Smoke and Mirrors #177 – The Heist

Este Domingo na Wrestlemania assistimos aquele que foi apelidado do “Assalto do Século” pelo Michael Cole, naquele que foi um dos cash-in mais marcantes da história da WWE, e que assinalou a ascensão do Seth Rollins ao topo da WWE. E acima de tudo naquele momento a WWE deu-nos algo único e possivelmente irrepetível: um cash-in na Wrestlemania, algo que não acontecerá pelo menos não nos próximos anos para que este momento permaneça como algo único e especial.

O facto de termos um heel a culminar uma Wrestlemania no topo já de si é um feito raro e que deveria ser valorizado pelos fãs da WWE, porque mesmo que não gostem da personagem em questão, o facto do principal PPV da companhia acabar com um vilão como o foco do evento é claramente algo especial. Aliás, o facto de isso ter acontecido apenas duas vezes torna o acontecimento ainda mais raro, uma vez que é praticamente uma “regra da WWE” que a Wrestlemania termine com um face como destaque.

Já sei que me irão dizer que o Miz e o Triple H também acabaram a Wrestlemania enquanto campeão da WWE, mas a verdade é que mesmo nesses casos acabou por ser um face a ser o destaque do Evento, sendo que curiosamente foi o mesmo nome em ambos os casos: The Rock. Sendo assim, o Rollins e o Stone Cold na Wrestlemania 17 foram os únicos vilões que verdadeiramente venceram e saíram do evento enquanto campeões, e destaques da Wrestlemania.

Mas, tão importante como o momento do cash-in foi a forma como ele foi trabalhado e contando, tanto na noite da Wrestlemania como durante o período em que o Seth Rollins teve na sua possa a mala de Mr. Money in the Bank. E é exactamente isso que irei analisar esta semana, porque é preciso analisar todo o percurso do Rollins com a mala para percebermos o quão importante e credível foi o seu cash-in, até porque a sua importância não se restringe à sua personagem ou afirmação pessoal.

Ora vejamos, o Rollins foi o primeiro Mr.Money in the Bank a ter uma construção importante desde do Miz, e possivelmente o que teve melhor construção a par do Edge, porque durante todo o tempo em que esteve na posse da mala ele nunca deixou de ser visto enquanto uma estrela em ascensão. E sem dúvida que isso foi o mais importante de todo este processo, porque se a WWE o tivesse tratado como alguns dos anteriores donos das malas( Sandow ou Ziggler por exemplo), a execução da história contada na Wrestlemania nunca teria resultado.

Por isso é que apesar de todos os defeitos que o produto da WWE teve o ano passado, o que assistimos no Domingo também é mérito da companhia porque ela nunca desistiu do Rollins enquanto parte do futuro do main-event. Claro que ele teve momentos em que foi derrotado, mas mesmo nesses momentos acabou sempre por ser compensado com uma vitória importante a cada derrota mais complicada.

O que quero dizer com isto é que a protecção ao Rollins foi sempre algo que era visível, mesmo que alguns( eu inclusive) chegamos a duvidar se ele faria mesmo o cash-in, sobretudo por causa da questão do reinado do Brock, ou do inicio de um reinado do Reigns que começaria na Wrestlemania. Porém, a renovação do Brock simplificou o processo porque fez com que os fãs acreditassem que o Brock iria defender no Domingo, uma vez que a vitória do Reigns não seria bem acolhida por parte dos fãs.

Mas o mais importante dos acontecimentos da Wrestlemania, é que não só eles confirmaram a ascensão ao topo do novo oportunista da WWE, como ajudaram para já a dignificar e credibilizar o conceito do Money in the Bank. Aliás, esse é um dos principais motivos pelo qual foi importante que o cash do Rollins fosse bem sucedido, uma vez que a mala tinha perdido todo o seu valor e credibilidade nos últimos anos, e era importante um caso de sucesso, um exemplo que demonstrasse que valia a apenas continuar a apostar no Money in the Bank como criador de novos main-eventers.

Claro que parece-me óbvio que só iremos perceber o impacto deste cash-in nos futuros donos da mala quando soubermos quem serão os próximos vencedores desse combate, porque só aí é que perceberemos verdadeiramente se o Rollins foi uma excepção ou se este tipo de construção será a regra a partir de agora. E isso é uma pergunta para a qual não tenho resposta, porque qualquer das opções poderá ser verdadeira como falsa, uma vez que é quase impossível de prever o tratamento que a WWE dará ao vencedor deste sem sabermos quem será esse nome.

Por isso mesmo é que tudo o que disse é sobretudo um desejo de minha parte, porque gostaria que este ano continuasse este tipo de booking com o novo Mr. Money in The Bank. Porém, nesta altura só posso elogiar e avaliar de modo positivo o modo como a WWE construiu durante o Rollins transformando-o do “ Patinho Feio dos Shield” para alguns, para um verdadeiro main-eventer e num dos melhores talkers e heels da WWE actual. Aliás, ele durante este período tornou-se na única coisa positiva da Autoridade, e para isso também ajudou a participação dos seus seguranças no desenvolvimento da sua gimmick, porque auxiliariam na definição das características que o distingue dos restantes elementos do roster, e isso é algo importante para um main-eventer.

Deste modo, o Rollins no último Domingo conseguiu algo que poucos imaginariam ser possível há um ano atrás: Ser o primeiro elemento dos Shield a chegar ao topo da WWE. E sobretudo fê-lo da forma que consideraria a menos provável de todas, ou seja, ele chega ao título depois de trair e enganar os seus dois ex-parceiros de Stable. E se o momento em que venceu com ajuda o Ambrose já tinha surpreendido muitos, então a forma como ultrapassou o Reigns no Domingo foi ainda mais surpreendente. Até porque a maioria pensaria que entre os dois a prioridade da WWE seria para o Juggaurnaut, porque corresponde mais facilmente ao protótipo do Vince de main-eventer.

Assim, o golpe de Domingo não era obviamente o plano inicial da WWE, porém não deixou de ser uma história quase perfeita aquela que foi contada na Wrestlemania, uma vez que foi o final ideal para o ano do Rollins. Tal como disse o JR a WWE optou de forma correcta porque não desvalorizou ninguém, mas ao mesmo tempo elevou a campeão alguém que é a pessoa certa para o ser neste momento. No entanto, não deixa de ser uma história bem contada do principio ao fim, sendo que será essa mesma narrativa que irei analisar de seguida.

A história começa o combate contra o Randy Orton que ao ser o segundo combate do Evento, ou seja na primeira hora, permitiu que se criasse uma ilusão nos fãs que caso o Rollins perdesse este Grudge Match ficaria mais longe de criar um plano para fazer o seu cash-in. Ou seja, a colocação deste combate naquela ordem do card foi inteligente porque fez com que a maioria dos fãs nunca pudesse suspeitar do que viria acontecer no main-event.

Claro que alguns já suspeitavam desta hipótese, e por isso é que não lhe surpreendeu alguns fãs que a ordem deste combate fosse uma pista sobre algo que iria acontecer no main-event da Wrestlemania. Desse modo, o que a WWE nos ofereceu nesse combate foi algo de fantástico uma vez que foi exactamente o que seria expectável, o melhor combate técnico da noite , que é sem dúvida alguma coroado com um dos melhores( se não o melhor) RKO de sempre que selou a vitória do Orton.

Com este resultado poucos seriam os que acreditavam no que viria acontecer no final do evento, até porque o main-event quando começou já não tinha exactamente muito tempo disponível o que excluía em princípio o cash-in do Rollins. Digamos que perante o tempo disponível o cenário previsível passaria sobretudo por um combate onde o vencedor estaria entre os dois participantes, uma vez que em condições normais não teríamos tempo para que o Reigns e o Brock se destruíssem ao ponto de ficarem como alvos de um possível cash-in.

E foi aqui que a WWE foi brilhante porque contou uma história brilhante, que roçou a perfeição e que começou com o Suplex City do Brock ao Reigns no inicio do combate, mas onde o Reigns igualmente saiu bem porque conseguiu “abanar” a Besta. Ou seja, a WWE conseguiu credibilizar tanto o Reigns como o Brock, porque o Reigns saiu do combate como o homem ao qual roubaram a vitória e um badass. E o Brock saiu imaculado porque apesar de ter perdido o título ele não sofreu o pin, o que permite que continue na rota quando regressar no Summerslam, continuando com a mesma Aura que possuía antes da Wrestlemania, estando ligeiramente mais face depois desse combate.

Assim neste cenário a WWE apenas colocou o Rollins no topo com aquela decisão, que foi sem dúvida surpreendente mas igualmente inteligente porque foi aquela que melhor protegeu todos os envolvidos, incluindo o Randy Orton. Claro, que alguns fãs referem que as regras do cash-in não foram necessariamente compridas, porém o que nos foi contado é que a mala dá o direito a um combate pelo título, e foi exactamente o que o Rollins fez ao tornar o combate num Triple Threat.

Não digo que a WWE não fugiu um pouco às regras tradicionais do conceito, porém foi a melhor escolha perante a situação em que nos encontrávamos, aliás bem melhor que continuarmos com Lesnar como campeão porque não sabíamos onde é que esse caminho acabaria por nos levar, ou até poderia levar para uma transição para outro reinado em part-time. O que faria com que corrêssemos o risco de assistirmos a reinados temporários durante dois anos, o que travaria a ascensão de novos nomes ao main-event durante esse mesmo período.

Aliás, é importante referir que a WWE já nos tinha dado pistas sobre esta possibilidade quando colocou o Reigns a desafiar o Rollins a fazer o cash na Wrestlemania, e colocar o combate num Triple Threat. E foi exactamente isso o que a WWE fez, apenas não o fez de modo limpo para criar mais impacto e sobretudo potenciar a imagem de oportunista que a personagem do Rollins possui, e fez isso de modo praticamente perfeito.

E é por esse motivo que não tenho pontos negativos a apresentar à história que nos foi contada na Wrestlemania, porque acho mesmo que eles são praticamente inexistentes porque ela não teve prejudicado com as decisões da WWE. Assim o “Golpe “ do Rollins foi sem dúvida das melhores decisões da WWE nos últimos meses, porque deu-nos um campeão que poder ser derrotado quando for necessário, mas que igualmente é um dos melhores wrestlers da companhia neste momento.

Aliás, tal como os seus amigos da ROH referiram naquela noite, o que assistimos no passado Domingo foi o coroar de um atleta que trabalhou bastante para chegar onde chegou, demonstrando que apesar de tudo é possível em certos casos trabalhas nas Indys e no NXT e chegar ao topo da WWE. E por isso espero sinceramente que esta vitória signifique tempos de mudança para o conceito do Money in the Bank, e que o Rollins não tenha sido uma excepção no que diz respeito ao tratamento que será dado aos próximos donos da mala. Não basta dizer que no Domingo chegou o futuro à WWE, e que existe uma geração do NXT pronta para tomar conta da WWE, é preciso que este trabalho tenha continuidade e isso só poderá ser avaliado dentro de alguns anos.

É deste modo que concluo esta edição do Smoke and Mirrors esperando que esta suscite debate junto de vós sobre a vossa opinião sobre os eventos de Domingo. Despeço-me até à próxima semana onde irei analisar novo tema da actualidade do Pro Wrestling, e por isso até lá espero que tenham uma óptima semana e já sabem que podem encontrar toda a actualidade do Wrestling aqui no Wrestling.PT.

Figuras da Semana

Sami Zayn- A promo que ele teve no seu regresso foi positiva e sem dúvida alguma um dos destaques da semana no NXT.

Emma- Mais do que do combate, o que destaco é a nova atitude da Emma que parece estar próxima de um heel turn e isso irá acrescentar aspectos positivos à sua personagem.

Tyler Breeze- Venceu o combate e a feud com o Itami, e isso é um destaque porque em principio a vantagem deveria estar do lado da superstar Japonesa.

Brock Lesnar- Esteve tão brutal na Wrestlemania como na Raw. A perda do título não o afectou a sua força e credibilidade, e sobretudo acrescentou aspectos interessantes para quando regressar à WWE.

Sheamus- O seu regresso foi sem dúvida um dos destaques da semana. E foi porque ele fê-lo com impacto, e por isso é que o considero um destaque mais importante que o Bryan ou Cena porque nesses casos já sabíamos que poderiam sair da Wrestlemania como campeões.

Seth Rollins- É o homem da semana, aquele cash-in é histórico e sem dúvida que ficará na historia do Wrestling não só de 2015, mas igualmente das Wrestlemanias.

Surpresas da Semana

Cash-in na Mania- Sem me repetir muito, o Cash-in na Mania foi sem dúvida a surpresa da semana.

Lucha Dragons e Neville- A surpresa não é propriamente os debuts que tiveram, mas sobretudo a forma como foram recebidos e a qualidade das suas performances, em especial o Kalisto.

Desilusão da Semana

AJ abandona- A decisão não é surpreendente e muitos até poderão dizer que tivemos vários sinais que poderia acontecer, porém não deixa de ser a desilusão da Semana.

Perguntas da Semana

Qual a tua opinião sobre a construção do Rollins até ao cash-in? E simbolizará uma mudança no modo como são apresentados os Mr.Money in the Bank?

Qual a tua opinião sobre o Cash-in e a forma como foi contado?

Concordas com as figuras, surpresa e desilusão da Semana?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

49 Comentários

  1. FrancisDreez - há 2 anos

    Grande artigo José (pareces o Neyman, n falha 1)
    Eu comecei a ver wwe em 2009, por isso n sei mt ao promenor a vida dos outros Mr. Money in the bank , mas para mim o Seth Rollins, foi o melhor de todos..Deixou-nos emoção, ,dedicacao, sabiamos que um novo futuro estava a chegar, e a maneira que ele fez o cash-in (eu n vi a wrestlemania :( , simplesmente fiquei aqui a falar com o pessoal) , deixou marcas em toda a gente, deixou expanto…Eu acho que o cash-in foi feito dentro das regras..Que eu saiba a mala pode ser usada Anytime Anywhere
    Eu penso que o próximo Mr.Money in the bank é o Ambrose por isso penso que va ser valorizado, e apartir de agora todos os detentores da mala vao ser valorizados, prq nos so temos 1 mala..1 unico título, por isso é compreensível que a wwe use a mala, a partir de agora, para criar novos main-eventers..
    Em relação a história, n a mt a falar, tu disseste td, mas eu quero acrescentar que a história foi perfeita devido a mala estar valorizada, mas tb devido ao seu detentor, pois se n fosse o Rollins, e fosse uma pessoa tipo mesmo o BNB, ou até mesmo o Ryback, este cash-in n seria tão monstruosos
    Ate ao próximo artigo

    • FrancisDreez - há 2 anos

      *Paul Heyman..
      Wtf who is Neyman??

      • best in the world - há 2 anos

        deve ser mistura entre neymar e heyman

    • José Sousa - há 2 anos

      Eu acho que depende da construção sempre. O Barrett poderia ser um optimo MITB com o booking certo, mas isso teria que ser feito de forma quase perfeita porque raramente a WWE levou-o a sério, ou pelo menos foi consistente com ele.

      Por mim a escolha este ano iria entre: Ambrose, Sheamus ou Rusev.

    • João Paulo - há 2 anos

      O próximo a ganhar o Money in the Bank devia ser o Cesaro ele merecia um push decente pelo grande talento que ele tem

  2. ZigglerPunk - há 2 anos

    Antes de mais, excelente artigo José!

    Sem ter muito a acrescentar, só tenho a dizer que concordo com o que escreveste, a construção do Rollins foi feita de forma excelente, é certo que perdeu uns combates até lá, mas essas derrotas acabaram por ser recompensadas.
    Espero bem que este “novo estilo” de Mr. MITB continue depois deste, só tem a dar muito à companhia. Porque já bastou aqueles casos do Ziggler e do Sandow, como referiste.
    O cash-in na minha opinião foi feito de forma perfeita, não conseguia imaginar um final melhor. Estávamos habituados a cash após combates e etc, e isto acabou por ser diferente e de certa forma “inovador”.
    A forma como foi contado foi como disseste e bem, brilhante. Ninguém saiu descredibilizado e acabou por sair com a vitória o merecedor deste titulo, como já veio a provar durante este ano.

    Concordo com as figuras, surpresa e desilusão da semana. Breeze wins, yeahhhh! E claramente a figura da semana, o mito seth rollins.

    • José Sousa - há 2 anos

      Pois é o que quero acreditar. Ou seja, a WWE vai escolher a partir de agora nomes que quer mesmo arriscar ou desenvolver em algo importante, até porque é uma mala pelo titulo unificado e isso tem que simbolizar algo.

  3. Maurício Ornelas - há 2 anos

    Antes de mais, belo artigo! Concordo com a esmagadora maioria do que escreveste.

    Realmente a construção do Rollins enquanto Heel é fenomenal e creio que a WWE já não tinha um Heel destes há muito tempo. A comparação que fizeste com o Edge é ‘spot on’, até porque penso que o Rollins é o melhor Heel deste o Edge e caminha para atingir um patamar tão grande como o do ‘Rated R Superstar’, apesar de ter noção que ainda é cedo para falar sobre isso.

    Espero que os futuros detentores da mala sejam protegidos também. Não digo de igual forma, mas pelo menos tenham um bom percurso com a mala.

    Quanto as surpresas e desilusões da semana, concordo na generalidade. Talvez acrescentasse o Undertaker. Muito poucas pessoas alongaram no assunto esta semana, mas depois de tanto mistério à volta do Undertaker, depois de tanto falar no seu estado físico, ele chega à Wrestlemania e dá um bom espectáculo, embora não possa estar na mesma forma física de há 5 anos atrás por exemplo, como é óbvio. Posso ser suspeito para falar porque realmente já vejo o Undertaker lutar há uns 15 anos quase, desde que acompanho WWE, fora os combates todos dele que fui ver anteriores a isso.

    Boas Páscoas.

    • José Sousa - há 2 anos

      A única parecença é no lado oportunista, de resto o Rollins tem que desenvolver o seu próprio caminho. Claro que o próximo não será parte da Autoridade, e não será tao protegido, o que espero é que ela não volte a ser um adereço nas mãos de alguém como foi com o Sandow ou com o Ziggler.

      • Maurício Ornelas - há 2 anos

        O Rollins está longe de ser um Edge, nem tem muitas parecenças, mas o que quis realçar foi o facto de que o Rollins pode atingir aquele patamar de Heel odiado, em que toda a gente reconhece o seu excelente trabalho. Adorar odia-lo é o termo correto.

        A mala não pode voltar ao que era e seria uma pena ver que em vez de se aproveitar esta oportunidade, regredia-se no tempo…

      • José Sousa - há 2 anos

        Até podem dar a um face tipo Ziggler ou Ambrose, mas que seja apresentado como alguém que é para ser levado mesmo a sério.

      • Maurício Ornelas - há 2 anos

        Que dêem a mala ao Ambrose. Já vimos o que estes dois são capazes. De facto, seria um lunático constantemente atrás do campeão e a destruir os fantoches que o Rollins ia pondo no caminho. O Ambrose iria sempre fazendo pequenos teases em relação ao uso da mala, mas visto que o Rollins sempre colocaria entraves, só quando surgisse uma oportunidade muito boa é que este usaria a mala.

        Com o Ziggler é mais difícil construir a história, além de que o seu reinado com a mala foi uma coisa deprimente (pior só o seu reinado com o título).

  4. reigns one versus all - há 2 anos

    Excelente artigo,José.
    Escolheste um tema muito bom para abordar nesta altura.
    Acho que o Rollins teve uma boa construção,começando com a traição aos shield,a construção dele foi muito sustentada na autoridade.
    Ele a meu ver tinha sempre a base da autoridade,o que ajudava imenso.
    Se continuarem a ser vencedores jovens e com grande futuro,o money in the bank ajuda a fazer novas estrelas e acima de tudo novos campeões.
    O cash-in foi muito bem executado,numa altura em que o combate já estava com os intervenientes todos partidos,o Rollins foi lá e ganhou.
    Deixo aqui uma questao, se o Rollins tivesse feito o Pin no Lesnar teria ganho?
    Concordo com surpresas,figuras e desilusões da semana.

    • José Sousa - há 2 anos

      Pois eu acho que a WWE escolheu esta regra para esta situação intencionalmente para que o Lesnar não sofresse o cash-in do Rollins, pelo menos não de forma directa levando com o pin.

  5. João Cruz - há 2 anos

    Como assim a AJ foi abandonada?

  6. Triple H - há 2 anos

    muito bom artigo

  7. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    Boa crónica.
    A WWE escolheu um heel para fechar a wrestlemania devido ao momento especifico que a WWE está a viver. Há um grupo irritante de fãs da WWE que não percebe nada de wrestling mas adora choramingar por tudo e por nada, que desde o Royal Rumble não deu a mínima hipótese ao Roman Reigns de aproveitar este grande momento da sua carreira. Depois os bebés chorões choram porque a WWE não cria novas estrelas…Pois, assobiando todos os vencedores da Royal Rumble que não sejam o Daniel Bryan, é complicado. Nada tenho contra o Rollins, gosto bastante do Rollins e adoro a forma como o transformaram no heel perfeito e gostei do momento, mas com fãs destes é complicado aposta seja em quem for. Aliás, os mesmos burros que criticam que as Divas não têm tempo suficiente e depois as insultam no RAW num dos raros combates de Divas a sério em muitos anos. Espero que não desistam do Roman Reigns, porque tem valor e para irritar esse bebezinhos.
    As regras foram compridas. A mala dá o direito a um combate pelo titulo em qualquer altura, em qualquer lado. Nunca disseram que não pode ser a meio de um combate.
    De resto concordo e espero que seja para manter, agora resta saber como será construído o seu reinado de campeão, outro dos calcanhares de Aquiles dos donos da mala. Acho que o único que teve um reinado longo como campeão depois do cash-in foi o The Miz, mesmo assim nas condições que não foram as ideais.
    Tenho pena da ausência da AJ Lee, resta saber pelo que será. Como a tenho em boa conta, como alguém que ama o wrestling, espero que não seja mais uma que se afasta para ser dona de casa, como as americanas tanto gostam, como tantas outras como a Eve Torres ou a Maryse, por exemplo.

    • José Sousa - há 2 anos

      Sem dúvida que concordo contigo. Eu acho que as regras foram cumpridas tipo o Cena já anunciou diretamente o cash, tal como o RVD por isso não sinto que tenham inventado muito. Sobre o Reigns eu apenas adiaria o seu lançamento para o titulo, esperaria até ao Summerslam, mas ao mesmo tempo criava uma historia forte com ele que justificasse essa saída, mas que fosse forte para que depois voltasse à rota do titulo.

      Sobre as Divas também acho que foram parvos, o publico esteve bem no show todo mas nesse combate não. Até com a Naomi, Paige e AJ foram parvos e não merecem aquilo, nem sequer a Natalya. Mas não vejo a AJ na TNA ou numa Indy, por isso é complicado, ela deverá é ser substituída por uma Charlotte no main-roster em breve, porque não vejo a Bayley a subir para já.

    • KILL OWENS KILL - há 2 anos

      O problema não foi o Daniel Bryan não ter vencido, e sim a WWE tentar nos enfiar o Reigns guela abaixo quando claramente temos outros mil vezes mais prontos do que ele. Ou você acha mesmo que se Ziggler ou Ambrose tivessem vencido o Royal Rumble, seriam vaiados por não serem o Daniel Bryan?

  8. Diogo Teixeira - há 2 anos

    Excelente artigo José.

    Qual a tua opinião sobre a construção do Rollins até ao cash-in? E simbolizará uma mudança no modo como são apresentados os Mr.Money in the Bank?
    O Rollins teve sem dúvida uma grande proteção por parte da WWE, que tal como disseste não nos tem habituado a isso com os últimos portadores da mala, mas felizmente desta vez não foi assim e esperemos que continuem a fazer esta proteção para os próximos vencedores do MITB. Mas claro que para além de uma grande proteção por parte da WWE e de uma boa aposta, também é fundamental a qualidade que o próprio Rollins tem em todos os aspetos, aliás, tal como disseste, o membro dos The Shield que à partida seria “o mais fraco” ou com menos hipóteses de chegar ao topo da WWE, foi o que lá chegou primeiro, e se teve uma grande proteção, também é importante afirmar que trabalhou muito para lá chegar, um trabalho que já vem desde muito antes dos The Shield, mas que desde que entrou na WWE teve uma melhoria significativa, o que faz dele o “novo oportunista” da WWE.

    Qual a tua opinião sobre o Cash-in e a forma como foi contado?
    Acho que o cash-in, da maneira que foi e nas circuntâncias que foi, é provavelmente o cash-in mais memorável e histórico de sempre, pois para além de ser o primeiro a ocorrer no maior palco de todos (e provavelmente um dos últimos porque não me parece que a WWE vá usar esta fórmula muitas mais vezes, até para não tirar brilhantismo a este momento), foi muito bem executado, o que é de louvar pois segundo notícias que saíram esta semana, apenas durante o segmento do The Rock é que o Rollins soube que ia ser campeão, logo não tiveram muito tempo para preparar um momento que foi sem dúvida dos mais históricos da empresa. Por último, tal como disseste, a WWE foi brilhante na maneira como protegeu todos os lutadores envolvidos no combate.

    Concordas com as figuras, surpresa e desilusão da Semana?
    Concordo com todos, mas acho que para além da saída da AJ da companhia, acho que outra desilusão da semana foi a vitória do Big Show na Wrestlemania, não consigo compreender de maneira nenhuma o porquê daquela vitória. Mesmo que a WWE quisesse “explicar” essa vitória como sendo um “prémio” pela carreira do Big Show, acho que não tem qualquer sentido, aliás já na Wresrlemania de à uns anos, quando o Big Show tirou o título Intercontinental ao Cody quando não tinha sentido nenhum isso acontecer, falou-se de que era um prémio para o Big Show devido à sua enorme carreira e devido também a ter passado algumas “vergonhas” como perder em plena Wrestlemania para o Mayweather, a WWE achou que ele merecia ter um Wrestlemania Moment (mesmo que com isso tivessem estragado um grande reinado do Cody), mas o que é certo é que desde essa Wrestlemania para cá o Big Show não saiu da companhia, nem tão pouco se preocuparam em pô-lo a ajudar novos talentos, pelo contrário, neste último ano esteve sempre de volta do main-event. Se esta vitória dele na Battle Royal não foi como um “prémio” pela sua carreira, então ainda é mais ridículo pois podiam ter dado a vitória a alguém mais jovem, ou alguém que precisasse dessa vitória para se lançar, ou alguém que precisasse de recuperar credibilidade, mas nunca a ao Big Show. Por estes motivos, acho que a vitória dele é ainda mais desilusão do que a saída da AJ.

    Continuação de um bom fim-de-semana e uma feliz Páscoa para ti José.

    • José Sousa - há 2 anos

      Obrigado eu acho que a saída da AJ é mais importante porque terá impacto na divisão, já o Show pronto foi aquilo que foi, apesar de não concordar com essa vitória.

      Eu não sei se foi no momento ou não, mas que foi extremamente bem executado foi, e não podemos dizer que aquele cash-in não foi sem dúvida alguma um dos momentos mais históricos da Wrestlemania.

      • Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

        De acordo. E foi original o que a partir de agora é impossível, já tivemos o cash-in de todas as formas e feitios. Torna o Rollins no heel perfeito por tudo o que tem feito desde a traição soa Shield.

  9. João Paulo - há 2 anos

    Excelente artigo
    Com certeza o Rollins foi o melhor Mr. MITB depois do Edge, e tem que destacar que depois da separação do Shield o Rollins foi o que mais evolui tanto na gimmick, quanto no microfone na onde foi a parte que ele mais melhorou

    • José Sousa - há 2 anos

      Sem dúvida alguma. E essa evolução é a prova que é possível chegar ao topo passando por todos os escalões. Espero que tenhamos mais alguns exemplos como ele no futuro.

  10. Tunes9 - há 2 anos

    Bom artigo como costume, muito bom.

    Quanto às perguntas:

    # Qual a tua opinião sobre a construção do Rollins até ao cash-in? E simbolizará uma mudança no modo como são apresentados os Mr.Money in the Bank?

    R: foi perfeita, desde de ser o “protegido” da Autority às feuds que teve e às interferências que o ajudaram, acho que fizeram dele um heel de topo e basta ver que evoluiu imenso e foi o que teve maior ascensão dos ex-The Shield.
    Quanto a uma possível mudança, não tenho a certeza disso, o Rollins é um enorme talento e um dos Top Guys do futuro e portanto é normal que tenha tido uma construção decente para ser elevado, depende do vencedor da mala, por vezes a WWE pensa que dar a vitória a alguém num MITB por si só já ajuda o talento em questão e assim calam os fãs, foi o que aconteceu com o Sandow mas depois borrifam-se na construção e acabam por prejudicar o talento e tornar a mala MITB numa coisa banal, num adereço e torna-se previsível e vemos que o cash-in vai ser um fracasso, os melhores cash-ins e construções foram do Edge mas houve outros como The Miz, Punk e Ziggler que até foram bons, o próprio Swagger, no entanto acho que este foi o melhor depois do Edge e por ter sido em pleno Main-Event de uma Wrestlemania até foi o melhor, acho que cada caso é um caso e não é certo que haja uma mudança geral.

    # Qual a tua opinião sobre o Cash-in e a forma como foi contado?

    R: foi excelente, apesar de ser previsível que acontecesse, havia uma pequena duvida se seria na WM ou na RAW e quando a música tocou foi tudo ao rubro e ter sido no Main-Event da WM e da forma que foi tornou-se marcante e memorável, além disso todos os intervenientes ficaram bem vistos ou pelo menos não foram prejudicados e isso é extremamente positivo.

    # Concordas com as figuras, surpresa e desilusão da Semana?

    R: sim, concordo com tudo, acrescento a vitória do Big Show na Battle Royal e a derrota do Bray Wyatt, nas figuras da semana não podia concordar mais e destaco o regresso do Sheamus e a performance do Lesnar, adorei as estreias do Neville e Kalisto.
    O abandono da AJ é uma desilusão e ao mesmo tempo uma surpresa da semana (já se falava e estava para breve mas eu não esperava que fosse já), é uma enorme e importante perda para a WWE mas desejo-lhe felicidades e sucesso, acredito que a WWE vai dar a volta por cima e outros talentos (Naomi, Charlotte, Sasha Banks, etc) vão emergir.

    Bom trabalho José Sousa. :-)

    • José Sousa - há 2 anos

      Também acho que Charlotte, Sasha e Bayley cada uma delas com tempo para subirem farão impacto na divisão, ou pelo menos assim desejo que o seja.

      Quanto ao Cash lá está se a mala agora é só por um titulo só faz sentido que momentos como o do Sandow sejam cada vez mais escassos, porque quem tem a mala tem que ser alguém que vá ser importante porque é um candidato ao titulo unificado.

      • Tunes9 - há 2 anos

        Exacto, é só dar tempo ao tempo e fazer as coisas bem e essas três serão uma mais-valia no Main-Roster.

        Em relação ao cash-in, concordo que agora com o titulo unificado o vencedor terá que ser alguém em que a WWE deposite confiança e faça uma aposta séria.

      • José Sousa - há 2 anos

        A única que tenho mais receio é a Bayley pela personagem dela como é obvio.

      • Tunes9 - há 2 anos

        Ah pois… a “gimmick” da Bayley pode ser popular e ter sucesso uns tempos mas não vai durar muito e além disso não é credível para ser uma campeã ou levada a sério.

  11. Miguel Carlos - há 2 anos

    Concordo contigo em tudo. O Seth Rollins é o meu wrestler preferido já alguns meses e fiquei muito feliz com o cash-in, foi um momento absolutamente arrepiante. Espero que o conceito “Money in the Bank” se renove, mas não tenho muita fé.

    • José Sousa - há 2 anos

      Nem eu, mas pode ser que sim. O ano passado também não tinha essa esperança e aconteceu. Lá está esperemos que o facto da mala ser por um titulo unificado jogue a favor do conceito.

  12. CmPunk_Cult.Of.Personality - há 2 anos

    Ainda não tive oportunidade de ver a WrestleMania, aliás, à umas 3/4 semanas que estou afastado do Wrestling, porém, à que tempos que eu sonhava com o Seth fazer o Cash-In na Mania, e sempre contrariei esse sonho a dizer que não iam “recuar” na decisão de tornarem o Reigns WWE WHC. É por estes momentos que continuo a ser fã de wrestling e ignorar quem o critica.
    Quanto à mala Money In the Bank, espero que não passe pela cabeça da WWE acabar com ela, especialmente numa altura em que o que não falta é talento para aproveitar. Parece-me que o Dean Ambrose é o principal candidato… Rusev e Sheamus também candidatos, porém ainda é um pouco cedo para esse tipo de discuções.
    Para finalizar sobre o Seth, por tudo o que tem feito, e por aproveitar todo o tempo que lhe têm dado, é absolutamente merecido, não só o titulo como também o facto de ser o 1º cash-in em plena WrestleMania. E obviamente, sem o Lesnar como campeão, voltamos finalmente a ver o titulo a ser defendido em cada PPV.

    • José Sousa - há 2 anos

      Sim é cedo o que espero é que essa pessoa seja levada a sério tal como aconteceu com o Seth Rollins. Quanto ao resto concordo contigo sobre a construção dele até ao momento em que vence o titulo.

  13. Edjandro Martins - há 2 anos

    Ótimo artigo.
    Concordo plenamente contigo quando dizes que o cash-in só funcionou tão perfeitamente por conta do excelente booking que o Rollins teve durante seu percurso como Mr Money in the Bank, eu como todos nós, costumo criticar e muito a WWE pelo booking extremamente desleixado que tem, pórem, desta vez tenho que aplaudir o que eles fizeram.
    Sobre o Rollins, sou suspeito a falar, pois em outros comentários aqui no site já deixei claro que vejo nele o melhor wrestler dessa geração, sempre foi meu preferido no Shield, tem ring skills que nem preciso comentar, faz um selling ao nível do Ziggler (Randy Orton que o diga com aquele RKO), sempre achei ele com as melhores mic skills juntamente ao Ambrose. enfim, O Rollins é o chamado total package, tem tudo o que é necessário para ser main eventer, tudo o que necessitava era de ter tempo para evoluir, criar uma gimming bem definida e um booking credível. Felizmente tudo isso foi dado a ele (obrigado Triple H) e vimos o que aconteceu ao fim da WrestleMania.
    Agora é esperar que tenha um grande reinado, com rivalidades a vista com o Reings, Orton, Ambrose e até o Lesnar, acredito que teremos o melhor reinado de titulo mundial desde os 434 dias do CM Punk.

    • José Sousa - há 2 anos

      Também acho que ele é um Total Package, já agora não vai ter um reinado tão grande quanto o CM Punk disso não tenho dúvida alguma. Se ele for campeão até ao Summerslam já fico contente porque simbolizaria um bom primeiro reinado enquanto campeão da WWE.

  14. Diogo7 - há 2 anos

    Excelente artigo, José.

    Na minha opinião, o Seth Rollins ter ganho o Título no ME da WM foi a decisão correcta. O Reigns não tinha o apoio do público e já chegava de campeão part-time, mesmo que seja muito fã do Lesnar.

    • José Sousa - há 2 anos

      Sem úvida alguma. Eu sou também fã dele como sabes mas não fazia sentido continuar como campeão. Quanto o Reigns adiem o reinado até ao Summerslam, e até lá construam o homem em condições.

      • José Sousa - há 2 anos

        dúvida.

      • Diogo7 - há 2 anos

        O Rollins também merecia muito depois do fantastico ano de construção que teve, como Mr.MITB. Agora espero que tenha um bom reinado. Sinceramente, ainda gostava de ver o Lesnar a ter a sua desforra, desde que perca como é obvio

      • José Sousa - há 2 anos

        Eu também gostava. O Brock podia perder por interferência do rival dele na Wrestlemania 32, assim começava-se uma historia e ele não ficaria mal na fotografia. Quem irá tirar o titulo é uma questão a ver e até dependerá de quem vence a mala este ano, e sobretudo se o Reigns começa a ser aceite ou não.

  15. Dolph Ziggler - há 2 anos

    Bom artigo, José. Concordo contigo em tudo. O Rollins mereceu aquela vitória na WM – têm sido muitos meses de espera e depois da derrota com o Orton, deve ter sido um grande momento para ele saber que ia sair da WM como campeão. É esperar para ver como é que vai ser o seu reinado – recheado de grandes combates vai ser de certeza.

    • José Sousa - há 2 anos

      Nisso tens razão. A WWE tem neste momento um campeão capaz de dar grandes combates, e só não o fazem se não o quiserem. Mas admito que é esquisito ainda imaginar que o Tyler Black da ROH chegou mesmo onde chegou, mas ainda bem que assim foi. O Nome que na ROH chamavam de Futuro do wrestling está mesmo a tornar-se isso.

  16. Vinícius Nunes - há 2 anos

    Belo artigo José, eu costumo dizer que o Rollins salvou a Wrestlemania e tem salvado a WWE desde que virou heel… Sua ascensão tem sido espetacular, é uma honra ver essa evolução do futuro da WWE, futuro que já é presente e conseguiu ser presente em grande estilo… Fantástico o que aconteceu na Wrestlemania, sabia-se que era a única alternativa para a Mania acabar de maneira digna, e fizeram isso, consagraram o homem que merecia…

    Agora eu espero que ele tenha um bom reinado e que dure pelo menos até o Summerslam, onde eu queria que ele perdesse para o Dean Ambrose, mas acho que o Ambrose vai virar heel e o Reigns é que vai ser o próximo campeão, mas o que interessa aqui é que o Rollins se colocou como grande nome da história da WWE e da própria Wrestlemania e nada irá tirar isso, ele fez história não só por ter sido um dos poucos heels a celebrarem no final, como foi aquele que realizou o cash in com sucesso pela primeira vez na Wrestlemania, ou seja, nesse evento tivemos o nascimento de mais uma grande estrela dessa indústria.

    • José Sousa - há 2 anos

      Pois eu também gostari de ver o Ambrose a retirar o titulo de campeão ao Rollins, ´porém devo concordar contigo e deverá ser mesmo o Roman Reigns o próximo campeão da WWE. Pelo menos se tudo decorrer dentro que é expectável.

  17. LCS - há 2 anos

    Qual a tua opinião sobre a construção do Rollins até ao cash-in? E simbolizará uma mudança no modo como são apresentados os Mr.Money in the Bank?
    R:contrução muito boa,ele desde a traição no the shield se juntou a autoridade e virou um oportunista que apresentou ótimas mic skills e no ring ficou ainda melhor porém eu espero que a partir de agora já que ele não tem a mala e não precisa ser um oportunista que vença seus combates sem ajuda de ninguém,ele é um dos melhores sem dúvidas mas não gosto dele sempre vencendo com distração ou interferência ainda mais o campeão,então espero que isso mude nele e este tenha um boa reinado e que continue dando belos combates.Pode ser que sim,porém mesmo com boas contruções de um Mr.money in the bank nenhum vai igualar o final pois esse cash in foi o mais surpreendente de todos pois como você disse além de ser no mais event da wrestlemania não foi depois de alguém ter saído vitorioso e sim no meio do combate
    Qual a tua opinião sobre o Cash-in e a forma como foi contado?
    R:cash in mais importante da história pois qualquer vitória numa wrestlemania já é especial mas um cash in num main event desse evento é incomparável e único

    Concordas com as figuras, surpresa e desilusão da Semana?
    R:Na maioria sim.brock lesnar o que falar dele…que mito/besta/montro e tudo mais pra ele que com paul heyman como manager(melhor da históriau no mic)ele é pra mim o melhor heel da história e esperava uma luta dele já no Extreme rules mas ele deve retornar só no SummerSlam(queria ele lutando mais vezes com o novo contrato)pois é o meu favorito de sempre.O retorno de sheamus era aguardado por alguns já na WM mas foi um ótimo retorno na raw de um dos meus 3 favoritos e com um heel turn.Agora a companhia terá mais um heel credível que está em falta e não tenho certeza se ele já terá feud com o bryan agora pois o barret deverá pedir revanche e já atacou o bryan duas vezes ou pode até virar uma triple threat só espero um sheamus com destaque e que busque coisas grandes no futuro próximo.Emma,sinceramente não gosto dela no ringue e principalmente desse personagem ridículo que afundou quando se juntou com o santino,bom mesmo que ela mude pra ver se melhora.
    Uma pena mesmo a saída da aj ela teve a melhor feud que eu me lembre das divas em muito tempo com a kaitlyn e tem mic skills que nenhuma diva tem agora a paige vai ser a babyface absoluta mas temos que respeitar pois toda mulher um dia pensa nisso e chega uma hora que todas tem que parar,pode até não ter sido planejado mas agora não há mais nada pra fazer que não seja isso
    que o herdeiro ou herdeira um dia entrem pra wwe e herde as habilidades dos pais! :P
    E também podia estar na desilusão a ausência do bray depois do combate na Wrestlemania
    obs.:O Lucha dragons ja tinha estreado no Main event,eles estrearam no Raw e acho que você devia ter colocado como destaque essa crowd da raw que esteve simplesmente fantástica,melhor crowd de todos os tempos!kkkkk

  18. Kevin Steen - há 2 anos

    Bom artigo, onde o assunto não poderia ser outro, após o que aconteceu na Wrestlemania.

    A evolução do Rollins depois da separação do grupo (Shield) é algo notável. Ele se comporta de maneira sublime em qualquer segmento, mostrando que tem potencial para estar nas rivalidades principais da empresa. Além de suas promos, que foi o auge da sua melhoria como superstar na WWE, já que como wrestler, sempre foi e é dos melhores.

    O seu reinado é a única coisa que me preocupa. Gostaria que ficasse como campeão até o SummerSlam (assim como a maioria, aparentemente) e perdesse pro Ambrose, que realmente interpreto que seja o seu pra sempre rival (assim como Cena vs Orton, ou Cena vs Punk). Porém acho que defende no Extreme Rules, e talvez perca no Payback pro Reigns. Além do mais o roster tá cheio de caras para lutar pelo título máximo: Lesnar, Reigns, Orton, Sheamus, Rusev (que deverá vencer a mala este ano), Ambrose e finalmente Bray Wyatt (o caso mais curioso).

  19. Sorlei Rui Oltramari - há 2 anos

    Ótimo artigo , José!

    O Rollins foi a melhor coisa que a autoridade trouxe ano passado. Dos três ex-Shield, era o que achava que menos sucesso teria, pensava que apenas faria mais alguns combates de importância pelo impacto feito com o Shield e depois seria rebaixado ao midcard. E ainda bem que estava errado. As mic skills dele são fantásticas, ele é excelente no ringue, tem um story telling fantástico e nunca sai do personagem. Ao contrário do que muitos falam, ele não é só mais uma cópia do Edge, e sim um dos melhores heels que a WWE já teve em sua história recente.

    O cash-in em plena Mania foi algo histórico e que só será realizado novamente daqui a alguns anos, creio eu. Infelizmente, não o vejo tendo um reinado longo, pois temos o Reigns que ainda deve estar nos planos para conquistar o WWEWHC, temos Sheamus, que dizem que receberá um grande push (se bem que creio que entrará primeiramente na rota pelo IC Title), temos Rusev, que após a perda do título deve avançar para o main event, o vencedor do Money In The Bank desse ano (que pode ser qualquer um), além do próprio Lesnar e John Cena (Agora ele está ocupado com o US Championship, mas nunca devemos descartar essa hipótese, já que a WWE pode querer fazê-lo superar o recorde de títulos mundiais de Ric Flair).

    Enfim, espero que ele tenha um longo e excelente reinado, para que seja coroado o belo trabalho feito desde a separação do Shield.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador