Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Pensamentos #104 – Coisas que os fãs de Wrestling estão fartos de ouvir!

Sejam bem-vindos a mais uma edição do Pensamentos. Sim, eu sei que ainda tenho uma Parte 2 de um artigo prometida, mas não passa da próxima semana. Hoje, o que vos trago é uma lista de factos que você desconhece mas que nós vamos transmitir a você, em forma de lista, itens numerados, tudo certinho, bem organizado, para facilitar a consulta, de você. Ora bom, esta lista vai ser um ranking de 12 frases ou 12 constatações, como preferirem, que nós, fãs de wrestling, estamos fartos de ouvir. São coisas que ouvimos regularmente vindo da boca de quem não acompanha wrestling e que teima em dizer e que, sinceramente, já cansa. Vamos lá então por ordem decrescente (Tenham em conta que o tema deste artigo foi baseado num artigo de um site internacional):

12. Porque é que gostas de wrestling?

Em primeiro lugar, o porquê. Normalmente, esta pergunta é precedida de outra, que é “Gostas de Wrestling?”.

Ora bom, neste caso, a resposta correcta seria dizermos o que mais gostamos na modalidade: Ver gente à porrada, gosto das histórias, acho piada, acompanho desde pequeno, etc… As explicações podem ser tantas que não vale a pena estar a falar de todas. Cada fã tem as suas razões para ser isso mesmo, um fã de wrestling. Seja por esta ou por aquela, se alguém é fã, é porque tem razões para gostar do que vê. Tal como pessoas gostam de filmes de terror, de futebol, de golfe, de corridas de cavalos ou de novelas, os fãs de wrestling gostam de wrestling. Tão simples quanto isto. Para quê complicar?

11. O Wrestling é mau. Leva a drogas e álcool e tragédias

Já não é a segunda nem a terceira vez que falam disto, principalmente depois das mortes de Eddie Guerrero e Chris Benoit. Mais do que nunca se fala das problemas que assombram as companhias de wrestling fora do ringue. Sempre que há uma morte ou tragédia parecida, os críticos, prontos a apontar o dedo, saem da toca para colocaram a indústria abaixo de merda. Sempre foi assim e sempre será.

Não é noticia nem novidade que muitos lutadores, antigos e actuais combatem os seus demónios. Uns contra a bebida, outros contra a droga, outros contra ambos. Mas será mesmo culpa do wrestling que os lutadores enveredem por esses caminhos? O que leva a crer que um jogador de futebol, um actor ou um cantor não leve ao mesmo destino? Se eu apostasse, diria que a Amy Winehouse consumiu tantas drogas como o X-PAC ou que o David Hasselhoff bebeu tanto ou mais que o Scott Hall.

Se existe mais facilidade de acesso a estas coisas para alguém que vive constantemente na estrada? Diria que sim, mas não digo que existe mais facilidade em cair nessas tentações no wrestling do que na música ou na televisão. Perguntem ao Slash ou ao Maradona.

10. Ainda vês isso?

Esta é uma das mais clássicas. Falo por experiência própria: A minha geração foi a geração de ouro do wrestling. Dos meus 12 aos meus 15, mais coisa menos coisa, víamos todos wrestling, uns mais, outros menos, mas o certo é que entre 2005 e 2007, o wrestling era algo da moda em Portugal….Mas que depois disso perdeu o fulgor inicial que tinha e perdeu imensos espectadores e fãs. A maioria “partiu para outra”, enquanto que algumas pessoas, como muitos por Portugal fora, continuamos a acompanhar até aos dias de hoje. E quando falamos a alguém sobre algo que se passa, fazemos uma referência qualquer ou relembramos aqueles tempos, que sai imediatamente a pergunta “Tu ainda vês isso? LOL, isso já passou de moda”.

smackdownvsraw2006

Em Portugal talvez, no resto do mundo, duvido. Em 2013, a Wrestlemania bateu o recorde de compras de um PPV, quando mais de 1 milhão de pessoas comprou o evento. Além disso, foi o PPV que mais rendeu à WWE, com 72 milhões de dólares. Hoje em dia, grandes países sem muita tradição no wrestling como Inglaterra, Itália, França, Alemanha, Brasil, Japão, Austrália, entre muitos outros, convidam a WWE anualmente para realizarem shows nas suas cidades. Em 2010, o Governo das Artes Inglês ofereceu 10 milhões de dólares à WWE para realizar um PPV no Wembley, que fosse transmitido apenas no Reino Unido.

