Frank casino

A morte de George Floyd, um cidadão norte-americano que foi assassinado pela polícia na passada segunda-feira, em Minneapolis, está a comover o mundo e a levar a centenas de manifestações, principalmente no próprio país. Milhares de pessoas também já se manifestaram online, entre elas Batista e Titus O’Neil.

Só que estas não foram as únicas. Várias estrelas da WWE já se manifestaram contra esta onda de violência e aderiram a movimentos como o #BlackLivesMatter ou #AllLivesMatter. Uma dessas estrelas foi Randy Orton, que publicou um simples tweet com a hashtag, como muitas outras pessoas têm feito.

O tweet já leva milhares e milhares de likes, mas nem toda a gente interpretou este tweet como deve ser. Cerca de uma hora depois, o “The Viper” voltou ao Twitter para esclarecer que todas as vidas importam, mas que neste momento a sua atenção está nas pessoas com cor de pele negra, por causa dos recentes incidentes e mortes.

Só que este manifesto de Randy Orton em defesa de que #BlackLivesMatter gerou outra onda de polémica, porque o lutador da WWE já ficou marcado no passado por polémicas relacionadas com algum racismo.

O “The Viper” esteve contra o #BlackLivesMatter em 2016, no caso de Terence Crutcher em Tulsa, Oklahoma, assim como denunciou publicamente os protestos pacíficos de Colin Kaepernick. Algo que até mereceu a resposta de MVP e na altura Randy Orton até foi o convidado do podcast de Booker T para falar do assunto.

Para além disso, não esquecer que Randy Orton é alguém que ainda no final do ano passado utilizou a palavra “n*gga” numa stream do Twitch. Daí que muitos fãs não entendam que o “The Viper” esteja agora realmente a apoiar o movimento #BlackLivesMatter.

Achas que há motivo para os fãs reagirem mal a esta posição de Randy Orton?

74 Comentários

  1. A verdadeira polémica foi criada pelo Jericho que está a receber uma onda de hate por ter dito “All Lives Matter” em resposta a “Black Lives Matter”.

    • Esse pessoal está “cego”. Não é só “Black Lives Matter”. E todas as pessoas que foram e continuam a ser mortas por motivos religiosos e motivos políticos não contam? Não vejo tanto alarido como o que está a acontecer neste momento. Eu não sou racista, mas por favor…..

    • Ederzito4 meses

      São americanos…

      O mundo para eles não é mais do que os Estados Unidos

    • Tecnicamente sim, tem razão, mas é mais o que o wesley comentou em baixo e algo que o Jericho não parece perceber.

    • Ederzito4 meses

      Gosto muito mais da resposta que deram ao Wesley.

      Percebo perfeitamente o ponto de vista, mas o All Live Matters é um “slogan” bem mais inclusivo para ambas as partes

    • BRRM4 meses

      Ederzito, não podes julgar uma campanha baseada no slogan, isso é parte do problema. “Tens de ler nas entrelinhas”, como se costuma dizer, de forma a perceber a verdadeira finalidade da coisa. Se o fizeres vais ver que Black Lives Matter é um movimento que promove a igualdade e All Lives Matter é uma forma de desvalorizar o racismo e o impacto do mesmo, bem como uma maneira de muitas pessoas brancas se vitimizarem a elas próprias, seja por pura ignorância, desejo de ter atenção ou por serem racistas (mesmo sem o admitir).

    • Ederzito4 meses

      Isso é simplesmente uma interpretação.

      É uma interpretação de quem acha que apenas a sua causa é merecedora de atenção e que só eles é que são vítimas.

      Porque como disse o Mr. Brodie Lee não são só os negros que são perseguidos.

      Há pessoas a serem perseguidas pelo mundo fora pela raça, pela religião, pela orientação sexual, por tudo.

      A questão aqui é que os americanos não vêem nada para além do que se passa nos Estados Unidos, e mesmo do que se passa nos Estados Unidos, eles simplesmente “seguem o que está na moda” (sei que isto é uma coisa má de se dizer

    • Ederzito4 meses

      Isso é simplesmente uma forma de interpretar, uma forma de interpretar que por sinal está muito errada, e só não é considerada errada pela generalidade, porque fica bem apoiar só as minorias.

      O All lives matter é bastante mais inclusivo como já disse, até porque há pessoas no mundo inteiro que são perseguidas tanto pela raça, como pela religião, como orientação sexual, seja o que for.

      As pessoas estão a escolher implicar com este slogan, porque o black lives matter apoia uma minoria (que sim é bastante injustiçada), e acham que todos os que dizem All lives matter estão contra essa minoria,o que é completamente mentira, se forem ver o Instagram do Jericho ele é totalmente contra o racismo e totalmente contra a violência que está a acontecer nos EUA, e se forem ver os comentários são de pessoas que apoiam o black lives matter, e o criticam e o insultam por não usar o hashtag deles (além disso muitos deles apoiam a violência que tem sido a norma nos últimos dias nos EUA).

      É ridículo haver está confusão contra pessoas que estão a tentar divulgar a mensagem que se tem de acabar com o racismo, só porque a mensagem não é a mensagem que as pessoas querem ver..
      Porque o Jericho tudo o que tem posto no Instagram é mensagens de apoio, e é criticado porque não são as mensagens de apoio que as pessoas querem ouvir (as pessoas querem ouvir blacklivesmatter e querem ouvir que os riots que estão a acontecer são culpa da polícia e são a única maneira de serem ouvidos, o que não é de todo verdade, porque violência só gera mais violência).

    • Balbúrdia4 meses

      Não Ederzito, o propósito do all lives matter deixa de ser inclusivo quando tens racistas a apoia-lo.That’s it.Triste é ver pessoas que não são racistas apoiarem o movimento sem se aperceberem que no fundo estão a ir contra o que defendem.

    • Ederzito4 meses

      Isso não faz sentido nenhum.

      Se um racista disser black lives matter o movimento passa a ser racista, porque um atrasado mental usou esse hashtag?

      As pessoas é que olham demasiado para o mensageiro, quando a mensagem é boa, e é uma mensagem que é partilhada por muitos mensageiros que têm boas intenções e têm intenções de terminar não só o racismo mas qualquer tipo de perseguição que haja.

      Eu estou um bocado farto deste assunto, término só a dizer que acho que se está a criar confusão onde não merece haver confusão, porque basta olhar para o que o Jericho tem posto para se perceber que ele não é racista e as intenções dele são as melhores.

    • wesley4 meses

      Ederzito, o movimento All lives matter foi começado por supremacistas brancos para descredibilizar a luta do movimento negro.
      Se algo é começado por supremacistas brancos, é sim racista.

  2. Miguell _Legend-14 meses

    A questão aqui não é a vida de negros que importa. Toda a vida humana importa! Os negros ou pretos ou como raio queiram chamar são humanos, se são humanos então não há a necessidade de dizer ” Black lives Matter”. Isso aí é que é racismo, porque precisamos de separar a raça negra das outras raças e isso não devia funcionar assim, porque isso sim é que é racismo mas disfarçado por emoções e apoio que não é na realidade é um mau apoio. Toda a vida humana importa e não deve ser violada como foi neste caso mais recente. Portanto, “All Lives Matter” isso sim é a verdade e isso sim deve ser preservado e felizmente todos nós somos humanos e se todos nós somos humanos, então todos nós devemos ser respeitados e ter a vida digna que merecemos ter.

    PS: George Floyd foi assassinado e não “assinado” pela polícia.

    • Obrigado, corrigido 👍🏻

    • #AllLivesMatter

    • wesley4 meses

      O Orton explica muito bem no segundo, o movimento Black Lives Matter não significa que somente a vidas dos negros importam, mas sim que a vida dos negros também importam. Não da para dizer All Lives Matter até a vida dos negros estarem nesse “All”.

    • É isso wesley.

    • Miguell _Legend-14 meses

      Wesley dá sim para dizer que All Lives Matter sem especificar raças, gêneros ou etnias. Apartir do momento que alguém tenha a necessidade de especificar um grupo, seja ele qual for, está assim a implicitar que esse grupo por ser diferente tem que ser mencionado de forma específica. A raça negra é humana, logo está diretamente ligada a “toda a vida importa” e não preciso, pelo menos eu de especificar que alguma raça importa. Os negros importam pelo valor intrínseco em si e não pela raça que são.

      Somos todos iguais a sermos todos diferentes.

    • Balbúrdia4 meses

      Infelizmente ainda não dá. O all lives matter é visto como uma contra-corrente ao black lives matter, inclusive, muitos apoiantes do all lives matter têm posições mais extremas e polémicas, daí não se querer associar esse movimento a estes acontecimentos.

    • Miguell _Legend-14 meses

      Apoio o movimento all lives Matter e também jamais ia querer ser associado ao outro tipo de movimento em questão que apoia teoricamente os negros. O all lives matter apoia algo mais racional na sua generalidade e não emocional. O Randy Orton é que preferiu entrar em conformidade com esse tipo de emocionalidade indiretamente racista e como podem ver está a ser alvo de polêmica sem merecer, isto só prova a falta de racionalidade dos apoiantes do “all black lives matter”

    • “Apartir do momento que alguém tenha a necessidade de especificar um grupo, seja ele qual for, está assim a implicitar que esse grupo por ser diferente tem que ser mencionado de forma específica.”
      Meu amigo, precisa SIM especificar, dizer o contrário é uma total ignorância da história dos EUA ou qualquer outro país do continente americano. Não foram as pessoas brancas que foram trazidos contra própria vontade para o continente americano para serem escravos, depois de “livres” foram segregados e por décadas tratados como cidadães de segunda classe, sendo que mesmo com o fim da segregação ainda são marginalizados ao ponto de serem tratados como criminosos por somente a cor de sua pele. Você não ver uma pessoa sendo morta pela policia americano que não seja negra ou latina por sua cor de pele. Mesmo que outros grupos sofram com preconceitos, historicamente nenhum grupo foi tão marginalizados como os negros.
      O movimento Black Lives Matter luta para que o povo negro seja tratada com o mesmo respeito que os brancos. Colocando a hashtag de #Alllivesmatter debaixo de um comentário com a hashtag de #Blacklivesmatter, significa que você está desvalorizando a luta do povo negro.
      Não dar para dizer que “All Lives Matter”, por que claramente para policia a vida de uma pessoa negra não é tão valiosa que de uma pessoa branca.

    • Miguell _Legend-14 meses

      Wesley tens de localizar o problema de forma temporal, política e social. Não estamos no século XX para dares esse tipo de argumento. EUA era um país extremamente racista, mas agora os tempos mudaram e isso já não funciona assim. O racismo não aumentou, apenas está a ser filmado e é precisamente por estar a ser filmado que tu estás a falar dele agora num site de wrestling. Se os EUA fossem racistas (governo) não deixariam sequer os mídia falar deste caso ou de outro caso qualquer. Racismo ou desvalorização de raças acontece apartir do momento em que tens de criar um movimento para essa própria raça em si, dizendo indiretamente que eles como são mais fracos e diferentes têm de ser apoiados. Isso sim é o tipo de ideia que não quero na minha geração, eu quero igualdade de justiça, política e social para todos e não de facilitismos e de apoios emocionais que conseguem sem sequer terem noção disso, mais racistas dos que os próprios racistas. Já agora, vejo sim pessoas sem serem negras a serem mortas injustamente e existem muitos mas mesmo muitos casos disso em todo o mundo e isso “meu amigo” é ingnorar não só a história dos EUA, mas a história de toda a humanidade.

    • “indiretamente racista”
      Racismo não está ligado a somente preconceitos, mas também a privilégios históricos. Uma pessoa negra pode ter preconceito com pessoas de outras etnias, mas nunca poderá ser considerada racista, pelo simples fato de que NUNCA na história de NENHUM PAÍS do continente americano (talvez europeu também) a comunidade negra teve algum tipo de privilégio que outros grupos.
      Normalmente quando alguém dos EUA coloca #Alllivesmatter em sua rede social é normalmente um supremacista branco ou eleitor do Trump querendo descredibilizar as lutas do movimento negro.
      O movimento Black Lives Matter não luta contra os brancos ou qualquer outra raça, mas luta contra os racistas. Se você Miguel é contrario a luta da comunidade negra, só mostra que você é um racista.

    • Os EUA não era uma país racista, os EUA ainda é um país racista.
      “Racismo ou desvalorização de raças acontece apartir do momento em que tens de criar um movimento para essa própria raça em si”
      Não, racismo acontece quando um país marginaliza um grupo por séculos os tratando como cidadães de segunda classe. As Leis de Jim Crow podem ter acabado nos EUA, mas a mentalidade racista ainda continua até hoje.
      Qual foi a última vez que você viu a noticia de uma pessoa branca ser morta pela policia por somente ser branca?
      Mesmo que outros grupos seja marginalizados, o único que foi tão marginalizado como os negros na história dos EUA foram os indígenas, mas a maioria estão mortos agora.

    • Balbúrdia4 meses

      Miguel_Legend Tendo em conta aquilo que comentaste há uns dias sobre a alcunha que queriam dar ao Mark Henry, fica mais fácil perceber o porquê de apoiares o all lives matter… Mais uma vez digo, por causa das motivações do all lives matter, é difícil associar esse movimento a estas situações, é contraproducente. Talvez um dia seja possível,acredito nisso! É o mesmo se existisse uma parada de orgulho heterossexual, tal como existe a de orgulho homossexual, não faz sentido. Paz a todos,cuidem-se!

    • Miguell _Legend-14 meses

      Não, não sou racista se fosse racista não ia dizer que toda a vida humana importa. Se os negros são humanos, logo também devem ter direitos. De acordo com Jordan Peterson (senão sabes quem é vai informar te que a net serve para isso) o século XXI é um “livro digital” feito de direitos, que são controlados por leis. Essas leis hoje em dia apenas dependem na sua generalidade de responsabilidade individual que leva a uma boa sociedade e a uma vida com sentido. É isso que deve ser defendido para tudo e todos e se eu defendo isto, não sei a onde é possível eu ser considerado racista. O governo dos EUA não é racista, tens pessoas racistas sim e claro que vais sempre ter alguém assim no teu país. Mas se o governo fosse mesmo racista achas que terias ainda há uns anos o Obama como presidente? Achas que ias ter os mídia a falar sobre este assunto? Não ias ter, a maior prova que o governo dos EUA não é racista é que está a deixar promover esta notícia pelo mundo. No que diz respeito a mim, se fosse racista nem sequer me preocupava em fazer testamentos destes para provar que todos somos iguais a sermos diferentes.

    • Miguell _Legend-14 meses

      Wesley para quem disse que eu era racista esperava mais que dois simples links em resposta. Eu quando falo, falo em meu nome e quanto muito com argumentos de autoridade. Não preciso de mandar links para falarem por mim. Eu sou assim claro, mas nem todos são e é por isso que sem medos seja atrás de um ecrã ou na vida real, assumo posições com consciência e responsabilidade e jamais preciso de apoio a links para falarem por mim ou outro tipo de frases bonitas.
      Cuida-te e acredito que num próximo post estarei aqui denovo, para defender com unhas e dentes tudo aquilo que acredito e fico feliz por puder encaixar isso neste site de wrestling e motivar debates e mais comentários para o site 😁.

    • Seu último comentária antes do meu não estava visível, coloquei o link, pois têm boas visões de duas pessoas brancas privilegiadas de que porque utilizar o slogan Black lives matter ao invés de all lives matter.
      Como eu disse antes, não da para dizer All lives matter enquanto enquanto os negros não tiverem incluso nesse “all”, pois obviamente para policia a vida de uma pessoa negra não vale tanto de uma pessoa branca, ou você acha que se o George Floyd fosse branco isso tudo ocorreria?
      #Alllivesmatter é usado por supremacistas brancos dos EUA para minimizar as lutas dos negros. É necessário especificar sim que BLACK liver matter, pois apesar de sermos todos humanos, não somos iguais, ou ao menos não somos tratados todos iguais. Uns grupos têm mais privilégios que os outros, e nesse caso os brancos são os mais privilegiados. Os negros são as MAIORES vítimas da violência policial, não brancos. Se precisam gritar em alto e bom som que BLACK LIVES MATTER é para as autoridades que a população negra precisa ser tratada com o mesmo respeito que os brancos.
      Me desculpa Miguel, mas se você não consegue ver isso, ou você é um branquelo alienado ou um racista.

    • BRRM4 meses

      Miguell_Legend-1, o wesley tem razão, tu ou és muito iludido ou racista ou os dois (tendo em conta aquilo que disseste, especialmente a forma como começaste o teu comentário original, eu estou mais inclinado para a terceira opção).

      Vê se percebes uma coisa: apoiar Black Lives Matter não é dizer que só a vida dos negros é que importa ou que importa mais que as outras, é sim dizer que “a vida dos negros importa tanto quanto”, chamando a atenção para situações em que claramente essa afirmação não se verifica. É assim que resolves os problemas, focas-te no que está mal e lutas para mudá-lo, não dizes coisas coisas genéricas como “All Lives Matter” que na verdade não fazem mais do que mascarar a gravidade da situação (atrasando, portanto, a resolução da mesma). É óbvio que todas as vidas importam (ou assim devia ser) mas evidentemente, para muita gente, não é bem assim e a vida de uma pessoa negra importa menos que a vida de uma pessoa branca (infelizmente). É por isso que o movimento se chama Black Lives Matter. Como o Orton disse, antes de podermos afirmar com certeza que todas as vidas importam, temos de fazer com que toda a gente perceba que o racismo é sim um grave problema e precisa de ser resolvido para então sim chegarmos a um nível de igualdade.

      Eu gostava imenso que tu conseguisses perceber isto mas sinceramente todos os teus comentários nesta notícia me levam a pensar que és incapaz de o fazer, espero estar errado…

    • Miguell _Legend-14 meses

      Um polícia matou um negro. Qual é a prova de que esse ato resultou do facto do homem ser negro? Nenhum facto. Apenas é provado que o polícia foi negligente e deve ser punido por ter matado alguém. Vocês dizem que “all Black lives matter”, e que isso vai resolver o problema. Mas é em nome desse tipo de apoio que agora está a ocorrer uma manifestação em que polícias inocentes são atacados e agredidos (incluindo polícias negros também). É esse o apoio que vocês querem no mundo?
      Eu não gosto de puxar os meus ganhos nem nada disso, mas eu provavelmente entendo mais desta situação do que vocês que me chamam de racista. Estudo sociologia e todo o tipo de situações destas e adoro isso e amo entender o porquê das pessoas fazerem o que fazem. Entendo porque estão a insultar-me mas esperava mais, aliás espero sempre mais de tudo e todos. Vocês falam de preconceito, mas vocês é que estão a ser preconceituosos ao chamar-me de racista por um ponto se vista. Tenho pena que não consigam respeitar opiniões. Nem as peço para entenderem, mas vocês nem respeitar são capazes. Fiquem bem e portem-se bem.

    • BRRM4 meses

      Vais mesmo basear o teu argumento em pormenores? Quando claramente há um historial de violência policial contra negros? Quão “cego” és realmente? Vê o link do vídeo que partilhei num comentário abaixo, talvez te dê outra perspetiva sobre aquilo que Black Lives Matter representa e presta também atenção às notícias de solidariedade entre manifestantes e polícias, não te foques só nos pontos negativos de forma a descredibilizar a causa (até porque generalizações de grupos inteiros representam um dos principais obstáculos na luta contra o racismo). Como acontece em todos os movimentos, existem apoiantes que não tomam as atitudes corretas, é por isso que são precisos líderes capazes de separar a razão da emoção de modo a não perder de vista o verdadeiro objetivo dos protestos. O importante é a causa, não os comportamentos/opiniões de algumas pessoas que não devem ser, de todo, representativas do movimento (e é aliás por isso mesmo que disse que quem apoia o #AllLivesMatter se devia informar melhor sobre as origens deste movimento: para não estarem a defender algo em que não acreditam)

      Estudar sociologia não te torna automaticamente um entendido em sociologia e tu claramente não entendes o porquê destes protestos apesar de defenderes que amas fazer isso. Ninguém te insultou sem fundamentos e, mais importante ainda, esses “insultos” foram acompanhados de explicações cordiais e civilizadas de modo a tornar esta discussão um momento elucidativo em vez de uma simples perda de tempo. Se eu quisesse chamar-te tudo quanto era nome sem sequer tentar explicar-te porque é que considero a tua posição errada podia tê-lo feito, mas não o fiz (nem o wesley e o Balbúrdia o fizeram) pois isso decididamente não leva a lado nenhum, portanto não tentes pintar esta discussão como algo desse género só para tentares sair por cima. Não foste vítima de nenhum insulto despropositado ou irracional por isso pára de agir como tal. Essa atitude só mostra o porquê de teres tanta afinidade por um movimento que é basicamente usado para muitas pessoas brancas ridiculamente se vitimizarem a elas próprias, como já disse num comentário em cima.

    • Miguell _Legend-14 meses

      Mas a questão aqui é que não há provas nenhumas de que um polícia atacou um negro por ele ser negro. O que devia de estar em causa é um polícia atacar um ser humano e ponto final. Não é por não concordar com a vossa opinião emocional que não a estou a entender. Eu ligo a consequências dos movimentos em questão e observo que quanto mais apoios teóricos há a minorias étnicas mais elas sofrem de discriminação e afins.O que eu estou a dizer aqui nem sequer são críticas, são na verdade dados, informações e observações do que realmente acontece com base em psicólogos e clínicos profissionais consagrados e já dei o exemplo de Jordan Peterson. Em relação aos links eu até já os tinha visto, e apenas confirmam aquilo que eu tenho dito. Todas as vidas importam e têm de ser preservadas e devem ser alvo de justiça social, econômica e política. Eu podia muito bem papaguear uma opinião mais popular e todos darem-me palmadas na costas a dizer que estou certo, mas lá porque o pessoal emocional acha que têm razão, não quer dizer que tenha realmente razão.

      Em relação à questão do curso, eu nunca disse que era um entendido tanto que disse que estou ainda a estudar. Eu tento ter razão sim, através de boas intenções e de forma perfeitamente justificável sem ter que chamar nomes a ninguém, mesmo que esses nomes se sigam de uma argumentação, estes nunca são justificáveis nem válidos. Se o argumento é bom e sustenta bem a tese em questão, então não preciso de concluir dizendo que a pessoa em questão é x ou y. Para concluir tu dizes que as pessoas brancas se vitimizam e são essas que têm uma boa afinidade por esse tipo de apoio. Bom pelo menos essas pessoas não precisam de apoiar movimentos singularistas de uma étnia para se vitimizarem. Quem tem na verdade a ncecessidade de criar movimentos para um só grupo é que implícita que esse grupo precisa de apoio, porque está a ser bastante interiorizado. Mas isso leva apenas a mais discriminação.

      Quem quiser pode vir denovo contra argumentar, estarei sempre aqui disposto a fazê-lo e admito que adoro este tipo de debate, e sim querer ter razão é algo maravilhoso, quer dizer que estou a exercer o meu dever de cidadão e estou a exerce-lo bem.

    • Ederzito4 meses

      Este caixa de comentários é o exemplo perfeito de algo que está muito de errado com o mundo, mais especificamente nos EUA, que é, se não estás connosco é porque és um filho da p*** , racista, homofóbico, xenófobo (depende do problema).

      BRRM o facto de dizeres que o Miguel é racista é completamente absurdo e é o tipo de comentário que só alimenta discórdia e dá força a quem está neste momento a revoltar-se nos Estados Unidos e a cometer crimes, inclusivamente contra muitas pessoas que não merecem ser vítimas de crimes.

      Se o que o polícia que matou o George Floyd foi errado? FOI, e muito muito errado, se foi racismo? muito provavelmente Foi, se a culpa disso é de toda a polícia dos Estados Unidos? Não, não é, e por essa razão esta luta contra o racismo que devia estar a unir o mundo em prol de um bem maior está a semear discórdia em todo o lado porque as pessoas que são ultra defensivas e que são contra qualquer forma diferente de pensar ainda que o fim seja o mesmo (que é a equidade, em que todos têm direito às mesmas oportunidades).

      Com isto não digo que black lives matter seja uma slogan errado, e que as justificações que o Wesley deu não sejam plausíveis, mas a partir do momento em que desvalorizam outro movimento que também quer acabar o racismo, estão a semear discórdia e não estão a fazer favores NENHUNS à causa, por isso se queres dizer black lives Matter diz, mas não condenes quem está a lutar para o mesmo fim só por dizer all lives Matter.

      Como diz o Jericho:
      #Peace&Love

    • Miguell _Legend-14 meses

      Muito obrigado Ederzito, isso é também um ponto de vista a ser analisado. O movimento “all black lives matter”, não é que seja mau, mas é desnecessário e está a inferiorizar minorias étnicas. Mas quem apoia um outro movimento não tem que ser logo considerado racista e afins. Nós não podemos ir para nenhum dos extremos, “se estás conosco és um apoiante de messias, senão estás então és um judas”. Isso sim é que é preconceito e retirada da liberdade de expressão e apenas aderência ao politicamente correto. Fico satisfeito por haver sempre alguém que entenda o meu ponto de vista, mas fico ainda mais feliz quando vejo que há muitas reações aos meus comentários. Não importam se são contra ou a favor, mas há sempre reações e isso é o mais importante para mim.
      Portem-se bem e fiquem bem.

    • wesley4 meses

      Mas o slogan de All lives matter por supremacistas brancos quererem desvalorizar o movimento Black lives matter. Quem usar All lives matter não quer lutar contra racismo, mas sim diminuir a luta do povo negro.
      ” Qual é a prova de que esse ato resultou do facto do homem ser negro?”
      O que? Vocês já ouviram a expressão racismo estrutural? O policial pode não ter matado por ele ser nengro, mas agiu com mais violência com ele por ele ser negro, ou você acha que se fosse uma pessoa branca engravatada o policial iria sufoca-lo por vários minutos?
      Mesmo que as leis segregatório tenha acabado ha varias décadas, a população negra continua a ser marginalizada pela sociedade, apenas pelo fato de você ser negro é visto como ameaça pela policia. A policia ainda agir com mais violência com uma pessoa negra do que alguém de pele mais clara e isso é o fato. O próprio Ali que é um ex policial disse que desdo começo um policial é inclinado a olha a uma pessoa negra de um jeito mais ameaçador. Os próprio protestos dessa semana provam isso, têm videos de pessoas brancas gritando na cara da policia e eles só dão advertência, mas com as pessoas negras eles jogam spray de pimenta nos olhos.

    • Miguell _Legend-14 meses

      Wesley, tu não apresentas argumentos de como o “all lives matter” é efetivamente contra os negros. A essência desse movimento é que todos devem ter os mesmos direitos perante a lei. Tu apenas estás a avaliar de forma geral, como esse movimento é tratado e não aquilo que ele defende realmente. O movimento pela sua essência apoia toda a gente e não é por alguns mal intencionados usarem este movimento de forma errada que ele se torna obrigatoriamente errado. Tu devias criticar de forma negativa as pessoas que usam o tal movimento de forma errada e não o movimento em si. Tu por mim podes continuar a ser ambíguo e a apoiar um movimento que tem intenções boas, cujo o resultado é mau, agora só não tentes chamar alguém de racista ou outro tipo de insulto quando essa pessoa defende na verdade os negros e eu defendo os negros por eles serem da mesma raça que eu. Sabes que raça é? Digo te já: A Raça Humana! e é com todo o orgulho que digo eu não preciso de defender ninguém em particular. Eu defendo tudo e todos de todas as coisas puníveis e inválidas.

    • wesley4 meses

      O melhor argumento que eu vi contra o All lives matter foi esse:
      Se uma casa em um quarteirão está pegando fogo e os bombeiros o apagam, é como se todos os outros proprietários reclamassem que suas casas também importam, quando sua casa não está pegando fogo no momento.
      Defendendo o All lives matter e criticar o Black lives matter você está perdendo o ponto, que é pedir o fim da violência policial contra o povo negro.
      Defendente o slongan All lives matter você está sendo ignorante em tentar fazer isso sobre as pessoas brancas, que não são os que estão a ser marginalizados pela policia pela sua cor.
      Quem usa All lives matter é sim contra os negros.

    • BRRM4 meses

      “Bom pelo menos essas pessoas não precisam de apoiar movimentos singularistas de uma étnia para se vitimizarem”

      nossa senhora… quantas vezes é que é preciso repetir que o movimento não é só dos negros e para os negros, é para todos! Se viste o video e concordaste, então como é que ainda tens esta opinião sobre Black Lives Matter?

      Sobre os “insultos” vocês estão a levar isto a peito e não estão a perceber: eu chamei racista ao Miguel não para o insultar mas sim para chamar à atenção de que ele está sim a dizer coisas racistas. Por exemplo, dizer “Os negros ou pretos ou como raio queiram chamar são humanos” é uma afirmação racista mesmo que não tenha sido essa a intenção. Da mesma forma, quando disse que alguém é ignorante ou iludido, não era com o objetivo de insultar as pessoas mas sim de as fazer ver que estão a ter atitudes ignorantes e logo deviam informar-se. O objetivo era corrigir, não era ofender. Como já disse, se eu quisesse ofender podia tê-lo feito, mas não fiz pois preferi argumentar de forma civilizada. Se se sentiram ofendidos, peço desculpa, da próxima vez vou tentar ser ainda mais explícito.

      Dizer All Lives Matter é pointless quando claramente um grupo não está ao mesmo nível que outro. Não é uma questão de inferiorizar as minorias, é sim uma questão de apontar o problema e resolvê-lo. Ao colocarem tudo no mesmo prato estão a desvalorizar o que está mal quando não é isso que se deve fazer. Apoiar All Lives Matter perante uma situação de racismo é como dizer “ya isso do racismo é lixado mas não se esqueçam dos outros problemas todos!” É óbvio que existem outros problemas, ninguém está a dizer o contrário! Mas se neste caso o problema é o racismo, parece-me evidente que o foco deve ir para o racismo, não? E, para além disso, se até agora não conseguimos resolver a situação do racismo, estão à espera de resolver a homofobia, igualdade de géneros e a intolerância religiosa tudo de uma vez? Um passo de cada vez, se o problema aqui é o racismo contra negros não tentem mascarar esse problema juntando um monte de outros problemas porque cada situação merece atenção individual. Problemas diferentes exigem atenção em tempos diferentes.

      E, volto a sublinhar: Black Lives Matter É um movimento de inclusão e igualdade, parem por favor de falar como se o objetivo fosse pôr os negros acima de tudo porque não é isso nem nunca foi, quem vos disser o contrário não percebe a base da campanha.

      E ainda antes que haja outros mal entendidos: eu nunca disse que todos os que apoiam All Lives Matter têm segundas intenções, eu já deixem bem claro que há muita gente que simplesmente não percebe o significado e é por isso que estou a “perder o meu tempo” com esta discussão, para vos tentar informar. Ederzito, não é uma questão de interpretação, é uma questão de “ler nas entrelinhas” como já disse. Se o Black Lives Matter já é um movimento que promove a igualdade porque é que achas que criaram um movimento para o protestar? Percebam que All Lives Matter só é inclusivo no seu nome porque na prática aquilo que faz (e que é conveniente a muita gente) é desvalorizar o impacto negativo que o racismo tem na sociedade.

    • Ederzito4 meses

      BRRM não li tudo, nem vou ler, porque este debate de ideias já cansam ainda por cima, quando toda agente aqui envolvida é contra o racismo.

      Se a intenção a pessoa for boa, e for de combater o racismo qualquer um dos dois slogans ou hashtags ou whatever é bom, independentemente de quem o começou.

      Eu pessoalmente acho o All lives mais inclusivo tanto porque não são só os individuos de raça negra que são vitimas de perseguição no mundo, como o facto de NA MINHA OPIINÃO dizer black lives matter não ajuda à situação, e semeia mais “desunião” do que outra coisa, no entanto percebo perfeitamente o porquê de vocês preferirem esse (apesar de não concordar que seja o slogan mais eficaz), e sinceramente não me interessa assim tanto se usam um outro… Agora acho completamente absurdo os insultos e comentários que se fazem neste, e noutros sites a chamar racistas ou ignorantes a quem usa hashtags diferentes dos vossos, porque isso cria ainda mais “desunião”.

      Estou farto deste assunto, voltemos a falar de wrestling neste site, que na quarta-feira temos dois títulos em jogo no Dynamite

    • Miguell _Legend-14 meses

      Este será o último comentário meu nesta notícia e acabo apenas dizendo isto: Se alguma afirmação, argumento ou preposição minha fosse de alguma forma racista,xenófoba ou muito pouco recomendável, tenho a certeza que os moderadores do site nem sequer iriam permitir a sua publicação. A não ser que algum de vocês que me acha racista, ache que os moderadores do site sejam irresponsáveis ao ponto de deixar passar comentários indesejáveis. Eu acho que fazem todos um ótimo trabalho e não existem comentários que não possam ser publicados, essa é a maior prova de como eu nunca fui racista. Agora toca é a falar de wrestling que é para isso que cá estamos.

    • BRRM4 meses

      Bem , já que vocês já não estão interessados em continuar o debate não há razão nenhuma para eu não ser tão petty como vocês foram nesses últimos comentários: dizer “Estou farto deste assunto” não é uma afirmação que me surpreende vinda de alguém que apoia o All Lives Matter tbh

      E insinuar que eu insinuei que os moderados do site são irresponsáveis é uma forma triste de distorcer aquilo que eu disse. Sabes bem que não foi isso que eu quis dizer e se estudas sociologia também deves saber que há formas mais diretas e explícitas que outras de ser racista. É perfeitamente possível e até comum ser racista “sem querer”.

      Mas enfim, sinto muito que apesar de repetir as mesmas ideias vezes e vezes sem conta (e com abordagens diferentes) vocês continuem sem perceber onde quero chegar pois preferem esconder-se atrás de alegadas ofensas (perhaps “a verdade dói?”) e falácias argumentativas. O meu objetivo era que vocês compreendessem a má interpretação que estão a ter das coisas mas infelizmente vocês ignoraram todas as partes em que vos tentaram explicar isso e continuaram na vossa mente fechada. It’s cool, talvez no futuro alguém com mais capacidade vos consiga fazer perceber as coisas da mesma forma que me fizeram perceber quando eu estava no lado errado da situação.

      Enfim, siga então falar de wrestling 🙂

    • Miguell _Legend-14 meses

      Se tivesses tão confiante do que apoia não precisavas de voltar a comentar nesta notícia. Noto alguma insegurança nesse teu comentário e necessidade de justificação quando já nem é necessário.

      Eu não disse que tu disseste que os moderadores deste sites são irresponsáveis, isso nem tem ponta por onde se lhe pegue. Apenas falei das monderações para provar que nenhum dos meus comentários foi racista.

      Isso prova que o movimento com que me identifico também ele não é racista, mas senão te importas queria voltar a falar de wrestling que é para isso que cá estou, a não ser que queiras estar dias e dias a falar neste assunto.

      Nem me importo, mas não vim aqui necessariamente para isso e nem sinto necessidade de o fazer, porque vou dormir bem e confortável sabendo que apoio toda a humanidade e não só um pequeno grupo da mesma. Volto a repetir pela última vez, não é por não concordamos contigo ou com outra pessoa seja o que for o assunto, que não o entendemos.

      Espero num próximo comentário falar de wrestling e não disto. Peace and love!

    • BRRM4 meses

      Distorcer as coisas como forma de argumentar é uma tendência tua, não é? Já o fizeste umas 4/5 vezes pelo menos… mas pronto, não vou perder tempo a clarificar tudo pois como tu próprio disseste não é necessário, só o seguinte:

      Não voltei a esta notícia por “falta de confiança naquilo que apoio”, mas sim porque me importo genuinamente com o assunto e com a discussão do mesmo (seja na “vida real”, seja num site de wrestling, etc.) e a “necessidade de justificação” de que falas vem disso mesmo e da frustração que admito sentir por não ter conseguido alcançar o meu objetivo nesta conversa toda (que era que vocês percebessem que os fundamentos de um movimento são mais importantes do que um nome apelativo). Se não devia ter dedicado tanto tempo a uma discussão online, mesmo sendo sobre um assunto sério? Provavelmente não, mas é o que temos. Agora tu é que, ao contrário de mim, disseste que não voltavas a comentar e, no entanto, voltaste atrás nessa afirmação. Será isso insegurança da tua parte?

      Enfim, com alguma pena minha esta discussão não está a levar a lado nenhum, está a tornar-se cansativo repetir sempre a mesma coisa e, como disse no meu comentário original, este site não é o mais adequado para isto e imagino que os próprios moderadores já estejam fartos. Sendo assim, acabo por concordar contigo quando dizes que é melhor voltar ao wrestling. Peace & love para ti também homie, mesmo.

    • Miguell _Legend-14 meses

      Bem sabes, quando se tem mais de 30 comentários em resposta ao meu, acho que é qualquer coisa de especial que consegui aqui e agradeço mais uma vez pelas reações. Mas lá está a frustração que tu tens como disseste que tens, de facto é notória, porque não consegues provar que a tua perspetiva é melhor que a minha, daí a tua insistência e a tua frustração. Eu entendo de facto, deve ser mesmo muito complicado, querer ter desesperadamente razão, mas não se conseguir.

      Bem eu de facto disse que seria o meu último comentário, mas quando os comentários são tão ignorantes e tão mal argumentados sinto de facto a necessidade de continuar a responder. Só respeito os moderadores por ainda estarem a admitir estas respostas todas, que de facto chegaram sim a um lado.

      Esse lado e que ponto de vista que defendi foi consolidado e posso continuar a dormir bem e descansado sabendo que este caso nos EUA está a ser bem tratado com a responsabilidade de que todas as vidas importam. Por falar em “distorcer”, acho que a única coisa distorcida é tua incapacidade de argumentação, mas acho que isso se resolve com um bom sistema educativo.

      Bons estudos.

  3. Hellawake4 meses

    Os fãns nunca vão estar contentes com nada. Eu nem sei porque os lutadores se metem nestas coisas, eu no lugar dele não publicava era nada.

  4. Uma pessoa realmente é presa por ter cão é presa por não ter,como se costuma dizer em Portugal.

  5. Anónimo4 meses

    Nem da pra entender o Randy Orton, ele nem é branco pra ter racismo.

  6. Anónimo4 meses

    Os EUA são realmente o pior país do mundo, já têm o COVID-19 para se preocuparem e agora é isto

  7. BRRM4 meses

    Relativamente às polémicas anteriores, toda a gente tem o direito de mudar de opinião depois de se educar melhor e fico feliz por o Orton demonstrar ter outra perspectiva agora.

    Sobre as criticas que ele recebeu pelo que disse, um site de pro-wrestling obviamente não será o sítio mais indicado para debater sobre este assunto mas devo dizer que quem apoia o movimento #AllLivesMatter ou é pretensioso, narcisista ou simplesmente ignorante (e logo devia informar-se melhor) no que toca ao racismo e ao verdadeiro objetivo de dizer Black Lives Matter.

    • É isso. 👍👍

    • Facebook Profile photo

      Obrigado, BRRM! Ia responder a uns comentários aqui para mandar umas boquinhas mas conseguiste ser cordial e dizer aquilo que penso. Faço das tuas, as minhas palavras!

    • BRRM4 meses

      Não há nada para agradecer, Pedro. Fico feliz por ver mais gente a pensar de forma semelhante.

      Nestes casos acho que é o dever de cada um informar-se a si mesmo e aos outros, ouvindo e espalhando o que é dito por quem está mais bem informado sobre o problema em questão. E é precisamente nesse sentido que deixo aqui o link para o discurso arrepiante que o Killer Mike fez sobre os protestos que têm ocorrido nos EUA, para que as pessoas que não percebem o objetivo do movimento Black Lives Matter fiquem (espero) um bocadinho mais elucidadas:

      https://www.youtube.com/watch?v=JxHWVJYXkeU

    • “Vais mesmo basear o teu argumento em pormenores? Quando claramente há um historial de violência policial contra negros?”

      Concordo com algumas das coisas que dizes mas depois vejo-te a escrever coisas destas… estás mesmo a chamar um polícia de racista só porque houveram casos de polícias a matar por racismo antes dele? É que isso é o mesmo que dizer que nenhum preto presta porque este ou aquele preto assaltou uma pessoa, ou matou uma pessoa whatever… Se pensarmos bem o teu argumento é tão criticável quanto o racismo porque a base é a mesma.. julgar uma pessoa porque outras pessoas com características semelhantes cometeram crimes… sinceramente não entendi, achei um pouco incoerente.

      Eu sou uma daquelas pessoas que não encontra provas de que houve realmente uma morte por racismo e que como tal enquanto não houverem provas eu apenas vejo um humano a matar um humano, se queres ser consistente e se achas que não se deve julgar um grupo pela atitude de uma pessoa então não entendo como julgas este polícia pela atitude de outros polícias.

      No meio de toda esta situação há apenas duas coisas que podemos tomar como certas:
      Primeiro que o polícia é um ASSASSINO(e até haver provas em contrário não é nada mais que assassino)
      Segundo que os manifestantes são arruaceiros(é péssimo concordar com o Trump mas desta vez teve razão) e este tipo de atitudes por parte de grupos constituídos MAIORITARIAMENTE por pessoas negras não ajuda a melhorar as mentalidades.

    • BRRM4 meses

      Ok, admito que essa não foi a melhor maneira de expressar o meu ponto e concordo com quase tudo o que disseste. Digo “quase tudo” porque este agente da polícia em particular já esteve envolvido na morte de outras pessoas pertencentes a minorias. Portanto a acusação não foi feita só com base naquilo que outros fizeram mas também no que ele próprio fez, devia ter referido isso. E também sei que é errado julgar as pessoas só pelo passado delas, mas será que isso se aplica quando a pessoa em questão basicamente torturou um homem até o matar? Eu acredito que é racismo mas concordo contigo e até com o Miguel quando dizem que o mais importante é que um homem perdeu a vida devido a uma atitude nojenta de um agente de autoridade. De qualquer das maneiras o racismo continua a ser um problema a combater e não é a apoiar movimentos somente baseado no nome destes que isso se consegue (e também não é a destruir cidades, verdade). Há que ter mais informação e era esse o meu argumento principal.

  8. Infelizmente para os especialistas da internet que não matam ninguém (Hana Kimura diz olá) as pessoas se no passado tiveram alguma atitude errada não podem se corrigir e se reeducar e começar apoiar certas causas .

  9. Eu percebi completamente o ponto de vista de Randy Orton: para que todas as vidas importem verdadeiramente, há que respeitar a diferença e evitar primeiramente que as vidas de pessoas de cor (independentemente de qual seja a sua raça) sejam desrespeitadas.
    Quem não compreende esta mensagem, precisa de se educar melhor e acompanhar a história da humanidade de modo a que perceba o que imensa gente sofreu “apenas” por ter outro tom de pele. Bom ver que o Randy mudou de perspetiva, já agora. #BlackLivesMatter

    • Facebook Profile photo

      Obrigado ‘gémeo’ de pensamentos por partilhares também a minha opinião! Agora prepara-te para receberes uns emojis ou respostas meio irónicas dos licenciados em assuntos da web ou do que se passa lá fora. Grande abraço, Jorge! 🙂

    • #BlackLivesMatter
      Eu por exemplo,já vi um caso que pode ser considerado racismo. Aconteceu na hora de almoço na profissional (escola).Nós éramos 7 e nestes 7 estava um negro que era da nossa turma. Estavamos sossegados a conversar e aparece a policia. E disseram que nos iam revistar. E adivinha a quem se dirigiram primeiro? Foram logo ao meu primaço negro. Triste, mas real.

    • Ora essa, Pedro! Obrigado eu pelo apoio, “gémeo” 🙂 Venham eles ahahahahah Grande abraço!

    • Mr Brodie Lee, que história bem impactante essa. Sinto muito por ti e pelo teu amigo. Obrigado por a contares!

    • Anónimo4 meses

      Ora nem mais, Jorge Marques!

      É mesmo triste que o teu amigo tenha passado por isso, Mr Brodie Lee.

      #BlackLivesMatter

  10. Facebook Profile photo

    Eu acho que nos dias de hoje é “all hate matters” 🤦‍♂️

    • Podes crer, Bruno…

    • Facebook Profile photo

      Acho que devia voltar atrás no tempo para algumas pessoas. Nem todos deviam ter direito a Internet, porque quando o usam, só espalham negativismo. Pensava que a Internet tinha sido criada para entreter e informar, mas hoje, é muito mais do que isso…

  11. Puta que pariu. Criam polémica onde não existe só mesmo no Ocidente… Enfim.

  12. mirandelas4 meses

    A quando ele usou a palavra n*gga numa stream ele não a usou para insultar uma pessoa portanto não é caso de racismo.

    Grande partes da pessoa reagiu bem. Só vocês e o house of wretling é que inventaram essa história da polémica para haver clicks.

    A quando ele usou a palavra n*gga numa stream ele não a usou para insultar uma pessoa portanto não é caso de racismo.

  13. Anónimo4 meses

    Entendi o pronto de vista do Randy Orton, acho que não era caso para tanta polémica.

  14. O Randy Orton teve uma má atitude no passado e foi criticado. Muda a sua atitude para melhor e também é criticado. Tem alguma coisa aqui que não bate certo. Isto só prova que o pessoal quer é discutir.