Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Piledrivin’ Everyone #27 – Não assisto mais à Raw!

Olá amigos! É isso mesmo! Começo o Piledrivin’ Everyone desta semana com esta declaração, que pode também ser o que muitos de vós pensaram esta semana, após assistir ao NXT R Evolution.

Seria o NXT um outro mundo? É o que parece quando assistimos aos shows semanais e a um PPV que certamente se não foi o melhor da companhia no ano, chegou bem perto. Arrisco-me a dizer que entre os três melhores PPVs do ano, dois seriam do NXT – ousado? Talvez.

Apesar da minha declaração, gosto de vários dos talentos do roster principal, e sei que como gosto de wrestling, dificilmente deixarei de acompanhar os produtos principais da WWE, mas uma coisa mudou: há algum tempo disse que tomaria algum tempo para acompanhar mais do que os shows principais. Pois bem, consegui. E certamente não me arrependo, visto que a qualidade do que se chama “o futuro da WWE” é inquestionável. Resta-nos saber o que deles será quando subirem à RAW e SmackDown. Por favor, senhores bookers, não nos decepcionem!

Mas falando mais a sério, o R Evolution foi algo que há muito não via: um show que não me fez dormir em momento algum. Escrevo sobre minhas sucintas impressões sobre o R Evolution e minhas expectativas para o TLC de amanhã.

Kevin Owens vs. CJ Parker fizeram um belo combate de abertura. Teve tudo que um bom combate de abertura poderia ter: não tão longo, um Kevin (Steen) Owens emocionado e com um grande apoio para sua estreia, tanto por parte de seu adversário (CJ Parker foi um magnífico worker) quanto do público presente. Aqui, inclusive, fica meu registro de uma crowd simplesmente fantástica e participativa. Até pra quem curte um combate mais “vermelho” pode ver Owens sangrar ao nariz. Seu esperado triunfo foi muito comemorado. E mais tarde ele retornaria…

The Lucha Dragons vs. The Vaudevillains foi o primeiro combate com defesa de títulos da noite. Que belo trabalho têm feito Kalisto e Sín Cara como campeões de Tag Team (que bem fez a WWE ao separar Hunico de Camacho, naquela dupla sem graça). Aiden English e Simon Gotch foram bons adversários, mas não o suficiente para tirar os títulos aos bons luchadores e ainda campeões. A divisão de Tag Teams está bem nas mãos deles, que acho que não sobem tão cedo ao roster principal porque… O QUE FICA NO NXT SE TODO MUNDO SUBIR?

Baron Corbin vs. Tye Dillinger foi engraçado, visto que a participativa crowd iniciou até uma contagem pra saber quanto tempo duraria o mais novo squash! Contaram até mais ou menos 30. Se tivessem sido um pouco mais persistentes, com mais 14 segundos acertariam os exatos 41 segundos de combate, tempo suficiente para que “acabasse com os dias” de Dillinger, e fulminasse Bull Dempsey com olhares até sua saída.

Hideo Itami & Finn Balor vs. The Ascension foi o f*cking marvelous combate que se seguiu. A entrance dos Ascension já é fantástica. Hideo KENTA Hitami também agrada à crowd com a sua (uma máscara e teríamos Scorpion a entrar no ringue). Agora, o que dizer de Finn F*CKING Bálor e sua bela entrance, com sua pintura corporal à la Venom! O PPV certamente poderia acabar ali mesmo, antes do combate. Assim como a crowd, gritava aqui em casa: HOLLY SH*T! Mas ainda tínhamos o combate em si, que começou com The Ascension por baixo, sendo atacados por Bálor e Hitami. Mas logo viraram o combate a seu favor, dando a Hitami uma bela “sova”. Ao recuperar-se, tentou um Go 2 Sleep, levando o público à loucura, mas não o finalizou. Ao entrar em ringue, Bálor dominou as ações até o fim, e com a ajuda de Hitami, finalizou o combate com o Foot Stomp. Uma pena sabermos que The Ascension subirão ao roster principal, e talvez demoraremos um pouco a ver os quatro nos proporcionar belos combates como este.

Charlotte vs. Sasha Banks fizeram um combate tão bom que foi o segundo mais longo da noite! Sim, mais longo inclusive que o Tag Team Match que o antecedeu. Mas não foi tão bom somente por ser longo, mas pela aplicação das duas envolvidas. Charlotte e Sasha Banks fizeram um combate que deixa muito marmanjo com a pulga atrás da orelha. Goste você de uma ou de outra, dá pra perceber que têm uma ótima química, e certamente o combate na RAW inspirou a filha de Ric Flair mais ainda, mesmo que tenha sido uma derrota. Quando falamos que no NXT está o futuro da WWE, certamente esta renovação passa pelo talento feminino lá presente, ou você lembra da última vez que escutou THIS IS AWESOME em um combate feminino numa RAW ou SmackDown, ou até em um dos PPVs principais da companhia?

sami_zayn

Adrian Neville vs. Sami Zayn finalizaram a noite com um combate digno de main event, como o foi. Mas não falo de main event no NXT, mas um main event de qualquer PPV principal! Com a torcida toda a seu favor, Sami Zayn teve vários “two-counts” a seu favor, mas Neville não venderia fácil o combate. Após backbreakers, divings, suplexes, uma quase desqualificação quando Neville trouxe o título para dentro do ringue e com direito a dois golpes que acertaram o árbitro e quase custaram a vitória a Zayn, não teve jeito: Sami Zayn arrecadou a vitória após o Helluva Kick, se tornando o novo NXT Champion. Boa parte do roster veio ao ringue comemorar com ele. Após receber o cumprimento de Neville pela vitória, parecia que o PPV se encaminhava para o final, não fosse o heel turn relâmpago de Kevin Owens, que “ofereceu” um powerbomb direto ao canto do ringue ao novo campeão. E aí já temos uma nova feud a caminho!

Ao meu ver, não sei se uma nota 10 ao PPV seria exagero. Me agradou em muito, e se você assiste somente aos shows regulares como fazia eu, recomendo que pelo menos assista ao NXT. Tem valido a pena!

E depois de tudo isso que pudemos presenciar na quinta-feira, o que esperar do último PPV regular do ano, o TLC?

Temos um card que a mim não chama tanto a atenção, e em parte isso se deve ao WWE World Heavyweight Championship, que não é defendido há tanto tempo. É terrível saber que mais uma vez Brock Lesnar não defenderá o principal título da companhia. Para além disso, são poucos os combates que me chamam a atenção de verdade.

New Day vs. Goldust e Stardust é o primeiro. De campeões a possíveis jobbers para a estreia dos New Day e ainda por cima no kickoff, os irmãos Dust parecem iniciar um pequeno inferno astral. Creio que o novo grupo tenha sua primeira vitória em PPV. Aliás, que grupo mais sem graça…

Rusev vs. Jack Swagger não deve nos trazer surpresa: Rusev pelo menos termina o ano dominante.

Nikki Bella vs. AJ não dá pra saber o que nos reserva. Um combate permeado por mistérios, principalmente o da saída de Aj da companhia. Creio numa retenção de título por parte de Nikki. Mas tomara que não seja o fim da passagem de AJ pela WWE.

Damien Mizdow e The Miz vs. The Usos é o que segue. Espero que Miz e Mizdow retenham o título, apesar de gostar dos Usos e de que há algum tempo não suportava a gimmick “Mr. Mime” de Sandow. Vai entender minhas preferências…

Eric Rowan vs. Big Show num STAIRS Match? Essa talvez seja a novidade do PPV temático, e aqui creio num desperdício, com a vitória de Big Show, apesar de torcer pela vitória de Rowan.

Ryback vs. Kane é outro combate temático, um Chairs Match que não me interessa em nada, só serve para encher linguiças e provavelmente terá vitória do Mr. Músculos Ryback.

Luke Harper vs. Dolph Ziggler deverá ter a redenção final de Ziggler, recuperando o título e se firmando como um destruidor de heels! Um belo e merecido push se acontecer.

rollins

John Cena vs. Seth Rollins só me chama a atenção porque é um Tables Match. Espero muitas mesas quebradas, uma vitória de Rollins e uma intervenção de Orton. Mas perderia o Super Cena o direito a enfrentar Brock Lesnar pelo título principal?

Dean Ambrose vs. Bray Wyatt deverá ser realmente digno de main event, pois é o combate TLC. Que saia Ambrose vitorioso, pois já há vários PPVs sai derrotado. Mas assim, o que será de Wyatt? Haverá como aproveitá-lo em outra feud? Com certeza. Basta imaginação!

Enfim, uma semana repleta de bons combates e grandes expectativas. Se não assistiu ao R Evolution, assista, não perderás tempo! E que tenhamos um bom PPV no Domingo, afinal, ele praticamente fecha o ano! Que tenhamos surpresas sim, mas que sejam boas como as da quinta-feira!

C ya next time!

Sobre o Autor

Foto de perfil de Facebook
- Professor e futuro Analista de Sistemas. Amo música de qualidade, computadores, wrestling e um bom futebol (não necessariamente nessa ordem).

12 Comentários

  1. BRUNOju - há 2 anos

    Realmente;, que espetáculo que a NXT deu.

    Créditos para os dois últimos combates que realmente foram incríveis.

    Também acentuo a participação de Sasha Banks, que ATUAÇÃO meuu Deus. SASHA VC SE TORNOU MINHA MUSA .. Desculpas Paige haha.

    E que Main event! O que eu mais gostei foi do público k. Nas horas que o Zayn iria ser um bom garoto todos gritavam NO NO NO . ThisIs Awesome.

    Eu nunca vi um público tão envolvido com um personagem como foi . Parabéns Sami e Neville e Parabéns HHH.

  2. Yan_R - há 2 anos

    Realmente, NXT é de outro mundo, perco a vontade de ver os outros shows e só ver NXT, porém ai lembro que também há talentos como Rollins, Ambrose e Bray(apesar de ter perdido um pouco a estrela depois de ser enterrando por Cena) dando um show no main roster… sinceramente espero que Rollins não seja a próxima vítima de Cena e que ele ganhe esse combate. Quanto ao NXT, só fico mais ansioso a cada semana, ainda mais agora com a chegada de Kevin Owens!

    OBS: Pulei da cadeira quando o Itami tentou o GTS, a crowd também é outro nível!

    • Yan, confesso que só acompanho os shows principais por ser fã da WWE mesmo. Eles sabem estragar alguma coisa quando querem, mas por vezes conseguimos ver algo que preste, hehe…
      Quanto ao Itami, eu assistia ao show deitado, quando ele tentou o GTS (que ele já fazia desde o Japão, inclusive), eu levantei rápido como um tiro do sofá. Mas logo voltei, por não ter concluído o movimento…

  3. Kurt Rocker - há 2 anos

    Acabei de assistir esse PPV FENOMENAL e já vim direto pra cá dizer que não assisto mais os shows de main roster. Isso foi simplesmente fantástico! 10/10 – IGN.

    • Kurt, salvo um ou outro botch muito bem disfarçado (te desafio a encontrar algum, mas teve), se analisarmos os combates, a qualidade dos moves, as entradas, a crowd… não é exagero dares um 10 ao PPV!

  4. Mafi - há 2 anos

    O PPV realmente foi fenomenal e é nestas alturas que não há vontade de continuar a acompanhar o main-roster!

    • Mafi, só continuamos porque sabemos que lá há talento. O complicado é saber que nem todo talento que por lá existe resiste às decisões do booking e, por vezes, de Mr. McMahon…

  5. MasterRun - há 2 anos

    uma crowd envolvida assim só se viu na wrestlemania 30 com o Bryan

  6. Smosh - há 2 anos

    Concordo a 100% com a tua opinião grande PPV, grande crowd, e um combate de divas que não via a muito, mas mesmo muito tempo.
    Mas também já vi pessoas a dar-lhe um 10/10 que acho um exagero, um 8.5 ou talvez um 9 é mais do que compreensivo, mas um 10 não sei.
    E Flavio faz-me um favor de ir ver o final do combate dos The Lucha Dragons contra os The Vaudevillains que eu tenho a certeza que o pin foi feito no Simon Gotch, que não era o homem legal, o homem legal era o Aiden English, vai rever, se não te importares claro, porque eu preciso de um segundo par de olhos para analisar a situação.

    • Flávio Bruniera - há 2 anos

      Smosh, tens toda a razão. O pin foi feito ao Gotch. Obrigado pela correção. Em tempo, estás com bons olhos!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador