face), e então se o Orton chegar campeão á Mania, tenho sempre esse receio.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Já sabes o que a casa gasta numa sexta-feira antes de um PPV (TNA), por isso ou era esta semana ou era na próxima. E como na próxima vais ver mais antevisões da Rumble, esta pareceu-me a altura ideal para falar da Rumble e para a semana… Bem, depois vês ;)

      Concordo contigo, foi essa imprevisibilidade que me ‘motivou’ a escrever este texto. Para mim, ficaria muito surpreendido se na WM30 não fosse Orton vs Vencedor da Rumble pelo WWE title, mas posso estar enganado. Afinal de contas, “anything can happen in the WWE” xD

      Obrigado por comentares :)

  20. Diogo7 - há 3 anos

    Excelente artigo Ricardo.

    No Royal Rumble deste ano temos uma coisa que não tivemos no ano passado, imprevisibilidade. Este ano tenho 3 candidatos claros à vitória do Rumble match: Daniel Bryan, CM Punk e Batista.

    Esta aliança do Bryan com os Wyatts não deve durar muito, na minha opinião. Acho que o Bryan pode fazer novamente o “face turn” no Rumble eliminando o Bray Wyatt e ganhando o Rumble.

    O CM Punk pode muito bem voltar à “Title Picture” vencendo o Rumble, já que está afastado do Título há quase um ano. Uma “feud” Orton vs Punk era algo que me agradaria bastante.

    Já o Batista é um claro candidato, nem que seja só pelo seu regresso à WWE. Ele é um claro “Main Eventer” e pode muito bem ganhar o Título ao Orton na WrestleMania. Já sei que os combates entre o Batista e o Orton não foram grande coisa no passado, mas tinham muita coisa por onde pegar para realizar esta “feud”.

    Para mim, os “outsiders” nesta Rumble são o Roman Reigns, o Sheamus e o Bray Wyatt.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Concordo contigo em tudo, partilho em pleno das possibilidades que tu falaste. Também acho que esses nomes são os “outsiders”, mas não podemos descartar a possibilidade de um ou outro nome surpresa voltarem na Rumble.

      Obrigado por comentares Diogo :)

  21. Chicago Made Punk - há 3 anos

    Seria Brutal depois dos 30 wrestler entrar
    ter ainda em ringue

    Punk,Bryan,Batista,Reigns,Sheamus…

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      É um final que pode acontecer. Esses todos têm altas probabilidades de estarem nos últimos 6.

      Obrigado por comentares :)

      • Chicago Made Punk - há 3 anos

        D nda :)
        acompanho a wwe a quase um ano

        fiquei fan do Punk dps daquele estrondoso match na WM29 com o Taker

        sao 5 nao 6 lol

        Houve Rumores que o Booker T e o RVD vao entrar na RR

  22. MicaelDuarte - há 3 anos

    Well…controversy creates cash Ricardo, como já dizia o outro xD

    Este artigo recorda-me a “polémica” que foi quando tu disseste que o Del Rio nunca devia ter aceite ir para a frente com o combate com o Ziggler, na possibilidade de ainda piorar a situação deste último.

    Muito honestamente, e tentando abstrair-me do que já muito para aqui foi dito, não considero o vitória do Sheamus um erro, mas sim aquilo que fizeram com ele na Wrestlemania 28. O que “matou” o Sheamus e impediu que este se tornasse extremamente popular, numa semelhança com o Batista, em 2005 e 2006, na SmackDown, foram aqueles 18 segundos na WM. Se estes 18 segundos não tivessem existido, o Sheamus seria ainda mais popular do que é. E isto, porque não considero que o Sheamus tenha poucos fãs, como referiste. Basicamente, concordo contigo quando falaste do Cena e da qualidade que os RR’s têm vindo a perder, porém, no que toca ao Sheamus, discordo.

    Daniel Bryan: eu também já tinha referido algures que uma rivalidade entre o Daniel Bryan e o Undertaker, poder-se-ia desenvolver à custa de muita coisa, pois há muito por onde explorar. No entanto, é preciso fazer uma construção muito bem feita, para que o D-Bryan seja levado minimamente a sério. Além de não acreditar que o combate entre os dois aconteça, o D-Bryan não tem lá muito jeito para interpretar esta “gimmick”… (Aposto no Daniel Bryan como vencedor da Royal Rumble).

    CM Punk: O Punk é o “wrestler” que mais gosto de todo o sempre, por isso, se este ganhasse o combate RR, imagina a minha reacção xD Contudo, caso este não seja o resultado, só aceito a vitória do Daniel Bryan.

    Batista e Lesnar: não acredito na vitória de um deles, mas, se acontecesse, não ficaria chocado.

    Além dos nomes que citaste, juntaria o Roman Reigns à equação.

    Mais um artigo muito bom.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Ora nem mais, esse ganda maluco xD

      Sim, curiosamente quando falo no ADR, o nível de polémica sobe consideravelmente. Quem sabe se não será um truque a utilizar caso este espaço a dada altura esteja com poucos comentários xD

      Independentemente do Sheamus em si, a Rumble que ele venceu foi uma edição que ficou abaixo do nível que se exige para este combate. Partilho da tua opinião quanto ao Punk, se não for ele, que seja o Bryan, embora não ficaria chocado nem insatisfeito com a vitória do Dave ou do Brock.

      Obrigado por comentares :)

  23. catchphrase - há 3 anos

    este rumble vai ser muito imprevisivel,tanto no bom como no mau sentido ….mas o meu sonho era Y2j

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Esse era o teu sonho e de muita gente, mas não deve passar de isso mesmo.

      Obrigado por comentares :)

  24. The Mentalist - há 3 anos

    Ainda sobre o possível vencedor do Rumble : Porque muitos falam no Reigns vencer e nem se quer lembram do Ambrose ? A WWE está evidentemente dando muito destaque ao Roman Reigns, e só por isso acredito que se alguém do Shield fosse vencer, esse alguém seria o Dean Ambrose. Pois o Reigns ia ser muito óbvio. Mas de qualquer forma acho difícil um dos dois vencerem

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Nesse aspeto tenho que discordar contigo, se algum membro dos Shield ganhar a Rumble será certamente o Reigns. Mas espero que isso não aconteça, como já disse anteriormente.

  25. Dolph Ziggler - há 3 anos

    Excelente artigo, Ricardo. Sinceramente, este ano o Royal Rumble é muito imprevisivel. Há poucas semanas dizia que era o Punk que vencia, depois dizia que era o Bryan, depois ainda tive uns tempos convencido que seria o Reigns mas neste momento a minha aposta recai para o Batista. Aliás, acho o Batista vs Orton na WM pelo título o pior e mais provável cenário, pelo menos na minha opinião.

    Mas é melhor assim do que a dezembro do ano passado ja sabermos que o Cena ia ganhar o Rumble e enfrentar o The Rock na Wrestlemania.

    • Ricardo Silva - há 3 anos

      Exatamente, mesmo que seja Batista vs Orton, será certamente melhor do que o ano passado. E muito dependerá da construção da rivalidade deles e também da forma do Batista. O próprio Lesnar quando voltou para lutar com o Cena, estava completamente fora de forma e agora voltou a ser Besta.

      É esperar para ver, obrigado por comentares :)

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador