Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Smoke and Mirrors #220 – The Lunatic Champion

O título Intercontinental tem tido no passado recente alguns campeões de credibilidade questionável, ou pelo menos os reinados não foram exactamente aquilo que poderiam ter sido com outro tipo de booking. Claro que não considero o Ryback o wrestler mais talentoso do mundo mas a verdade é que o seu reinado foi igualmente vitima do famoso booking 50/50 , e isso acabou por ferir a credibilidade do mesmo diminuindo a sua duração.

Mas quem fala do Ryback também fala do reinado de Kevin Owens como campeão Intercontinental que apesar de forte, credível e dominante acabou por ser mais curto do que seria previsível. Claro que isso acabou por não afectar a sua credibilidade na WWE, contudo só não aconteceu porque a WWE têm outros planos para ele na Wrestlemania nos quais ele terá tanto destaque e relevância quanto teria caso fosse campeão Intercontinental.

E nesse cenário que o actual reinado de Dean Ambrose se reveste de uma importância extra, uma vez que ele tem quase a obrigação de ter um excelente reinado. Sobretudo porque um reinado de excelente qualidade e duração permite que o título recupere a credibilidade que perdeu nos últimos anos. Além disso um excelente reinado pode fazer do Ambrose um campeão Intercontinental à moda antiga.

E sinceramente noto vontade da WWE de fazer exactamente isso com ele e com o reinado dele, ou seja acredito que o plano seja fazer dele um campeão forte para que tenha um push para o main-event quando deixar de ser campeão. E é nesse sentido que o vejo como campeão “à antiga”, um pouco como o Bret Hart , Rock, Triple  H, Ultimate Warrior, Savage, HBK e Stone Cold, todos eles nomes que foram campeões Intercontinentais credíveis e fortes antes de chegarem ao main-event.

E todos eles foram campeões numa altura em que só existia um título máximo, tal como Ambrose neste momento, e onde o título Intercontinental era o segundo mais importante da companhia e uma rampa de lançamento. Era como se fosse o teste pré main-event que era feito a nomes que a WWE acreditava que podiam atingir esse patamar, mas que por diversos motivos não eram as apostas prioritárias para a companhia.

E no fundo Ambrose insere-se perfeitamente nessa descrição, e para ele este segundo reinado como campeão intermédio poderá ser o último antes de apostarem nele a sério como possível campeão Mundial. Até porque é evidente que a WWE o irá fazer mais cedo ou mais tarde, apenas não o faz neste momento porque a sua prioridade é consolidar Reigns e Rollins como principais nomes da companhia antes de lançar o seu ex-parceiro de Stable.

Aliás, é nesse sentido que ele por vezes continua a ser apresentado aos fãs, como o ajudante de Roman Reigns sendo essa postura criticada várias vezes por parte de alguns dos seus principais apoiantes que gostariam de vê-lo com mais protagonismo e destaque a solo. Ou pelo menos consideram que ele não recebe a atenção que deveria ter, se tivermos em conta o seu potencial a solo.

E embora concorde que ele tem todas as condições para ser uma estrela de topo na WWE, consigo compreender que este ainda não é o momento dele, e não me preocupo muito porque tenho a noção que a companhia não desinvestiu dele. Se excluir a final do torneio pelo título da WWE no Survivor Series, ele foi sempre protegido nas derrotas e é constantemente apresentado como uma das principais apostas da WWE no futuro.

Em todo o caso também preferia que não fosse utilizado tantas vezes apenas como o “parceiro” do Roman Reigns, e tivesse rivalidades próprias, mas a verdade é que neste momento não existem muitos heels no midcard com os quais ele possa rivalizar no midcard. Na verdade, eles até existem, porém não possuem credibilidade suficiente para que uma rivalidade forte com o actual campeão Intercontinental.

Por exemplo nomes como Tyler Breeze e Miz, ou mesmo um Ziggler heel seriam excelentes rivais para Ambrose durante o seu reinado de campeão Intercontinental. Uma vez que possibilitariam confrontos interessantes com ele, tanto no que à qualidade dos combate como dos segmentos e confrontos das mesmas.

Claro que o Miz está longe de ser um prodígio técnico, mas já evoluiu bastante enquanto wrestler e tem qualidade suficiente para proporcionar uma rivalidade interessante. Contudo neste momento a sua credibilidade não é a melhor, e dificilmente os fãs iriam vê-lo como uma verdadeira ameaça ao reinado do Ambrose, sobretudo se tivermos em conta o booking que teve depois do seu reinado como campeão da WWE que o vulgarizou enquanto superstar.

E tal como referi é fundamental que este reinado do Ambrose seja forte e consistente para que este sirva como alavanca para um futuro push para o topo. Para isso precisa de rivalidades fortes, como a que teve com Kevin Owens, mas a verdade é que isso é impossível na WWE actual e será inevitável que ele tenha um ou dois rivais menos credíveis.

Contudo, e se querem que o título e o reinado sejam vistos como relevante é importante que ele passe da Wrestlemania, e por isso considero fundamental que a WWE escolha um rival forte para o Ambrose na Wrestlemania. Tendo em vista isso sou da opinião que a opção mais credível seria um combate com Chris Jericho no maior evento da WWE, não porque seria um clássico, mas sobretudo pela simbologia do mesmo.

Ou seja, defender o título Intercontinental na Wrestlemania contra um adversário capaz, e que é o nome com o maior número de reinados desse mesmo título consolidaria Ambrose enquanto campeão com credibilidade e estatuto elevado.

Sei que o facto de estar no final do Rumble e no main-event do Fast Lane já comprovam esse mesmo estatuto, mas sendo campeão não é indiferente o seu rival na Mania daí defender a teoria Jericho ao invés da teoria AJ Styles. Até porque um confronto com Styles forçaria a WWE a entregar o título ao recém-chegado, e por mais que o queira ver como campeão este é o momento do Ambrose ter um reinado longo, até porque este título já teve a sua dose de reinados curtos nos últimos anos.

Dai considerar que é fundamental que o Ambrose tenha um reinado de luxo como campeão Intercontinental, e sinceramente acredito que isso acontecerá porque ele tem tudo para ser bem sucedido neste reinado e mesmo no futuro já enquanto main-eventer.

E mesmo que o tenha dito em outras ocasiões, nunca é demais reforçar a ideia que ele possui um carisma acima da média, boas promos, e uma capacidade de contar uma história no ringue que não está ao alcance de todos. Aliás, ele faz isso tão bem que por vezes parece que não é tecnicamente tão talentoso quanto outros performers da companhia, quando na verdade ele é capaz.

O que o Ambrose faz é representar uma personagem, mesmo que para isso tenha um moveset e performances menos vistosas. Para storytellers como ele o mais importante é contar a história, e é nisso que ele se foca quando está num ringue da WWE. E tal como disse no passado é essa capacidade que fará dele uma estrela enorme no futuro, daqueles que facilmente serão amados como face e odiados como heel.

Para ele a presença neste combate no Fast Lane é importante por mais que o resultado final seja previsível , mesmo sendo quase certo que será o alvo do pin do Reigns. Quase como o Rollins na Triple Threat pelo titulo da WWE do Rumble do ano passado, mais importante do que o resultado final, será a forma como vai ser apresentado no combate e a força da performance.

Uma performance marcante do Ambrose daqui a duas semanas poderá ser “selo” que falta para confirmar o que me parece ser certo: Ele vai ser uma estrela. E vai sê-lo mais cedo ou mais tarde, sendo apenas uma questão de tempo até a WWE detonar a Bomba “Ambrose”.

E no momento em que ela arrebentar não existirá forma de a travar, até porque não existe dúvida alguma que os fãs reagirão positivamente a esse push, mesmo que ele seja feito enquanto heel. Contudo admito que gostaria de o ver a atingir o topo como face primeiro como reconhecimento ao seu trabalho enquanto tal, e sobretudo porque parece-me ser uma decisão que seria consensual junto dos fãs.

Em todo o caso, os próximos meses do Ambrose deverão ser como Campeão Intercontinental, e não terei grandes dúvidas que assim o será até ao verão. Aliás, ficaria muito surpreendido se o reinado do “Lunatic Fringe” acabasse antes do Summerslam, e só vejo isso a acontecer se a WWE pretender colocar alguém “novo” como campeão.

No entanto eu não tomaria essa decisão até porque a Smackdown tem ganho bastante com o facto dele e do título Intercontinental como figuras importantes do programa. E espero sinceramente que assim continue, e que o “Ambrose Asylum” consolide o inicio de uma mudança de atitude da WWE com a Smackdown. E verdade seja dita não podiam ter melhor “cara” desse programa do que Dean Ambrose: carismático, popular e único.

Para concluir deixo o desejo que a próxima semana da WWE seja bem mais interessante do que esta que passou, uma vez que este inicio da Road to Wrestlemania têm sido um pouco “insonsa” .

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

22 Comentários

  1. Reigns one versus all - há 10 meses

    Bom artigo,José.

    Acho que o Ambrose tem tido um reinado muito interessante como campeão intercontinental, teve uma feud com o Kevin Owens que foi uma ótima rampa de lançamento para o seu reinado.
    Eu espero que o título intercontinental dê ao Ambrose a possibilidade de se consolidar como uma “ameaça” no roster e subir ao main event.
    O objetivo é Reigns e Rollins primeiro,mas acho que a WWE não o deve deixar para trás.
    Como falaste e bem,ele é muito carismático, um ótimo face,um excelente heel.

    Bem,se ele perdesse o título para os lados do Batleground e no summerslam:Reigns vs Ambrose vs Rollins pelo título mundial?
    Sonhar não custa…

    • Gabriel taker - há 10 meses

      Esse combate seria otimo mas seria clara a vitória do Rollins, ia retornar para retomar o titulo, Reigns deve ser o campeão até o retorno do Rollins que venceria e retomaria o titulo então acho esse combate pode acontecer no NOC ou no Hell in a Cell, imagine um Reigns vs Rollins vs Ambrose (Hell in a Cell Match)

    • José Sousa - há 10 meses

      Talvez. Mas eu vejo claramente o Ambrose a ter oportunidade dele mais daqui a um ano. Primeiro vais ter o reinado do Reigns que será bem longo.

  2. Concordo.
    O Ambrose é um dos que teria muito a ganhar com o regresso da brand split.
    Esta amizade com o Reigns vai acabar com um deles a trair o outro, certamente só daqui a uns bons meses tornando ainda mais “chocante” o turn.

    • José Sousa - há 10 meses

      Talvez. Quem sabe se o Ambrose não vence o MITB e usa isso para o cash-in. Ele é uma hipótese, não tem que ser obrigatoriamente o KO.

  3. Half man half amazing - há 10 meses

    Só acho que o Roman Reigns e o Dean Ambrose estão com as posições na empresa trocadas pois quem deveria passar primeiro pelo midcard, moldar-se e aperfeiçoar-se era o reigns. O Ambrose está mais que pronto para o main-event muito sinceramente. Aliás desde o inicio que dos 3 ele foi o mais bem preparado e isso foi claro se tivermos em conta o global (porque sim seth rollins no ringue é melhor!). A wwe nao agiu nada bem a meu ver. Eles deveriam ter virado o reigns heel quando tiveram oportunidades para de alguma forma o fazerem conquistar o respeito dos fãs ou entao nem iria tão longe e apenas retrataria o reigns como face de menos palavras e mais ação que é como os fãs gostam dele. Estas atitudes reprovaveis e constantes da wwe de tentar enfiar reigns pela goela dos fãs nao resulta e só o prejudica. Se a wwe tivesse sido paciente com ele, tivesse apostado nele para o midcard primeiramente talvez agora tivesse os fãs a salivar por reigns como campeão mas infelizmente a pressa sempre foi inimiga da perfeiçao.

  4. anonimo - há 10 meses

    Ha muitas pessoas que acham ke o rollins vai voltar e ganhar logo o título acho ke vao apanhar uma grande desilusão

  5. RFBM - há 10 meses

    Bom artigo. Apenas discordo quando referes que a presença do Ambrose na Ameaça Tripla que ocorrerá no Fastlane é importante, visto que sendo campeão Intercontinental, tendo Lesnar a começar a rivalizar com o Wyatt e tendo a história envolvendo o Reigns, penso que o resultado é óbvio, ainda para mais quando é o campeão que está presente no combate que terá se sofrer o pin.

    • José Sousa - há 10 meses

      Eu disse o que disseste. Quando digo que é importante é no sentido que uma performance de elite o consolidará como aposta da companhia.

      • RFBM - há 10 meses

        Obrigado pelo esclarecimento, percebo o teu ponto de vista.

  6. Miguel Carlos - há 10 meses

    Excelente artigo. Concordo que o Dean Ambrose está a ter um grande reinado e vai ser uma rampa para a sua ascensão ao topo que tem sido feita com calma. Sendo ele tão popular, penso que deveria chegar ao main-event como face, embora surjam rumores de vez em quando sobre um turn dele, devido ao facto de o Ambrose querer vingar-se do Roman Reigns por estar na sua sombra. Também acho que este reinado vai ser longo, embora ache exagerado que dure até ao SummerSlam, mas certamente passará da WrestleMania, onde acredito que irá derrotar o Chris Jericho. Gostei da comparação do Ambrose no main-event do Fast Lane ao Rollins no Triple Threat do ano passado, nunca tinha pensado nisso. Já agora, José, se não fores abordar este tema em breve, podes me responder a uma pergunta: não achas que o Kevin Owens vai enfrentar o Undertaker na ‘Mania?

    • Anónimo - há 10 meses

      A rampa se chama Kevin Owens, duvido que tivesse todo esse push se o IC fosse o Ryberg ou o King Jobber.

    • Anónimo - há 10 meses

      Além disso o KO não tem credibilidade pra enfrentar o Taker, muito menos na WM. Como alguém que perde para Ziggler e Kalisto na mesma semana pode ser ameaça para o Deadman?

    • José Sousa - há 10 meses

      Eu devo falar disso para a semana. Mas sinceramente vejo mais o Zayn a fazer double-duty na semana da WM e lutar com o Owens do que propriamente Owens vs Taker. Infelizmente o Taker vai lutar com aquele cepo com pernas: Braun.

      Sim. Eu vejo o reinado a ser longo, não sei até quando. Eu via-o a perder para o Finn mas esta lesão vai complicar em muito a vida do Balor.

  7. Gonçalo"the best" - há 10 meses

    Bom artigo, José!

    Adorei a rivalidade entre o Ambrose e o KO. Crebelizou bastante o titulo. Agora espero que o Ambrose continue com um grande reinado.

    Para mim perdia para Joe no Payback ou Money in the Bank, melhor no SummerSlam.

    • José Sousa - há 10 meses

      Eu também espero que sim. Por acaso antes da lesão do Finn já tinha pensado no Joe como proximo contender para o periodo pós-Wrestlemania.

      • Gonçalo"the best" - há 10 meses

        Não creio que a lesão do Bálor seja grave. Espero que mantenha o titulo no combate em Dallas e com ajuda de uma nova stable :)

  8. Anónimo - há 10 meses

    KO perdeu tanto a credibilidade que agora perde pra Ziggler e Kalisto.

    • José Sousa - há 10 meses

      Por duas derrotas em uma semana já não é credível? Se fosse para os Social Outcasts? E mesmo assim o Rollins não perdeu credibilidade por perder com o Slater.

      Mesmo que não gostem o Kalisto é o campeão dos EUA e é uma aposta.

  9. 434 Days - há 10 meses

    Excelente artigo José.

    Um reinado longo para o IC Title pode mesmo devolver-lhe a credibilidade que perdeu nos últimos tempos. Porém, preferia que o Ambrose já tivesse a entrar no panorama do main event. Como disseste, os seus defensores não o gostam de ver como o amiguinho do Reigns e eu incluo-me nesse grupo, apesar de gostar do Reigns. A verdade é que o Rollins teve uma construção absolutamente fantástica na sua ascensão ao topo, enquanto que o Reigns é a grande aposta da WWE para o futuro. No meio disto, o Ambrose parece que vai ser aquele membro dos Shield que vem atrás dos seus ex-colegas, quando eu não considero isto o caso. Sim a WWE protege-o bem nas derrotas mas acho que a ideia que expressei não deixa de ser um pouco aparente.

    De qualquer das maneiras, ele é o campeão Intercontinental e como tal espero que tenha o sucesso que antevês neste artigo. Depois veremos como será o seu percurso quando se tornar uma prioridade máxima para WWE.

    • José Sousa - há 10 meses

      Eu acho que ele vai ser uma prioridade. Não tenho muitas dúvidas que depois deste reinado vai ser sempre a subir até ao topo, só nao sei se será como face ou heel.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador