O WWE SmackDown desta semana foi tudo aquilo que se esperaria do último show da WWE antes do Survivor Series do próximo domingo. A acção e brawls entre elementos das três brands foi crescendo do início ao fim do show e só terminou com uma super brawl entre dezenas de lutadores do Raw, SmackDown e NXT.

Quem acabou por ficar por cima dessa super brawl foi King Corbin, que ficou sozinho no ringue já depois do WWE SmackDown ter terminado. O lutador fez questão de vangloriar-se ao microfone, mas foi interrompido pela D-Generation X, composto por Shawn Michaels, Triple H e Road Dogg, que também pertencem ao NXT.

King Corbin pensava que o iam atacar, mas Triple H enganou-o com alguns elogios e convidando-o a fazer parte dos DX. O lutador juntou-se assim às três lendas para a habitual promo do grupo, mas foi surpreendido pelos três, que o atacaram com socos, um Sweet Chin Music e um Pedigree.

O segmento terminou, como seria de esperar, com o habitual: “And if you’re not down with that, we got two words for ya… suck it!”, para o público presente ir contente para casa e expectante pelo que irá acontecer no NXT TakeOver: WarGames deste sábado e no Survivor Series de domingo.


O que achaste deste segmento já depois do WWE SmackDown?

6 Comentários

  1. Um segmento que inclua os DX é sempre um ótimo segmento

  2. The truth and nothing but the truth3 semanas

    Mas tinha de ser mesmo o top heel da SD Live?

  3. Anónimo3 semanas

    Foi muito bom, gostei de ver o DX de volta neste segmento.