Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Onde Andas Tu? #46 – La Résistance (3) – Rob Conway

Chegámos à terceira e ultima parte do artigo sobre os La Résistance e hoje o OAT é todo dedicado a Rob Conway.

Usando sempre o seu nome próprio, Robert Conway começou a sua carreira no wrestling como tantas outras vedetas que passaram pelos ringues da WWE. O seu interesse pela modalidade despertou depois de assistir a um treino e de seguir o antigo wrestler Danny Davis pela arena fora. Achou que também conseguiria fazer aquilo e segundo ele: “bastou-lhe 5 minutos dentro do ringue para saber que era aquilo que ele queria fazer”, declarou em 2004. Ingenuamente achou que levaria apenas 6 meses a chegar à WWE, quando na verdade demorou 6 anos, mas chegou lá.

O seu percurso no wrestling começou primeiramente em equipa – juntamente com Nick Dinsmore (Eugene) – sob os nomes de Limited Edition e The Borkcin Brothers, isto ainda na Memphis Championship Wrestling. Já na OVW, ambos denominavam-se de Lords of the Ring. Lords ou não, a verdade é tiveram bastante sucesso como dupla, ganhando os OVW Southern Tag Team Titles por 10 vezes! Mas todas as duplas têm um fim, e a 28 de Abril de 1999, Conway derrotaria Dinsmore para ganhar o seu primeiro título a solo, o título principal da OVW.

OVW – Rob Conway vs Nick Dinsmore:

https://www.youtube.com/watch?v=p1x-AKlZAWI

Esta captura durou uma semana, depois de perdê-lo novamente para Eugene mas também não demoraria muito a ganhar o título pela segunda vez, desta vez derrotando Damaja, a 17 de Agosto de 1999. A terceira e última conquista do título seria já só em Setembro de 2000, mais uma vez com outra vitória sob Dinsmore.

O próximo passo seria a subida ao Main-Roster e como tal, Conway começou a fazer aparições em dark-matches…durante 3 anos. De 2000 a 2003, apareceu no Velocity e no Sunday Night Heat a perder para wrestlers como A-Train, Randy Orton ou o The Hurricane.

A 17 de Julho de 2003 fez o seu début na Smackdown, ao lado de Eugene. A dupla, que durou uma noite apareceu fantasiada com máscaras e foram derrotados por Rey Mysterio e Billy Kidman.

Será relembrado como o simpatizante francês dos La Résistance mas a verdade é que Conway era para ter outro debut. A sua estreia original seria ao lado de Stevie Richards e da diva Victoria até a WWE mudar de planos, horas antes do seu combate de estreia (algo que já não é de agora…). Na semana seguinte, Laurinaitis deu-lhe a notícia que iriam mudar-lhe o look e que para aquela noite teria apenas de vestir um uniforme e ficar sentado na primeira fila à espera do seu momento. Na realidade, a ideia de juntar Conway ao grupo partiu de um dos membros da dupla: Grenier que achou que funcionaria melhor em trio. E funcionou bastante bem por acaso. O grupo tinha boas reacções e conseguiu envolver-se em boas feuds com outras equipas veteranas que só ajudaram a criar mais heat para os franceses.

Apesar da partida de René para a Smackdown no Draft de 2004, Grenier e Conway continuaram – na Raw –  como os La Résistance embora com mudanças na gimmick. Já não eram anunciados de França mas sim como franceses Canadenses do Quebéc. O ponto alto da dupla foi a sua sucessão de títulos como campeões de tag-team. O primeiro reinado veio após uma vitória sob Edge e Benoit a 31 de Maio de 2004, numa RAW na (verdadeira( terra natal de Grenier: Montreal. Apesar de serem os heels, o público não conseguiu esconder o entusiasmo desta conquista.

La Résistance vs Edge & Chris Benoit:

Parte 1 – http://www.dailymotion.com/video/xae49f_chris-benoit-edge-vs-la-resistance_sport

Parte 2 – http://www.dailymotion.com/video/xae4kw_chris-benoit-edge-vs-la-resistance_sport
A equipa teria um reinado bastante aceitável perdendo os títulos apenas a 19 de Outubro, no PPV Taboo Tuesday. Mesmo com um atrito entre Edge e Benoit,  com este último a ser abandonado pelo parceiro, Benoit conseguiu alcançar novamente os títulos.

Taboo Tuesday 2004 – La Résistance vs Edge & Chris Benoit:

http://www.dailymotion.com/video/xqa2rh_wwe-taboo-tuesday-2004-la-resistance-vs-chris-benoit-and-edge_sport

Desta vez, os La Résistance não seguraram os títulos por muito tempo, e duas semanas depois perderam-nos para a equipa de William Regal e Eugene. Em Janeiro de 2005, ganhariam um terceiro e último reinado que duraria até 7 de Fevereiro, data em que Regal e Taijiri não desperdiçaram a oportunidade de conquistar os títulos.

A separação dos La Résistance deu-se e depois da habitual feud entre os ex-companheiros, Conway manteve-se pela RAW mas também começou a ser presença mais assídua no show, Heat. Deixou definitivamente a gimmick de francês e construiu uma personagem heel narcisista, apelidando-se de “The Con Man”. Começou a ter feuds com várias lendas do wrestling, conseguindo vitórias ali e acolá. Ao mesmo tempo desenvolvia uma feud com Eugene e ainda chegou a lutar pelo título intercontinental de Ric Flair, mas sem sucesso.

Depois disso, a sua carreira na WWE foi marcada por uma looonga streak de derrotas, que durou mais de meio ano, até ao final de 2005 e início de 2006. A explicação para esta streak foi de que o principal argumentista da RAW tinha-se ausentado dos shows semanais para escrever um filme para a WWE (…) e quando regressou ao trabalho não gostou da personagem de Conway, porque não tinha sido ideia dele, nem tinha tido a aprovação do mesmo. Assim sendo Conway passou a última parte do seu trilho na WWE como jobber.

A WWE ainda pensou em enviá-lo para a Smackdown e reunir os La Résistance mas o lugar acabou por ir para René Dupree e para a ECW (que diga-se de passagem também foi um flop). A decisão de despedir Conway também foi bastante falada, já que Stephanie McMahon que até era fã de Conway na altura, achava que ele era daqueles wrestlers que seriam jobbers para toda a vida, enquanto que na equipa criativa havia quem ainda acreditasse nele. Isto levaria ao cúmulo de receber gear nova da empresa e dias depois informarem-no que o seu contracto chegaria ao fim.

Conway acabou mesmo por sair da WWE, em Janeiro de 2007, depois de perder um combate com o Jeff Hardy em 21 segundos. Seria despedido em directo da RAW, voltando para a OVW mas sairia efectivamente em Maio do mesmo ano.

Rob Conway vs Jeff Hardy + despedimento:

https://www.youtube.com/watch?v=4NcDecyi1J0

Apesar de ter saído em 2007, só nos últimos dois anos é que tem-se falado mais da carreira de Conway pós-WWE. Em 2013 conseguiu um grande feito que foi vencer adquirir ao seu currículo de títulos o NWA World Heavywight Championship, título que esteve na posse de Dusty Rhodes ou Ric Flair, como por exemplo. Durante toda a carreira na NWA, Conway nunca teve grandes oportunidades por títulos mas a conquista do título máximo, a 16 de Março de 2013, foi sem dúvida o ponto alto da sua carreira como wrestler.

NWA Championship – Rob Conway vs Kahagas

https://www.youtube.com/watch?v=v_PzLq4wHmo

Desde de 2013 que tem viajado pela América e defendido o título (ou desafiando o campeão) no Japão, dentro da federação New Japan Pro Wrestling. Em Abril de 2014, agora como contender, incitou Satoshi Kojima para um combate pelo título mas não foi capaz de conseguiu o ouro de volta.

Satoshi Kojima  vs. Rob Conway – NJPW

http://www.dailymotion.com/video/x1qoqbc_satoshi-kojima-c-vs-rob-conway-njpw_sport

Mesmo assim, a sorte voltou a sorrir-lhe em Julho passado onde recapturou o cinto pela segunda vez, num reinado que mantem até aos dias de hoje. Conway sente-se em casa na NWA e aos 40 anos, voltar à WWE não é uma hipótese.

Espero que tenham gostado e aceitam-se sugestões para o próximo artigo!

Sobre o Autor

- Escritora do artigo "Onde andas tu?" Fã de Wrestling desde 2005.

17 Comentários

  1. lmfcp2012 - há 2 anos

    excelente artigo

  2. daemon silva - há 2 anos

    escreva sobre o luke gallows

  3. Roberto "The Viper" #CancelWWENetwork - há 2 anos

    Eu voto no Terry Funk. Gostaria de saber onde ele anda.

  4. Tunes9 - há 2 anos

    Excelente artigo, gostei.

    O último membro dos La Resistance, até gostava do Rob Conway e acho que podia ter tido uma carreira mais interessante na WWE, deu para ver que em ringue tinha algum talento e depois até tinha carisma e claro a presença física, gostei da sua “gimmick” pós-La Resistance e a sua theme de entrada era qualquer coisa: “Ohhhhh just look at me…” eheh, acho que aí demonstrou que era um tipo com piada e talento e acho que podia ter sido um bom mid-carder mas essa do argumentista é de uma incompetência e patetice descomunal, enfim, fico satisfeito que esteja a ter sucesso na sua carreira e não será esquecido pelos fãs da WWE seja pela passagem nos La Resistance seja pela theme de entrada da sua outra “gimmick” e esta Stable hoje em dia seria das melhores do roster e daria um jeitaço, sem duvida.

    Bom trabalho Mafi. :-)

    • Mafi - há 2 anos

      Desculpa a demora da resposta mas obrigada pelo comentário :D

      Sim hoje em dia falta uma tag-team assim! apesar da gimmick anti-america já estar batida, como tag-team ainda podiam resultar muito bem!
      Também fico contente que não tenha ficado parado após a WWE, é bom saber que os wrestlers admitem que wrestling não é só a wwe!

  5. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    Muito bom mais uma vez. Esta série de artigos sobre os La Resistance foi muito boa. Sugiro que de vez em quando regressem estes especiais com outras equipas e stables que tiveram sucesso, por exemplo a equipa do Rosey e The Hurricane ou The Cabinet (Sem o JBL como é óbvio) e outras claro, talvez mais apropriadas porque tenho ideia que já se fez do Rosie e do Orlando Jordan, mas não me recordo bem.
    A forma como um grande talento vê a carreira numa empresa cair porque alguém não gosta do personagem porque andou ocupado com coisas que não devia. Ainda assim acaba por ter um bom final de carreira. A NWA já não é o que foi no passado mas ainda assim é a NWA, tem sempre prestigio.
    Na linha do que disse no inicio sugiro uma dupla: Basham Brothers.

    • Mafi - há 2 anos

      Muito obrigada Padrinho :D Vou sem dúvida apostar neste formato no futuro ;)
      É verdade, mostra uma falta de incompetência total mas o Conway está bem onde está, dizes bem, a NWA já não é o que era antigamente mas ainda continua a ser uma organização respeitada e com grandes nomes do passado.

  6. Luislflf - há 2 anos

    Finally seria bem legal

  7. Brownsea - há 2 anos

    Boas, eu sugeria os Highlanders!!!!!!

  8. Sorlei Rui Oltramari - há 2 anos

    Excelente artigo, Mafi!

    Essa série sobre os La Résistance foi excelente. Descobri a equipe alguns anos após ela existir e, não sei porque, simpatizei e virei fã da equipe. Uma pena que como wrestlers singulares não tiveram sucesso na WWE.

    Sugiro que para o próximo Onde Andas Tu, faça um artigo dedicado a Brian Kendrick.

    • Mafi - há 2 anos

      Obrigada Sortei :D fico mesmo contente que gostem dos artigos.

      Eu agora também fiquei mais fã deles e foi pena que a nível individual tenham sido muito mal tratados.

      Já foi pedido várias vezes e talvez esteja para breve :)

  9. danielLP21 - há 2 anos

    Excelente artigo, Mafi.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador