Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Onde Andas Tu? #51 – Trevor Murdoch

O seu físico não era o mais atlético e as suas capacidades em ringue não era as mais apuradas mas a ética de trabalho sempre esteve lá. Hoje falamos de Trevor Murdoch.

A jornada de William Theordore Mueller até ao topo do wrestling, começou na pequena cidade de Fredericktown, Missouri com pouco mais de quatro mil habitantes. Desde sempre que se lembra de acordar aos sábados de manhã e ver o World Class Championship Wrestling na televisão. Fascinado por todos os movimentos dos atletas e pela energia do público, William partilhava o mesmo sonho que muitos daquele tempo, tornar-se wrestler. Mas foi só depois de acabar o secundário que decidiu entrar em ringue e meter em acção o seu sonho, deixando de lado uma carreira na Marinha como tinha planeado.

Grande parte da sua carreira foi passada na World League Wrestling, onde ganhou o seu primeiro título em 2000. Depois disso juntou-se a mais dois wrestlers (Otto Schwanz, Mike Maverick e Steven Briggs) e juntos formaram a stable The Dupps, já com Murdoch a adoptar o nome de Stan Dupp. Como equipa tiveram por uns tempos um contracto de desencolvimento com a WWE, onde abandonariam a empresa em 2002 para competir na TNA e outras promoções.

Para Murdoch chegava a altura de voltar à WLW, desta vez como Trevor Rhodes. Teve uma carreira de sucesso desta vez sozinho e ainda conseguiu viajar para o Japão e passa uma temporada no país asiático a aprender novas técnicas.

O próximo passo seria entrar na WWE a solo e foi o que aconteceu. Com já alguns conhecimentos na indústria conseguiu trabalhar em vários eventos da companhia, antes de lhe ser oferecido um contracto de desenvolvimento no início de 2005. Ao contrário de tantos outros que lhe antecederam, não foi enviado para a OVW, sendo colocado directamente a trabalhar em dark-matches com Garrison Cade, mais tarde Lance Cade. Os dois entenderam-se muito bem dentro e fora do ringue e foram nomeados como tag-team os TNT.

Enquanto trabalhavam nos dark-matches e em house-shows a WWE já promovia a estreia da dupla no main-roster, deixando de lado a sigla TNT e ficando apenas  os nomes dos wrestlers que compunham o duo.

Estrearam-se em Setembro de 2005 e em grande, ao vencerem os World Tag-Team Champions daquela altura – The Hurricane e Rosey – e tornarem-se os principais contenders dos títulos.

Debut de Trevor Murdoch & Lance Cade:

http://wwe.sapo.pt/RL0pFzFzOhmj9TJF741F

A vitória repetiu-se semanas depois no PPV Unforgiven e num espaço de 9 meses, Murdoch tinha entrado na WWE, no main-roster e já era campeão.

Trevor Murdoch & Lance Cade vs The Hurricane & Rosey:

http://wwe.sapo.pt/ycFtY3cDbWKmYacmLQw9

Trevor Murdoch & Lance Cade

Com um reinado com algumas defesas contra equipas mais descredibilizadas, a sorte da equipa chegou ao fim contra Kane e Big Show, no PPV Taboo Tuesday. Na consequência da perda dos títulos, Murdoch e Cade separaram-se por uns breves tempos, com ambos a trabalharem a solo, inclusivé com Murdoch a aparecer mais no Heat do que na RAW.

Contudo este afastamento não seria o fim desta tag-team, e pelo verão de 2006 já estavam de volta à competição. Com uns regressados Hardy Boyz, Murdoch e Cade tinham de provar estar à altura de uma das melhores tag-teams da WWE, e mesmo com uma ameaça de um face turn, Cade e Murdoch provaram que não eram muito confiáveis e o segundo reinado chegou em Junho de 2007.

http://www.dailymotion.com/video/x2cfm4_the-hardys-vs-lance-cade-and-trevor_sport

Este segundo reinado durou até Setembro onde – num house show de uma tour internacional – a dupla de Brian Kendrick e Paul London venceu os campeões. Aliás não era a primeira vez que as duas tag-teams defrontavam-se mas desta vez a sorte sorriu a Kendrick e London.

http://www.dailymotion.com/video/x2sxny_lance-cades-trevor-murdock-vs-paul_news

Contudo, foi sol de pouca dura visto que três dias depois, Murdoch e Cade já eram novamente campeões. Este terceiro reinado prolongou-se durante o resto do ano até perderem para Cody Rhodes e Hardcore Holly já em Abril de 2008. Novamente sem os títulos, a equipa presumia que a separação era inevitável e o próprio Murdoch não teve medo de arriscar com novas ideias para si e para o seu colega.

Sendo fã de música country e com queda para este género musical, Murdoch dirigiu-se à única pessoa a quem tinha de convencer: Vince McMahon. Entrando no seu gabinente, lá lhe explicou que tinha jeito para a música e para provar que falava a sério, começou a cantar perante um McMahon atónito, que não teve tempo de dizer nada. Depois do ‘casting’ improvisado, a ideia foi bem aceite e uma semana depois, após uma derrota, Murdoch pôde mostrar os seus dotes musicais em frente de todos.

https://www.youtube.com/watch?v=3vNo41qQZdE

Trevor Murdoch sings

Este seria o pontapé de saída para a separação dos dois, que levaria Murdoch para a Smackdown com uma gimmick face de cantor country, enquanto Cade ficaria-se pela RAW como heel. Os dois enfrentaram-se na RAW, em Junho com Cade a conseguir a vitória sob o ex-companheiro.

Apesar dos três anos juntos e de serem uma tag-team consistente, os planos de uma feud mais longa entre os dois sairam gorados. Para piorar, Murdoch nem chegou a fazer o seu debut na brand azul, sendo despedido dias depois.

Depois da saída da WWE, voltou à casa, ficando-se pela WLW e por outras organizações da zona. Com a saída de Lance Cade em Outubro, a equipa começou a receber bookings antes de em 2009, Murdoch anunciar a sua entrada na TNA.

Na TNA fez o seu debut a 23 de Abril de 2009, sob o nome de Jethro Holliday, juntando-se a Eric Young contra os No Limit. A partir daí foi sempre a perder, fosse contra quem fosse: Booker T, Rhyno, Abyss, Bobby Lashley, Christopher Daniels. Perante estas derrotas, estava mais que visto que Mueller era apenas usado como jobber. A 11 de Novembro foi dispensado da TNA.

Holliday vs Daniels: https://www.youtube.com/watch?v=g9ZjJ8vKEh4

Holliday vs Rhyno: https://www.youtube.com/watch?v=rd_5weCDjUw

A 9 de Maio de 2011, Mueller voltou aos ringues da WWE num dark match da RAW onde perdeu para Evan Bourne. Na noite seguinte – nas gravações da Smackdown – perdeu novamente para Jey Uso. Estes combates foram uma maneira de trazer de volta Murdoch à WWE e um novo contrato estava prestes a ser assinado. Contudo em finais de Junho, Murdoch revelou que não tinha sido feito nenhum acordo, devido aos cortes que a WWE andava a fazer.

Posto isto, Murdoch anunciou a sua reforma do pro-wrestling.

Já antes da WWE, geria um restaurante com a mulher e após a venda do mesmo em 2013, hoje em dia trabalha na instalação de fibra óptica. Segundo o Mueller, é um trabalho calmo e que lhe dá um bom dinheiro e o mantém em casa e não podia estar mais contente.

Que recordações têm de Murdoch? E faria diferença se tivesse voltado em 2011?

Espero que tenham gostado e até ao próximo artigo!

Sobre o Autor

- Escritora do artigo "Onde andas tu?" Fã de Wrestling desde 2005.

19 Comentários

  1. reigns one versus all - há 2 anos

    Excelente artigo,Mafi.
    O Murdoch é um wrestler que conheço dos tempos que começei a ver wrestling,em meados de 2008.
    Não era um wrestler que eu gostasse,mas era um tipo com talento e podia ter tido melhor sorte.
    Mas no wrestling uns são aproveitados,outros desprezados e ha aqueles que se conseguem tornar estrelas..
    O Murdoch encaixa-se nos desprezados,na minha opinião.

    • Mafi - há 2 anos

      Obrigada :)
      Tinha um estilo mais brawler, não era muito técnico, estava longe de ter uma forma física perfeita mas até simpatizava com ele. Gostava mais dele do que do Lance Cade.

  2. Slaker - há 2 anos

    Excelente artigo, tenho um autografo deste nigga esbranquiçado algures pela minha coleçao, saudades :D
    só uma cena, “Depois disso juntou-se a mais dois wrestlers (Otto Schwanz, Mike Maverick e Steven Briggs)” eu contei tres ahah
    Para a semana podias trazer o Spike Dudley, adorava :P
    Continuação do excelente trabalho!

    • Mafi - há 2 anos

      Obrigada :)
      Que falha, eu por mais que releia salta sempre algum erro :(
      Fica a sugestão e obrigada mais uma vez ;)

  3. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    Bom artigo.
    Eu gostava bastante da equipa, ri-me que se farta quando cá vieram para um house show, eles e os Cryme Tyme foram bastante engraçados.
    Eles eram daqueles que a solo não tinham muito para dar mas que como equipa eram sem dúvida material para uns bons reinados como campeões, eram do melhor que a WWE tinha naquela divisão, um pouco como os Cryme Tyme. Curiosamente a WWE tinha grandes planos para o Lance Cade que infelizmente morreu cedo de mais e não vimos se ele sempre seria ou não material para main event, já tivemos algumas surpresas positivas.
    O Lance Cade a solo penso que seria muito bom com uma gimmick cómica, não acredito que pudesse ser muito mais que isso. Melhor para comédia que o Adam Rose seria de certeza absoluta. Teria sido engraçado vê-lo com o Santino Marella.
    Fico surpreso que ele tenha desistido mas o importante é que ele esteja feliz com isso e ao menos nunca desrespeitou o pro-wrestling ao contrário de alguns “melhores do mundo” que andam por aí…
    Para a semana a Candice Michelle. Por culpa do Joaop lembrei-me dela no outro dia e até disse que seria um trabalho para ti. Até te dei uma música. :P
    https://www.youtube.com/watch?v=cpAfxxji_9w

    • Mafi - há 2 anos

      Obrigada :)
      Pois eu também gostava deles, então os Cryme Tyme… adorava-os :)
      Concordo, e por isso disse que teve sempre uma boa ética e acho que saiu bem com a WWE, tanto que até ia voltar. Parece que está mesmo bem com o caminho que seguiu e realmente é o mais importante.

      Candice? Nem sei o que é feito dela, até gostava de saber, boa sugestão e obrigada pela banda sonora xD

  4. Eugen3 - há 2 anos

    O quanto eu odiava este gajo (naquela altura em que só apoiava os faces), o ar arrogante da equipa dele, e só me apetecia chamar-lhes de campónios.
    Para próximos temas sugiro o Hardcore Holli, um lutador que não me lembro do nome mas sempre que tocava a campainha ele ficava todo maluco xD, e o Snitsky.

    • Bloodstain - há 2 anos

      O lutador de que falas quando tocava a campainha era o Festus (aka Doc, Luke Gallows)

    • Mafi - há 2 anos

      Acho que todos já tivemos uma altura assim, em que só apoiávamos os faces, também passei por isso. :P
      Obrigada pelas sugestões! ;)

  5. JoãoRkNO - há 2 anos

    Shii , já nem me lembrava deste gajo . Bom artigo , gostei de relembrar a carreira deste esquecido . Se não tiveres wrestler para a semana , podes fazer sobre o Jesse Sorrensen que eu não me importo nada .

    • Mafi - há 2 anos

      Obrigada, realmente ficou mesmo esquecido,às vezes ainda se ouve falar de alguns quando saem da WWE, mas aqui nem foi o caso.
      Obrigada pela sugestão :)

  6. Sorlei Rui Oltramari - há 2 anos

    Ótimo artigo, Mafi!
    Era um tipo talentoso e um bom worker, mas não tem como dar espaço para todo mundo e este foi um dos casos de desprezo, como vi nos comentários aqui.

    Era claro que não seria alvo de uma aposta consistente a solo, sendo um ótimo wrestler para a divisão de duplas. Interpretava a gimmick de caminhoneiro rude com perfeição e fez parte de uma das melhores duplas de 2002 para cá. Achava que o Lance Cade teria mais futuro, mas ele infelizmente nos deixou cedo demais.

    A minha sugestão da semana é que você faça sobre algum membro de uma das melhores stables da década passada em termos de talento na minha opinião, os Mexicools: Super Crazy, Psicosis ou Juventud Guerrera.

    • Mafi - há 2 anos

      Obrigada!! :)
      Descreveste a gimmick mesmo bem, ele era mesmo isso. Interpretava a personagem muito bem. Curiosamente até gostava mais dele do que do Cade…é pena este ter morrido tão novo. :(

      Sempre com óptimas sugestões, só posso agradecer!!

  7. Vinícius Nunes - há 2 anos

    Belo artigo Mafi, até curtia da dupla Lance Cadê e Trevor Murdoch, eles eram bons heels, e trabalhavam bem juntos, gostava mais do Cade do que dele, não lembro da carreira solo dele ou de qualquer coisa que ele tem feito depois da separação.

    Para a próxima gostaria de ver um artigo sobre o Zema Íon ou sobre a Candice Michelle.

    • master - há 2 anos

      O Zema Ion ainda está na TNA mas com outro nome, DJZ.

      • Vinícius Nunes - há 2 anos

        Obrigado pela resposta, como não tenho acompanhado tanto a TNA, fiquei meio perdido, ele então tem andado com os Bromans…

    • Mafi - há 2 anos

      Obrigada Vinícius!
      Bem sou a única que gostava mais do Murdoch, estou a ver.

      Óptimas sugestões, obrigada novamente ;)

  8. Tunes9 - há 2 anos

    Excelente artigo como sempre, Parabéns.

    A Tag Team do Murdoch & Cade era bastante boa, eram heels credíveis e tinham química, ele não tinha ring-skills por aí além, tinha um físico normal e fora do “prototipo” de Superstar perfeita, no entanto tinha carisma à sua maneira e tinha aquela agressividade e intensidade que disfarçava as suas lacunas, depois a sua “gimmick” era a sua cara e correu bem, foram campeões e enfrentaram boas Tag Teams, tiveram bons momentos e eram muito engraçados, eu gostei da sua passagem pela WWE e da Tag Team deles, duvido que tivesse sucesso como lutador a solo e acho que em 2011 já não vinha acrescentar nada à WWE a não ser que lhe arranjassem um Tag Team partner à altura, em todo o caso acho que podiam ter tido um destaque maior na divisão de Tag Team.

    PS: sem esquecer os combates com os meus lutadores preferidos e Stable preferidos, DX!!!.

    Bom trabalho Mafi. :-)

    • Mafi - há 2 anos

      Obrigada Tunes!

      Concordo é mesmo daquelas equipas em que funcionam bem juntos e até se tivessem se separado podiam voltar sempre a reunir-se. acho que funcionava…

      Também acho que não iria acrescentar nada ao roster, só estaria lá a jobbar ou então como dizes, só se tivesse outro parceiro de tag-team.

      Eu lembro-me desses combates, pelo que sei o Cade o Murdoch ficaram todos felizes quando lhes disseram que iam trabalhar com os DX. Logo aí vê-se que a WWE até confiava neles, até certo ponto.

      Obrigada mais uma vez

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador