Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Signature Move #13 – Vai vender que nem pãezinhos quentes!

E chegamos ao número 13 do Signature Move, com assinatura do vosso Pedrito Juarez. Fiquei satisfeitíssimo com o feedback obtido na semana passada – que mais pedir quando recebo comentários como “um dos melhores textos da comunidade”, ou elogios de outra ordem?! É fantástico escrever para o imenso público do PTW, que recompensa o “esforço” dos fornecedores de parte da sua literatura diária. Obrigado a todos, desde já!

Virando agulhas para o presente: trago-vos um artigo com um tema mais atual, mas com o máximo de lirismo aplicado, tentando agradar a todos… apesar de não ser fácil pela sensibilidade do tema.

“Vai vender que nem pãezinhos quentes”

Saltem comigo para um mundo hipotético: eu e quem me lê abrimos uma pastelaria depois de fazer um estudo de mercado intensivo e analisar as conclusões do mesmo exaustivamente. Passada essa parte, criamos o nosso mercado, fidelizamos alguns clientes à casa, que passamos a tratar por tu e que dão uma contribuição quase fixa, isto é, contamos com aquelas 10 ou 15 pessoas que lá vão diariamente (é o nosso público A).

Mês a mês, chegam pessoas com os bolsos mais recheados por ser final do mês e têm disponibilidade em gastar mais dinheiro. Nessa altura em que se verifica um maior fluxo de pessoas à padaria, temos uma promoção especial que nos faz encaixar mais do que o habitual pelo lanche mais “completo” que os clientes levam do nosso humilde estabelecimento. Leva-se não só o habitual “pack” de 6 pães-de-bico, mas também 2 croissants e um bolo para adocicar o paladar dos “lá de casa”. Não são só as pessoas que tratamos por tu  que têm disponibilidade em gastar mais, mas também gente ocasional, de “uma vez por mês”. E assim recebemos mais na última fase do mês do que o recebemos até aí… garantindo a sustentabilidade mensal do estabelecimento, graças a este público novo (público B).

Bem, mas as contas só se fazem no final do ano, e quando se põem as calculadoras, os óculos os lápis e as folhas a trabalhar pela noite dentro chegamos à conclusão de que é precisamente na altura do Natal que mais se vende pelas nossas bandas. Não só é final do mês, mas também há subsídio de Natal (vamos supor que isto acontece em 2015, vá…) e consequentemente mais disponibilidade,  ao que se acresce o facto de termos na nossa “casa” um bolo-rei especial. Entre 15 de Dezembro e o final do ano faturamos mais do que aquilo que vínhamos a faturar até então e conseguimos agarrar o público geral (público C) a voltar no próximo ano. Não somos um negócio sazonal, porque há quem nos sustente regularmente… mas quase que ganhamos esse rótulo… então, deveremos ceder às reclamações dos nossos habitués (público A), que não gostam de ter “no café” muita gente e para além disso não gostam de bolo rei?! Devemos ceder para sobreviver a cada dia por quem nos é familiar? Ou pensar mais em nós e no nosso futuro financeiro, na expansão do negócio?! A pergunta é  retórica- estamos num mundo capitalista…

null

… e toda a gente à volta do mundo tem de olhar para o que é melhor para si e para o seu negócio, para o seu bem estar… de modo a sobreviver e a garantir o melhor para si e para os seus, nem que isso implique cortar relações com a rede de clientes regulares. A WWE, como qualquer companhia, tem de fazer isso – garantir o melhor para si, para o negócio e os seus. Ou seja, procurar o máximo proveito de todas as estratégias utilizadas. Ora, é com o público A (acima) que se vai garantir isso? Não, não é. Não é a habitual audiência que percebe e entende wrestling, o booking, o kayfabe e todas as manias de balneário que dá maior audiência ou mais buyrates à WWE na melhor altura do ano (Wrestlemania). Não somos nós, supostos smarks, que vamos conseguir com que a companhia faça boa figura perante os seus acionistas e possíveis investidores! É o público sazonal que o garante… mas não só (porque as audiências não atingiram o dobro), há aquele público ocasional (mês a mês) que fica “ligado” à programação nesta altura do ano (Rumble até à Wrestlemania) e que consegue garantir mais buyrates chegada à Wrestlemania, que é simplesmente o maior evento da companhia e que faz espelhar nas máquinas de calcular e ecrãs de computador sorrisos de satisfação e cenários de férias paradisíacas para a malta da administração. É o grande público que oferece expansão ao negócio, são as massas movidas que fazem mover aquilo que tanto gostamos. E será sempre nessa via comercial que a WWE irá apostar todo o seu esforço e dedicação e será, infelizmente, para eles e a pensar neles que os grandes planos serão feitos, por mais que custe…

…e custa muito! Não duvidem que fiquei triste por encontrar resultados previsíveis na Rumble do Domingo passado e pelo ponto final abrupto num dos maiores e melhores reinados de sempre (algo impensável nos tempos que correm), e logo para alguém que não costuma estar regularmente com a companhia. Claro que preferia outros vencedores finais… mas a Royal Rumble é a maior “montra” para a Wrestlemania ser “vendida” e tendo Cena e Rock no topo e, provavelmente, em rota de colisão, é normal que venhamos a ter Cena vs Rock II num combate que desta vez terá o título da WWE à mistura e que irá vender mais que… pãezinhos quentes. Porque quem assistiu o ano passado não esqueceu e quer mais, e quem nunca viu foi avisado para ver. Nós, o público regular, o que entende o que está a ser feito e que pode ficar desiludido… bem, somos impotentes, e a WWE pode estar-se nas tintas para nós que isso não faria diferença neste relatório trimestral, por mais frio e triste que isto soe!

Limitemo-nos a ficar felizes pela expansão da nossa indústria, e do facto de o wrestling passar a ser “cool” outra vez. Talvez, agora, as nossas namoradas ou os nossos amigos, já nos entendam melhor quando falamos na nossa preferência por isto.

Sobre o Autor

-

32 Comentários

  1. Rafael_WWE - há 4 anos

    Grande artigo, Pedro. Um dos melhores, e um dos únicos textos que já li inteiro por estar curioso desde a primeira palavra do artigo. E agradeço á você por ter feito essa ação ”inédita”.

    • Juarez - há 4 anos

      Obrigado eu, Rafael!
      Conseguir fazer com que alguém faça algo fora do habitual, é uma enorme honra para mim. Significa muito saber isso :).

  2. Gabriel Monte - há 4 anos

    Excelente artigo, Pedrito. Infelizmente nós, o público A, não podemos ter um evento dos sonhos. Cabe a nós contar com a sorte de nossos interesses coincidirem com o que gera lucro, como no passado. Ainda bem que ainda podemos ver os tempos antigos pela internet.

    • Juarez - há 4 anos

      Gabriel, muito obrigado pelo teu comentário e pelo elogio ao artigo.
      É verdade, é pena não termos uma organização que pensa exclusivamente para o público mais “atento” ou então… mais pessoas como nós.

  3. JV Hardy - há 4 anos

    Otimo artigo Juarez.
    imagine tanto de pãezinhos que daria de compra com o dinheiro que o tio vince vai ganhar com a wrestlemania 29? kk

    • Juarez - há 4 anos

      Obrigado JV Hardy.
      AHAH, é verdade. DAva para fazer um banquete, e alimentar à população mundial um belo lanchinho ;)

  4. Adepto - há 4 anos

    Eu admito que não leio todos os teus artigos, mas é simplesmente porque ainda não percebi bem o conceito das tuas crónicas.
    Gostaria que me podesses elucidar, e de forma alguma, te quero criticar.

    • Juarez - há 4 anos

      Adepto, ainda bem que comentas… nem que seja para me perguntar o conceito das minhas crónicas.
      Ora bem, o conceito não é diferente do que se escreve por aí. Este é um artigo como outro qualquer, e sinceramente, acho que o que diferencia cada um é o estilo que cada “escritor” aplica nos mesmos. Não posso ser muito mais esclarecedor do que isto.

      Se procuras saber o tema, bem… é o The Rock vs Cena e o quão bom isso será para a WWE, pese embora a “previsibilidade” do mesmo.

      • Adepto - há 4 anos

        Vou passar a ler mais estas tuas crónicas, e sob o meu verdadeiro nick ahah.
        Só tinha mesmo a dúvida se isto era sobre a WWE em si, ou algo que acontecesse fora mas que de qualquer maneira influencie e se reflicta na WWE.
        Admito que a única que li foi a do David Otunga, e depois só vi a do Armstrong e fiquei na dúvida.

  5. danielLP21 - há 4 anos

    Excelente artigo. Infelizmente, é a mais pura das verdades. Claro que de vez em quando o que o público A quer coincide com o que é mais rentável económica e financeiramente, mas é raro. Enfim, mais um WrestleMania Main-Event apenas para encher os bolsos…

    • Juarez - há 4 anos

      Daniel, muito obrigado por mais um comentário ;). É bom ter presenças assíduas.

      Coicidência de desejos com o que o público quer e o que os “boss’s” fazem é rara… mas se não existisse amiúde, poderia haver desinteresse da nossa parte, e nós ainda somos um público rentável. Somos o público fixo, embora aquele que é menos “manipulável” e, por isso, menos apreciado. É pena, mas não há muito mais a fazer que lamentá-lo

  6. Lucas Rompa - há 4 anos

    Eu acho que vai te John Cena vs The Rock III
    Porque?
    Caso se o John Cena ganhe a Wrestlemania contra o The Rock e ganha o titulo WWE Championship
    O The Rock não teria a sua desforra pelo WWE Championship, assim como CM Punk feis com o The Rock

    • Juarez - há 4 anos

      Obrigado pelo comentário, Lucas Rompa.

      É uma boa análise… embora seja muito cedo pensar nela, na minha opinião. Há que deixar passar o Cena – Rock II e avaliar a disponibilidade, e a viabilidade de se fazer novo Main Event da Mania com esses. Algo que nunca aconteceu (três main events iguais seguidos).

  7. Darth Mordred - há 4 anos

    Gostei do texto também, e destaco o seguinte:
    “Ora, é com o público A (acima) que se vai garantir isso? Não, não é. Não é a habitual audiência que percebe e entende wrestling, o booking, o kayfabe e todas as manias de balneário que dá maior audiência ou mais buyrates à WWE na melhor altura do ano (Wrestlemania).”

    Agora, eu pergunto: Como fica o público A? Eu já vi esse filme antes. E digo, que o público A também move a industria. Mas de que maneira? Hora, a Wresting PT, o maior site de Wrestling em lingua portuguesa é formado por público A ou B? O que quero dizer é que o hype, a geração de conteúdo, comentários etc., é motivado pelo grupo A, sempre. Esse grupo é a mente inteligente por trás da industria, que faz o espetaculo nunca acabar.

    A pergunta que faço é: Como manter a WWE interessante para o público A, sem perder o público B, e vice-versa?

    • Juarez - há 4 anos

      Darth Mordred, muito obrigado pelo comentário e fico contente por teres gostado do texto!

      Quanto à tua análise relativamente aos diferentes públicos e seu impacto na indústria… bem, eu consigo entender o teu ponto de vista, mas acabo por não concordar. É verdade que a comunidade online é gigantesca e que há muita gente dessa comunidade que é “atenta”. Mas não são esses que dão maior audiência. Esses são responsáveis por 2.0 dos ratings que obtém em cada semana! Sâo o público fixo, mas a WWE tem vindo a tentar mudar o público para tentar manipular as coisas de forma a conseguir garantir a entrada de mais dinheiro e à medida que isso vai acontecendo, “nós” vamos ficando para trás na consideração deles.

      A tua pergunta é mesmo muito pertinente, e a resposta à mesma talvez surja num futuro artigo… mas é preciso pensar-se realmente nela para dar respostas concrectas, lógicas e objectivas.

      Muito bom comentário ;)

  8. Cris - há 4 anos

    Mais um texto fantástico do nosso querido Juarez.

    Resta-nos aquecer o coração com os tempos antigos e esperar que os nossos desejos coincida com a realidade dos planos da WWE.

    • Juarez - há 4 anos

      Cris, é óptimo receber comentários regulares e um público habitual. és um deles e fico muito grato por comentares :) Obrigado pelo elogio ao texto, também

  9. gonçalo " the best in the world " - há 4 anos

    mais um vez um grande artigo!
    concordo com tudo o que tu disses-te e é verdade vamos ter rock vs cena pelo titulo na wrestlemania.
    A tag vai ser assim:
    “THE ROCK VS JONH CENA, vamos tentar não fazer o pior main event da historia da wrestlemania”

    • Juarez - há 4 anos

      ahah, obrigado gonçalo :).
      Não sei se as coisas iram correr tão mal assim no ringue, mas sem dúvida que teríamos um melhor combate (“wrestlingwise”) com outros intrevenientes

  10. Frederico_WWE - há 4 anos

    Juarez a continuar muito bem e a um nivel muito bom.

    A questão é que o combate vai vender eles querem encher os bolsos claro mas eu mastigava esses pãezinhos quentes e cuspia um a um na cara do Cena e do The Rock.

    • EnigmAA_Y2J - há 4 anos

      “eu mastigava esses pãezinhos quentes e cuspia um a um na cara do Cena e do The Rock.”

      Duvido.

    • Juarez - há 4 anos

      Frederico, mais uma vez, muito obrigado pelo teu comentário e pelo elogio. É bom saber que estou a manter a forma eheh.

      Sim, o combate vai vender muito, e sim, é frustrante sabê-lo.

  11. joao pedro - há 4 anos

    Nada a dizer, excepto que mais uma semana, mais um artigo simplesmente mágico obrigado Juarez.

  12. CBM Punk - há 4 anos

    Otimo artigo

  13. Anónimo - há 4 anos

    acho mal voltar a haver Cena vs Rock… ultimamente andam sempre a repetir combates na Wrestlemania , Triple H vs Undertaker já deu 2 vezes , e HBK vs Undertaker também… até parece que não sabem fazer combates interessantes neste evento sem terem dado em anos anteriores

    • Juarez - há 4 anos

      anónimo, obrigado pelo teu comentário.
      A viabilidade financeira desses combates sobressai-se ao aspecto “previsibilidade” e por vezes até costumam ganhar “Pontos” no que toca À lógica do booking, acabando por ser normal que se repitam os main events… embora, claro, seja mau para nós, que acompanhamos WWE dia-a-dia

  14. EnigmAA_Y2J - há 4 anos

    Excelente.

    A WWE além de tudo, é uma empresa.

    E o principal objetivo de qualquer empresa nesse planeta, é o lucro.

    A WWE vai nadar em mar de dólares com a Wrestlemania, e é isso o que eles querem.É isso que os McMahon desejam e é isso o que importa pra eles, mesmo que as decisões tomadas para lucrar sejam as mais patéticas possíveis, isso não interessa e o que vende mais, será exposto ás prateleiras.Infelizmente, “somos” impotentes, não podemos fazer nada para mudar pois como todos sabemos, a maioria dos fãs do WWE Universe, “não pescam nada disto”.

    Adoro quando fazes textos desse tipo Juarez, é o que te diferencia, enorme qualidade.

    • Juarez - há 4 anos

      EnigmAA_Y2J, muitíssimo obrigado pelo elogio e pelo comentário. Fico muito contente por me teres tão em boa conta, é uma honra para mim.

      Concordo em absoluto com tudo o resto que disseste: é o dinheiro que decide tudo, e nós, gente “atenta”, não temos grande palavra a dizer no que toca as decisões da administração da WWE, infelizmente

  15. Mintz - há 4 anos

    JUAREZ IS AWESOME!

  16. ZigglerPunk - há 4 anos

    Para ser sincero, é o seu primeiro artigo que leio, mas sabe que mais … esta muito bom mesmo, parabens! Apartir de hoje vou acompanahr cada artigo.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador