Ridge Holland acredita que os Brawling Brutes, a stable de que faz parte com Sheamus e Butch, tem que passar por uma mudança.

Ao ser entrevistado pela Metro, Ridge Holland disse que o grupo devia de ser apresentado de forma mais séria e não devia de estar envolvido em segmentos de comédia, como já tem acontecido.

Queremos realmente dar o “pontapé de saída” agora. Tem sido um pouco pára, arranca, por isso queremos mostrar às pessoas do que somos capazes. Acho que nem sequer arranhámos a superfície com este grupo. Agora temos de ser levados um pouco mais a sério.

Fizemos algumas coisas de comédia, e precisamos mesmo de mostrar às pessoas que temos essa maldade e que não estamos aqui para jogar jogos.

Penso que temos muito para dar e muito para mostrar. Acho que não há um trio como nós. Os estilos, todos nós nos encaixamos muito bem. Por isso, sim, seria bom mostrar às pessoas aquilo de que somos capazes.

Apesar das decisões de booking, Sheamus vai lutar contra Gunther pelo WWE Intercontinental Championship, no Clash at the Castle deste sábado, e se vencer, torna-se um Grand Slam Champion na WWE.


Gostavas de ver os Brawling Brutes serem mais sérios?

6 Comentários

  1. Johnny Wrestling1 mês

    Torço para que Sheamus vença o Intercontinental Championship e Pete Dune volte a ter seu nome. Seria uma grande tag team com o Ridge Holand se fossem levados a sério e poderiam até vencer o SmackDown Tag Team Championship caso acabasse com essa unificação de títulos.

  2. wrestling is wwe and nothing else1 mês

    Espero que sim , espero que Butch seja de novo o Pete Dunne

  3. Zickelous1 mês

    Podem começar transformando o Butch de volta no badass Bruiserweight Pete Dunne

  4. El Cuebro1 mês

    Pode ser interessante de ver, ainda mais se trouxerem Pete Dunne, e não Butch, de volta, o bom e velho Sheamus também e ainda se o Holland melhorar um pouco no ringue e ter um pouco mais de carisma, é um grupo de potencial, ainda mais sob liderança do Sheamus, vamos ver se terão a chance!

  5. Espero que sim que ganhem uma nova “vida” que eles merecem