Será que realmente passou de moda? E sim, eu ainda vejo “isso”.

9. Os lutadores são todos uns burros sem cultura. É só força

Ouvi isto uma vez vindo da boca de uma pessoa que é um fã apaixonado de novelas. Aquele triste achava que todos os lutadores são burros porque sim, porque praticam wrestling e por causa disso, são uns energumes. Só músculos e zero de cérebro.

Ora bom, tendo em conta que grande parte dos lutadores da WWE e da TNA são graduados nas mais diversas Universidades pela America fora, esta afirmação deixa logo de fazer sentido. Mas vamos continuar. Houve um senhor que foi lutador, participou em 301 combates e quando se reformou, virou-se para a política e ficou levemente conhecido nessa profissão: ABRAHAM FUCKING LINCOLN. Sim, o 16º Presidente dos Estados Unidos foi lutador, com 300 vitórias e apenas uma derrota. Caraças, querem ver Abraham Lincoln era um burro sem cultura? Querem outro exemplo? Houve um senhor que serviu a Marinha Americana, foi lutador profissional, foi Governador do Minnesota e que mais tarde se candidatou à Casa Branca. Jesse Ventura, everbody.

8. UFC é muito melhor. É luta a sério

Existem muitas diferenças entre as duas modalidades. O Wrestling é um espectáculo de entretenimento, com o intuito de proporcionar ao espectador uma experiência diferente do que este vê em desportos de combate, como o Boxe, o Karaté e as MMA. O objectivo do wrestling é conjugar competição com novela, luzes, música e histórias entre o bem e mal.

MMA (ou UFC como muita gente diz, desconhecendo que UFC não é modalidade, é o nome da empresa) é simplesmente um desporto de combate entre dois atletas, que competem por um KO ou uma submissão.

wwevsufc

Como é que se pode dizer que um ou outro é melhor se não têm nada a ver? Enquanto um é um espectáculo de entretenimento, o outro é competição desportiva. É como comparar os filmes do Need for Speed com Fórmula 1. Não há comparação possível entre duas coisas tão diferentes.

Mas já que os fãs de MMA puxam a brasa à sardinha deles, eu também posso: O que é que vale mais a pena assistir? Um combate de 15 minutos em que dois wrestlers dão uma performance excelente ou um combate que termina aos 21 segundos, porque o George St-Pierre deu uma joelhada no Nick Diaz e o colocou KO?

7. O Wrestling é violento

É certo que o wrestling não é ballet. É um espectáculo onde os wrestlers dão o corpo ao manifesto, caem no ringue de toda a maneira e feitio e usam armas contra os adversários. Também não é novidade que não é muito saudável colocar crianças a ver wrestling sozinhas porque o mais provável é eles pegarem-se à porrada para imitar o que viram na TV e isso dar asneira. Mas também não é novidade nenhum que o wrestling não é mais violento que muitos filmes e outros desportos, como o boxe. E muita gente prefere até ver boxe do que wrestling.

Hoje em dia a WWE já não se concentra tanto em ser uma empresa que promove a violência com cadeiras, mesas e fogo, mas sim em dar um espectáculo em que a forma atlética e desportiva dos seus talentos sobressai. Hoje em dia, a WWE é um sitio onde podemos ver wrestlers atléticos, fortes e ágeis, que usam as mais variadas manobras dentro do ringue, sem recurso a sangue e fogo. Claro que é fácil ter acesso a combates mais violentos, principalmente no circuito independente, onde lutadores sangrarem e levarem cadeiradas na cabeça é comum (não confundir com coisas como certos combates da CZW. Isso não é wrestling, é estupidez).

O wrestling a que temos mais acesso é a WWE, que hoje em dia é perfeitamente saudável de assistir, desde que os pais tenham os devidos cuidados. Entre os mais velhos, só vê quem quer.

6. Os fãs de wrestling nunca se calam com isso

Se eu gosto de uma coisa e um ou dois dos meus amigos também, qual é o mal de passar 1 horita a discutir sobre o assunto? No entender de muita gente, nem 1 minuto os fãs de wrestling deviam falar sobre wrestling. “Porra, que chatos. Só falam de wrestling. Parem”. Como eles dizem isso, eu também podia dizer que o fãs de NBA só falam de NBA, que os fãs de FM só falam de FM e que os benfiquistas, que são uns chatos do caraças (cá está) só falam do Benfica. E quando eu os ouço a falar sobre isso, tenho bom remédio: Ou tento entrar na conversa ou simplesmente meto os phones e ouço uma musiquinha.

No wrestling as pessoas ficam irritadas e reclamam, como que a exigir atenção e que as pessoas mudem de assunto, só porque elas não gostam de wrestling. O que é que podemos fazer com essas pessoas? Exacto, falar de como o Torito é parvo.

5. Usas T-shirts da WWE? Cresce, meu

Também já me disseram esta, por causa de uma T-shirt do CM Punk que eu tenho e uso regularmente. Qual é o problema de usarmos camisolas sobre wrestling ou sobre o nosso wrestlers preferido? Em Portugal, é complicado que as pessoas reconheçam as camisolas ou sequer associem com o wrestling, o que torna o uso deste material muito mais fácil, porque quem as vê, não ligam nada. Mas quem conhece minimamente as t-shirts ou quem consegue associá-las a um wrestler (por exemplo, as camisolas Austin 3:16), têm mais uma razão para “gozar” com quem as usa, por razões pelas quais já falamos e ainda vamos falar mais à frente.

cenashirt

Sou sincero, se eu pudesse, comprava imensas t-shirts de wrestling. A grande maioria delas são espectaculares e são artigos que raramente se encontram à venda na Europa. São produtos caros, mas com qualidade e nada melhor do que passear na cidade com uma T-shirt que diga “Austin 3:16” à frente e “Arrive, Raise Hell, Leave” nas costas ou um casaco que diga “Eat, Sleap, Cena Wins LOL, Repeat”

4. Quem anda na WWE quer é dinheiro

Tal como em muitas outras indústrias, os lutadores da wWE ganham milhões, vivem em grandes casas, vivem vida loca e conduzem grandes carros. E se eu vos disser que grande parte dos talentos da WWE anda em carros alugados, dormem em hotéis rascas, pagam tudo do seu bolso e têm de gerir bem o dinheiro? E se eu vos disser que muitos dos talentos comem cheap meals para terem dinheiro para chegar à cidade seguinte? E se eu vos disser que grande parte dos lutadores vivem em casas perfeitamente normais, com 2 quartos? Pois é, mas parece que muito pouca gente acredita nesta teoria. Segundo muito boa gente, os wrestlers têm uma vida perfeita, porque chegando à WWE, chegam ao ouro no fim do arco iris. Claro que existem muitos lutadores que só andam nisto pelo dinheiro (Oi Batista, Olá Lesnar), mas esses têm um grande estatuto dentro das empresas, que lhes permite ter grandes salários. Mas muito poucos têm esses privilégios.

Na WWE, contam-se pelos dedos os lutadores que ganham grandes salários, já para não falar nas companhias mais baixas. Apenas um restrito grupo de lutadores consegue andar na estrada e ganhar o suficiente para no fim do mês ter dinheiro para uma mansão. Muito poucos mesmo. E os que têm mansões e carros de alta cilindrada, etc, são, na maioria dos casos, lutadores que já levam muitos anos de carreira, que lhes permitiu amealhar dinheiro suficiente para esses luxos.

Cansados? Respirem fundo, porque vamos ao TOP 3.

