Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!
Post da Comunidade do Wrestling.PT

Roulette #3 – Coisas que têm de mudar na WWE

Olá a todos, desde já deixar o meu obrigado a quem leu os meus artigos #1 e #2 deste novo espaço “Roulette” e um Muito Obrigado a quem leu e os dois, reflectiu e ainda partilhou os seus pensamentos nos comentários. Este artigo vai ser basicamente, eu a criticar e a dizer que “está tudo mal” na WWE.

Comecemos então:

Kayfabe

Para mim um dos conceitos que é utilizado de forma estúpida e sem qualquer sentido, uma superstar na minha opinião apenas deveria ter que manter a sua personagem enquanto estiver de serviço num evento da WWE. Tendo em conta em que nos tempos de hoje, tudo se descobre com facilidade e os próprios oficiais da WWE não conseguem manter o Kayfabe. O pior, é que castigam alguns superstars que não conseguem manter correm o risco de ser castigadas sem qualquer culpa. Vejamos o caso de Lana e Rusev, quando começaram a aparecer no Main Roster, já todos sabiam que eles tinham já uma relação, e os oficiais da WWE decidem juntar Lana a Dolph Ziggler para rivalizar contra o seu namorado (Rusev) e Summer Rae. Em Kayfabe,  Summer Rae pede Rusev em casamento numa RAW. Na vida real, Miroslav Barnyashev (Rusev) pede Catherine Perry (Lana) em casamento. A WWE esqueceu-se dessa diferença e, segundo rumores (nem sempre são verdade), Rusev começou a perder combates e a ser “squashado” sem qualquer razão para tal.

Temos também o caso de Serena Deeb, que apareceu na TV como membro da Straight Edge Society de CM Punk (o objectivo era nenhum dos membros serem Straight Edge como o CM Punk, não fumando, tomando drogas ou até consumir álcool), como na vida real a moça era algo “doida” e gostava da “vida loka”, a WWE decidiu não só tirá-la da TV como despediram-na…

A WWE não só é rígida para com as superstars por não cumprirem o Kayfabe, que como já disse apenas se deveria manter em espaços onde a WWE realmente interessa, são actores e têm direito ás suas vidas, no 1º caso, são um casal e tiveram que fazer um storyline em que o Rusev tinha que ver a namorada aos beijos com outro… No 2º caso a Diva tinha de mudar o seu estilo de vida real porque a sua PERSONAGEM era Straight Edge… Mas o pior é que os próprios representantes não têm os “cuidados” do Kayfabe, temos o exemplo de Stephanie e Paul Levesque (Triple H) que nas suas contas de Twitter “admitem” (como se ninguém soubesse) que fazem papel de vilões na televisão. Como eles próprios em Shows dão spoilers do que vai acontecer e são descuidados onde aí sim, não têm desculpa para falhar, ou seja Kane está numa storyline com os Whyatt e está “desaparecido” e a WWE vai metê-lo num house show contra Seth Rollins (onde este último teve o azar de se lesionar e a foto de Kane a combater com Rollins foi partilhado pelo mundo fora) e dá assim o Spoiler do spot mais alto que ia acontecer neste último RAW (o return dos Brothers of Destruction).

E aliás… Já pensaram no que seria se alguns heels mantivessem as suas personagens? Brock Lesnar não poderia ir a sitios públicos, sem que isolassem a área primeiro, assim como Kane, etc. Caramba o Chris Jericho num house show foi detido (consequentemente suspenso pela WWE) por pontapear a bandeira do Brasil (ou seja por ser Chris Jericho).

Inconsistências no booking e promos e caracterização de personagens

Uma empresa com tanta experiência, sucesso e que consegue, mesmo atualmente fazer coisas boas, consegue fazer também na maior parte das vezes, fazer coisas tão ruins… Muitas das vezes a WWE faz o booking como se nada na semana passada tivesse passado, parece um Show que faz constantemente “lavagens cerebrais” aos fãs, tiremos um exemplo assim fraquito para começar, na SmackDown de Halloween, uma edição especial, para quê colocar Ziggler vs The Miz sem qualquer razão que justifica-se uma Street Fight (combate de elevada “agressividade” rara em Shows da WWE). O pior disso é que depois disso na RAW, Ziggler perde para Owens (que já tinha sido bookado para o Main Event e podia arriscar uma lesão como a de Bryan por excesso de combates, já tinha acontecido com Reigns e Rollins) com ajuda de Breeze (nem sequer foi vitória limpa, podia ter sido The Miz numa desforra), depois nesta RAW (independentemente de ser um combate de torneio ou não, era o combate de desempate entre Ziggler e The Miz (vitória para o último com interferência de Breeze), alimentava a rivalidade de Breeze e Ziggler e elevava o The Miz para perder contra um Face num nº1 contender match pelo titulo IC.

Temos também o combate do Hell in a Cell do Reigns contra o Whyatt em que o Whyatt precisava urgentemente de ganhar a rivalidade, ao invés de Reigns que deveria aproveitar a frustração para começar a semana bem e ganhar o mini-torneio, e agora em vez de participar no grande torneio aceitava a proposta do Triple H (não sei se o Vince sabe que ser um bom heel é meio caminho andado para ser um grande Face, ele que se lembre de John Cena, CM Punk, Triple H, Hulk Hogan e especialmente para Stone Cold e The Rock que eles próprios fizeram parte da Corporation e agora são os mais adorados dos fãs…) e depois então ser Reigns (heel apoiado pela Authority) vs Ambrose (apoiado pelos fãs) em vez disso vamos ter (acho eu), Reigns meio-apupado pelos fãs vs Dean Ambrose meio-aplaudido pelos fãs. Com aquele resultado a WWE provoca 2 problemas, continua a forçar os fãs a engolirem Reigns como a nova “cara” da WWE, quando por este caminho Rollins volta como Face, o Ambrose faz o heel e depois o Face turn e continuam a ser mais aplaudidos. E o 2º é este em que os Whyatt e os Brothers of Destruction estiveram/estão a tentar recuperar a credibilização que perderam nos PPVs passados em que todos perderam a sua mística em vez de rivalizarem entre si… Ou então o mais recente nas Divas em que a Paige faz uma promo a insultar a Becky Lynch e a Charlotte e elas unem-se a ela para atacar as Bellas… E ainda podia falar da estreia de Alberto Del Rio (que já vou falar mais á frente).

Difícil actualização e consequente falta de Star Power

Aqui a WWE, mesmo que quisesse colocar mais agressividade…

Não é por aí… o que eu me referia era ao facto do Wrestling ter evoluído, assim como os fãs, os fãs de anteriormente (também não havia Internet, mais não digo…) tinham como favoritos os mais “compostos”, mais tarde eram os que tinham uma personagem mais agressiva e conseguiam incentivar os fãs (Stone Cold e o próprio Cena quando se estreou) que eram considerados os melhores. Agora os fãs preferem algo mais técnico em ringue e que produzam um combate com maior tipo de manobras de conceito técnico (Daniel Bryan, que em termos técnicos é sem dúvida melhor que muitas lendas da WWE, Lesnar, Undertaker, Triple H, Hulk Hogan, Stone Cold, The Rock, etc.) o que dificulta a aceitação dos wrestlers mais consolidados como Orton (embora um RKO faça sempre a plateia levantar), Big Show e John Cena (muito fraco tecnicamente, mas não era isso que se pedia quando ele se tornou o melhor…), posto isto vemos a falta de inteligência da equipa “criativa” da WWE para criar novas estrelas que o estilo de wrestling se identifique com os fãs, temos exemplos de lutadores como Kofi Kingston, Cody Rhodes, Wade Barrett (este também não é dos melhores tecnicamente mais tem uma personagem bastante forte) que já deveriam estar no Main Event.

Conquistou um grande feito? Na se passa nada…

Existiam/existem poucos grandes feitos na WWE… Antigamente era visto como tal, Jericho vence The Rock e Stone Cold Steve Austin na mesma noite para se tornar Undistputed Champion… ainda hoje é falado nisso. Lá uns anitos atrás (2009 acho eu, não me lembro bem), CM Punk ganha por submissão ao Undertaker (Taker não desistiu, mas a derrota por submissão está lá…), passam o resto do mês como atracção principal, a histórica derrota de Undertaker…

Atualmente, tivemos a Streak abatida (e só não foi “esquecida” graças a Heyman), onde uma das vitórias Undertaker teve de se safar de um “Sweet chin music into a Pedrigree” para depois perder para um simples “F5″… não ele não atravessou uma mesa ou numa escada ou até um F5 a bater com a cabeça no poste ou até mesmo um Shooting Star Press depois de um F5… foi um F5 normal que acabou com uma streak de mais de 20 anos… Temos também (tal como em 2009) em que desta vez em não eram CM Punk e Undertaker, mas sim Rusev e John Cena, assim como Undertaker não é propriamente todos os dias que se vence o Cena por submissão (penso que nunca tinha acontecido antes) e Daniel Bryan teve que criar um novo finisher porque não podia vencer o Cena com “Yes!lock” de forma limpa, mas no entanto Rusev fê-lo e apenas foi mencionado uma vez por JBL e foi levado como uma simples derrota de John Cena, não se passou nada.

Mas não é só, vencer Cena de forma limpa por si só já é um grande feito… John Cena é conhecido por se safar aos 2 depois de vários finishers dos oponentes. Chega a altura de Alberto Del Rio, faz um Superkick e tá feito… Mais nada um gajo que nunca perde vai jobbar num PPV, nem uma cabeçada no poste, seguido do famoso Enziguri, para depois então concluir com o kick na cabeça e aproveitar para alegar uma possível de lesão no pescoço de Cena (mais uma) para justificar a ausência de Cena, mas pronto um grande feito ignorado… a “cara” que adora os fãs e a companhia vai de férias, ainda por cima sem invocar a sua cláusula de desforra… e depois ainda falam em Kayfabe.

Storylines

O principal problema da WWE para mim não é os combates, mas é claramente a falta de imaginação, inteligência, capacidade de TUDO por parte da equipa “criativa” da WWE para fazer uma storyline, os últimos anos da WWE basicamente resume-se a num mês 2 pessoas zangam-se, têm um combate (no caso de existir uma mudança de titulo o combate repete-se no mês seguinte sem grande desenvolvi-mento da zanga) e pronto no mês seguinte avança-se para outro oponente sem interessar se perdemos ou ganhámos, fazemos um reset e tá bom. Para quê existirem personagens se não são feitas histórias com elas para incentivar um combate, se pensarmos bem os combates de antigamente não eram assim tão melhores dos que temos agora nos PPVs, tinham era melhores promoções e mais incentivos para ver os combates. Ou seja, o Cesaro não é Main Eventer porque os executivos pensam que a sua personagem não é suficientemente atractiva, mas depois o produto resume-se a combates sem qualquer tipo de histórias minimamente construídas ou pensadas de forma cuidadosa que durem 2-3 meses (com excepção de lendas contra Part-timers), então porque não colocar Cesaro como campeão principal? Afinal não há ninguém neste momento na WWE que consiga fazer melhores combates que Cesaro, já que não existem histórias decentes (com excepção do que está a ser feito para este Survivor Series, que já devia ter começado a ser preparado mais cedo), para quê preocuparem-se com a personagem de Cesaro se o produto se resume ao que Cesaro tem de melhor?

Temos um exemplo de má história e organização quando olhamos para a “rivalidade” de Del Rio vs Swagger, como é possivel terem juntado Zeb Colter com Del Rio? Ainda por cima como heels e com um conceito em que é a união de 2 países, é suposto haver promos? como é que um Face faz uma promo contra este conceito sem ser apupado? Ainda por cima o Face em questão é um “All American American”, é suposto Swagger ser Face e racista ao mesmo tempo fazendo promos contra a Mex-America? Mais não vale a pena dizer.

Outra coisa também que me revolta é o facto de os comentadores serem uns inúteis quando têm das responsabilidades mais importantes que é elevar os lutadores e as histórias, anteriormente o Swagger seria retratado como o “All American American”, um campeão da ECW, US, MITB e WHC, agora é só um antigo WHC champion. Como já referi grandes feitos são retratados como se nada fosse. E um heel não é retratado como tal, quando se quer fazer um heel que é apoiado como Owens (mesmo assim ele consegue fazer para ser apupado) ou Rollins se quando ele faz alguma coisa heel, os comentadores não ficar a “bater na mesma tecla” enquanto o combate seguinte do mesmo decorre até os fãs repugnarem o acto do heel. Os comentadores têm uma função muito importante e não é só comentar o combate, o JBL e o Michael Cole do meu SvR2008 na PS2 fazem um trabalho mais interessante do que os que aparecem atualmente todas as semanas…

E foi isto…

Mais um “Roulette”, espero que tenham gostado, deixem os vossos nos comentários e escolham o tópico que gostariam de ver na próxima edição do Roulette (deixem sugestões para artigos futuros sff):

– Daniel Bryan vs Ryback (como já vos disse posso ser considerado um hater de Daniel Bryan, vou explicar o porquê e no final do artigo faço uma pequena comparação (minha) entre Daniel Bryan e o 2º mais odiado do site, Ryback). Como já tinha sido muito votado, decidi por outra vez.

– Outra Fantasy Story, desta vez como voltar a ECW.

– A sério, estou sem imaginação para temas XD, deixem sugestões, nem que seja de Top 10.

Obrigado a quem leu tudo, até para a semana :)

Sobre o Autor

43 Comentários

  1. Anónimo - há 1 ano

    Uma dica que não tem como intenção criar discórdias : Melhora a pontuação. É que a ausência de vírgulas, ou a colocação das mesmas mal,torna difícil a leitura.

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      De facto, Português nunca foi a minha disciplina preferida, como é óbvio tento sempre o melhor para exprimir as minhas ideias (mesmo que por vezes não consiga), por isso se existir alguma coisa que não tenhas percebido, comenta e eu tentarei com todo o gosto explicar-te.

  2. Vitor Oliveira - há 1 ano

    Excelente artigo, concordo com seu ponto de vista. Como sugestão tenho como é tão importante uma boa theme song na construção de um wrestler

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      Obrigado.
      os Nexus e o Alex Riley (quando largou o the Miz) tinham uma boa theme que combinava com as personagens e olha onde isso os levou…

  3. A derrota do Cena contra o Rusev não foi a primeira derrota por submissão do Cena ele ja perdeu antes e ja desistiu 3 vezes https://www.youtube.com/watch?v=nMDcunGGN_g
    E por favor escreve Wyatt corretamente ja estou farto de ver escrito Whyatt

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      Obrigado por colocares aqui as 3 derrotas (tinha um sensação que já tinha perdido um lá nos seus primeiros combates, mas como não me lembrava…), o Undertaker também não tenho a certeza se aquela foi a sua primeira submissão (se tiveres um video também mete), mas lá está não é todos os dias que Cena perde por submissão e foi um grande feito que foi ignorado (talvez a Lana devia ter feito como o Paul Heyman e referir aquele grande feito sempre que pegava no micro).
      Peço desculpa pelo erro de escrita, mas por vezes não consigo evitar, acho que fica melhor com “H”.

      • Acho que o Undertaker nunca perdeu por submission sem ser contra o CMPunk. O undertaker já desistiu duas vezes mas acabou por ganhar ambos os combates, um foi contra o Brock Lesnar e outro foi contra o Kurt Angle https://www.youtube.com/watch?v=qu2YFMvZwhc

      • Rui Dionisio - há 1 ano

        Ok, obrigado pelo acrescento então e sê bem-vindo a futuras edições.

  4. Bem companheiros, amo wrestling, amo certos personagens, tais como, dean ambrose, cesaro,owens, undertaker, cm punk, stone Cold…mas resolvir aceitar a crítica que Cm punk fez em 2011 , no seu mais famoso promo, não continuar investir em um produto de péssima qualidade. Por isso vou parar de seguir as notícias sobre este produto.
    Por que entendo que a wwe tem tudo para proporcionar aos fãs belos combates e boas histórias que resulta na elevação de superstas que comprovaram suas qualidades e capacidades e estão acima da média. Porém observo um comodismo por parte dos oficiais da empresa de ouvirem mais o clamor do público e também dos próprios lutadores( quando fazem ótimos promos, excelentes combates , boas conexões com o público estão protestando silenciosamente; na verdade estão afirmando que são os melhores). Cara, o que Ambrose precisa fazer mais para provar que é digno de um investimento sólido e inteligente por parte da wwe? Só para lembrar, ele é retratado como um amigo- escravo de Reins. Vejo isto no desenrolar da história envolvendo Roman e bray Wyatt que culminou na luta no Hell in a Cell. Onde o Ambrose nem lutou. E o Cesaro então! Talves seja o lutador mais apoiado pelos comentaristas da WWE. Não é aqui apenas que vejo pessoas querendo vôos mais altos para ele , também outros sites criticam pelo desperdício do cara. Lembro-me também do KO que poderia está sendo mais utilizado. Ele conquistou uma vitória limpa sobre o ”absoluto Cena”. Uma vitória assim sobre Cena é algo peculiar, estrondoso, impactante e por que não precioso para o vitorioso. Eu li análises claras e sólidas de comentaristas comprovando o que poderia ser feito para Owens ser elevado há grande estrela dentro do plantel de lutadores. Em outras palavras, amantes de Wrestling demonstrando claramente a oportunidade de ouro que os mandatários da empresa WWE tinham em mãos para ganhar mais dinheiro. E aproveitaram a ocasião( especialistas de Wrestling) para dar pitacos interessantes para uma construção de histórias para tal acontecesse. E o que falar da utilização medíocre e pobre que está sendo feito do personagem Bray Wyatt? O cara já demonstrou que se der uma boa sequencia de vitórias e uma boa história vai trazer um impacto duradouro e lucrativo para a empresa onde trabalha. Se estou falando mentiras é só ver seus combates com Cena, Roman e Dean Ambrose. O Shawn Michael disse certa vez que o Bray tinha condições de ser o cara da empresa. Ele falou isso quando tinha alguma função dentro da área de descobrir novos talentos para a empresa do Vince. Só para lembrar, o Shawn foi responsável direta ou indiretamente pela qualidade de ringue que o Daniel Bryan apresentou para os fãs da wwe. E o que falar do desperdício de aproveitamento do Cm Punk em 2013 e começo de 2014. Estou falando em falta de aproveitamento, por que em um dos vários rankings de melhores combates de 2013 ”O melhor do mundo” apareceu no primeiro e no terceiro ( 1o CM PUNK vs BROCK LESNAR E 3o CM PUNK vs UNDERTAKER).
    Sei que errar é humano. Porém, DEIXAR CONSCIENTEMENTE o erro ser um instrumento de trabalho no dia-a-dia acho que é uma falta de respeito com os fãs, com o que pensamos e queremos ver. Eu Aceito a idéia que nem tudo que pedimos deve ser feito. Afinal , a WWE é uma empresa de fins lucrativo, onde precisa caminhar pelo caminho que entende que é mais rendável. Mas ela está caminhando pelo caminho do comodismo, do uso do básico diante da falta de concorrência no mundo do Wrestling .
    Para inovar afim de elevar personagens talentosos envolve mais trabalho, mais ousadia e por fim riscos. Infelizmente, se não trilhar o caminho menos atrativo vão continuar perder fãs, continuará perdendo a chance de ter bons lutadores na empresa( Cm punk é a prova presente e Goldberg a prova do passado) e no futuro não tão próximo alguma mente genial e milionária criará ou investirá numa empresa de entretenimento capaz de oferecer riscos ao domínio que a WWE exerce. Amigos uma ”wcw mais inteligente e com bom investimento” não teria muitas barreiras para ganhar forças nas próximas décadas. Abraços para todos e obrigado pelo espaço para desabafar!!!!

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      wow… espero que não tenha sido o meu artigo a fazer-te tomar essa conclusão. concordo contigo que todos esses wrestlers deviam ser elevados, mas sinto que não devias deixar de ver uma coisa que sempre gostaste só porque tem estado mal. Neste mês a preparar o Survivor Series até têm feito mais coisas positivas que negativas, concordo com os teus argumentos. Discordo com o facto de quereres parar de ver Wrestling.

  5. Reigns one versus all - há 1 ano

    Bom artigo,Rui.

    Eu pessoalmente concordo contigo no geral.
    Começando pelo Kayfabe,será que a WWE ainda não percebeu que por mais que tente parecer,eles já não conseguem esconder a vida dos wrestlers da sua empresa e que hoje em dia tudo se sabe.
    Outra coisa também é a falta de storylines interessantes,que prendam os fãs ao ecrã,hoje em dia a WWE vive dos part-timers e lendas,mas o problema é que eles não duram para sempre e depois também é preciso criar novas estrelas de forma a gerar-se um novo ciclo de estrelas.

  6. JP - há 1 ano

    Excelente artigo, concordo com tudo o que disse.

  7. Fabio - há 1 ano

    Vejo wresling á cerca de 20 anos, e apesar de não ser nem de perto um especialista, mas apenas um curioso pelo espetáculo em questão, confesso que á cerca de 3/4 anos deixei de ser fã desse mesmo espetáculo. Perderam-se muitas coisas: os ícones, as historias, a credibilidade e respeito pelos protagonistas, e principalmente, a atitude. No teu texto acrescentava muitas mais coisas e com uma linguagem mais agressiva e critica, mas para um inicio, está um ponto de vista da qual compartilho!

    • Fabio - há 1 ano

      Ah, e é wrestling* lol

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      Os ícones só surgem se o que referiste depois existir, e também como as superstars são tratadas, tal como disse no artigo utilizei o exemplo do Swagger, mas também pode servir para os Dudley Boyz, quando voltaram, os comentadores deviam ter considerá-los como “deuses” da Tag Team division referindo noite após noite os seus feitos anteriores, o que até ia valorizar os New Day quando estes os vencessem.

      • Rui Dionisio - há 1 ano

        (continuação) Em vez disso foi do género “yey!! os Dudley estão de volta!! Eles são lendas!”, nem nº de titutos conquistados, nem grandes combates nem nada… os comentadores estão muito fraquinhos quando são fundamentais…

  8. tendeu - há 1 ano

    Daniel bryan melhor em ringue tecnicamente que undertaker??????? john cena fraco técnicamente????? você só pode estar cheirando a meia…. AREBABA!

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      quase que tiveste piada…
      Já agora o wrestler com mais agilidade, velocidade e High Flyer da WWE é o Big Show né?

  9. SCSA - há 1 ano

    Concordo com praticamente tudo aquilo que fui referido e não tendo muito mais a acrescentar em relação aos tópicos em questão vou apenas abordar os dois pontos em que não estou totalmente de acordo neste artigo:

    Muita gente fala que Roman Reigns não está preparado para ser a cara da companhia ou um main-eventer de topo e eu ate concordo com isso pois de fato ele ainda deixa muito a desejar para ombrear com pesos pesados como Orton, John Cena ou Brock Lesnar. Mas e o Cesaro tem condições para isso? Tal como referi anteriormente o Cesaro é do meu ponto de vista o melhor wrestler in ringue que a wwe possuiu atualmente superando até mesmo Daniel Bryan! Mas perguntou-me se isso é suficiente para chegar ao topo quando os mesmos defensores do suiço criticam reigns afirmando que as suas mic skills são muito fracas? E as do Cesaro são dignas de uma estrela de topo? Sinceramente não me parece fora a falta de carisma gritante que o suiço possuiu. Daí que a não ser que a sua personagem sofra remodelações e se torna mais cativante e quem sabe aliada a um excelente manager não consigo imaginar um Cesaro campeão mundial.

    Quanto ao segundo ponto em que não estou em sintonia remete para a tal mudança nos fãs abordada anteriormente relativamente à recente preferência por wrestlers mais tecnicos. É certo que isso se verifica nos shows e nos PPV e talvez seja mesmo uma tendencia a perdurar por varios anos mas de igual forma posso afirmar que a utilização do produto aquando os Rock, Austins, Angles ou HHH estavam no topo possuia muito mais seguidores e fãs do que aquilo que se verifica agora. O que garante que voltar a usar o produto nao traria de volta todos os fãs que deixaram de acompanhar o produto devido a estas tais mudanças que diga-se de passagem nao conseguem competir com as desses tempos? Não posso garantir nada porque nada no mundo é certo mas penso que um retorno a um produto de outras características e à utilização desses mesmos argumentos seria motivo mais que suficiente para as audiencias subirem e os verdadeiros fãs voltarem a acompanhar o produto. No fundo é isso que passa um pouco por todo o mundo e com conhecimento de causa conhece muita gente nessa mesma situação. Relembro até que aquando do primeiro retorno do The Rock para confrontar John Cena o que mais se via por essa internet fora eram pedidos de que o mesmo Great One trouxesse de volta a AE. Mas isto é só a minha opinião e como é logico respeito a tua.

    Saudações e excelente artigo.

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      Saudações e obrigado.

      Bem no meu artigo basicamente foi antes: Se Roman que é fraco no Mic-Skills merece ser a nova “cara” da WWE. Então qual é o problema do Cesaro ser Main Eventer numa empresa em que quase não existem histórias (ou seja não é necessário grande qualidade no Mic). Eu por acaso até concordo contigo e com a WWE, acho que o Cesaro não tem personagem (mic skills até acho que está melhor que Roman) para ser Main Eventer, apesar de para mim ser o que consegue proporcionar um maior número de combates de qualidade na atualidade. Mas lá está onde existem poucas histórias, a personagem quase que não interessa…

      Enganaste-te no 2º ponto, os fãs (pelo menos todos) não deixaram de ver WWE, pois os fãs da WWE são mais de 60% + de 18. A técnica é um fator apenas do combate. Os restantes problemas a que te referes é referente á falta de capacidade da equipa “criativa” da WWE de fazer uma storyline intensa que consiga meter toda a gente com vontade de ver 2 superstars á porrada como antigamente.

  10. Sheamus Lesnar - há 1 ano

    Gostei

  11. Flw tudo, a WWE é muito sem sentido.

  12. Marques - há 1 ano

    Outras coisas que têm de mudar:
    Má utilização das lendas.
    Utilização desnecessária de não wrestlers ( tens o exemplo do Rooney, detestei aquilo, o Barrett foi humilhado no seu próprio país).
    Trocas constantes de vitorias e derrotas no mid-card.
    Tentar fazer de conta que certas coisas não aconteceram.
    Sobrepor o Cena a toda a gente, até ao campeão mundial ( que deveria ser o centro das atenções).
    Obrigar as pessoas a engolir determinado wrestler quando têm outros que são legitimamente adorados mas que nunca têm uma oportunidade.
    Nunca dar o passo decisivo na criação de uma estrela (o caso do Bray Wyatt e do cesaro).
    Hipocrisia nos bastidores.
    Demasiados combates aleatórios.
    O King Of The Ring e o Mr MITB a jobbar e sem credibilidade nenhuma.
    Matar o ímpeto dos lutadores( Cesaro, Barrett, Zack Ryder, etc).
    Divisão das mulheres sem rumo.
    Visão antiquada do Vince.
    Big Show ( Com todo o respeito que tenho por ele)
    Carga horária demasiado pesada, o que aumenta o risco de lesões.
    Os bookers.
    O ego do Triple H e da Stephanie.

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      Olá.
      1 – Concordo as lendas deveriam ganhar um PPV para ganhar ímpeto e relembrar o porquê de serem lendas e depois utilizarem esse ímpeto para perder numa boa história contra um talento a elevar.
      2 – Discordo totalmente, Barrett é heel e quem o agrediu foi ícone da cidade de Machester (Rooney) que é muito popular e acabou por sair nas notícias o que aumentou a popularidade do King Barrett.
      3 – Eu acho que isso é fantochada… são sempre os mesmos que perdem.
      4 – está no artigo.
      5 – Se achas isso é porque o Cena como US Champion te criou mais interesse que o Rollins com o titulo principal.
      6 e 7 – Essa para mim foi só hate contra o Reigns… e o 7 está no artigo, não existem storylines.
      9, 10, 11, 14 e 15 – o booking (assim como o resto que referiste) também foi referido no artigo… (tu leste o artigo?)
      13 – Coitado… ele é um veterano e um gigante podia ser usado para elevar talentos do mid-card.
      8, 12 e 16 – isso já são coisas á parte…

      • Marques - há 1 ano

        Em termos de carreira no wrestling aquilo não vai ajudar nada o Barrett, a não ser que acabe por conseguir vingança como ele próprio prometeu.

        É normal que o reinado do Cena tenha criado mais interesse que o do Rollins, foi muito melhor bookado e não te esqueças que o Cena venceu o Rollins limpo 3 vezes enquanto que o Rollins apenas o venceu uma vez e foi da maneira que foi.

        Não são sempre os mesmos que perdem. O Ziggler, o Rusev, o Neville, etc não saem da cepa torta devido a uma troca exagerada de vitórias e derrotas, normalmente quem ganha no RAW perde no pay per view. Tens o exemplo do combate de six man tag no Hell in Cell.

        Isto não é hate contra o Reings é apenas a verdade. Tens muitos potenciais babyfaces melhores do que ele. O Reings até poderá vir a ser um grande face mas primeiro terá que conquistar e convencer as pessoas, o heel turn é a única ideia que me ocorre para provar que tem potencial e que consegue conquistar a plateia.

        Eu tenho bastante respeito pelo Big Show mas o homem já foi tão desvalorizado que é difícil elevar alguém, mas se ainda conseguirem tirar alguma coisa do homem estou totalmente a favor que fique. O mesmo se aplica, por exemplo, ao Kane.

        Quanto às partes que se encontravam no artigo peço desculpa, foi distração e também algum entusiasmo meu.

  13. Acho que a pior parte é os grandes feitos serem vistos como nada. The Miz, Swagger, Ziggler, khali e Henry, todos esse ganharam o título mundial (que o objetivo de todos que estão no Roster) e mesmo assim hj em dia são vistos como jobbers ou mid cards. O fato do The Miz que hj em dia é um nada, ter ganho o WWE WHC, tira bastante o prestígio histórico do título.

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      Isso por acaso foi um ponto que me esqueci XD. A WWE frequentemente deixa pessoas desaparecerem depois de receberem um push sem qualquer razão (Barrett, Ryder e Cody Rhodes por exemplo), nos nomes que referiste, no caso de The Miz, Ziggler e Mark Henry foi simplesmente o momento alto de carreira deles agora devem/deviam ficar como up mid-carders, visto que só o Ziggler se encontra nessa posição concordo contigo. No caso de Khali penso que tenha sido um simples erro de casting, para ele o momento mais alto da carreira devia ser um titulo secundário. O Swagger já todos sabemos que foi por causa de má conduta profissional.

  14. Superman Punch - há 1 ano

    Excelente artigo!
    Continua assim. So precisas de mudar a colocaçao de vírgulas

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      Obrigado.
      Vou tentar mas não garanto nada, como sou eu que escrevo para mim é fácil de ler tendo vírgulas bem colocadas ou não XD.

  15. Mateus Lavesso - há 1 ano

    Excelente artigo!Concordo com vc em tudo!
    Gostaria q em um futuro artigo vc fale sobre qual seria a forma adequada da WWE usar superastros como Ambrose, Neville, Owens, Cesaro,quais titulos poderiam ganhar,etc.

  16. Concordo com tudo. Em especial sobre a equipe “criativa” da WWE que de criatividade, NÃO tem quase nada.

  17. Fabio Zonatto - há 1 ano

    Excelente conteúdo, sou levado a concordar com tudo mesmo. Eu gostaria tanto que o que já sabemos que está errado fosse corrigido pela WWE, que tem em mãos as ferramentas para criarem um grande entretenimento e só nos dão estas mediocridades…

    • Rui Dionisio - há 1 ano

      Obrigado.
      A preparação que o Survivor Series está a receber até tem estado razoável, com algumas coisas que podiam ter sido evitadas ou melhoradas mas pronto tendo em conta o que têm estado a fazer o ano todo, até não tá mau :)

  18. NobodyIsBetterThanDanielBryan! - há 1 ano

    Daniel Bryan vs Ryback Seria awesome xD

    Grande artigo bro!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador