Jimmy Jacobs deu recentemente uma entrevista a Chris Van Vliet onde falou da sua carreira, sobretudo do período que passou na WWE, entre 2015 e 2017. Isto até ter sido despedido por ter publicado uma fotografia juntamente com os membros do Bullet Club, após uma “invasão” num Monday Night Raw em Setembro de 2017.

O antigo escritor da WWE, indie wrestler e produtor do Impact Wrestling foi questionado sobre o tempo que passou na companhia e de como era a experiência de escrever os shows semanais. Em resposta, Jimmy Jacobs deixou algumas críticas à WWE, a Vince McMahon e ao processo criativo da mesma, dizendo o seguinte:

Eles fizeram por mim (despedir-me) aquilo que eu nunca conseguiria fazer por mim próprio. Eu tinha lá ficado mais 10 anos a ser miserável e a odiar a minha vida tal e qual como outros escritores que lá estão. Não quero falar por eles, mas lá existe muita infelicidade.

Continuando sobre este assunto, Jimmy Jacobs também acrescentou o seguinte:

As histórias com Kevin Owens e Chris Jericho foram o melhor do tempo que passei por lá. Fazer tudo aquilo com eles, criar a “List of Jericho”, o envolvimento no “Festival of Friendship”. Foi como o culminar do que fizemos. Muito do que há na WWE é divertido, exceto uma nuvem negra que paira sobre todos, que é aquele homem louco [Vince McMahon]. Apenas cria um ambiente onde as pessoas deixam de tentar fazer o seu melhor.

Já no ano passado Jimmy Jacobs tinha estado em destaque ao dizer que escrever um programa de 3 horas todas as semanas é extremamente difícil. Agora, com esta entrevista, acaba por ir um pouco mais longe e explicar alguns dos motivos que tornam o processo criativo da WWE tão complexo.

Curiosamente, esta entrevista surge também numa altura em que Chris Van Vliet foi recentemente contratado pela All Elite Wrestling para ser entrevistador de backstage.


O que achas destas palavras e críticas de Jimmy Jacobs?

13 Comentários

  1. Mateus Henrique2 anos

    Esse Vince McMahon é ridículo por isso a WWE tá uma porcaria nesse PG era

    • Augusto Van Der Velden2 anos

      O que irei dizer não é apoio a o Vince, porem a impressa é dele, ele não é um simples funcionário, ele é proprietário mesmo que as ideias deles e o modo que ele age no backstage não é bem visto, mais ele faz bem o que entender com a ‘Propriedade’ dele, agora se ele quiser afundar destruir tudo o que o pai dele e ele construíram é problema dele.

  2. Anônimo2 anos

    mais um, que sai cuspindo no prato em que comeu

    • 2 anos

      Mesmo, mas também ele tem razão no que diz.

    • Anónimo2 anos

      Muitos fazem isso, mas também tem de se ver o lado deles. A WWE faz muita porcaria, não são nenhuns santos.

    • Ryu2 anos

      Nunca falaste mal de um estabelecimento em que tenhas trabalhado após teres sido ou teres-te demitido, porque não eras feliz lá? Todos tem esse direito, não é por ele estar a ganhar muito mais que uma pessoa com uma profissão “normal”, que perde esse direito. Ele não é humano como todos nós? Essa do “cuspiu no prato em que comeu” é só das expressões mais estúpidas quando é utilizada em assuntos profissionais.

  3. Jonas2 anos

    Sabia que de algum jeito a AEW estaria nisso. Impressionante como está se tornando um câncer

  4. WWE sucks2 anos

    É ver como o Impact Wrestling está neste momento a ser o melhor produto semanal, com boas histórias e a conseguir prender a minha atenção para o que estão a fazer.
    Este rapaz tem talento, pelos vistos foi só mais um que a E não aproveitou. Os próximos serão o Heyman e o Bischoff.

    • Augusto Van Der Velden2 anos

      A Impact Wrestling hoje não está nem no calcanhar da wwe, a Ring of Honore a MLW são até mais superior que a Impact wrestling.
      você assiste uma luta da Impact e fica logo evidente que aquilo é falso uma luta fake não tem um contato físico real.
      Parece as empresas de lutas aqui do Brasil.

  5. Showstealer2 anos

    Só confirmou os rumores que por vezes saem cá para fora da vida difícil que os bookers da WWE têm perante Vince McMahon, realmente é deveras frustrante…

  6. Muita verdade sobre assuntos internos da WWE a sair para fora aos poucos.
    Muito podem dizer mas o aparecimento da AEW mexeu com a WWE, podem “ainda” não ser concorrência direta mas conseguiram de algum modo afectar a WWE.

  7. Alexandre2 anos

    O tal do Vince é o tipo do patrão que ninguém gosta, todos ficam torcendo pra morrer logo, e o resultado é uma péssima programação que só ele mesmo (Vince) gosta, ninguém mais.

  8. Guilherme Moscovich3 meses

    Para ele ter sido despedido daquela forma em 2017, é porque já vinha tendo vários problemas, estava irritado e infeliz na WWE. Então ele achou uma “forma” de sair da empresa com aquela selfie do Bullet Club. Vendo essa entrevista e a forma como saiu, mostra que o Jimmy não é flor que se cheire.