3. Os gajos da WWE não são atletas, só têm músculos

Os lutadores só tem músculos? Só sabem andar à porrada? São actores, que só sabem fingir? Ok

http://youtu.be/EDwbhJK36JY
http://youtu.be/WWCXVPDuI48
http://youtu.be/vRVn_XZPoYM

2. Todos os wrestlers usam esteróides

O clássico. Quem é fã de wrestling e nunca na vida ouviu isto, deve estar a viver no planeta errado. Basta surgir um lutador com mais de 85 kg de músculo, que automaticamente ele anda a tomar coisas que não devia. E se surgir um Cena, um Hulk Hogan ou um Sheamus? Cai o carmo e a trindade. Agora a sério, lá porque o mundo do wrestling tem muitos “big guys”, não significa que todos andem a picar-se ou a tomar compridos para ficarem maiores. Ok, todos nós sabemos que muitos deles o fazem, como o Chris Masters, como o Batista (antes), como o Hulk Hogan, como o Kurt Angle, como o Shawn Michaels ou como o Bret Hart. Mas porque alguns o fazem, isso não significa que todos o façam. Existem lutadores que são relativamente grandes e que o conseguem porque simplesmente treinam e levam uma vida saudável dentro do possível.

therock

Uma das maiores questões de sempre no mundo do wrestling é e sempre sera “O John Cena usa esteróides?”. É totalmente natural que as pessoas perguntem isso, não só devido ao tamanho, mas ao estatuto que Cena tem dentro da empresa, estatuto que Hogan teve, que Stone Cold teve e que The Rock teve e todos eles usaram esteroides (Rocky, antes eras magro, agora és enorme, não me lixes), o que leva a que os fãs automaticamente considere que Cena também usa. Eu sou sincero, depois de ver vários documentários sobre ele, duvido que o homem use. Ele começou no culturismo com 12 anos, aos 15/16 já tinha um corpo fenomenal e quando começou a treinar no wrestling, já era considerado um big guy. Não posso afirmar convictamente que ele não use, mas que é improvável, é.

Agora que todos os lutadores usem, é mentira. CM Punk e Daniel Bryan são exemplos enormes que se pode saber lutar e ter sucesso na WWE sem usar incentivos. Basta ter disciplina, aprender e ter sorte. Tamanho não é tudo e não significa nada.

1. O Wrestling é falso

O mais clássico dos clássicos. Ainda mais clássico que um Porto-Benfica, mais clássico que uma sinfonia de Beethoven. O wrestling é a fingir, os murros são a fingir, o ringue tem molas, o sangue é falso, as cadeiras são falsas, os pontapés são falsos.

Não, o Wrestling não é falso. O wrestling é Pré-Determinado, algo muito diferente. Um combate de wrestling é montado e tem o vencedor definido, mas está muito longe de ser falso. Os murros e os pontapés podem ser leves, muito leves até, mas as quedas no ringue não são falsas, nem sequer minimamente agradaveis.Perguntem a qualquer pessoa que já tenha dado uma queda num ringue. Perguntem-lhe se as tais molas absorvem o impacto das quedas. Perguntem ao Edge se a lesão que o obrigou a reformar-se é falsa. o Wrestling dói, magoa, tira anos à vida dos lutadores. Moi o corpo e destrói ossos. Joelhos, costas, pescoço e ombros são as zonas mais vezes afectadas pela carreira no wrestling. O sangue não é falso, é pré-determinado, para que o combate faça mais sentido. As cadeiras absorvem o impacto, mas não são de algodão, aleijam. E coisas destas? São falsas?

O Wrestling não é falso. O Wrestling é um grande espectáculo de entretenimento, onde atletas que dão pelo nome de wrestlers, dançam uma coreografia extremamente violenta dentro do ringue, mas mais do que isso, contam uma história extrema dentro do ringue. E é isso que nos leva, a todos nós, a sermos fãs de wrestling.

See you next week, here on WPT!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Pensamentos”.

34 Comentários

  1. Silveira9 - há 3 anos

    Excelente artigo!

  2. Diego Soares Arcanjo - há 3 anos

    ” Hoje em dia, grandes países sem muita tradição no wrestling como Inglaterra, Itália, França, Alemanha, Brasil, Japão, Austrália” what? Japão sem tradição, what? Telecatch montilla no Brasil estourava no horário nobre antes do vince sair das fraldas, what!? tirando o deslize, ótimo artigo!

  3. BrunoF93 - há 3 anos

    OUCH! Um artigo que foi copiado do site Buzzfeed! Enfim!

  4. RicardinhoO - há 3 anos

    Por acaso no Japão tens razão, falhei. Agora no Brasil, não errei. Eu quando falei em “tradição no wrestling”, falei em Wrestling Profissional do próprio país. O Brasil, tal como Portugal, não tem.

    • Diego Soares Arcanjo - há 3 anos

      Ricardinho, por te respeitar muito como grande escritor que é, vou ter que entrar em defesa do meu país novamente, pra talvez deixar o pessoal por aqui a par do que era o telecatch montilla pros amantes do wrestling no Brasil na década de 70. Meu avô mesmo, grande fã de Ted Boy Marino e sua rivalidade lendária com aquiles, verdugo etc. indico pra quem não é familiarizado que busque pelos clássicos. Ted Boy é pros amantes de wrestling nacional aqui no Brasil o nosso Hulk Hogan https://www.youtube.com/watch?v=wtVhLGmun0s

  5. André Garrido - há 3 anos

    Bom ARTIGO

  6. Diana91 - há 3 anos

    Acho que como fãs de Wrestling, um desporto que muitas pessoas não estão habituadas ou não conhecem o suficiente, é normal que até façam algumas dessas perguntas/ afirmações.
    Mas para mim a que mais me choca é a nº 7, principalmente porque de seguida vem uma afirmação do estilo: “não sabia que eras uma pessoa violenta” ou ” não pareces nada uma pessoa violenta”. Como é que ver Wrestling me torna uma pessoa violenta? Hoje em dia tudo o que se possa ver na TV tem violência, desde a novela em horário nobre, filmes, séries, etc que toda a gente vê. Isso faz das pessoas que os vêm violentas? Essa é a coisa que realmente não percebo e que me deixa mais irritada.

  7. Bob_Balburdia - há 3 anos

    Ótimo artigo.

  8. Wellinton Matos - há 3 anos

    MUITO BOM ARTIGO!!!

  9. JoãoRkNO ® - há 3 anos

    Ah ah ah , estupendo , trabalho fabuloso .

  10. PedroSWWE - há 3 anos

    Belo artigo, realmente referiste aí vários pontos, alguns eu já tinha ouvido falar, outros não, mas a grande realidade do que mais se houve, é esse ponto número 1!
    Quem não vê wrestling diz logo, isso é falso. Já cheguei a ouvir dizer de que o wrestling era feito em computadores (estilo filme) quase como se fosse feito em Hollywood, e eu achei isso muito mau, achar Wrestling ser como hollywood. Depois dizem que o sangue é mercurio, etc.

    Outra coisa que eu não gosto de quem critica é dizer “Só vês isso”. Só vejo isto e qual é o problema, vejo o que gosto. Também por que é que vêm filmes, também não são reais a maior parte, só alguns é que sao inspirados em histórias reais, para que é que vem novelas, para que é que vêm séries, é tudo a mesma coisa, cada um vê o que quer.

    Estes são os 2 pontos dos quais referiste que eu não gosto que os outros realcem, se não percebem do assunto, que falem do que percebem.

  11. wesley - há 3 anos

    Parabéns, ótimo artigo.

  12. Délio Gaspar - há 3 anos

    Muito bom mesmo, só tenho algo a dizer, eu sou muito Fã do cena, sou um “Cenator” ahah, sempre o acompanhei desde os meus 6 anos de idade, em relação a ele tomar esteroides, eu também pensava que não até me tornar culturista, e realmente é uma verdade que 98% dos wrestlers tomam, isso é errado? O Cena toma? Bem, o Cena realmente toma sim, esteroides anabolizantes, não é errado tomar se for com acompanhamento e com consciência de que, se algo for mal feito pode ter sérios riscos para a Saúde, mas é pouco provável que venha a ter algo de muito mau (Sei do que falo) Esteroides anabolizantes nada mais é que testosterona “Artificial”, criada em laboratório originalmente feito para senhores de idade que perderam fertilidade, mas ninguém o usa pra isso não é verdade? Kkkk É usado para quem queira passar o seu “Limite Natural”, o Cena tem um físico TOP mesmo, mas além dos famosos esteroides, ele também usou GH, a bem dita hormona do Crescimento (É só repararem na dilatação no abdominal do Cena, é um dos efeitos dela), Os esteroides e os seus derivados ajudam a ganhar força, tamanho muscular, densidade e também definição, acompanhado com uma dieta MUITO restrita, (Para os idiotas não pensarem que é só tomar e vão ficar grandes, não vão, 70% dos que tomam não têm resultados por serem burros), mas posso afirmar que o Ciclismo é o Desporto que mais usa esteroides, e no entanto não são grandes, porquê? Porque eles usam para ganhar resistência.
    Posto isto, espero ter ajudado de alguma forma.
    Ps: Esteroides aumentam todos os músculos devido à testosterona, por isso o órgão sexual aumenta também, só para aqueles burros que dizem que o pênis diminui, acreditem, aumenta muito ;)

  13. JoaoFilipe - há 3 anos

    Os meus amigos perguntam-me isso tudo.
    Apesar de ser baseado noutro site, o artigo está ótimo.

  14. luism - há 3 anos

    uau exelente artigo gostei de o ler.acho que esta muito bom .os meus parabens

  15. Hildo - há 3 anos

    Excelente artigo, já ouvi algumas das coisas que citou como o clássico ”Poruqe você vê essas mentiras”’ xD mas nunca (que eu me lembre) ouvi ”Os lutadores são burros e sem cultura” .

  16. Diego, o Ricardo quando diz que o Brasil não tem tradição de Wrestling é porque nunca teve uma “WWE”. USA é o país com mais tradição no Wrestling, ponto. E a uma distância enorme de qualquer outro.

  17. danielLP21 - há 3 anos

    A referência aos benfiquistas era escusada. Que mania de generalizar… Neste caso, até foi um portista a falar do Benfica, o que até acontece com muita regularidade. Tirando isso, excelente tema. Já tinha lido o artigo original e não posso deixar de concordar com cada palavra.

  18. TeamAJ - há 3 anos

    Excelente! Tudo o que aí referes é exactamente o que eu tenho de ouvir. Para a próxima, e se o permites, a minha resposta será recomendar a leitura do teu artigo. Muito bom!

  19. Lourenço Rocha - há 3 anos

    Muito bom artigo Ricardinho0, mas os benfiquistas não estão sempre a falar do Benfica… :P

  20. Zé Tomé Dias - há 3 anos

    Ótimo artigo!

    Todas essas citações que muita gente diz (também já me chatearam com isso), embora tenham um mínimo de fundamento, não me impedem de gostar, e muito, de ver wrestling

  21. Dwayne "The Rock" Johnson - há 3 anos

    Artigo muito bom. O número 1 na certa é mesmo o mais chato e o mais constantemente ouvido. Eles pensam que os fãs de Wrestling são “enganados” pensando que tudo é verdade, quando na verdade trata-se de um mero entretenimento.

    O número 8 é bem clássico também kkk, irritante que só kkkkk

    http://world-wrestling-yahoo.webnode.com/noticias/inscreva-se-/

  22. John_3:16 - há 3 anos

    ótimo artigo para calar aqueles parasitas que dizem que o wrestling é assim e assado e é falso.

  23. The Rock - há 3 anos

    Grande artigo retrata claramente o meu dia-a-dia na maioria dos casos e foi tudo dito sem tirar nem por. Concordo com tudo. Quanto ao Benfica deixem-nos lá falar deles porque eles tambem tem pouco para falar :D E é só de 4 em 4 que temos de os ouvir e graças a Deus na Europa ja nao os ouvimos há mais de 50 :D

  24. Alexandre Romano - há 3 anos

    Excelente artigo Ricardo tens razão ainda ontem, quando estava a ver o Raw no movel porque tive um furo, um amigo meu disse-me:
    “Ha tu vês isso acreditas nisso?” e depois virou-se para um amigo meu e disse:
    “Olha o gajo acredita naquilo grande criança” e já agora na semana passada perguntei a um amigo:
    Porque não vens o Wrestling? e ele respondeu:
    “Porque não consigo ver porque é a finjir e isso é bue estupido tipo quem é que vai casar o ringue de Wrestling (referindo-se a Aj e ao Bryan em 2011 ou 2012 não tenho a certeza) e quando falo com alguém que vê a WWE na Sic Radical com 3 semanas de atraso irrita-me bue tipo dizem que a Wyatt Family lhes irrita bue e que o Cena é o maior porque leva bue porrada e acaba por ganhar.E um dia um gajo desses disse que o Sin Cara tinha copiado a máscara o Rey Mysterio e eu fiquei tipo WTF???

    Comprimentos Alexandre.

  25. ygor - há 3 anos

    excelente artigo Ricardo,essas perguntas fazem parte do meu dia a dia mas o bom de tudo é que esses insultos me fazem cada fez mais gostar de wrestling.

  26. oblivion300 - há 3 anos

    Excelente este artigo. Acho que o tenho de mostrar a muitos amigos meus xD

  27. JBL - há 3 anos

    geração de ouro do Wrestling… isso dá que pensar…

    Nunca me esquecerei de ser puto e ver aos sábados ou domingos de manhã o Wrestling com comentários do Tarzan Taborda. Razor Ramon, Shawn Michaels, Hulk Hogan, Undertaker, Yokozuna, Lex Luger, 123 kid, Doink the Clown…. etc…

    É caso para dizer: No meu tempo é era…(!)

    Cumprimentos a todos!

  28. Israel Valerio - há 3 anos

    grande artigo mesmo e devo reforçar que é um grande risco deixar crianças verem porque comecei vendo aos 12 anos e ja fiz estragos porque passava a vida a imitar todos golpes que via principalmente o sturner e o f5 e magoei muitos outros garotos da minha idade com isso e se quiserem experimentem o GTS de cm punck ou o tombstone que ja vi deixar alguem lesionado para o resto da vida

  29. Tatiana - há 3 anos

    Exclente artigo

    Sei bem o que isso é, muitas pessoas fazem-me essas perguntas. Vejo wrestling sei lá há quanto tempo, acho que comecei a ver durante a transição da Attitude Era para a Ruthless Agression.

    Hoje em dia não assisto com tanta frequência como assistia. De vez em quando vejo uma combate do Ring of Honor ou NJPW. Não tenho assistido WWE desde o último Rumble, acho que só vi mesmo o Payback e foi só porque era em Chicago.

    É complicado falar sobre esta modalidade com quem quer que seja, porque vão dizer: ah, wrestling é falso bla bla bla.
    Lembro-me de ver combates da WWE e o meu pai não se calava desde o ínicio até ao fim do programa com coisas do género: isto é a fingir / o ringue é macio e tem molas, aquilo não dói / aquelas espadas de kendo não doem, aquelas caninhas / olha aquele tipo a abaixar-se antes do outro sequer lhe tocar.

    Às vezes não sabia o que era pior, se ouvir a ele ou ouvir o Michael Cole LOL. Resultados pré-determinados é uma coisa, o show ser falso é outra.
    Basicamente os wrestlers são como os duplos de cinema, fazem manobras perigosas em segurança (ou tentam).
    Não vale a pena comparar o wrestling profissional a MMA porque não vale a pena, são duas coisas completamente diferentes, mas o wreslters não deixam de ser considerados atletas porque é preciso ter uma grande preparação física para fazer aquilo que fazem e o facto de passarem a vida na estrada longe da família, quase sem folgas, férias ou quase tempo nenhum para descansar e recuperar de lesões fazem-me respeitá-los ainda mais.

    Cada pessoa tem o seu gosto, se gosta de wrestling gosta de wrestling e ponto final.

  30. JoaoFilipe - há 3 anos

    Hoje, a minha mãe sentou-se ao pé de mim e perguntou porque é que eu gosto de ver wrestling.
    Eu disse-lhe para ela ler o artigo.
    Mas como ela insistiu, abri o artigo no tablet e li-lho eu.

  31. David "The British" Willians - há 3 anos

    A parte mais Irritante e :Cara isso tudo ai e de mentira,Oia isso o cara leva uma Cadeirada na cara e nem sangra!’-‘

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador