Opinião Feminina #106 – Dean Ambrose: WWE’s Secret Weapon?

“Hi, I’m Dean Ambrose and if you’re wondering if you should believe the hype, yeah, you should. I’m every bit as good as they say I am. Everything you’ve heard is true and more. I’m one in a million. Best in the world is just a gimmick, I’m better than the best. I actually am as good as everyone else pretends to be. “

Jonathan Good “Dean Ambrose”, Florida Championship Wrestling, 3 de Julho de 2011.

Quando, pela primeira vez, me tornei familiar com o trabalho de Dean Ambrose na FCW, sabia que não iria faltar muito até escrever sobre ele no Opinião Feminina. Quando Dean Ambrose, juntamente com mais dois talentos do território de desenvolvimento, se estreou no WWE Survivor Series, apercebi-me de que tal estava mais perto de acontecer do que inicialmente julgava. Enquanto assistia à entrevista dos “The Shield” na WWE Raw desta semana, não tive quaisquer dúvidas de que essa altura tinha finalmente chegado e Dean Ambrose tornou-se oficialmente o tópico de discussão da edição 106 do Opinião Feminina.

Ao longo dos dois anos em que tenho comentado WWE no W.PT, a companhia sempre encontrou formas de me mudar os planos. Algumas engraçadas e agradáveis, outras nem tanto, mas a verdade é que, felizmente, Dean Ambrose se revelou como sendo uma surpresa extremamente agradável.  Graças a estas pequenas surpresas que nos têm sido proporcionadas recentemente, voltei mais uma vez a mudar o que tinha planeado publicar – aliás, já devia ter aprendido que ser planeada e organizada com a WWE simplesmente não funciona – para desta vez dar prioridade a um individuo que recentemente se introduziu no main-event da WWE: Jonathan Good, mais conhecido agora por Dean Ambrose.

Embora ao longo destes dois anos tenha aprendido que por vezes não compensa ser precipitada e falar logo de um acontecimento na mesma semana em que este acontece, tal como referi acima, depois do que se passou na passada Raw tornou-se peremptório começar por aqui, pois ao contrário de muitas outras edições em que fui precipitada, nesta tenho de facto muita coisas a dizer.

Será Dean Ambrose a arma secreta da WWE? Concordam com esta ideia? O campeão da WWE, CM Punk concorda! Aliás, tal como visto na imagem acima, até foi o próprio a sugerir a ideia. Depois da volta de trezentos e sessenta graus que a sua carreira deu no dia após a sua polémica promo na Raw, é apenas natural assumir que CM Punk terá começado a ter um papel mais sério nos bastidores da WWE. Embora possa ser considerado prepotente, por alguns fãs, ter CM Punk a admitir ter este aumento de poder, ao contrário do que seria de esperar não me enquadro nesse grupo, pois é apenas uma simples constatação dos factos. Assim que na WWE os lutadores se tornam o mais próximos do insubstituível que pode haver, estes começam a ter mais poder e voz perto da direcção.

Exactamente por isto é que não é de surpreender certas decisões tomadas pela companhia, relativamente a Dean Ambrose, especialmente quando se notam comentários como este. Contudo, ao contrário do que poderão estar a pensar agora, não acho de forma alguma que CM Punk seja o único a ter alguma espécie de influência no destino de Ambrose. O talento deste, as notas que os oficiais tiraram a partir do mesmo, em especial William Regal, e acima de tudo, o seu comportamento fora do ringue irá em muito ditar a sua passagem pela WWE.

Nisto coloca-se outra vez a questão: terá CM Punk razão e será Dean Ambrose a “arma secreta” da WWE?

Ora, tudo isto que referi acima terá servido para explicar como CM Punk terá melhores conhecimentos e melhor perspectiva para fazer tais declarações do que eu, contudo – mais uma vez, ao contrário do que todos esperavam – não sou particularmente favorável a esta denominação. Porém, tal não tem absolutamente nada a ver com Dean Ambrose, mas sim com a companhia em si.

A WWE sempre teve, tal como tem agora, uma boa dose de talento no seu roster e, tal como foi comprovado mais recentemente pelo caso de Ryback, a “máquina” em que se baseia a companhia é bastante poderosa. Existem é claro, mas são pouco frequentes os casos em que a WWE faz tudo o que pode e usa todos os recursos a seu dispor para tornar alguém numa estrela e tal não acontece. A WWE tem o grande poder de criar as suas próprias armas secretas, não de depender daquelas que lhes surgem “acidentalmente” no caminho.

Aliás, não são as armas propriamente ditas de que a WWE precisa/depende, é a fórmula para as criar que é importante e isso sabem eles muito bem o que é. Não é como se a companhia tivesse propriamente começado ontem. Portanto, com tudo isto dito, considero a denominação “arma secreta” um exagero considerável. Contudo, embora a WWE tenha o poder de criar várias estrelas, a verdade é que estas nunca serão iguais umas à outras e é aqui que entram as capacidades de Dean Ambrose para o distinguir de todos os outros.

Uma das primeiras características que me saltou logo à atenção quando investiguei o trabalho de Dean Ambrose foi o seu carisma natural. Quando este entra numa arena, as atenções são imediatamente atraídas para si, através dos mais pequenos gestos e detalhes. Ambrose consegue ser bastante orgânico e natural no seu trabalho, sendo essa uma das suas grandes vantagens. Quando assistimos a uma promo sua ou a um combate seu, não ficamos com a impressão de que está a ler a partir de um guião decorado ou a seguir umas manobras decoradas e praticadas nos bastidores, que nem rotina de dança. Pelo menos, eu não sinto isso como fã. Nem mesmo aquelas falhas que decorrem numa fracção de segundos que por vezes quebram a concentração dos fãs aparecem durante as promos de Ambrose.

E quem se deu ao trabalho de investigar o trabalho de Ambrose antes da WWE irá reparar que isso é uma característica que ele sempre teve. Aliás, nem acho que Ambrose tenha uma personagem, propriamente dita, pois parece-me bastante óbvio que são estes traços da sua personalidade que lhe dão tanto sucesso e que chamaram a atenção da WWE enquanto este estava no circuito independente. Afinal, tal como fizeram na Attitude Era, não são as melhores “personagens” aquelas que são mais semelhantes com as verdadeiras características de quem as representa? Não será essa a melhor forma de ser genuíno e natural? Esta fórmula de sucesso, tal como muitas outras, não é de agora.

Não só Ambrose consegue ser soberbo ao microfone como consegue transpor todas as características da sua personalidade para as suas acções dentro de ringue. Ao contrário de muitos lutadores que por vezes se descolam/esquecem a sua personagem/personalidade quando estão em ringue, com Ambrose tal não só não acontece, como ele nem sequer corre esse risco.

Tudo é feito de forma fluída e natural. Desde os seus movimentos, à forma como aplica as manobras, Ambrose consegue continuar em sintonia com a sua personalidade, facilitando assim o seu trabalho de convencer os fãs da história que é suposto estar a contar.

Com tudo isto dito, penso que é apenas natural assumir que Ambrose possui todas as características e ferramentas necessárias para não só sobreviver na selva que é a WWE, como singrar na mesma. É claro que poderá ser demasiado cedo para concluir uma coisa destas. Afinal, Ambrose pode cometer um erro amanhã que comprometa a sua posição dentro da companhia, tal como um dos membros dos Ascension. Não só isso, mas como a própria WWE pode cometer erros com Ambrose que o impeçam de atingir todo o seu potencial. Se calhar, até Ambrose não é assim tão bom. Afinal, quantos lutadores não vimos já que pareciam uma grande promessa mas depois falharam nas “big leagues”?

Enfim, tantos pormenores e problemas podem impedir Ambrose de se tornar aquilo que a maioria de nós já acredita que se irá tornar, incluindo eu. Tal é algo que teremos que esperar para ver e sinceramente, este é um dos desenvolvimentos que mais me entusiasma em relação ao futuro da WWE. Gostaria de frisar que é para o futuro a longo termo, não apenas no que irá acontecer nos próximos quatro a cinco meses. Será extremamente empolgante assistir ao desenvolvimento e ascensão de todas estas estrelas, não só Ambrose. Para o bem ou para o mal, a verdade é que Ambrose finalmente chegou à WWE, depois de uma longa espera que quase causou o desespero aos seus fãs.

Uma espera tão longa que já levou a uma determinada legião de fãs a render-se a ele apenas devido às expectativas que criaram. De qualquer das dormas, a maioria continua a ser constituída por cépticos. Na semana passada, no Opinião Feminina, referi-me aos cépticos que achavam chocante e decadente a ideia dos fãs se empolgaram por pessoas que, supostamente, ninguém conhece ainda. Basicamente, por Rollins, Reigns e Ambrose não serem estrelas já formadas. Nesta semana prefiro referir os já grande defensores de Ambrose que proclamam que este merece mais do que estar emparelhado com outras pessoas, quando podia perfeitamente safar-se sozinho. Vou ser totalmente sincera e admitir que concordo e acho que Ambrose safar-se-ia perfeitamente sozinho, mas estar envolvido num grupo não é, de forma alguma, uma má ideia para introduzir quem quer que seja ao roster principal.

Embora já tenha referido este ponto por alto na última edição, dadas as circunstâncias e o tema em si, sinto necessidade em voltar a frisar a ideia.

Um grupo é a dinâmica perfeita para esconder as falhas e pontos negativos de cada individuo, para depois realçar as vantagens e pontos positivos dos mesmos. Visto que eles são novos no main-event, aliás recém-chegados, é a forma mais natural para os apresentar. A melhor prova disto mesmo é a entrevista que foi feita na passada Raw. Nenhum dos três membros ficou mal na fotografia. Todos mostraram-se bastante confiantes e mostraram exactamente aquilo que devia ser mostrado. Nem mais, nem menos que isso.

Além disso, esta é também a altura excelente para os três se habituarem a estar sob as poderosas luzes da ribalta da WWE e do escrutínio dos fãs. Estar perante a uma multidão tão grande, especialmente tendo em conta o facto de estarem directamente relacionados com a histórias do main-event, é uma grande tarefa e estar num grupo ajuda a atenuar o cargo para que possam estudar melhor a situação e habituarem-se ao ambiente. Isto não quer dizer que todas as estrelas tenham que se estrear na WWE aos grupos ou aos pares, apenas é para defender de como não é uma má ideia quando acontece. É algo que tem lógica e provas dadas de sucesso.

Penso que a WWE não precisa de obrigatoriamente colocar as atenções apenas em Ambrose ao torná-lo no porta-voz oficial do grupo ou no líder. Ambrose simplesmente não precisa disso. Não só Rollins e Reigns têm que se habituar a começar a interagir ao microfone, embora não de forma exagerada para o choque inicial não ser fatal, como Ambrose irá conseguir brilhar independentemente da atenção que lhe derem. Prova disso? Mais uma vez sou forçada a referir a entrevista mostrada na passada Raw. Admito que no início não pensava assim, aliás, achava exactamente o contrário. Não achava que fizesse qualquer sentido não ter Ambrose como o principal e único porta-voz visto ser o melhor, contudo a dinâmica dos três funcionou tão bem na entrevista que se for mantida não há razão para criar tal hierarquia. Que se preocupem com isso quando for altura dos separar. Afinal, irão precisar de um motivo para isso.

A meu ver, se Ambrose continuar a fazer o que tem feito até agora e manter as expectativas que foram criadas, tudo lhe irá correr bem. Não espero que este tenha um grande destaque na Road to Wrestlemania 29,  ainda é muito cedo para este ser já uma peça fundamental do evento. A ascensão ao main event irá acontecer gradualmente, não há razões para pressas. Gostava, como é óbvio, que participasse no evento, pelo menos, mas não vou criar grandes expectativas em relação a isso para já. Acima de tudo, há que desenvolver correctamente esta história com Ryback e as que se seguem.

Aconselho todos os interessados em conhecerem melhor o teor do trabalho deste lutador, e o que é mais provável verem daqui para a frente na WWE, a assistirem aos combates entre este e Seth Rollins na FCW. Ambos tiveram uma excelente rivalidade, pautada com excelentes combates. Além desses, aconselho também os combates com Damien Sandow e especialmente a rivalidade deste com William Regal. Excelentes promos, excelentes combates e uma rivalidade perfeita para mostrar o que Ambrose é capaz de fazer. Aliás, nada melhor que o último embate de ambos para encerrar a etapa denominada como FCW.

De resto, não há muito que possa dizer mais ou recomendar mais. A mim, resta-me esperar que nem Ambrose, nem a WWE estraguem este enorme potencial que têm em mãos. Desejo assim uma excelente semana a todos e até à próxima edição!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

71 Comentários

  1. Miguel - há 4 anos

    Bom artigo, também me parece que ele tem potencial.

  2. vascosilvavasco - há 4 anos

    Excelente artigo Salgado.Concordo em praticamente tudo contigo.
    Antes de ver o Raw também achava que o Dean Ambrose ia ser o porta-voz do grupo e tanto o reigns como o rollins pouco falariam de modo a que o ambrose escondesse as dificuldades dos outros nas mic skills.Também acho que ele não terá um papel importante quer na road to wrestlemania quer na própria wrestlemania.Concordo que todos os três ao terem subido ao roster principal e entrado numa stable os vai beneficiar principalmente ao reigns e ao rollins e acho que vai dar um impulso grande a qualquer um deles para no futuro terem um grande impacto na empresa.

  3. danielLP21 - há 4 anos

    Não vou estar com meias palavras: só uma anormalidade de outro mundo é que poderá fazer com que o Dean Ambrose não seja, no futuro, um grande nome na WWE. Ele que não se lembre de ser apanhado bêbado!

    O homem tem tudo: ring-skills, mic-skills, carisma, expressões faciais naturais… Quantos lutadores “destes” aparecem na WWE? Sinceramente, muito poucos, porque normalmente os lutadores sobem ao roster principal com algumas falhas evidentes. Claro que o Ambrose ainda tem muito a melhorar, mas é raro alguém subir ao roster principal numa fase tão evoluída como a dele. E não tenho problemas em afirmar: o Ambrose está uns furos acima do Seth Rollins e, principalmente, do Roman Reigns.

    Nem me fales do tempo de espera que muitos de nós tivemos que aguentar… Há quantos meses (des)esperávamos pela estreia do Ambrose? Finalmente a WWE resolveu avançar, e, let’s be honest, não me passa pela cabeça que a WWE não tenha grandes planos para ele. Os responsáveis não devem andar a dormir e sabem o que os fãs querem. Mesmo que não nos oiçam sempre, este caso é demasiado evidente para sermos “ignorados” pela WWE.

    Bom artigo, e aproveitaste para fazer alguma publicidade à FCW, o que eu acho bem, uma vez que muitos fãs só conhecem um lutador depois de ele se estrear no roster principal, e daí aquela surpresa por verem outros fãs tão empolgados com “desconhecidos” :D

    • José Sousa - há 4 anos

      Oh Daniel e as piadas que eu levei nos chats? Cada dia que passa sem o Ambrose na WWE morre uma criança, esse vai ser um jobber. looool!

      Ele tem tudo que o que é preciso para ser main-eventer, ele é praticamente um wrestler já feito pouco tem que crescer. O Rollins tem que melhorar as promos mesmo que segunda tenha estado bem como eu e tu dissemos.

    • Salgado - há 4 anos

      Ah disso também não tenho dúvidas. Por todo o talento que Seth Rollins tem, e reconheço que tem mesmo, o Ambrose está claramente acima no que toca ao “total package”. Ele tem presença e atitude, coisas que não se arranjam facilmente.

      Olha, pessoalmente, prefiro não colocar demasiadas esperanças e confiança na WWE. Em situações semelhantes, e algumas piores, eles já conseguiram desiludir-me, portanto prefiro manter-me reservada no que toca à companhia.

      Pois, era bom que tal funcionasse, mas ao menos eu fiz o meu trabalho :)

      • José Sousa - há 4 anos

        Sim é uma confiança reservada, ele tem tudo mas tanto pode dar certo como podem depois optar e termos uma desilusão. aliás como fã estou preparado para três meses de Desilusão, gostava que a Road to WM me surpreendesse mas não creio.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Quais foram as situações semelhantes e/ou piores?

      • Salgado - há 4 anos

        Ok, posso enumerar:

        Miz: fartou-se de trabalhar para chegar onde chegou como campeão da WWE e até ao main-event da WM27, mas descartaram-no por completo em detrimento da construção da rivalidade Cena/Rock e mesmo depois de Rock se ter ido embora, Miz não passou de apenas mais um a perder para o Cena de forma típica. Isso é reconhecer talento e trabalho? Acho que o resto de 2011 fala por si.

        Daniel Bryan: ao contrário do que todos esperavam, consegue tornar o seu reinado em algo interessante, faz a sua história com AJ funcionar, proporciona excelentes combates com Mark Henry na Smackdown, não vacila nunca seja contra quem for, e dão-lhe um combate de 18 segundos na Wrestlemania. Isso é reconhecer talento e trabalho? Está certo que depois para o Extreme Rules deram aos fãs o que estes queriam, mas se a WWE quisesse, eles tinham tornado no Bryan uma estrela ainda maior que é agora, pois ele nunca esteve tão popular como estava naquelas semanas. Se ele agora continua em alta? Sem dúvida alguma e está a ajudar a divisão de Tag Team, portanto não há queixas a dar, mas naquela altura eles tiveram a oportunidade de ouro para ter mais um top guy DEFINITIVO para situações estilo Wrestlemania e não aproveitaram.

        Ziggler: Desde que chegou à WWE como Dolph Ziggler que este é absolutamente incansável no que toca a melhorar seja contra quem for e nos períodos de tempo em que começa a ser verdadeiramente apoiado e reconhecido pelos fãs, o que é que eles fazem? Matam-lhe o ímpeto gradualmente ao dá-lo como presente à bota de Sheamus todas as semanas na Smackdown (exacto, chegaram a ser seis semanas consecutivas disto). Tem Dolph Ziggler agora o ímpeto que tinha no Verão? Não e porquê? Porque o “mataram”. Chamas a isso reconhcer talento e trabalho?

        Zack Ryder: Este encontrava-se na fila para o despedimento e, não desistindo, consegue chamar as atenções sobre si e ganhar o título de Estados Unidos, apenas para ser completamente “enterrado” nos meses que se seguem. O que é que isso prova? Que os fãs podem entusiasmar-se com algo e ficar descansados que os seus ídolos irão ser reconhecidos? Que o trabalho, esforço e dedicação é recompensado? Certamente não.

        Cody Rhodes: Contra tudo e contra todos, contra todas as crenças que havia a seu respeito, melhora consideravalmente no ano de 2011, não só em ringue, mas como em mic skills, incorporando também uma nova gimmick que estava a funcionar com os fãs. Em primeiro olhar, até parece que correu tudo bem, pois deram-lhe o título de IC e ele começou, muito bem, a elevá-lo. Para quê? Para o perder na WM28 contra Big Show… E nem depois do Extreme Rules, que foi quando o o recuperou e começou a ganhar o respeito dos fãs, apostam nele… Voltam a brincar à batata quente com o título e Rhodes ficou perdido no midcard mais uma vez, mas desta vez sem nada. Sem título e sem gimmick que o tinha tornado especial. Uma pessoa que durante todo o ano de 2011 melhorou foi recompensada como?

        É assim, eu posso continuar a pensar e a enumerar, mas acho que já me fiz bastante clara. A WWE aposta em quem quer e se tiver à sua maneira, torna populares quem eles querem e apenas isso. Quantas vezes ao longo dos últimos anos os fãs não tentaram levar as coisas noutra direcção e eles recusaram? Estes são apenas exemplos.

        Se quero que o mesmo aconteça a Ambrose? Claro que não, longe de mim. Mas é cada vez mais óbvio que talento e dedicação nem sempre é tudo o que é necessário. E não é por eles não se aperceberem ou estarem “a dormir”, é porque não quererem. Nós já fomos ignorados várias vezes, esta seria apenas mais uma.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Concordo com esses casos que apontaste. Acho que escolheste mesmo os 5 principais, e eu ainda acrescentaria o Jack Swagger… Adorei a SmackDown em que ele ganhou o Título Mundial!

      • Salgado - há 4 anos

        Se são os cinco principais ou não, não sei, apenas foram aqueles que me vieram à cabeça assim que comecei a escrever o comentário. O Jack Swagger não concordo. Pode não ter sido da melhor forma, mas ele teve oportunidades e não conseguiu usufruir delas. É como o Morrison. Ambos tiveram oportunidades, e embora possa ser discutido que elas não foram exactamente as melhores, mas facto é que as tiveram e não conseguiram fazer com que resultasse. Embora tivesse sido um campeão aceitável da ECW, Swagger não conseguiu ser um campeão à altura do título WHC. As suas promos não convenceram, os seus combates foram aquém do que se esperaria de um campeão WHC e ele simplesmente desde então não melhorou. Practicamente parou no tempo. Tudo bem que ele teve o Big Show com que trabalhar na primeira rivalidade, mas olha o Ziggler teve o Khali (pouco depois de se estrear, senão me engano) e o Bryan teve o Show e o Henry. As desculpas só funcionam até certo ponto.

        O Miz, o Ziggler, o Bryan, o Ryder e o Rhodes tiveram oportunidades, tiraram o melhor partido das mesmas e conquistaram o público. Completamente diferentes de Swagger e, por exemplo, Morrison.

      • José Sousa - há 4 anos

        Claro que não. Nós os fãs, sobretudo os que gostam dele no ringue, porque há quem não goste, esperamos que ele ganhe juizo.

        Sobre o Bryan concordo contigo, acho que ainda não vimos o máximo dele enganem-se se acham que isto é o topo da evolução do Bryan. Eu com o Bryan desses da nova geração, além de ser dos meus preferidos eu tenho confiança que nao se vai estragar.

      • José Sousa - há 4 anos

        Mas se me permites fazer um apontamento Salgado, o Morrison em parte deve-se ao factor “M” de Melina, foi ela em parte que o fez cometer asneiras atrás de asneiras. Claro que ele também tem responsabilidades mas porque foi burro em ser influenciavel.

        O Swagger até tinha potencial, eu admito que tal como o Daniel gostei muito do cash-in do Swagger a forma como foi feito foi muito eficaz. Mas depois veio aquele reinado com promos más e aqueles segmentos com aquele “pai” dele e o Big Show.

      • Salgado - há 4 anos

        Ela não o obrigou a nada, ele fez as asneiras porque quis. Se ele não sabe pensar pela própria cabeça e lutar pelo que quer, então não estava mesmo lá a fazer nada. O factor “M”, como dizes, julgo que só me dá ainda mais razão. Ele teve as oportunidades e por burrice despediçou-as. A Melina não é “desculpa” dele, é ainda a prova de como aquilo não era para ele.

      • José Sousa - há 4 anos

        Mas será que ele se voltar agora, não poderá ter melhor sorte? Eu admito que gostaria que tivesse porque ele no ringue tem um talento imenso. É pena que a inteligencia emocional dele não acompanhe o talento dele.

        E sendo-te sincero não me perguntes porque mas acho que ele vai voltar á WWE durante 2013. Se vai ser para ser midcarder outra vez, vai depender dele como é lógico.

      • Salgado - há 4 anos

        José, não é uma questão de sorte. Não foi sorte que ditou que ele desperdiçasse as oportunidades que lhe deram ou a falta de timing, foram as próprias escolhas dele, a inteligência e vontade dele. Desculpá-lo ou dar-lhe de bandeja o que quer que seja quando ele regressar é um desrespeito a todos aqueles que não tiveram as oportunidades que ele teve e também merecem. Ele basicamente gozou com o trabalho de toda a gente. Ninguém o mandou ser frio e desagradável para uma futura Hall of Famer, especialmente uma tida tão bem em conta pela direcção da WWE. Isso não é uma questão de sorte, é uma questão de burrice.

        Eu acredito que ele regresse à WWE, eventualmente. Se é em 2013 ou não, não sei, mas parece-me claro que vai regressar.

      • José Sousa - há 4 anos

        Quando quero dizer melhor sorte, é ele acabar por aproveitar o seu talento da melhor forma. Claro que foi burro pelo que fez com essa futura HOF, logo numa altura em que o estavam a valorizar tinha tido uma vitória contra o Sheamus pela oportunidade pelo titulo no TLC, fez um bom Rumble, esteve muito tempo na chamber e deu Show. E ele perante essa oportunidade estragou.

        Se ele voltar terá que começar pelo midcard, mas com rivalidades com alguma importância, mas um eventual main-event irá demorar muito se isso acontecer. Por mais que eu gostasse porque admiro o talento dele no ringue sei que as atitudes dele o estragam.

      • Salgado - há 4 anos

        Sim, mas isso não é uma questão de sorte, é uma questão dele decidir por si mesmo querer aproveitar essas oportunidades. Pode ser uma questão de sorte para os fãs, pois podemos ter a sorte dele ganhar juízo, mas não é uma questão de sorte para ele.

  4. Tibraco - há 4 anos

    Não conheço o trabalho do Ambrose , portanto não vou entrar na discussão de ele ter , ou não, potencial para vingar como main eventer. Considero que esse eventual sucesso também precisa de uma boa dose de sorte, da capacidade de trabalho do atleta em questão e , não menos importante, das storylines em que for envolvido.

    O Ambrose estreou-se à duas semanas e já li algumas pessoas a reclamarem um lugar de destaque para ele. O problema é que esse destaque de certeza que não irá acontecer pelo menos nos próximos 5/6 meses, então essas mesmas pessoas irão atacar a WWE por desaproveitar um talento como o Ambrose, mesmo que este ainda nada tenha provado ao “mais alto nivel”.

    É óbvio que existem outros fatores , para além do talento do atleta, a determinarem a aposta da WWE. O Miz teve que trabalhar imenso para ter essa oportunidade, o Bryan teve a “sorte” do público ter engraçado com os YES’s, o Sheamus pode agradecer o fato do HHH ser seu admirador. O próprio Punk teve um momento de loucura\inspiração e fez uma promo incrivel que catapultou a sua carreira. Ou alguém acha que sem essa promo o Punk era o que é hoje?

    Bem Marta, o que conclui do teu texto , e corrige-me se estiver enganado, é que estás confiante no sucesso do Ambrose mas tens a noção que a sua afirmação pode ser um processo moroso e sempre dependente de vários fatores. Contudo, se este Ambrose merece a honra de ter destaque num OF apenas duas semanas depois da sua estreia, eu sinto-me tentado a ter grandes expetativas para ele xD

    • Salgado - há 4 anos

      Ora aí está outra característica que me esqueci de referir: sorte! E com a sorte, muitas vezes vem o timing também. Essas duas características ajudam muito os lutadores, mesmo aqueles que já têm todas as cartas na mão.

      Não me junto a esse grupo, porque embora seja verdade e a WWE devesse apostar no talento actual e do futuro na RTWM, Ambrose acabou agora mesmo de chegar e não há pressas nenhumas nesse sentido. Antes dele, estão Rhodes, Sandow, Barrett, Miz, Bryan, Ziggler, Sheamus… Enfim, todos aqueles que não irão ter o devido destaque na WM, tal como muitos sofreram na WM28.

      O Ambrose pode ter todas as cartas na mão, mas isso valeu-lhe apenas para chegar até às “big leagues”, a partir daqui ele tem que voltar a provar tudo e provar que merece chegar a topo da WWE. A esses fãs digo apenas para o deixarem fazer isso.

      O Miz fartou-se de trabalhar. Aliás, durante todo o reinado do Miz como campeão da WWE só se dizia que a dose de trabalho dele estava perto de igualar a de John Cena. Já não sei quem é que foi, mas houve até alguém da WWE que publicou uma foto do Miz e do Cena, em que eles estavam nos bastidores a descontrair, e disse como legenda “os dois homens mais trabalhadores da empresa”. Muita gente gosta de reclamar, mas a verdade é que o Miz com o trabalho todo que teve obrigou a WWE a reconhece-lo. O Bryan não foi apenas a sorte do público ter engraçado com os Yes, foi também aquela tragédia que fizeram com ele na WM28. Além disso, ele já tinha um certa legião de fãs devido ao seu trabalho nas indy, mas como é natural tal não chegava, por isso é que a mesma aumentou substancialmente depois da WM28. O Sheamus pode agradecer ao HHH muita da ajuda que tem tido, mas o tipo também é consistente, não tem desiludido, é leal e talentoso. Isso joga imenso a favor dele. Claro que não. Aquela promo “fez” o CM Punk. Ele nunca teria chegdo tão longe senão fosse aquela promo. Aquilo foi um “career defining moment”.

      É mesmo isso, Tiago. Eu estou mesmo confiante e super desejosa de o ver a começar a desenvolver esta história com o Ryback, a ver como é que irá a vida dele depois da mesma, os títulos IC e USA pelos que vai lutar, quem sabe uma mala do MITB?… Enfim… Estou mesmo desejosa de o ver ascender no card. Mas, também sei que por vezes, até as maiores promessas desiludem e ao mesmo tempo não queria criar muitas expectativas, porque nada está firme. Ambrose chegou ao roster principal, e depois? Tantos já chegaram e falharam… Estou a tentar manter as emoções em check xDD

      Eu era para ter publicado um artigo sobre ele há uns meses, quando este estava a ter aquela história com o Mick Foley. Cheguei mesmo a escrever o artigo e a ter tudo pronto, mas depois comecei a pensar que ninugém iria querer saber ou reconhecê-lo por ser ainda FCW e das indy, e que ele podia mesmo não chegar ao roster principal por qualquer problema… Enfim, por tudo isso acabei por não publicar e deixei-o de parte. Agora que ele chegou e especialmente depois daquela entrevista, não quis esperar mais e aproveitei para usar para este artigo algumas coisas que estavam no outro xDDD

      • Tibraco - há 4 anos

        Mesmo com a ajuda do HHH se o Sheamus não tivesse valor já teria saído do topo. Aliás, eu gosto bastante dele , consegue ser tão credível a face como a heel o que é uma carateristica de enaltecer. Em relação ao Bryan, claro que a derrota, em 18 segundos, na Wrestlemania foi decisiva mas lembra-te que antes desse mesmo combate estavam lá imensos cartazes com o YES. Por vezes é preciso sorte e eu acho que o Bryan, como todo o mérito que ele tem, teve um bocadinho porque antes da “fase YES” o carisma dele deixava bastante a desejar.

        Epá já vi que o Ambrose te entusiasma mesmo! xD Acompanho os teus artigos desde a 1ª edição e acho que nunca te vi tão interessada no futuro de um lutador. Assim até me obrigas a prestar mais atenção ao trabalho dele e tudo xD

        É um prazer debater contigo :) Pena que seja só aos domingos xD

      • Salgado - há 4 anos

        Ehm.. Olha que não sei xDDD ahaha. Não me esqueci, não. Fogo, fiquei toda contente a ver aqueles cartazes :) Verdade é que o Bryan teve apoio e ia ascender de qualquer das formas, o que se passou na WM28 apenas acelerou o processo. Pois, deixava. Aliás, antes do Bryan ter tido aquele reinado e aquela história a AJ, sou sincera quando digo que o combate de 18 segundos não me teria irritado tanto quanto irritou. Claro que não teria gostado, mas o que me custou foi que ele tinha mostrado melhorias. Porque se não tivesse, a revolta existia mas não era tanto.

        Já estive tão interessada por outras pessoas quanto estou pelo Ambrose, apenas esforço-me para que no OF a minha opinião de fã, ou seja a mais tendenciosa, não mostre tanto xDD Com o Ambrose tal não funciona muito bem, porque ele é mesmo bom em todas as áreas, portanto é normal que como o elogio mais, fique mais a ideia de que estou mais interessada neel.

        Oh, pena que seja só aos domingos o quê? Nós falámos na sexta! Basta que as notícias, ou os comentários, sejam ridiculos o suficiente que eu meto-me ao barulho, assim sempre faço alguns visitantes do W.PT rir, não é? :)

      • danielLP21 - há 4 anos

        É! :D

      • Salgado - há 4 anos

        Espero é que seja no bom sentido, e embora não seja feito a pensar no vosso divertimento, quando deixar de ser tenham a decência de me mandar calar xDD

      • danielLP21 - há 4 anos

        Não sei se tenho coragem para te mandar calar :o

      • Salgado - há 4 anos

        Foi uma forma de expressão xD De foma simples, o que quero dizer é que não sou imune a dizer as minhas próprias bacoradas e que devem chamar-me a atenção quando tal acontecer :)

      • Tibraco - há 4 anos

        Ah, vá lá deste-me razão xD Sim, a AJ ajudou muito o Bryan, embora alguns achem que histórias para o público feminino não prestem xD

        Tu devias ser mais tendenciosa nos teus artigos xD a sério, acho que ficam mais genuinos e interessantes. Repara que, 106 edições depois (anda counting…xD), eu ainda não consegui perceber qual é o teu wrestler favorito xD

        Pois, quando não existem comentários a ofender o público feminino tu só dás sinal de vida aos domingos xD Desculpa lá se gosto de ler o que escreves oh xD Assim só aos domingos sabe a pouco xD É , pois. Mandaste uma descompustura no rapaz que até meteu pena :O, foi uma espécie de KO do Big Show ahahah

      • Salgado - há 4 anos

        Bem vocês falam como se eu nunca vos desse razão, o que é mentira xDD Claro que não prestam… Por isso é que ajudam tanto xDD

        Oh e sou sempre um bocadinho, embora tente controlar. É impossível não o ser, mas não quero ser demais ao ponto de perder a credibilidade de discutir a situação de um determinado lutador/momento. Se lesses os outros espaços em que estou envolvida, tipo o Perguntas e Respostas e o Match of the Week, saberias logo quem são os meus lutadores preferidos da actualidade xDD Eu não consigo ter só um lutador preferido, tenho sempre um grupo deles – seja de sempre, seja de agora -, mas os mais especiais, de momento, são o Daniel Bryan e o Dolph Ziggler (como tu já fizeste questão de apontar nalguns comentários xD).

        Ahahaha pronto, tal como já prometi a outros membros, tentarei ser mais activa nos comentários xD Já comecei a ser, portanto comecem a abrir os olhos! Ah não peças desculpa, continua a gostar, é isso que eu quero! Não foi uma descompostura, foi uma divergência de opiniões que se transformou numa chamada de atenção da minha parte. Não sou mãe de ninguém para dar descomposturas xDD Mas gosto da analogia com o KO do Big Show :)

      • danielLP21 - há 4 anos

        Eu percebi Salgado :)

      • Salgado - há 4 anos

        Ainda bem, mais vale explicar duas vezes do que correr o risco de ser mal interpretado :)

      • danielLP21 - há 4 anos

        InterpretadO? Querem ver que afinal sempre fomos enganados? :O

      • Salgado - há 4 anos

        ahahaha engraçadinho xD Enganei-me, como é natural. *interpretadA. Aliás, de todos, tu és dos que menos dúvidas pode ter porque viste-me na Smackdown, portanto pshiu xD

      • Tibraco - há 4 anos

        O que eu leio mais por aqui é o mesmo o OF (A) vá, algumas noticias também xD

        O Ziggler eu já sabia xD Neste momento também está no meu top 3 :) Também admiro o Bryan embora ache que com esta personagem dificilmente terá grande destaque no futuro. Ficaria assim numa espécie de nivel do Rey Mysterio, não sei se me faço entender.

        Está certo, estarei mais atento xD Só espero então que este site dure muitos anos, senão como é que saberia as tuas opiniões sobre o que se passa na WWE? Acho que nem seria a mesma coisa xD Foi um KO do Big Show no Santino xD Epá não faças mais isso ! É demasiado desigual, embora tivesse sido engraçado ahahah

      • Salgado - há 4 anos

        Ohm :D Obrigado xDD

        O Bryan ainda tem que evoluir, isto não é o auge dele, portanto também já não estou muitoooo preocupada xD Mas sim, percebo o que queres dizer.

        Enquanto eu puder e continuar a manter o mesmo nível de trabalho, enquanto o W.PT existir e enquanto a WWE não me afastar, podes estar descansado que vais ter sempre aqui as minhas opiniões! Não te vás é tu embora xDD

        ahaha, bem visto xDD Pronto, pronto, se é desigual é desigual e não há valor em ganhar batalhas desiguais xD

      • danielLP21 - há 4 anos

        Pois vi, mas não falámos quase nada :(

      • Salgado - há 4 anos

        Pois foi :( Mas, olha estamos a compensar por aqui xD

      • Tibraco - há 4 anos

        Não, claro que não “vou embora”. Eu até prometi que mandava as fotos do Wrestlemania 30 xD Cumpro sempre as minhas promessas.

        Pronto, se algum dia o site deixar de existir ou tu não tiveres disponibilidade para escrever, eu reaprendo a ver wrestling sem saber as tuas opiniões :)

      • Salgado - há 4 anos

        Acho muito bem e ficamos à espera :)

        Se tudo correr bem, não terás que passar por isso xDD

      • Tibraco - há 4 anos

        LOL, caso contrário mandas-me um mail todos os domingos a desancar na WWE por não aproveitar o Ziggler e o Bryan ahahah xD

      • Salgado - há 4 anos

        Se isso de facto acontecesse, não irias ler apenas sobre o Daniel Bryan e o Ziggler… É isso que só lês no OF? Não, pois não? xDD Eu defendo todos aqueles que, a meu ver, merecem ser defendidos, mesmo aqueles com quem não vou muito bem à bola xD

      • Tibraco - há 4 anos

        ahah tens razão, agora fui um bocadinho injusto xD :)

      • Salgado - há 4 anos

        ahahah estás perdoado xDD

  5. José Sousa - há 4 anos

    Oh Salgado tiveste bem em aconselhar os cobmates da FCW, mas talvez possam os ver pelo site mais cedo do que pensam( e mais não digo, mas tu percebes porque).

    Mas sim lembraste do nosso debate semana passada onde dissemos que os cépticos quando o vissem a falar iam ficar convencidos. Bem tinhamos razão e o melhor é que o proprio Rollins esteve muito bem.

    Os planos deles tem que ser altos não os iam estrear agora só porque sim, a WWE não estreia wrestler perto da wrestlemania muitas vezes e quando o faz é para terem impacto.

    Sobre o Ambrose nós semana passada falamos aqui sobre tudo o que referiste nem consigo acrescentar muitos mais. Ele é fantástico a foto que poês que é quando ele diz o No! sobre estarem com o Punk essa expressão facial e a forma como ele diz é sublime!É tão sublime que os mais leigos pensam que é estar atrapalhado.

    Eles não tem lider e acho bem que não,pelo menos á primeira vista não tem e apesar de como fã gostasse que o Brya Wyatt se juntasse á equipa sinceramente acho que ele estreia-se a solo.

    • José Sousa - há 4 anos

      Sobre os combates da FCW eu estava a brincar, sim até eu aconselho-os a ver. Mas acho que percebeste porque disse que talvez possam vê-los por via do site em breve? Eu creio que percebeste mas é melhor eu não levantar mais pormenores por detrás do véu!

      • danielLP21 - há 4 anos

        Já disseste tudo…

      • José Sousa - há 4 anos

        Não disse não, ela falou em várias feuds, e dentro delas tens vários combates, por isso mesmo que possa ser,tens várias hipóteses e arriscas a falhar a previsão. Tens várias hipoteses e arriscas a falhar.

  6. Frederico_WWE - há 4 anos

    Dean Ambrose = RESPECT
    Ele é o segundo melhor heel da WWE e nem precisei de muito tempo para ver isso mas bem… o melhor mesmo vocês já sabem quem é and this name is not only more than CM PUNK.

    • João Macedo - há 4 anos

      Acredito que gostes mais do Punk do que certas raparigas de 15/16 anos do Bieber. Por incrível que seja, acho que é mesmo assim.

      • José Sousa - há 4 anos

        Do Bieber e dos One Direction se me permites este pequeno apontamento João;)

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Really João? Really? Oh C’Mon man…

      • danielLP21 - há 4 anos

        Começo a acreditar nisso…

      • José Sousa - há 4 anos

        Aliás o sonho do Fred é ver o Bieber a levar um GTS do Punk na Wrestlemania.llooool

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        O meu sonho é dar porrada no Bieber e roubá lo a Selena Gomez i’m not a good person right now but life goes on…

      • danielLP21 - há 4 anos

        É um dos meus sonhos confesso xD

      • José Sousa - há 4 anos

        Podia ser pior mas também podia ser melhor, sinceramente já alinho com eles. Tu deves estar numa fase em que nem “Linda Reis” incorporaste o espirito do Punk.

      • José Sousa - há 4 anos

        Qual dos Daniel, o da Selena ou do Punk esmurrar o Bieber?

        Ai o meu era o roster todo esmurra-lo a ele e aos One Direction se fossem actuar numa Wrestlemania.

        Eu sei que sou mauzinho, mas o mundo da música e o Mundo em geral agradecia.

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        One Direction make me sick! Mas têm 2 ou 3 músicas giras vá…
        A Linda Reis era aquela que decidiu soltar a franga não foi? Pois e eu fiz exactamente o mesmo :)

      • Enigma - há 4 anos

        Apoio a ideia de esmurrar o Bieber.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Do Punk esmurrar o Justino Babetes :D

        Aliás, se lhe pudesse fazer mais do que esmurrá-lo eu agradecia, e aos One Direction, Nicki Minaj, Chris Brown e afins também :D

        Em relação à Selena, é girinha, mas não faz o meu estilo xD

      • Enigma - há 4 anos

        ALiás, o CM Punk ja tem vontade de esmurrar o Chris Brown.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Olha Enigma, acredita que isso me faz gostar ainda mais do CM Punk. Ele pode ser o que for, mas fico sempre do lado de alguém que tenha problemas cokm um gajo que bate em mulheres. Enfim, ela pelos vistos também não se importa muito… Vá-se lá perceber!

      • Enigma - há 4 anos

        Então resolveu soltar a franga Frederico?

        Não sei exactamente o que significa isso ai em Portugal mas aqui no Brasil este termo é usado quando um gajo assume sua homossexualidade.

      • José Sousa - há 4 anos

        Eu vou contextualizar Enigma essa “Mulher” se podemos chamar isso dizia que consigo incorporar o espiritos dos mortos como a Princesa Diana. O Frederico fez igual mas com o CM Punk, o mais grave é que o Punk está vivo o que me preocupa um pouco diga-se já.

        E dizer que eles tem músicas giras também me preocupa mas pronto.

      • danielLP21 - há 4 anos

        “E dizer que eles tem músicas giras também me preocupa mas pronto.” Hahahahaha, também a mim!

      • José Sousa - há 4 anos

        Para veres até me preocupa mais que a cena do Punk, pronto a isso dá-se um desconto, agora achar giras músicas de um Jonas Brothers versão UK é mais preocupante.

    • Miguel - há 4 anos

      Pois sim não digas asneiras

      • Miguel - há 4 anos

        Esmurrar os direction seria divertido José

      • José Sousa - há 4 anos

        então não era, o melhor é que ele vão fazer isso por nós. vão ser daqueles que daqui a 3 anos já nao se podem uns com os outros e andam eles á porrada!

      • danielLP21 - há 4 anos

        3 anos? Não lhes dou tanto tempo. Daqui a um ano já não se ouve falar deles e uns meses depois eles anunciam o seu fim. Eu até festejaria, mas depois deles vêm outros iguais por isso…

      • José Sousa - há 4 anos

        O que vale é que nem perco o meu tempo a ouvi-los, já me bastou na cerimonia dos Jogos Olimpicos e estava a pedir que bazassem o mais depressa possivel.

        E agora é melhor dar por concluido falar disto, se não até eu fico preocupado com isto.

  7. GJD - há 4 anos

    Ambrose para mim deveria ter estreado antes mas tenho esperança de que ele possa a ser o possível novo campeão

  8. Eduardo - há 4 anos

    Parabéns Salgado ótimo texto,o Ambrose é completo e tem tudo pra ser um Top Heel o Mick Foley, falou no twitter que ficou muito feliz com o Debut dele, e essa semana

    o Punk falou no twitter que o Ambrose é o que mas merece oportunidade
    http://25.media.tumblr.com/tumblr_meddzuuQwa1qfnxako1_1280.jpg

    Em relação a stable é obvio que o Ambrose vai ofuscar o Rollins, mas tenho certeza que vai ajudar ele em relação as dificuldade no microfone, eu vejo isso mas como um aprendizado pros 3.

    PS: Além dessas lutas eu aconselho a procurarem “Dean Ambrose/Jon Moxley- Promo Compilation” pra conhecer o trabalho dele no microfone.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador