Em conversa na mais recente edição do podcast After The Bell, em que Corey Graves até recebeu o vencedor do Men’s Royal Rumble Match, Edge, o comentador da WWE acabou por criticar a atual situação da divisão de equipas feminina da WWE, afirmando que faltam equipas legítimas.

Apesar de termos equipas como Ruby Riott & Liv Morgan, a verdade é que no Raw desta segunda-feira voltámos a ver uma equipa aleatória a ser formada, entre Naomi & Lana, que até já se tornaram nas candidatas principais aos WWE Women’s Tag Team Championships de Nia Jax & Shayna Baszler.

Não quero dizer isso como um desrespeito a qualquer uma das mulheres no Raw ou SmackDown que competem pelos WWE Women’s Tag Team Championships. Sinto que a falta de equipas legítimas é o que está a matar essa divisão. Tu tens pessoas que aparecem aleatoriamente que querem um combate e agora são uma equipa.

Tu tens a Mandy Rose e Dana Brooke, que são a coisa mais próxima de uma equipa legítima. Tu tens Nia Jax e Shayna Baszler que cresceram nesse papel, mas acaba por ser um monte de mashups de duas pessoas aleatórias a competir pelos títulos e eu sinto que isso nunca permitiu que essa divisão brilhasse e se tornasse um foco, como eu sei que é capaz de fazer exatamente como nos títulos de equipas masculinos.

Eles deveriam ser vistos no mesmo nível, mas acho difícil acreditar que vai chegar a essa altura até que tenhas mais equipas legítimas a segurar os títulos.

Para além desta crítica, Corey Graves também explicou que não tem interesse em ver com frequência combates intergender na WWE, especialmente um que vem sendo rumorado entre Reckoning (Mia Yim) e Xavier Woods.

Eu não conseguiria ir mais longe. Eu não tenho nada além de amor por [Xavier] Woods, eu adoro o que ele é capaz. Eu, pessoalmente, não sou um grande fã de combates entre géneros. Eu sei que acabámos de ter um muito bem sucedido no SmackDown, com Reginald e Sasha Banks. Eu sinto que uma vez a cada “lua azul”, tudo bem. Não gosto da ideia de que isso aconteça regularmente na WWE.


O que achas destas declarações de Corey Graves? Concordas com o comentador da WWE em ambas?

23 Comentários

  1. Tenho a mesma.opiniao e sobre a tag division destruiram aa iconic que eram verdadeiramente una equipa…

  2. Concordo plenamente!

  3. O Corey foi muito feliz e assertivo nos seus comentários, a divisão feminina tag praticamente não existe, logo não causa muito interesse.

    • Anónimo4 semanas

      Concordo. E foram separar as IIconcis quem era uma equipa legitima.

    • Exato, anônimo! Outra cagada por parte deles..

    • Anónimo4 semanas

      Vai-se la entender porque motivo foram separar uma equipa que faz todo o sentido estarem juntas, para depois andaram a juntar equipas aleatórias.

    • Pois é, meu amigo. A yww tem tomado algumas atitudes que realmente não dá para entender…

  4. El Cuebro4 semanas

    Ele teve muita razão no que disse, começando pelo final combates intergender não foram feitos para acontecer na WWE, na AEW e até no Impact, não encaixam e sobre a divisão de duplas femininas eu concordo sim, está uma verdadeira bagunça, atualmente só há um time legítimo que é Mandy & Dana, Shayna & Nia não combinam, assim como as atuais desafiantes Naomi & Lana, saudades das Kabukis, da IIconics e de um Riott Squad mais sólido, no mais se a WWE quis trazer o título feminino de duplas deviam ter criado uma divisão mais sólida num todo!

  5. A.M.G.4 semanas

    Não poderia ter falado melhor.

    Ainda me dói pensar que separaram as IIconics, que eram uma das poucas Tag Teams femininas legítimas. Bayley e Banks até faz sentido, mas as IIconics se foram sem motivo algum, e não levou a nada tão relevante para nenhuma das duas. Ainda fosse para uma ganhar um título principal, até daria para conviver, mas o que fizeram foi condenável.

    E Mandy Rose e Sonya Deville tinham muito potencial e lenha para queimar como equipe. A storyline foi surpreendentemente bem escrita sim, e tiveram alguns bons combates entre elas, mas o problema é que depois droparam totalmente o angle com o Otis e a Rose, e ficaram sem outra tag legítima. Ou seja, não levou a praticamente nada.

  6. Facebook Profile photo
    Hugo Braga4 semanas

    A divisão tag masculina acaba por ser um pouco igual atualmente com duplas aleatórias como otis e Chad gable

    • Não concordo, até porque a divisão tag masculina praticamente sempre existiu, logo existem muito mais tags verdadeiras do que na divisão feminina que não tem nenhuma.

  7. Ele têm razão, as equipas femininas são muito aleatórias!

  8. Doughc4 semanas

    Acho que tá na hora desse title ir pro NXT pois lá eles gerem melhor a divisão feminina.

  9. Rodrigo4 semanas

    Geralmente o Corey Graves faz alguns comentários controversos, mas neste caso estou totalmente de acordo, tanto com a questão da divisão feminina de tag como com a questão dos combates intergender.

  10. Zickelous4 semanas

    Pra mim extinguia esse título ridículo de duplas e trazia títulos de midcard para a divisão feminina, acho que seria muito mais credível pois o roster é muito limitado para terem duplas

    • Rooben4 semanas

      Nao acho
      Desde o inicio do pro wrestling que tiveste 2 estilos : Singles ou Tag Team .
      Depois apareceu cruiserweight, Hardcore Division etc como estilo .
      Os titulos secundarios sao necessarios quando tens muita qualidade no main event , e nem todos podem ser campeoes .
      Nao é o caso hoje em dia .
      Se existe coisa que a WWE fez bem nos ultimos anos , foi a womens revolution .
      Por isso apesar de considerar que neste momento aquilo esta uma caldeirada , os titulos de Tag Team são necessarios .
      Nao esquecer que houve uns anos em que tinhas de comer com Tags aleatorias no masculino , porque nao havia mais opções.

  11. BigMando4 semanas

    Tem razão. As únicas equipas credíveis são a Mandy Rose e a Dana Brooke e as Riott Squad. Equipas como Peyton Royce e Lacey Evans, Jax e Baszler e Charlotte Flair e Asuka foram escolhidas a dedo e não são equipas que durem bastante tempo. As IIconics era a equipa mais sólida da divisão feminina, mas tiveram a “brilhante” ideia de as separar, mas um dia vai acontecer a elas como aconteceu à Liv Morgan e Ruby Riott: separam-se sem motivo algum e depois volta-se com a equipa. Quando também se fala das IIconics, também se podia falar da Mandy e da Sonya (Fire n Desire).

  12. Facebook Profile photo

    Concordo! Na minha opinião neste momento o lugar onde o Women’s Tag Team Championship pode brilhar mais seria no NXT, inclusive a vencedora do Women’s Dusty Cup deveria ter uma chance pelo Women’s tag champ.

  13. Tem razão.
    A divisão feminina,principalmente a do RAW,está na m*rda.

  14. The Phenomenal One4 semanas

    Acho que ele está certo em ambas as declarações.

  15. Alexandre4 semanas

    Até a divisão de duplas feminina da AEW tem equipas mais sólidas e bem formadas, como Tay Conti e Anna Jay e Ivelisse e Diamanté, mwahauahahha. Suck it!!!

    • Anónimo4 semanas

      Podem ter equipas que façam mais sentido, mas quanto ao resto a divisão feminina da WWE mete a da AEW no canto.

  16. Concordo com ele em tudo. Cada dupla mais aleatória que a outra.