Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Smoke and Mirrors #50 – TNA New War of Brothers

Sejam muito bem-vindos ao primeiro Smoke and Mirrors do mês de Novembro, e depois de uma semana marcada pelo rescaldo do Hell in The Cell, decidi que esta semana iria abordar pela primeira vez uma das storylines mais quentes do ano: os Aces and Eights. Mas optei por abordar mais a componente de rivalidade familiar que esta feud revelou nos últimos tempos, ou seja em vez de me focar na stable, em si irei mais concretamente analisar a rivalidade entre Devon e Bully Ray e a reviravolta em termos de atitude por parte destes dois wrestlers, que já trabalham juntos á décadas.

Mas esta rivalidade entre Ray e Devon não é nova e já ocorreu no passado mesma na TNA, mas a grande novidade é o facto que pela primeira vez é o Ray que é o face na feud, e a forma inteligente como foi feito o seu face turn e esta reviravolta é que torna tão interessante esta angle familiar numa storyline que tem objectivos mais altos que uma simples feud entre Devon e Ray. Mas antes de aprofundar mais sobre a rivalidade actual comecemos por uma retrospectiva da carreira destes dois wrestlers que passaram mais de metade da sua carreira enquanto equipa.

A carreira deles em conjunto começa em 1996 na ECW, em parte graças a interferência de Paul Heyman que juntou primeiro Ray e depois Devon a Dudley Family. E após uma rivalidade entre “ meios-irmãos” na qual Ray aliou-se a Devon onde formaram os Dudley Brothers e conseguiram oito títulos de campeões de Tag Team da ECW. Mas em 1999 juntam-se á WWF onde Bubba Ray, anteriormente Buh Buh Ray, e D-Von, desde do momento que ingressam na empresa tornam-se numa das maiores forças da divisão de Tag Team da WWE, sendo que fazem a sua estreia enquanto uma tag heel.

E a sua estreia não poderia ter sido melhor, porque foi logo com uma das feuds de tag mais épicas de sempre contra os Hardyz e Edge e Christian. E esta feud é uma das melhores de sempre porque estas tags proporcionaram dos melhores combates de Tag Team de sempre quer no ponto de vista de qualidade técnicas, assim como dos melhores no ponto de vista de serem combates extreme. E por essa mesmos motivos combates como o do Summerslam de 2000 e da Wrestlemania X-7 (ambos TLC Matches), foram dos melhores combates de sempre da WWF na divisão de Tag Team sem dúvida, e fazem recordar esses anos como os melhores anos da divisão de TaG Team na WWF e muito provavelmente de qualquer outra empresa wrestling. E com esse tipo de combates é que os Dudleys Brothers são das melhores tags de sempre da história da WWF e do wrestling, e símbolos do wrestling e do Tag Team Hardcore.

A meio de 2001, tornam-se heels de novo, após um face turn durante a feud que referimos anteriormente. E fazem esse turn porque juntam-se á Alliance de Shane e Stephie McMahon, uma stable composta por wrestlers que eram ex-WCW e ECW, stable essa que tentou conquistar a WWF mas cuja tentativa falhou e por esse mesmo motivo os membros dessa stable deixaram a WWF, mas eles não porque eram os campeões de Tag Team da WWF e da WCW nessa altura.

Já em 2002 com a mudança da WWF para WWE, e a junção ao roster de ex-WCW tivemos um Draft para dividir o roster em duas brands, e nessa mesma altura os Dudleys foram seperados ficando Ray na Raw e D-von na Smackdown. Numa opção criativa da WWE que apesar de arriscada não teve os resultados que provavelmente esperariam que tivesse. Porque enquanto Ray fez tag com Spike Dudley na Raw e teve uma tentativa no título de World Heavtheight de Triple H, já Devon. E por esse mesmo motivo voltaram a junta-los na Raw dezasseis meses depois e voltam novamente em grande á divisão de Tag Team com feuds com equipa como os 3-Minute Warning, La Résistance, e os The Un-Americans, e depois de irem para a Smackdown tem rivalidades com Undertaker e novamente pelos títulos de Tag Team que nessa altura era um para cada brand. Mas em 2005 saiem dos ecrãs da WWE e vão para OVW para redefinir personagens mas isso nunca chegou a acontecer, só voltaram para o PPV ECW One Night Stand em 2005 mas com a compra dos direitos de gimmicks da ECW por parte da WWE os Dudley ficaram proibidos de usar esse nome em outras empresas, opção que eles contestaram e colocaram em processo legal contra a WWE.

Assim os Dudley em parte não tem mais sucesso individualmente na WWE, porque a WWE naquela altura não conseguiu definir uma gimmick específica para ambos, que conseguisse os afastar das suas gimmicks originais que os acompanhou durante todo o percurso na WWE quer fosse como faces ou heels. Aliás elogiando a TNA só mesmo ela, e no últimos dois anos é que conseguiu romper com as gimmicks de Brother Devon e Brother Ray e ainda bem que conseguiram para bem do wrestling e da TNA actual que tem em ambos dois dos seus principais activos e wrestlers com mais talento e atenção mediática nos últimos tempos. E por essa inércia em resolver essa questão de como fazer os Dudleys lutadores individuais, a imagem que teremos deles na WWE será sempre como dos melhores talentos na divisão de Tag Team e membros de uma geração de ouro dessa mesma divisão.

Mas como referi o percurso deles começa a mudar na TNA, no qual ingressam em 2005 com o nome de Team 3D, como simplesmente Brother Devon e Brother Ray, e como Tag Team e começam por uma feud pelos títulos de Tag Team da NWA contra os America Most Wanted. Depois já na divisão de Tag Team da TNA tem feuds contra os Beer &Money, Motor City Machine Guns,Nast Boys. Mas com o Hardcore Justice:Last Stand em homenagem á ECW eles juntam-se aos EV 2.0 como faces e envolvem-se numa feud com os Fortune, mas depois disso decidem acabar com a Team 3D depois do Turning Point, fazendo Ray o seu heel turn atacando Devon e juntando-se posteriormente aos Immortal de Hulk Hogan e Devon continuou a sua carreira a solo, e durante algum tempo com uma Tag com D´Angelo Dinero, como o qual teve uma feud antes de voltar a estar como single wrestler.

Já Bully Ray a partir da separação tornou-se num dos mais importantes heels da TNA, e uma das personagens mais fortes e carismáticas da TNA e mesmo das melhores gimmicks heels dos últimos anos do pró-wrestling. Tendo tido oportunidades pelo título Mundial, e tendo sido dos mais fortes candidatos á vitoria do Bound For Glory Series deste ano. Enquanto Devon foi um dos últimos campeões do Television Title e perante a ameaça de não renovação de contrato, é lhe retirado o título e é ai que todos nós pensamos que ele iria mesmo sair da TNA. Mas tudo isso muda no maior dos eventos da TNA o Bound for Glory quando Bully luta pelo lado da TNA com Sting contra os Aces and Eights e é nos revelado que Devon é um dos membros da stable, sendo o seu porta-voz. E a partir daí a relação entre os dois ex-parceiros muda tal como o seu estatuto na TNA. Marcando o inicio de uma mudança na forma como vimos os dois wrestlers, e é essa mudança que irei analisar seguidamente.

E começo por analisar o momento da revelação que Devon era um dos Aces and Eights, e sobretudo a reacção de Bully Ray que foi de incrédulo. Alías as expressões faciais de Hogan e Bully eram as mesmas que as nossas como fãs de não querer acreditar que Devon era parte dos inimigo, porque isso era muito improvável porque até pouco tempo ele era campeão do TV Title na TNA e como face, mas o facto de o titulo lhe ter sido retirado parecia á primeira vista para todos nós um sinal que os rumores que não tinha renovado contrato eram verdadeiros, e por essa mesma razão a TNA tinha optado por lhe retirar o título porque não teria sentido continuar enquanto campeão se iria sair da companhia.

Mas esse momento foi sobretudo um golpe de génio da TNA e da sua direcção criativa porque criou a ilusão perfeita para preparar o regresso do Devon de uma forma que todos nós não esperaríamos o que tornou aquele momento da revelação como membro dos Aces and Eights genial no ponto de vista de storyline porque através de uma ilusão criou uma surpresa e uma reviravolta numa feud que em vez de dar-nos somente uma resposta criou-nos mais questões sobre os Aces and Eights. Além disso criou uma feud paralela á do Aces and Eights que é a feud Devon e Bully Ray, que é novamente uma feud entre irmãos que se encontram de lados opostos das barricadas e que perante a actual rivalidade tem justificado anteriores acções enquanto parceiros com base na feud actual.

Bem, e o que eu chamo uma feud paralela até pode ser também vista como uma feud dentro de uma feud, depende do ponto de vista de cada um nós. O que posso dizer é que do que temos visto a feud principal dos Aces and Eights tem estado a um patamar elevado (mas sobre isso abordarei num outro artigo posteriormente). Mas a feud familiar também tem estado porque após uma reacção sem palavra de Bully Ray no Bound For Glory, no Impact Wrestling da semana passada tiveram finalmente a reacção verbal ao facto de Devon o seu”Brother” ser membro dos Aces and Eights numa promo a todos os níveis épica.

Um dos motivos pela qual aquela promo foi dos melhores momentos de promo do ano na minha opinião foi pelo facto da TNA ter conseguido fazer um face turn do Bully de forma convincente. E se um dos meus receios antes do Bound for Flory era uma face turn do Bully porque gostava bastante do seu trabalho como heel, e não via forma inteligente de o tornar face, então a TNA encarregou-se disso naquele momento, e só espero que consigam manter esse nível no Bully agora que é face. Porque era perfeitamente normal que tivéssemos receios que o Bully como face fosse menos interessante porque um bully é sempre um mauzão, raramente é fácil de vermos esse tipo de personagem como um positivo e como um dos apoiados, a não ser que use o facto de ser Bully para proteger outros do ataque de um gang ainda pior, e foi por esse caminho que a TNA enveredou quando fez o face turn do Bully e parece-me o caminho certo e espero que continue dessa forma.

Mas mais que o face turn um dos ponto que mais me agradou no turn foi claramente os motivos que o Bully apresentou para o fazer. Porque ouvir dizer que fez o heel turn há uns anos porque tinha que ser e que já sabia o tipo de pessoa que era o Devon foi genial. E sobretudo mantêm o argumento que referi anteriormente, ou seja agora está do lado dos fãs da TNA para os proteger do perigo dos Aces and Eights e de Devon, com isso manteve o nível elevados da história dos Aces and Eights assim como mantêm e incendeia ainda mais o carácter pessoal da rivalidade com Devon que se insere na história principal.

Outro dos aspectos que gostei da promo foi a capacidade de Bully tocar em todo o passado deles, e afirmar situações que se passaram na WWE e ECW ou seja a TNA não teve medo de apostar numa promo onde focou a outra companhia principal do wrestling mundial, e fez-lo de forma tão eficaz que temos que valorizar aquele momento e aquela promo do Bully Ray, que quer pelo contéudo como pela intensidade e valor que teve por significar o seu turn, será por certo um dos momentos do ano da TNA e na minha opinião como disse anteriormente uma das promos do ano do pró-wrestling.

Quanto ao futuro desta feud acho que irá continuar no próximo PPV o Turning Point onde aposto numa interferencia de Bully Ray no combate de Devon e Kurt Angle, como forma de continuar e intensificar ainda mais as duas rivalidades existentes nesta história tal como referi anteriormente. E será por certo um dos combates da noite desse PPV, quer pelo lado da feud pessoal que os dois tem actualmente, como pelo lado de termos expectativas que desse combate tenhamos mais revelações sobre os Aces and Eights e as suas identidades devendo a identidade do líder permanecer como oculta durante mais algum tempo. E aquele final de Impact wrestling desta semana foi brutal com Park a dar-nos mais um momento brutal nesta fantástica história. Mas para o combate Angle vs Devon começam a existir muitos factores de possivel interferencia a favor de Angle, e Bully e Joseph Park são sem dúvida possibilidades de ajuda caso os Aces and Eights tentem ajudar Devon.

Assim sendo espero que esta feud e TNA continuem a surpreender-me, porque na minha opinião é a storyline do ano até agora sem margem para dúvidas e seria mau de mais se acabasse em ruína. Mas acho e espero que não aconteça isso, e se não acontecer será sinal que terei mais artigos sobre o tema. Até porque com esta feud e a storyline dos Aces and Eights finalmente o Bully Ray e o Devon tem tratamento de main-eventers numa empresa e isso é sem dúvida o reconhecimento do talento de dois enormes talentos que já dedicaram muitos anos de carreira ao wrestling. E por isso mesmo espero que o Bully Ray ainda tenha o seu momento de campeão da TNA após esta feud, mas isso só deverá acontecer quando Hardy deixar de ser o campeão mundial, e até lá estará entregue a esta rivalidade e a luta contra os Aces and Eights. Quanto ao Devon por mais que gostasse que tivesse um reinado de campeão de topo isso não pode acontecer a todos e por isso mesmo estar na feud do ano e com destaque já é óptimo, e o seu futuro na TNA é uma incógnita pelo menos no que diz respeito ás oportunidades por títulos.

E assim concluo a edição desta semana, para a semana voltamos com a análise de mais um dos temas quentes do pro-wrestling actual, bom fim-de-semana e até para a semana no mesmo dia e no mesmo local.

Momento da Semana

Perguntas da Semana

Qual a tua opinião sobre a carreira de Devon e Bully Ray? E o que pensas que esta feud vai-nos trazer?

Concordas com o momento da semana ou escolhias outro?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Smoke and Mirrors”.

57 Comentários

  1. andré_rodrigues - há 4 anos

    Aquela imagem do “momento da semana” não é o Luke Gallows?

    • danielLP21 - há 4 anos

      É essa a intenção…

    • The Charismatic Enigma - há 4 anos

      Não.
      É o Festus.

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Não.
        É o Impostor Kane.

      • José Sousa - há 4 anos

        Ou tudo isso é o Drew também.

      • andré_rodrigues - há 4 anos

        Eu nao acompanho TNA, alguém me diz qual a sua nova gimmick?

      • José Sousa - há 4 anos

        Ele é um dos membros de uma Stable os Aces and Eights que usam mascara, fora isso pouco sabemos do papel dele na TNA e na stable ainda.

      • Jorge Rebelo - há 4 anos

        É uma boa oportunidade para começares a acompanhar andré.

      • José Sousa - há 4 anos

        Sem dúvida Jorge é um produto a acompanhar e não o compares com o da WWE, são completamente diferentes, podes gostar de um e do outro ao mesmo tempo.

      • MasterTs1998 - há 4 anos

        Sabes que o Festus e o Luke Gallows são a mesma pessoa certo.

      • The Charismatic Enigma - há 4 anos

        Não! Eu não sabia disso, obrigado por me avisar.

    • andré_rodrigues - há 4 anos

      Pois, se calhar vou mesmo Jorge Rebelo, embora já tenha visto alguns combates e nao me tivessem empolgado muito, se calhar até porque já foi há algum tempo. . . vou fazer um esforço pra acompanhar , até que luta lá o meu wrestler preferido de todos os tempos :)

      • danielLP21 - há 4 anos

        Quem? O Kurt Angle? O Jeff Hardy?

        Fazes bem em tentar acompanhar a TNA,neste momento está numa excelente fase.

      • andré_rodrigues - há 4 anos

        Jeff Hardy, sem dúvida, é o meu wrestler favorito, desde que ele estava em feud com umaga pelo IC Cahmpionship e veio pro smackdown, que na altura passava na TVI, fiquei fã dele!

  2. The Charismatic Enigma - há 4 anos

    Desde maio deste ano que comecei a acompanhar Pro-Wrestling aqui no W.PT e o meu primeiro artigo lido foi o Smoke and Mirrors.
    Este é o meu favorito, e edição 50 é uma das melhores!
    Esta semana não haveria tema melhor pra escolheres José, foste magnífico neste artigo, concordo a 200% com sua visão, e não acrescento e nem retiro nada

    Qual a tua opinião sobre a carreira de Devon e Bully Ray? E o que pensas que esta feud vai-nos trazer?

    Simplesmente uma das melhores Tag Team’s de sempre.
    E os melhores TLC matches da história foram no SummerSlam 2000 e na Wrestlemania x7, na minha opinião uma das wrestlemanias.

    TNA em grande momento, não perco um Impact, a WWE desilude.

    Concordo plenamente, grande promo do Bully, “You Have no Balls”!

    Nas 2 empresas que acompanho, Aces&8 melhor história do ano, não decepcionaram até agora, e espero que não decepcionem.

    Concordas com o momento da semana?
    Plenamente.

    Escolhias outro?
    Não!

    Ótimo trabalho José,fazes muito bem em abordar também a TNA no Smoke and Mirrors,um bom fã de Wrestling sabe que este negócio não é só WWE. Continue sempre assim, se superando.

    • The Charismatic Enigma - há 4 anos

      Não respondi direito a tua questão.

      E o que pensas que esta feud vai-nos trazer?

      Grandes momentos.
      Espero que os Booker’s saibam deixar esta rivalidade cada vez mais intensa, com Angle’s e Segmentos brutais entre os eternos Kings of Tables.
      Para o final desta rivalidade daqui alguns meses, nada melhor que uma Table’s Match entre Bully e Devon, mas com alguma estipulação que proíba os Aces&8 de interferir no combate.

      Corrigindo o comentário acima, a Wrestlemania X7 é uma das melhores da história da WWE.

      • danielLP21 - há 4 anos

        A melhor.

      • José Sousa - há 4 anos

        Isso é subjectivo Daniel, mas das melhores da história é sem dúvida alguma.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Eu falei por mim. Para mim a melhor é a X-Seven a 2ª melhor é a WrestleMania 2000.

      • Vinícius Nunes - há 4 anos

        Eu não afirmaria categoricamente que essa Wrestlemania foi a melhor, mas foi a que eu mais gostei e a que mais me marcou, pois foi a Wrestlemania do primeiro ano que comecei a acompanhar a WWE…

      • José Sousa - há 4 anos

        Foi das melhores que eu vi sem dúvida Vinicius.Das que acompanhei a que mais gostei foi a de 2009 a do primeiro HBK contra Undertaker.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Sim,dos últimos anos a WrestleMania 25 foi a melhor. O card foi brutal,só acho que o Randy orton devia ter vencido o Triple H pelo Título da WWE e ter assim o seu grande momento na WWE,momento esse que,por incrível que pareça,o Orton ainda não teve. Ainda por cima ganhou o título um mês depois numa estupidez de Tag Team Match.

      • Vinícius Nunes - há 4 anos

        Realmente Daniel, a Wrestlemania 25 foi a melhor dos tempos que acompanhava a WWE, gosto muito da 22 também, já que apesar de ter começado a ver a WWE em 2001, a Wrestlemania já havia passado, e só faltou o Orton vencer o Triple H…

      • José Sousa - há 4 anos

        Sim nessa Wrestlemania o Orton devia ter ganho ao Triple H, ganhar por ser lider da Tag dos Legacy foi parvo, mas pronto foi uma grande Wrestlemania.

    • José Sousa - há 4 anos

      Oh esta edição teve alguns erros ortograficos eu proprio estou desiludido comigo, mas pronto para a semana vou compensar.

      E tal como tu a Wrestlemania X-7 é das minha preferidas com grandes combate e eles são sem dúvida uma das maiores lendas do Tag Team da WWE eles e os Hardyz e os E&C.

      E sim o negócio não é só WWE e para semana devo voltar á TNA até porque aquele card para o PPV merece uma antevisão( mas que card de classe para o Turning Point).

      • The Charismatic Enigma - há 4 anos

        Das que assisti, a Wrestlemania X7 é a melhor concordo com o Daniel.
        Mas desde o tempo em que comecei acompanhar a WWE em 2005,gosto das Wrestlemanias 22,23 e 25.

        Ah sim, teve um erros ortográficos mas, errar todo mundo erra.

        O Card está ótimo, destaco principalmente a Ladder Match, aquilo deve ser brutalíssimo.

      • José Sousa - há 4 anos

        Sim erros acontecem, se em um anos tive 3 ou 4 artigos com alguns erros pronto acontece, mas acho que o balanço do primeiro ano é positivo pelo menos para mim é( ainda não é um ano mas só faltam duas semanas)e serão marcadas por antevisões de PPV´s.

        O card é notável, desde das tags, o ladder claro, Magnus vs Samoa Joe, o combate dos contenders onde quem ganhar é nº1 contender e quem sofrer pin fica de fora até ao BFG sinceramente vai ser grande PPV.

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Óptimo artigo José grande rivalidade Bully vs Devon que está para vir vai ser marcante para a história da TNA estou em crer!
        O balanço do primeiro ano de Smoke and Mirrors é muito positivo continua!

      • José Sousa - há 4 anos

        Tipo não digo que irá marcar a história da empresa mas que é mais uma rivalidade dentro de uma rivalidade já de si brutal( TNA vs Aces and Eights)isso é e deverá ser o passo que falta antes do Bully se tornar campeão mundial da TNA.

        Eu nunca pensei desistir( só se for por razões de impossibilidade mesmo). aliás eu vi onde errei esta semana e conhecendo-me como conheço para a semana vou dar o dobro para me superar. Aliás eu já disse no artigo do Pedro Juarez o truque pelo menos para mim é não me deslumbrar com comentarios positivos, para mim cada artigo é como se fosse o meu primeiro( que quase já faz um ano é verdade, parece ontem!. Ou seja para mim cada semana é um desafio e a pressão que existe não é a de agradar( claro que gosto qu agrade), mas eu sou mais exigente comigo que os outros se falhei em algumas coisas como esta semana, para semana a pressão maior vai ser a minha prórpia pressão.

  3. AwesomeTheMiz - há 4 anos

    Cada um sempre tem uma dupla que prefere, particularmente sou muito fã dos Hardy Boyz, mas sempre gostei do Devon e Bully Ray como duplas, independentemente se fosse no ECW, na WWE ou no TNA. Eles juntamente com The Hardy Boyz e Edge & Christian fizeram um dos maiores combates da história.

    Mas, infelizmente, nestes Triple Threat Match TLC Tag Team a vitória sempre foi para Edge & Christian. Para mim, as outras duas duplas tinham grande qualidade para se tornarem campeões nestes combates. Isto, pode-se dizer, que foi um fator para a perda de espaço da dupla na WWE.

    Devo dizer que quando vi o Bound For Glory fiquei totalmente surpreso com o integrante revelado ser Devon. Poderia imaginar que seria Luke Gallows e/ou Chris Masters, mas jamais imaginaria que seria Devon.

    É claro que eu gostei de Devon ser um integrantes do Aces & Eights, além do mais ele começou uma nova feud com Bully Ray e, pela primeira vez, foi como heel. Gosto muito de acompanhar o TNA (apesar de ser difícil aqui no Brasil), e tenho que dizer que a empresa tem me surpreendido bem mais que a WWE no que se diz a respeito das feuds.

    Com certeza é a história do ano, mas acho que esta feud não acabará em uma ruína, pois a TNA tem construído grandes feuds; não só como esta, mas como a feud entre Bobby Roode e James Storm. Eu acho que, no final, Bully Ray se sairá melhor.

    José Sousa, parabéns pelo artigo.

    • danielLP21 - há 4 anos

      Concordo quando dizes que a equipa do Edge e do Chrsitian não devia ter ganho os combates todos que eles tiveram… Realmente ganharem 3 combates enquanto os Hardy Boyz e os Dudley Boyz não ganharam nenhum foi um bocado mau. Acho que os Hardy Boyz ou os Dudley Boyz podiam ter ganho numa das WrestleManias enquanto o E&C ganhariam na outra WrestleMania e no SummerSlam 2000.

      Ainda assim,os Hardys e a Team 3D não deixaram de ficar para a história,e o mais importante é que deram todos grande espéctaculos,e não é por acaso que eu considero os anos 2000 e 2001 como os anos de ouro da WWE/F. Estes combates contribuíram muito para essa minha opinião.

      • José Sousa - há 4 anos

        Sim para mim pelo menos são os melhores anos de sempre da WWE/F então da divisão de Tag Team não tenho dúvidas porque a quantidade de tags de qualidade era gigante.

      • The Charismatic Enigma - há 4 anos

        Concordo com o Daniel, sempre Edge & Christian ganharam…

      • danielLP21 - há 4 anos

        Talvez na altura a WWE pensasse que o Edge e o Christian chegariam mais longe nas suas carreiras do que os outros todos,e provavelmente deram-lhes essas vitórias todas para que eles começassem a entrar na história logo naquela altura.

      • The Charismatic Enigma - há 4 anos

        Dessas 3 Tag Team’s os que foram mais longe e tiveram maior glória foram o Edge e o Jeff Hardy, este ultimo se tivesse a cabeça no lugar e quisesse continuar na WWE, hoje estaria junto do Cena e CM Punk como os maiores nomes da Empresa, o unico e grande defeito do Jeff seriam as Mic-Skills que são péssimas mas isso não o prejudicaria porque ele conseguiu sucesso mesmo sendo horrível com um microfone, seria uma das caras da WWE concerteza, mas ele não quis assim e está ótimo na TNA atualmente.

        O Bully individualmente ainda não teve o seu momento a marcar definitivamente sua carreira solo, mas creio que está perto, concerteza vejo o Ray com o titulo mundial em breve.

        O Christian também tem uma grande carreira e grandes conquistas mas nunca se afirmou totalmente no Main Event, apesar de eu achar que ele tem potencial e talento pra isso.

        Matt Hardy,sempre teve menos carisma que o Jeff isso é nítido e só não foi um pouco mais longe por ser tão desnorteado e fazer tanta merda, mas individualmente para o Matt, a feud com o Edge em 2005 e o ECW Championship foi seu maior.

        Devon tem grandes conquistas como Tag mas indivudualmente ainda não teve seu momento.Ele está chegando ao Main Event agora, vamos ver o que dá.

      • José Sousa - há 4 anos

        Claro que sim a confiança era maior no Edge e no Christian e no caso do Edge a confiança manteve-se e foi um dos melhores de sempre.

      • José Sousa - há 4 anos

        Sim claramente o Edge desses seis é aquele que é”lenda” mesmo, o Jeff Hardy poderá chegar lá pelo menos ao TNA Hall of Fame vai chegar, e gostava que ao da WWE também mas não sei se eles alguma vez o irão ver assim.

        O Christian podia ter sido aquela saída para a TNA estragou tudo porque o Vince nunca mais confiou nele, não que tenha sido mau para ele porque na TNA ele foi uma estrela de topo. Mas sem dúvida também é candidato ao Hall of Fame.

        O Matt Hardy ainda faz mais asneiras que o Jeff e tendo menos carisma ainda piora a sua carreira. Mas atenção á feud que está a ter com o Kevin Steen eu tenho visto algumas coisas e estou a gostar.

        Sim o Devon finalmente tem algum brilho a solo, o Bully Ray vai ser World Champion em 2013 até posso errar mas duvido muito.

      • AwesomeTheMiz - há 4 anos

        A WWE realmente teve seus anos de ouro com as tags teams de 2000, alguns foram mais longe e outros não. Mas isto se deu pelo valor que a empresa dava a seus wrestlers, e a WWE não soube dar valor a eles: principalmente a dupla de Devon e Bully Ray.

    • José Sousa - há 4 anos

      Obrigado e peço desculpa pelos erros a sério não eram intencionais passaram ao lado.
      E od Dudleys são das melhores tags de sempre sem dúvida alguma.

      Esta feud e a TNa são brutais e justificam ainda mais destaque e para semana devo fazer a antevisão do Turning Point.

  4. danielLP21 - há 4 anos

    Este artigo pareceu-me um pouco feito à pressa. Há alguns erros e frases incompletas… “Porque enquanto Ray fez tag com Spike Dudley na Raw e teve uma tentativa no título de World Heavtheight de Triple H, já Devon. E por esse mesmo motivo voltaram a junta-los na Raw (…)”. Não percebi.

    O artigo está bom,o tema foi bem escolhido,e não tenho muito a acrescentar.

    – Qual a tua opinião sobre a carreira de Devon e Bully Ray? E o que pensas que esta feud vai-nos trazer?

    Por mais que goste dos Dudley Boyz,não posso deixar de dizer que gostava que eles tivessem tido mais destaque individualmente,principal o Bully. Espero que ele ainda vá a tempo de ganhar o Título Mundial,de preferência com esta gimmick e como Face.
    Acho que esta história ainda nos vai proporcionar muitas surpresas.

    – Concordas com o momento da semana ou escolhias outro?

    Concordo completamente,nem podia ser outro,apesar de já todos nós sabermos que o Luke Gallows fazia parte dos Aces and Eights.

    • José Sousa - há 4 anos

      Não foi á pressa a correção é que foi feita mais acelerada ontem admito, essa frase o objectivo era completar que já Devon não teve oportunidades a solo, e por essa razão dessasseis meses, a WWE optou por junta-los de novo. Esta era a ideia e tinha a certeza que a tinha escrito, mas pelos vistos tive mesmo esse lapso.

      Sim esta é a história do ano e a TNA merece todo o destaque, para semana o artigo também sobre a TNA como é logico.

  5. Vinícius Nunes - há 4 anos

    Fora alguns erros degitação, como o Daniel falou, com algumas coisas que ficaram meio confusas, o tema foi muito bem escolhido, pois essa é a feud do momento dentro da grande feud do ano, no primeiro falo de Devon vs Ray, no segundo falo de TNA vs Aces and 8s, e tudo isso está sendo tão bem construído que não penso em nada menos que um final épico tanto para essa grande feud de irmãos, que pode ser a última para Bully ir para o seu tão merecido título mundial, quanto para essa storyline dos Aces que é a história do ano do pro-wrestling, e digo mais, a TNA é a empresa do ano de pro-wrestling.

    Sobre Bubba e D-Von, acho que foi uma das melhores tag teams da história, e como tags tiveram a melhor feud da história do pro-wrestling contra os Hardy Boyz e E & C. E como lutadores individuais, acho que o Bully Ray já se mostrou grande, e acho que está sendo a vez de Devon, espero uma grande brawl no Turning Point na match de Devon e Kurt Angle, envolvendo Bully, Aces, Joseph Parks, e outros do roster da TNA.

    • Vinícius Nunes - há 4 anos

      E o momento da semana foi muito bem escolhido, não poderia ser outro.

      • José Sousa - há 4 anos

        Olha que tive quase para por a brincadeira do AJ com a AJ sinceramente eu tive quase quase a escolher esse, mas este é igualmente muito bom.

    • José Sousa - há 4 anos

      Sim sem dúvida é como eu referi são duas feuds dentro da mesma feud e isso faz-me antever um excelente Turning Poinht e as hipóteses de interferencia no combate entre Angle e Devon promete mais surpresas e acrescentar mais algum elemento interessante á minha storyline do ano.

      Por falar queria-vos perguntar eu para Dezembro estou a pensar fazer alguns artigos de balanço do ano: tipo feud do ano, melhores da TNA e da WWE achariam isso uma boa ideia?

      • Vinícius Nunes - há 4 anos

        Acho que seria muito bom, pois levantaria um grande debate.

      • The Charismatic Enigma - há 4 anos

        Ótima idéia, desde que seja justo e não puxe sardinha para a WWE.
        Não to dizendo que você fará isso mas, em quase ou todos os sites de Wrestling quando fazem um balanço, pode ser no quesito que for, sempre a WWE está no topo, sempre os Wrestler’s da WWE estão no topo e etc, sendo que as vezes colocam argumentos pouco justos para tal estarem no topo, e honestamente, 2012 teve alguns bons momentos para a WWE mas, foi um péssimo ano.

      • José Sousa - há 4 anos

        A minha ideia era fazer dois artigos um só para a WWE e outro para a TNA com o meu top 10 de wrestlers de cada empresa, a melhor tag, melhor feud, melhor diva, momento do ano percebes. Como seria uma para cada empresa o destaque estaria repartido de forma equitativa.

      • The Charismatic Enigma - há 4 anos

        Respondeu minha dúvida 2 minutos antes de eu postar a pergunta xD

      • danielLP21 - há 4 anos

        Eu acho uma boa ideia.

      • The Charismatic Enigma - há 4 anos

        Não sei se entendi mau, se estou errado me desculpe.
        Tire-me uma dúvida, seria um balanço entre a WWE e a TNA ou seria um balanço de cada empresa?

      • danielLP21 - há 4 anos

        Um da cada.Um arttigo apenas para a WWE e outro apenas para a TNA.

      • Vinícius Nunes - há 4 anos

        Pelo que ele falou seria de cada uma…

      • José Sousa - há 4 anos

        Sim é um de cada um é mais justo porque são dois produtos diferentes que devem ser avaliados pelas caracteristicas especificas de cada um, pelo menos é assim que eu acho que deve ser feito o balanço.Outra pessoa poderá achar de forma diferente e avaliar tudo em conjunto.

        Mas isso é só para Dezembro, até lá espero ter mais temas, as próximas duas semanas já sao de antevisões, que diga-se já pelos cards conhecidos até vou gostar de as fazer.

  6. TheCodebreaker11 - há 4 anos

    Grande ediçao!

    Nao posso falar do Bully Ray e do Devon porque ai nao via wrestling, mas acho que esta story nos vai trazer grandes choques e acho que nao acaba assim tao cedo

    Quanto ao momento da semana ta bom, porque, pelo menos eu ja sabia que la estava o Luke Gallows, simplesmente nao sabia qual deles era, graças as suas mascaras

    • José Sousa - há 4 anos

      Sim para mim o momento genial é o Wes Briscoe que está a jogar para os dois lados, isso mais um dos momentos fantásticos desta feud.

      • TheCodebreaker11 - há 4 anos

        Quero ver a reaçao do roster quando saberem que o Wes Briscoe esta com os Aces & Eights

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador