Depois da primeira noite do especial Fyter Fest na semana passada, a AEW transmitiu esta quarta-feira mais uma edição especial do Dynamite no canal TNT. Desta vez foi a segunda noite do Fyter Fest, no Curtis Culwell Center em Garland, Dallas, Texas, e foi o terceiro especial de uma série de quatro que a AEW está a realizar em Julho.

O AEW Dynamite foi transmitido na FITE TV. Subscreve aqui!

Resultados

– Chris Jericho venceu Shawn Spears
– Doc Gallows venceu Frankie Kazarian
– Darby Allin venceu Wheeler Yuta
– AEW Women’s World Champion Britt Baker venceu Nyla Rose
– Orange Cassidy venceu The Blade
– Lance Archer venceu IWGP US Champion Jon Moxley (Texas Death Match)

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– Chris Jericho venceu Shawn Spears: Nesta primeira “Labour of Jericho”, Chris Jericho começou melhor, tendo controlado tanto dentro como fora do ringue. O veterano tentou evitar que Shawn Spears usasse a sua cadeira, mas o “Chairman” tirou uma de debaixo do ringue e virou o ímpeto a seu favor.

Durante este domínio, Shawn Spears fez do braço lesionado de Chris Jericho o seu maior alvo de ataque, mas o “Le Champion” foi tendo alguma ofensiva, tendo até acertado uma Top Rope Hurricanrana. Nos minutos finais, o combate foi algo equilibrado, mas Shawn Spears decidiu voltar à cadeira, mas Chris Jericho aplicou o Walls Of Jericho, mas Tully Blanchard distraiu a árbitra e assim ela não viu o “Chairman” desistir.

Já depois de Sammy Guevara ter tirado Tully Blanchard de cena, Shawn Spears quase venceu por várias vezes, mas acabou por ir contra uma cadeira. No final, Chris Jericho acertou o Judas Effect e venceu este embate.

Assim que o combate terminou, MJF anunciou que a segunda “Labour of Jericho” será um combate No Rules Match contra Nick Gage, que apareceu e fez assim a sua estreia na AEW!

A seguir tivemos o TNT Champion Miro a explicar que existe um passado sobre este título, mas não haverá mais nenhum campeão depois dele e que quem quiser pode tentar desafiá-lo.

– Doc Gallows venceu Frankie Kazarian: Frankie Kazarian tentou usar a sua maior agilidade para ter ímpeto, mas a força de Doc Gallows virou este embate do avesso. Doc Gallows dominou durante vários minutos e quando Frankie Kazarian estava a começar a recuperar ímpeto, Karl Anderson distraiu o “Elite Hunter”, e isso abriu espaço para que o grandalhão dos The Elite vencesse o combate.

Os Good Brothers continuaram a atacar Frankie Kazarian, sendo que Don Callis e o AEW World Champion Kenny Omega vieram para o ringue. Quando este se preparava para acertar um V-Trigger, “Hangman” Adam Page veio ao ringue sozinho e sem medo atacou os Good Brothers, pois Kenny Omega fugiu. Ainda assim, os Good Brothers estavam no controlo, isto até a Dark Order vir para o ringue.

A seguir vimos a Team Taz, pela voz do novo FTW Champion Ricky Starks, a anunciar que na próxima semana irá haver uma celebração por causa da sua conquista, sendo que a seguir tivemos uma entrevista a Brian Cage que simplesmente disse que adora celebrações.

– Darby Allin venceu Wheeler Yuta: Wheeler Yuta atacou as costelas lesionadas de Darby Allin e foi dominando o combate. Fora do ringue tivemos um confronto “bastante agressivo” entre Orange Cassidy e Sting, com o “Icon” de forma inesperada a entrar na brincadeira do “Freshly Squeezed”.

Dentro do ringue, Wheeler Yuta continuava a tentar usar a sua técnica para vencer, mas Darby Allin foi sobrevivendo e depois do seu Stunner acertou o seu Coffin Drop e venceu o combate.

Assim que o combate terminou, The Blade com a sua soqueira atacou Orange Cassidy e assim ganhou vantagem perante o seu rival.

– AEW Women’s World Champion Britt Baker venceu Nyla Rose: Britt Baker tentou usar a sua velocidade, mas a força de Nyla Rose foi um problema e a candidata principal acabou por dominar durante vários minutos. Depois de ter sido dominada, a campeã começou a criar alguma ofensiva e a equilibrar, sendo que com o cansaço as quase vitórias foram começando a aparecer.

Nyla Rose começou a ficar frustrada por não conseguir vencer a AEW Women’s World Champion, sendo que isso abriu espaço para que Britt Baker acertasse dois Curb Stomps para também ela quase vencer. Já depois de Britt Baker ter tentado roubar uma jogada digna de Eddie Guerrero que lhe ia correndo mal, a campeã conseguiu aplicar o seu Lockjaw e assim arrecadou a vitória e conseguiu defender o seu título com sucesso.

Em seguida vimos imagens da conferência de imprensa que confirmou que na próxima semana teremos o combate entre Santana & Ortiz contra os FTR (Cash Wheeler & Dax Harwood). Depois de várias palavras muito acesas terem sido trocadas, os quatro estavam preparados para lutar, mas foram travados por vários agentes da AEW.

No ringue tivemos Tony Schiavone a entrevistar Andrade El Idolo, que parou a entrevista para apresentar o seu novo consultor executivo, Chavo Guerrero.

O veterano falou de quanto talento existe na AEW, mas que não existe ninguém mais talentoso que Andrade El Idolo. Porém, este foi interrompido pelos Death Triangle, com PAC a dizer que eles não se escondem de ninguém.

Andrade El Idolo tentou convencer os Lucha Bros a juntarem-se a ele e a deixarem PAC, mas os dois luchadores rejeitaram a proposta, dizendo que eles são a verdadeira cara do Wrestling latino e nunca trabalhariam com ninguém que não está ao seu nível. Ainda assim, o segmento terminou sem confronto físico.

Nos bastidores, Christian Cage e os Jurassic Express foram entrevistados e pela voz do veterano desafiaram os Private Party & Angelico para um Six-Man Tag Team Match.

– Orange Cassidy venceu The Blade: Orange Cassidy quis vingar-se por ter sido atacado já durante o Dynamite e entrou melhor neste embate, isto até The Blade ter fingido uma lesão para ter uma abertura para virar o ímpeto, tendo acertado uma incrível Gutwrench Powerbomb na terceira corda do ringue.

Depois de The Blade controlar durante alguns minutos, Orange Cassidy começou a virar o combate a seu favor e já depois de The Bunny e Kris Statlander terem tentado interferido no combate, os dois lutadores tiveram algumas hipóteses de vencer. No final, Orange Cassidy acertou o Orange Punch e venceu o combate.

Assim que o combate terminou, Orange Cassidy decidiu vingar-se de The Blade e de todos os ataques que sofreu, e colocou a sua soqueira e acertou mais um Orange Punch.

Nos bastidores, Chris Jericho foi entrevistado de costas para a câmara e explicou que se MJF trouxe Nick Gage para o enfrentar num No Rules Match, então ele irá trazer a sua personalidade mais doentia, o “Painmaker”.

Em seguida foi anunciado que no Dynamite Homecoming do dia 4 de Agosto teremos o combate entre Cody Rhodes e Malakai Black, e revimos imagens desta rivalidade.

– Lance Archer venceu IWGP US Champion Jon Moxley (Texas Death Match): Este Texas Death Match começou extremamente agressivo e com os dois lutadores a darem tudo desde o primeiro segundo. Ambos lutaram no ringue e até no meio do público, sendo que até vimos Lance Archer a utilizar um “fã” para atacar Jon Moxley.

Já depois de Lance Archer estar a sangrar por causa de um Paradigm Shift fora do ringue, o “Death Rider” decidiu que estava na hora de usar um garfo para a atacar o seu adversário. Com o passar dos minutos, Jon Moxley comçou a usar armas e a fazer da perna esquerda de Lance Archer o seu principal alvo, sendo que apesar de estar a sangrar bastante, o “Murderhawk Monster” nunca mostrou intenção de desistir.

Lance Archer foi começando a criar algum ímpeto com o passar dos minutos e cada vez mais as marcas desta guerra iam aparecendo, e os dois lutadores cada vez mais tinham problemas em responder à contagem de 10.

Já com os dois a sangrar, Jon Moxley foi buscar duas tábuas com arame farpado para colocar nas mesas que estavam fora do ringue e quando parecia que ia aplicar o seu Paradigm Shift, Lance Archer atacou-o com um garfo antes de o atirar com um Chokeslam para cima das duas tábuas com arame farpado e através das mesas. Isso fez com que o “Death Rider” não conseguisse responder à contagem de 10 e tivéssemos então novo IWGP US Champion.

Depois do combate, Lance Archer foi confrontado por  Hikuleo, lutador da NJPW, que já se sabia que ia ser o próximo candidato principal ao IWGP US Championship no Fight For The Fallen da próxima semana.


O que achaste desta segunda noite do AEW Dynamite Fyter Fest?

14 Comentários

  1. Suellen2 meses

    Darby vai ganhar
    Essa luta vai ser muito equilibrada mas o Darby vence.

  2. TheFlyingTuga2 meses

    Nick freaking Gage!! Holly shidaaaaa

  3. Dancan2 meses

    A interação de Cassidy e Sting foi hilária hahaha

  4. Kaiser2 meses

    Archer a vencer foi inesperado, mas ele bem estava a precisar de uma vitória num combate importante.

  5. L26MC2 meses

    Primeira noite bem melhor que a 2°.

    Valeu mesmo o combate do Moxley vs Archer, este último teve o que mereceu, têm crescido bastante ao longo do ano, para mim o Strowman era desnecessário e espero que volte realmente para a WWE, a AEW já têm 2 grandes Big Guys.
    Embora o Strowman seja um lutador que adoro e viria ajudar bastante a AEW, na luta pelas audiências.
    Continuando… espero que o Archer consiga agora ótimos combates com o pessoal da NJPW e quando perder o título possa focar-se a ter uma boa rivalidade que lhe permita alcançar ser campeão TNT ou quem sabe mundial.

    De resto gostei da estreia do Chavo, não acho que a AEW precisasse dele, mas de certa forma olhando para a história que desenhou ao lado do Eddie e sendo o Eddie tão acarinhado pelos americanos, é um ponto positivo para ajudar o Andrade nas suas promos e segmentos, visto que este não domina o inglês.
    Até acho mais provável uma LWO voltar na AEW, do que na WWE, veremos.

    De resto achei o show mais do mesmo, sem grandes pontos de interesse.

    • Ainda vamos ver o juvi na AEW o que eu iria adorar

    • Ze2 meses

      L26MC eu discordo completamente. Acho que este dynamite foi dos melhores do ano. Achei tudo interessante do inicio ao fim, exepto o combate feminino. Hype lá em cima mas a nyla rose é uma pessima lutadora. acho que está na hora de dar push á Jade Cargill, Kris Statlander, Big Swole, Thunder Rosa, etc. além das japonesas. A AEW tem muito por onde escolher na divisao feminina e a nyla no que toca ao talento fica muito aqém das outras. De resto adorei o dynamite.

  6. Kay Orton2 meses

    Eu perdi a primeira noite mas essa aegunda noite me agradou muito.

    Chris Jericho vs Shawn Spears foi ótimo é bom ver que Jericho no 50 anos ainda consegue entregar bons combates, eu ainda acho engraçado ele ter a barriga de cerveja mas ao mesmo tempo um físico atlético KKKKKKKKK Nick Freaking Cage vs Chris Jericho vai ser 🔥🔥🔥🔥 isso me surpreendeu muito.

    Doc Gallows vs Frankie acabei perdendo muitodo combate pela conexão, consegui os 5 primeiros minutos e depois peguei os minutos finais.

    Darby vs Yuta foi equilibrado mesmo sabendo que Darby iria vencer foi um bom combate. Muito bom a interação fora do ring do Orange Cassidy vs Sting, mas eu ainda não acho que aqueles chutes deveriam ser liberados, muita brutalidade e violência de ambos naqueles kicks.

    Andrade El Idolo REALMENTE fez uma surpresa, Chavo Guerrero na AEW foi ótimo. E talvez a reunião dos latinos com Andrade, Chavo, Rey Fênix e Penta ZM é impossível não acontecer, mas AEW é diferente do óbvio as vezes, logo é uma grande incógnita.

    Britt vs Nyla Rose foi o combate que menos me chamou atenção, não conheço tanto de ambas e me pareceu faltar química, contagens desnecessárias em golpes não tão potentes, foi um combate bom mas eu esperava bem mais.

    Lance Archer vs Jon Moxley foi o melhor da noite pra mim, fiquei anos afastado do wrestling no geral e acostumei tanto com o PG da WWE que eu não sabia que eu precisava ver combates com sangue. Isso é muito brutal e é um estilo que eu estou gostando de ver pois é bem feito e conseguem contar uma boa história. Adorei que Lance venceu, já estava na hora de vê-lo com um title e espero que ele retenha contra o Hikuleo e consiga um reinado sólido, esse combate promete muito.

    gostei das promos fora do ringue pros próximos shows e vih torcee pra conseguir ver um show inteiro da AEW, ótimo produto e bem consistente.

    7,7/10 mais do que justo

  7. Episódio sólido (mais um por parte da AEW). Destaco: o opener, bem como as reações brutais para Chris Jericho (pop) e MJF (boo) e a grande surpresa de Nick Gage ser o segundo desafio de “Le Champion”; mais uma interação eletrizante entre Kenny Omega e “Hangman” Adam Page; o combate entre Darby Allin e Wheeler Yuta foi bem porreiro e adorei aquele momento entre Orange Cassidy e Sting; o bom title match entre Dr. Britt Baker DMD e Nyla Rose (especialmente a parte final onde o público estava ao rubro); o aparecimento de Chavo Guerrero enquanto consultor de Andrade El Ídolo e posterior troca de impressões com Death Triangle; o regresso de “The Painmaker” Jericho na próxima semana; e o main event brutal quase ao nível do do Slammiversary que culminou com uma troca de título.

  8. Ecw ecw ecw!!! Ainda me esta a doer o corpo todo só de ver aquele final 😂

  9. Gostei:
    – Chris Jericho vs Shawn Spears, com a estipulação de Spears a poder usar uma cadeira mas Jericho não. A estipulação, com base na feud, foi bem escolhida. O combate não foi lá grande coisa, mas ambos tiveram uma boa exibição e o público esteve interessado. O fim foi muito bem feito. Bom combate para começar o show.
    – Após este combate, MJF aparece e anuncia que Jericho vai enfrentar NICK GAGE na próxima semana! Wow, sim senhora! Quando pensava que o MJF só ia meter gente dos Pinnacle… Será brutal ver Gage na AEW.
    – Miro fez uma promo sobre o TNT Championship. Nada de mais, uma boa promo de Miro.
    – Após Kazarian vs Gallows, Omega e Callis falaram de Kazarian. Quando estavam prestes a atacá-lo, Hangman Page e a Dark Order salvaram. Um ótimo segmento e a continuação da ótima feud entre Page e Omega. Já disse imensas vezes e volto a dizer, a AEW está a fazer um ótimo trabalho nesta feud.
    – Brian Cage fala da celebração de Ricky Starks na próxima semana. Natural que eles ainda vão tentar aproveitar esta feud entre a Team Taz e Brian Cage. Curioso para ver o que Cage possa fazer na celebração da próxima semana.
    – Promo package para o combate entre Lance Archer e Jon Moxley, que detalhou muito bem a feud para quem não conhecia a história entre os 2.
    – Promo de Andrade El Idolo que anuncia que Chavo Guerrero é o seu novo sócio. Chavo fez uma boa promo até ser interrompido pelos Death Triangle, onde Andrade tenta convencer Fenix e Pentagon a abandonarem PAC. O segmento foi ótimo, na sua maioridade. Acho que o único problema foi metade do segmento ser em espanhol. Eu sei que quase todos envolvidos neste segmento falam espanhol, mas isso dificultou com que o público percebesse o que estavam a falar e eles tiveram um bocado mais em baixo aqui. De resto, nada a apontar.
    – Christian, juntamente com os Jurassic Express, desafia Angelico e os Private Party para um combate na próxima semana. A continuação do possível angle de separação dos Jurassic Express (Por favor, não!) e a feud entre Christian e Matt. Vamos ver.
    – QT Marshall anuncia que vão pedir desculpas na próxima semana. Vamos ver. Não estou interessado, mas o segmento foi bem feito.
    – Orange Cassidy vs The Blade. O teu típico combate do Orange Cassidy, que está sempre over com o público. Diria que este é o melhor combate (singles) de Blade desde que chegou à AEW. No entanto, tal como o kick out de Nyla Rose a 2 Curb Stomps, o kick out após um tombstone fora do ring foi algo parvo.
    – Chris Jericho anuncia o regresso do ‘Painmaker’ na próxima semana para enfrentar Nick Gage. Sim senhora, aumentaram ainda mais o meu hype para este combate!
    – Promo package para a feud entre Cody e Malakai Black. A promo package foi muito bem feita, mas algo desnecessária. A feud só tem 2, 3 semanas. O combate também só é daqui a 2 semanas. Não vejo a grande necessidade para tal ainda.
    – Jon Moxley vs Lance Archer pelo IWGP US Championship numa Texas Death Match. O público fez um tremendo barulho durante o combate inteiro, o que ajudou imenso, o combate foi ótimo, e tivemos novo campeão com Archer a vencer na sua cicade natal, sendo um dos poucos lutadores a escapar a essa maldição. Curioso terem Archer a vencer, vamos ver aonde vai dar.

    Não Gostei:
    – Frankie Kazarian vs Luke Gallows. Foi um combate muito curto. Com a ajuda de Karl Anderson, Luke Gallows conseguiu a vitória surpresa. Eu acho que eles querem manter Kazarian ainda algo forte portanto tiveram as múltiplas distrações. Se for assim o caso, estou curioso para ver o futuro de Frankie.
    – Darby Allin vs Wheeler Yuta (que se juntou aos Best Friend, aparentemente). Foi um combate decente mas, no entanto, curto. Não teve nada de especial. O combate tinha sido melhor se tivessem dado mais tempo. Eu até recomendava-vos a ver o combate só mesmo pelo momento entre o Cassidy e o Sting, que foi hilariante.
    – Britt Baker vs Nyla Rose pelo AEW Women’s Championship. As 2 tiveram uma boa exibição, o público esteve interessado. No entanto, o combate teve um bom número de botches para poder apreciar (aquele pin que chegou ao 3 mas no entanto consideraram 2 sendo o maior deles). Também a parte da Nyla dar kick out a 2 Curb Stomps da Britt magoa imenso o finisher.
    – Conferência de imprensa entre FTR e Santana & Ortiz. Os 2 até tiveram boas falas e trocaram bons insultos. No entanto, notava-se que o segmento parecia apressado pois tiveram pouco tempo. Mais algum tempo e podia ter sido dos melhores segmentos da noite.

    Overall: 7/10. As últimas semanas foram melhores, especialmente em termos de combates, mas este show conseguiu uma boa progressão de storylines e o main event foi realmente o único combate que deviam ver, na minha opinião. O público foi o grande MVP deste show, que elevou imenso.

  10. Que maravilha, a cada quarta feira percebo o porquê de ainda assistir wrestling. Boa surpresa a vitória do Archer, já precisava de uma vitória num grande combate, e que combate brutal

  11. Mais um ótimo Dynamite.
    Destaques:
    -Sólido opener entre Spears e o Jericho.
    Combate com uma história interessante a volta da cadeira que apenas o Spears podia usar.
    O Jericho acabou por vencer,o que era óbvio,e a seguir tivemos um pop massivo ao Gage.Gostei também de ver o MJF nos comentários,muito bom.
    -Bom combate entre o Darby e o Yuta,o último continua a provar-se como um bom talento em ascensão e o Darby volta a vencer.Adorei a interação entre o Sting e o OC,o público passou-se com isto,muito bom de ver.
    -Main event brutal,literalmente,entre o Archer e o Mox.
    Muita violência,sangue e spots insanos,em especial o spot final,foi o ideal para terminar o show.Archer a recuperar o título e assim poderá ter um destaque mais consistente com este título.

    Nota ainda para o regresso do Chavo as big leagues.

  12. Anónimo2 meses

    Bom combate entre Moxley e Lance Archer.