Frank casino

A notícia de que Vince McMahon e a WWE proibiram os seus lutadores de terem Cameo, Twitch e TikTok é uma das notícias do dia e já tivemos muitas Superstars ou ex-Superstars da WWE a reagir a esta situação e agora, cerca de 24h depois da notícia sair a público, já se sabe um pouco mais do porquê desta decisão da WWE.

O político Andrew Yang, que concorreu a candidato presidencial do partido democrata nos Estados Unidos da América, através da sua conta de Twitter, fez críticas muito severas à WWE e a Vince McMahon pela forma como trata os seus lutadores.

Primeiro Andrew Yang afirmou que não é o ministro do trabalho, mas que se sente confiante para dizer que a forma como a WWE trata os seus lutadores, que são empregados independentes, mas depois os quer controlar por estar em algo tão benigno como o Cameo, é ridículo.

De seguida, Andrew Yang relembrou que os lutadores da WWE não têm direito a seguro de saúde, benefícios para quando se reformarem, entre outros privilégios. Também afirmou que Vince McMahon deveria deixar os seus lutadores ganhar dinheiro usando os seus nomes verdadeiros.

Andrew Yang continuou as críticas afirmando que ele sempre foi fã de Wrestling e que tem pena que muitos dos seus heróis de infância tenham morrido ainda bastante jovens e que se sentiria melhor sabendo que tanto os antigos lutadores como as suas famílias são melhor tratados do que aquilo que acontece na realidade, e que ele tem intenção de fazer isso por esta geração e pela próxima.

O político fechou as suas críticas a Vince McMahon ao dizer que para o seu bem é bom que Donald Trump ganhe as eleições, pois a mudança está no ar e que já está na altura de as práticas corruptas que ele [Vince McMahon] faz na WWE tem de acabar e que será um prazer ser ele a fazê-lo.

Já durante a tarde deste sábado e depois de todas estas críticas que a WWE tem sido alvo, a empresa fez um comunicado em que explicou que tal como a Warner Bros e a Disney, entre outras empresas, a WWE promove e investe em marcas registadas que pertencem à empresa, como por exemplo a marca “Roman Reigns”, “The Fiend”, “Big E”, “Braun Strowman” entre outras.

O controlo dessas marcas registadas permite à WWE ganhar dinheiro e depois pagar aos seus lutadores grandes salários. No comunicado também é apontado que é imperativo para o sucesso da WWE que se proteja os ativos da empresa e que se estabeleça parcerias com outras marcas, não em parcerias individuais, mas que sejam sim parcerias feitas pela empresa, pois isso trará mais benefícios a todos.

Toda esta tentativa de proibir os lutadores de terem contas em sites como Cameo, Twitch, TikTok entre outras plataformas poderá ter aberto uma discussão sobre a forma como a WWE trata os seus lutadores, tanto no que toca a este tipo de proibições, tal como à falta de seguro de saúde entre outras situações.

Esta polémica é algo que os responsáveis da empresa de certeza que não estariam à espera que acontecesse e agora, com este comunicado, mais parece que os mesmos estão irritados por os seus lutadores ganharem dinheiro fora da empresa, sem terem de dar algum desse dinheiro à mesma, do que pelo facto de os lutadores utilizarem essas plataformas.


Na tua opinião, pensas que a WWE vai recuar na decisão de proibir os seus lutadores de terem contas em sites como Cameo, Twitch e TikTok?

20 Comentários

  1. Óbvio que as críticas iriam vir, mas vindo de quem vem… Partido democratas? Não sei não hein

    • lol3 meses

      pois mas uma empresa com a wwe devia ser independente nao com ajudinha de trump e seu amigo vince

    • Não sei se você sabe, mas o Trump era amigo do tio Vince muito antes de sonhar em ser presidente…

  2. Dean Paul3 meses

    Isso caro politico, coloquem mais leis trabalhistas, obriguem o empresário a ter mais encargos sobre um funcionário, sabe a mágica que acontece??? Menos empregados, mas me parece que é isso que esse caras querem, mais pessoas dependendo do governo para viver, assim todos vão precisar do estado né…

    • Quantidade não é qualidade. De facto, menos leis laborais gere mais trabalho mas são mais trabalhos precários… As leis laborais servem sobretudo para protegerem o trabalhador de empresas nojentas

  3. Pelo que entendi, os talentos ainda podem usar o Cameo, Twitch, etc se eles usarem seus nomes verdadeiros. O problema da empresa é se eles usarem seus ring names, já que é propriedade intelectual da empresa.
    Na minha opinião,não nada de absurdo no pedido da WWE se o banimento é em somente o uso da marca da empresa nessas plataformas, pois isso é algo que qualquer outra industria de entretenimento faz.
    Por exemplo, se o Chris Evans fizer qualquer tipo de uso do personagem do Capitão America sem a autorização da Disney, a empresa tem o total direito de multa-lo por isso, pois o personagem pertence a empresa e não ao talento.

    • Isso não diminui o problema que é o tratamento da WWE sobre os seus funcionários, mas nesse assunto especifico me parece que foi mais uma reação superexagerado dos fãs que tiraram conclusões somente pelo titulo das noticias ao invés de se aprofundarem no assunto e manchetes super sensacionalistas dos sites de wrestling americanos com intuito de somente criar cliques para site.

    • Muito bem dito Wesley.

    • Anónimo3 meses

      Concordo, wesley.

  4. Bem como já disse hoje se isto fosse por causa de situações como o kayfabe e tal ainda percebia não sendo então não sei. Proibir os lutadores de usarem as plataformas porque ganham dinheiro e não dão à empresa? Já é ridículo, eu também não sou a favor do cameo por exemplo de se aproveitarem dos fãs para fazer dinheiro mas não estão a fazer nada de ilegal e gasta quem quer. Ah e essa de não ter seguro de saúde tá boa tá

    • Se os lutadores utilizam de propriedade intelectual da empresa (nome de personagens, por exemplo) sem autorização dela, então a empresa tem total direito de os proibirem ou pedir alguma cota monetária sobre isso.
      Não é diferente do que as outras empresas da areá de entretenimento faz. Se um ator fizer qualquer atividade comercial com um nome de um personagem sem a autorização da produtora, a produtora tem o direito de processa-lo por isso.
      A WWE mereci toda critica do mundo sobre os modos de contratos de seus funcionários, mas esse caso especifico não é tão grave.

    • Tens razão, não deixa de ser egoísta mas se é um direito é um direito

  5. Hugo3 meses

    Bom….
    Não é a proibir que se use estas plataformas digitais que a coisa se resolve,mas sim que os lutadores tenham mais cuidado com o que dizem e fazem nestas plataformas. Vou dar 1 exemplo: muitos lutadores quebram a personagem quando usam estas plataformas e não o deviam fazer,pois estão a prejudicar o próprio trabalho que podia ser feito com a personagem e que devido a certas declarações que os lutadores fazem enquanto estão em personagem já não pode ser feito. Muitos de nós queixam-se disto mesmo mas não é a proibir a utilização que se resolve,mas sensibilizando os lutadores para que tenham cuidado com o que fazem nestas plataformas. E como responde Vince McMahon a este problema,responde mal pois não devia proibir o uso,porque estas noticias só servem para manchar a Wwe e fazer baixar o valor das ações em banca.

    • Concordo plenamente, aliás já disse num post hoje, em vez desta proibição podiam reunir o pessoal e sensibilizar, ok querem usar as plataformas tudo bem mas há restrições porque este é um mal do wresting de hoje não se pode negar. Mas será que é esse o motivo de a wwe fazer estas proibições? Já tenho dúvidas

    • Hugo3 meses

      Bom…
      Sim,eu também acho que o motivo que deu origem a esta proibição deve ser outro e muito provavelmente deve ter que ver com lucro,pois é isso que interessa ao Vince.

  6. Em pleno século 20 nossa, vão ter que voltar na decisão

  7. lol3 meses

    La vai o amiguinho Trump e o tio vince fazerem das suas

  8. lol3 meses

    uma empresa que devia ser isso uma empresa independente

  9. Anónimo3 meses

    O Vince já devia saber que ia levar com críticas. Ele não devia proibir nada, que chegue acordo é o melhor que faz.

  10. A.G Weichselbaum3 meses

    Sinceramente para mim opinião deu um politico sobre algo é um tanto irrelevante e principalmente se for um Democrata.
    e desculpe ai o pessoal que é adepto a esquerda, mas esse judeu aqui não é ID1OTA.