Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Smoke and Mirrors #188 – Dreams

Alguns foram criados, outros quebrados. Mas a verdade é que no passado Domingo o Money in the Bank assistiu à morte e nascimento de sonhos, sejam estes dos fãs ou de alguns dos wrestlers que participaram no evento.

Aliás alguns destes sonhos quebrados foram tão surpreendentes para nós como para os wrestlers em questão, uma vez que não imaginaríamos alguns dos percalços que observamos pudessem acontecer. E os que imaginamos acabaram por não ser o fim da estrada de algumas histórias, mas sim apenas um desvio no caminho para o sucesso dessas superstars.

Claro que alguns dos sonhos não voltarão a acontecer porque o seu autor não poderá dar-lhes vida, mas outros acabarão por se tornar realidade até porque é uma questão de tempo até acontecerem. Por outras palavras, não questiono se eles irão se materializar pois não é uma questão de “se” mas sim “quando”, e no momento em que ocorrerem estes pequenos desvios terão sido “pedras” no caminho para o sucesso desses wrestlers.

Mas se alguns sonhos foram adiados outros foram criados porque o insucesso de alguns é o sucesso de outros, e o Money in the Bank não foi excepção no desenvolvimento desse tipo de situações. E assim esta edição do Smoke será marcada por uma análise das principais surpresas e desilusões da semana na WWE, até porque elas irão influenciar o futuro das principais histórias da companhia nos próximos meses.

A noite começou com a surpreendente vitória do Sheamus no combate pela mala de Money in The Bank quando tudo indicava que a vitória iria para Roman Reigns. Admito que foi um choque mesmo para mim, até porque descartava o Sheamus pelos rumores que iria gravar um filme em breve e esse factor em princípio jogaria contra a sua vitória.

Porém, não deixou de ser uma decisão interessante por parte da WWE e que irá baralhar as contas no que diz respeito ao Titulo principal nos próximos meses, uma vez que me parece ser difícil estimar quando o Sheamus fará o cash-in. Claro que tem um ano para o fazer, mas na verdade a sua aproximação à Autoridade leva a pensar que não irá demorar muito a fazer algum movimento nesse sentido, até porque não o vejo a entrar na Wrestlemania como campeão da WWE.

Para que isso acontecesse era importante que tivesse uma construção impecável enquanto dono da mala, e embora tenha potencial para ser um excelente heel com esta gimmick acredito que será o próximo “Campeão” da Autoridade. Por isso, e tendo em conta que nas últimas Manias tivemos campeões da Autoridade à entrada ou saída do evento, quero acreditar que no próximo ano isso não acontecerá, daí descartar que o Sheamus entrará no evento como WWE Champion.

No entanto, devo referir que nem eu tenho a certeza que ele vá fazer o cash-in porque na passada Raw e neste Smackdown iniciou uma rivalidade com o Orton e com Ambrose. E pelo desafio do Sheamus ao Dean, e pelas palavras do mesmo na Raw sobre não desistir de lutar pelo título, não ficaria surpreendido se no Summerslam tivéssemos um combate entre Orton, Sheamus e Ambrose onde o irlandês colocasse a mala em jogo.

E mesmo que não concorde-se com essa decisão, este tipo de combate já aconteceu e não ficaria surpreendido se acontecesse de novo. Nesse cenário só via duas possibilidades: ou o Sheamus defende a mala, ou o Ambrose acaba por vencer e tornar-se dono da mala “à Edge”. Admito que não ficarei surpreso com essa situação, nem acharei uma má decisão por mais que o princípio – base seja a mala fica com quem a conquistou inicialmente.

Mas se o Sheamus viu os seus sonhos renovados, o mesmo não poderá dizer o Roman Reigns que viu uma vez mais a oportunidade de lutar pelo título escapar-lhe pelas mãos quando o Bray Wyatt impediu a vitória no Money in the Bank. Essa decisão foi controversa porque dividiu opiniões, uma vez que parte do Universe queria a vitória do Reigns, e a outra parte não queria.

Não vou ficar aqui a falar sobre os motivos pelos quais os fãs não queriam a vitória do Reigns, até porque isso já foi analisado muitas vezes nos últimos e será um debate que acompanhará toda a carreira dele. Assim, existirão sempre fãs que delirarão a cada obstáculo que atrase a ascensão do Reigns até ao topo, mas verdade seja dita por mais que adiem esse momento, ele vai acontecer mais cedo ou mais tarde.

No entanto é importante referir que o modo como a WWE contou esta derrota foi inteligente, uma vez que fê-lo sem que o Reigns tivesse perdido ímpeto ou importância. Na prática ele teve a prestação mais forte do combate, e iria vencer o mesmo não fosse o ataque do Eater of Worlds que voltou a fazer dos seus ataques surpresas e promos enigmáticas.

E é aqui que entra o lado negativo da nova rivalidade do Reigns, ou seja, por mais cativante que sejam as promos ou os mind games do Bray a verdade é que a sequência de derrotas que ele tem em rivalidade retira impacto aos seus actos e palavras. Isso é algo que já vem a ser dito há quase um ano mas que se mantém actual: está na hora dele passar das palavras aos actos.

Sem conquistas não existe gimmick “dark” que resulte, e a verdade é que mesmo os próprios fãs já não reagem do mesmo modo à personagem e às suas promos. Por outras palavras, eles não o levam a sério porque sabem que a rotina é sempre a mesma: Ataque, mind Games, e perder as grandes rivalidades. E enquanto o ciclo manter-se é impossível que os fãs comecem a olhar para o Bray como futuro main-eventer, mesmo que o Vince venha dizer o contrário em entrevistas.

O que quero dizer é que por mais fã que alguém seja de uma personagem existe a necessidade desta evoluir e não ficar estagnada. E não vale a pena estar a debater quem é responsável pela actual situação do Bray porque é um facto que ela não é a melhor, e duvido que esta rivalidade seja o momento que irá dar alterar a situação a favor dele. Não que essa reviravolta seja impossível, mas se a WWE quiser verdadeiramente mudar a situação do Wyatt tem que começar a mudar o booking dele e dar-lhe verdadeiras vitórias, e não conquistas que “simplesmente acontecem”.

Não digo que o inicio da rivalidade tenha sido má porque não foi. Os argumentos do Bray são válidos e concretos, mas de nada lhe valem esses argumentos se o resultado final for o mesmo que assistimos nas rivalidades com o Cena e Undertaker, ou mesmo se tiver vitórias como as que teve com o Ambrose ou o Ryback.

Ou seja todos nós sabemos que o resultado final da rivalidade será o Reigns vencer e obter vingança do Wyatt, e na verdade esse até poderá ser o resultado correcto. Porém, e apesar de ser o Reigns quem viu o seu sonho ser destruído no Domingo, no final da rivalidade será o Wyatt que ficará longe dos seus sonhos enquanto o Reigns terá ultrapassado apenas mais um obstáculo no seu percurso para ser WWE Champion.

Porém a semana fica marcada pelo fim dos sonhos de Dusty Rhodes, o homem que nunca teve medo de sonhar e acreditar no seu valor e sobretudo no valor daqueles que lhe rodeavam. Claro que o Cody e o Goldust perderam um pai, mas também os fãs de wrestling perdem um dos homens que mais fez pela indústria do ponto de vista criativo, e sobretudo um homem que trabalhou até morrer e sempre a olhar para o futuro da indústria.

Aliás, se o Triple H é o “Pai do Novo NXT” o Dusty poderá ser “o Tio” ou mesmo “o pai adoptivo” deste conceito, devido ao seu trabalho de proximidade com os talentos do Performance Center. Mais que um mestre foi visível que os membros do NXT perderam alguém que admiram, que acredita neles e os potenciou, e sobretudo perderam um amigo.

Não deixa de ser comovente o modo como eles o homenagearam na hora da sua morte, porque é visível a forma como ele deixou uma marca importante na sua vida como wrestlers e como pessoas, e são raras as pessoas que se cruzam na nossa vida que conseguem fazer este impacto.

Como fã sou grato ao trabalho e ao talento de Dusty Rhodes no entanto é complicado descrever em palavras o que senti quando soube a notícia do seu óbito. Acho que a pessoa que melhor descreveu este momento foi o seu filho Cody Rhodes que o comparou ao protagonista do filme Big Fish de Tim Burton.

De facto tal como Edward Bloom também Dusty tem os seus contos e histórias que transmitiu aos seus pupilos, e mesmo que algumas partes não correspondam totalmente à verdade ambos transmitem o poder da criatividade. E sobretudo como é possível agarrarmo-nos a ela e desenvolver os nossos sonhos, até porque cada sonho que morre outro nasce, e o Dusty Rhodes fez isso durante toda a sua vida e sempre com sucesso.

Por isso mesmo espero que os seus últimos sonhos se concretizem, e que de facto a Geração NXT comece a liderar a WWE nos próximos anos, e sinceramente acredito que isso acontecerá. Claro que não será tão rápido quanto desejaríamos, mas quando daqui a dez anos analisarmos esta era do Wrestling não tenho dúvidas que esta será conhecida como a “NXT Era”. E sinceramente se isso acontecer (inclusive nas Divas) não tenho dúvidas que o Sonho do Dusty Rhodes será realidade e se ele tivesse vivo iria ficar orgulhoso do sucesso de alguns dos seus meninos do NXT.

Despeço-me desejando uma excelente semana a todos, e prometendo regressar no próximo Sábado com nova edição.

Pergunta da Semana

Qual a tua opinião sobre os sonhos criados e desfeitos esta semana na WWE?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

26 Comentários

  1. Galloway - há 1 ano

    Bem José, como já te tinha dito, e indo de encontro ao título do teu artigo, era para mim um “sonho” que o Bray interferisse no combate pela mala e evitasse o Roman de vencer, apenas errei na parte em que, antes, o Bray arrumava o Kofi, entrava no lugar dele aparecendo e fazendo o que fez, só que subindo o escadote e ganhando a mala.

    Infelizmente isso não aconteceu, mas não posso dizer que fiquei triste ou zangado com a vitória do Sheamus, gosto do irlandês e espero que volte ao topo da cadeia no próximo ano.

    Também já tinhamos falado que provavelmente será o novo rosto da Autoridade, por troca do Seth que deve fazer o face turn à entrada para o SummerSlam, lutando com o HHH.

    Não concordo é com a possibilidade do Sheamus colocar a mala em jogo, acho que isso nem é hipótese para a WWE, até porque se mantiveram os planos para o Sheamus a vencer um ano depois não vão depois fazer-lhe isso.

    E não esquecendo o Dusty, uma perda irreparável para o mundo do wrestling, sendo ainda mais para a sua família, e para os filhos Cody e Dustin.

    Muita força para eles.

    Bom artigo José.

    • José Sousa - há 1 ano

      Sem dúvida. Espero que um dia todos percebam o verdadeiro papel do Dusty com a nova geração. É sobretudo o que peço porque ele merece esse reconhecimento.

  2. Reigns one versus all - há 1 ano

    Excelente artigo,José.

    Eu vou começar pelo Mr.MITB:
    Eu sou da opinião que o sheamus não devia ter ganho a mala,seria mais a favor da vitoria do reigns ou do ziggler,mas esta é apena a minha opinião.
    Eu não vejo o sheamus a cobrar a pasta e não o vejo campeão,mas se é para lhe dar um push,tem que ser algo para durar e nada de passageiro.

    Roman Reigns era quem eu previa para vencer,mas como o Wyatt interviu no combate vamos ter uma feud entre eles.
    Eu acho que vai ser interessante,o Wyatt com as promos enigmáticas,o reigns a querer por as mãos em cima dele,vai ser bom ver essa feud.

    Quanto ao Dusty Rhodes, e triste ver uma lenda partir,afinal de contas ele trabalhou e muito para o wrestling ser reconhecido e estava a trabalhar com as estrelas do NXT.
    Thank you Dream.

    • José Sousa - há 1 ano

      A feud será interessante. A minha questão é sobretudo como sairá o Wyatt disto tudo, porque isso já é uma constante em toda a sua carreira na WWE.

  3. DMartins_WWE - há 1 ano

    Excelente artigo José.

    Sinceramente já estava à espera que alguém interferisse, adiando o “sonho” do Reigns. Não fico lá muito contente por essa pessoa que interferiu, tenha sido o Wyatt. As promos do Bray são, de facto, bastante cativantes. Mas quando tem uma rivalidade grande acaba sempre por sair penalizado, espero bem que este não seja o caso.

    Não fiquei triste por o Sheamus ter ganho, pois, dos participantes desse combate, não estou a ver melhor escolha para Mr. Money in the Bank do que ele.

    Quanto a ele poder vir a ser a nova cara da Autoridade, acredito que isso não vá acontecer. O fim da Autoridade pode estar próximo.

    Acho bastante bem que ele ponha a mala em jogo, isto é se ele levar a melhor, de modo a sair credibilizado.

    Não esquecendo o Dusty, para além dos filhos e outros familiares, quem também vai sentir a sua falta são os superstars “Made in NXT”. Acho que todos os fãs lhe deviam agradecer pelo que ele fez pelos “novos talentos”, porque afinal eles são o futuro.

    • José Sousa - há 1 ano

      Sim é exactamente isso o que penso. Eu adoro o Bray e acho-o uma personagem muito boa mas que peca pela falta de grandes vitórias. Sinceramente gosto do Sheamus e quando falo desse combate é porque já aconteceu no passado e poderá voltar a acontecer.

      Quanto ao Dusty totalmente de acordo.

  4. ShowOff - há 1 ano

    Excelente artigo Jose. Arrisco-me a dizer que foi um dos melhores que já escreveste (pelo menos que eu tenha lido).

    Sinceramente não gostei que o Bray Wyatt tivesse interferido no combate da maneira como o fez, pois prefeualquer outro wrestler. Por isria que ele tivesse atacado o Orton e que o Reigns acabasse por ganhar. Penso que o Reigns tem que sair por cima desta rivalidade, pois não o vejo a chegar à Wrestlemania sem já ter tido um reinado como campeão. Mas simultaneamente, o Bray precisa de uma vitória em rivalidade mais do que qso preferia ter visto o ínicio de uma rivalidade entre o Orton e o Bray, e outra entre o Reigns e o Sheamus. E se havia algo que eu gostava de ter visto era o Reigns a vencer a mala e a fazer o cash in durante o combate do Rollins e do Lesnar no Battleground, acho que seria um momento épico. Consequentemente, no Summerslam tinhamos uma triple threat pelo título e a Authority ajudava o Reigns a manter o título, marcando então a rivalidade entre o Rollins e o HHH.

    Mas com a vitória do Sheamus só consigo imaginar um de dois cenários: ou o Sheamus faz o cash in brevemente, o que para mim aconteceria já no Battleground. Ou então faz o cash in já depois da Wrestlemania. Enquanto que no primeiro cenário ele faria o cash in após ter perdido para o Orton (fazendo o cash in no Rollins com a ajuda da Authority, com o Rollins a fazer o turn, ou no Lesnar sem qualquer tipo de ajuda, o que originaria no Summerslam um Rollins vs Orton vs Sheamus, caso se verificasse o cash no Rollins, ou um Rollins vs Lesnar vs Sheamus vs Orton, na segunda hipótese) e seria apenas um campeão de transição, perdendo o título mais tarde para o Reigns, no segundo cenário poderia ser um campeão mais longo, caso a WWE esteja interessada em dar-lhe e«um grande push)

    De qualquer uma das maneiras, vejo uma triple threat entre os ex-Shield na WM, o Ambrose sozinho ou o Rollins e o Ambrose a vencerem o Rumble, e o Reigns a entrar na WM como campeão e o Ambrose a sair.

    Quanto à homenagem ao grande American Dream, não tenho nada a acrescentar. É um icone desta indústria em todos os sentidos, e nunca será esquecido.

    • ShowOff - há 1 ano

      O segundo parágrafo ficou um pouco desformatado, por isso vou voltar a escrever: “Sinceramente não gostei que o Bray Wyatt tivesse interferido no combate da maneira como o fez. Preferia que ele tivesse atacado o Orton e que o Reigns acabasse por vencer”.

    • ShowOff - há 1 ano

      “Mas simultaneamente, o Bray precisa de uma vitória em rivalidade mais do que qualquer outro wrestler e por isso preferia ter visto o ínicio de uma rivalidade entre o Orton e o Bray.”

    • José Sousa - há 1 ano

      Eu tinha percebido, e concordo contigo. Acho que a rivalidade com o Roman é quase certo que acabará com uma derrota do Bray Wyatt. Só espero é que dure mais que um mês, porque eu discordo da maioria e penso que se calhar isto dura apenas até ao Battleground, e talvez seja Reigns vs Brock pelo titulo no Summerslam. Pelo menos não ficaria surpreso.

      Lá está depende do Sheamus, mas se não o vejo a fazer tão tarde o cash, também é verdade que não o vejo a fazer tão cedo. Como dizes até pode ser já o cash e esperam pelo Survivor Series para dar o titulo ao Reigns.

      Uma coisa parece ser certa, eu acho que o Sheamus será a “cara” da autoridade e o Reigns entra na Wrestlemania como WWE Champion. Mas lá está, neste cenário quem seria o heel dos Shield? Só vejo o Ambrose ou o Reigns, porque o Rollins será face. E por outro lado faz sentido que isto acabe com o Ambrose como campeão.

      • Anónimo - há 1 ano

        Não acho que isso vá acontecer. Isto parece-me que vai ser rivalidade para, pelo menos, 2 meses. Acredito que, caso a WWE queira um Reigns heel, a melhor maneira de o fazer era dando-lhe duas derrotas na rivalidade, com ele a ficar irritado com essa situação e a virar heel, passando uns tempos apenas a destruir faces de topo no backstage e antes de combates importantes, era algo que eu gostaria muito de ver.

        Ainda há a hipótese de ele não fazer o cash in, ou mesmo de perder a mala como tu disseste, mas sinceramente não consigo ver o Sheamus como campeão numa altura em que o destaque está a ir completamente para os ex-shield.

        Penso que o heel seria o Reigns. O Rollins vai como face, claramente. O Ambrose não acredito que perca o apoio que tem do público assim de um momento para o outro, por isso deve manter-se face. Mas até poderiam entrar todos como faces, com o pretexto de que finalmente se iria ver qual dos Shield é o melhor, numa luta centrada em provar quem é o melhor e não tanto numa rivalidade por ódio ou qualquer outra coisa.

      • ShowOff - há 1 ano

        O anónimo sou eu, não sei porque ficou assim

  5. Wrestling Life - há 1 ano

    Excelente artigo!

  6. Vinícius Nunes - há 1 ano

    Ótimo artigo.

    Estou com a leve impressão de que a WWE quer mudar a atual realidade do Bray Wyatt, a promo dessa semana foi muito mais objetiva e o motivo do ataque ao Roman foi bem explicado, e ainda colocou a foto da filha pra tornar isso pessoal, ou seja, vejo essa feud com mais sentido e objetividade do que jamais as feuds do Wyatt tiveram, e ainda tenho esperança de que o Reigns perca a feud e comece a ficar cada vez mais frustrado e inicie o seu heel-turn de maneira gradativa, com as justificações de seu fracasso na Mania, depois no Payback, depois no MITB e nessa feud com o Wyatt, eu pelo menos adoraria ver isso, e esse resultado seria muito bom pra relançar o Wyatt que precisa vencer uma feud contra alguém relevante.

    Sobre o Sheamus, ele sempre foi a minha segunda hipótese, visto que estava muito desenhado pro Reigns esse ano como foi desenhado pro Bryan em 2013, e torci muito pra que ele ganhasse a mala, e foi isso que aconteceu, como aconteceu com Randy Orton em 2013, que também teve meu apoio. Espero que ele não coloque a mala em jogo e não acharia nada ruim, o roteiro do Sheamus no Battleground ser quase igual ao do Rollins na Mania, sendo que pra mim o Brock deveria vencer o Rollins com dificuldade e depois sofrer o cash in do Sheamus e teríamos Brock vs Sheamus no Summerslam e HHH vs Rollins no mesmo evento, duvido mesmo que isso ocorra, mas acho que seria uma boa pedida.

    • José Sousa - há 1 ano

      Seria muito bem pensado. Até porque se a Triple Threat dos Shield for mesmo para avançar na Wrestlemania( e acredito que sim), um deles terá que ser heel e neste momento não convinha que fosse o Ambrose a fazer o turn, e o Rollins vai ficar face em breve.

      É tal questão estamos sempre à espera de uma derrota do Wyatt nesta feuds que partimos sempre “com um pé atrás” em relação ao homem. Mas sim também denotei mais realismo e objectividade do Wyatt, sim falou de serem opostos, mas apresentou motivos reais para querer atacar o Reigns, ou seja disse claramente que queria ter lutado pela mala.

      É um pouco do género. Se calhar a WWE vai fazer isto de forma a que o Rollins perca o titulo sendo prejudicado pela Autoridade, e não porque foi esmagado pelo Brock.

  7. 434 Days - há 1 ano

    Excelente Artigo José e adorei especialmente a entrada.

    A decisão de dar a mala ao Sheamus foi acertada a meu ver, pois desde o seu regresso que espero que este seja considerado como main eventer, tendo qualidade para o ser. Quanto ao futuro, eu gostava que ele fosse campeão só depois do WM já que neste momento sinto que a rivalidade dos ex-shield deve-se lentamente começar a construir para o Main Event desejado do Mania32. É neste sentido que eu gostaria de ver a WWE a avançar. Apesar de tudo, os meus parabéns a esta escolha pois abre outras opções que eu aqui não escrevi.

    A situação do Wyatt ainda está em aberto, pois apesar das demais falhas no seu booking ele ainda é uma opção credível para vingar no Main Event. Tem é que se começar a “premir o gatilho” como se diz em bom inglês e começar a tomar as decisões certas. Se será com o Reigns? Não sei, mas duvido que o Reigns perca a rivalidade e quanto a ele acho que mais tarde ou mais cedo terá o seu momento ao conquistar o título. Fica aqui a minha análise.

  8. Silveira9 - há 1 ano

    Bom artigo como sempre José.

    Infelizmente já não acredito que o Bray se consiga afirmar no mais event,faz sempre o mesmo,e acaba sempre derrotado.

    Quanto ao Sheamus vencer a mala,achei uma boa decisão e acredito que ele possa ser um bom campeão.
    Acredito que seja Sheamus vs Lesnar e Rollins vs HHH no Summerslam e depois Sheamus vs Rollins,só não estou a ver é o que vão fazer com o Ambrose.

    Por fim estou muito triste com a morte do Dusty,uma lenda do wrestling que parte assim do nada,os meus pêsames para o Cody para o Dustin.

    • José Sousa - há 1 ano

      Nem eu. Eu gostava que a rivalidade do Wyatt e Reigns fosse para criar mais frustração no Reigns e ele acabasse por atacar o Ambrose e ficasse heel. A ideia seria colocar já um dos Shield heel para iniciar o caminho para o Triple Threat da Wrestlemania, que acredito que irá mesmo acontecer.

  9. Don_Ricardo_Corleone - há 1 ano

    Um bom artigo.
    Eu estranhei a vitória do Sheamus que vem de facto baralhar tudo para o bem e para o mal. Eu queria a vitória do Roman Reigns não só porque acredito no seu valor mas principalmente pela sacanice que alguns fãs do Daniel Bryan lhe fizeram na Royal Rumble e pelo paço a trás e também porque penso que seria um passo essencial para termos o tal main event da Wrestlemania entre os Shield. Espero que esta vitória não impeça tal combate mas agora com o Lesnar e o Sheamus ao barulho, não sei se tal será possível nestes meses. Mantenho a esperança e estou curioso.
    O que me chateia na derrota do Reigns é o facto de ter sido por interferência do Bray Wyatt, repetindo mais uma vez a sequência ataque surpresa-promos enigmáticas. É que não sai disto…Como dizes é ataque, mind Games, e perder as grandes rivalidades e tudo feito de forma o mais aleatória possível, ou seja, não é feito para que o Wyatt suba na hierarquia mas sim a passar do mid card para o main event, do main event para o mid card e assim sucessivamente, de forma completamente aleatória, por mais razões que inventem para os seus ataques. Analisando os combates do Bray Wyatt em PPV temos: Kane, Kofi Kingston, CM Punk e Daniel Bryan, Daniel Bryan, The Shield, John Cena, Chris Jericho, Dean Ambrose, Undertaker, Ryback e agora teremos o Roman Reigns, isto com uma série de pausas pelo meio. Ou seja, o Wyatt anda de cima para baixo, de baixo para cima e sempre a perder as feuds. E um simples genérico “ataquei-te porque me venceste e me impediste de participar nesse combate” seguido de promos maradas, não chega. O Bray Wyatt está sem rumo…

    • José Sousa - há 1 ano

      Isso também é verdade. Eu acredito que o Triple Threat aconteça, será difícil para a WWE colocar o Sheamus ao nível de credibilidade que o venda como main-event de uma Wrestlemania. Quando muitos questionam se os Shield seria suficiente para um Title Match de Wrestlemania, eu acho que vendiam mais que o Sheamus por mais que até goste do Sheamus.

      Quanto a isso também subscrevo, ou seja, espero é que esses mesmos fãs “sacanas” não façam o mesmo este ano. Aliás já comentei isso há dias e seria parvo se por exemplo o Bryan voltasse no Rumble, eles iludiam-se que ele vencia e a vitória ia para o Ambrose, e Mesmo alguém como o Ambrose fosse vaiado.

  10. Miguel Carlos - há 1 ano

    Excelente artigo, não tenho nada a acrescentar.

  11. Leonardo - há 1 ano

    Ótimo Arrigo!
    Bom tenho pouco tmp e por isso sobre o American deram só tenho a dizer OBG!
    Sobre o MITB o ganhador no começo achei errado mais DPS ate me conformei sheamus já tem uma grande carreira mais ate agr n estava progredindo com heel
    Sobre a feud do Roman x Wyatt…ótima feud!..mais na HR errada…..TDs falam q Wyatt já perdeu MT mais e roman? Blz venceu o RR mais tirando isso o q ele teve di mais? Feud vencida com orton e com o big show? Bom bray venceu Ryback e Dean Ambrose por isso eu acho q foi uma ótima feud mais na HR errada acho q os dois merecem sair por cima mais n tem como mais acho q poderiam fazer 3 PPV com essa feud e no final ficaria roman2x1bray acho q o roman merece mais pq ele futuramente sera o campeão mais ate hj n teve uma feud de impacto q saiu por cima mais ao fato de q roman perca a feud e vire heel n acho CRT pq se ele virar heel q precisa de ajuda isso n raiz a cara dele e. Se ele virar heel tipo o Brock uma feud perdida pro Wyatt n faria nenhum sentido
    Pra mim roman sairia por cima dessa feud com MT dificuldade e DPS o bray entraria em uma feud com o DZ ou orton e sairia por cima

    • José Sousa - há 1 ano

      Por mim até fazia o sentido o Reigns ganhar frustração e ficar heel. Se nós queremos o Triple Threat dos Shield algum deles terá que dar o passo para ficar heel. E não seria correcto que fosse o Ambrose , e o Rollins daqui a um mês já face.

  12. Sorlei Rui Oltramari - há 1 ano

    Excelente artigo, José.

    Se o Cash-in ocorrer, o Sheamus será um bom campeão heel. Tenho minhas dúvidas que a conquista ocorra por causa das diversas caras que temos na rota do título. Não creio que um junção oficial à Authority ocorra, talvez uma associação informal entre ambos, tal como ocorreu no combate entre Kane e Orton.

    Wyatt vs Reigns até me empolga a nível de combates, mas quando formos falar de consequências para o futuro de ambos, a coisa muda de figura. Para o Reigns, será um bom oponente no seu caminho ao WWEWHC, mas para o Wyatt será mais uma feud perdida. Não vejo Bray saíndo por cima, pois Reigns precisa estar forte para ganhar o título (isso é inevitável e talvez ocorra ainda esse ano). Gostaria de uma feud com o Orton, que tem elevado bastante talentos ultimamente e poderia fazer isso com o Wyatt, para que ele pudesse ser credível.

    O falecimento do Dusty realmente me pegou completamente de surpresa. Percebi que ele estava magro e pálido quando apareceu para tentar mediar os conflitos entre Gold e Stardust,mas nunca imaginaria que ele falecesse. De qualquer forma, deixou sua marca na WWE e tem boa parte dos créditos quando se fala no sucesso do NXT. Foi um dos mais carismáticos e que mais ligava-se aos fãs apenas por ser ele mesmo. É uma pena e que descanse em paz.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador