Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Sharpshooter #18 – Long Island Iced-Z

Olá, pessoal do Sharpshooter, primeiramente quero desejar descanso a alma de Matt Osborne, responsável por fazer o personagem Doink the Clown nos anos 90. O artigo desta semana irá tratar de Zack Ryder, da carreira e aproveitamento deste superstar um pouco difícil de falar por causar várias opiniões dentro do Wrestling, onde alguns o defendem e outros não.

Zack Ryder sempre trabalhou como tag-team junto com Curt Hawkins nos circuitos independentes, inclusive quando ambos entraram na WWE em 2006, mas apenas no ano seguinte entraram no Roster principal da companhia, quando formaram a tag-team denominada no primeiro momento, de Major Brothers.

No Armageddon de 2007, Curt Hawkins e Zack Ryder entraram imitando o Edge, quando interferiram no main-event do pay-per-view que era uma Triple Threat Match pelo World Heavyweight Championship, entre Edge, Batista e Undertaker. Hawkins e Ryder interferiram no combate a favor de Edge, ajudando-o a ganhar. Neste momento, Curt Hawkins e Zack Ryder se tornaram os Edgeheads, formando junto Edge, Chavo Guerrero e Vickie Guerrero a stable La Familia.

O grande momento da dupla foi no Great American Bash de 2008, quando acabaram com o reinado de uma das melhores duplas dos últimos tempos, John Morrison e The Miz; venceram em uma Fatal 4-Way que incluíam: Finlay e Hornswoogle e Jesse e Festus. Ganharam se tornando os mais jovens a ganharem o WWE Tag Team Championship. O reinado da dupla iria acabar dois meses depois, quando perderam os cinturões para Primo e Carlito.

A equipe se separou em 2009, quando ocorreu o WWE Draft e Zack Ryder foi transferido para o ECW. Na ECW, Ryder ganhou uma battle-royal de dez homens para o Number One Contender do ECW Championship, mas, sem sucesso, ele perdeu para Christian na semana seguinte.

No mesmo ano, com o fim do ECW, Ryder foi transferido para a Raw juntamente com Rosa Mendes, no primeiro combate do mesmo na Raw, ele perdeu para MVP em uma luta classificatória para o Money in the Bank da WrestleMania XXVI. Mesmo assim, ele participou do pay-per-view com a 26-Battle Royal do evento, em que foi eliminado pelo vencedor: Yoshi Tatsu. Ryder lutava com Rosa Mendes ao seu lado, até Rosa ser “draftada” para o SmackDown, em 2010.

Ryder teve uma pequena feud com Evan Bourne, na primeira luta entre eles, Alicia Fox chegou ao ringue para interferir a favor de Ryder, mas Gail Kim o parou, fazendo com que Evan Bourne vencesse. Este fato causou uma Mixed Tag Team Match entre as duplas, na qual Evan Bourne e Gail Kim ganharam. O que poderia ter seguido um pouco mais longe, terminou quando Ryder venceu Bourne em um Superstars.

Na edição da Raw de 23/08/10, Sheamus escolheu Zack Ryder como adversário a WWE Championship, o combate começou a Sheamus aplicou o Brogue Kick e ganhou a luta. O combate foi muito semelhante ao de Sheamus e Daniel Bryan na WrestleMania XXVIII, mas contra Zack Ryder, teve apenas onze segundos, sendo o combate mais rápido pelo WWE Championship na história. No mesmo ano, Zack Ryder ganharia um Slammy Award, por bordão mais irritante.

Em 2011, Zack Ryder criaria uma websérie no YouTube chamada Z! True Long Island History, por estar insatisfeito sendo mal usado na televisão. A série se popularizou, fez com as camisetas de Ryder esgotassem sem ele aparecer nos shows semanais. Isto fez com que o público chamasse Zack Ryder nos shows, querendo que ele viesse lutar.

Entre Abril e Julho de 2011, Ryder aparecia com frequência nos programas, principalmente nos backstages com John Cena. No mesmo ano, ele teria uma rivalidade com Dolph Ziggler pelo United States Championship, onde o mesmo ganhou em um ótimo combate do TLC de 2011, onde Ryder venceu após o Rough Ryder, sendo seu primeiro título individual em todas as promoções de Wrestling em que esteve.

O que se esperava muito de um grande reinado para Zack Ryder, teve um fim lamentável. Como Zack era amigo de John Cena, ele também era atacado por Kane, o que ocasionou uma “lesão” nas costelas. Em um episódio do SmackDown, Ryder perdeu o United States Championship para Jack Swagger, terminando o reinado em menos de um mês.

No ano passado, Zack Ryder apenas teve a perda do cinturão, venceu a Battle-royal e se tornou gerente geral do SmackDown por um episódio (chamado de ZackDown) e teve um combate pelo United States Championship contra Antonio Cesaro, que saiu derrotado. De lá pra cá, Zack Ryder não vem sendo aproveitado pela WWE.

A questão é que, Ryder não possui uma grande gimnick, precisa melhorar as mic-skills, mas consegue cativar o público com as mesmas. Na minha opinião, Zack Ryder possui talento dentro do ringue e pelo que vemos, não sabemos se um dia ele será realmente aproveitado pela WWE e o que ele fez para não ser melhor aproveitado.

Perguntas

1 – Achas que um dia veremos Ryder com um grande mid-carder?
2 – Acreditas que uma mudança de personagem contribuiria para um push?
3 – Darias um push a Zack Ryder? Como?
4 – A volta de uma tag dele com Curt Hawkins contribuiria para um push?
5 – Qual sua opinião sobre Ryder?

Espero que gostem e comentem, estou aberto a sugestões!

Sobre o Autor

- Curitibano, brasileiro e torcedor do Grêmio Foot-ball Porto Alegrense e colaborador no WPT, como escritor do quadro Sharpshooter. A quem gostar dos artigos e quiser me adcionar ao Facebook para ter mais de Wrestling e demais assuntos do nosso cotidiano, sinta-se à vontade! Apenas procure por: Bruno do Nascimento Costa. Peço apenas que, caso adicione, me mande uma mensagem, se identificando como leitor assíduo do WPT.

27 Comentários

  1. Enigma - há 3 anos

    Bom artigo.

    Não vejo futuro nele.

  2. Rubinho16@ - há 3 anos

    Muito bom artigo! Em tempos, Ryder chegou a ser um dos meus preferidos (quando fazia parte da “La Familia”) mas desde então tem vindo a descer na minha consideração.

    1 – Sinceramente não sei se chegaremos a vê-lo como um grande mid-carder, mas que tem qualidade para isso tem, talvez com outro tipo de gimmick …

    2 – Sim acredito, como referi na pergunta 1. Apesar da gimmick de Ryder conseguir ligá-lo ao público, este não tem muito carisma e mau ao micro.

    3 – Sim eu daria um push ao Ryder, apostando nele na divisão de tag team, talvez reformando a team com Hawkins ou criando uma nova, talvez com Riley ou Dibiase, demaneira a Ryder vencer os títulos de team. Iria conseguir algum destaque, depois havia vários caminhos a seguir depois disso, mas eu daria-lhe um bom reinado como equipa e depois fazia o heel turn, traindo o parceiro e vencendo os títulos com outro (parceiro).

    4 – Sim, poderia ser bom para voltar a por os dois nos shows semanais, mas considero o Hawkins um pouco melhor que Ryder dentre de ringue e por isso preferia que este seguisse a sua carreira individual.

    5 – Já mencionei esta resposta nas perguntas acima, tem pouco carisma e más mic-skills, no entanto recebe muito pop e tem ligação com os fãs e é competente dentro de ringue.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Simplesmente concordo Rubinho, Ryder tem uma grande ligação com os fãs principalmente com a Internet. Carisma acredito eu que tenha, mas não mic-skills relevantes. Quem sabe, com o tempo, ele não pudesse se tornar um bom talento individual?

      Talento ele tem, falta oportunidades…

  3. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Não espera que alguém fizesse um artigo de Rydder nesta altura!

    1 – Achas que um dia veremos Ryder com um grande mid-carder?
    Sinceramente…não!
    2 – Acreditas que uma mudança de personagem contribuiria para um push?
    Sinceramente…não!
    3 – Darias um push a Zack Ryder? Como?
    não quero ser repetitivo…mas não
    4 – A volta de uma tag dele com Curt Hawkins contribuiria para um push?
    Ai acredito que conseguia ter mais alguma relevancia a sua personagem, pois quando ele era um “Edge Heads” era bem melhor do que é agora
    5 – Qual sua opinião sobre Ryder?
    Não sou grande fá!

  4. Fernando Martinho - há 3 anos

    1- No máximo, creio que será um bom mid-carder, mas necessita de mudar de gimnick para tal (pergunta 2).
    3 – Sim, daria, mas apenas para mudar a personagem (tornar-se no vamente hell, preferencialmente junto a Curt Hawkins.
    5 – Pessoalmente, não me agrada muito, pelo que tem mesmo de mudar de personagem.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Sim, uma mudança de personagem, mais interessante, poderia contribuir com um “push”, esta gimnick dele não passa de um low-card. Poderia continuar com a Internet ao lado, mas com uma personagem mais interessante.

  5. don_ricardo_corleone - há 3 anos

    Na minha opinião o Zack Ryder não está a ser mal aproveitado. Simplesmente ele não é tão bom como pensa, nem tão mau como a WWE o faz. O Ryder não poderá aspirar a muito mais do que ser membro de uma tag team ou um low mid card. Comparo-o aos mebros dos Cryme Tyme ou aos Usos. Ele poderia fazer parte de uma grande tag team, fosse com Curt Hawkins, fosse com outro qualquer, mais que isso não. Não quando existe Antonio Cesaro, Drew McIntyre, Dean Ambrose, Roman Reigns, Seth Rollins, e muitos outros de grande qualidade perdidos no mid card, ou ainda no NXT, com muito mais qualidade que o Zack Ryder. O que não tem nada de mal, nem todos podem ser main eventers.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Sim, nem sempre todos podem ser, mas gostaria de ver Zack como um bom mid-carder da companhia, que fosse pelo menos um pouco mais aproveitado pela WWE, de uma maneira melhor das quais vemos hoje.

  6. Frederico_WWE - há 3 anos

    Zack Ryder… e Bo Dallas comigo já estavam a virar frangos… nunca gostei do Ryder tem uma gimmick patética demais e mt associado a redes sociais e tal o Eugene ao pé dele é um MONSTRO de qualidade.

    • danielLP21 - há 3 anos

      O Zack Ryder tem talento. Só não vê quem não quer… O problema é “gimmick” dele. Em tempos, ele fez parte da minha equipa favorita na WWE, e não era só por “andarem” com o Edge. A equipa Hawkins/Ryder era tremendamente boa, já desde os tempos dos Major Brothers… Saudades desses tempos.

      • don_ricardo_corleone - há 3 anos

        Lá está, é como o JTG e o Shad Gaspard, como tag team foram do melhor que existiu na WWE, mas individualmente servem para muito pouco.

      • FábioVaz - há 3 anos

        Comparar Ryder commo Bo Dallas pra mim é equívico. Bo é extremamente inesperiente e Ryder ja provou que tem algum valor

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Pois e pegavas no Zack Ryder e fazias o quê com ele? Ele só serve pa tag teams… para lutador a solo com aquela gimmick foleira ele é miserável.

        Atenção que só comparei Bo Dallas com Zack Ryder a nível de serem gajos na minha opinião altamente desinteressantes e chatos… no resto o Ryder tem mais talento que o “Vou dá las”.

      • danielLP21 - há 3 anos

        E se só servir para tag-teams? Que tem isso de mal? Não era o primeiro e não seria o último.

        E acho que estás a exagerar. Estás a centrar-te apenas nesta “gimmick”, mas a verdade é que ele já mostrou que tem talento em ringue, mesmo como wrestler individual.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Sim, até como o DanielLP21, já disse, talento o Zack Ryder tem. Zack Ryder, com algumas mudanças na personagem poderia se tornar um bom mid-carder, ele poderia ser melhor aproveitado da forma que vem sendo. Gostaria de vê-lo até mesmo em feuds pelo United States Championhip ou pelo Tag Team Championship (com Hawkins ou mais alguém que se enquadre junto com ele).

  7. MicaelDuarte - há 3 anos

    Não sei se ele conseguirá ir muito mais longe, mas acho que poderia ser melhor aproveitado. Ele em 2009 na ECW como heel até era interessante.

    A meu ver, uma mudança de gimmick e pô-lo a heel seria o ideal.

    Ainda estou a tentar perceber o porquê de alguém como o Curt Hawkins não ser igualmente aproveitado com o talento em ringue que ele possui. Porque não juntá-los novamente como tag-team? Acho que, por agora, seria o melhor a fazer…

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Sim, um heel poderia até ser interessante, mas acredito que jamais Ryder volte a se tornar heel, principalmente pelo fato do mesmo ter muitas influências na Internet e os fãs gostarem muito dele.

      É fácil ver a influência dele na Internet, ele quase não aparece nos shows semanais e é o quinto superstar com maior número de seguidores no Twitter, fora o Slammy Award que ele ganhou ano passado por causa do Z! True.

  8. LuisMPBO - há 3 anos

    Pessoalmente não gosto la muito do Ryder. Acho que ele merece o mid card mas sem que lhe seja dada muita atenção ou títulos. Basicamente, ficar no low mid card, um bocadinho acima do seu estatuto atual. Ele e razoável no ringue e tem algum carisma, não muito, algum. Mic skills e para esquecer.
    Tendo em conta a sua situação atual e a forma como tem sido bookado, não acredito que alguma vez volte a deixar de ser um jobber. Com sorte, ate abandonar a WWE continua a ser o jobber mais adorado pelo publico.
    Não acredito que uma mudança de personagem ajude e a tag com Hawkins certamente nunca mais voltara.
    Ele não e mau de todo, mas, a meu ver, não tem o que e preciso para que lhe seja dada mais importância.
    Ainda assim, sempre e melhor que o Bo Dallas e que o Eugene LOL

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Sim, um mid-carder para Ryder é o ideal. Quem sabe uma vez ou outra lutar (e ganhar) títulos secundários. Como já disse a outros, talento Ryder tem, mas falta oportunidades a ele.

  9. FábioVaz - há 3 anos

    Muito bom Bruno.

    Querendo ou nao Ryder é um lutador que tem influencia, o publico gosta dele, e ele tem muitos seguidores no twiiter.

    1 – Achas que um dia veremos Ryder com um grande mid-carder?
    Ele tem potencial pra isso mas a WWE nao irá aproveita-lo, pelo menos penso que nao.

    2 – Acreditas que uma mudança de personagem contribuiria para um push?
    É dificil pensar num Zack Ryder com uma atitude diferente da atual.

    3 – Darias um push a Zack Ryder? Como?
    Sinceramente acho que ele podia fazer dupla com alguem bom do mid card, aí sim ele poderia aparecer com mais destaque.

    4 – A volta de uma tag dele com Curt Hawkins contribuiria para um push?
    Nao, Curt é mais ofuscado que ele, nao ajudaria em nada.

    5 – Qual sua opinião sobre Ryder?
    Bom

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Com certeza, Fábio. Ryder tem influência e apoio dos fãs, ele tem potencial para um mid-carder e torço para a WWE reconhecer isto um dia, não queria ver Ryder terminar no low-card e ser despedido daqui alguns anos. Talento ele tem, falta oportunidades.

  10. El Shaarawy - há 3 anos

    O Ryder a meu ver nem é bom nem é mal!! Há muito piores e também há muito melhores e sim dava para um midcard nao mais que isso!! Mas acho que antes de sequer pensarem em dar um push ao Ryder que o deiam a que realmente merece como o drew, o dibiase, o riley, o kidd ou o Hunico!

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Concordo que há melhores e que Ryder daria um bom mid-carder. Uma boa forma seria elevar o Ryder antes dos citados, fazendo com que Ryder e outros supertars pudessem elevar McIntyre, Cesaro e outros ao mid-carder e possivelmente, ao main-event. Ryder poderia ajudar a desenvolver!

  11. FAlmeida_10 - há 3 anos

    Bom artigo Bruno. Fizeste nos um artigo de um wrestler “pouco popular” quando falamos de nomes de futuro na empresa contudo, seria crime contestar o seu talento.

    Aquele período Pre-TLC, e TLC, apontavam-se como sendo uma “revolução” na carreira de Ryder. “Revolução” essa toda por mérito de Ryder, devido ao Z! True Long Island History mas mais pela ligação incrível que ele tinha com os fãs. Mas a WWE queimou-lhe o ímpeto todo quando atirou com ele para o meio da feud do “Kane vs Cena”. Talento ele tem, para Main Eventer não digo mas daria um bom Mid-Carder.

    • AwesomeTheMiz - há 3 anos

      Exatamente, FAlmeida_10, ele já podia estar lutando bem no mid-carder, mas a WWE só vem colocando em squashes-mathces, e o pior, não tem tempo de desenvolver a personagem e não mostra mais do seu talento. Realmente uma pena!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador