Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Visão Brasileira #34 – Chris Jericho

Pessoal, começamos o ano de 2012, rumo ao PPV Royal Rumble. Nesta semana, não teria como escrever sobre outro tema, pois tivemos o retorno de um dos grandes lutadores da história da WWE. Chegou ao fim nossa curiosidade e tivemos o retorno de Chris Jericho. Nesta semana a crônica será dedicada a este grande lutador. Uma pessoa que já foi amada ou odiada pelos fãs da WWE, Jericho esta na história como o primeiro Undisputed Champion da WWE.

Chris Jericho estreou na WWF(E ) em 1999 como o homem por trás do misterioso Y2J da contagem regressiva do novo milênio, aliás este foi um dos momentos mais memoráveis ​​da história da WWE. Jericho fez o seu primeiro impacto em agosto de 99 em Chicago, Illinois, enquanto The Rock estava no ringue em uma promo. Jericho entrou na arena e se proclamou “Y2J”. Mais tarde naquele mês, Jericho fez sua estréia no ringue em 26 de agosto perdendo por desqualificação em uma luta contra Road Dogg estréia da SmackDown.

A primeira grand feud de Jericho foi com Chyna, pelo Intercontinental Championship. Depois de perder pra Chyna no Survivor Series, Jericho conquistou seu o Intercontinental Championship no PPV Armagedom. Depois em uma decisão controversa durante um combate em que dois árbitros diferentes declararam cada um deles o vencedor na luta, foi declarado que ambos eram campeões. Em um novo combate no Royal Rumble em uma Triple Threat match para determinar o Undisputed WWF Intercontinental Champion, Jericho saiu como vencedor.

Após, Jericho começou uma aliança com Chyna, para depois iniciar uma feud com Pouco tempo depois, ele começou uma feud com Kurt Angle, quando veio a perder o título no PPV No Way Out. Em abril, Jericho lutou em uma Triple Threat contra Chris Benoit e Angle na WrestleMania 2000, onde venceu o WWF European Championship. Jericho viria a perder seu cinturão no dia seguinte para Eddie Guerrero na Raw.

Em 17 de abril na Raw, Jericho enfretou Triple H, com o WWE(F) Championship em jogo. No combate, o árbitro havia feito a contagem rápida declarando Jericho como vencedor, porém depois o juiz reverteu a decisão devido à pressão de Triple H, e a WWE não reconhece Jericho como campeão.

Ainda em abril, Jericho enfrentou Chris Benoit, no Backlash, onde foi derrotado por DQ. Mas em maio na SmackDown, Jericho venceu Chris Benoit para tornar-se Intercontinental Champion pela terceira vez, mas viria a perder na semana seguinte para Benoit, na Raw, em meio a este pequeno reinado, disputou o European Championship, no PPV Insurrextion, contra Eddie Guerrero. Após no Judgment Day em uma Submission match for the WWF Intercontinental Championship, foi derrotado por Benoit. No King of The Ring, foi derrotado na primeira luta por Kurt Angle, que viria a ser o vencedor do torneio.

Depois disso, sua feud com Triple H culminou com um combate no PPV Fully Loaded, quando em uma Last Man Standing, Jericho perdeu para Triple H. No SummerSlam em uma Two out of three falls match, foi derrotado por Chris Benoit. A feud seguinte foi com X-Pac, onde ocorreram dois combates em PPV, primeiro no Unforgiven e depois no No Mercy em uma Steel cage match, ambos com vitótias de Jericho. Sua feud seguinte foi Kane, onde tanto no Survivor Series, uanto no Rebellion, Jericho foi derrotado por Kane nas duas oportunidades. Mas no Armageddon em uma Last Man Standing match, Jericho conseguiu derrotar Kane.

Em 2001, no Royal Rumble, Jericho derrotou Chris Benoit num Ladder Match para ganhar o Intercontinental Championship, pela quarta vez. No PPV No Way Out, em uma Fatal Four-Way match, derrotou Chris Benoit, Eddie Guerrero, and X-Pac, para manter seu cinturão. No Wrestlemania XVII, defendeu com sucesso seu título contra William Regal,mas viria a perder quatro dias depois para Triple H. Sua feud com Regal, continuaria com combates no Backlash, onde Regal venceu e depois no Insurrextion, com vitória de Jericho.

Após no PPV Judgment Day, Jericho e Benoit venceram uma “Tag Team Turmoil” match onde sete duplas participaram do combate com isso ganharam o direito de desafiar Stone Cold Steve Austin e Triple H pelo WWF(E) Tag Team Championship, na Raw. Benoit e Jericho venceram o combate, em que Triple H lesionou-se e Jericho tornou-se WWF Tag Team Champion pela primeira vez. A dupla defendeu seu título no primeiro Fatal Four Way Tables, Ladders e Chairs, onde Benoit lesionou-se, mas mesmo assim defenderam e mantiveram os cinturões A dupla perdeu o título um mês depois, para os Dudley Boyz em 19 de junho de 2001.

Image Detail

Dias depois, no King of The Ring, em uma Triple Threat match for the WWF Championship, os antigos parceiros, saíram derrotados pelo campeão Stone Cold. Depois na Invasion, Jericho participou da Inaugural Brawl match, onde Booker T, Diamond Dallas Page, Rhyno and The Dudley Boyz, com Bubba Ray and D-Von venceram o time de Jericho, que contava também com Steve Austin, Kurt Angle, The Undertaker e Kane. No SummerSlam, Chris Jericho venceu Rhyno. No Unforgiven, em uma Singles match pelo WWF Hardcore Championship, Jericho foi derrotado pelo campeão, Rob Van Dam. No PPV No Mercy, pelo WCW Championship, Chris Jericho venceu The Rock.

No dia seguinte, eles decidiram ser parceiros de tag team e tentar capturar os World Tag Team Championship dos Dudleys Boyz, que faziam parte da The Alliance. E com sucesso venceram o combate e assim Jericho seria pela segunda World Tag Team Champion. Este reinado durou por apenas um mês.

No PPV Rebellion, Chris Jericho venceu Kurt Angle e reteve o seu WCW Championship. No Survivor Series, Jericho estava no Team WWF, formado por ele, The Rock, The Undertaker, Kane, e The Big Show, que derrotaram o Team Alliance, formado por Steve Austin, Rob Van Dam, Kurt Angle, Booker T, and Shane McMahon.

Mas Jericho entrou de vez para a história da WWE em 9 de Dezembro de 2001 no Vengeance, quando ele venceu The Rock para se vencer o WCW Championship e “Stone Cold” Steve Austin para vencer o  WWE Championship e unificar os dois títulos e se tornar o primeiro Undisputed Champion da história.

No ano de 2002, Jericho iniciou defendendo com sucesso em PPVs seu Undisputed WWF Championship, contra The Rock no Royal Rumble. No PPV No Way Out, nova defesa e vitória, desta vez contra Stone Cold. Jericho só viria a perder seu título para Triple H, na WrestleMania XVIII.

Depois de perder o título, Jericho foi para a SmackDown e continuou a sua feud com Triple H, que culminou no Judgment Day, quando Triple H venceu Jericho nuam Hell in a Cell. No King of The Ring, Jericho foi derrotado por Rob Van Dam nas semi-finais. No Vengeance Jericho foi derrotado por John Cena e no SummerSlam foi derrotado por Ric Flair.

Jericho mais tarde foi draftado para Raw, onde ganhou o Intercontinental Championship de Rob Van Dam. A sua feud com Flair continou no Unforgiven, quando em uma Singles match for the WWE Intercontinental Championship, Jericho defendeu seu título com sucesso. Jericho viria a ser derrotado por Kane, na Raw.

Click here to enlarge

Na sequência, Jericho participou da primeira Elimination Chamber match for the World Heavyweight Championship, no Surviror Series, onde Shawn Michaels venceu Triple H que era o campeão e também Booker T, Rob Van Dam e Kane.

Então, mais tarde, Jericho formou uma tag team com Christian, com quem ganhou o World Tag Team Championship, em outubro. Christian e Jericho perderam o títulos em uma Four-way tag team elimination match, envolvendo os Dudley Boyz, Regal e Lance Storm, e  Booker T e Goldust, que sairam vencedores no Armageddon.

Em 2003, Jericho venceu um combate over-the-top-rope contra Kane, RVD e Batista para escolher o seu número de entrada para o Royal Rumble. Ele escolheu o número dois, a fim de começar a luta com Shawn Michaels, que havia desafiado Jericho. Depois de Michaels entrar, Jericho entrou como segundo participante. Christian, vestido de Jericho, apareceu enquanto o verdadeiro Jericho atacou Michaels pelas costas. Ele eliminou Michaels, mas depois de mais de 38 minutos no ringue, Jericho foi eliminado por Test. No No Way Out, Jericho venceu Jeff Hardy. Jericho e Michaels lutaram no WrestleMania XIX. No final, Michaels venceu. Jericho, no entanto, atacou Michaels com um golpe baixo após a luta depois de um abraço.

No Backlash, em uma six-man Tag Team Match, Jericho juntou-se a Triple H e Ric Flair, para derrotar Shawn Michaels, Kevin Nash e Booker T. No Judgment Day, na Battle royal pelo WWE Intercontinental Championship, que estava vago, Jericho participou do combate, que foi vencido por Christian.

Após este combate, Jericho começou uma feud com Goldberg, que foi alimentado pela recusa de Goldberg para lutar contra Jericho na WCW. Durante a primeira edição de Jericho do Highlight Reel, onde Goldberg foi o convidado, ele se queixou que ninguém queria Goldberg na WWE e continuou a insultá-lo nas semanas seguintes. Em maio na Raw, tentaram atropelar Goldberg com uma limousine. Uma semana depois, o Co-Director Geral da Raw, Stone Cold Steve Austin, interrogou vários superstars da Raw para descobrir quem estava dirigindo o carro. Um dos interrogados foi Lance Storm, que admitiu que havia sido ele, por ordens de Jericho.

Ainda em maio, Goldberg foi mais uma vez convidado no Highlight Reel. Jericho expressa seu ciúme pelo sucesso de Goldberg na WCW e senti que desde que entrou na WWE, ele tinha conseguido tudo o que ele sempre quis em sua carreira e tudo o que restava era derrotar Goldberg e desafiou-o para uma luta no PPV Bad Blood, no combate em questão, Goldberg saiu com a vitória.

No SummerSlam, Jericho participou na Elimination Chamber match pelo World Heavyweight Championship, onde o campeão Triple H, fez sua defesa com sucesso. No Unforgiven Jericho lutou na Triple threat match for the WWE Intercontinental Championship, onde ele e RVD, foram derrotados pelo Campeão Intercontinental Christian. No Survivor Series, Jericho participou da Five-on-five Survivor Series elimination match, pelo time Team Bischoff formado por ele, Christian, Randy Orton, Scott Steiner e Mark Henry, que derrotaram o Team Austin, formado por Shawn Michaels, Rob Van Dam, Booker T, Bubba Ray Dudley e D-Von Dudley.

Ainda em 2003, Jericho começou um romance com Trish Stratus, enquanto seu parceiro de tag team Christian começou um com Lita. Isso, no entanto, acabou por ser uma aposta sobre quem conseguia dormir com sua parceira primeiro, com um dólar canadense em jogo. Stratus ouviu a aposta e terminou seu relacionamento com Jericho, que aparentemente se sentiu mal por usar Stratus. No Armageddon, finalizando 2003, em uma Intergender tag team match, Chris Jericho e Christian derrotaram Trish Stratus and Lita.

Em 2004, Jericho participou da Royal Rumble Match, sendo eliminado por Big Show. Depois Jericho rivalizou com Christian, o que levou a um combate na WrestleMania XX. Christian derrotou Jericho depois Stratus correu para baixo e atingiu Jericho, pensando que era Christian. Após o combate, Stratus revelou que ela e Christian eram um casal. Esta revelação levou a um handicap match no Backlash onde Jericho venceu.

Jericho retornaria a lutar em PPVs, no Bad Blood, onde derrotou Tyson Tomko. No Vengeance, Jericho foi derrotado por Batista. No SummerSlam, em uma Triple Threat match pelo WWE Intercontinental Championship, Jericho e Batista, saíram derrotados pelo Campeão Intercontinental Edge. Jericho ganhou o seu sétimo Campeonato Intercontinental no Unforgiven em uma Ladder Match contra Christian.

O reinado de Jericho durou até o PPV Taboo Tuesday, quando foi derrotado por Shelton Benjamin. No Survivor Series, fez parte do Four-on-four Survivor Series elimination match, e saiu vencedor com o Team Orton, fomado por ele, Randy Orton, Chris Benoit e Maven, que venceram o Team Triple H, formado por Triple H, Edge, Batista e Snitsky. Com a vitória esta equipe teve o controle da Raw por um mês.

Em 2005, no New Years Revolution, na Elimination Chamber match pelo World Heavyweight Championship, que estava vago tivemos Shawn Michaels como árbitro especial, Jericho participou do combate, que foi vencido por Triple H. No Royal Rumble, Chris Jericho participou da Royal Rumble Match, sendo eliminado por Batista, que veio a ser o vencedor do combate. No Wrestlemania XXI, Jericho veio a participar da primeira Money in the Bank ladder match, vencida por Edge.

 No Backlash, Jericho desafiou Shelton Benjamin pelo Intercontinental Championship, mas perdeu a luta. Em junho, Jericho lutou no ECW One Night Stand, contra Lance Storm. Jericho perdeu o combate, depois de ser atingido na cabeça por Jason e Justin Credible com um bastão. Mais tarde, em junho, Jericho começou uma feud com o WWE Champion John Cena. Jericho perdeu uma Triple Threat pelo WWE Championship no Vengeance que também envolveu Christian e Cena. A rivalidade continuou e Jericho perdeu para Cena em no SummerSlam.Y2J deixou a WWE em agosto de 2005, quando perdeu uma  You’re Fired Match para o WWE Champion John Cena na Raw. Jericho foi despedido pelo General Manager da Raw Eric Bischoff, Jericho foi levado para fora da arena por seguranças.

Mas Jericho superou a si mesmo em sua “segundo retorno” como a resposta a uma série de código vídeo criptografado oito anos depois em 2007. O homem “Save_US” que iria salvar a todos voltava depois de dois anos. Jericho voltou à WWE em 19 de novembro na Raw, interrompendo uma promo de Orton. Jericho revelou suas intenções para recuperar o WWE Championship, a fim de salvar a WWE de Orton. Ele então colocou um desafio para Orton com o WWE Championship em jogo, que Orton não aceitou. Uma semana depois, Jericho fez Orton perder para Ric Flair. Após a Raw, Orton aceitou o desafio. No Armageddon, Chris Jericho venceu Randy Orton por DQ, pois JBL interferiu, chutando Jericho no lado da cabeça o que desqualificou Orton, que manteve o cinturão.

Em 2008, no Royal Rumble, John “Bradshaw” Layfield derrotou Chris Jericho por DQ. No PPV No Way Out, na Elimination Chamber match por uma vaga na WWE Championship match para o WrestleMania XXIV, Chris Jericho participou do combate, vencido por Triple H que venceu  Shawn Michaels, John “Bradshaw” Layfield, Umaga, Chris Jericho e Jeff Hardy. Em 10 de março, em um combate contra Jeff Hardy, Chris Jericho conquistou pela oitava vez o Intercontinental Championship.

No Wrestlemania XXIV, mais uma participação na Money in the Bank ladder match, que neste ano foi vencida por CM Punk. Retornaria a combater em PPVs, no Judgment Day, onde seria derrotado por Shawn Michaels. No Night of Champions em uma Singles match for the WWE Intercontinental Championship, foi derrotado por Kofi Kingston, e perdeu seu cinturão. No The Great American Bash, Chris Jericho venceu Shawn Michaels, que durante o combate sangrou muito e o árbitro resolveu dar a vitória a Jericho. Este foi um combate muito sangrento, para a era PG.

A rivalidade entre Jericho e HBK, continuou no Unforgiven, quando em uma Unsanctioned match, Shawn Michaels saiu como vencedor. Mais tarde nesta mesma noite, Jericho acabou participando da Championship Scramble for the World Heavyweight Championship, onde Jericho acabou substituindo CM Punk, que havia sido atacado por Randy Orton, e para surpresa geral, quem saiu vencedor do combate, foi Jericho, que derrotou John “Bradshaw” Layfield, Batista, Rey Mysterio e Kane.

No PPV No Mercy em uma Ladder match for the World Heavyweight Championship, Jericho defendeu seu cinturão, contra Michaels e saiu como vencedor. No Cyber Sunday, em uma Singles match onde o árbitro especial foi Stone Cold Steve Austin, Jericho foi derrotado por Batista. Oito dias depois, na RAW, ele derrota Batista e recupera o título. Após recuperar o cinturão, Jericho entra em uma feud com John Cena, no primeiro combate em PPV, no Survivor Series, Cena vence e se torna o novo campeão. No Armageddon, mais um combate e nova vitória de Cena.

Em 2009, no Royal Rumble, Chris Jericho participa da Royal Rumble Match, sendo eliminado por Undertaker. No PPV No Way Out, participa da Elimination Chamber match for the World Heavyweight Championship, vencida por Edge, que acaba conseguindo um lugar no combate, após atacar Kofi Kingston. Para a Wrestlemania XXV, Chris Jericho começou a ter uma feud com as lendas da WWE, o que culminou em uma handicap match, onde Chris Jericho derrotou Roddy Piper, Ricky Steamboat e Jimmy Snuka. A feud continuou no Backlash, quando Chris Jericho derrotou Ricky Steamboat.

Após, Jericho voltou-se a tentar mais uma vez o Intercontinental Championship e lutou em uma Singles match pelo WWE Intercontinental Championship, onde foi derrotado pelo campeão Rey Mysterio. A feud continuou no Extreme Rules, onde em uma No Holds Barred match Jericho alcançou mais uma vez o Intercontinental Champion. A feud teve seu combate final no The Bash em uma Mask vs. Title match, onde Rey Mysterio saiu como vencedor.

Porém na mesma noite, Jericho venceu o Unified Tag Team Champion com Edge em uma Triple threat tag team match, onde venceram The Colóns, formados por Carlito e Primo, que eram os campeões e The Legacy, formada por Cody Rhodes e Ted DiBiase. Depois no PPV Night of Champions, Jericho estava sem parceiro, uma vez que Edge estava lesionado, mas quem acabou substittuindo Edge foi Big Show e eles derrotaram Cody Rhodes e Ted DiBiase.

No SummerSlam, nova defesa de título e a Jeri-Show derrotou a Cryme Tyme, fprmada por Shad Gaspard e JTG. No Breaking Point, mas uma vitória, desta vez sobre The World’s Strongest Tag Team, formada por MVP e Mark Henry. No Hell in a Cell, mais uma vitória, desta vez sobre  Batista e Rey Mysterio. Porém no Bragging Rights Big Show e Jericho tiveram que ficar em lados opostos, onde, Jericho venceu Interbrand Match, com o Team SmackDown, formado por ele, Kane, R-Truth, Matt Hardy, Finlay, e The Hart Dynasty, formada por Tyson Kidd e David Hart Smith, venceram o  Team Raw, formado por D-Generation X, com Triple H e Shawn Michaels, além de Big Show, Cody Rhodes, Jack Swagger, Kofi Kingston e Mark Henry.

Depois a dupla mais uma vez teve que se enfrentar, desta vez em uma Triple Threat match for the World Heavyweight Championship, onde saíram derrotados pelo campeão Undertaker. A dupla só veio a perder seu cinturão, no TLC, quando no main event, em uma Tables, Ladders, and Chairs match perderam o Unified WWE Tag Team Championship, para a D-Generation X, com Triple H e Shawn Michaels.

Em 2010, na Royal Rumble Match, Jericho foi o número 28 a entrar no ringue, mas acabou sendo eliminado por Edge, que acabou sendo o vencedor do combate. Jericho tornou-se mais uma vez World Heavyweight Champion, no PPV Elimination Chamber, quando em uma Elimination Chamber match pelo World Heavyweight Championship derrotou o campeão The Undertaker, além de John Morrison, R-Truth, CM Punk e Rey Mysterio, graças a invasão se Shawn Michaels.

No Wrestlemania XXVI, Jericho venceu Edge e reteve seu cinturão. Porém Jericho perde seu cinturão na Smackdown seguinte ao PPV, após ser atacado por Edge e acaba sofrendo o cash-in de Jack Swagger. A feud com Edge continuou no Extreme Rules, onde em uma Steel Cage match, Edge venceu Jericho.

Após ser draftado para a Raw, Jericho juntou-se com The Miz e tentaram no PPV Over The Limit, conquistar os cinturões de duplas, em uma Tag team match pelo Unified WWE Tag Team Championship, mas foram derrotados pela The Hart Dynasty. No Fatal 4-Way, Chris Jericho foi derrotado por Evan Bourne. No PPV Money in The Bank, participou da Raw’s Money in the Bank ladder match, vencida por The Miz.

No SummerSlam, participou da Seven-on-seven elimination tag team match, onde o Team WWE, fformado por ele, John Cena, Daniel Bryan, Edge,Bret Hart, John Morrison e R-Truth) venceram The Nexus, formados por Wade Barrett, Justin Gabriel,Heath Slater, David Otunga, Skip Sheffield, Michael Tarver e Darren Young. No Night of Champions Jericho participou da Six-Pack Challenge Elimination Match pelo WWE Championship, vencida por Randy Orton.

O último combate de Jericho, foi em setembro de 2010 na Raw, Jericho foi chutado na cabeça por Randy Orton e foi retirado de maca da arena. Porém a algumas semanas a WWE estava a divulgar uma série de vídeos, relatando sobre o retorno de um lutador para o dia 2/1/12. Muito se especulava sobre quem seria este lutador, e para alegria geral, quem retornou na última segunda-feira, na Raw, foi o próprio Jericho.

Podemos dizer que Jericho é um dos grandes lutadores da história da WWE, pois basta ver seus títulos, onde foi WWE Championship uma vez, World Heavyweight Championship por três vezes, WCW Championship por duas vezes, Intercontinental Championship por nove vezes, European Championship uma vez, Hardcore Championship uma vez, World Tag Team Championship três vezes, ECW TV Championship uma vez, WCW TV Championship uma vez, WCW Cruiserweight Championship por quatro vezes, Unified Tag Team Championship por duas vezes.

Com todo este histórico, fica uma questão no ar, para que propósito Jericho retornou a WWE, será que seria para o combate histórico com The Undertaker, mas poderia Jericho retornar para entrar na série da streak de Taker, fechando o 20-0. Ou seu retorno esta relacionado ao final da PG Era. Pois o que significava na promo It Begins afinal. Teremos que esperar por mais uma semana pelo menos, pois em seu retorno Jericho não disse uma palavra ao universo WWE.

Para encerrar, desejo um inicio de 2012 excepcional para todos nós e até a próxima semana onde começarei o histórico do próximo PPV da WWE, o Royal Rumble.

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

3 Comentários

  1. Frederico_WWE - há 5 anos

    Parabéns artigo fantástico deste performer e entertainer quase sem igual.
    É bom no ringue, é bom no micro (promos) tem carisma enfim é tudo do melhor que já se viu na wwe!
    Só levanto uma questão porque acham que o regresso de Jericho poderia significar o fim da PG Era?

  2. Zé Pedro - há 5 anos

    Eu adoro estes artigos , tem sempre um historial dos lutadores ou eventos muito perto do completo , é bem melhor que a Wikipedia xD

  3. Vinicius - há 5 anos

    Jericho é um lutador excelente, tem um historico de dar inveja em muitos lutadores e alem disso ja foi odiado e amado pelos fas, teve feuds incriveis e lutas marcantes, uma que eu vi e achei fantastica foi contra as lendas, Superfly, Steambolt e Piper, foi uma luta fantastica.

    Espero que ele faça mais lutas que fiquem marcadas na historia da WWE.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador