10 Storylines que não tiveram conclusão – Top Ten #292

1 semana 5

10 – Mordecai

Uma das principais lendas, dos mais valiosos cromos da caderneta dos Superstars de gimmick mais berrante que passaram num pestanejar. Ele chegava ao Smackdown com um objectivo muito claro. Tão claro quanto a sua vestimenta branca e cabelo e barbas oxigenados para completar. Representava a sua pureza e era ele um profeta com a missão de livrar o mundo do pecado. Pronto, nem é dos mais tolos, pelo menos não andava a distribuir panfletos pela rua.

Estreou-se no Judgement Day de 2004 e foi aparecendo no Smackdown nos seguintes dois meses, derrotando jobbers e/ou lutadores do midcard mais baixo para impor-se como alguém de respeito e que intimidava e que seria realmente capaz de cumprir o que prometia e a dar promos em que praticamente obrigava a plateia a orar. Mas passaram-se esses dois meses e passou-lhes a vontade de o ter em TV e lá cancelaram todos os seus planos, tiraram-no de TV, acabaram com a personagem, mandaram-no de volta para o território de desenvolvimento e não tivemos mais Mordecai. Continuámos para aqui a pecar que nem os hereges que somos, nem chance de termos um salvador a sério tivemos.

Diz que uma das principais razões para a despromoção de Mordecai até nem foi falta de adesão à personagem ou má execução. Foi mau comportamento, com o menino a pegar-se à porrada com outras pessoas em bares. Vai-se a ver e era por serem todos pecadores. Até é desagradável porque, mesmo lembrando-o como um cromo passageiro e com uma personagem tão berrante, é mais fácil brincar com a situação mas o raio da personagem tinha o seu potencial. E eles sabiam-nos porque notava-se claramente que aquela cruzada, aquela brancura, aquela aura… Ia culminar no Undertaker. Ele ia subir assim tanto, sim. Mas não deu. O rapaz ainda voltou um par de aninhos mais tarde, na nova encarnação da ECW, como Kevin Thorn, mas esse vampiro já foi algo que a malta não papou tanto.

5 Comentários

  1. 13 cm1 semana

    Um retorno de michael tarver ao NXT seria ótimo, certeza que seria um dos rostos da marca.

  2. Edge1 semana

    Faltou Stone Cold vs Brock Lesnar da época que o 3:16 começou a fugir do Lesnar pra não perde pra ele , tão memoravel quanto a treta do Breat perde o titulo de forma roubada na terra natal dele

  3. N00bm4ster1 semana

    Esqueceste-te daquele ataque dos Nexus ao Undertaker!
    Esse é o maior mistério da wwe até os dias de hoje.

  4. Carlos1 semana

    Faltou a desse ano que faziam uma pergunta ao Shelton Benjamim e ele ficava acenando com a cabeça

  5. Ricardo Gonçalo1 semana

    Muhammad Hassan, para mim o maior talento desperdiçado dos muitos que por lá passaram. Tinha uma forma de enfrentar o micro incrível e lutava muito bem. Foi dos lutadores que mais pena tive, porque tinha demasiado talento. Acabou professor e por lá ae mantém…

Comentar