Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Pensamentos #105 – 10 erros que a WWE quase cometeu!

Todos sabemos que durante todos estes anos em que a WWE está activa, muitas decisões foram feitas, outras nem por isso, mas claro que temos em conta que milhões de ideias foram pensadas, propostas e rejeitas. E nesses milhões, decidi trazer-vos 10 ideias que, se tivessem ido para a frente, poderiam ter mudado a WWE e fazer dela algo totalmente diferente do que conhecemos. Vamos lá então (Este artigo foi, pela 2ª vez, inspirado num artigo internacional):

10. Undertaker penudo?

Toda a gente sabe quem é Mark Calaway. Conhecido mundialmente como The Undertaker, Calaway é uma verdadeira lenda da WWE. Conquistou inúmeros recordes, títulos e provocou o pânico durante quase duas décadas. Mas o que pouca gente sabe é que Mark Calaway estava previsto para estrear-se na WWF com a Gimmick do….Gobbledy Gooker. Sim, esse mesmo. O pássaro ridículo que andou durante alguns anos na WWE e que foi desempenhado por Hector Guerrero, estava previsto ser desempenhado pelo homem que mais tarde viria a ser conhecido como DeadMan.

Os planos da companhia era mesmo esses, até que alguém do booking ganhou juízo e a ideia foi posta de parte, dando lugar a que Calaway fosse ter uma Gimmick….de Viking. Ideias ridículas da época….Mais tarde, a WWF acertou e criou The Undertaker.

9. One Night in WWE Champion Chyna?

Ninguém duvida que Chyna foi uma das Divas mais dominantes de sempre na WWE. Chyna foi das primeiras Divas a usar a força bruta como arma, abrindo caminho mais tarde para futuras Divas fazerem o mesmo, como Victoria e Beth Phoenix. Também é do conhecimento geral que Chyna teve vários combates contra homens e que venceu inclusivamente o titulo Intercontinental. E em 1999, Chyna esteve perto de ser a primeira e única mulher a vencer o WWF Championship. Numa Raw semanas antes do SummerSlam, Chyna venceu um combate para se tornar Number 1 Contender ao titulo de Stone Cold Steve Austin e o combate esteve mesmo para acontecer.

chyna

Quando chegou a altura de todas as decisões serem tomadas, a companhia decidiu que não seria apropriado para o titulo ser carregado por uma mulher, por muito forte que esta fosse, pois iria retirar prestigio ao titulo e também porque Chyna não tinha (ainda) as skills necessárias dentro do ringue para se sagrar campeã (Great Khali riu-se). No balneário discutiu-se a ideia e o conclusão final foi que a WWF não quis dar o titulo a Chyna devido às apertadas guerras com a WCW e isso poderia influenciar os ratings.

8. Hogan/Michaels – Three Stages of Boooooring

Lembram-se da rivalidade que Shawn Michaels e Hulk Hogan tiveram em 2005, que culminou num épico combate entre ambos, Icon vs Icon, um combate que só não deu para mais overselling por parte de Michaels porque poderia parecer mal? Pois, se esse combate já foi relativamente mau, preparem-se, porque nós fãs escapamos de boa.

O plano original para a rivalidade seriam 3 combates, em que cada um venceria um combate e no último dos 3, seria um combate para decidir quem era realmente o melhor. Ora, um desses combates seria um Steel Cage. Agora imaginem o Hogan em 3 combates diferentes e dentro de uma Steel Cage, a arrastar-se pelo ringue, com Michaels a ter de fazer rest pauses over and over again. Isto só não aconteceu devido a “ideias contraditórias” que Michaels e Hogan tinham e que levou a que a rivalidade se ficasse pelo combate no SummerSlam.

7. The Youngest World Champion ever… Muhammad Hassan?

Muhammad Hassan, aquele maluco que esteve muito perto de se tornar uma grande estrela. Em 2005, Hassan estreou-se na WWE e conseguiu grandes vitórias, sendo a sua vitória contra Big Show uma das maiores. A sua Gimmick de Anti-Americano gerava muito heat e Muhammad Hassan, por incrível que pareça, era bastante talentoso dentro do ringue. E o Verão de 2005 poderia ter sido um gigante ponto de viragem para Muhammad Hassan, pois a WWE tinha tudo planeado para que Hassan vencesse Batista pelo World Heavyweight Championship. Se isto tivesse acontecido, Muhammad Hassan teria-se tornado no campeão mais jovem de sempre.

No entanto, tudo mudou quando no dia 7 de Julho de 2005, um ataque terrorista em Londre fez dezenas de mortos, levando a WWE a recuar, pois seria demasiado polémico um “Árabe” vencer um titulo Mundial depois de um atentado terrorista. Em vez de se tornar campeão, o push de Muhammad Hassan morreu…

6. Wrestlemania XV

A Wrestlemania XV viu ser-nos dado o primeira de 3 combates na Wrestlemania entre Stone Cold e The Rock. Esta rivalidade durou vários anos, rivalidade essa que Stone Cold venceu por 2-1. No entanto, este combate estava previsto para não acontecer, ou melhor, iria acontecer, mas de maneira diferente. Os planos originais eram para que o Main-Event fosse um combate Ameaça Tripla entre Stone Cold, The Rock e Mankind. No entanto, estes planos saíram furados, pois Shawn Michaels, que na altura desempenhava o papel de WWE Commissioner na TV, também dava ideia no booking e sugeriu que o Main-Event da Wrestlemania XV fosse um clássico combate de Singulares e andava a fazer tudo para que Austin fosse retirado do combate e colocado Manking contra The Rock.

wrestlemaniaxv

O problema é que saiu tudo ao contrário do que HBK queria. O main event da Wrestlemania XV foi Stone Cold vs The Rock e Mankind teve de se ficar pelo Mid-Card, num combate extremamente mal executado contra Big Show, o que diz muito sobre o estado de espírito de Mick Foley nesse evento.

5. The COO Triple H

Todos sabemos que depois de andar a comer a Stephanie que Triple H ganhou notoriedade, principalmente por ser acusado de manipular o booking a seu favor. E isso ficou provado durante dois anos consecutivos, em que Triple H manipulou o booking para que ficasse bem visto. Na Wrestlemania 18, estava previsto que o Main-Event fosse o combate entre The Rock e Hulk Hogan, mas devido à influência de Triple H, o Main-Event foi mudado para HHH vs Jericho, levando a que a Wrestlemania terminasse com um combate em que o público não quis saber.

A segunda decisão alterada foi o resultado do combate entre HHH e Booker T, na Wrestlemania 19. O resultado previsto seria que Booker vencesse o Titulo Mundial, mas devido a semanas de constante pressão por parte de HHH, a decisão foi mudada e Hunter manteve o titulo. Esta decisão foi vista na empresa como um enorme erro, pois era a altura certa para Booker ter um push. Mas diz quem sabe que houve decisões pressionadas por HHH, que se tivessem ido para a frente, a WWE teria cometido erros enormes.

4. Kane, Real Kane, Fake Kane????

Em 2006, Kane pensou seriamente em reformar-se. A WWE aceitou a decisão, mas não queria que a personagem “Kane” desaparecesse da televisão. Ora, lá arranjaram um Kane impostor, que mais tarde teve uma rivalidade com o verdadeiro Kane. Mas o que poucos sabem é que os planos previstos seriam para que Kane se reformasse e ao mesmo tempo, o Kane impostor surgisse, revelando que ele era o Kane original e que o Glen Jacobs o tinha mantido prisioneiro durante anos. Resumindo: O careca ia reformar-se, mas aparece outro Kane (com máscara) que diz que ele é que era o verdadeiro.

Estes planos saíram furados porque o verdadeiro Kane não levou a ideia da reforma para a frente e levou a que a rivalidade fosse totalmente alterada e que se tornou ridícula e com um bando de Kane’s.

3. The Streak

Eu já falei disto em várias crónicas. Durante anos, a WWE andou à procura de um lutador que terminasse a Steak de Undertaker. O primeiro lutador considerado foi Randy Orton, que em 2005, na Wrestlemania 21, foi extremamente considerado para terminar a Streak. Mas Randy Orton, num acto de cavalheirismo e respeito, rejeitou. Isto numa altura em que Randy Orton era aquele grande rebelde que todos sabemos. No ano, seguinte, em 2006, foi Kurt Angle o grande escolhido para terminar com a Streak, derrotando Taker e mantendo o seu titulo. Angle rejeitou convictamente, o que levou a que o combate fosse feito antes no No Way Out. No mesmo evento foi então decidiu que seria Mark Henry a terminar a streak. Nem pensar, disse Henry. A streak continua…

Alguns anos mais tarde, foi Sting o escolhido para terminar a Streak, mas a tentativa esbarrou na hipótese de Sting sequer assinar pela companhia, pois não estava disponível para isso, muito menos para quebrar a streak. Posto isto, um Rookie foi proposto, Wade Barrett. Aliás, o push de Barrett podia ter sido real, porque os Nexus atacaram Undertaker no PPV Bragging Rights, mas a rivalidade nunca foi para a frente.

Depois do confronto entre ambos num evento da UFC, o candidato proposto era Brock Lesnar. Como todos sabemos, este foi o único que se confirmou….

2. WCW Alive?

Em 2001, Vince McMahon comprou a WCW por uma quantia considerada irrisória, pois apesar dos detentores dos direitos da companhia terem recebido outras propostas superiores, inclusivamente uma de Erich Bischoff, foi Vince aquele que mostrou mais garantias e ficou assim com os direitos da companhia. Depois houve o angle da Invasion, até a WCW morrer de vez. Mas os planos originais não era esses.

Na altura, falou-se bastante que os planos seriam para a WCW continuar como brand independente, ou seja, uma espécie de Raw, com programa semanal e PPV’s, mas que fosse exclusivamente e com talentos da WCW, ideia que foi posta de parte quando nenhum canal televisivo quis comprar o programa. A ideia seguinte seria para que a Raw passasse a ser um programa apenas da WCW e a SmackDown da WWE, ideia essa que chegou aos ouvidos dos fãs, que repudiaram totalmente a ideia e começaram a vaiar os ex-WCW quando estes apareciam em TV. A ideia final seria que Vince, numa amostra do seu poder, despediria todos, TODOS os talentos da WCW em televisão e montaria uma arena da WCW, para a fazer explodir o cenário e o ringue. BOOOOOOMMMM…

1. RIP Vince… Oh Wait…

Em 2007, Vince passou-se da mona e criou um ângulo em que entrou na sua limusina e esta explodiu, dando a indicação que Vince tinha morrido, ou melhor, que alguém o tinha assassinado. Foi colocado um Poll no site da WWE com várias opções sobre quem seria o culpado (uma das opções era o Paul London, que errou nas gravações e quando Vince passeava pelos bastidores, riu-se feito atrasado e quase foi despedido por causa disso). Ora o Angle previsto era que a culpada seria a mulher de Vince, Linda, que seria presa. No Raw seguinte, passaria um video onde Vince diria que deixava a WWE ao seu filho bastardo, Mr. Kennedy. Ora, Kennedy usaria o poder para mandar na WWE e colocar-se a si mesmo em combates pelo titulo.

 vince

Do nada surgiria Triple H que oficializava o seu casamento com Stephanie e com isso, teria autoridade na WWE, desafiando Kennedy para um combate na Wrestlemania, que Triple H venceria, tomando controlo da WWE. Isto faria com que Vince “voltasse à vida” e viesse à RAW dizer que foi tudo seu plano para que a empresa fosse parar às mãos do seu verdadeiro “filho”. Coisas mesmo à Vince…

Isto provavelmente só não aconteceu porque causa da tragédia de Chris Benoit, que terminou com o Angle de Vince ainda antes deste começar….

E é com a esta linda história quase saída da cabeça super sã do Vince que vos deixo e aproveito para dizer que o Pensamentos tem andando inconstante porque o meu computador tem-me dado água pela barba. Prometo que vou tentar ser mais regular, mas o raio do computador pode atacar a qualquer momento. Qualquer coisa, disponham.

See you week, here on WPT.

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Pensamentos”.

18 Comentários

  1. John_3:16 - há 2 anos

    Gostei bastante mas o que me ri mais de facto foi imaginar o undertaker ser um passarinho, e imaginar uma promo de um falso kane a dizer que tinha estado preso numa caverna este tempo todo porque o careca o prendeu e aproveitou-se da sua personagem lol.

  2. André Pereira - há 2 anos

    No Way Out é tipo Hell in a Cell?
    Desculpem a ignorancia.

    • PedroSWWE - há 2 anos

      Não, No Way Out era um PPV normal, que acontecia em Fevereiro sendo o ultimo PPV antes da WrestleMania. Apenas em 2008 e 2009 teve combates Elimination Chamber, sendo em 2010 substituido pelo PPV Elimination Chamber.

    • Braian - há 2 anos

      O Elimination Chamber acontecia no No Way Out, mas aí a WWE criou um PPV chamado Elimination Chamber e o No Way Out perdeu o sentido (ele ainda existia, mas não tinha o combate de Elimination Chamber dentro dele), sendo assim acabou sendo extinto.

  3. PedroSWWE - há 2 anos

    Belo artigo!
    Tudo seria muito diferente se isso tivesse acontecido!
    Sabe-se lá se a WWF teria ganho as Monday Night Wars se não tivesse o Undertaker, se não tivesse Stone Cold como novo campeao na WM 15?
    Seria algo totalmente diferente!

  4. diogogr22 - há 2 anos

    Não…

    O No Way Out é tipo o Elimination Chamber.

  5. Hildo - há 2 anos

    Muito bom artigo, já tinha conhecimento de algumas histórias, de outras não.

  6. kidwonder - há 2 anos

    talvez se muitas dessas ideia tivessem ido para a frente, a wwe não se tornasse num programa G rated… é triste pensar no grande wrestling que talvez poderiamos ter tido e não tivemos…

  7. kidwonder - há 2 anos

    já agora também sei uma história: a do john cena, que anda a comer o vince e por isso tem controlo sobre o booking :l fez pior que o HHH e conseguiu que a sua personagem parecesse invencível vencendo todos até mesmo o HHH e ganhando dezenas de titulos apesar de não saber lutar, só não conquistou a streak porque iria ser odiado…

  8. Tunes9 - há 2 anos

    Excelente artigo, muito, muito interessante, Parabéns! RicardinhoO. :-)

    Ainda bem que a maior parte destes planos não foram para a frente, teria sido ridículo, mas outros nem seriam assim tão maus.

    Destaco o 10, 7 e 4.

    10 – Seria lindo ver o Undertaker como um passarinho e se calhar acabaria com a carreira dele e não teríamos uma lenda enorme como tivemos.
    7 – What??? tudo bem que o Hassan tinha talento e potencial, mas o Batista estava em alta, imparável nesse Verão, depois de vencer o HHH 3 vezes e conquistar o titulo e perder com o Hassan não ia ser positivo, depois não teríamos o Batista fantástico que tivemos de 2005 até 2010 (sobretudo até 2008).
    4 – Nem palavras tenho, o Drew Hankinson (AKA Festus AKA “Fake” Kane) é fraquinho comparado com o Glen Jacobs e seria uma enorme estupidez, nem quero pensar… OMG… lol

  9. Rui Miguel - há 2 anos

    O ponto 3 não é um erro que a wwe quase cometeu, cometeu mesmo ..

  10. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    No caso do Muhammad Hassan o erro foi o facto de a WWE não ter os tomates para fazer isso mesmo. Teria sido épico. O meu vilão favorito de sempre!

  11. Pedro Mateus - há 2 anos

    Só discordo da parte do Muhammad Hassan , pq ele seria um Grande World Heavyweight Champion na minha opinião !!!

  12. danielLP21 - há 2 anos

    “Este artigo foi, pela 2ª vez, inspirado num artigo internacional”.

  13. danielLP21 - há 2 anos

    Gostaria de saber se tudo isto é verdade…

  14. BNB - há 2 anos

    Ainda bem que aquela ideia de juntar o Mankind ao combate do Rock e do scsa nao foi para a frente. Os dois maiores mitos de sempre brilham demais ao lado dos restantes e o combate nao seria tao epico com mais um elemento muito menos o mankind (e nao nao quero despretigiar o seu trabalho apenas acho que um The Rock VS Stone Cold seria sempre a melhor escolha e muito mais chamativo!).

  15. ricardo oliveira - há 2 anos

    Podem ter feito uma boa históiria mas , a streak do Undertaker ser quebrada pleo brock lesnar , lol , mal , muito mal , das 2 uma ou seria algum nome de topo que ficaria com a streak , mas que seria sempre apupado e correiria o risco de estragar a carreira , ou seria como fizeram , que foi a opção ( a meu ver ) mais fácil , não obstante pessoalmente achar que uma streak daquelas devia ficar imiune , uma vez que o nome Undertaker tem a solidez que tem no miundo do wrestling , e o brock lesnar só aparece para meter achas na fogueira de tempos a tempos .

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador