Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Vintage #12 – História dos Shows (Parte 2/2)

Nesta edição de hoje vamos completar o artigo “História dos Shows”, relembro que na primeira parte deste  falamos dos shows (Wrestling Challengue,Superstars,Prime Time Wrestling) que foram a matriz para o que é hoje o Monday Night Raw e o Friday Night Smackdown.

Raw

Nome original “Monday Night Raw”, o programa teve a estreia em 11 de janeiro de 1993.Este show como já tinha referido anteriormente foi o substituto do “Prime Time Wrestling”, onde quebrou drasticamente com o conceito do seu antecessor deixando de exibir combates gravados em house-shows e localidades mais pequenas e com pouco publico para ser gravado ao vivo. Inicialmente o RAW era feito num pequeno teatro de Nova Yorque o Grand Ballroom, sendo exibido toda semana ao vivo. A formula de inicio não teve sucesso, como resultado a WWF teve que exibir episódios pré gravados intercalando-os com os ao vivo.

Exibido às segundas-feiras este formato inicial quebrou com as barreiras em termos de combates pois deixamos de ter squash matchs constantemente, tendo mais combates competitivos e também mais emocionantes. Vince McMahon, Macho Man ”Randy Savage” e mais tarde Bobby Heenem foram os comentadores originais, Jim Ross e Jerry Lawer foram os mais mediaticos na mesa de comentadores.Numa fase mais avançada a RAW deixou o Grand Ballroom e passou a gravar em várias localidades dos EUA.

A WWF em meados de 1995 começou a ver o seu produto a perder audiências muito devido ao seu rival World Championship Wrestling que começou a exibir o seu show WCW Monday Nitro no mesmo horário do RAW. A WCW começou a ganhar terreno a WWF “roubando” lutadores a WWF como foi o caso de Razor Ramon (Scott Hall) e Diesel (Kevin Nash) que começaram a fazer aparições no Nitro, isto foi um rude golpe na empresa de Vince, que possuía os direitos das personagens destes lutadores, o cumulo dos cúmulos foi vermos no Royal Rumble outros lutadores a fazerem a vez de Razor e Diesel, o caso mais conhecido é de Issac (Kane) a substituir Diesel.

A guerra tinha começado entre as duas companhias, e a WWF mais precisamente no seu show principal RAW para combater elevou o seu produto nascendo assim a ATTITUDE ERA. (Aconselho a verem os documentários acerca da WCW ou da Atitude Era disponíveis para perceberem o quanto de extremo foi feito para ganhar as Monday Night Wars).

Muitas Transformações foram feitas no RAW, como nas arenas,pirotecnia,no logotipo entre outras, como começando a ter um General Manager para comandar o show, neste vídeo vamos relembrar os vários genéricos e músicas de abertura do Show, este vídeo é puramente Vintage.

Temos do primeiro genérico até o atual. São 10 minutos que aconselho-vos a tirarem para verem este vídeo. A minha favorita é a dos Anthrax de 1997 a 2001 e os Union Underground de 2002 a 2006.

http://youtu.be/6EeMFxBp_Q4

SmackDown

Este show exibido a quinta-feira foi criado em 29 de Abril de 1999 com o objetivo de lutar mano-a mano com o Thunder da WCW, tinham ambos a cor azul, mais tarde o Smackdown conseguiu derrubar o seu concorrente ao nível das audiências, a WCW posteriormente cancelou o Thunder.

O Smackdown mais tarde começou a ser exibido á sexta-feira, teve muitos momentos memoráveis, tinha como missão ser uma espécie de muleta da RAW. Um dos momentos foi a Brand-Extension, muito devido a Brock Lesnar ter recusado a defender o seu título na RAW.

A “Brand-Azul” como foi o caso da RAW também teve General Managers o mais mediático talvez Paul Heyman. Os comentadores residentes na sua história foram muitos, destaco Jim Ross e Jerry Lawer e mais tarde Michael Cole e Tazz.

Vários genéricos e músicas teve o Smackdown, destaco a primeira música da sua abertura pois para mim foi a melhor.

http://youtu.be/uDyHPrQ7oiI

Espero que tenham gostado deste artigo, compreendo que estejam mais habituados em eu colocar momentos mais divertidos e memoráveis mas era um artigo que gostava de fazer e concretizei agora.

Para semana Irei fazer uma artigo bastante engraçado com uma superstar que se já retirou dos ringues nada mais nada menos que “The Heart Break Kid” Shawn Michaels.

Deixo-vos o desafio qual é a música que mais gostaram dos Shows?

Tenham uma semana fantástica!

Sobre o Autor

- Autor da rubrica Vintage e escritor de algumas edições do Onde Andas Tu?, e play by play do PSN. Nascido a 7 de Dezembro de 1981, pertenço a uma geração onde os videojogos estavam a começar a desbravar barreiras inacreditáveis, onde 16 bits era uma loucura.Aficionado fervoroso de Wrestling e do glorioso Benfica.Orgulhoso por fazer parte de uma equipa talentosa, como o Wrestling PT.Segue-me no twitter e Facebook - ansnicola@iol.pt e canal Youtube,Daylimotion e sapo videos!

7 Comentários

  1. Rodrigo Mysterio - há 4 anos

    Raw – 2007 a 2009 “To be loved” (Papa Roach) e 2002 a 2006 “Across the Nation” (The Union Underground)

    SmackDown – 2009 a 2010 “Let It Roll”

  2. Jardson Gustavo - há 4 anos

    RAW:Burn it to the Ground(Nickelback)
    Smackdown:Born to Run(7Lions)

  3. Enigma - há 4 anos

    Across The Nation, sem discussão.

  4. Duarte_WWE - há 4 anos

    Acho que fizeste bem em fazer este vintage com 2 partes, achei muito interessante falares sobre a história dos programas da WWE, desde o passado até ao presente.
    No Raw o meu tema preferido é o dos Papa Roach e também gosto muito da dos Nickelback, no Smackdown também gosto muito da primeira musica de sempre como tu mas talvez a minha preferida seja a let it rol e também curto da atual born to run!
    Até ao próximo Vintage André!

    • MR Perfection André Santos - há 4 anos

      Normalmente coloco momentos mais divertidos,mas gostava de fazer um artigo mais tematico,tento diversificar.
      Nickelback também é uma boa escolha!

  5. PGsucks - há 4 anos

    Do raw “To be loved” (Papa Roach) e do smackdown i want it all

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador