Showstopper #28 – O que melhorar na WWE

Sejam bem-vindos à edição Natalícia do Showstopper! Esta semana vou falar sobre o que se poderia melhorar na WWE, um leitor pediu para comentar vários aspectos e é isso que vou fazer.

Nos anos 80 e 90 uma parte importantíssima no Wrestling eram os managers, e visto o excelente trabalho que Vickie Guerreiro tem vindo a fazer ao longo dos últimos anos, era algo em que se podia apostar, trazendo velhas glórias, que é sempre bom de rever, trabalharem como managers.

Nos últimos tempos assistimos cada vez mais a feuds entre comentadores e wrestlers, quando se trata de como está a acontecer neste momento entre Booker T e Cody Rhodes até me agrada, pois temos a oportunidade de voltar a ver Booker T no ringue, ele foi e ainda é um grande wrestler, agora quando as feuds são entre um comentador que de wrestling percebe pouco, caso de Cole, ai já não me agrada nada, pois o combate está condenado à partida.

Há uma enorme falta de heels na WWE, penso que o ultimo grande heel que houve foi Triple H em 2004, em que era duro e não deixava ninguém intrometer-se entre ele e o seu título, actualmente não existe ninguém que meta esse tipo de agressividade e respeito no ringue, e a WWE perde muito com isso.

As divas é um caso bicudo dentro da empresa…parece que os responsáveis não as vêm como wrestlers mas sim como mero entretenimento, só que nem isso elas têm conseguido junto dos verdadeiros fãs de wrestling. A WWE precisa manter Beth, Natalya, Fox e kharma quando esta voltar, e contratar Mickie James, Victoria (Tara), Gail Kim (essa não volta mais), ODB, Miss Jackie, e Melina (esta também acho que nunca mais) estas são só algumas das mais conhecidas, há muitas nas indies que lutam brutalmente, e assim conseguiria aliar a beleza que tanto gosta com um bom nível de wrestling praticado.

Valorizar os títulos secundários, como o Tag, US e Inter, se bem que penso que estão no caminho certo, Cody tem sido um excelente campeão, o US tem sido bem disputado e a divisão Tag parece estar a ressurgir com Air Boom, Usos e Primo & Epico, já temos 3 boas Tags que darão para começar a fazer uns bons combates.

Mas penso que o maior erro da WWE nos últimos anos foi os PPV Interbrand, pois isso tira espaço aos títulos secundários e a feuds que poderiam ter outro destaque, lembro-me quando um PPV era apenas de uma brand, primeiro havia 2 meses para preparar as feuds, agora é apenas 3 ou 4 semanas o que é pouquíssimo para desenvolver algo de jeito, e depois havia espaço para todos, existia sempre o main event pelo titulo máximo, depois havia o combate pelo Inter ou US que tinha sempre boas feuds, de seguida o combate Tag e depois ainda havia espaço para mais 3 ou 4 combates sem títulos em jogos, mas com grandes storylines por trás. Isso actualmente não acontece, e a prova é que em muitas ocasiões alguns títulos nem são disputados em PPV´s, descredibilizando-os. O mais grave é uma grande parte dos wreslers ficar sem espaço de manobra e acabar em despedimento.

Parece que a wwe desistiu de Brodus Clay… sem comentários, andaram a eleva-lo contra jobbers, publicidade de regresso na Raw e acaba assim? Este é o maior exemplo de que algo não vai bem na equipa criativa e alguém terá de ser responsabilizado!

Portanto, as medidas que acho que a wwe deveria tomar para 2012 seria:
– Cada wrestler lutar apenas na sua brand (Raw ou SmackDown);
– Tornar os PPVs apenas de uma brand como antigamente;
– Continuar a apostar nos títulos secundários (Tag, US e Inter);
– Remodelar a divisão feminina;
– Apostar em Managers;
– Apostar em alguém apenas quando há planos a longo prazo.

Desejo um Feliz Natal a todos, para terminar deixo-vos um vídeo, até para a semana! ;)

Sobre o Autor

22 Comentários

  1. Frederico_WWE - há 5 anos

    Em primeiro lugar parabéns e agradeço teres lido o meu comentário e teres concordado comigo em aceitar falar nestes assuntos absolutamente oportunos a meu ver dado que o artigo que li era sobre o que fazer para 2012 e é muito nisto que a wwe se deveria centrar quanto a mim se quer melhorar:
    Então além do que falaste eu também vou recordar o meu comentário das medidas a tomar e algumas delas falaste e muito bem.
    Já agora aquele Triple H de 2004 era uma coisa brutal mesmo.
    1 – Mais managers como Vickie Guerrero ela tem ajudado muito Dolph Ziggler que através dela é muito odiado o que o tem levado a se solidificar como um heel de qualidade.
    Michael Cole ou Matt Striker para managers eram boas ideias.
    2 – Mais feuds de faces contra faces um heel contra heel para o público não funciona muito bem e face contra heel já é uma prática comum.
    Por exemplo Christian e Randy Orton tiveram uma rivalidade muito boa ambos eram faces ao inicio mas Christian virou heel uma boa jogada da wwe creio.
    3 – Comentadores fora de storylines: em 2011 vimos Michael Cole vs Jerry Lawler na Wrestlemania 27, Cole rivalizar com Jim Ross e Booker T ficando no ringue para uma disputa com Cody Rhodes é exagerado parece me.
    4 – Heels mais fortes que tenham atitude que não sejam cobardes que adoptem mais agressividade que sejam como o Kane quando é heel ou o Undertaker que não recuem das lutas e que não ganhem quase sempre por batota.
    Alberto del Rio e Christian foram heels muito cobardes não é bom isso.
    5 – Acabar com esta ideia de Divas serem bonecas de porcelana hoje torna – se difícil distinguir Kelly Kelly, Alicia Fox ou Eve Torres?
    Caminham para o ringue com um sorriso rasgado, mal falam e ainda mal sabem lutar, adoptem nova personalidade/ gimnick.
    6 – Parar de ignorar alguns títulos, Air Boom desde a suspensão de Bourne parece que os títulos de Tag Team desapareceram, mais Cody Rhodes queria impulsionar o Intercontinental Title mas já não o defende desde 2 de Outubro no Hell in a Cell enfim…
    7 – Abrir os shows da RAW e SMACKDOWN com bons combates que prendam os espectadores sem ser sempre com promos algumas delas longas e chatas.
    Randy Orton vs Cody Rhodes num Street Fight foi óptimo para começar um show não foi?
    Os PPV por exemplo começam com bons combates e sem promos.
    8 – Randy Orton a heel na wwe não há neste momento um heel de topo pode ser que Kane seja? Sim. Se será? Vamos ver.
    Miz e Del Rio ou Mark Henry não estão no topo ainda, Randy Orton está ponham no a heel.
    9 – Planear as feuds a longo prazo sem ter que tar a reescrever pouco a pouco.
    Se planeiam a RAW no dia em que esta vai dar como vão planear feuds longas para 3 meses?
    10 – PPV’s a mais na wwe? A empresa precisa chegar a um modelo completamente novo e há uma série de rumores s sobre o que pode acontecer quando a Rede WWE for lançada, em 2012.
    PPV’s por ano são 13 e será muito este número e o preço dos bilhetes é muito caro e a crise afasta muita gente.

    A WWE já está a prever que as vendas do TLC serão muito baixas quando este PPV tem tudo para ser muito bom por alguma coisa já estão a prever isso.
    11 – Um aspecto para mim gritante:
    A Raw SuperShow torna a divisão das brands sem sentido e olhem para Kane foi lesionado em Julho na SmackDown e volta para a Raw e Big Show era da Raw tecnicamente e agora envolve – se na feud de topo na SmackDown.
    A extensão da marca é importante que se mantenha.
    Remodelar as brands no WWE Draft se faz favor tio Vince.
    12 – Não há desporto nenhum em que imaginemos uma equipa perde e tem direito a um re match, portanto serve para estender feuds mas acho que quem perde tem que ir há procura de outras feuds embora eu entenda e até gosto que um lutador mereça lutar pelo titulo tendo a sua desforra, mas apenas uma desforra.
    Se houvesse mais main events de qualidade Alberto del Rio não andava há vários PPV’s seguidos a lutar contra CM Punk.
    Hell in a Cell, Survivor Series, TLC, tirando pelo meio o Vengeance.
    Bom Natal para ti e para os teus e aquela Divas Christmas Bikini Contest foi demais eu ri me imenso isto já foi ha uns 4 ou 5 anos e num PPV ainda por cima o Armaggedon.

  2. Em relação as tuas medidas para 2012 no geral concordo com elas.

    – Cada wrestler lutar apenas na sua brand (Raw ou SmackDown);

    Se houve coisas que discordo muito desde que foram promovidas foi o fim da brand split, estava visto á partida que iria prejudicar certos lutadores. Na altura escrevi um artigo a falar disso e não é so os lutadores que saiem prejudicados. Portanto sou a favor com o regresso da brand split.

    – Tornar os PPVs apenas de uma brand como antigamente;

    No caso dos PPV´s uma das coisas que não concordo é um mês de outubro ter dois eventos, ás vezes a WWE já falha em certos aspectos quando tem um PPV mensal, imagina quando tem dois e nenhum dos dois eventos ganha com isso. Percebo a tua ideia ao dizeres que seria melhor haver ppv´s só de uma brand mas se a WWE decidiu acabar com a brand split muito dificilmente acatara esta medida.

    – Continuar a apostar nos títulos secundários (Tag, US e Inter);

    Nisto tenho que concordar plenamente. Se á coisa que eu defendo é que nenhum título merece ser descridibilizado e deviam estar sempre no topo e concordo que estão no bom caminho para isso.

    – Remodelar a divisão feminina;

    Concordo também. A maior parte da divisão actual é só divas e o que a WWE realmente precisa é de lutadoras. E é bem verdade que as Indies estão recheadas de excelentes talentos. E á certas lutadoras que gostava de ver na WWE mas só em caso de melhorias da divisão. Entre as minhas favoritas Sara Del Rey, mas tambem tem lutadoras como Daizee Hazee e Madison Eagle. E claro que esses nomes que referiste no teu texto a maioria a WWE nunca devia ter deixado sair mas enfim, ganhou a TNA com isso.

    – Apostar em Managers;

    Em certos lutadores isso seria fantastico, até porque em certos pontos por exemplo um lutador é muito bom em ringue mas no micro não impressiona e este é um dos aspectos importantes e sim a Vickie tem feito um trabalho incrivel e o melhor é que consegue fazer com que o público a deteste a serio o que só mostra o que realmente vale o trabalho dela.

    – Apostar em alguém apenas quando há planos a longo prazo.

    O caso do Brodus eu estava bastante curioso em relação aos planos para ele mas a WWE falhou gravemente. Promover a destruição durantes muitas semanas seguidas no Superstars e promover o regresso numa brand como a Raw, prometia mas falhou quando não o fizeram. E sinceramente não me acredito que voltem a ter grandes planos para ele. É só mais um que vai regressar mas é ao Superstars, e se regressar.

    Bom texto e também te desejo um FELIZ NATAL!

  3. Frederico_WWE - há 5 anos

    E dos heels mais fortes e abrir os shows com combates apelativos Tiago concordas tambem?

  4. Andre - há 5 anos

    acho que nao era necessario haver PPV’s diferentes para cada brand… mas mais de resto concordo.

  5. Flavio Bruniera - há 5 anos

    Ótimo artigo para terminar o ano.
    Creio que boa parte das medidas citadas seriam ótimas para melhorar os shows, e por que não, a audiência dos shows.

    Com relação à volta da brand split, creio que ainda baterão cabeça por muito tempo até perceber que foi um erro misturá-las. Com isso, o draft perde o sentido.

  6. IGOR DIBIASE - há 5 anos

    Muito bom artigo parabens Tiago

  7. Tobias - há 5 anos

    so por curiosidade nao tem nada a ver com o assunto,mas queria saber qual foi a melhor luta do undertaker na wrestlemania e a melhor luta dele da wwe?E por acaso alguem sabe qual foi a melhor luta da wwe? È por que eu comecei a acompanhar a wwe na nova geraçao e queria saber as melhores da antiga.

  8. paulo franco - há 5 anos

    os ultimos 3 de Undertaker foram dos melhores que ja vi dele, mas é a minha opiniao.

    Undertaker vs Shawn Michaels – WM 25 17-0
    Undertaker vs Shawn Michaels – WM 26 18-0
    Undertaker vs Triple H – WM 27 19-0

  9. Master of Chaos - há 5 anos

    Gosto dos Showstopper, parabéns Tiago, vejo que é bom falar de Managers, Vickie Guerrero ajudava as vezes Ziggler a vencer, com dar um tapa em Zack Ryder quando este estava perto das cordas onde ela estava, ele queria confusão com Snooki na WrestleMania depois desta atingir Ziggler com um tapa.

  10. Luiz F. - há 5 anos

    Bom artigo, Tiag0 Ram0s. Ressaltou muito bem os principais pontos em que precisa-se de melhoras. Concordo com todas as medidas e vale destacar entre as mesmas que o fim de SuperShows tem que acabar e Raw e SmackDown serem separadas novamente.

  11. Fábio - há 5 anos

    bom artigo parabens

  12. Frederico_WWE - há 5 anos

    Do Tiago Silva xD senão achavas que precisam se de heels mais fortes e abrir os shows com combates mais apelativos?

    • Eu acho que a WWE tem excelentes heels mas claro que precisam de melhorar sempre em alguns aspectos para ser verdadeiramente odiados, em relação a combates apelativos acho que deviam ser todos assim e não só abrir os shows. Mas sim volta e meia também era bom abrir um show com um bom combate em vez de só andar em promos.

  13. TWWE - há 5 anos

    Unica coisa que concordo é a respeito das Divas bem que a WWE podia se tocar e ver a situação. Tipo poderia contratar Torrie Wilson ou Ashley Massaro (duas divas que sabem da coisas xD)

  14. Vinicius - há 5 anos

    Concordo com o Tiago Silva, a WWE tem bons heels, só precisam explorar os heels para que eles sejam odiados por todos, ainda vejo muita gente lembrando do miz quando era face, do henry dando risadas quando ganhava. O que a WWE precisa é aumentar o nivel dos heels a um ponto que so o Kane chegou, porque ele sim foi um top heel digno e que quando entrava destruia tudo e a todos.

  15. Jerry Tyler - há 5 anos

    Uma das coisas que poderia ajudar a WWE, seria o Cruiserweight Championship, seria ideal para: Tyson Kidd, Yoshi Tatsu, Evan Bourne, etc.

  16. Vinicius - há 5 anos

    Podia ate ser mais se não me engano o Cruiserweight foi fundido com outro titulo igual ao Hardcore e o European.

    Mais é uma boa voltar os titulos antigos, ia melhorar a divisao e separar mais os lutadores e quem sabe por mais feuds.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador