Uma das lutadoras que foi despedida pela WWE na passada quinta-feira, dia 15 de Abril, foi Chelsea Green, que devido a várias lesões acabou por ser muito pouco utilizada na programação televisiva da empresa.

Entretanto, Chelsea Green voltou a conversar com Sean Ross Sapp do Fightful (fonte de muitas das notícias da lutadora que foram lançadas no último ano) e afirmou que ficou chocada e foi apanhada de surpresa pelo despedimento, apesar de compreender a decisão tomada pela WWE.

Na verdade, fiquei totalmente chocada. Não vou mentir, fiquei totalmente chocada. Eu entendo. Eu não fui usada e, claro, quando fui usada, lesionei-me no braço. Então, eu definitivamente fiquei chocada, e nos anos anteriores, quando eles fizeram os despedimentos, eu esperava mais durante esses despedimentos. Eu estava um pouco pronta no ano passado e noutras vezes, mas dessa vez fiquei muito chocada porque conheço o meu potencial na empresa e sei o que trago para a mesa, que é algo diferente; trabalho de personagem e acting skills e promo skills e isso é algo que eu sei com o qual vou prosperar quando for capaz de mostrar isso.

Apesar de ter ficado chocada, Chelsea Green “já sabia” que poderia acabar por ser despedida.

Felizmente, recebi um pequeno aviso, um pequeno aviso: “Hey, eles estão a despedir pessoas”, então fui capaz de preparar-me mentalmente, porque vou dizer, se não tivesse recebido aquela mensagem a avisar, eu teria pensado que aquele telefonema [de John Laurinaitis] era para a minha estreia [regresso] e isso teria sido constrangedor. Agradeço muito ter sido avisada, porque eu estava pronta para estrear [regressar], percebes?

Apesar de não poder assinar por nenhuma outra empresa ou regressar aos ringues antes do dia 14 de Julho, devido à cláusula de não-competição de 90 dias imposta pela WWE, Chelsea Green já já está a aceitar bookings para depois dessa data e o Impact Wrestling é um destino bastante provável.


O que achas destas declarações de Chelsea Green? Onde gostarias de ver a lutadora no futuro?

8 Comentários

  1. Esse vince sinceramente…

  2. El Cuebro3 semanas

    Eu acredito nela, poxa todos sabemos o potencial que ela tinha, ela claramente poderia ter sido uma das maiores heels dos últimos tempos no NXT, aí foi “promovida” e nunca utilizada como deveria, se falou numa stable com Chelsea, Santana e Vanessa Borne, que até poderia dar certo também, eu sei que ela terá uma nova chance de mostrar seu talento, seja no Impact, AEW, etc, acho que o Cardona vai fazer o possível para ajudá-la também!

  3. Triste ser despedida!

  4. Victor WWE3 semanas

    Espero que ela vá para Impact Wrestling, tem tudo pra ser campeã.

  5. Anónimo3 semanas

    Seja para onde for, que lhe corra tudo bem.

  6. Está chocada ela e eu.

  7. Alexandre3 semanas

    Não me espanta nada, provavelmente ela pensava que podia continuar a viver indefinidamente da generosidade da WWE.
    A receber cheques milionários sem fazer a ponta dum corno, neste mundo em que a vida dá trabalho.
    O seu despedimento apesar de poder ser considerado um choque repentino, não se poderá dizer q não foi por justa causa tendo em conta as dificuldades que a empresa enfrenta atualmente, é difícil justificar despesas volumosas inúteis.

    • Loool ela naonfez puta de um corno por estar lesionado e antes da lesao a wwe simplesmente cagou nela e demoraram uma eternidade a fazer a sua estrea… tanto que a santana e a vanessa estao supostamente á 1 ano no main roster e nem um teaser das apareceu ainda… a culpa nao é da chelsea nem é pouca vontade, é apenas os responsaveis que apostam sempre nos mesmosne alguns nao valem nada e sempre com pushes e outros talentos apenas renegados e claro frustrados…