Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Vintage #55 – Main Event WrestleMania 11, Really?

Finais como o Super Bowl, playoffs da NBA e Champions League, são eventos que movem uma massa adepta incrível, com o propósito de apoiar a sua equipa. Equipas, que lutaram bravamente para chegar ao jogo decisivo, e estão a um passo de fazer história, dando alegria a todos os que seguem o seu trajeto até a glória. Nestas finais, não há nomeados. Há sim, um conjunto de bravos que venceram etapa a etapa, dando-lhes a oportunidade de estarem gravados na memória e história, como uns, que estiveram lá, a lutar para vencer, o que tanto anseiam.

No wrestling, esta teoria, ou melhor, esta prática, deveria de ser recorrente e, de facto, assim o é e foi. Todos os aficionados deste entretenimento, sabem que existem duas vias à partida, que dão oportunidade de estarem no main event do maior palco de todos. As vias são: vencendo o Royal Rumble ou mais recentemente o Elimination Chamber, este último, “dava” pelo menos um shot num World Title. De facto podemos fazer uma analogia com a minha descrição inicial das finais. Infelizmente, por vezes existe decisões, que ultrapassam a lógica.

O exemplo de hoje é o main event da Wrestlemania 11, onde os dois intérpretes desta parte final de PPV foram…Bam Bam Bigalow e Lawrence Taylor…Who? Sim, este foi o grande combate da Wrestlemania 11. Como sabem sou um grande admirador da Golden Era e outras fases passadas, não tivesse a oportunidade de escrever esta rubrica chamada Vintage. Acredito que muita coisa foi bem-feita neste período passado e valorizo e muito o que foi feito, dando-vos a conhecer (pelo menos a malta mais jovem) o que era o wrestling mas, tenho a obrigação e responsabilidade, de dar-vos a conhecer, aquilo que foi extremamente mal feito e hoje é esse dia. Devido a esses factores, vou dar-vos a conhecer este combate e rivalidade.

Como tudo aconteceu: Dou nota positiva.

Tudo começou quando Bam Bam Bigalow era membro da stable liderada por Million Dollar Man Ted Dibiase – A Million Dollar Corporation, onde possuía no seu seio lutadores como King Kong Bundy, Sicho Sid, o seu antigo companheiro I.R.S ou mesmo Tatanka, que tinha ingressado nesta equipa dominante da época. Bam Bam e o seu corporation partner Tatanka, tinham um combate agendado no PPV Royal Rumble, onde iriam enfrentar o New kid on the block- 123 kid e Bob Holly, na final do torneio para o WWF World Tag Team Title. O combate decorreu como previsto, com o domínio da equipa Heel sobre os novatos baby face, que se uniram para este torneio. O domínio de Tatanka e Bigalow foi evidente, pois eram mais experientes e mais possantes em ringue. O inacreditável aconteceu quando Tatanka e Bigalow tiveram um erro infantil (minuto 18:56) que viria a dar a vitória a dupla querida do público, onde Kid faria o cover e respectivo pin a Bigalow. 123 Kid e Holly viriam a sagrar-se campeões, e para Bigalow, foi a humilhação de ter sofrido o pin num momento caricato.

http://dailymotion.com/video/x4ugcj

Na plateia estava um fá bastante conhecido para os Norte-Americanos. O ex. jogador de futebol Americano Lawrence Taylor encontrava-se na primeira fila e estava bastante risonho, com o que aconteceu ao Beast From East. Quem não gostou dessa atitude foi o derrotado Bam Bam, que confrontou Taylor chegando mesmo a empurra-lo. Um acontecimento que até considero com bastante qualidade, mas o que aconteceu depois, foi de desbravar aos céus.

Como a feud se desenvolveu: Incrível como ambos conseguem estragar tudo em poucos segundos.

No episódio do Monday Night RAW houve desenvolvimentos acerca desta atitude de Bigalow. Numa entrevista a ambos, ao bom estilo do que se fazia nestes tempos, Vince McMahon e Jim Cornette, prosseguem a emissão do show, dando enfase a este confronto físico entre eles. O primeiro a sofrer a interlocução pelos comentadores é Taylor, onde é gritante a falta de experiência por parte dele, quando tem que responder as questões, mas o pior ainda estava a chegar. Jim Cornette viria a adicionar a conversa Bigalow e então fiquei pasmado com a falta de carisma dele(Bam Bam). Diga-se também que Vince não é um ás como comentador e, neste segmento mostrou que ainda bem que não seguiu essa via. O resto é lamentável, digno de não se ver duas vezes, ou pelo menos vejam apenas uma para constatar o que estou afirmar. A parte final é a mais rica em interlocuções em simultâneo que mais parece uma mixórdia de vozes. Lawrence Taylor sai de cena antes do tempo no meu entender. Um grande pormenor e, acho que vão concordar comigo. A voz de Bam Bam é muito ameaçadora não é?(o minuto 5:26 é de louvar aos céus).

http://youtu.be/YY3ofeVLBTw

Como a WWF/E promoveu o combate: Conseguiu parecer que o combate foi histórico!

A WWF/E insistiu em colocar este combate no main event da Wrestlemania edição número 11, deixando o combate entre Shaw Michaels e Diesel para segundo plano, algo que ambos concordaram. O combate foi muito bom e o PPV acabou quando este combate terminou, pois quase ninguém tinha interesse em ver o confronto que viria a seguir. A WWF/E conseguiu realmente colocar bastante emoção na promoção do combate, mas, mais ainda, na edição do DVD, para mais tarde recordar. Tenho que mexer na ferida, pois nem tudo foi bem feito, ou melhor, quase nada. Taylor a “vender” as manobras de Bam Bam Bigalow é como um gato gostar da água, ou eu ter 1,90m, ou seja nada a ver. Esteve quase todo o combate a esfregar o chão do ringue, como uma senhora de limpeza da Vadeca. Mau demais para ver, e o final do mesmo, nem comento…Mas que Vince, sabe promover e engrandecer, coisas insignificantes aos olhos de todos, sabe. Basta ver o vídeo que vos apresento.

http://youtu.be/_SI6CibgbxM

Como mencionei anteriormente, nem tudo foi brilhante nos tempos de ouro do wrestling, mas a Wrestlemania é o Maior Palco de Todos e não merecia um combate destes, como ultimo e com maior destaque. O WWF/E Title ou o World Title por norma, deveria estar presente nos últimos capítulos do PPV, ou pelo menos assim tem sido. Compreendo que por vezes possa haver um combate entre dois grandes nomes do WRESTLING, que sejam cabeça de cartaz, mas nunca desta maneira. Um wrestler (Bigalow) que na minha opinião era bem fraquinho, e uma vedeta da NFL que sinceramente não parecia dar muito Heat a rivalidade. Tivemos casos como Big Show contra Floyd Maywheather, que foram adicionados a um cartaz, mas não chocou os adeptos, devido a ser uma rivalidade, e combate, que estava no PPV e não era o ultimo.

Espero que tenham gostado, onde hoje, partilhei convosco um main event do nosso PPV favorito do ano, e muitos de vocês vão ter a reacção como o título indica – Main Event Wrestlemania 11, Really?

Tenham uma semana fantástica!

Sobre o Autor

- Autor da rubrica Vintage e escritor de algumas edições do Onde Andas Tu?, e play by play do PSN. Nascido a 7 de Dezembro de 1981, pertenço a uma geração onde os videojogos estavam a começar a desbravar barreiras inacreditáveis, onde 16 bits era uma loucura.Aficionado fervoroso de Wrestling e do glorioso Benfica.Orgulhoso por fazer parte de uma equipa talentosa, como o Wrestling PT.Segue-me no twitter e Facebook - ansnicola@iol.pt e canal Youtube,Daylimotion e sapo videos!

17 Comentários

  1. José Sousa - há 3 anos

    Really? Quantas vezes eu já falei deste combate no chat André, e digo sempre esta Mania fica manchada por este Main-Event vergonhoso. Quando alguém diz que o Bryan não merece o main-event de uma mania, a resposta está aqui. Se estas “coisas tiveram” o Bryan também pode ter um não é por ai que morre alguém.

  2. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Sem duvida José. Inspirei-me neste tema na situação do Bryan e recordo-me perfeitamente de falares neste caso no chat.

  3. JoãoRkNO © - há 3 anos

    Mais um ótimo trabalho do nosso antepassado das quartas xD Realmente pior Main Event do que este duvido que alguma vez existirá, já tive a oportunidade de ver o Match e pior que aquilo seria apenas ver EL Torito ganhando um título kkkk.

  4. 434 Days - há 3 anos

    Ah o famoso main event com um gajo que nem sequer wrestler era. Podia não gostar muita da ideia do Orton vs Batista para este, mas estes pelo menos são wrestlers por definição. Nada contra, mas nem me dou ao trabalho de ver isto, pois já me apercebi que nada bom sairá daqui. Mesmo assim bom trabalho ao recordares também os momentos menos bons do passado.

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      Obrigado por leres e comentares. Exactamente! Tal como escreveste e muito bem.Por vezes temos que partilhar a porcaria que a WWE faz e, este foi um exemplo claro!

  5. Afonso.A.Q17 - há 3 anos

    Obrigado André por me fazeres recuar no tempo, para assistir ao grande main-event que a Wrestlemania XI nos deu!

  6. akujy - há 3 anos

    Ainda hoje penso nisto e em como é possivel este combate ter sido ME duma WM. Excelente texto e acima de tudo excelente visão do que aconteceu. É por grandes trabalhos como este que o Vintage é imperdível!

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      Thanks bro! Inexplicável como “isto” esteve num ME. Mas deve ter entrado muito”cash”…

  7. Dreamer - há 3 anos

    O artigo foi bom, mas já não posso falar o mesmo desse Main event(se é que merece ser chamado assim). Eu sinceramente não pagaria pra ver isso nem em um WWE Superstars(Na verdade acho que não pagaria pra ver NENHUM Superstars). De qualquer forma, foi bom tirar uma liçãozinha do passado.

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      Era esse o objectivo. Estou a tentar fazer edições do vintage com o tema wrestlemania, devido à época que estamos. Este foi um caso negativo onde a WWE conseguiu tornar numa “coisa” muito boa…em DVD.

  8. PedroSWWE - há 3 anos

    Belo artigo.
    Nunca me tinha deparado com este assunto, acompanho mais até Golden Era do que a New Generation Era.
    Main Event decente de um Superstars e não de WrestleMania.

  9. Rolls Reus - há 3 anos

    e triste que por um ter fama fora do ringue consiga ser ME numa Mania, e outros combates, como referiste o de Diesel vs HBK nao, este e um combate de Mid Hour, mas Vince pos tanto Hype, enfim!

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      O pior é que os intervenientes não estiveram altura…Excelente comentário!

      • Rolls Reus - há 3 anos

        obrigado, o Bam Bam nao era mau, ate era bom devido as suas medidas, mas por um homem que nunca teve experiencia no wrestling num ME de uma foi um grande erro!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador