Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Top Ten #1 – Títulos Esquecidos

Bem-vindos a mais um Top 10! Ao longo destes fomos marcados por um acontecimento polarizador: o novo título da WWE. Uns gostam. Outros detestam-no com todas as forças. Veremos se a força do hábito trata do assunto e deixemos lá o novo cinto estabelecer-se. Porque não espreitar antes uns dez títulos que muito possivelmente não nos lembramos deles, isto é, se os conhecermos sequer. Começando pelos mais conhecidos, veremos onde isto vai dar e quantos destes vocês bem conhecem:

10 – WWF European Championship

Este é um dos mais bem conhecidos, tinha prestígio, teve grandes nomes a detê-lo e foi uma peça importante no midcard da Attitude Era. O título Europeu – que não era defendido em território Europeu e só teve dois Campeões de facto Europeus – iniciou-se em Fevereiro de 1997, sendo um Europeu a vencê-lo pela primeira vez, The British Bulldog. Teve o seu fim em Julho de 2002, quando o Campeão Intercontinental Rob Van Dam derrotou o Campeão Europeu Jeff Hardy para a unificação dos títulos.

Houveram 37 reinados distribuídos por 27 diferentes Campeões. Alguns grandes nomes detentores desse cinto podem ser Shawn Michaels, Triple H, Owen Hart, Kurt Angle, Chris Jericho, Eddie Guerrero, entre muitos outros. Os dois lutadores com mais reinados foram detentores do cinto por quatro vezes e um deles é o outro Europeu – William Regal. O outro seria D’Lo Brown.

Lembram-se deste cinto? Acham que ficaria bem nos dias de hoje ou o midcard já está bem como está? Preferem este título ao dos Estados Unidos?

9 – WWF Women’s Tag Team Championship

A TNA meio que mantém o seu – ele ainda existe tecnicamente? – mas a WWF também chegou a ter um de curta vida na década de 80. Foi em maio de 1983, com a aliança da WWF com a NWA, que as Campeãs de Tag Team Femininas da NWA, Velvet McIntyre e Princess Victoria inauguraram o título na WWF e foram as primeiras Campeãs. Desde então, apenas mais cinco reinados existiram e o título foi retirado em Fevereiro de 1989.

Recentemente o WWE.com colocou um artigo sobre o título e a questionar a sua utilidade presente. E vocês acham que um título destes poderia valer a pena hoje em dia? Ou devem antes preocupar-se em dar importância ao único que têm?

8 – WCW World Six-Man Tag Team Championship

De vida extremamente curta e apenas durou uns meses. Era inspirado no mesmo título na NWA – que era usado com main eventers – mas neste caso como ferramenta de push de midcarders. Os primeiros campeões venceram os cintos em Fevereiro de 1991 e eram eles Junkyard Dog, Ricky Morton e Tommy Rich. Os dois últimos seriam os únicos a deter os cintos por duas vezes, constando no último reinado com Terrance Taylor no lugar de Junkyard Dog. O cinto foi retirado em Dezembro do mesmo ano.

Sabiam da existência deste? Que sentido faria isto nos dias de hoje? The Shield vs 3MB?

7 – WCW Women’s Championship

O da WWE conhecemo-lo bem, mas a WCW também teve um de vida muita curta. Com uma divisão feminina a ser arrebitada pelo polémico cinto feminino da WWF a ser deitado ao lixo em TV, a WCW decidiu também investir num cinto para as suas atletas – sem contar com os anteriores títulos da NWA que também tiveram sido reconhecidos anteriormente. O cinto apenas durou entre Dezembro 1996 e Setembro de 1997 e teve dois reinados: Akira Hokuto e Devil Masami.

Numa inclusão “dois em um”, praticamente ao mesmo tempo, a WCW também promovia o ainda mais obscuro WCW Women’s Cruiserweight Championship que durou menos meses mas teve três Campeãs diferentes.

Sabiam que a WCW tinha um título feminino? Ou o vosso hábito de ver wrestling feminino actualmente e pouca familiariedade com a WCW leva-vos a pensar que sempre tivesse um título feminino normal e não um com tão pouca história?

6 – WWF World Martial Arts Heavyweight Championship

Muito antigo e ainda dos tempos da WWWF. Foi numa aliança com a New Japan Pro Wrestling, em 1978, que Vince McMahon Sr. premiou Antonio Anoki com o título. Este cinto era disputado em combates “shoot” e, como o nome indica, era voltado para as artes marciais, com combates algo semelhantes ao que vemos actualmente nas MMA. Devido à mais tardia inclusão de outros estilos de wrestling no wrestling Americano, este cinto era defendido em solo Japonês e ficaria a fazer parte da NJPW, em 1985, assim que acabariaa afiliação entre a WWF e a NJPW.

Quão estranho é para vocês imaginar um título destes nos dias de hoje? Ou modernizando ainda mais a coisa, o que é que achavam de Brock Lesnar inaugurar um WWE Mixed Martial Arts Heavyweight Championship e trazer de volta tipos como Bobby Lashley ou Batista e alguns que queiram fazer a transição das MMA para o wrestling, mantendo o seu estilo de luta? Má ideia?

5 – WWF North American Heavyweight Championship

Mais um título obscuro mas que muitos vêem como uma espécie de “protótipo” para o título Interncontinental. Apenas durou entre Fevereiro de 1979 e Março de 1981, tendo o último Campeão vencido o título ainda em 1979. O seu primeiro detentor foi um jovem carismático promissor: Ted DiBiase, nos seus 25 anos, a ganhar o primeiro de muitos na sua estadia na WWF. O título em seguida passaria para Pat Patterson e depois para Seiji Sakaguchi, com quem se retirou.

Um título de nome semelhante é considerado o segundo mais prestigioso na NWA. Quanto a este, conheciam-no?

4 – ECW Pennsylvania Championship

Esta ECW ainda é a Eastern Championship Wrestling e ainda se estava a estrear em TV. Aliás, logo após um torneio para definir o primeiro Campeão de TV – Jimmy Snuka – fez-se uma Battle Royal, em Maio de 1993 para definir o primeiro Campeão da Pennsylvania – Tommy Cairo. Este viria a perder o título para Tony Stetson em Agosto do mesmo ano e era com este indivíduo que o cinto acabaria por se retirar em Dezembro do mesmo ano. E é essa toda a história do título.

Duvido que soubessem da existência deste título mas pergunto na mesma, conheciam-no? Que é que acham do conceito de um título de um estado? Faz sentido numa indy?

3 – United States Tag Team Championship

Incluo todos num porque tanto a WWWF como a WCW como a NWA já os tiveram por alguns anos e até tinham prestígio. Na NWA, durou entre 1958 e 1962. Eram esses mesmos cintos que viriam a ser considerados e oficializados pela WWWF que os manteve activos desde 1963 e 1967. Alguns nomes notáveis a constar entre as equipas Campeãs podem ser os de Bruno Sammartino, Gorilla Monsoon ou Waldo von Erich. Na WCW viriam mais tarde e também vinham da NWA, desde 1986 até 1991.

Apesar de serem títulos notáveis no seu tempo, incluí-los porque devem ter uma certa estranheza no presente. Se as divisões Tag Team já andam à rasca com os seus títulos mundiais, com títulos mais pequenos e mais localmente específicos ainda complicava mais. Conseguiriam imaginar uma fusão entre o título de Estados Unidos e os de Tag Team?

2 – NWA Western States Heritage Championship

Mais um título da NWA defendido noutro sítio, devido às alianças. Este teve um ano e pico de vida e a sua competição e defesas davam-se na WCW entre Junho de 1987 e Janeiro de 1989. E tinha um nome um bocado para o esquisito. Os seus Campeões foram apenas dois e são nomes de grande dimensão: Barry Windham e Larry Zbyszko.

Outro título que também duvido que conheçam, mas pergunto… Vale a pena criar-se tanto título sem grande propósito e ainda por cima com nomes pouco “catchy” sem que se perceba o que é que o cinto representa e qual o seu prestígio?

1 – WWF Canadian Championship

Título com o percurso e carreira mais riquíssima. Daí o ter escolhido para o primeiro lugar. Quantidade de Campeões: Um. Em Agosto de 1985 a WWF tomou posse de um território em Montreal, a International Wrestling. Com esta nova aquisição, Dino Bravo, suporte principal do wrestling Canadiano, foi premiado com o título Canadiano. Pouco a nada fez com ele e em Janeiro de 1986, o cinturão era retirado sem que chegasse a mudar de mãos. Um Internet Championship mais reluzente?

Muito possível que não conheçam estes, mas imaginam um título Canadiano nos dias de hoje? Com que objectivo? Teríamos grandes combates épicos com tipos como Edge, Chris Jericho, Christian ou Lance Storm para definir quem o melhor na sua pátria?

E são estes 10 casos que vos tenho a apresentar. Como podem ver, o nível de obscuridade foi aumentando com a classificação, assim como a notioriedade foi descendo. É claro que não incluo títulos retirados como o Hardcore ou o Cruiserweight, porque lembrámo-nos bem desses. Agora comentem lá o que quiserem acerca destes desconhecidos títulos e acrescentem casos que conheçamde títulos “fantasma” que são tão esquecidos que nem os encontrei na minha pesquisa.

Uma óptima semana e para a próxima nos veremos com mais um Top 10!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Top Ten”.

15 Comentários

  1. MR perfection André Santos - há 4 anos

    Artigo interessante, destes titulos destaco o USA tag Team Champion e o European Champion, mas na verdade o que faz mais falta é o Hardcore belt.
    Sinceramente não conhecia muitos deles, mas talvez fizessem sentido na altura.

  2. Luís Valente - há 4 anos

    Antes de ter lido o artido, de ter visto só o titulo do artigo, pensava que iria conhecer varios titulos que iriam estar referidos, mas estava enganado, simplesmente conhecia uns 3 ou 4. E antes de mais, muito bom artigo!

  3. don_ricardo_corleone - há 4 anos

    Incluir titulos deve ser feito com cuidado e com sentido, para não acontecer absurdos como o fim do Women’s Championship em troca com o Divas Championship, que nunca percebi porque o fizeram.
    Dos titulos apresentados, os titulos de origem regional não fazem qualquer sentido nesta altura, a não ser em pequenas federações regionais indy. O mesmo digo dos titulos de tag team, nesta altura não faria sentido, a divisão de tag team reduz-se a 2/3 equipas, mais um titulo ia apenas servir para as equipas passearem os titulos. O Women’s tag team championship necessitava que o wrestling feminino tivesse mais tempo e mais atenção, assim como estão, mesmo na TNA em que elas são mais bem tratadas seria dificil.
    Apenas o European Championship faria sentido, mas em substituição do Intercontinental, mesmo com o prestigio que tem, Intercontinental significa mundial, não faz sentido falar-se em titulo Intercontinental e titulos mundiais, mas isso na minha opinião e com todo o respeito pela sua história. Mas se o mantiverem o melhor é esquecer. Pelo contrário o US Championship faz sentido que fique, porque a WWE é americana, faz sentido um titulo nacional como algo mais pequeno.
    Depois só o titulo Cruiserweight faria sentido, para dar tempo de antena e importância aqueles lutadores mais leves quando não lhes dão atenção, ou quando não têm condições para ir mais longe, e aí teriamos uma boa base: Cody Rhodes, Evan Burne, Justin Gabriel, Kofi Kingston, Drew McIntyre, Tyson Kidd, etc. Alguns são potenciais main eventers mal aproveitados outros não têm qualidade para ir mais longe mas fazem bons combates.

  4. FábioVaz - há 4 anos

    Nossa, não conhecia a maioria destes campeonatos.

    Quanto ao de Tag e de Divas tag seria inutil. A Tag division ja esta afundando novamente com poucas duplas, outro campeonato dentro dessa divisao seria exagero.
    o 6-man tag pior ainda. De stables masculinas só temos The Shield e 3MB, os outros sao mixed como Primo Epico e Rosa Mendes, e Khali, Hornswoggle e Natalya.
    O de divas tag…. nem comento, nao temos divas nem pro Divas Championship.

  5. R8cha - há 4 anos

    Bom artigo, e realmente ,tal como disseram, existem varios cintos que uma pessoa não faz ideia, e que ajudaram e muito em algumas evoluções de lutadores.
    Mas de todos os cintos desaparecidos só 4 fariam sentido e trariam credibilidade, para mim, para a actual WWE
    -European Championship- Punha este titulo na “Raw” onde podia ser disputado por grande parte do mid-card e dos lutadores que andam “desaparecidos” pelos bastidores.
    -Cruserweight Championship- Existe qualidade nesta divisao tanto nas indys como na WWE, mas é mal aproveitada muito por causa do tamanho/força comparada com as grande estrelas, por isso a “separação” do resto do roster com um titulo para disputar acho que era o melhor. Titulo exclusivo para a Smackdown,
    -Hardcore Champshionship- Gostava que este titulo trouxesse algo diferente á actual WWE, e para mim era para ser defendido em qualquer altura contra qualquer um, em qualquer lugar…mas com regras e limites para não ser levado ao ridiculo.
    -Outro titulo de tag team- Para mim a unificação dos dois titulos foi uma má jogada por parte da WWE, e por isso uns campeoes de Tag Team em cada show era o melhor para o low-card/mid-card ou ate alguns main eventers…existem varios lutadores perdidos que juntos podem fazer tag teams crediveis.

    • E nao tirava nenhum dos actuais, ou seja
      RAW- WWE Champ; USA Champ; European Champ; WWE Tag Team Champ.
      SMACKDOWN- WHC; Intercontinental Champ; Cruserweight Champ; World Tag Team Champs?
      Hardcore Champ. a ser defendido/ganho em qualquer show
      European e Cruserwieght Champ a poder ser defendido/ganho tambem nos varios shows que a WWE tem.
      :)

  6. danielLP21 - há 4 anos

    Adorei ler este artigo.

    Só conhecia o Título Europeu.

    Para mim, na actualidade ficava assim:

    Título da WWE: Raw
    Título Mundial: SmackDown
    Título Intercontinental: Raw
    Título dos EUA: SmackDown
    Títulos de Tag Team: ambas as brands
    Título de Divas: Raw
    Título Cruserweight: SmackDown

    Isto, com Brand-Split e uma aposta séria no mid-card, seria um grande progresso…

    • Rodrigo Mysterio - há 4 anos

      Também só conhecia o Título Europeu.

      Boas sugestões de títulos para as brands da WWE.

    • José Sousa - há 4 anos

      Concordo Daniel, sinceramente também eu não conhecia todos os títulos. Quanto á tua ideia concordo, e admito que tenho saudades da Cruserweight Division, e a WWE tem Wrestlers para isso.

    • Frederico_WWE - há 4 anos

      Não te iludas a sério Daniel :) há anos que queremos que seja assim e nada… simplesmente desiste disto.

      • danielLP21 - há 4 anos

        “Desiste disto”? Dafuq?

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Desiste da WWE… porque nunca vais ter o que queres da WWE como por exemplo esta distribuição de titulos tao bem feita que fizeste… e é também por isso que após a WM 29 eu dou I QUIT… desiste da ideia de que tudo vai melhorar porque não vai… como vês tudo piora de semana para semana e isto está completamente estagnado… portanto se queres um conselho de “amigo” faz como eu e não te iludas mais nem te inundes em esperanças infundadas… simplesmente chega se a um ponto que farta e mesmo a importância que isto possa ter para complementar a nossa vida chega a um ponto que isto deixa de ser importante tamos a perder tempo… repara que em 10 noticias que possam sair da WWE 8 ou 9 são absolutamente ridiculas ou más demais para ser verdade então não é dafuq é desiste disto.

  7. Mário Camacho - há 4 anos

    Só eu que penso que a WWE devia terminar com a Divas Division, se é para continuar assim?

  8. Luís Rufini - há 4 anos

    Excelente artigo.Sinceramente,só desconhecia o NWA Western States Heritage Championship e o ECW Pennsylvania Championship.Agora,será que realmente existe alguém que desconheça o European Championship ?

  9. EchelonPunk - há 4 anos

    Olá,muitos desses títulos nem conhecia.
    Quanto à minha opinião em geral para a WWE,seria realizar a separação das brands e ter de novo um draft,acabar com isto dos “supershows”.E de preferência acabar com PG!
    Quanto a títulos,seria algo como:
    RAW:WWE Champion,Intercontinental Champion,Hardcore Champion e Divas Champion.
    SmackDown:World HeavyWeight Champion,USA Champion,Cruiserweight Champion e Women Champion.
    O título de Tag Team seria para ambas as brands para criar alguma rivalidade!
    O Cruiserweight ou o Hardcore seriam realmente algo a ponderar ou então o European Championship.
    Para finalizar seria bom ter de novo pessoal como Shelton Benjamin,MVP e Bobby Lashley de regresso.A minha WWE para 2014 talvez :)
    WWE Champion:CM Punk(Shelton Benjamin que já merecia)
    World Heavyweight:Bobby Lashley(Ziggler)
    Intercontinental:Drew McIntyre
    USA Champion:Damien Sandow ou Christian que é experiente e daria importância ao titulo.
    Hardcore:Kane,Mark Henry,Ryback…
    Cruiserweight:Justin Gabriel,Tyson Kidd…
    Women:Natalya
    Divas:Layla,Tamina
    TagTeam:The Usos,MVP&Shelton,ou outra qualquer!
    Há tantas coisas que podiam ser feitas…

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador